SlideShare uma empresa Scribd logo
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
OBESIDADE SE TORNA UM FATOR COMPLEXO EM
PACIENTES DIABETICOS E VICE-VERSA.
A INCIDÊNCIA DE OBESIDADE DOBROU EM TODO O MUNDO DESDE 1980,
COM MAIS DE 1,5 BILHÃO DE ADULTOS COM EXCESSO DE PESO (ÍNDICE DE
MASSA CORPORAL (IMC) SUPERIOR A 25 KG / M 2
] E PELO MENOS 500
MILHÕES DELES SÃO CLINICAMENTE OBESOS [IMC ACIMA DE 30 KG /
M 2
]. O EXCESSO DE PESO E A OBESIDADE SÃO AGORA O QUINTO RISCO
DE MORTE GLOBAL, COM TAXAS DE PREVALÊNCIA QUE ESTÃO CRESCENDO
NA MAIORIA DAS SOCIEDADES OCIDENTAIS MODERNAS, BEM COMO NO
MUNDO EM DESENVOLVIMENTO. FISIOLOGIA–ENDOCRINOLOGIA–
NEUROCIÊNCIA-ENDOCRINA (NEUROENDOCRINOLOGIA)–GENÉTICA–
ENDÓCRINO-PEDIATRIA (SUBDIVISÃO DA ENDOCRINOLOGIA): DR. JOÃO
SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO.
O problema mais sério é o que pode advir dessas doenças
endêmicas ao paciente, sabemos que mais de 46 % dos
diabéticos não te}m consciência de que estão diabéticos, mas,
deveriam na avaliação de rotina solicitar ao seu médico que
efetuasse exames de rotina neste sentido, principalmente no
caso de obesidade, este é o conselho não nosso, mas da
ORGANIZAÇÃO DE SAÚDE MUNDIAL (OMS).
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
Além disso, são relatadas tendências alarmantes de aumento
de peso para crianças e adolescentes, prejudicando o estado
atual e futuro da população pediátrica. A Organização Mundial
da Saúde declarou a obesidade como uma epidemia global,
salientando ainda que continua a ser um problema
subconsciente da agenda de saúde pública. Dependendo do
grau e duração do ganho de peso, a obesidade pode,
progressivamente, causar e/ou exacerbar um amplo espectro
de comorbidades, incluindo diabetes mellitus tipo 2 (DM2),
hipertensão, dislipidemia, doença cardiovascular (DCV),
disfunção hepática, doenças respiratórias e distúrbios
músculo-esqueléticos, subfertilidades, problemas
psicossociais e certos tipos de câncer.
Um crescente número de evidências indica que transtornos
psicológicos comuns, como depressão, ansiedade e estresse
crônico, constituem fatores de risco para desenvolver
obesidade, manifestações da síndrome metabólica e DCV
(doenças cardiovasculares, infecções urinarias de repetição,
principalmente com adultos no avançar da idade.
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
O problema é que não fica só no problema periférico, pois por
anuíra principalmente em homens, essas infecções podem
provocar um aumento das substancias toxicas para o rim,
chegando mesmo dependendo da intensidade e aumento dos
catabólicos metabólicos como a ureia e creatinina fora dos
padrões razoáveis, apresentar uma infecção retrograda por
nefrite, levando a uma septicemia, que eventualmente pode
levar a exclusão do rim, assim como um comprometimento
cardiorrespiratório, obnubilação do sistema neurológico, com
eventual caso grave de uma doença que poderia ser
controlável, dependendo apenas de correção e vontade do
paciente em corrigir sua gênesis.
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
Essas associações aparecem principalmente concentradas
entre indivíduos com obesidade grave e entre fêmeas
obesas. O nível de evidência existente sobre essas associações
é considerado relativamente fraco ou moderado, uma vez que
as diferenças de gênero e as covariações múltiplas de
obesidade-depressão são prováveis, enquanto um número
limitado de estudos prospectivos de alta qualidade fora
publicado.
