SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Aula 12 – cap.17 ao 27 - A LEI
EBD - ESCOLA BÍBLICA DISCIPULADORA – 2ºsem/2023
Facilitadores: Yuri Eloi e Francisco Tudela
1
As ofertas e os sacrifícios falam: PONHA SUA VIDA EM ORDEM.
As festas falam: MANTENHA SUA VIDA EM ORDEM.
COLOQUE A SUA VIDA EM ORDEM ANTES QUE A
DESORDEM DOS QUE VIVEM A SUA VOLTA O
CONTAMINEM.
O “CÓDIGO DE SANTIDADE” 17.1—26.46
Esta seção de leis que vieram de Deus para o povo de Israel,
por intermédio de Moisés, no monte Sinai (26.46), é
comumente chamada “Código de Santidade”, porque focam
no que significa viver uma vida santa.
O versículo central é 19.2 “Sejam santos porque eu, o Senhor,
o Deus de vocês, sou santo.“
Apresenta as condições que Deus requeria de Israel para que
fosse realmente um povo santo.
2
3
O CÓDIGO DE SANTIDADE 17.1 - 26.46
1. As leis para as ofertas 17.1-16
2. Sobre manter-se puro 18.1 – 20.27
3. Leis para sacerdotes e sacrifícios 21.1 – 22.33
4. Dias santos e festas religiosas 23.1-44
5. Leis para objetos usados no louvor 24.1-9
6. Punição para a blasfêmia 24.10-23
7. Os Anos do Descanso e do Jubileu 25.1-55
8. Bênçãos e punições por obedecer ou não 26.1-46
9. A substituição dos votos e dos dízimos 27.1-34
3
A proibição de comer sangue 17.10-16
A prática judaica de comer somente carne “kosher” (derivado de kasher = "bom"
ou "próprio") vem desta proibição.
17.11,12 “Pois a vida da carne está no sangue, e eu o dei a vocês para fazerem
propiciação por si mesmos no altar; é o sangue que faz propiciação pela
vida. Por isso digo aos israelitas: nenhum de vocês poderá comer sangue,
nem também o estrangeiro residente.”
O sangue é o fluido que dá vida ao corpo e derramá-lo era o rito para obter a
expiação dos pecados daí não poder servir de alimento.
4
18.3 “Não procedam como se procede no Egito, onde vocês moraram, nem como se
procede na terra de Canaã, para onde os estou levando. Não sigam as suas
práticas.”
(1) Ter relações sexuais com parentes próximos;
(2) cometer adultério;
(3) oferecer crianças em sacrifício;
(4) ter relações homossexuais; e
(5) ter relações sexuais com animais.
Práticas que causam doenças, destroem a família e a sociedade e demonstram falta
de consideração pelo valor próprio e de outros.
Hoje a sociedade comete algumas destas práticas de forma “mais suave”, tentando
aos poucos torná-las aceitáveis.
PA Se você considera alguma destas práticas aceitável, seu julgamento não
está de acordo com os padrões de Deus.
5
Do vs 7 ao 24 são 18 “Nãos” e nenhum é destacado como pior que outro.
18.9-12 "Não se envolva sexualmente com a sua irmã, filha do seu pai ou da sua
mãe, tenha ela nascido na mesma casa ou em outro lugar. Não se envolva
sexualmente com a filha do seu filho ou com a filha da sua filha; isso
desonraria você. Não se envolva sexualmente com a filha da mulher do seu
pai, gerada por seu pai; ela é sua irmã. Não se envolva sexualmente com a
irmã do seu pai; ela é parenta próxima do seu pai.”
É possível que, nos primeiros dias da raça humana, irmão se casa-se com irmã,
pois não havia mais ninguém com quem se casar.
Agora Deus está proibindo casamentos entre parentes consanguíneos, assim uma
pessoa não devia se casar com seu irmão, por exemplo.
O casamento de Abraão com Sara (cf. Gn 20.12) não teria sido permitido de
acordo com esses padrões posteriores.
6
18.17-18 "Não se envolva sexualmente com uma mulher e
sua filha. Não se envolva sexualmente com a filha do
seu filho ou com a filha da sua filha; são parentes
próximos. É perversidade. Não tome por mulher a irmã
da sua mulher, tornando-a rival, envolvendo-se
sexualmente com ela, estando a sua mulher ainda viva.”
O casamento de Jacó com Lia e Raquel não teria sido
permitido de acordo com esses padrões posteriores.
18.20 "Não se deite com a mulher do seu próximo,
contaminando-se com ela.”
O ADULTÉRIO É PECADO.
18.23 "Não tenha relações sexuais com um animal,
contaminando-se com ele. Mulher nenhuma se porá diante
de um animal para ajuntar-se com ele; é depravação.”
A ZOOFILIA É PECADO
7
18.22 "Não se deite com um homem como quem se deita com uma mulher; é
repugnante.”
A palavra de Deus é a única verdade, mas a sociedade...
Rm 1.25-27 “Trocaram a verdade de Deus pela mentira, ....”
O pecado perverteu o plano de Deus para os relacionamentos sexuais, assim
quando dizem que qualquer tipo de relacionamento sexual é aceitável, desde que
ninguém seja prejudicado, enganam-se, pois as consequências de relações
contrárias à natureza, isto é, de modo diferente de como devem ser usadas, ferirá
indivíduos, famílias e sociedade.
A sigla LGBTQIA+
A: assexual - Os assexuais são as pessoas que não sentem atração sexual, seja pelo
sexo oposto ou pelo mesmo sexo — o que não significa que não possam
desenvolver sentimentos amorosos e afetivos por outras pessoas.
P. Um relacionamento apenas amoroso e afetivo é pecado? Um amor platônico?
8
Rm 1.26,27 “Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas
mulheres trocaram suas RELAÇÕES SEXUAIS NATURAIS por outras, contrárias à
natureza Da mesma forma, os homens também abandonaram AS RELAÇÕES
NATURAIS com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros.
Começaram a cometer atos indecentes,(1) homens com homens, e receberam
em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão.(2)”
Alguns acreditam que têm o direito de realizar seus desejos, mas Deus não nos
encoraja a realizar todos os nossos desejos.
OS DESEJOS QUE OFENDEM SUAS LEIS DEVEM SER CONTROLADOS.
Colhemos as consequências das nossas escolhas.
 (1) Indecente: que não é próprio, oportuno, adequado; incorreto, inconveniente,
impróprio, que fere o pudor, a moral, os bons costumes; obsceno, licencioso,
chocante.
 (2) Perversão: ação contrária às leis da natureza e da vida moral.
9
Cada pessoa tem o direito de viver sua vida como lhe apraz, e os simpatizantes
dessa conduta de demonstrarem sua simpatia;
Cabe ao cristão buscar sabedoria em Deus para pregar a Palavra sem afrontar
ninguém, mas confrontando o pecado com amor.
Não se vive pensando nas “faltas alheias”
A consequência dos atos que Deus reprova está no NT:
1Co 6.9,10 “Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não
se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem
homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem
alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus.”
Note que ninguém que vive cometendo um destes pecados é visto como pior do
que quem vive cometendo outro destes pecados
PF Como cristãos temos de pregar o evangelho. Não nos cabe julgar, nem fazer
o papel de “polícia das escolhas” que cada um, pelo livre arbítrio, fez.
10
19.9,10 "Quando fizerem a colheita da sua terra (na sua despensa), não colham até
