A manifestação do Espirito Santo através de
DONS, MISNITÉRIOS ou OPERAÇÕES.

Há quem imagine que falar em línguas seja um ...
(1Co 12:7 [ACF2007]) “Mas amanifestaçãodo Espírito é dada a cada um, para o que for útil.”

No contexto da vida do fiel há...
1Co 12:28 [ACF2007]) parte (A)
E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro...
canal constante ou não. Mas se você se tornar um canal constante significa que recebeu ministério de profeta na
congregaçã...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A manifestação do Espirito Santo através de DONS, MISNITÉRIOS ou OPERAÇÕES.

555 visualizações

Publicada em

Em apenas trê páginas saiba distinguir o que é
DOM e o que não é dom.
Ex; Falar em linguas e profecia não são DONS, e sim uma OPERAÇÃO de Deus manifestada pelo Espírito Santo .
Leia, emtenda e se maravilhe.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
555
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A manifestação do Espirito Santo através de DONS, MISNITÉRIOS ou OPERAÇÕES.

  1. 1. A manifestação do Espirito Santo através de DONS, MISNITÉRIOS ou OPERAÇÕES. Há quem imagine que falar em línguas seja um dom,ou que profetizar também seja.Nesta sinopse exporei contexto bíblico e passagens. A princípio um exemplo claro de dom, ministério e operação temos no episódio da vida de Jesus em Mateus 12:28“Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o reino de Deus”.Vemos que Jesus expulsava os demônios não por ter este dom, mas pelo poder do Espírito de “DEUS”. Porconseguinte era uma operação “específica” de DEUS que se realizara na vida das pessoas. Veja o lineal de discernimento:[διακριςισ - diakrisis] habilidade de discernir, julgar [neste caso os espíritos]. Não sendo uma OPERAÇÃO de Deus e não um dom ou ministério de Jesus. Relevo que uma coisa engloba outra, mas quena verdade são distintas entre si, tracejarei I Cor 12:1, 10 e 30, I Cor 13:2. Antes entendamos o que seria DONS, MINISTÉRIOS E OPERAÇÕES. -DONS [χαριςμα-charisma] distinguem certos cristãos e os capacitam devido à graça Divina. -MINISTÉRIOS [διακονια-diakonia] aqueles que ao pedido de Deus, proclamam e promovem religião entre os homens. -OPERAÇÕES [ενεργημα-energema] resultado de uma intervenção, demonstração de poder. *Algumas traduções por honestidade imprimem a palavra [dom] entre colchetes, justo por esta não se encontrar no “TextusReceptus”, como em I Cor 12:1, 10 e 30, I Cor 13:2. Não nos é dito nas ESCRITURAS para se buscar o batismo com Espírito Santo, nos é dito sim, buscar sua manifestação I Cor 12:7. Não devemos generalizar as manifestações do Espírito Santo, pois há dons, ministérios e operações em considerações distintas nestas manifestações, I Cor 12:1. Dom é dom, ministérios são ministério e operação manifestação de poder Divino e não donspesoais.
  2. 2. (1Co 12:7 [ACF2007]) “Mas amanifestaçãodo Espírito é dada a cada um, para o que for útil.” No contexto da vida do fiel há DONS concedidos pelo Espírito Santo como sabedoria, ciência, fé e cura, há MINISTÉRIOS concedidos pelo SENHOR JESUS como apóstolos, profetas e doutores, e manifestação das OPERAÇÃOES de DEUS [YHWH] como maravilha, profecia, discernimento de espírito, línguas e interpretações das mesmas. DONS - ESPÍRITO SANTO (1Co 12:4 [ACF2007])Ora, há diversidade de dons, mas oEspírito[é] o mesmo [O Espírito Santo Se manifesta naquilo que é Seu] MINISTÉRIOS - SENHOR JESUS (1Co 12:5 [ACF2007])E há diversidade de ministérios, mas o Senhor[é] o mesmo. [O Espírito Santo manifestanaquilo que pertence ao Senhor Jesus] OPERAÇÕES – DEUS [YHWH] (1Co 12:6 [ACF2007])E há diversidade de operações, mas é o mesmoDeus que opera tudo em todos [Espírito Santo manifesta naquilo que pertence a Deus- YHWH] [O pormenorizando... O que é DOM, MINISTÉRIO e OPERAÇÃO nas manifestações do ESPÍRITO SANTO? -DONS (1Co 12:4 [ACF2007]) Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito [é] o mesmo. 1Co 12 [ACF2007])8 Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; 9 E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar. • • • • sabedoria [ςοφια -sophia] seriedade e prudência adequada na relação com pessoas, habilidade e discrição em transmitir a verdade cristã. Ciência [γνωςισ - gnosis] significa em geral inteligência, entendimento. Fé [πιςτισ -pistis] a convicção de que Deus existe e é o criador e governador de todas as coisas, o provedor e doador da salvação eterna em Cristo. Cura [ιαμα - iama] de [ιαομαι -iaomai], tornar perfeito, livrar de erros e pecados, levar alguém à salvação, a cura O dom é uma dádiva que não pode ser retirada, embora ao se proceder infielmente como na parábola dos talentos Mt 25:13 ao 30. O dom deixa de ser desenvolvido no plano de Deus podendo definhar ou ser inserido errôneamente no contexto de salvação. O dom de cura não pode ser confundido com a operação de milagres, note que aqui esta no plural [dons de curas] podendo ser em diversas formas, espiritual, psíquico e fisiológico aliado ao conhecimento e sabedoria para maior efetivação do mesmo. A fé é convicção, opinião firme a respeito de algo, com base em provas ou razões íntimas através do conhecimento e sabedoria divinamente inspirada. Mesmo sendo infiel a fé-crença-certeza não é movida do ser -Tiago 2:19 -MINISTÉRIOS (1Co 12:5 [ACF2007]) E há diversidade de ministérios, mas o Senhor [é] o mesmo.
