SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
A Carta


     Uma carta é um documento enviado por alguém (REMETENTE) a outra

pessoa (DESTINATÁRIO). Este tipo de textos serve para exprimir

sentimentos, emoções, pontos de vista, ideias sobre determinado assunto.


     Há cartas informais, dedicadas a familiares e amigos eformais, dirigidas a

instituições, a entidades oficiais, a altas personalidades, por isso mais

impessoais e cerimoniosas.


     Para que as cartas que escreveres cheguem aos destinatários deves

preencher corretamente o envelope. Vê o exemplo.




             Remetente: (Quem escreve
           e manda a carta).
                                                             SEL0




                                     Destinatário: (para quem vai a
                                   carta).
Uma carta, para estar bem estruturada deve ser composta

                    por: local e data; saudação; introdução; Corpo da carta;

                    despedida e assinatura.

           No caso de te esqueceres de algo importante e se já tiveres assinado a

   carta, podes usar o P.S., este é usado para acrescentar algo importante no final

   da carta.

           Vê agora um exemplo de uma carta informal:


                                                             Porto, 24 de dezembro de 2009     Local e data


                         Olá Primo Ricardo!
Saudação

                         Espero que esta carta te vá encontrar de plena saúde. Por aqui
                      estamos todos bem e as coisas vão andando!

                        Estou a escrever-te para saber onde vais passar o teu Natal. Era tão     Introdução
                      bom que fosse como no ano passado! Não achas?

                         Adorei o Natal em casa da avó, estávamos todos juntos e foi muito
                      divertido. Fizemos cada brincadeira! Esperemos que se repita!

                         Fala com os teus pais e mal saibas onde passas o teu Natal, diz
                      qualquer coisa.

                         Fica bem e até breve…espero eu!

Corpo da carta              Um abraço
(desenvolvimento)
                                            João

                         P.S. – Já agora…o que queres receber este Natal?




                                                                                               Despedida



Assinatura

                                                                                                     P.S.
Vê agora um exemplo de uma carta formal:


                                                                Feijó, 14 de Dezembro de 2009       Local e data




Saudação
                          Exma. Diretora do Agrupamento de escolas de Alembrança



                          Vimos por este meio pedir-lhe um espaço na escola para expormos
                                                                                                      Introdução
                       os nossos trabalhos de Natal.

                          Somos alunos da turma 5º K e durante as aulas de Língua
                       Portuguesa, Educação Visual e Tecnológica e Estudo Acompanhado
                       realizamos vários trabalhos alusivos ao Natal.
Corpo da carta
(desenvolvimento)         Como nos empenhamos muito, os nossos trabalhos ficaram muito
                       interessantes e originais, por isso os nossos professores, das disciplinas
                       envolvidas, sugeriram que fizéssemos uma exposição, de forma a
                       mostrar a toda a comunidade escolar o resultado do nosso trabalho.

                          Para que isso seja possível, pedimos desde já a sua autorização para
                       expormos os ditos trabalhos e precisamos de um local apropriado para o
                       fazer.

                          Gratos pela compreensão ficamos a aguardar a sua resposta.

Despedida                 Com os melhores cumprimentos.

                                          A turma 5º K                                              Assinatura
O Postal

     O      postal            obedece              à         mesma   estrutura   da    carta,      mas   com   um

desenvolvimento menor. Nos postais deve reduzir-se a quantidade de informação

a transmitir ao destinatário.

     Do lado esquerdo deve escrever-se a mensagem, do lado direito deve colar-

-se o selo e preencher com o nome e a morada completa do destinatário.




                         Mensagem
                                                                                            Selo

                              Paris, 12 de agosto de 2009
          Olá avó Margarida!
        Finalmente chegamos a Paris! Tal como me
     tinhas dito, a cidade é muito bonita.
        Hoje subi ao terceiro andar da Torre Eiffel, lá em
     cima parece tudo minúsculo! Estou ansiosa que
     chegue a sábado, dia em que irei à Eurodisney!
        As novidades ficam por aqui, até breve avó.
        Um beijo cheio de saudades
        Rita
        P.S. Tirei uma foto como a da imagem deste
     postal para ti.




                                                                           Nome e morada completa
                                                                          do destinatário

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivosFicha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
Célia Gonçalves
 
Acnd sinteses descritivas
Acnd sinteses descritivasAcnd sinteses descritivas
Acnd sinteses descritivas
Sandra Evt
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
Arte Tecnologia
 
A reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e característicasA reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e características
Susana Sobrenome
 
Parecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovadaParecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovada
SimoneHelenDrumond
 
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anõesBranca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
Vilma Amaral
 

Mais procurados (20)

Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivosFicha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
 
Caça palavras - Bullying
Caça palavras - BullyingCaça palavras - Bullying
Caça palavras - Bullying
 
