SlideShare uma empresa Scribd logo
Workshop de
Tarifação e
financiamento de
Transporte
Público
Belém-PA
15 de Abril, 2014
Custos Operacionais
da tarifação:
Quanto vale o
serviço?
André Dantas
Diretor Técnico
Estrutura da apresentação
1. Custos atuais dos serviços;
2. Análise comparativa;
3.Tarifa de remuneração versus
Tarifa pública;
4. Perspectivas; e
5. Conclusões.
1. Custos atuais dos
serviços
1. Custos atuais dos serviços
Impostos*
Custos
variáveis
R$20.447.428
(37,29%)
Custos fixos
R$31.645.674
(57,71%)
Custo
Total•
R$54.834.845
por mês
• Refere-se a 17 de Fevereiro de 2014 (Ofício no. 013/Setrans Bel/2014)
* Apenas considera o imposto sobre o faturamento, taxa de gerenciamento e ISS
R$2.741.742
(5%)
1. Custos atuais dos serviços
Custos
variáveis
R$20.447.428
(37,29%)
Combustível
R$13.542.190
(24,70%)
Lubrificante
R$1.576.810
(2,88%)
Rodagem
R$2.299.436
(4,19%)
Peças e
Acessórios
R$3.028.992
(5,52%)
1. Custos atuais dos serviços
Custos fixos
R$31.645.674
(57,71%)
Depreciação
R$4.004.303
(7,30%)
Remuneração
R$3.100.547
(5.65%)
Despesas
Administrativas
R$2.299.436
(3,80%)
Despesas
Pessoal
R$22.454.624
(40,95%)
1. Custos atuais dos serviços
Custos
variáveis
Combustíveis
Consumo/tipo
veículo
0,370 l/km
(leve)
0,475 l/km
(pesado)
Lubrificantes Consumo 0,050 l/km
Rodagem
Vida útil
81.000 km
(leve)
105.000 km
(pesado)
Recapagens
3,00 (leve)
2,50 (pesado)
Peças e
acessórios
Coeficiente
consumo**
0,0058%/mês
** Em relação ao valor Preço do Veículo com custo de rodagem
Veículos
Preço
Veículo/tipo
R$285.000
(leve)
R$301.000
(pesado)
Coeficiente/tipo MDI*²
Maq. Inst.
Equip.
Preço Veículo
R$285.000
(leve)
Coeficiente/tipo
0,01% &
MDD*²
1. Custos atuais dos serviços
Custos Fixos
Depreciação
Remuneração
Despesas
Pessoal
Despesas
Adm.
*² Tabela do Método dos Dígitos Decrescentes para depreciação
Veículos
Preço
Veículo/tipo
R$285.000
(leve)
R$301.000
(pesado)
Coeficiente/tipo MDD
Maq. Inst.
Equip.
Preço Veículo
R$285.000
(leve)
Coeficiente/tipo 0,004% & MDD
Almoxarifado
Preço
Veículo/tipo
R$285.000
(leve)
Coeficiente/tipo 0,03%
1. Custos atuais dos serviços
Custos Fixos
Depreciação
Remuneração
Despesas
Pessoal
Despesas
Adm.
Operação
Fator
Utilização/função
2,57 (Motorista)
2,57 (Cobrador)
0,36
(Fiscal/Desp.)
Encargo Social 41,53
Salário/função
R$1348
(motorista)
R$739 (cobrador)
R$1.023
(Fiscal/Desp.)
Manutenção
Administração
Benefícios
Diretoria
1. Custos atuais dos serviços
Custos Fixos
Depreciação
Remuneração
Despesas
Pessoal
Despesas
Adm.
Operação
Manutenção
Coeficiente
Composto***
0,135
Despesas
Pessoal♦
Administração
Benefícios
Diretoria
1. Custos atuais dos serviços
Custos Fixos
Depreciação
Remuneração
Despesas
Pessoal
Despesas
Adm.
♦ Soma dos custos unitários das despesas mensais com motoristas, cobradores e fiscais
Operação
Manutenção
Administração
Coeficiente
Composto
0,1050
Despesas
Pessoal♦
Benefícios
Diretoria
1. Custos atuais dos serviços
Custos Fixos
Depreciação
Remuneração
Despesas
Pessoal
Despesas
Adm.
Operação
Manutenção
Administração
Benefícios
Uniformes R$77.530
Ticket
Alimentação
R$3.822.218
Auxílio Saúde R$200.000Diretoria
1. Custos atuais dos serviços
Custos Fixos
Depreciação
Remuneração
Despesas
Pessoal
Despesas
Adm.
Operação
Manutenção
Administração
Benefícios
Diretoria
No. Empresas 33
Salário
Mínimo
R$724
(10 vezes)
Número de
sócios
2/empresa
1. Custos atuais dos serviços
Custos Fixos
Depreciação
Remuneração
Despesas
Pessoal
Despesas
Adm.
Gerais