às extremidades da sua lavoura, nem ajuntem as espigas caídas de sua
colheita. Não passem duas vezes pela sua vinha (pelo seu armário), nem
apanhem as uvas que tiverem caído (roupas que não usa há anos). Deixem-nas
para o necessitado e para o estrangeiro. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.”
Em Rt 2.28-16 temos um exemplo do cumprimento desta lei.
Nós nos contentamos em dar pratos de sopa, cestas básicas e roupas velhas
achando ser isso um grande projeto social.
PF É fácil ignorar o mendigo ou ajudá-lo com esmolas a fim de aplacar a
injustiça que nos incomoda pela ação do ES.
Deus deseja outra generosidade:
ESPIGAS QUE PROMOVAM A IGUALDADE SOCIAL: que movam o mendigo para uma
classe social melhor, com emprego, vida social, familiar e espiritual.
11
19. 11-18"Não furtem. Não mintam. Não enganem uns aos outros. Não jurem
falsamente pelo meu nome...Não oprimam nem roubem o seu próximo.
Não retenham até a manhã do dia seguinte o pagamento de um diarista.
Não amaldiçoem o surdo nem ponham pedra de tropeço à frente do cego...
Não cometam injustiça num julgamento; não favoreçam os pobres, nem
procurem agradar os grandes,... Não espalhem calúnias entre o seu povo.
Não se levantem contra a vida do seu próximo (nem pela acusação, nem
pelo silêncio) Não guardem ódio contra o seu irmão no coração; antes
repreendam com franqueza o seu próximo (com desejo sincero de
progresso)... Não procurem vingança, nem guardem rancor contra alguém
do seu povo, MAS AME CADA UM O SEU PRÓXIMO COMO A SI MESMO.”
Há tantas nuances nestes “nãos”, por ex: “mas eu pago ao meu empregado o que
todo mundo paga”, “nunca mais vendo para pessoas desse povo”, “o tonto não
percebeu, vou tirar vantagem”....
São 13 “Nãos” na Lei, mas O AMOR É O CUMPRIMENTO DA LEI
12
19.19 "Obedeçam às minhas leis. "Não cruzem diferentes espécies de animais.(1)
"Não plantem duas espécies de sementes na sua lavoura.(2) "Não usem
roupas feitas com dois tipos de tecido.(3)”
(1) O objetivo dessas regras contra cruzamentos não é conhecido. A orientação é
preservar as distinções da natureza.
(2) Ocorre uma competição por nutrientes, dificulta o controle de pragas e doenças
e o manejo é mais difícil.
13
(3)Talvez porque as cortinas do tabernáculo e as
vestes sacerdotais fossem feitas deste modo,
daí proibi-las para o uso secular.
19.26,31 “...Não pratiquem adivinhação nem feitiçaria... Não recorram aos
médiuns, nem busquem os espíritas, pois vocês serão contaminados por
eles. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.”
As práticas de feitiçaria, adivinhação, bruxaria, candomblé e espiritismo são
incompatíveis com o cristianismo bíblico, pois mostram falta de confiança no
Senhor.
20.6 “Voltarei o meu rosto contra aquele que procurar médiuns e espíritas para
segui-los, prostituindo-se com eles.”
A comunicação com os mortos é uma prática condenada pela Bíblia.
Muitas vezes esta comunicação visa apaziguar anseios e angústias, mas isto se
mostra enganoso, levando a falsas esperanças e mostrando falta de confiança em
Deus.
14
19.27,28 “Não cortem o cabelo dos lados da cabeça, nem aparem as pontas da
barba. Não façam cortes em seus corpos por causa dos mortos, nem
tatuagem em si mesmos. Eu sou o Senhor.”
Dt 14.1 “Vocês são os filhos do Senhor, do seu Deus. Não façam cortes no corpo nem
rapem a frente da cabeça por causa dos mortos,”.
15
Proibições para resguardar os israelitas
de seguirem as práticas supersticiosas e idólatras
dos pagãos que encontrariam em Canaã.
Cortar a pele, o cabelo e a barba, se tatuar,
servia para honrar ídolos ou para ritos fúnebres.
Hoje muitos se tatuam, usam piercings,
desenham cortes no cabelo e barba, a maioria o
faz por “estética”, já alguns para identificar-se
com ídolos e servi-los.
19.29 “Ninguém desonre a sua filha tornando-a uma prostituta, se não a terra se
entregará à prostituição e se encherá de perversidade.”
Tal atitude resultaria na dissolução do lar, esteio da sociedade.
Incluía a prostituição cultual na religião dos cananeus, futuros vizinhos.
A comunidade Bacchara, no interior da Índia obriga a filha mais velha a se
prostituir a partir dos 12 anos e vivem desses proventos; é uma prática que se
repete há gerações.
---------------------------------------------------------------------------------
19.32 “Levantem-se na presença dos idosos, honrem os anciãos,
tema o seu Deus. Eu sou o Senhor.”
Deus ordena que se honre os mais velhos, e isto contempla respeitá-los e
promover a sua inclusão e bem estar social.
O princípio subjacente é promover relacionamentos saudáveis e harmoniosos na
sociedade, bem como temer (procurar conhecer) o seu Deus, para que as novas
gerações O conheçam.
16
19.33,34 “Quando um estrangeiro viver na terra de vocês, não o
maltratem. O estrangeiro residente que viver com vocês
será tratado como o natural da terra. Amem-no como a
si mesmos, pois vocês foram estrangeiros no Egito.”
 Como você se sente ao encontrar estrangeiros?
 Acha que deveriam voltar de onde vieram, pois tiram
empregos, inflam o sistema de saúde, as escolas,....
 É tentado a tirar vantagem deles?
 Deus nos diz como devemos tratar os estrangeiros.
 Na verdade todos somos estrangeiros neste
mundo que é a nossa morada temporária.
17
PF Ao encontrar estrangeiros, recém-
chegados ou desconhecidos, aproveite a
oportunidade para demonstrar o amor de Deus.
20.2-5 “...Qualquer israelita ou estrangeiro residente em Israel que ENTREGAR UM
DOS SEUS FILHOS A MOLOQUE, TERÁ QUE SER EXECUTADO. O povo da terra o
apedrejará...SE O POVO DELIBERADAMENTE FECHAR OS OLHOS quando alguém
entregar um dos seus filhos a Moloque, e deixar de executá-lo, voltarei o meu rosto
contra aquele homem e contra o seu clã e ELIMINAREI DO MEIO DO SEU POVO
TANTO ELE QUANTO TODOS OS QUE O SEGUEM, prostituindo-se com Moloque.”
Os amonitas, futuros vizinhos de Israel, faziam este sacrifício (oferecer crianças a
seu deus, Moloque), para afastar o mal ou acalmar sua ira.
Segundo a Funai, das 305 etnias indígenas, 18 delas creem ser maldição dos deuses
a criança que nasce com deficiências, desde atrofia muscular a lábio leporino e
gêmeos, e será abandonada na floresta, queimada ou enterrada viva.
18
O infanticídio é crime contra a humanidade pela ONU, já no Brasil
a Constituição Federal garante o direito dos povos indígenas à sua
cultura e costumes, o que inclui a prática do infanticídio.
21.17-23 "Diga a Arão: Pelas suas gerações, nenhum dos seus descendentes que
tenha algum defeito poderá aproximar-se para trazer ao seu Deus ofertas de
alimento...ninguém que seja cego ou aleijado, que tenha o rosto defeituoso ou o
corpo deformado...tenha o pé ou a mão defeituosos...corcunda ou anão..defeito
na vista...feridas purulentas ou com fluxo, ou que tenha testículos defeituosos...