Projeto de vida
Projeto de vidaProjeto de vida
Projeto de vida
 
Acnd sinteses descritivas
Acnd sinteses descritivasAcnd sinteses descritivas
Acnd sinteses descritivas
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
Como fazer uma carta informal
Como fazer uma carta informalComo fazer uma carta informal
Como fazer uma carta informal
 
A reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e característicasA reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e características
 
Texto informativo 1
Texto informativo 1Texto informativo 1
Texto informativo 1
 
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
 
DISCURSO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - Prof. Noe Assunção
DISCURSO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - Prof. Noe AssunçãoDISCURSO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - Prof. Noe Assunção
DISCURSO DE CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO - Prof. Noe Assunção
 
5º ano ficha de acentuação
5º ano ficha de acentuação5º ano ficha de acentuação
5º ano ficha de acentuação
 
Atividade avaliativa sobre o filme Mãos Talentosas
Atividade avaliativa sobre o filme Mãos TalentosasAtividade avaliativa sobre o filme Mãos Talentosas
Atividade avaliativa sobre o filme Mãos Talentosas
 
Adivinhas
AdivinhasAdivinhas
Adivinhas
 
Gabarito+20+questões (1)
Gabarito+20+questões (1)Gabarito+20+questões (1)
Gabarito+20+questões (1)
 
Parecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovadaParecer escolar de uma aluna reprovada
Parecer escolar de uma aluna reprovada
 
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anõesBranca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
 
Peça teatral: A Cinderela
Peça teatral: A CinderelaPeça teatral: A Cinderela
Peça teatral: A Cinderela
 
Modelo de plano de aula
Modelo de plano de aulaModelo de plano de aula
Modelo de plano de aula
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
 

Destaque (20)

Estrutura da carta
Estrutura da cartaEstrutura da carta
Estrutura da carta
 
A Carta Formal e Informal
A Carta Formal e InformalA Carta Formal e Informal
A Carta Formal e Informal
 
Como escrever uma carta
Como escrever uma cartaComo escrever uma carta
Como escrever uma carta
 
A carta
A cartaA carta
A carta
 
A Carta: PowerPoint
A Carta: PowerPointA Carta: PowerPoint
A Carta: PowerPoint
 
LP: A Carta
LP: A CartaLP: A Carta
LP: A Carta
 
Carta formal, modelo
Carta formal, modeloCarta formal, modelo
Carta formal, modelo
 
Rubrica Avaliação Trabalho Escrito
Rubrica Avaliação Trabalho EscritoRubrica Avaliação Trabalho Escrito
Rubrica Avaliação Trabalho Escrito
 
Estrutura da carta
Estrutura da cartaEstrutura da carta
Estrutura da carta
 
As Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No EgiptoAs Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No Egipto
 
Carta formal e informal
Carta formal e informalCarta formal e informal
Carta formal e informal
 
Tradição oral portuguesa
Tradição oral portuguesaTradição oral portuguesa
Tradição oral portuguesa
 
Textos De TradiçãO Oral
Textos De TradiçãO OralTextos De TradiçãO Oral
Textos De TradiçãO Oral
 
Cartas enigmáticas para o 8º ano
Cartas enigmáticas para o 8º anoCartas enigmáticas para o 8º ano
Cartas enigmáticas para o 8º ano
 
Textos da Tradição Oral na Alfabetização
Textos da Tradição Oral na AlfabetizaçãoTextos da Tradição Oral na Alfabetização
Textos da Tradição Oral na Alfabetização
 
Tipos e-formas-de-frasev2-1212046949485863-9
Tipos e-formas-de-frasev2-1212046949485863-9Tipos e-formas-de-frasev2-1212046949485863-9
Tipos e-formas-de-frasev2-1212046949485863-9
 
Novo documento do microsoft word 2
Novo documento do microsoft word 2Novo documento do microsoft word 2
Novo documento do microsoft word 2
 
Meios+de+transporte
Meios+de+transporteMeios+de+transporte
Meios+de+transporte
 
Informação sobre as funções do nosso corpo
Informação sobre as funções do nosso corpoInformação sobre as funções do nosso corpo
Informação sobre as funções do nosso corpo
 
Area 1
Area 1Area 1
Area 1
 

Semelhante a A estrutura da carta (16)

Escrever uma carta
Escrever uma cartaEscrever uma carta
Escrever uma carta
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
7075924 carta
7075924 carta7075924 carta
7075924 carta
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
A carta
A cartaA carta
A carta
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
Dial6 cdr modelo_carta
Dial6 cdr modelo_cartaDial6 cdr modelo_carta
Dial6 cdr modelo_carta
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
Carta (2)
Carta (2)Carta (2)
Carta (2)
 
Viagens por nós afora
Viagens por nós aforaViagens por nós afora
Viagens por nós afora
 
Viagens por nós afora
Viagens por nós aforaViagens por nós afora
Viagens por nós afora
 
Carta.ppt
Carta.pptCarta.ppt
Carta.ppt
 
GêNero Textual Carta
GêNero Textual CartaGêNero Textual Carta
GêNero Textual Carta
 