Coeficiente***** 0,00025
Preço Veículo R$285.000 (leve)
Seguro Resp. Civil Frota total R$323.789
Seguro
Obrigatório
R$33/ veículo R$65.186
IPVA Frota total R$291.458
1. Custos atuais dos serviços
Custos Fixos
Depreciação
Remuneração
Despesas
Pessoal
Despesas
Adm.
1. Custos atuais dos serviços
ATENÇÃO:
Diversos itens de custo não são atualmente
considerados, apesar de serem parte fundamental do
sistema!!
Bilhetagem eletrônica;
Licenças ambientais;
Cronotacógrafo;
Questões trabalhistas;
Gestão do vale transporte;
ARLA 32 para o diesel S10.
1. Custos atuais dos serviços
R$285.000 (Leve)Veículo
R$301.000(Pesado) Veículo
R$2,4081
Óleo
Diesel
R$1.660(Leve) Pneu
R$1.710 (Pesado)Pneu
R$1.348 (Motorista)Salário
R$739(Cobrador) Salário
R$1.023 (Fiscal/Desp.)Salário
R$1.660(Leve) Pneu
1. Custos atuais dos serviços
Frota
• Operante: 1.776
• Reserva: 197
Quilometragem
• Produtiva
(12.839.557)
• Improdutiva (256.330)
2.
Análise comparativa
2. Análise comparativa
Belém
versus
outras
capitais
• Frota
• Quilometragem percorrida
• Coeficientes
• Preços
• Realidade operacional
• Subsídios
• Priorização
• Sistemas Inteligentes
• Impostos
• Subsídios
2. Análise comparativa
Coeficiente de consumo:
Óleo diesel-veículo leve (l/km)
Mínimo Máximo
0,35 0,390,37
BELÉM
Goiânia
Manaus (0,4157); São Paulo (0,52); e Recife (0,73)
Porto
Alegre
0,380,36
Fortaleza
2. Análise comparativa
Coeficiente de consumo:
Óleo diesel-veículo pesado (l/km)
Mínimo Máximo
0,45 0,500,475
BELÉM
São PauloJoinville
0,480,41
Fortaleza
Porto Alegre (0,38)
2. Análise comparativa
Coeficiente de consumo:
Lubrificantes (l/km)
Mínimo Máximo
0,04 0,060,05
BELÉM
0,064
FortalezaManaus
2. Análise comparativa
Coeficiente de consumo:
Peças e acessórios (% Preço veículo)
Mínimo Máximo
0,0033 0,00830,0058
BELÉM
0,0063
Fortaleza
Manaus (0,19)
Porto
Alegre
0,0047
2. Análise comparativa
Coeficiente de consumo:
Vida útil-pneus-veículo leve (mil km)
Mínimo Máximo
70 9281
BELÉM
Recife
138
São
Paulo
Fortaleza (140.000)
2. Análise comparativa
Coeficiente de consumo:
Pneus-veículo pesado (mil km)
Mínimo Máximo
85 125105
BELÉM
138
São
Paulo
Recife
Fortaleza (140.000)
2. Análise comparativa
Coeficiente de consumo:
Recapagem-pneus-veículo leve (no. vezes)
Mínimo Máximo
2,5 3,53,0
BELÉM
Goiânia
Porto
Alegre
2,0
São Paulo
Recife
Uberlândia
2. Análise comparativa
Coeficiente de consumo:
Recapagem-pneus-veículo pesado (no. vezes)
Mínimo Máximo
2,0 3,02,5
BELÉM
São
Paulo
Pelotas
Uberlândia
Porto
Alegre
2,0
2. Análise comparativa
Fator de Utilização:
Motoristas/cobradores por veículo
Mínimo Máximo
2,0 2,82,57
BELÉM
2,78
Manaus
3,03
Joinville
2,51
Fortaleza
Goiania
2,43
Curitiba (1,87)
2. Análise comparativa
Fator de Utilização:
Fiscais/Despachantes por veículo
Mínimo Máximo
0,20 0,50,36
BELÉM
0,30
Fortaleza
Joinville
Porto
Alegre
0,35
2. Análise comparativa
Fator de Utilização:
Manutenção (% Pessoal Operação)
Mínimo Máximo
0,12 0,150,1350
BELÉM
Goiânia
0,330,147
Curitiba
Fortaleza, (0,70) e Recife (0,75)
2. Análise comparativa
Fator de Utilização:
Administrativo (% Pessoal Operação)
Mínimo Máximo
0,08 0,130,105
BELÉM
Goiânia
0,230,12
Curitiba
0,115
Fortaleza
2. Análise comparativa
Fator de Utilização:
Despesas Gerais (% Pessoal Operação)
Mínimo Máximo
0,0017 0,00330,0025
BELÉM
2. Análise comparativa
Produção Média Mensal (PMM):
Distância percorrida (km)
7.374
BELÉM
Porto
Alegre
5.894 7035
Uberlândia
6.008
São
Paulo
2. Análise comparativa
Custo médio por km (R$/km)
4,18