tenha qualquer defeito poderá aproximar-se para apresentar ao Senhor ofertas
preparadas no fogo...Poderá comer o alimento...de seu Deus, e também o
alimento santo... POR CAUSA DO SEU DEFEITO, não se aproximará do véu nem
do altar, PARA QUE NÃO PROFANE O MEU SANTUÁRIO”
Estaria Deus discriminando os deficientes ao declarar sua desqualificação para levar
as ofertas para Deus, não chegar perto do altar ou do véu?
Talvez porque o defeito físico pudesse ser visto pelos povos, futuros vizinhos, como
castigo por um pecado cometido, um sinal de maldição ou desagrado de Deus.
Os filhos dos sacerdotes que fossem deficientes eram protegidos e sustentados e
realizavam outras tarefas no Tabernáculo.
19
19.35,36 “Não usem medidas desonestas quando medirem comprimento, peso ou
quantidade. Usem balanças de pesos honestos, tanto para cereais quanto
para líquidos.”
Por ex.: colocar dependente fantasma para pagar menos IR.
PF Honestidade deve ser a regra.
______________________________________
O cap 23 - trata das festas judaicas.
1) O sábado (23.1-3)
2) A Páscoa e a festa dos pães sem fermento (23.4-8)
3) Os primeiros frutos (23.9-14)
4) A festa das semanas (23.15-22)
5) A festa das trombetas e o Dia da Expiação (23.23-32)
6) A festa das cabanas (23.33-44)
20
21
Leis sobre blasfêmia são prefaciadas por um caso que requeria de parecer judicial
24.10-14 “Aconteceu que o filho de uma israelita e de um egípcio saiu e foi para o
meio dos israelitas. No acampamento houve uma briga entre ele e um
israelita. O filho da israelita blasfemou* o Nome com uma maldição; então
o levaram a Moisés. O nome de sua mãe era Selomite, filha de Dibri, da
tribo de Dã. Deixaram-no preso até que a vontade do Senhor lhes fosse
declarada. Então o Senhor disse a Moisés: "Leve o que blasfemou para
fora do acampamento. Todos aqueles que o ouviram colocarão as mãos
sobre a cabeça dele, e a comunidade toda o apedrejará.”
*Blasfemar ou zombar do nome de Deus viola o 3º mandamento
Era um "crime novo", veja como Moisés tratou o caso.
Na dúvida, não tomar decisões precipitadas, aguardar que o ES mostre a solução
correta, aquela que não lhe tira a paz de espírito
A dificuldade dos casamentos mistos em criar os filhos nos caminhos do Senhor.
25.1-55 trata de regular o relacionamento entre eles, com Deus e prepará-los para
a convivência com os futuros vizinhos na terra prometida :
Leis sobre a terra:
(4,6) “Mas no sétimo ano a terra terá um sábado de descanso, um sábado
dedicado ao Senhor. Não semeiem as suas lavouras...Vocês se sustentarão do
que a terra produzir no ano de descanso, você, o seu escravo, a sua escrava, o
trabalhador contratado e o residente temporário que vive entre vocês,”
Ano do jubileu: os escravos israelitas eram libertos, as dívidas perdoadas e as terras
vendidas eram devolvidas aos donos originais, isso evitava o acúmulo de riqueza na
mão de poucos e garantia a igualdade e a dignidade do povo.
(11) “O quinquagésimo ano lhes será jubileu...comam apenas o que a terra
produzir. Nesse ano do jubileu cada um de vocês voltará para a sua propriedade
(14) “Se vocês venderem alguma propriedade ao seu próximo ou se comprarem
alguma propriedade dele, não explore o seu irmão.
22
(15). ”O que comprarem do seu próximo será avaliado com base no número de
anos desde o Jubileu. E fará a venda com base no número de anos que restam
de colheitas.”
Leis sobre as pessoas: (17) “Não explorem um ao outro”
(35) “Se alguém do seu povo empobrecer e não puder sustentar-se, ajudem-no
como se faz ao estrangeiro e ao residente temporário...não poderão exigir dele
juros nem emprestar-lhe mantimento visando lucro.”
(39) “Se alguém do seu povo empobrecer e se vender a algum de vocês, não o
façam trabalhar como escravo. Ele deverá ser tratado como trabalhador
contratado ou como residente temporário; trabalhará para quem o comprou até o
ano do jubileu. Não dominem impiedosamente sobre eles”. (ocorre a cada 50 anos)
Aplicações para hoje:
• Sermos cuidadosos com o uso da terra e dos recursos naturais.
• Ajudar os pobres e os necessitados a progredirem.
• Quanto ao trabalhador: que tenha uma paga justa e um trato não escravizante.
23
Cap 26.1-46 - Trata das bênçãos e maldições, dependendo de obedecerem a lei.
Bênçãos: Colheita farta (4); proteção contra inimigos e dormir em paz (6)
Maldições: Doenças, febre, definharão e pouca colheita (16); serão dominados
pelos inimigos, e fugirão mesmo quando ninguém os perseguir (17); animais
matarão seus filhos e o rebanho (22); fome: comerão a carne dos seus filhos (29);
os espalharei entre as nações* (33); tropeçarão uns nos outros e cairão sem que
ninguém os esteja perseguindo (36,37); perecerão entre as nações (38).
26.40,44 "Mas, se confessarem os seus pecados...sua infidelidade e oposição a
mim... não os desprezarei, nem os rejeitarei...”
Aplicações, de um Deus de amor e justiça, para hoje:
Devemos obedecer aos mandamentos de Deus, pois isso nos trará bênçãos.
Confiar na misericórdia de Deus, mesmo quando desobedecemos.
* 2Rs 17,25 - esta profecia se cumpriu e foram levados à Assíria e Babilônia - 587aC
24
The Bible Project: Levítico
25
25
26
Conclusões do livro de Levítico
1. Necessidade de ordem e disciplina –
Desde Gênesis Deus estabeleceu os Seus limites.
 PF Ter princípios que mostrem a diferença de
Cristo em nós
2. A responsabilidade do líder –
Moisés foi chamado 30 vezes para falar com Deus
que o responsabiliza pela obediência do povo aos
Seus princípios.
 PF Ter a consciência da responsabilidade na
liderança no lar, na igreja, no trabalho, no convívio
social ...
26
Vamos tentar sanar as
dúvidas pessoal, mas uma
de cada vez.
Próximo Domingo:
Ler Números caps. 1 ao 10
27
BIBLIOGRAFIA
1. Bíblia Sagrada NVI - Editora Vida – 2000.
2. O Pentateuco e sua Contemporaneidade. Coelho Filho, Isaltino Gomes. RJ, JUERP, 2007.
3. Panorama do Antigo Testamento. Hill, Andrew E. e Walton, J.H., BH, Vida, 2000.
4. Revista Compromisso - Convicção Editora.
5. Estudo Panorâmico da Bíblia. Mears, Henrietta C.- São Paulo: Editora Vida, 2006.
6. Comentário Bíblico Moody - Charles F Pfieffer – Ed. Batista Regular,2017
7. Passo a Passo pelo AT - Wailon B & Tom H.- Ed. LifeWay Brasil – SP - 2004
8. Portal Bible Project - https://bibleproject.com/portugues/.
9. ROTA 66-Rádio Transmundial. Sayão, Luiz - https://www.rtmbrasil.org.br/radio/programas/rota-66/pagina/1
10.Reflexões extraídas da World Wide Web
11.Comentário Bíblico NVI - BRUCCE, F. F, SP, Ed. Vida, 1ª edição, 2008
12.Comentário Bíblico Popular - MacDonald, Willian, SP, Ed. Mundo Cristão, 1ª edição, 2008
13.Comentário Bíblico do professor - Editora Vida
14.Interpretação do Pentateuco - Vogt, Peter T. Editora Cultura Cristã – 2015.
15.Esta apresentação está disponível no site: www.escolabiblicavirtual.com.br