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
Na prática clínica, deve notar-se que os indivíduos obesos
geralmente variam significativamente em relação às
manifestações clínicas da morbidade relacionada à obesidade
e parece que os padrões de partição lipídica são um
determinante importante de seu perfil metabólico. A
distribuição da gordura corporal desempenha um papel
importante neste contexto.
O acumulo visceral de excesso de gordura corporal está
fortemente associado à maioria dos distúrbios relacionados à
obesidade, incluindo resistência à insulina e DM2, bem como a
mortalidade por todas as causas. O aumento dos depósitos de
gordura subcutânea pode até ter efeitos metabólicos
protetores.
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
Embora nem todos os estudos anteriores tenham demonstrado
um efeito independente da gordura abdominal subcutânea
sobre a sensibilidade à insulina e achados controversos
também foram relatados. Portanto tenha consciência que não
se trata de uma doença incólume, mas uma patologia que lhe
comprometerá significativamente e comprometendo
indubitavelmente sua qualidade de vida.
Dr. João Santos Caio Jr.
Endocrinologia – Neurocientista-Endócrino
CRM 20611
Dra. Henriqueta V. Caio
Endocrinologista – Medicina Interna
CRM 28930
COMO SABER MAIS:
1. O excesso de peso em crianças é um problema significativo de
saúde pública global, cerca de 10% das crianças em idade escolar, e
mais de 22 milhões de crianças menores de 5 anos, estima-se que
tenham sobrepeso ou já são obesas....
http://emagrecer2.blogspot.com.br/
2. Calor é um subproduto da transformação de energia, em suas
diversas formas, durante a síntese e a utilização do ATP (trifosfato
de adenosina), substrato celular através do ciclo vital que nos
mantém vivos (ciclo de Krebs)
http://imceobesidade.blogspot.com
3. Antes de uma convulsão de grande mal pode haver uma aura
visceral, com sintomas de descontrole de frequência cardíaca,
respiratória e perda de fezes, urina sem perceber...
http://gorduraabdominal.blogspot.com
AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET
REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.
Referências Bibliográficas:
Caio Jr., Dr. João Santos. Endocrinologista – Neuroendocrinologista e Dra. Caio, Henriqueta V.
Endocrinologista – Medicina Interna, Van Der Häägen Brasil – São Paulo –
Brasil;https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3523154/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2585761/www.nutricaoesaude.ufes.br/.../
Overview%20of%20Epidemiolog, Wikipedia
Dr. João Santos Caio Jr
- CRM 20.611
Neuro-Endocrinologista Clínico
Dra. Henriqueta V Caio
- CRM 28.960
Endocrinologista Clínico
CONTATO:
Fones: 55(11) 2371-3337 / (11)9.8197-4706 - TIM
Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mail: vanderhaagenbrasil@gmail.com
Site Van Der Häägen Brazil
www.vanderhaagenbrazil.com.br
http://drcaiojr.site.med.br
http://dracaio.site.med.br
Joao Santos Caio Jr
http://google.com/+JoaoSantosCaioJr
google.com/+JoãoSantosCaioJrvdh
google.com/+VANDERHAAGENBRAZILvdh
Video
https://www.youtube.com/user/vanderhaagenbrazil1/videos
Instagram
https://instagram.com/clinicascaio/
Wordpress
http://crescimentodna.wordpress.com
Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=-
23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Diagnostico aula 3 obesidade
Diagnostico aula 3 obesidadeDiagnostico aula 3 obesidade
Diagnostico aula 3 obesidade
Guilherme Santos
 