BELÉM
Porto
Alegre
4,344,28
Maceió
6,67
São
PauloFortaleza
4,25 4,61
Salvador
4,30
Vitória
BH
5,51
2. Análise comparativa
428,9
470,7
458,1
442,6
412,3
368,4
343,4
321,9
348,3
291,1
303,0
305,5
312,4
305,4
324,0 321,4 320,1
334,5
323,5
456,5
476,7
460,9 460,5
421,5
367,2
354,2 352,9 355,5
325,8
309,3 311,7
320,9
342,8
350,8
341,4 338,1
346,8 345,6
250
300
350
400
450
500
1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
Passageiros(emmilhões)
Ano Abr Out
(Belo Horizonte-MG, Curitiba-PR, Fortaleza-CE, Goiânia-GO, Porto Alegre-RS, Recife-PE, Rio de Janeiro-RJ, Salvador-BA e São Paulo-SP)
Reflexo do crescimento Transporte
ilegal
&
da motorização individual
Evolução dos passageiros
transportados por mês
2. Análise comparativa
Evolução dos passageiros
transportados por mês – Belém
25
26
26
27
27
28
28
29
29
30
30
2002 2006 2010 2012 2013
Passageiros(milhões)
Ano
Passageiros Transportados
2. Análise comparativa
Evolução do índice de passageiros por
km (IPK)
(Belo Horizonte-MG, Curitiba-PR, Fortaleza-CE, Goiânia-GO, Porto Alegre-RS, Recife-PE, Rio de Janeiro-RJ, Salvador-BA e São Paulo-SP)
2. Análise comparativa
Índice de Passageiros por Km (IPK)
1,67
BELÉM
Porto
Alegre
1,841,81
Goiânia
2,01
Curitiba
1,63
Recife
2. Análise comparativa
Tarifas
(Belo Horizonte-MG, Curitiba-PR, Fortaleza-CE, Goiânia-GO, Porto Alegre-RS, Recife-PE, Rio de Janeiro-RJ, Salvador-BA e São Paulo-SP)
1,40
1,60
1,80
2,00
2,20
2,40
2,60
2,80
3,00
ValordaTarifaMédiaPonderada
Valor da Tarifa Linha de tendência
19951994 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 201219951994 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012
2. Análise comparativa
Tarifas:
comparando duas cidades diferentes
R$2,20 R$2,504
ISS +TG
(alíquota=0,01%)
3.
Tarifa de remuneração
versus Tarifa Pública
3. Tarifa pública versus Tarifa de remuneração
Custo
Total
R$54.834.845
por mês
Passageiros
Equivalentes
• 21.899.241/mês
3. Tarifa pública versus Tarifa de remuneração
Custo
Total
R$54.834.845
por mês
Pass. com
desconto
(50%)
• 9.965.505
por mês
Pass. sem
desconto
• 16.916.488
por mês
3. Tarifa de Remuneração versus Tarifa Pública
Custos
Pass.
Tarifa de
remuneração
R$2,504
3. Tarifa de Remuneração versus Tarifa Pública
Tarifa de
remuneração
R$2,504
Tarifa
Pública
?
4. Perspectivas
4. Perspectivas
Impostos e tributos do
transporte público
MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA URBANA
Priorização do
transporte público
+
Demanda Transporte Público Urbano
Ineficiências poluição, acidentes e congestionamentos
Investimentos outras áreas
(saúde, educação, segurança)
Acessibilidade atividades
(socioeconômicas e culturais)
Arrecadação dos demais
impostos
Subvenção pública
4. Perspectivas
Curto prazo
Equilíbrio
econômico-
financeiro
Reajuste
Tarifário
Médio e longo
prazos
Estrutura Física-
Institucional-Legal-
Operacional
Modelo de
financiamento
5. Conclusões
• Custos dos serviços por mês:
R$54.834.845
• Resultado da consideração da realidade atual:
- Carga tributária;
- Gratuidades;
- Priorização;
Etc...
• Coerente com o estado-da-prática nacional:
- Método GEIPOT: coeficientes e índices;
- Valores utilizados não destoam da diversidade observada;
- Não recomendável direta aplicação de outros sistemas a
realidade de Belém;
• Urgência:
- Garantir o equilíbrio econômico –financeiro;
• Construção das soluções de médio e longo prazos.
5. Conclusões
Obrigado!
André Dantas
Diretor Técnico
Andre.dantas@ntu.org.br