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 12 Levitico 17 - 27.ppt

Semelhante a 12 Levitico 17 - 27.ppt (20)

Lição 3 a lei e o pecado
Lição 3   a lei e o pecadoLição 3   a lei e o pecado
Lição 3 a lei e o pecado
 
Lição 09 - Não adulterarás
Lição 09 - Não adulterarásLição 09 - Não adulterarás
Lição 09 - Não adulterarás
 
O Talarico
O TalaricoO Talarico
O Talarico
 
Adultério
AdultérioAdultério
Adultério
 
O que a bíblia diz
O que a bíblia dizO que a bíblia diz
O que a bíblia diz
 
Deus Estabelece Critérios para a Adoração
Deus Estabelece Critérios para a AdoraçãoDeus Estabelece Critérios para a Adoração
Deus Estabelece Critérios para a Adoração
 
Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9
Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9
Seja Santo , Fuja do Pecado_2019 LBJ 2 TRI Lição 9
 
3° trimestre 2015 Adolescentes Lição 06
3° trimestre 2015 Adolescentes Lição 063° trimestre 2015 Adolescentes Lição 06
3° trimestre 2015 Adolescentes Lição 06
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 06
3º trimestre 2015 adolescentes lição 063º trimestre 2015 adolescentes lição 06
3º trimestre 2015 adolescentes lição 06
 
Como lidar com pessoas
Como lidar com pessoasComo lidar com pessoas
Como lidar com pessoas
 
Não adlterarás
Não adlterarásNão adlterarás
Não adlterarás
 
licao1segundotrimestre
licao1segundotrimestrelicao1segundotrimestre
licao1segundotrimestre
 
07 pureza sexual
07   pureza sexual07   pureza sexual
07 pureza sexual
 
07 pureza sexual
07   pureza sexual07   pureza sexual
07 pureza sexual
 
A mulher na Bíblia-1,5h
A mulher na Bíblia-1,5hA mulher na Bíblia-1,5h
A mulher na Bíblia-1,5h
 
9 o divorcio a luz da biblia
9   o divorcio a luz da biblia9   o divorcio a luz da biblia
9 o divorcio a luz da biblia
 
Licao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptx
Licao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptxLicao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptx
Licao-03-A-Sutileza-da-Imoralidade-Sexual (1).pptx
 
O LADO OBSCURO DA CARNE
O LADO OBSCURO DA CARNEO LADO OBSCURO DA CARNE
O LADO OBSCURO DA CARNE
 
6 - panorama do AT - levitico e deuteronomio.pptx
6 - panorama do AT - levitico e deuteronomio.pptx6 - panorama do AT - levitico e deuteronomio.pptx
6 - panorama do AT - levitico e deuteronomio.pptx
 
Vamos falar sobre sexo
Vamos falar sobre sexo   Vamos falar sobre sexo
Vamos falar sobre sexo
 

Mais de PIB Penha - SP

Mais de PIB Penha - SP (20)

Início das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptx
Início das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptxInício das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptx
Início das missões mundiais Cap 11 ao 13.pptx
 
A conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igreja
A conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igrejaA conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igreja
A conversão mais importante da história e A perseguição e a dispersão da igreja
 
A escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de Estêvão
A escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de EstêvãoA escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de Estêvão
A escolha dos sete diáconos e a prisão e morte de Estêvão
 
3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...
3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...
3- Cap 3 e 5.10 - Um milagre e um sermão/ primeira oposição dos líderes relig...
 