Obesidade X Sociedade
Obesidade X SociedadeObesidade X Sociedade
Obesidade X Sociedade
Vanessa Paiva
 
Obesidade infantil e aterosclerose
Obesidade infantil e ateroscleroseObesidade infantil e aterosclerose
Obesidade infantil e aterosclerose
gisa_legal
 
Sedentarismo E Obesidade Final
Sedentarismo E Obesidade FinalSedentarismo E Obesidade Final
Sedentarismo E Obesidade Final
guest71b3b
 

Mais procurados (20)

SÍNDROME METABOLICA
SÍNDROME METABOLICASÍNDROME METABOLICA
SÍNDROME METABOLICA
 
Obesidade é Multifatorial
Obesidade é MultifatorialObesidade é Multifatorial
Obesidade é Multifatorial
 
Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...
Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...
Obesidade periférica e intra abdominal o paradoxo do risco em pacientes com e...
 
Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...
Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...
Consequências Metabólicas da Obesidade; Comprometimentos Sérios que Podem Afe...
 
Diagnostico aula 3 obesidade
Diagnostico aula 3 obesidadeDiagnostico aula 3 obesidade
Diagnostico aula 3 obesidade
 
Síndrome Metabólica
Síndrome MetabólicaSíndrome Metabólica
Síndrome Metabólica
 
Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.
Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.
Diabetes a grande maioria dos pesquisadores projeta o dobro para o ano de 2025.
 
HIPOTIREOIDISMO E OBESIDADE
HIPOTIREOIDISMO E OBESIDADEHIPOTIREOIDISMO E OBESIDADE
HIPOTIREOIDISMO E OBESIDADE
 
Diminuindo a Obesidade
Diminuindo a ObesidadeDiminuindo a Obesidade
Diminuindo a Obesidade
 
Curso 50 ii d
Curso 50 ii dCurso 50 ii d
Curso 50 ii d
 
SUPERNUTRIÇÃO A MUDANÇA DE PARADIGMA QUE HOJE PREOCUPA MAIS DA METADE DO MUND...
SUPERNUTRIÇÃO A MUDANÇA DE PARADIGMA QUE HOJE PREOCUPA MAIS DA METADE DO MUND...SUPERNUTRIÇÃO A MUDANÇA DE PARADIGMA QUE HOJE PREOCUPA MAIS DA METADE DO MUND...
SUPERNUTRIÇÃO A MUDANÇA DE PARADIGMA QUE HOJE PREOCUPA MAIS DA METADE DO MUND...
 
OBESIDADE CONTROLADA: TODOS OS MEUS FAMILIARES SÃO OBESOS, ISSO É PRAGA?
OBESIDADE CONTROLADA: TODOS OS MEUS FAMILIARES SÃO OBESOS, ISSO É PRAGA?OBESIDADE CONTROLADA: TODOS OS MEUS FAMILIARES SÃO OBESOS, ISSO É PRAGA?
OBESIDADE CONTROLADA: TODOS OS MEUS FAMILIARES SÃO OBESOS, ISSO É PRAGA?
 
Obesidade X Sociedade
Obesidade X SociedadeObesidade X Sociedade
Obesidade X Sociedade
 
REPOSIÇÃO HORMONAL-SINDROME DE CLIMATÉRIO, PERI-MENOPAUSA, MENOPAUSA, TERAPIA...
REPOSIÇÃO HORMONAL-SINDROME DE CLIMATÉRIO, PERI-MENOPAUSA, MENOPAUSA, TERAPIA...REPOSIÇÃO HORMONAL-SINDROME DE CLIMATÉRIO, PERI-MENOPAUSA, MENOPAUSA, TERAPIA...
REPOSIÇÃO HORMONAL-SINDROME DE CLIMATÉRIO, PERI-MENOPAUSA, MENOPAUSA, TERAPIA...
 
Obesidade infantil e aterosclerose
Obesidade infantil e ateroscleroseObesidade infantil e aterosclerose
Obesidade infantil e aterosclerose
 
Sedentarismo E Obesidade Final
Sedentarismo E Obesidade FinalSedentarismo E Obesidade Final
Sedentarismo E Obesidade Final
 
Um quebra cabeça chamado obesidade ii
Um quebra cabeça chamado obesidade iiUm quebra cabeça chamado obesidade ii
Um quebra cabeça chamado obesidade ii
 
Obesidade e Atividade Física
Obesidade e Atividade FísicaObesidade e Atividade Física
Obesidade e Atividade Física
 
Síndrome Metabólica podem levar a óbito
Síndrome Metabólica podem levar a óbitoSíndrome Metabólica podem levar a óbito
Síndrome Metabólica podem levar a óbito
 
Obesidade x reeducação alimentar
Obesidade x reeducação alimentarObesidade x reeducação alimentar
Obesidade x reeducação alimentar
 

Semelhante a Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.

Bioquímica ii 15 síndrome metabólica
Bioquímica ii 15   síndrome metabólicaBioquímica ii 15   síndrome metabólica
Bioquímica ii 15 síndrome metabólica
Jucie Vasconcelos
 
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSicaEstrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
cipasap
 
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovensObesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Manoel Costa
 
Trabalho feito por casimiro vaz e helder afonso
Trabalho feito por casimiro vaz e helder afonsoTrabalho feito por casimiro vaz e helder afonso
Trabalho feito por casimiro vaz e helder afonso
Mayjö .
 