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Transmetro: Sistema BRT de la Ciudad de Guatemala - Alessandra Lossau
Transmetro: Sistema BRT de la Ciudad de Guatemala - Alessandra Lossau Transmetro: Sistema BRT de la Ciudad de Guatemala - Alessandra Lossau
Transmetro: Sistema BRT de la Ciudad de Guatemala - Alessandra Lossau Fagner Glinski
 
The latest developments on the implementation of BRT
The latest developments on the implementation of BRTThe latest developments on the implementation of BRT
The latest developments on the implementation of BRTAndre Dantas
 
Neural-Geo-Temporal approach to travel demand modelling
Neural-Geo-Temporal approach to travel demand modellingNeural-Geo-Temporal approach to travel demand modelling
Neural-Geo-Temporal approach to travel demand modellingAndre Dantas
 
BEA - Sistemas Tecnologicos para Ciudades Inteligentes
BEA - Sistemas Tecnologicos para Ciudades InteligentesBEA - Sistemas Tecnologicos para Ciudades Inteligentes
BEA - Sistemas Tecnologicos para Ciudades InteligentesFagner Glinski
 
Gestión de Sistemas Prepagos en Transporte Público - FIMPE
Gestión de Sistemas Prepagos en Transporte Público - FIMPE Gestión de Sistemas Prepagos en Transporte Público - FIMPE
Gestión de Sistemas Prepagos en Transporte Público - FIMPE Fagner Glinski
 
Sistema Macrobús - Guadalajara Jalisco
Sistema Macrobús - Guadalajara JaliscoSistema Macrobús - Guadalajara Jalisco
Sistema Macrobús - Guadalajara JaliscoFagner Glinski
 
Setim - Innovation for Mobility
Setim - Innovation for MobilitySetim - Innovation for Mobility
Setim - Innovation for MobilityFagner Glinski
 
SISTEMAS BRT: conceitos e elementos técnicos
SISTEMAS BRT: conceitos e elementos técnicosSISTEMAS BRT: conceitos e elementos técnicos
SISTEMAS BRT: conceitos e elementos técnicosAndre Dantas
 
PROTRAM - Financiamiento de Proyectos de Transporte
PROTRAM - Financiamiento de Proyectos de TransportePROTRAM - Financiamiento de Proyectos de Transporte
PROTRAM - Financiamiento de Proyectos de TransporteFagner Glinski
 
DEDICATED BUS LANES: PROJECTS DEVELOPMENT GUIDE
DEDICATED BUS LANES: PROJECTS DEVELOPMENT GUIDEDEDICATED BUS LANES: PROJECTS DEVELOPMENT GUIDE
DEDICATED BUS LANES: PROJECTS DEVELOPMENT GUIDEAndre Dantas
 
Contexto das Empresas de Transporte no Brasil
Contexto das Empresas de Transporte no BrasilContexto das Empresas de Transporte no Brasil
Contexto das Empresas de Transporte no BrasilAndre Dantas
 
BRT studies in Brazil (2011)
BRT studies in Brazil (2011)BRT studies in Brazil (2011)
BRT studies in Brazil (2011)Andre Dantas
 
A data-information sharing framework for roading organizations’ response to a...
A data-information sharing framework for roading organizations’ response to a...A data-information sharing framework for roading organizations’ response to a...
A data-information sharing framework for roading organizations’ response to a...Andre Dantas
 
Priorização do Transporte Público por Ônibus
Priorização do Transporte Público por ÔnibusPriorização do Transporte Público por Ônibus
Priorização do Transporte Público por ÔnibusAndre Dantas
 
Tendências de bilhetagem eletrônica: Casos de uso Cartões Dupla função
Tendências de bilhetagem eletrônica: Casos de uso Cartões Dupla funçãoTendências de bilhetagem eletrônica: Casos de uso Cartões Dupla função
Tendências de bilhetagem eletrônica: Casos de uso Cartões Dupla funçãoAndre Dantas
 
Costos del transporte público por buses en Brasil
Costos del transporte público por buses en BrasilCostos del transporte público por buses en Brasil
Costos del transporte público por buses en BrasilAndre Dantas
 
PPP around the World: Learning from the experience
PPP around the World: Learning from the experiencePPP around the World: Learning from the experience
PPP around the World: Learning from the experienceAndre Dantas
 

Destaque (20)

Transmetro: Sistema BRT de la Ciudad de Guatemala - Alessandra Lossau
Transmetro: Sistema BRT de la Ciudad de Guatemala - Alessandra Lossau Transmetro: Sistema BRT de la Ciudad de Guatemala - Alessandra Lossau
Transmetro: Sistema BRT de la Ciudad de Guatemala - Alessandra Lossau
 
Biciplan Monterrey - propuesta del consultor
Biciplan Monterrey - propuesta del consultorBiciplan Monterrey - propuesta del consultor
Biciplan Monterrey - propuesta del consultor
 
The latest developments on the implementation of BRT
The latest developments on the implementation of BRTThe latest developments on the implementation of BRT
The latest developments on the implementation of BRT
 
Neural-Geo-Temporal approach to travel demand modelling
Neural-Geo-Temporal approach to travel demand modellingNeural-Geo-Temporal approach to travel demand modelling
Neural-Geo-Temporal approach to travel demand modelling
 