  3. 3. 1Co 12:28 [ACF2007]) parte (A) E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores. • Apóstolo [αποςτολοσ - apostolos] especificamente aplicado aos doze apóstolos de Cristo • Profetas [προφητησ -prophetes] alguém que declara aos homens o que recebeu por inspiração, especialmente aquilo que concerne a eventos futuros, e em particular tudo o que se relaciona com a causa e reino de Deus e a salvação humana • Doutor [διδαςκαλοσ didaskalos] daqueles que, nas assembléias religiosas dos cristãos, encarregavam-se de ensinar, assistidos pelo Santo Espírito Ministério é ofício, tarefa a que uma pessoa se compromete como missão, podendo este possuir ou não determinados dons ou haver através dele operações Divinas de milagres, profecias, variedades e interpretação de línguas (1Co 12:29 [ACF2007]) “Porventura [são] todos apóstolos? [são] todos profetas? [são] todos doutores? [são] todos operadores de milagres? 30 Têm todos o dom de curar? falam todos línguas? interpretam todos?“ O ministério é dado na igreja justo por ser ela o Corpo do Senhor (cabeça) tendo o controle da pessoa no Ministério, o mestre, pela manifestação do Espírito Santo e operação divina. A perda do ministério é realizada por meio deste Corpo e da interrupção alimentadora do Espírito Santo. Embora perdendo por motivos óbvios, este poderá conservar-se na fé, na santidade e no amor. -OPERAÇÕES – DEUS [YHWH] (1Co 12:6 [ACF2007]) E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos ((1Co 12:10 [ACF2007])E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas. • Maravilha [δυναμισ - dunamis] poder inerente, poder que reside numa pessoa pela virtude de sua natureza. • Profecia [προφητεια - propheteia] discurso que emana da inspiração divina e que declara os propósitos de Deus. • Discernimento [διακριςισ - diakrisis] desenvoltura de discernir, julgar [neste caso os espíritos] • Linguas[γλωςςα - glossa] idioma ou dialeto usado por um grupo particular de pessoas. • interpretação; explicar o que foi dito mais ou menos obscuramente por outros A profecia não é própria do profeta, e sim do ministério recebido de profeta no Senhor Jesus, ela parte de Deus manifestada pelo Espírito Santo no Corpo do Senhor [igreja], com isto a profecia mostra-se impermanente no profeta com ou sem ministério, elas já cessaram por anos e ainda podendo ser desativadas I Cor 13:8., a decadência é um dos marcos destas cessações, busquemos nos santificar. O milagre é quando em Nome de JesusDeus atende operando-o, ou seja, não é próprio do homem e sim uma operação Divina. Discernimento de espírito é operação exclusiva de Deus, confirmou Jesus, "Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus"Mat12:28. Línguas estranhas não é dom e sim um sobre natural, por isso uma operação de Deus como sinal aos infiéis I Cor 14:22. CONCLUSÃO; *Não se busca o que já lhe foi concedido, e sim a sua manifestação como certo DOM, MINISTÉRIO ou OPERAÇÃO. *Línguas não é dom próprio, talvez por buscar algo que não o é não o tenha recebido. Busque-o como operação Divina em sua vida, e acontecerá pela Graça Divina este sinal para com os infiéis I Cor 14:22, não para com você, lembrando que você não é um infiel. Da mesma forma, agora como um sinal aos fiéis, busque a operação Divina de profecias assim como o ministério de profeta no corpo de Cristo, lembrando que profeta não é dom e sim ministério, e que profecia também não é dom e sim uma operação de Deus, ou seja, Deus o está usando como um
  4. 4. canal constante ou não. Mas se você se tornar um canal constante significa que recebeu ministério de profeta na congregação e no mundo. *Discernir o espírito é discernir demônios ocultos na vida das pessoas e expulsá-los pelo poder de Deus assim como Jesus o fez Mateus 12:28. A desenvoltura de discernir não é um poder próprio seu e sim uma manifestação do poder de Deus em sua vida, aqui outra vez você sendo usado como um canal de Deus para libertação das almas oprimidas pela possessão oculta do Maligno, não é um dom e sim uma operação de Libertação de Deus por amor as almas. *O amor não é o maior dos dons como muitos assim querem o dizer, é um caminho alto e excelentecomo demonstrado por Paulo em I Cor 12: 31 “e eu vos mostrarei um caminho mais excelente”e ele segue a falar em I Cor 13 sobre o amor. *Compare várias traduções destes textos e verás que em algumas traduções a palavra “dom” se encontra entre colchetes [dom] ou em itálico “dom, dons”, significando que esta palavra não se encontra nos textos originais, na verdade foram inseridas pelo tradutorpor reflexão dele por vezes desastrosa, no intento de dar uma melhor compreensão aos contextos. Pergunto; “Quem deveria dar entendimento ao contexto e texto não seria o Espírito Santo”? E por isto não deveria estes tradutores manter a Palavra de Deus intacta sem inserções desastrosas ao povo? Digo por muitas pessoas não estarem discernindo o que são dons, ministérios e operações devido a estas desastrosas inserções, não todos tradutores em diversas línguas devo ressaltar, graças a Deus... ShallonOnegSabbat, amém... Amauri R. Ferreira. 2014

×