SlideShare uma empresa Scribd logo
Dons E Ministérios
Wellington Fernandes Pires
Profª. Danielle
Instituto Teológico Quadrangular –ITQ
Curso Livre em Teologia (EaD) – Dons E Ministérios
24/01/17
RESUMO
Cada servo de cristo deve procurar e desenvolver pesquisa sob dons e ministérios. Pois a falta
desses tem impedido no crescimento e na edificação da Igreja, sua aplicação capacita o servo
de Deus para o exercício do trabalho cristão em todas as áreas úteis.
Palavras-chave: Dons E Ministérios
INTRODUÇÃO
Os termos ministro ou ministério tem uma função toda especial no novo testamento. O
ministério é um presente divino, pois estão todos sob controle divino. Todo servo de Cristo
deve encarar isso como um trabalho para o Senhor, todo o trabalho no reino de Deus tem a
sua importância. O propósito dos dons tem o seu principal valor na edificação da igreja, serve
para encorajar os crentes e converter os descrentes, dando a ele sabedoria, autodomínio,
orientação, aperfeiçoamento etc. Todo crente que desfruta desse favor divino passa a ter uma
vida cheia da graça de Deus.
É cristo que os chama, quem lhes confere o dom especifico que será o carro chefe do seu
ministério, é ele quem os capacita, os habilita, os reveste de autoridades no poder do espirito
santo, que os envia e os sustenta na carreira para continuarem as obras do próprio Senhor
Jesus e, por este motivo, são chamados de dons ministeriais. Em João 14.12, Jesus nos fala
sobre algo maravilhoso, uma promessa. “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê
em mim também fará as obras que faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para
meu pai”.
O espirito Santo transmite o poder e a sabedoria de Deus através dos dons espirituais. O
Espirito Santo não é controlado e usado pelo homem na manifestação legitima. E sendo Deus,
é ele quem tem o controle, a gerencia dos dons, e usa os homens consagrados para as
necessidades que ele vê na igreja, visando um fim proveitoso. Estes dons são cedidos aos
homens para a edificação da igreja e para o fim divino destinado a cada dom.
DEFINIÇÃO DE DONS E MINISTÉRIOS
“Não foram vocês que me escolheram; pelo contrário, fui eu que os escolhi para que vão e
deem fruto e que esse fruto não se perca...” Jo 15:16.
2
“E ainda que tivesse o dom de a profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e
ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor,
nada seria. ” 1co 14:1
Os dons espirituais são recursos extraordinários que o Senhor Jesus Cristo, mediante o
Espírito Santo, colocou à disposição da Igreja com o objetivo de ampliar o conhecimento do
poder e da proclamação do povo de Deus, clamar a atenção dos incrédulos a realidade divina
e aperfeiçoar os Cristãos em santidade.
Já o ministério vem da palavra grega diakonia, que quer dizer servir, se destina a um trabalho
todo especial na obra de Deus, sendo considerado uma dádiva divina. Vale ressaltar que todos
os dons e ministérios estão sob controle divino; o Pai, o Filho e o Espírito Santo que operam
dentro de uma gloriosa ordem na igreja.
É a manifestação do Espírito Santo dentro de nós, nos capacitando com poder de Deus para
realizar uma tarefa a sua
QUAIS SÃO OS DONS
Paulo apresenta no capitulo 12 de 1 Coríntios, duas classes de dons:
Na primeira há nove dons (1 Co. 12:08-10)
Palavra de sabedoria, Palavra de ciência (ou conhecimento), Discernimento de espíritos, Fé,
Cura, Operação de milagres, Profecia, Variedade de línguas, Interpretação de línguas.
Na segunda há oito dons (1 Co.12:28)
Apóstolos, profetas, mestres, operação de milagres, cura, Socorro (ajuda), administração e
variedade de línguas.
No livro de Efésios o apóstolo Paulo também fala sobre os dons:
E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros
para pastores e mestres, (Efésios 4:11)
Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Se alguém tem o dom de
profetizar, use-o na proporção da sua fé. Se o seu dom é servir, sirva; se é ensinar, ensine; se é
dar ânimo, anime.
O CHAMADO PARA O MINISTÉRIO
A vocação precisa ser definida, os dons precisam ser reconhecidos pela pessoa, pois não
afloram imediatamente à conversão. Paulo não iniciou sua carreira nos dias subsequentes à
sua conversão também teve três anos de preparo pessoal com o Senhor Jesus no deserto da
Arábia. Há um chamado universal para que todo cristão testemunho de Cristo e discípule
novos convertidos, especialmente os que a pessoa ganha, e há o chamado especifico para o
serviço do Senhor. Trata-se da convocação interna de Deus para o exercício de um
determinado ministério. É uma das obras de Deus.
3
A convocação acontece mediante a ação impulsionadora do espirito Santo que, por meio da
palavra ou de um ato direto sobre o espirito do homem, lhe desperta o senso de dever e
serviço para com Deus e sua igreja. Este chamado divino tem um aspecto de excelência, a
meu ver, devido ao fato de que a missão ou tarefa que ele nos entregue é para que venhamos a
fazer aquilo que nem os anjos fazem, ou seja, pregar o Evangelho, discipular, ensinar a
palavra, exercer a autoridade espiritual em nome de Jesus para curar e libertar, ser usado no
poder do Espírito Santo, na variedade dos dons espirituais.
A consagração humana para o uso dos dons do Espirito Santo é uma condição básica de
preparo, tanto quanto o batismo com Espírito Santo. A consagração não gera o merecimento
para tal pessoa ser usada, mas está ligada ao fato de que o Espirito Santo não usará um vaso
sujo e rebelde para se manifestar. O batismo com o Espirito Santo é necessário, porque como
uma pessoa será usada por ele sem seu selo? Como reconhecerá sua manifestação se
desconhece o seu poder? Como será usada num nível superior de manifestação de poder, se
não passou e não tem, a experiência básica da plenitude do Espirito Santo?
TALENTOS E HABILIDADES PESSOAIS
Os talentos são habilidades naturais que Deus, o criador, nos concede no momento da nossa
concepção, a ser expresso após o nosso nascimento. É necessário conhecer o seu talento, pois
quando você o desconhece, não é possível desenvolve-lo, ou seja, que ele se torne um recurso
útil e frutífero para a gloria de Deus e para o bem da sociedade.
É importante perguntar a você agora: qual é o seu talento?
Considere este versículo que consta na parábola dos talentos: “Porque isto é também como
um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos e entregou-lhes os seus
bens” (Mt.15.14).
Portanto, talentos são muito importantes, úteis e necessários na obra do Senhor, mas não