BEA - Sistemas Tecnologicos para Ciudades Inteligentes
BEA - Sistemas Tecnologicos para Ciudades InteligentesBEA - Sistemas Tecnologicos para Ciudades Inteligentes
BEA - Sistemas Tecnologicos para Ciudades Inteligentes
 
Gestión de Sistemas Prepagos en Transporte Público - FIMPE
Gestión de Sistemas Prepagos en Transporte Público - FIMPE Gestión de Sistemas Prepagos en Transporte Público - FIMPE
Gestión de Sistemas Prepagos en Transporte Público - FIMPE
 
Sistema Macrobús - Guadalajara Jalisco
Sistema Macrobús - Guadalajara JaliscoSistema Macrobús - Guadalajara Jalisco
Sistema Macrobús - Guadalajara Jalisco
 
Setim - Innovation for Mobility
Setim - Innovation for MobilitySetim - Innovation for Mobility
Setim - Innovation for Mobility
 
SISTEMAS BRT: conceitos e elementos técnicos
SISTEMAS BRT: conceitos e elementos técnicosSISTEMAS BRT: conceitos e elementos técnicos
SISTEMAS BRT: conceitos e elementos técnicos
 
PROTRAM - Financiamiento de Proyectos de Transporte
PROTRAM - Financiamiento de Proyectos de TransportePROTRAM - Financiamiento de Proyectos de Transporte
PROTRAM - Financiamiento de Proyectos de Transporte
 
DEDICATED BUS LANES: PROJECTS DEVELOPMENT GUIDE
DEDICATED BUS LANES: PROJECTS DEVELOPMENT GUIDEDEDICATED BUS LANES: PROJECTS DEVELOPMENT GUIDE
DEDICATED BUS LANES: PROJECTS DEVELOPMENT GUIDE
 
The future of Risk
The future of RiskThe future of Risk
The future of Risk
 
Contexto das Empresas de Transporte no Brasil
Contexto das Empresas de Transporte no BrasilContexto das Empresas de Transporte no Brasil
Contexto das Empresas de Transporte no Brasil
 
BRT studies in Brazil (2011)
BRT studies in Brazil (2011)BRT studies in Brazil (2011)
BRT studies in Brazil (2011)
 
Modal Rodoviário
Modal RodoviárioModal Rodoviário
Modal Rodoviário
 
A data-information sharing framework for roading organizations’ response to a...
A data-information sharing framework for roading organizations’ response to a...A data-information sharing framework for roading organizations’ response to a...
A data-information sharing framework for roading organizations’ response to a...
 
Priorização do Transporte Público por Ônibus
Priorização do Transporte Público por ÔnibusPriorização do Transporte Público por Ônibus
Priorização do Transporte Público por Ônibus
 
Tendências de bilhetagem eletrônica: Casos de uso Cartões Dupla função
Tendências de bilhetagem eletrônica: Casos de uso Cartões Dupla funçãoTendências de bilhetagem eletrônica: Casos de uso Cartões Dupla função
Tendências de bilhetagem eletrônica: Casos de uso Cartões Dupla função
 
Costos del transporte público por buses en Brasil
Costos del transporte público por buses en BrasilCostos del transporte público por buses en Brasil
Costos del transporte público por buses en Brasil
 
PPP around the World: Learning from the experience
PPP around the World: Learning from the experiencePPP around the World: Learning from the experience
PPP around the World: Learning from the experience
 

Semelhante a Custos Operacionais da tarifação: Quanto vale o serviço?

Defasagem no frete rodoviário
Defasagem no frete rodoviárioDefasagem no frete rodoviário
Defasagem no frete rodoviárioTransvias
 
INCT de Carga Lotação também registrou alta em 2013
 INCT de Carga Lotação também registrou alta em 2013 INCT de Carga Lotação também registrou alta em 2013
INCT de Carga Lotação também registrou alta em 2013Transvias
 
Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência - janeiro de 2015, por Luiz Rober...
Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência - janeiro de 2015, por Luiz Rober...Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência - janeiro de 2015, por Luiz Rober...
Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência - janeiro de 2015, por Luiz Rober...Editora Roncarati
 
Custos e Tarifas no Brasil
Custos e Tarifas no BrasilCustos e Tarifas no Brasil
Custos e Tarifas no BrasilAndre Dantas
 
Precificação de honorários contábeis guia para precificar serviço contabil
Precificação de honorários contábeis   guia para precificar serviço contabilPrecificação de honorários contábeis   guia para precificar serviço contabil
Precificação de honorários contábeis guia para precificar serviço contabilContadores de Sucesso
 
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL EnergiaCPFL RI
 
Estácio: Apresentação dos Resultados do 2T17
Estácio: Apresentação dos Resultados do 2T17Estácio: Apresentação dos Resultados do 2T17
Estácio: Apresentação dos Resultados do 2T17Estácio Participações
 
Apresentação 2T15 - CPFL Energia
Apresentação 2T15 - CPFL EnergiaApresentação 2T15 - CPFL Energia
Apresentação 2T15 - CPFL EnergiaCPFL RI
 
