Misturas e seus Métodos de Separação

575 visualizações

Publicada em

Aula 7 sobre Mistura e seus métodos de separação, Química, Prof Carlos Priante. Turma preparatório ENEM. Escola Fatorial.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
575
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Misturas e seus Métodos de Separação

  1. 1. Misturas e seus MétodosMisturas e seus Métodos de Separaçãode Separação Química Prof Carlos Priante Adaptado de João Medeiros AULA 7AULA 7
  2. 2. MisturasMisturas  A matéria não é formada apenas por substancias puras,  Em uma mistura as diferentes substancias não se combinam entre si gerando novas substancias,  Cada uma delas conservam suas propriedades específicas e originais.  As misturas podem ser: heterogêneas ou homogêneas.
  3. 3. Misturas HomogêneasMisturas Homogêneas  Apresentam a mesma propriedade física e mesma composição por toda a sua extensão.  Observando a olho nu, não conseguimos perceber partes diferentes.  Ex: O AR é uma mistura homogênea de vários gases (oxigênio, hidrogênio, nitrogênio, dentre outros)
  4. 4. Misturas HeterogêneasMisturas Heterogêneas 5  Apresentam partes diferentes umas das outras, denominadas fases.  Cada fase possui uma propriedade física e composição própria.  Ex: Água e óleo são uma mistura heterogênea, com uma separação entre fases.
  5. 5. Sólido - Sólido  Catação: Um dos sólidos é “catado” com a mão ou com uma pinça. Ex: “Catar” pedras presentes no feijão (escolher feijão). Separação dos Componentes das MisturasSeparação dos Componentes das Misturas HeterogêneasHeterogêneas
  6. 6.  Ventilação: O sólido mais leve é separado por uma corrente de ar. Ex: Separação dos grãos de arroz das suas cascas, nas máquinas de beneficiamento.
  7. 7. Tamisação ou Peneiração: Os sólidos são separados pelo tamanho. Ex: Separação da areia fina da areia grossa.
  8. 8.  Levigação: Os sólidos com diferentes densidades são separados por meio de uma corrente de água. Ex: Separação do ouro da areia. Ex: Separação do arroz da sua “poeira”.
  9. 9.  Flotação: Os sólidos com diferentes densidades são separados pela adição de um líquido: o sólido menos denso flutua e o mais denso sedimenta. Ex: Separação da serragem da areia.
  10. 10.  Separação magnética: Usada quando um dos sólidos é atraído por um imã. Ex. Separação da limalha de ferro do enxofre.
  11. 11.  Dissolução Fracionada: Adiciona-se um líquido que dissolve apenas um dos sólidos da mistura. Ex: separação do sal da areia. evaporação
  12. 12. Sólido - Líquido Ex: Separação do barro da água.  Decantação ou Sedimentação: A separação é realizada deixando a mistura em repouso e depois transferindo o líquido para outro recipiente.
  13. 13.  Centrifugação: O sólido é separado do líquido pelo uso de uma centrífuga. Ex: Separação dos glóbulos vermelhos do plasma sanguíneo.
  14. 14.  Filtração: O sólido é separado do líquido por meio de uma superfície porosa (filtro). Ex: Separação da areia da água.
  15. 15.  Filtração: O gás é separado do sólido por meio de uma superfície porosa (filtro). Ex: Separação da poeira do ar, que ocorre no aspirador de pó. Gás - Sólido
  16. 16. Líquido - Líquido  Decantação: Líquidos que não se misturam (imiscíveis) são deixados em repouso e depois separados por meio de um funil de bromo ou de um sifão. Ex: Separação da água do óleo.
  17. 17. Ex: NaCl dissolvido em água.  Destilação Simples: quando o interesse estiver no líquido. Sólido dissolvido em um líquido Separação dos Componentes das Misturas Homogêneas
  18. 18.  Evaporação: quando o interesse estiver no sólido. Salinas: obtenção do NaCl a partir da água do mar.
  19. 19.  Análise cromatográfica ou cromatografia: os componentes são separados em um papel de filtro e identificados pelas suas cores. Ex: separação dos componentes de uma tinta de caneta. Líquido dissolvido em outro líquido (líquidos miscíveis)
  20. 20.  Destilação Fracionada  À aparelhagem da destilação simples, é acoplada uma coluna de fracionamento.  Conhecendo-se a TE de cada líquido, pode-se saber, pela temperatura indicada no termômetro, qual deles está sendo destilado.
  21. 21. Destilação Fracionada separação dos componentes do petróleo
  22. 22. GARIMPO (sem planejamento ambiental) Tristes consequências: Assoreamento dos rios Desmatamento das matas ciliares Agressão ao solo: desertificação Agressão ao solo: desertificação
  23. 23. FIM EU AULA Cabeça de vocês (MISTURA) DÚVIDAS Cabeça de vocês (“LIMPA”)

×