bastam, precisamos de mais, precisamos da presença, do poder e da manifestação poderosa do
Espirito Santo e dos homens e mulheres chamados e ungidos para a obra do santo ministério.
CONCLUSÃO
Os dons espirituais são recursos extraordinários que o Senhor Jesus Cristo, mediante o
Espírito Santo, colocou à disposição da Igreja com o objetivo de ampliar o conhecimento do
poder e da proclamação do povo de Deus, clamar a atenção dos incrédulos a realidade divina
e aperfeiçoar os Cristãos em santidade. Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos
foi dada. Se alguém tem o dom de profetizar, use-o na proporção da sua fé. Se o seu dom é
servir, sirva; se é ensinar, ensine; se é dar ânimo, anime.
Este chamado divino tem um aspecto de excelência, a meu ver, devido ao fato de que a
missão ou tarefa que ele nos entregue é para que venhamos a fazer aquilo que nem os anjos
fazem, ou seja, pregar o Evangelho, discipular, ensinar a palavra, exercer a autoridade
espiritual em nome de Jesus para curar e libertar, ser usado no poder do Espírito Santo, na
variedade dos dons espirituais. Os talentos são habilidades naturais que Deus, o criador, nos
concede no momento da nossa concepção, a ser expresso após o nosso nascimento.
4
BIBLIOGRAFIA
AERL, Louise Lynne. APOSTILA DE DONS DO ESPÍRITO SANTO. São Paulo: Instituto
Bíblico Quadrangular - IEQ,1982.
BELESSI, Denny e Leesa. MULTIPLICADORES DE TALENTOS. São Paulo: Vida, 2001.
BERGSTÉN, Eurico. TEOLOGIA SISTEMÁTICA. 2^ ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2004.
BÍBLIA. Português. BÍBLIA DE ESTUDO DAKE. DAKE, Finnis Jennings. ia edição. Belo
Horizonte: Atos, 2010.
BÍBLIA. Português. BÍBLIA DE ESTUDO MacArthur. Barueri: SBB, 2010. p. 1516.
BÍBLIA. Português. BÍBLIA DE ESTUDO NVI. São Paulo: Vida, 2003.
BÍBLIA. Português. BÍBLIA DE ESTUDO PLENITUDE. Editor Geral Jack W. Hayford.
Barueri: SBB, 2005.
BÍBLIA. Português. BÍBLIA SAGRADA. Ed. Revista e Atualizada no Brasil. Brasília: SBB,
1982.
BOYER, O. S. PEQUENA ENCICLOPÉDIA BÍBLICA. 4^ Ed. São Paulo: Imprensa
Metodista, 1970.
BROWN, Collin. O NOVO DICIONÁRIO INTERNACIONAL DE TEOLOGIA DO NOVO
TESTAMENTO, vol. 1. São
Paulo: Vida Nova, 1981.
CHAMPLIN, Russel Norman. O NOVO TESTAMENTO INTERPRETADO, vol. 4. São
Paulo: Candeia, 1995.
DUFFIELD, Guy P.j VAN CLEAVE, Nathaniel M. FUNDAMENTOS DA TEOLOGIA
PENTECOSTAL. vol. II. JJ edição.
São Paulo: Quadrangular, 1991.
KNIGHT, Lida E. QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO. Campinas: LPC Publicações,
1994.
KORNFIELD, David. DESENVOLVENDO DONS ESPIRITUAIS E EQUIPES DE
MINISTÉRIO. São Paulo: Sepal, 1997.
LAPA, Marco A. T. APOSTILA DE DONS ESPIRITUAIS. São Paulo: Coordenadoria
Nacional do ITQ - IEQ, 1992.
PEARLMAN, Myer. CONHECENDO AS DOUTRINAS DA BÍBLIA. 6? ed. São Paulo:
Vida, 1977.
5
SCHWARS, Christian A. O TESTE DOS DONS. Curitiba: Evangélica Esperança, 1997.
TOZER, A. W. A TRAGÉDIA DA IGREJA - AUSÊNCIA DE DONS. Rio de Janeiro:
Danprewan, 2009.
TRINDADE, Mareio Antonio. APOSTILA DE DONS ESPIRITUAIS. Curitiba: SGEC - IEQ,
2006.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Diaconia reunião apresentacao-evandro
Diaconia reunião apresentacao-evandroDiaconia reunião apresentacao-evandro
Diaconia reunião apresentacao-evandro
Evandro Cruz
 