Apresentação da Coordenação Projetos Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec)
Apresentação da Coordenação Projetos Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec)Apresentação da Coordenação Projetos Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec)
Apresentação da Coordenação Projetos Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec)Alerj
 
Webcast 4T15
Webcast 4T15Webcast 4T15
Webcast 4T15Petrobras
 

Semelhante a Custos Operacionais da tarifação: Quanto vale o serviço? (20)

Proposta reaj f2013
Proposta reaj f2013Proposta reaj f2013
Proposta reaj f2013
 
Análise da Planilha do Transporte Público de Divinópolis
Análise da Planilha do Transporte Público de DivinópolisAnálise da Planilha do Transporte Público de Divinópolis
Análise da Planilha do Transporte Público de Divinópolis
 
Defasagem no frete rodoviário
Defasagem no frete rodoviárioDefasagem no frete rodoviário
Defasagem no frete rodoviário
 
Defasagem das tarifas do frete rodoviário de cargas (2018)
Defasagem das tarifas do frete rodoviário de cargas (2018)Defasagem das tarifas do frete rodoviário de cargas (2018)
Defasagem das tarifas do frete rodoviário de cargas (2018)
 
Trabalho de contabilidade
Trabalho de contabilidadeTrabalho de contabilidade
Trabalho de contabilidade
 
Piso Mínimo de Frete
Piso Mínimo de Frete Piso Mínimo de Frete
Piso Mínimo de Frete
 
INCT de Carga Lotação também registrou alta em 2013
 INCT de Carga Lotação também registrou alta em 2013 INCT de Carga Lotação também registrou alta em 2013
INCT de Carga Lotação também registrou alta em 2013
 
Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência - janeiro de 2015, por Luiz Rober...
Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência - janeiro de 2015, por Luiz Rober...Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência - janeiro de 2015, por Luiz Rober...
Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência - janeiro de 2015, por Luiz Rober...
 
Custos e Tarifas no Brasil
Custos e Tarifas no BrasilCustos e Tarifas no Brasil
Custos e Tarifas no Brasil
 
Precificação de honorários contábeis guia para precificar serviço contabil
Precificação de honorários contábeis   guia para precificar serviço contabilPrecificação de honorários contábeis   guia para precificar serviço contabil
Precificação de honorários contábeis guia para precificar serviço contabil
 
Apresentação 4 T11
Apresentação 4 T11Apresentação 4 T11
Apresentação 4 T11
 
10ª Conferência de Tarifas SETCESP - Comportamento dos Preços dos Insumos
10ª Conferência de Tarifas SETCESP - Comportamento dos Preços dos Insumos10ª Conferência de Tarifas SETCESP - Comportamento dos Preços dos Insumos
10ª Conferência de Tarifas SETCESP - Comportamento dos Preços dos Insumos
 
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL EnergiaApresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
Apresentação de Resultados 4T17/2017 - CPFL Energia
 
Estácio: Apresentação dos Resultados do 2T17
Estácio: Apresentação dos Resultados do 2T17Estácio: Apresentação dos Resultados do 2T17
Estácio: Apresentação dos Resultados do 2T17
 
Apresentação 2T15 - CPFL Energia
Apresentação 2T15 - CPFL EnergiaApresentação 2T15 - CPFL Energia
Apresentação 2T15 - CPFL Energia
 
Apresentação da Coordenação Projetos Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec)
Apresentação da Coordenação Projetos Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec)Apresentação da Coordenação Projetos Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec)
Apresentação da Coordenação Projetos Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec)
 
Apresentação 1T18
Apresentação 1T18Apresentação 1T18
Apresentação 1T18
 
Webcast 4T15
Webcast 4T15Webcast 4T15
Webcast 4T15
 
Apresentação 4T17
Apresentação 4T17Apresentação 4T17
Apresentação 4T17
 
14 Conferência de Tarifas - Impacto da Lei do Motorista nos custos
14 Conferência de Tarifas -   Impacto da Lei do Motorista nos custos14 Conferência de Tarifas -   Impacto da Lei do Motorista nos custos
14 Conferência de Tarifas - Impacto da Lei do Motorista nos custos
 

Mais de Andre Dantas

Lições aprendidas no Vale do Silício
Lições aprendidas no Vale do SilícioLições aprendidas no Vale do Silício
Lições aprendidas no Vale do SilícioAndre Dantas
 
Anuário NTU 2016-2017
Anuário NTU 2016-2017Anuário NTU 2016-2017
Anuário NTU 2016-2017Andre Dantas
 
Brazilian efforts to minimize the impact of informal transport
Brazilian efforts to minimize the impact of informal transportBrazilian efforts to minimize the impact of informal transport
Brazilian efforts to minimize the impact of informal transportAndre Dantas
 
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbanoSistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbanoAndre Dantas
 
