Fundação Universidade Federal de Rondônia
Núcleo de Ciências Exatas e da Terra
Departamento de Biologia
Tema: FEBRE
Alexan...
Introdução
 A febre é um aumento da temperatura corpórea que,
geralmente, está associada infecções microbianas ou virais....
Mecanismos
3
liberando
age
causando
Mecanismos
 Nesse caso a febre tem importantes funções no
processo de cura como:
* aumentar a mobilidade dos leucócitos,
...
Mecanismos
5
Células envolvidas estão
normalmente presentes
nos tecidos (como
células endoteliais e
macrófagos) ou têm
ace...
Mecanismos
6
Diferentes conseqüências clínicas do processo inflamatório, induzido por
endotoxina bacteriana (LPS) ou outro...
Tipos
 Baixa intensidade (37,5 a 38 C), moderada (38 a
39 C) ou alta (mais de 39 C).
 Problemas da febre:
>42 C - danos ...
Referências
 SCHMIDT-NIELSEN, K. Fisiologia Animal: adapatação e meio
ambiente. Trad.: Terezinha Oppido e Carla Finger. 5...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Febre

592 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
592
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Febre

  1. 1. Fundação Universidade Federal de Rondônia Núcleo de Ciências Exatas e da Terra Departamento de Biologia Tema: FEBRE Alexandre Lima Queiroz Porto Velho 2012
  2. 2. Introdução  A febre é um aumento da temperatura corpórea que, geralmente, está associada infecções microbianas ou virais.  Causas  A febre pode ser causada por inúmeras doenças ou maus, como por exemplo: - Agentes infecciosos como vírus, bactérias, protozoários ou fungos (que provocam doenças como resfriados, gripes, meningite, gripe-aviária, inflamação na garganta, gastroenterite, rubéola, malária); - Corpos estranhos (alérgenos, enxertos...); - Células cancerosas; - Uma alteração de um órgão ou tecido. 2
  3. 3. Mecanismos 3 liberando age causando
  4. 4. Mecanismos  Nesse caso a febre tem importantes funções no processo de cura como: * aumentar a mobilidade dos leucócitos, * elevar a eficiência dos leucócitos, * diminuir os efeitos das endotoxinas, * elevar a proliferação das células T, * elevar a atividade da interferona, * inibe a reprodução de patógenos (ex: bactérias e vírus). 4
  5. 5. Mecanismos 5 Células envolvidas estão normalmente presentes nos tecidos (como células endoteliais e macrófagos) ou têm acesso ao local a partir da circulação (por exemplo, plaquetas e leucócitos). Os leucócitos circulantes aderem-se ao endotélio vascular e transmigram para o tecido intersticial em direção ao local da lesão, sob sinalização de agentes quimiotáticos (por exemplo, citocinas e leucotrienos). Em seguida, os leucócitos fagocitam o agente agressor e degradam o tecido necrótico. Reação Inflamatória
  6. 6. Mecanismos 6 Diferentes conseqüências clínicas do processo inflamatório, induzido por endotoxina bacteriana (LPS) ou outros estímulos, dependendo das concentrações ([C]) de citocinas liberadas no sítio da inflamação.
  7. 7. Tipos  Baixa intensidade (37,5 a 38 C), moderada (38 a 39 C) ou alta (mais de 39 C).  Problemas da febre: >42 C - danos significativos aos neurônios, com risco de afetar a meninge (chamada de hipertermia maligna); Desnaturação de proteínas e enzimas. 7
  8. 8. Referências  SCHMIDT-NIELSEN, K. Fisiologia Animal: adapatação e meio ambiente. Trad.: Terezinha Oppido e Carla Finger. 5a ed. São Paulo: Ed. Santos, 2010.  VOLTARELLI, JÚLIO C. Febre e inflamação. Medicina, Ribeirão Preto, v. 27, n. 1/2, p. 7-48, jan./jun. 1994.  http://www.uff.br/RVQ/index.php/rvq/article/view/51/99  http://www.copacabanarunners.net/febre.html  http://www.criasaude.com.br/N2287/doencas/febre/causas- febre.html  http://pt.wikipedia.org/wiki/Febre 8

×