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
Rubens Sohn
 
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas HeresiasLição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
Éder Tomé
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Wander Sousa
 
Culto e Liturgia
Culto e LiturgiaCulto e Liturgia
Dízimos, Ofertas e Primícias
Dízimos, Ofertas e PrimíciasDízimos, Ofertas e Primícias
Dízimos, Ofertas e Primícias
Karyn Martins
 
Evangelismo pessoal
Evangelismo pessoalEvangelismo pessoal
Evangelismo pessoal
Gildelanio Da Silva
 
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo TestamentoCETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
Ednilson do Valle
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
Dagmar Wendt
 
Interpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Interpretação das Sete Igrejas do ApocalipseInterpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Interpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Panorama do NT - Tito
Panorama do NT - TitoPanorama do NT - Tito
Panorama do NT - Tito
Respirando Deus
 
T200 os doze discípulos 23.05.13
T200 os doze discípulos 23.05.13T200 os doze discípulos 23.05.13
T200 os doze discípulos 23.05.13
GersonPrates
 
As funções da igreja de cristo
As funções da igreja de cristoAs funções da igreja de cristo
As funções da igreja de cristo
Madson Oliveira
 
Paulo e a igreja em filipos lição 1
Paulo e a igreja em filipos   lição 1Paulo e a igreja em filipos   lição 1
Paulo e a igreja em filipos lição 1
yosseph2013
 
O Discípulo Radical
O Discípulo RadicalO Discípulo Radical
O Discípulo Radical
Egmon Pereira
 
CETADEB - Lição 4 e 5 - O Preparo do Obreiro
CETADEB - Lição 4 e 5 - O Preparo do ObreiroCETADEB - Lição 4 e 5 - O Preparo do Obreiro
CETADEB - Lição 4 e 5 - O Preparo do Obreiro
Ednilson do Valle
 
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivoEsboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Rogerio Sena
 
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURAO DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
Tiago Silveira
 
MISSÕES O QUE SIGNIFICA?
MISSÕES O QUE SIGNIFICA?MISSÕES O QUE SIGNIFICA?
MISSÕES O QUE SIGNIFICA?
Mazinho Souza
 
Cómo desarrollar un proceso de visión
Cómo desarrollar un proceso de visiónCómo desarrollar un proceso de visión
Cómo desarrollar un proceso de visión
Pablo A. Jimenez
 

Mais procurados (20)

Diaconia reunião apresentacao-evandro
Diaconia reunião apresentacao-evandroDiaconia reunião apresentacao-evandro
Diaconia reunião apresentacao-evandro
 
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
IBADEP MÉDIO - MISSIOLOGIA AULA 1
 
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas HeresiasLição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
 
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
Lição 2   A disciplina na vida do obreiroLição 2   A disciplina na vida do obreiro
Lição 2 A disciplina na vida do obreiro
 
Culto e Liturgia
Culto e LiturgiaCulto e Liturgia
Culto e Liturgia
 
Dízimos, Ofertas e Primícias
Dízimos, Ofertas e PrimíciasDízimos, Ofertas e Primícias
Dízimos, Ofertas e Primícias
 
Evangelismo pessoal
Evangelismo pessoalEvangelismo pessoal
Evangelismo pessoal
 
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo TestamentoCETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
CETADEB - Lição 2 - O Ministério no Antigo e no Novo Testamento
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
 
Interpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Interpretação das Sete Igrejas do ApocalipseInterpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
Interpretação das Sete Igrejas do Apocalipse
 
Panorama do NT - Tito
Panorama do NT - TitoPanorama do NT - Tito
Panorama do NT - Tito
 
T200 os doze discípulos 23.05.13
T200 os doze discípulos 23.05.13T200 os doze discípulos 23.05.13
T200 os doze discípulos 23.05.13
 
As funções da igreja de cristo
As funções da igreja de cristoAs funções da igreja de cristo
As funções da igreja de cristo
 
Paulo e a igreja em filipos lição 1
Paulo e a igreja em filipos   lição 1Paulo e a igreja em filipos   lição 1
Paulo e a igreja em filipos lição 1
 
O Discípulo Radical
O Discípulo RadicalO Discípulo Radical
O Discípulo Radical
 
CETADEB - Lição 4 e 5 - O Preparo do Obreiro
CETADEB - Lição 4 e 5 - O Preparo do ObreiroCETADEB - Lição 4 e 5 - O Preparo do Obreiro
CETADEB - Lição 4 e 5 - O Preparo do Obreiro
 
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivoEsboço de sermão tecnico, textual e expositivo
Esboço de sermão tecnico, textual e expositivo
 
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURAO DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
O DIÁCONO QUE DEUS PROCURA
 
MISSÕES O QUE SIGNIFICA?
MISSÕES O QUE SIGNIFICA?MISSÕES O QUE SIGNIFICA?
MISSÕES O QUE SIGNIFICA?
 
