Marcas Gráficas
O diálogo, que se encontra com muita frequência nos textos
narrativos, é uma forma de discurso directo, já...
Alguns Verbos Introdutores do Diálogo
Dizer

Perguntar

Espantar-se

Explicar

Desejar

Declarar

Inquirir

Surpreender-se...
- Pobre de mim – dizia com as mãos na cabeça, o dono da
farmácia, fugindo dos lacraus.
Adaptação de um texto de Teixeira G...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Diálogo verbos introdutores

10.798 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.798
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
152
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Diálogo verbos introdutores

  1. 1. Marcas Gráficas O diálogo, que se encontra com muita frequência nos textos narrativos, é uma forma de discurso directo, já que é a reprodução exacta da fala das personagens. O diálogo no texto narrativo apresenta normalmente três marcas gráficas: Então a rainha perguntou :  dois pontos (:); - Espelho meu, quem no mundo há  parágrafo; mais bela do que eu?  travessão (—). Verbos Introdutores O narrador, para introduzir o diálogo, utiliza verbos chamados verbos introdutores, adequando-os à intensidade da voz e aos sentimentos expressos nas falas das personagens, evitando as repetições. O verbo introdutor aparece: a) Antes da fala da personagem Exemplo: A mãe do Miguel exclamou: - Esse, já é do meu tempo! Neste caso, colocam-se dois pontos (:) depois do verbo introdutor e abre-se parágrafo para a fala da personagem, que é antecedida de travessão (-). b) No meio da fala da personagem Exemplo: - Luísa – perguntou o Miguel -, tu sabes esta adivinha? Desta vez, a frase que contém o verbo introdutor intercalada na fala da personagem e coloca-se entre hífen. está c) Depois da fala da personagem Exemplo: - Eu também a conheço – disse o Miguel. Neste último parágrafo, a frase que contém o verbo introdutor e que aparece depois da fala da personagem está separada por travessão.
  2. 2. Alguns Verbos Introdutores do Diálogo Dizer Perguntar Espantar-se Explicar Desejar Declarar Inquirir Surpreender-se Emendar Aconselhar Afirmar Indagar Lamentar-se Esclarecer Exigir Troçar Interrogar Suspirar Assegurar Recomendar Informar Responder Admirar-se Confirmar Ameaçar Anunciar Retorquir Gritar Acrescentar Reclamar Comentar Replicar Berrar Continuar Lembrar Indicar Hesitar Murmurar Pedir Propor Contar Duvidar Segredar Solicitar Sugerir Referir Saudar Confidenciar Ordenar Concordar Corrigir Exclamar Sussurrar Mandar Discordar Reflectir Reconhecer Aprovar Ripostar Contestar Repetir Concluir Gemer  Aplica  Lê o diálogo seguinte. Ri melhor quem ri por último Numa farmácia de aldeia, falava-se de remédios antigos. Alguém falou no óleo de lacrau. Um camponês, que assistia à conversa, disse: - Pois se forem precisos lacraus, lá para os meus sítios há muitos. - Arranje uma canastra deles! – disse um dos presentes. - E por bom preço – disse, com malícia, o dono da farmácia. Todos riram à socapa do campónio. Quando ele saiu, alguém disse: - Arre que é burro! Passados dias, apareceu o campónio com um cesto de lacraus. - Bom dia! – disse ele – Aqui estão os lacraus. -O quê? – disse o dono da farmácia. - Os lacraus – disse o campónio. -Os lacraus?! – disse o farmacêutico. - Sim senhor, e todos vivos, como encomendou! – disse o homem. Então o farmacêutico não se conteve e disse: - Você é parvo. Não viu que era troça?! -Ah! Era troça?!... Então tome-os lá de graça! – disse o lapuz. E despejou o cesto.
  3. 3. - Pobre de mim – dizia com as mãos na cabeça, o dono da farmácia, fugindo dos lacraus. Adaptação de um texto de Teixeira Gomes Substitui, no texto, o verbo dizer por sinónimos que introduzam o diálogo, tais como: afirmar, informar, repetir, pedir, concluir, saudar, gritar, espantar-se, perguntar, gemer, exclamar, acrescentar.

×