Carta

3.459 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
853
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
120
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carta

  1. 1. Produção de textos: a carta
  2. 2. A cartaCarta n.f. 1. Mensagem escrita que se envia ou se recebe pelo correio.Remetente adj. 2gn. e n. 2gn. Que ou quem remete. ≠ DESTINATÁRIO.Destinatário adj. e n. Que ou aquele a quem algo se destina =RECETOR. ≠ DESTINADOR, REMETENTE. Dicionário Escolar 2.º Ciclo de Português, Texto
  3. 3. Exemplo de uma carta informal Local e data Saudação inicial Cabeçalho LISBOA, 28 DE JANEIROQuerida Marta,O Luís lá da nossa turma vai entrar na sua primeira peça a sério, no clube de teatro amador onde se inscrevem, econvidou-me para assistir a um ensaio! Fiquei entusiasmadíssima. Eu não tenho jeito para representar e talvez porisso admire tanto o Luís. Ainda esta manhã, no intervalo grande, estive um tempão a conversar com ele sobreteatros (os que são representados num palco e … os outros…). Foi uma conversa incrível, porque o Luís fala comogente grande. No fim, quando tocou, disse-lhe: «Vou prometer-te uma coisa. Se tu morreres antes de mim (o que Corpoé provável, porque os bons vão sempre à frente), mando escrever uma placa para pôr sobre a tua campa: “Aqui jaz da cartaLuís, que sabe e saberá sempre o que diz”.» Riu-se.Depois, quando íamos a entrar para a sala de aula, perguntou-me: «Tu acreditas mesmo que somos imortais, nãoacreditas?» sorri-lhe e respondi-lhe: «Claro. Por isso é que me tornei vegetariana.» Ele olhou para mim semperceber. Confesso que também não percebo por que razão disse aquilo. Enfim, só o Luís sabe sempre o que diz…Vou pintar um bocadinho, enquanto há luz.Um beijo da DespedidaJoana Fecho AssinaturaP.S. O Ninja voltou a andar à tareia, desta vez com o Game Boy. Deixou-o com um olho à Belenenses e rasgou-lhea sweat-shirt (que o pai lhe tinha trazido dos Estados Unidos). Foi uma cena triste. Não há pachorra! Maria Teresa Gonzalez, Lua de Joana, 2010Post Scriptum Obra recomendada pelo Plano Nacional de Leitura
  4. 4. Saudação inicial A linguagem que se utiliza numa carta a um amigo é informal, ao contrário da linguagem formal que é utilizada quando se escreve a superiores ou a pessoas com quem não temos proximidade.A um superior ou a alguém poucoíntimo: A um amigo ou a alguém mais• Exmo(a). Sr(a). (…); íntimo:• Exmo(a). Sr(a). Diretor(a); • Querido amigo;• Exmo(a). Sr(a). Presidente. • Saudoso amigo; • Caríssimo (…); • Olá (…)!; • Viva!.
  5. 5. Fórmula de despedidaA um superior ou a alguém poucoíntimo:• Com os melhores cumprimentos;• Com as melhores saudações; A um amigo ou a alguém mais• Respeitosamente; íntimo:• Com a mais elevada estima; • O teu sempre amigo;• Atenciosamente. • Um abraço amigo; • Um grande abraço; • Muitos beijinhos; • Com grande amizade; • Com muitas saudades.
  6. 6. Ficha de verificação PlanificaçãoObjetivos Produzi uma carta, tendo em conta o seu destinatário e a sua finalidade. Destinatário (grau de formalidade a usar), objetivo da carta, corpo da carta (mensagem - factos a narrar; espaçosConteúdos a descrever; ideias para partilhar); fecho da carta ....Organização Selecionei os aspetos mais importantes e organizei-os. TextualizaçãoArticulação das diversas Encadeei os acontecimentos de forma lógica, tendo em conta todas as partes constituintes da carta.partesVocabulário Utilizei uma linguagem familiar ou formal, consoante o grau de intimidade estabelecido com o destinatário. Organizei o texto em frases, períodos e parágrafos.Organização do texto Utilizei a pontuação e os sinais auxiliares de escrita de forma adequada. Utilizei a 1.ª pessoa. Recorri aos tempos do passado para relatar os acontecimentos.Estrutura compositiva eformato adequado Organizei corretamente a carta, quer no que respeita ao conteúdo, quer no que respeita a apresentação gráfica da mesma. Relatei factos e emoções vividas (carta informal).Acordo ortográfico Utilizei um dicionário, quando tinha dúvidas sobre a ortografia de uma palavra. Revisão e formulação Revi os aspetos gráficos, ortográficos e de pontuação. Reorganizei e reescrevi partes do texto.Revisão de texto Verifiquei se a abertura do texto se a relaciona com o fecho do mesmo.

×