Cómo desarrollar un proceso de visión
Cómo desarrollar un proceso de visiónCómo desarrollar un proceso de visión
Cómo desarrollar un proceso de visión
 

Semelhante a Dons e ministerios

Apostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituaisApostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituais
Rubens Bastos
 
Donsespirituais pg
Donsespirituais pgDonsespirituais pg
Lição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons EspirituaisLição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Maxsuel Aquino
 
Lição 10ª Dons espirituais
Lição 10ª Dons espirituaisLição 10ª Dons espirituais
Lição 10ª Dons espirituais
Igreja Presbiteriana Zona Sul
 
LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais
LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituaisLBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais
LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais
Natalino das Neves Neves
 
Dons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoDons do Espírito Santo
Dons do Espírito Santo
Rogério Nunes
 
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituaisLição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
pralucianaevangelista
 
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada umQvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Cleudson Corrêa
 
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docxESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ssusere38a4a
 
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptxLicao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
DassayevSilva
 
Dons e talentos
Dons e talentosDons e talentos
“Há diversidade dos serviços”
“Há diversidade dos serviços”“Há diversidade dos serviços”
“Há diversidade dos serviços”
JUERP
 
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
Instituto Teológico Gamaliel
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
Igreja Presbiteriana Renovada de Castelo Branco
 
Livrodeefesios pg
Livrodeefesios pgLivrodeefesios pg
Conheçam os Dons do Espírito Santo.pptx
Conheçam  os Dons do Espírito Santo.pptxConheçam  os Dons do Espírito Santo.pptx
Conheçam os Dons do Espírito Santo.pptx
Claudio Rivelle
 
2º Trimestre 2014 - Lição 01 E Deu Dons aos Homens
2º Trimestre 2014 - Lição 01 E Deu Dons aos Homens2º Trimestre 2014 - Lição 01 E Deu Dons aos Homens
2º Trimestre 2014 - Lição 01 E Deu Dons aos Homens
Anderson Silva
 
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
Estudo biblico 24  dons espirituais - part2Estudo biblico 24  dons espirituais - part2
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
4° lição 2 trimestre 2014 dons de
4° lição 2 trimestre 2014 dons de4° lição 2 trimestre 2014 dons de
4° lição 2 trimestre 2014 dons de
pralucianaevangelista
 
Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2
UEPB
 

Semelhante a Dons e ministerios (20)

Apostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituaisApostila de dons espirituais
Apostila de dons espirituais
 
Donsespirituais pg
Donsespirituais pgDonsespirituais pg
Donsespirituais pg
 
Lição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons EspirituaisLição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
Lição 08- A Igreja e Os Dons Espirituais
 
Lição 10ª Dons espirituais
Lição 10ª Dons espirituaisLição 10ª Dons espirituais
Lição 10ª Dons espirituais
 
LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais
LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituaisLBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais
LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais
 
Dons do Espírito Santo
Dons do Espírito SantoDons do Espírito Santo
Dons do Espírito Santo
 
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituaisLição 2 o proposito dos dons espirituais
Lição 2 o proposito dos dons espirituais
 
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada umQvcc   02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
Qvcc 02 - O Que São Dons Espirituais - A Vontade de Deus para Cada um
 
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docxESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
ESTUDO 02 - A IGREJA - DIVERSIDADE NA UNIDADE.docx
 
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptxLicao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
Licao 1 - 2T - 2021 - CPAD.pptx
 
Dons e talentos
Dons e talentosDons e talentos
Dons e talentos
 
“Há diversidade dos serviços”
“Há diversidade dos serviços”“Há diversidade dos serviços”
“Há diversidade dos serviços”
 
