Autor: Paulo Maia BarbosaOrientador: Prof. Dr. Leandro José Morilhas
• Introdução• Pergunta de pesquisa• Objetivos• Referencial teórico• Metodologia• Principais resultados• Considerações finais
 O biodiesel é um combustível renovável produzido  através da reação entre óleos vegetais e/ou gordura  animal com um álc...
   O biodiesel é misturado ao combustível fóssil,    segundo leis mandatórias.     Brasil: 5% (B5)     Argentina: 7% (B...
 Que motivos do ponto de vista econômico, geográfico e político levaram Argentina e Brasil a adotarem modelos distintos d...
   Identificar os principais agentes no setor de biodiesel    e seus graus de influência sobre a indústria;   Levantar a...
 “A Vantagem Competitiva das Nações” de Michael Porter  Explica a razão pela qual determinados   países ou regiões se tr...
Diamante de Porter                    Estratégia,                   Estrutura eGoverno           Rivalidade das           ...
 Pesquisa Descritiva: descrição de um objeto a partir de relações entre diversas variáveis. Não há geração de conhecimen...
   Dados Primários     Entrevistas com especialistas da indústria de biodiesel na      Argentina e no Brasil, todos com ...
Argentina                        BrasilPrincipal Foco de Mercado • Exportação.                 • Mercado doméstico.Fatores...
Argentina                          BrasilCondições de Fatores      • Disponibilidade de terra e    • Disponibilidade de te...
Argentina                        BrasilCondições de Demanda      • Mercado doméstico            • Forte mercado doméstico....
   A Argentina foi capaz de se tornar um grande exportador de    biodiesel por ter baixos custos de produção, logística e...
   Os principais do setor foram identificados: Produtores de    biodiesel e das indústrias relacionadas; governos e    so...
   Limitações da pesquisa.     A Indústria de biodiesel é jovem e dinâmica. Os panoramas      apresentados nesse estudo ...
Muito Obrigado!                    Paulo Maia Barbosa                  paulomb@uol.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

T39 tcc a produção de biodiesel na argentina e no brasil e cenários para a próxima década um estudo comparativo_paulo maia barbosa

770 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
770
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

T39 tcc a produção de biodiesel na argentina e no brasil e cenários para a próxima década um estudo comparativo_paulo maia barbosa