Custos do Transporte Público por Ônibus no Brasil
Custos do Transporte Público por Ônibus no BrasilCustos do Transporte Público por Ônibus no Brasil
Custos do Transporte Público por Ônibus no BrasilAndre Dantas
 
Los avances en la priorización del transporte público en autobús en Brasil
Los avances en la priorización del transporte público en autobús en BrasilLos avances en la priorización del transporte público en autobús en Brasil
Los avances en la priorización del transporte público en autobús en BrasilAndre Dantas
 
Energy Risks to Activity Systems as a function of urban form
Energy Risks to Activity Systems as a function of urban formEnergy Risks to Activity Systems as a function of urban form
Energy Risks to Activity Systems as a function of urban formAndre Dantas
 
ASLEEP AT THE WHEEL: OIL ADDICTION IMPLICATIONS FOR URBAN TRANSPORT
ASLEEP AT THE WHEEL: OIL ADDICTION IMPLICATIONS FOR URBAN TRANSPORTASLEEP AT THE WHEEL: OIL ADDICTION IMPLICATIONS FOR URBAN TRANSPORT
ASLEEP AT THE WHEEL: OIL ADDICTION IMPLICATIONS FOR URBAN TRANSPORTAndre Dantas
 
Impact of Transport Infrastructure Policies
Impact of Transport Infrastructure PoliciesImpact of Transport Infrastructure Policies
Impact of Transport Infrastructure PoliciesAndre Dantas
 
Analysis and Evaluation of Road Pricing Benefits and Costs
Analysis and Evaluation of Road Pricing Benefits and CostsAnalysis and Evaluation of Road Pricing Benefits and Costs
Analysis and Evaluation of Road Pricing Benefits and CostsAndre Dantas
 
Public Transport and Sustainable Development
Public Transport and Sustainable DevelopmentPublic Transport and Sustainable Development
Public Transport and Sustainable DevelopmentAndre Dantas
 
ITS and Emergency Management: An organisation-focused approach
ITS and Emergency Management: An organisation-focused approachITS and Emergency Management: An organisation-focused approach
ITS and Emergency Management: An organisation-focused approachAndre Dantas
 
A NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANA
A NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANAA NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANA
A NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANAAndre Dantas
 
Novas estrategias para o transporte coletivo
Novas estrategias para o transporte coletivoNovas estrategias para o transporte coletivo
Novas estrategias para o transporte coletivoAndre Dantas
 
Lei 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade Urbana
Lei 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade UrbanaLei 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade Urbana
Lei 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade UrbanaAndre Dantas
 
BRT e BRS: Características e funcionalidades
BRT e BRS: Características e funcionalidadesBRT e BRS: Características e funcionalidades
BRT e BRS: Características e funcionalidadesAndre Dantas
 
Mobilidade sustentável brasil competitivo
Mobilidade sustentável brasil competitivoMobilidade sustentável brasil competitivo
Mobilidade sustentável brasil competitivoAndre Dantas
 
Panorama Nacional da Mobilidade Urbana
Panorama Nacional da Mobilidade UrbanaPanorama Nacional da Mobilidade Urbana
Panorama Nacional da Mobilidade UrbanaAndre Dantas
 

Mais de Andre Dantas (18)

Lições aprendidas no Vale do Silício
Lições aprendidas no Vale do SilícioLições aprendidas no Vale do Silício
Lições aprendidas no Vale do Silício
 
Anuário NTU 2016-2017
Anuário NTU 2016-2017Anuário NTU 2016-2017
Anuário NTU 2016-2017
 
Brazilian efforts to minimize the impact of informal transport
Brazilian efforts to minimize the impact of informal transportBrazilian efforts to minimize the impact of informal transport
Brazilian efforts to minimize the impact of informal transport
 
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbanoSistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
Sistemas Inteligentes de Transporte (ITS) no transporte público urbano
 
Custos do Transporte Público por Ônibus no Brasil
Custos do Transporte Público por Ônibus no BrasilCustos do Transporte Público por Ônibus no Brasil
Custos do Transporte Público por Ônibus no Brasil
 
Los avances en la priorización del transporte público en autobús en Brasil
Los avances en la priorización del transporte público en autobús en BrasilLos avances en la priorización del transporte público en autobús en Brasil
Los avances en la priorización del transporte público en autobús en Brasil
 
Energy Risks to Activity Systems as a function of urban form
Energy Risks to Activity Systems as a function of urban formEnergy Risks to Activity Systems as a function of urban form
Energy Risks to Activity Systems as a function of urban form
 
ASLEEP AT THE WHEEL: OIL ADDICTION IMPLICATIONS FOR URBAN TRANSPORT
ASLEEP AT THE WHEEL: OIL ADDICTION IMPLICATIONS FOR URBAN TRANSPORTASLEEP AT THE WHEEL: OIL ADDICTION IMPLICATIONS FOR URBAN TRANSPORT
ASLEEP AT THE WHEEL: OIL ADDICTION IMPLICATIONS FOR URBAN TRANSPORT
 