4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO
4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO
4- Cap 5.11 a 8.1 a ESCOLHA DOS SETE DIÁCONOS / PRISÃO E MORTE DE ESTEVÃO
 
Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2
Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2
Livro de Atos dos Apóstolos capítulos 1 e 2
 
18 Deuteronômio 27 - 34.pptx
18 Deuteronômio 27 - 34.pptx18 Deuteronômio 27 - 34.pptx
18 Deuteronômio 27 - 34.pptx
 
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
17 Deuteronomio 5 - 26.pptx
 
16 Deuteronomio 1 - 4.pptx
16 Deuteronomio 1 - 4.pptx16 Deuteronomio 1 - 4.pptx
16 Deuteronomio 1 - 4.pptx
 
15 Numeros 23 - 36.ppt
15 Numeros 23 - 36.ppt15 Numeros 23 - 36.ppt
15 Numeros 23 - 36.ppt
 
14 Numeros 12 - 22.ppt
14 Numeros 12 - 22.ppt14 Numeros 12 - 22.ppt
14 Numeros 12 - 22.ppt
 
14 Numeros 1 - 14.pptx
14 Numeros 1 - 14.pptx14 Numeros 1 - 14.pptx
14 Numeros 1 - 14.pptx
 
11 levitico 1 - 16.pptx
11 levitico 1 - 16.pptx11 levitico 1 - 16.pptx
11 levitico 1 - 16.pptx
 
10 Exodo 31 -40.pptx
10 Exodo 31 -40.pptx10 Exodo 31 -40.pptx
10 Exodo 31 -40.pptx
 
9 Exodo 21 -30.pptx
9 Exodo 21 -30.pptx9 Exodo 21 -30.pptx
9 Exodo 21 -30.pptx
 
8 Exodo 13 - 20.pptx
8 Exodo 13 - 20.pptx8 Exodo 13 - 20.pptx
8 Exodo 13 - 20.pptx
 
10 Exodo 31 -40.pdf
10 Exodo 31 -40.pdf10 Exodo 31 -40.pdf
10 Exodo 31 -40.pdf
 
9 Exodo 21 -30.pdf
9 Exodo 21 -30.pdf9 Exodo 21 -30.pdf
9 Exodo 21 -30.pdf
 
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
 
6 Genesis 29-50 publicar.pptx
6 Genesis 29-50  publicar.pptx6 Genesis 29-50  publicar.pptx
6 Genesis 29-50 publicar.pptx
 

Último

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 

Último (14)