Boletim dezembro
Boletim dezembroBoletim dezembro
Boletim dezembro
 
Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01
Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01
Acartaformaleinformal 100804042251-phpapp01
 

Mais de gifamiliar

Mais de gifamiliar (11)

Família de palavras e Campo lexical
Família de palavras e Campo lexicalFamília de palavras e Campo lexical
Família de palavras e Campo lexical
 
A classe dos adjetivos
A classe dos adjetivosA classe dos adjetivos
A classe dos adjetivos
 
Parágrafo período - palavra
Parágrafo   período - palavraParágrafo   período - palavra
Parágrafo período - palavra
 
A conjunção
A conjunçãoA conjunção
A conjunção
 
Os pronomes
Os pronomesOs pronomes
Os pronomes
 
Ficha informativa de determinantes
Ficha informativa de determinantesFicha informativa de determinantes
Ficha informativa de determinantes
 
Família de palavras e área vocabular
Família de palavras e área vocabularFamília de palavras e área vocabular
Família de palavras e área vocabular
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Nova versão da Cinderela
Nova versão da CinderelaNova versão da Cinderela
Nova versão da Cinderela
 
Formação de palavras
Formação de palavrasFormação de palavras
Formação de palavras
 
Advérbios
AdvérbiosAdvérbios
Advérbios
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 

A estrutura da carta

  • 1. A Carta Uma carta é um documento enviado por alguém (REMETENTE) a outra pessoa (DESTINATÁRIO). Este tipo de textos serve para exprimir sentimentos, emoções, pontos de vista, ideias sobre determinado assunto. Há cartas informais, dedicadas a familiares e amigos eformais, dirigidas a instituições, a entidades oficiais, a altas personalidades, por isso mais impessoais e cerimoniosas. Para que as cartas que escreveres cheguem aos destinatários deves preencher corretamente o envelope. Vê o exemplo. Remetente: (Quem escreve e manda a carta). SEL0 Destinatário: (para quem vai a carta).
  • 2. Uma carta, para estar bem estruturada deve ser composta por: local e data; saudação; introdução; Corpo da carta; despedida e assinatura. No caso de te esqueceres de algo importante e se já tiveres assinado a carta, podes usar o P.S., este é usado para acrescentar algo importante no final da carta. Vê agora um exemplo de uma carta informal: Porto, 24 de dezembro de 2009 Local e data Olá Primo Ricardo! Saudação Espero que esta carta te vá encontrar de plena saúde. Por aqui estamos todos bem e as coisas vão andando! Estou a escrever-te para saber onde vais passar o teu Natal. Era tão Introdução bom que fosse como no ano passado! Não achas? Adorei o Natal em casa da avó, estávamos todos juntos e foi muito divertido. Fizemos cada brincadeira! Esperemos que se repita! Fala com os teus pais e mal saibas onde passas o teu Natal, diz qualquer coisa. Fica bem e até breve…espero eu! Corpo da carta Um abraço (desenvolvimento) João P.S. – Já agora…o que queres receber este Natal? Despedida Assinatura P.S.
  • 3. Vê agora um exemplo de uma carta formal: Feijó, 14 de Dezembro de 2009 Local e data Saudação Exma. Diretora do Agrupamento de escolas de Alembrança Vimos por este meio pedir-lhe um espaço na escola para expormos Introdução os nossos trabalhos de Natal. Somos alunos da turma 5º K e durante as aulas de Língua Portuguesa, Educação Visual e Tecnológica e Estudo Acompanhado realizamos vários trabalhos alusivos ao Natal. Corpo da carta (desenvolvimento) Como nos empenhamos muito, os nossos trabalhos ficaram muito interessantes e originais, por isso os nossos professores, das disciplinas envolvidas, sugeriram que fizéssemos uma exposição, de forma a mostrar a toda a comunidade escolar o resultado do nosso trabalho. Para que isso seja possível, pedimos desde já a sua autorização para expormos os ditos trabalhos e precisamos de um local apropriado para o fazer. Gratos pela compreensão ficamos a aguardar a sua resposta. Despedida Com os melhores cumprimentos. A turma 5º K Assinatura
  • 4. O Postal O postal obedece à mesma estrutura da carta, mas com um desenvolvimento menor. Nos postais deve reduzir-se a quantidade de informação a transmitir ao destinatário. Do lado esquerdo deve escrever-se a mensagem, do lado direito deve colar- -se o selo e preencher com o nome e a morada completa do destinatário. Mensagem Selo Paris, 12 de agosto de 2009 Olá avó Margarida! Finalmente chegamos a Paris! Tal como me tinhas dito, a cidade é muito bonita. Hoje subi ao terceiro andar da Torre Eiffel, lá em cima parece tudo minúsculo! Estou ansiosa que chegue a sábado, dia em que irei à Eurodisney! As novidades ficam por aqui, até breve avó. Um beijo cheio de saudades Rita P.S. Tirei uma foto como a da imagem deste postal para ti. Nome e morada completa do destinatário