Impact of Transport Infrastructure Policies
Impact of Transport Infrastructure PoliciesImpact of Transport Infrastructure Policies
Impact of Transport Infrastructure Policies
 
Analysis and Evaluation of Road Pricing Benefits and Costs
Analysis and Evaluation of Road Pricing Benefits and CostsAnalysis and Evaluation of Road Pricing Benefits and Costs
Analysis and Evaluation of Road Pricing Benefits and Costs
 
Public Transport and Sustainable Development
Public Transport and Sustainable DevelopmentPublic Transport and Sustainable Development
Public Transport and Sustainable Development
 
ITS and Emergency Management: An organisation-focused approach
ITS and Emergency Management: An organisation-focused approachITS and Emergency Management: An organisation-focused approach
ITS and Emergency Management: An organisation-focused approach
 
A NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANA
A NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANAA NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANA
A NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANA
 
Novas estrategias para o transporte coletivo
Novas estrategias para o transporte coletivoNovas estrategias para o transporte coletivo
Novas estrategias para o transporte coletivo
 
Lei 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade Urbana
Lei 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade UrbanaLei 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade Urbana
Lei 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade Urbana
 
BRT e BRS: Características e funcionalidades
BRT e BRS: Características e funcionalidadesBRT e BRS: Características e funcionalidades
BRT e BRS: Características e funcionalidades
 
Mobilidade sustentável brasil competitivo
Mobilidade sustentável brasil competitivoMobilidade sustentável brasil competitivo
Mobilidade sustentável brasil competitivo
 
Panorama Nacional da Mobilidade Urbana
Panorama Nacional da Mobilidade UrbanaPanorama Nacional da Mobilidade Urbana
Panorama Nacional da Mobilidade Urbana
 

Último

Checklist de renovação de AVCB -Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.pdf
Checklist de renovação de AVCB -Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.pdfChecklist de renovação de AVCB -Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.pdf
Checklist de renovação de AVCB -Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.pdfVandersonOliveira39
 
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VFST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VFmarketing18485
 
AE02 - MAQUINAS TÉRMICAS UNICESUMAR 52/2024
AE02 - MAQUINAS TÉRMICAS UNICESUMAR 52/2024AE02 - MAQUINAS TÉRMICAS UNICESUMAR 52/2024
AE02 - MAQUINAS TÉRMICAS UNICESUMAR 52/2024Consultoria Acadêmica
 
Aula 03 - Gestão da Manutenção - OS e Software de Gerenciamento de Manutenção...
Aula 03 - Gestão da Manutenção - OS e Software de Gerenciamento de Manutenção...Aula 03 - Gestão da Manutenção - OS e Software de Gerenciamento de Manutenção...
Aula 03 - Gestão da Manutenção - OS e Software de Gerenciamento de Manutenção...JairGaldino4
 
AE01 -ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL -COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE01 -ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL -COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...AE01 -ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL -COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE01 -ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL -COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...Consultoria Acadêmica
 
AE01 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL RELACOES DE CONSUMO E SUSTENTABILI...
AE01 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  RELACOES DE CONSUMO E SUSTENTABILI...AE01 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  RELACOES DE CONSUMO E SUSTENTABILI...
AE01 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL RELACOES DE CONSUMO E SUSTENTABILI...Consultoria Acadêmica
 
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdfATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdfColaborar Educacional
 

Último (7)

Checklist de renovação de AVCB -Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.pdf
Checklist de renovação de AVCB -Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.pdfChecklist de renovação de AVCB -Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.pdf
Checklist de renovação de AVCB -Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.pdf
 
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VFST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
 
AE02 - MAQUINAS TÉRMICAS UNICESUMAR 52/2024
AE02 - MAQUINAS TÉRMICAS UNICESUMAR 52/2024AE02 - MAQUINAS TÉRMICAS UNICESUMAR 52/2024
AE02 - MAQUINAS TÉRMICAS UNICESUMAR 52/2024
 
Aula 03 - Gestão da Manutenção - OS e Software de Gerenciamento de Manutenção...
Aula 03 - Gestão da Manutenção - OS e Software de Gerenciamento de Manutenção...Aula 03 - Gestão da Manutenção - OS e Software de Gerenciamento de Manutenção...
Aula 03 - Gestão da Manutenção - OS e Software de Gerenciamento de Manutenção...
 
AE01 -ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL -COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE01 -ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL -COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...AE01 -ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL -COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
AE01 -ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL -COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E INTERPESSOA...
 
AE01 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL RELACOES DE CONSUMO E SUSTENTABILI...
AE01 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  RELACOES DE CONSUMO E SUSTENTABILI...AE01 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL  RELACOES DE CONSUMO E SUSTENTABILI...
AE01 - ESTUDO CONTEMPORÂNEO E TRANSVERSAL RELACOES DE CONSUMO E SUSTENTABILI...
 
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdfATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
 

Custos Operacionais da tarifação: Quanto vale o serviço?