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
A evidência e a atualidade dos dons espirituais (parte final)
 
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely LageO que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
O que Jesus espera da igreja? O poder de Deus (2ª parte) by Pr. Suely Lage
 
Livrodeefesios pg
Livrodeefesios pgLivrodeefesios pg
Livrodeefesios pg
 
Conheçam os Dons do Espírito Santo.pptx
Conheçam  os Dons do Espírito Santo.pptxConheçam  os Dons do Espírito Santo.pptx
Conheçam os Dons do Espírito Santo.pptx
 
2º Trimestre 2014 - Lição 01 E Deu Dons aos Homens
2º Trimestre 2014 - Lição 01 E Deu Dons aos Homens2º Trimestre 2014 - Lição 01 E Deu Dons aos Homens
2º Trimestre 2014 - Lição 01 E Deu Dons aos Homens
 
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
Estudo biblico 24  dons espirituais - part2Estudo biblico 24  dons espirituais - part2
Estudo biblico 24 dons espirituais - part2
 
4° lição 2 trimestre 2014 dons de
4° lição 2 trimestre 2014 dons de4° lição 2 trimestre 2014 dons de
4° lição 2 trimestre 2014 dons de
 
Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2Dons do espírito santo 2
Dons do espírito santo 2
 

Dons e ministerios

  • 1. Dons E Ministérios Wellington Fernandes Pires Profª. Danielle Instituto Teológico Quadrangular –ITQ Curso Livre em Teologia (EaD) – Dons E Ministérios 24/01/17 RESUMO Cada servo de cristo deve procurar e desenvolver pesquisa sob dons e ministérios. Pois a falta desses tem impedido no crescimento e na edificação da Igreja, sua aplicação capacita o servo de Deus para o exercício do trabalho cristão em todas as áreas úteis. Palavras-chave: Dons E Ministérios INTRODUÇÃO Os termos ministro ou ministério tem uma função toda especial no novo testamento. O ministério é um presente divino, pois estão todos sob controle divino. Todo servo de Cristo deve encarar isso como um trabalho para o Senhor, todo o trabalho no reino de Deus tem a sua importância. O propósito dos dons tem o seu principal valor na edificação da igreja, serve para encorajar os crentes e converter os descrentes, dando a ele sabedoria, autodomínio, orientação, aperfeiçoamento etc. Todo crente que desfruta desse favor divino passa a ter uma vida cheia da graça de Deus. É cristo que os chama, quem lhes confere o dom especifico que será o carro chefe do seu ministério, é ele quem os capacita, os habilita, os reveste de autoridades no poder do espirito santo, que os envia e os sustenta na carreira para continuarem as obras do próprio Senhor Jesus e, por este motivo, são chamados de dons ministeriais. Em João 14.12, Jesus nos fala sobre algo maravilhoso, uma promessa. “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu pai”. O espirito Santo transmite o poder e a sabedoria de Deus através dos dons espirituais. O Espirito Santo não é controlado e usado pelo homem na manifestação legitima. E sendo Deus, é ele quem tem o controle, a gerencia dos dons, e usa os homens consagrados para as necessidades que ele vê na igreja, visando um fim proveitoso. Estes dons são cedidos aos homens para a edificação da igreja e para o fim divino destinado a cada dom. DEFINIÇÃO DE DONS E MINISTÉRIOS “Não foram vocês que me escolheram; pelo contrário, fui eu que os escolhi para que vão e deem fruto e que esse fruto não se perca...” Jo 15:16.