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 

12 Levitico 17 - 27.ppt

  • 1. Aula 12 – cap.17 ao 27 - A LEI EBD - ESCOLA BÍBLICA DISCIPULADORA – 2ºsem/2023 Facilitadores: Yuri Eloi e Francisco Tudela 1 As ofertas e os sacrifícios falam: PONHA SUA VIDA EM ORDEM. As festas falam: MANTENHA SUA VIDA EM ORDEM. COLOQUE A SUA VIDA EM ORDEM ANTES QUE A DESORDEM DOS QUE VIVEM A SUA VOLTA O CONTAMINEM.
  • 2. O “CÓDIGO DE SANTIDADE” 17.1—26.46 Esta seção de leis que vieram de Deus para o povo de Israel, por intermédio de Moisés, no monte Sinai (26.46), é comumente chamada “Código de Santidade”, porque focam no que significa viver uma vida santa. O versículo central é 19.2 “Sejam santos porque eu, o Senhor, o Deus de vocês, sou santo.“ Apresenta as condições que Deus requeria de Israel para que fosse realmente um povo santo. 2
  • 3. 3 O CÓDIGO DE SANTIDADE 17.1 - 26.46 1. As leis para as ofertas 17.1-16 2. Sobre manter-se puro 18.1 – 20.27 3. Leis para sacerdotes e sacrifícios 21.1 – 22.33 4. Dias santos e festas religiosas 23.1-44 5. Leis para objetos usados no louvor 24.1-9 6. Punição para a blasfêmia 24.10-23 7. Os Anos do Descanso e do Jubileu 25.1-55 8. Bênçãos e punições por obedecer ou não 26.1-46 9. A substituição dos votos e dos dízimos 27.1-34 3
  • 4. A proibição de comer sangue 17.10-16 A prática judaica de comer somente carne “kosher” (derivado de kasher = "bom" ou "próprio") vem desta proibição. 17.11,12 “Pois a vida da carne está no sangue, e eu o dei a vocês para fazerem propiciação por si mesmos no altar; é o sangue que faz propiciação pela vida. Por isso digo aos israelitas: nenhum de vocês poderá comer sangue, nem também o estrangeiro residente.” O sangue é o fluido que dá vida ao corpo e derramá-lo era o rito para obter a expiação dos pecados daí não poder servir de alimento. 4
  • 5. 18.3 “Não procedam como se procede no Egito, onde vocês moraram, nem como se procede na terra de Canaã, para onde os estou levando. Não sigam as suas práticas.” (1) Ter relações sexuais com parentes próximos; (2) cometer adultério; (3) oferecer crianças em sacrifício; (4) ter relações homossexuais; e (5) ter relações sexuais com animais. Práticas que causam doenças, destroem a família e a sociedade e demonstram falta de consideração pelo valor próprio e de outros. Hoje a sociedade comete algumas destas práticas de forma “mais suave”, tentando aos poucos torná-las aceitáveis. PA Se você considera alguma destas práticas aceitável, seu julgamento não está de acordo com os padrões de Deus. 5
  • 6. Do vs 7 ao 24 são 18 “Nãos” e nenhum é destacado como pior que outro. 18.9-12 "Não se envolva sexualmente com a sua irmã, filha do seu pai ou da sua mãe, tenha ela nascido na mesma casa ou em outro lugar. Não se envolva sexualmente com a filha do seu filho ou com a filha da sua filha; isso desonraria você. Não se envolva sexualmente com a filha da mulher do seu pai, gerada por seu pai; ela é sua irmã. Não se envolva sexualmente com a irmã do seu pai; ela é parenta próxima do seu pai.” É possível que, nos primeiros dias da raça humana, irmão se casa-se com irmã, pois não havia mais ninguém com quem se casar. Agora Deus está proibindo casamentos entre parentes consanguíneos, assim uma pessoa não devia se casar com seu irmão, por exemplo. O casamento de Abraão com Sara (cf. Gn 20.12) não teria sido permitido de acordo com esses padrões posteriores. 6
  • 7. 18.17-18 "Não se envolva sexualmente com uma mulher e sua filha. Não se envolva sexualmente com a filha do seu filho ou com a filha da sua filha; são parentes próximos. É perversidade. Não tome por mulher a irmã da sua mulher, tornando-a rival, envolvendo-se sexualmente com ela, estando a sua mulher ainda viva.” O casamento de Jacó com Lia e Raquel não teria sido permitido de acordo com esses padrões posteriores. 18.20 "Não se deite com a mulher do seu próximo, contaminando-se com ela.” O ADULTÉRIO É PECADO. 18.23 "Não tenha relações sexuais com um animal, contaminando-se com ele. Mulher nenhuma se porá diante de um animal para ajuntar-se com ele; é depravação.” A ZOOFILIA É PECADO 7
  • 8. 18.22 "Não se deite com um homem como quem se deita com uma mulher; é repugnante.” A palavra de Deus é a única verdade, mas a sociedade... Rm 1.25-27 “Trocaram a verdade de Deus pela mentira, ....” O pecado perverteu o plano de Deus para os relacionamentos sexuais, assim quando dizem que qualquer tipo de relacionamento sexual é aceitável, desde que ninguém seja prejudicado, enganam-se, pois as consequências de relações contrárias à natureza, isto é, de modo diferente de como devem ser usadas, ferirá indivíduos, famílias e sociedade. A sigla LGBTQIA+ A: assexual - Os assexuais são as pessoas que não sentem atração sexual, seja pelo sexo oposto ou pelo mesmo sexo — o que não significa que não possam desenvolver sentimentos amorosos e afetivos por outras pessoas. P. Um relacionamento apenas amoroso e afetivo é pecado? Um amor platônico? 8
  • 9. Rm 1.26,27 “Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas RELAÇÕES SEXUAIS NATURAIS por outras, contrárias à natureza Da mesma forma, os homens também abandonaram AS RELAÇÕES NATURAIS com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes,(1) homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão.(2)” Alguns acreditam que têm o direito de realizar seus desejos, mas Deus não nos encoraja a realizar todos os nossos desejos. OS DESEJOS QUE OFENDEM SUAS LEIS DEVEM SER CONTROLADOS. Colhemos as consequências das nossas escolhas.  (1) Indecente: que não é próprio, oportuno, adequado; incorreto, inconveniente, impróprio, que fere o pudor, a moral, os bons costumes; obsceno, licencioso, chocante.  (2) Perversão: ação contrária às leis da natureza e da vida moral. 9
  • 10. Cada pessoa tem o direito de viver sua vida como lhe apraz, e os simpatizantes dessa conduta de demonstrarem sua simpatia; Cabe ao cristão buscar sabedoria em Deus para pregar a Palavra sem afrontar ninguém, mas confrontando o pecado com amor. Não se vive pensando nas “faltas alheias” A consequência dos atos que Deus reprova está no NT: 1Co 6.9,10 “Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus.” Note que ninguém que vive cometendo um destes pecados é visto como pior do que quem vive cometendo outro destes pecados PF Como cristãos temos de pregar o evangelho. Não nos cabe julgar, nem fazer o papel de “polícia das escolhas” que cada um, pelo livre arbítrio, fez. 10