Psicoterapia comportamental e cognitiva na promoção da saúde:
Psicoterapia comportamental e cognitiva na promoção da saúde:Psicoterapia comportamental e cognitiva na promoção da saúde:
Psicoterapia comportamental e cognitiva na promoção da saúde:
Carlos Costa
 
Sobrepeso, obesidade infanto juvenil, adolescente já se observa desde os 8 an...
Sobrepeso, obesidade infanto juvenil, adolescente já se observa desde os 8 an...Sobrepeso, obesidade infanto juvenil, adolescente já se observa desde os 8 an...
Sobrepeso, obesidade infanto juvenil, adolescente já se observa desde os 8 an...
Van Der Häägen Brazil
 

Semelhante a Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa. (20)

Bioquímica ii 15 síndrome metabólica
Bioquímica ii 15   síndrome metabólicaBioquímica ii 15   síndrome metabólica
Bioquímica ii 15 síndrome metabólica
 
Obesidade!!!
Obesidade!!!Obesidade!!!
Obesidade!!!
 
Diabetes Mellitus
Diabetes MellitusDiabetes Mellitus
Diabetes Mellitus
 
Diabetes mellitus associado à obesidade abdominal,obesidade periférica e doen...
Diabetes mellitus associado à obesidade abdominal,obesidade periférica e doen...Diabetes mellitus associado à obesidade abdominal,obesidade periférica e doen...
Diabetes mellitus associado à obesidade abdominal,obesidade periférica e doen...
 
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSicaEstrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
 
Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...
Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...
Obesidade intra visceral caminhamos para conceito unissex de desastre anuncia...
 
Epidemiologia da obesidade
Epidemiologia da obesidadeEpidemiologia da obesidade
Epidemiologia da obesidade
 
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovensObesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
Obesidade abdominal e fatores de risco à saúde em adultos jovens
 
E-book EuSaúde - Diabetes
E-book EuSaúde - DiabetesE-book EuSaúde - Diabetes
E-book EuSaúde - Diabetes
 
Alimentação saudavel
Alimentação saudavelAlimentação saudavel
Alimentação saudavel
 
Obesidade periférica desajusta a elegância e compromete saúde humanos com ris...
Obesidade periférica desajusta a elegância e compromete saúde humanos com ris...Obesidade periférica desajusta a elegância e compromete saúde humanos com ris...
Obesidade periférica desajusta a elegância e compromete saúde humanos com ris...
 
Gordura intra abdominal um grande passo para diabetes tipo 2
Gordura intra   abdominal um grande passo para diabetes tipo 2Gordura intra   abdominal um grande passo para diabetes tipo 2
Gordura intra abdominal um grande passo para diabetes tipo 2
 
A epidemiologia da obesidade no mundo.
A epidemiologia da obesidade no mundo.A epidemiologia da obesidade no mundo.
A epidemiologia da obesidade no mundo.
 
Trabalho feito por casimiro vaz e helder afonso
Trabalho feito por casimiro vaz e helder afonsoTrabalho feito por casimiro vaz e helder afonso
Trabalho feito por casimiro vaz e helder afonso
 
Psicoterapia comportamental e cognitiva na promoção da saúde:
Psicoterapia comportamental e cognitiva na promoção da saúde:Psicoterapia comportamental e cognitiva na promoção da saúde:
Psicoterapia comportamental e cognitiva na promoção da saúde:
 
Sobrepeso, obesidade infanto juvenil, adolescente já se observa desde os 8 an...
Sobrepeso, obesidade infanto juvenil, adolescente já se observa desde os 8 an...Sobrepeso, obesidade infanto juvenil, adolescente já se observa desde os 8 an...
Sobrepeso, obesidade infanto juvenil, adolescente já se observa desde os 8 an...
 
Psicologia saude_e_nutricao
Psicologia  saude_e_nutricaoPsicologia  saude_e_nutricao
Psicologia saude_e_nutricao
 
Diabetes
DiabetesDiabetes
Diabetes
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 
OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!
OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!
OBESIDADE INTRA ABDOMINAL VISCERAL; PODE MATAR!!!
 

Mais de Van Der Häägen Brazil

Mais de Van Der Häägen Brazil (20)

OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
 
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
A IMPORTÂNCIA CLÍNICA DA ADIPOSIDADE VISCERAL: UMA PESQUISA PROSPECTIVA CRÍTI...
 
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
A DISTRIBUIÇÃO DA GORDURA CORPORAL É MAIS PREDITIVA (INFORMATIVA) DE MORTALID...
 
GORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERALGORDURA VISCERAL
GORDURA VISCERAL
 
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
VOCÊ PENSA QUE APENAS OBESO OU GORDO QUE NÃO FAZ EXERCICIO, É QUE MORRE? BEM ...
 
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMOPODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
PODE ACREDITAR, QUE O SOBREPESO E A OBESIDADE ESTA LIGADA AO HIPOTIREOIDISMO
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDEOBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE
 
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
OBESIDADE, EMAGRECER, EU QUERO CUIDAR DA SAÚDE; LARGUE DESSA VIDA IRRESPONSÁV...
 
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESONOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
NOVIDADES E CONCEITOS NOVOS ATRAVÉS DO SOBREPESO
 
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTILOBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
OBESIDADE EM PACIENTES INFANTIL
 
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSASOBESIDADE E SUAS CAUSAS
OBESIDADE E SUAS CAUSAS
 
OBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICSOBESITY AND GENETICS
OBESITY AND GENETICS
 
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICAINTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
INTERFERÊNCIAS DA OBESIDADE NA FUNÇÃO IMUNOLÓGICA
 
GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)GORDURA (ADIPÓCITO)
GORDURA (ADIPÓCITO)
 
GENEALOGIA
GENEALOGIAGENEALOGIA
GENEALOGIA
 
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
DIABETES MELLITUS TIPO 2, DOENÇAS CARDIO RESPIRATÓRIAS, RENAIS, ENTRE OUTRAS.
 
OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL OBESIDADE ABDOMINAL
OBESIDADE ABDOMINAL
 
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
SOBREPESO, OBESIDADE (OBESOS)
 
GORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSOGORDURA EM EXCESSO
GORDURA EM EXCESSO
 
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
VOCÊ TERIA DÚVIDA DE QUE MESMO VACINADA, VOCÊ NÃO CONTRAIRIA POR EXEMPLO A CO...
 

Obesidade se torna um fator complexo em pacientes diabeticos e vice versa.