  • 2. 2 “E ainda que tivesse o dom de a profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. ” 1co 14:1 Os dons espirituais são recursos extraordinários que o Senhor Jesus Cristo, mediante o Espírito Santo, colocou à disposição da Igreja com o objetivo de ampliar o conhecimento do poder e da proclamação do povo de Deus, clamar a atenção dos incrédulos a realidade divina e aperfeiçoar os Cristãos em santidade. Já o ministério vem da palavra grega diakonia, que quer dizer servir, se destina a um trabalho todo especial na obra de Deus, sendo considerado uma dádiva divina. Vale ressaltar que todos os dons e ministérios estão sob controle divino; o Pai, o Filho e o Espírito Santo que operam dentro de uma gloriosa ordem na igreja. É a manifestação do Espírito Santo dentro de nós, nos capacitando com poder de Deus para realizar uma tarefa a sua QUAIS SÃO OS DONS Paulo apresenta no capitulo 12 de 1 Coríntios, duas classes de dons: Na primeira há nove dons (1 Co. 12:08-10) Palavra de sabedoria, Palavra de ciência (ou conhecimento), Discernimento de espíritos, Fé, Cura, Operação de milagres, Profecia, Variedade de línguas, Interpretação de línguas. Na segunda há oito dons (1 Co.12:28) Apóstolos, profetas, mestres, operação de milagres, cura, Socorro (ajuda), administração e variedade de línguas. No livro de Efésios o apóstolo Paulo também fala sobre os dons: E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, (Efésios 4:11) Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Se alguém tem o dom de profetizar, use-o na proporção da sua fé. Se o seu dom é servir, sirva; se é ensinar, ensine; se é dar ânimo, anime. O CHAMADO PARA O MINISTÉRIO A vocação precisa ser definida, os dons precisam ser reconhecidos pela pessoa, pois não afloram imediatamente à conversão. Paulo não iniciou sua carreira nos dias subsequentes à sua conversão também teve três anos de preparo pessoal com o Senhor Jesus no deserto da Arábia. Há um chamado universal para que todo cristão testemunho de Cristo e discípule novos convertidos, especialmente os que a pessoa ganha, e há o chamado especifico para o serviço do Senhor. Trata-se da convocação interna de Deus para o exercício de um determinado ministério. É uma das obras de Deus.
  • 3. 3 A convocação acontece mediante a ação impulsionadora do espirito Santo que, por meio da palavra ou de um ato direto sobre o espirito do homem, lhe desperta o senso de dever e serviço para com Deus e sua igreja. Este chamado divino tem um aspecto de excelência, a meu ver, devido ao fato de que a missão ou tarefa que ele nos entregue é para que venhamos a fazer aquilo que nem os anjos fazem, ou seja, pregar o Evangelho, discipular, ensinar a palavra, exercer a autoridade espiritual em nome de Jesus para curar e libertar, ser usado no poder do Espírito Santo, na variedade dos dons espirituais. A consagração humana para o uso dos dons do Espirito Santo é uma condição básica de preparo, tanto quanto o batismo com Espírito Santo. A consagração não gera o merecimento para tal pessoa ser usada, mas está ligada ao fato de que o Espirito Santo não usará um vaso sujo e rebelde para se manifestar. O batismo com o Espirito Santo é necessário, porque como uma pessoa será usada por ele sem seu selo? Como reconhecerá sua manifestação se desconhece o seu poder? Como será usada num nível superior de manifestação de poder, se não passou e não tem, a experiência básica da plenitude do Espirito Santo? TALENTOS E HABILIDADES PESSOAIS Os talentos são habilidades naturais que Deus, o criador, nos concede no momento da nossa concepção, a ser expresso após o nosso nascimento. É necessário conhecer o seu talento, pois