  • 11. 19.9,10 "Quando fizerem a colheita da sua terra (na sua despensa), não colham até às extremidades da sua lavoura, nem ajuntem as espigas caídas de sua colheita. Não passem duas vezes pela sua vinha (pelo seu armário), nem apanhem as uvas que tiverem caído (roupas que não usa há anos). Deixem-nas para o necessitado e para o estrangeiro. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.” Em Rt 2.28-16 temos um exemplo do cumprimento desta lei. Nós nos contentamos em dar pratos de sopa, cestas básicas e roupas velhas achando ser isso um grande projeto social. PF É fácil ignorar o mendigo ou ajudá-lo com esmolas a fim de aplacar a injustiça que nos incomoda pela ação do ES. Deus deseja outra generosidade: ESPIGAS QUE PROMOVAM A IGUALDADE SOCIAL: que movam o mendigo para uma classe social melhor, com emprego, vida social, familiar e espiritual. 11
  • 12. 19. 11-18"Não furtem. Não mintam. Não enganem uns aos outros. Não jurem falsamente pelo meu nome...Não oprimam nem roubem o seu próximo. Não retenham até a manhã do dia seguinte o pagamento de um diarista. Não amaldiçoem o surdo nem ponham pedra de tropeço à frente do cego... Não cometam injustiça num julgamento; não favoreçam os pobres, nem procurem agradar os grandes,... Não espalhem calúnias entre o seu povo. Não se levantem contra a vida do seu próximo (nem pela acusação, nem pelo silêncio) Não guardem ódio contra o seu irmão no coração; antes repreendam com franqueza o seu próximo (com desejo sincero de progresso)... Não procurem vingança, nem guardem rancor contra alguém do seu povo, MAS AME CADA UM O SEU PRÓXIMO COMO A SI MESMO.” Há tantas nuances nestes “nãos”, por ex: “mas eu pago ao meu empregado o que todo mundo paga”, “nunca mais vendo para pessoas desse povo”, “o tonto não percebeu, vou tirar vantagem”.... São 13 “Nãos” na Lei, mas O AMOR É O CUMPRIMENTO DA LEI 12
  • 13. 19.19 "Obedeçam às minhas leis. "Não cruzem diferentes espécies de animais.(1) "Não plantem duas espécies de sementes na sua lavoura.(2) "Não usem roupas feitas com dois tipos de tecido.(3)” (1) O objetivo dessas regras contra cruzamentos não é conhecido. A orientação é preservar as distinções da natureza. (2) Ocorre uma competição por nutrientes, dificulta o controle de pragas e doenças e o manejo é mais difícil. 13 (3)Talvez porque as cortinas do tabernáculo e as vestes sacerdotais fossem feitas deste modo, daí proibi-las para o uso secular.
  • 14. 19.26,31 “...Não pratiquem adivinhação nem feitiçaria... Não recorram aos médiuns, nem busquem os espíritas, pois vocês serão contaminados por eles. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês.” As práticas de feitiçaria, adivinhação, bruxaria, candomblé e espiritismo são incompatíveis com o cristianismo bíblico, pois mostram falta de confiança no Senhor. 20.6 “Voltarei o meu rosto contra aquele que procurar médiuns e espíritas para segui-los, prostituindo-se com eles.” A comunicação com os mortos é uma prática condenada pela Bíblia. Muitas vezes esta comunicação visa apaziguar anseios e angústias, mas isto se mostra enganoso, levando a falsas esperanças e mostrando falta de confiança em Deus. 14
  • 15. 19.27,28 “Não cortem o cabelo dos lados da cabeça, nem aparem as pontas da barba. Não façam cortes em seus corpos por causa dos mortos, nem tatuagem em si mesmos. Eu sou o Senhor.” Dt 14.1 “Vocês são os filhos do Senhor, do seu Deus. Não façam cortes no corpo nem rapem a frente da cabeça por causa dos mortos,”. 15 Proibições para resguardar os israelitas de seguirem as práticas supersticiosas e idólatras dos pagãos que encontrariam em Canaã. Cortar a pele, o cabelo e a barba, se tatuar, servia para honrar ídolos ou para ritos fúnebres. Hoje muitos se tatuam, usam piercings, desenham cortes no cabelo e barba, a maioria o faz por “estética”, já alguns para identificar-se com ídolos e servi-los.
  • 16. 19.29 “Ninguém desonre a sua filha tornando-a uma prostituta, se não a terra se entregará à prostituição e se encherá de perversidade.” Tal atitude resultaria na dissolução do lar, esteio da sociedade. Incluía a prostituição cultual na religião dos cananeus, futuros vizinhos. A comunidade Bacchara, no interior da Índia obriga a filha mais velha a se prostituir a partir dos 12 anos e vivem desses proventos; é uma prática que se repete há gerações. --------------------------------------------------------------------------------- 19.32 “Levantem-se na presença dos idosos, honrem os anciãos, tema o seu Deus. Eu sou o Senhor.” Deus ordena que se honre os mais velhos, e isto contempla respeitá-los e promover a sua inclusão e bem estar social. O princípio subjacente é promover relacionamentos saudáveis e harmoniosos na sociedade, bem como temer (procurar conhecer) o seu Deus, para que as novas gerações O conheçam. 16
  • 17. 19.33,34 “Quando um estrangeiro viver na terra de vocês, não o maltratem. O estrangeiro residente que viver com vocês será tratado como o natural da terra. Amem-no como a si mesmos, pois vocês foram estrangeiros no Egito.”  Como você se sente ao encontrar estrangeiros?  Acha que deveriam voltar de onde vieram, pois tiram empregos, inflam o sistema de saúde, as escolas,....  É tentado a tirar vantagem deles?  Deus nos diz como devemos tratar os estrangeiros.  Na verdade todos somos estrangeiros neste mundo que é a nossa morada temporária. 17 PF Ao encontrar estrangeiros, recém- chegados ou desconhecidos, aproveite a oportunidade para demonstrar o amor de Deus.
  • 18. 20.2-5 “...Qualquer israelita ou estrangeiro residente em Israel que ENTREGAR UM DOS SEUS FILHOS A MOLOQUE, TERÁ QUE SER EXECUTADO. O povo da terra o apedrejará...SE O POVO DELIBERADAMENTE FECHAR OS OLHOS quando alguém entregar um dos seus filhos a Moloque, e deixar de executá-lo, voltarei o meu rosto contra aquele homem e contra o seu clã e ELIMINAREI DO MEIO DO SEU POVO TANTO ELE QUANTO TODOS OS QUE O SEGUEM, prostituindo-se com Moloque.” Os amonitas, futuros vizinhos de Israel, faziam este sacrifício (oferecer crianças a seu deus, Moloque), para afastar o mal ou acalmar sua ira. Segundo a Funai, das 305 etnias indígenas, 18 delas creem ser maldição dos deuses a criança que nasce com deficiências, desde atrofia muscular a lábio leporino e gêmeos, e será abandonada na floresta, queimada ou enterrada viva. 18 O infanticídio é crime contra a humanidade pela ONU, já no Brasil a Constituição Federal garante o direito dos povos indígenas à sua cultura e costumes, o que inclui a prática do infanticídio.