  • 1. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico OBESIDADE SE TORNA UM FATOR COMPLEXO EM PACIENTES DIABETICOS E VICE-VERSA. A INCIDÊNCIA DE OBESIDADE DOBROU EM TODO O MUNDO DESDE 1980, COM MAIS DE 1,5 BILHÃO DE ADULTOS COM EXCESSO DE PESO (ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC) SUPERIOR A 25 KG / M 2 ] E PELO MENOS 500 MILHÕES DELES SÃO CLINICAMENTE OBESOS [IMC ACIMA DE 30 KG / M 2 ]. O EXCESSO DE PESO E A OBESIDADE SÃO AGORA O QUINTO RISCO DE MORTE GLOBAL, COM TAXAS DE PREVALÊNCIA QUE ESTÃO CRESCENDO NA MAIORIA DAS SOCIEDADES OCIDENTAIS MODERNAS, BEM COMO NO MUNDO EM DESENVOLVIMENTO. FISIOLOGIA–ENDOCRINOLOGIA– NEUROCIÊNCIA-ENDOCRINA (NEUROENDOCRINOLOGIA)–GENÉTICA– ENDÓCRINO-PEDIATRIA (SUBDIVISÃO DA ENDOCRINOLOGIA): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. O problema mais sério é o que pode advir dessas doenças endêmicas ao paciente, sabemos que mais de 46 % dos diabéticos não te}m consciência de que estão diabéticos, mas, deveriam na avaliação de rotina solicitar ao seu médico que efetuasse exames de rotina neste sentido, principalmente no caso de obesidade, este é o conselho não nosso, mas da ORGANIZAÇÃO DE SAÚDE MUNDIAL (OMS).
  • 2. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico Além disso, são relatadas tendências alarmantes de aumento de peso para crianças e adolescentes, prejudicando o estado atual e futuro da população pediátrica. A Organização Mundial da Saúde declarou a obesidade como uma epidemia global, salientando ainda que continua a ser um problema subconsciente da agenda de saúde pública. Dependendo do grau e duração do ganho de peso, a obesidade pode, progressivamente, causar e/ou exacerbar um amplo espectro de comorbidades, incluindo diabetes mellitus tipo 2 (DM2), hipertensão, dislipidemia, doença cardiovascular (DCV), disfunção hepática, doenças respiratórias e distúrbios músculo-esqueléticos, subfertilidades, problemas psicossociais e certos tipos de câncer. Um crescente número de evidências indica que transtornos psicológicos comuns, como depressão, ansiedade e estresse crônico, constituem fatores de risco para desenvolver obesidade, manifestações da síndrome metabólica e DCV (doenças cardiovasculares, infecções urinarias de repetição, principalmente com adultos no avançar da idade.
  • 3. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico O problema é que não fica só no problema periférico, pois por anuíra principalmente em homens, essas infecções podem provocar um aumento das substancias toxicas para o rim, chegando mesmo dependendo da intensidade e aumento dos catabólicos metabólicos como a ureia e creatinina fora dos padrões razoáveis, apresentar uma infecção retrograda por nefrite, levando a uma septicemia, que eventualmente pode levar a exclusão do rim, assim como um comprometimento cardiorrespiratório, obnubilação do sistema neurológico, com eventual caso grave de uma doença que poderia ser controlável, dependendo apenas de correção e vontade do paciente em corrigir sua gênesis.
  • 4. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico Essas associações aparecem principalmente concentradas entre indivíduos com obesidade grave e entre fêmeas obesas. O nível de evidência existente sobre essas associações é considerado relativamente fraco ou moderado, uma vez que as diferenças de gênero e as covariações múltiplas de obesidade-depressão são prováveis, enquanto um número limitado de estudos prospectivos de alta qualidade fora publicado.
  • 5. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico Na prática clínica, deve notar-se que os indivíduos obesos geralmente variam significativamente em relação às manifestações clínicas da morbidade relacionada à obesidade e parece que os padrões de partição lipídica são um determinante importante de seu perfil metabólico. A distribuição da gordura corporal desempenha um papel importante neste contexto. O acumulo visceral de excesso de gordura corporal está fortemente associado à maioria dos distúrbios relacionados à obesidade, incluindo resistência à insulina e DM2, bem como a mortalidade por todas as causas. O aumento dos depósitos de gordura subcutânea pode até ter efeitos metabólicos protetores.
  • 6. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico Embora nem todos os estudos anteriores tenham demonstrado um efeito independente da gordura abdominal subcutânea sobre a sensibilidade à insulina e achados controversos também foram relatados. Portanto tenha consciência que não se trata de uma doença incólume, mas uma patologia que lhe comprometerá significativamente e comprometendo indubitavelmente sua qualidade de vida. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neurocientista-Endócrino CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 COMO SABER MAIS: 1. O excesso de peso em crianças é um problema significativo de saúde pública global, cerca de 10% das crianças em idade escolar, e mais de 22 milhões de crianças menores de 5 anos, estima-se que tenham sobrepeso ou já são obesas.... http://emagrecer2.blogspot.com.br/ 2. Calor é um subproduto da transformação de energia, em suas diversas formas, durante a síntese e a utilização do ATP (trifosfato de adenosina), substrato celular através do ciclo vital que nos mantém vivos (ciclo de Krebs) http://imceobesidade.blogspot.com 3. Antes de uma convulsão de grande mal pode haver uma aura visceral, com sintomas de descontrole de frequência cardíaca, respiratória e perda de fezes, urina sem perceber... http://gorduraabdominal.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr., Dr. João Santos. Endocrinologista – Neuroendocrinologista e Dra. Caio, Henriqueta V. Endocrinologista – Medicina Interna, Van Der Häägen Brasil – São Paulo – Brasil;https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3523154/ https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2585761/www.nutricaoesaude.ufes.br/.../ Overview%20of%20Epidemiolog, Wikipedia
  • 7. Dr. João Santos Caio Jr - CRM 20.611 Neuro-Endocrinologista Clínico Dra. Henriqueta V Caio - CRM 28.960 Endocrinologista Clínico CONTATO: Fones: 55(11) 2371-3337 / (11)9.8197-4706 - TIM Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mail: vanderhaagenbrasil@gmail.com Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr google.com/+JoãoSantosCaioJrvdh google.com/+VANDERHAAGENBRAZILvdh Video https://www.youtube.com/user/vanderhaagenbrazil1/videos Instagram https://instagram.com/clinicascaio/ Wordpress http://crescimentodna.wordpress.com Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl=pt&sll=- 23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,-46.650481&spn=0,0&t = h&z=17