quando você o desconhece, não é possível desenvolve-lo, ou seja, que ele se torne um recurso útil e frutífero para a gloria de Deus e para o bem da sociedade. É importante perguntar a você agora: qual é o seu talento? Considere este versículo que consta na parábola dos talentos: “Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos e entregou-lhes os seus bens” (Mt.15.14). Portanto, talentos são muito importantes, úteis e necessários na obra do Senhor, mas não bastam, precisamos de mais, precisamos da presença, do poder e da manifestação poderosa do Espirito Santo e dos homens e mulheres chamados e ungidos para a obra do santo ministério. CONCLUSÃO Os dons espirituais são recursos extraordinários que o Senhor Jesus Cristo, mediante o Espírito Santo, colocou à disposição da Igreja com o objetivo de ampliar o conhecimento do poder e da proclamação do povo de Deus, clamar a atenção dos incrédulos a realidade divina e aperfeiçoar os Cristãos em santidade. Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Se alguém tem o dom de profetizar, use-o na proporção da sua fé. Se o seu dom é servir, sirva; se é ensinar, ensine; se é dar ânimo, anime. Este chamado divino tem um aspecto de excelência, a meu ver, devido ao fato de que a missão ou tarefa que ele nos entregue é para que venhamos a fazer aquilo que nem os anjos fazem, ou seja, pregar o Evangelho, discipular, ensinar a palavra, exercer a autoridade espiritual em nome de Jesus para curar e libertar, ser usado no poder do Espírito Santo, na variedade dos dons espirituais. Os talentos são habilidades naturais que Deus, o criador, nos concede no momento da nossa concepção, a ser expresso após o nosso nascimento.
  • 4. 4 BIBLIOGRAFIA AERL, Louise Lynne. APOSTILA DE DONS DO ESPÍRITO SANTO. São Paulo: Instituto Bíblico Quadrangular - IEQ,1982. BELESSI, Denny e Leesa. MULTIPLICADORES DE TALENTOS. São Paulo: Vida, 2001. BERGSTÉN, Eurico. TEOLOGIA SISTEMÁTICA. 2^ ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2004. BÍBLIA. Português. BÍBLIA DE ESTUDO DAKE. DAKE, Finnis Jennings. ia edição. Belo Horizonte: Atos, 2010. BÍBLIA. Português. BÍBLIA DE ESTUDO MacArthur. Barueri: SBB, 2010. p. 1516. BÍBLIA. Português. BÍBLIA DE ESTUDO NVI. São Paulo: Vida, 2003. BÍBLIA. Português. BÍBLIA DE ESTUDO PLENITUDE. Editor Geral Jack W. Hayford. Barueri: SBB, 2005. BÍBLIA. Português. BÍBLIA SAGRADA. Ed. Revista e Atualizada no Brasil. Brasília: SBB, 1982. BOYER, O. S. PEQUENA ENCICLOPÉDIA BÍBLICA. 4^ Ed. São Paulo: Imprensa Metodista, 1970. BROWN, Collin. O NOVO DICIONÁRIO INTERNACIONAL DE TEOLOGIA DO NOVO TESTAMENTO, vol. 1. São Paulo: Vida Nova, 1981. CHAMPLIN, Russel Norman. O NOVO TESTAMENTO INTERPRETADO, vol. 4. São Paulo: Candeia, 1995. DUFFIELD, Guy P.j VAN CLEAVE, Nathaniel M. FUNDAMENTOS DA TEOLOGIA PENTECOSTAL. vol. II. JJ edição. São Paulo: Quadrangular, 1991. KNIGHT, Lida E. QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO. Campinas: LPC Publicações, 1994. KORNFIELD, David. DESENVOLVENDO DONS ESPIRITUAIS E EQUIPES DE MINISTÉRIO. São Paulo: Sepal, 1997. LAPA, Marco A. T. APOSTILA DE DONS ESPIRITUAIS. São Paulo: Coordenadoria Nacional do ITQ - IEQ, 1992. PEARLMAN, Myer. CONHECENDO AS DOUTRINAS DA BÍBLIA. 6? ed. São Paulo: Vida, 1977.
  • 5. 5 SCHWARS, Christian A. O TESTE DOS DONS. Curitiba: Evangélica Esperança, 1997. TOZER, A. W. A TRAGÉDIA DA IGREJA - AUSÊNCIA DE DONS. Rio de Janeiro: Danprewan, 2009. TRINDADE, Mareio Antonio. APOSTILA DE DONS ESPIRITUAIS. Curitiba: SGEC - IEQ, 2006.