  • 19. 21.17-23 "Diga a Arão: Pelas suas gerações, nenhum dos seus descendentes que tenha algum defeito poderá aproximar-se para trazer ao seu Deus ofertas de alimento...ninguém que seja cego ou aleijado, que tenha o rosto defeituoso ou o corpo deformado...tenha o pé ou a mão defeituosos...corcunda ou anão..defeito na vista...feridas purulentas ou com fluxo, ou que tenha testículos defeituosos... tenha qualquer defeito poderá aproximar-se para apresentar ao Senhor ofertas preparadas no fogo...Poderá comer o alimento...de seu Deus, e também o alimento santo... POR CAUSA DO SEU DEFEITO, não se aproximará do véu nem do altar, PARA QUE NÃO PROFANE O MEU SANTUÁRIO” Estaria Deus discriminando os deficientes ao declarar sua desqualificação para levar as ofertas para Deus, não chegar perto do altar ou do véu? Talvez porque o defeito físico pudesse ser visto pelos povos, futuros vizinhos, como castigo por um pecado cometido, um sinal de maldição ou desagrado de Deus. Os filhos dos sacerdotes que fossem deficientes eram protegidos e sustentados e realizavam outras tarefas no Tabernáculo. 19
  • 20. 19.35,36 “Não usem medidas desonestas quando medirem comprimento, peso ou quantidade. Usem balanças de pesos honestos, tanto para cereais quanto para líquidos.” Por ex.: colocar dependente fantasma para pagar menos IR. PF Honestidade deve ser a regra. ______________________________________ O cap 23 - trata das festas judaicas. 1) O sábado (23.1-3) 2) A Páscoa e a festa dos pães sem fermento (23.4-8) 3) Os primeiros frutos (23.9-14) 4) A festa das semanas (23.15-22) 5) A festa das trombetas e o Dia da Expiação (23.23-32) 6) A festa das cabanas (23.33-44) 20
  • 21. 21 Leis sobre blasfêmia são prefaciadas por um caso que requeria de parecer judicial 24.10-14 “Aconteceu que o filho de uma israelita e de um egípcio saiu e foi para o meio dos israelitas. No acampamento houve uma briga entre ele e um israelita. O filho da israelita blasfemou* o Nome com uma maldição; então o levaram a Moisés. O nome de sua mãe era Selomite, filha de Dibri, da tribo de Dã. Deixaram-no preso até que a vontade do Senhor lhes fosse declarada. Então o Senhor disse a Moisés: "Leve o que blasfemou para fora do acampamento. Todos aqueles que o ouviram colocarão as mãos sobre a cabeça dele, e a comunidade toda o apedrejará.” *Blasfemar ou zombar do nome de Deus viola o 3º mandamento Era um "crime novo", veja como Moisés tratou o caso. Na dúvida, não tomar decisões precipitadas, aguardar que o ES mostre a solução correta, aquela que não lhe tira a paz de espírito A dificuldade dos casamentos mistos em criar os filhos nos caminhos do Senhor.
  • 22. 25.1-55 trata de regular o relacionamento entre eles, com Deus e prepará-los para a convivência com os futuros vizinhos na terra prometida : Leis sobre a terra: (4,6) “Mas no sétimo ano a terra terá um sábado de descanso, um sábado dedicado ao Senhor. Não semeiem as suas lavouras...Vocês se sustentarão do que a terra produzir no ano de descanso, você, o seu escravo, a sua escrava, o trabalhador contratado e o residente temporário que vive entre vocês,” Ano do jubileu: os escravos israelitas eram libertos, as dívidas perdoadas e as terras vendidas eram devolvidas aos donos originais, isso evitava o acúmulo de riqueza na mão de poucos e garantia a igualdade e a dignidade do povo. (11) “O quinquagésimo ano lhes será jubileu...comam apenas o que a terra produzir. Nesse ano do jubileu cada um de vocês voltará para a sua propriedade (14) “Se vocês venderem alguma propriedade ao seu próximo ou se comprarem alguma propriedade dele, não explore o seu irmão. 22
  • 23. (15). ”O que comprarem do seu próximo será avaliado com base no número de anos desde o Jubileu. E fará a venda com base no número de anos que restam de colheitas.” Leis sobre as pessoas: (17) “Não explorem um ao outro” (35) “Se alguém do seu povo empobrecer e não puder sustentar-se, ajudem-no como se faz ao estrangeiro e ao residente temporário...não poderão exigir dele juros nem emprestar-lhe mantimento visando lucro.” (39) “Se alguém do seu povo empobrecer e se vender a algum de vocês, não o façam trabalhar como escravo. Ele deverá ser tratado como trabalhador contratado ou como residente temporário; trabalhará para quem o comprou até o ano do jubileu. Não dominem impiedosamente sobre eles”. (ocorre a cada 50 anos) Aplicações para hoje: • Sermos cuidadosos com o uso da terra e dos recursos naturais. • Ajudar os pobres e os necessitados a progredirem. • Quanto ao trabalhador: que tenha uma paga justa e um trato não escravizante. 23
  • 24. Cap 26.1-46 - Trata das bênçãos e maldições, dependendo de obedecerem a lei. Bênçãos: Colheita farta (4); proteção contra inimigos e dormir em paz (6) Maldições: Doenças, febre, definharão e pouca colheita (16); serão dominados pelos inimigos, e fugirão mesmo quando ninguém os perseguir (17); animais matarão seus filhos e o rebanho (22); fome: comerão a carne dos seus filhos (29); os espalharei entre as nações* (33); tropeçarão uns nos outros e cairão sem que ninguém os esteja perseguindo (36,37); perecerão entre as nações (38). 26.40,44 "Mas, se confessarem os seus pecados...sua infidelidade e oposição a mim... não os desprezarei, nem os rejeitarei...” Aplicações, de um Deus de amor e justiça, para hoje: Devemos obedecer aos mandamentos de Deus, pois isso nos trará bênçãos. Confiar na misericórdia de Deus, mesmo quando desobedecemos. * 2Rs 17,25 - esta profecia se cumpriu e foram levados à Assíria e Babilônia - 587aC 24
  • 25. The Bible Project: Levítico 25 25
  • 26. 26 Conclusões do livro de Levítico 1. Necessidade de ordem e disciplina – Desde Gênesis Deus estabeleceu os Seus limites.  PF Ter princípios que mostrem a diferença de Cristo em nós 2. A responsabilidade do líder – Moisés foi chamado 30 vezes para falar com Deus que o responsabiliza pela obediência do povo aos Seus princípios.  PF Ter a consciência da responsabilidade na liderança no lar, na igreja, no trabalho, no convívio social ... 26
  • 27. Vamos tentar sanar as dúvidas pessoal, mas uma de cada vez. Próximo Domingo: Ler Números caps. 1 ao 10 27
  • 28. BIBLIOGRAFIA 1. Bíblia Sagrada NVI - Editora Vida – 2000. 2. O Pentateuco e sua Contemporaneidade. Coelho Filho, Isaltino Gomes. RJ, JUERP, 2007. 3. Panorama do Antigo Testamento. Hill, Andrew E. e Walton, J.H., BH, Vida, 2000. 4. Revista Compromisso - Convicção Editora. 5. Estudo Panorâmico da Bíblia. Mears, Henrietta C.- São Paulo: Editora Vida, 2006. 6. Comentário Bíblico Moody - Charles F Pfieffer – Ed. Batista Regular,2017 7. Passo a Passo pelo AT - Wailon B & Tom H.- Ed. LifeWay Brasil – SP - 2004 8. Portal Bible Project - https://bibleproject.com/portugues/. 9. ROTA 66-Rádio Transmundial. Sayão, Luiz - https://www.rtmbrasil.org.br/radio/programas/rota-66/pagina/1 10.Reflexões extraídas da World Wide Web 11.Comentário Bíblico NVI - BRUCCE, F. F, SP, Ed. Vida, 1ª edição, 2008 12.Comentário Bíblico Popular - MacDonald, Willian, SP, Ed. Mundo Cristão, 1ª edição, 2008 13.Comentário Bíblico do professor - Editora Vida 14.Interpretação do Pentateuco - Vogt, Peter T. Editora Cultura Cristã – 2015. 15.Esta apresentação está disponível no site: www.escolabiblicavirtual.com.br