  1. 1. Autor: Paulo Maia BarbosaOrientador: Prof. Dr. Leandro José Morilhas
  2. 2. • Introdução• Pergunta de pesquisa• Objetivos• Referencial teórico• Metodologia• Principais resultados• Considerações finais
  3. 3.  O biodiesel é um combustível renovável produzido através da reação entre óleos vegetais e/ou gordura animal com um álcool, resultando em ésteres de ácido graxo (biodiesel) e glicerina. Pode substituir parcial ou totalmente o diesel tradicional de origem fóssil. Proporciona redução de emissões em comparação ao diesel fóssil  Monóxido de Carbono: 48%  Material Particulado: 47%  Hidrocarbonetos: 67%
  4. 4.  O biodiesel é misturado ao combustível fóssil, segundo leis mandatórias.  Brasil: 5% (B5)  Argentina: 7% (B7) Argentina e Brasil estão entre os maiores produtores de biodiesel do mundo.  Brasil: Produção absorvida pelo mercado doméstico.  Argentina: Forte foco na exportação
  5. 5.  Que motivos do ponto de vista econômico, geográfico e político levaram Argentina e Brasil a adotarem modelos distintos de comercialização do biodiesel e quais são as implicações para a competitividade desses países neste setor?
  6. 6.  Identificar os principais agentes no setor de biodiesel e seus graus de influência sobre a indústria; Levantar a evolução desta indústria em cada país; Apresentar o modelo de negócio de cada país; Projetar possíveis cenários para os próximos dez anos; Identificar os impulsionadores e entraves que afetam a indústria de biodiesel no Brasil e Argentina.
  7. 7.  “A Vantagem Competitiva das Nações” de Michael Porter  Explica a razão pela qual determinados países ou regiões se tronam bem sucedidos em indústrias específicas.  Desmitifica a importância dos fatores básicos  Mostra que as condições para competitividade não são inerentes e precisam ser criadas e mantidas: Inovação e Atualização.
  8. 8. Diamante de Porter Estratégia, Estrutura eGoverno Rivalidade das Empresas Condições de Condições de Fatores Demanda Indústrias Relacionadas e de Suporte
  9. 9.  Pesquisa Descritiva: descrição de um objeto a partir de relações entre diversas variáveis. Não há geração de conhecimentos novos a partir de teste de hipóteses . Somente variáveis qualitativas foram utilizadas.
  10. 10.  Dados Primários  Entrevistas com especialistas da indústria de biodiesel na Argentina e no Brasil, todos com ao menos dois anos de experiência no setor. ▪ Um representante de uma organização setorial. ▪ Um especialista da cadeia de suprimentos ▪ Um especialista da área operacional Dados Secundários  Consulta à literatura teórica, literatura setorial, publicações especializadas, informações públicas divulgadas por empresas do setor através de web-sites e notícias publicadas em jornais e mídias ligadas ao setor.
  11. 11. Argentina BrasilPrincipal Foco de Mercado • Exportação. • Mercado doméstico.Fatores Impulsionadores • Baixo custo de produção. • Suporte governamental • Estrutura logística e • Impacto social positivo tributária favorável à • Cadeias da soja e da pecuária exportação. bem estruturadas • Cadeia da soja bem EstruturadaObstáculos • Instabilidade econômica e • Custos logísticos elevados. política • Alta carga tributária. • Dependência da soja como • Dependência da soja como matéria prima. matéria prima.
  12. 12. Argentina BrasilCondições de Fatores • Disponibilidade de terra e • Disponibilidade de terra e clima propícios para a clima propícios para a produção agrícola produção agrícola • Expertise no • Expertise no desenvolvimento de t desenvolvimento de ecnologias de cultivo tecnologias de cultivo eficientes. eficientes. • Logística da cadeia da soja eficiente.Indústrias Relacionadas • Cadeia de produção da soja • Cadeia de produção da soja e, bem desenvolvida – em menor escala, da carnee de Suporte Disponibilidade de óleo como bovina bem desenvolvidas – matéria prima. Disponibilidade de óleo e sebo como matéria prima.
  13. 13. Argentina BrasilCondições de Demanda • Mercado doméstico • Forte mercado doméstico. importante, porém restrito a • Desenvolvimento do poucas empresas. mercado totalmente • Forte orientação à dependente de decisões exportação. governamentais. • Ausência de exportações.Estratégia, Estrutura e • Baixa rivalidade entre os • Grau relativamente elevado fabricantes. de rivalidade entre osRivalidade das Empresas • Foco na expansão da fabricantes. capacidade produtiva. • Tendência de consolidação dos produtores. • Investimentos em pesquisa para diversificação da matriz de matérias primas.
  14. 14.  A Argentina foi capaz de se tornar um grande exportador de biodiesel por ter baixos custos de produção, logística e tributação. Isso permitiu que o biodiesel argentino penetrasse com sucesso os principais mercados consumidores, principalmente na Europa. O Brasil não se mostrou competitivo no mercado de exportação de biodiesel em decorrência da alta carga tributária e elevados custos logísticos. Por outro lado, o PNPB deu origem a uma demanda interna estável que figura entre as maiores do mundo.
  15. 15.  Os principais do setor foram identificados: Produtores de biodiesel e das indústrias relacionadas; governos e sociedade. A evolução da indústria ocorreu de forma rápida impulsionada por políticas governamentais nos países produtores e consumidores Os modelos de negócio dos dois países, os impulsionadores e obstáculos da indústria e as projeções para os próximos 10 anos foram obtidas através das entrevistas e da literatura.
  16. 16.  Limitações da pesquisa.  A Indústria de biodiesel é jovem e dinâmica. Os panoramas apresentados nesse estudo podem sofrer mudanças drásticas e rápidas.  Há poucos dados disponíveis para se estabelecer tendências. Sugestões de novos estudos.  Análise em profundidade da estrutura de custos dos produtores de biodiesel na Argentina e no Brasil.  Extensão dessa análise a outros países exportadores de biodiesel, como Tailândia e Malásia.
  17. 17. Muito Obrigado! Paulo Maia Barbosa paulomb@uol.com.br

×