SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 86
Baixar para ler offline
SARESP 2022
Orientações para a Aplicação
COPED/VUNESP
08/11/22
INTÉRPRETE DE
LIBRAS
Pauta:
- Características e Aspectos Técnico
Operacionais do SARESP 2022
- Orientações para Aplicação nos 2º e 3º
anos do EF
- Apresentação e Orientações do SIS -
Sistema Integrado SARESP
SARESP 2022:
Orientações para a aplicação
INTÉRPRETE DE
LIBRAS
Contextualização
SARESP - Sistema de Avaliação de Avaliação de Rendimento
Escolar do Estado de São Paulo
- aplicado desde 1996
- em 2022: 24ª edição
Resolução SEDUC 81, de 19-10-2022 - Dispõe sobre o Sistema de
Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo e a
aplicação dos instrumentos de avaliação externa em 2022, e dá
providências correlatas.
Resolução SEDUC Nº77, de 05/10/2022 - Define os critérios que
devem ser observados para que estudantes das redes municipais
possam ter subsidiada sua participação no Sistema de Avaliação do
Rendimento – SARESP 2022
SARESP 2022
MONITORAMENTO
INTERVENÇÕES
PEDAGÓGICAS
COMPOSIÇÃO
DO IDESP
SARESP
RECUPERAÇÃO E
APROFUNDAMENTO
POLÍTICAS
PÚBLICAS
DESENVOLVIMENTO DO
CURRÍCULO
INTÉRPRETE DE
LIBRAS
OBJETIVO
SARESP 2022
Avaliação: Articulando as Dimensões
Técnico-Operacionais
Atribuições e Procedimentos de Aplicação
Data Prova e Questionário Anos/Série
30/11
Língua Portuguesa e
Matemática
Todas as Redes
2º, 3º, 5º e 9º anos
EF
3ª série EM
01/12
Ciências da Natureza e
Questionário
Todas as Redes
5º e 9º anos EF
3ª série EM
Língua Inglesa
Rede Estadual
(amostra)
5º e 9º anos EF
3ª série EM
CRONOGRAMA
• Socioeconômico: pais e estudantes do
5º e 9º anos EF e 3ª série EM (todas as
redes) no formato impresso.
- Pais respondem em casa.
- Estudantes respondem no segundo dia de
aplicação da avaliação.
QUESTIONÁRIO
AMOSTRA DIGITAL - ESTUDO
• Haverá aplicação de Provas (LPT, MAT,
CN e LI) e Questionário no formato
digital para uma amostra de escolas da
rede estadual.
• **As Escolas da Amostra serão
informadas antecipadamente para
testagem dos computadores.
COORDENAÇÃO DA AVALIAÇÃO
• Coordenadores de Avaliação e
Corresponsáveis – DE.
• Coordenador de Avaliação do Município –
SME - Polo (Ferraz de Vasconcelos, Guarujá,
Itapevi, Itaquaquecetuba, Jundiaí, Limeira,
Ribeirão Preto, Santos, São Bernardo do
Campo, São José do Rio Preto e São José dos
Campos).
• Coordenadores do Centro Paula Souza.
• Coordenadores do SESI.
ATRIBUIÇÕES DO COORDENADOR DE AVALIAÇÕES
• Promover reuniões de orientação
(nível regional).
• Garantir o sigilo absoluto das
informações nos Cadernos de Prova
(acondicionamento, distribuição e
recolhimento).
• Elaborar o Plano de Aplicação das
Provas.
• Organizar e coordenar o recebimento
e a distribuição do material de
avaliação.
• Entregar e receber os materiais de
aplicação em embalagens lacradas,
seguindo o cronograma estabelecido.
• Organizar o acompanhamento da
aplicação, assegurando a presença
de profissionais da DE/SME nas
escolas.
• Coordenar o plantão para
esclarecimentos de dúvidas.
• Preencher no SIS o Relatório sobre a
Realização do SARESP.
• Organizar a divulgação dos resultados nas
escolas.
Complementando...
• Indicar no SIS: Corresponsável e
Diretores.
• Informar a VUNESP quando membro da
equipe da DE atuar na escola (Aplicador
ou Técnico de Informática).
• Informar aos diretores: relação de seus
professores alocados.
Responsabilidades do Diretor de Escola
• Participar das orientações.
• Informar professores e pais sobre o
SARESP.
• Indicar representantes de pais e
aplicadores.
• Orientar seus professores.
• Organizar a escola para a aplicação das
provas.
ATENÇÃO
• Retirar e entregar os materiais de
aplicação, devidamente lacrados, na
DE/SME-Polo, seguindo rigorosamente o
cronograma de atividades estabelecido.
• Receber o Fiscal, nos dias de aplicação.
• Oferecer, no caso de faltar prova para
algum estudante, atividade pedagógica
já estruturada anteriormente pela
DE/Escola.
• Garantir o suporte pedagógico aos
estudantes elegíveis aos serviços de
Educação Especial, que participarão
da avaliação.
• Garantir na sala de aplicação a
presença exclusiva do aplicador.
• Atestar no Sistema Integrado do SARESP
– SIS, a atuação dos Fiscais e dos
Aplicadores, nos dois dias das provas, e
responder ao Questionário de
Acompanhamento e Controle da
Aplicação.
Agente VUNESP: logística dos materiais;
funcionamento do SIS; recrutamento e
treinamento de Fiscais.
• Auxiliar o Agente.
• Apoio Regional.
• Chapa.
Equipe
Regional
EQUIPE REGIONAL
Apoio Regional – Auxiliar do Agente –
Chapa
Critérios para definição de quantidades
• Número de escolas na DE/SME-Polo.
• Número de turmas na DE/SME-Polo.
• Total de estudantes.
Logística das Aplicações
do SARESP
SARESP 2022
Avaliação: Articulando as Dimensões
Técnico-Operacionais
Logística das Aplicações do SARESP
Caixas por DE/SME-Polo:
• Manuais: Orientação; Aplicador; Carta de
Apresentação do Fiscal.
(No SIS: Vídeo de Treinamento; Manuais –
Fiscal, SIS, Apoio Regional e Agente
VUNESP e Agenda de Trabalho)
MATERIAL DE TREINAMENTO
Caixas por Escola
• Manuais: Orientação; Aplicador
• Caixas por escola e por dia de
aplicação.
• Indicação de 1º e 2º dia de aplicação com
tarja colorida.
MATERIAL DE PROVA
1º dia – azul
2º dia – vermelho
Fonte: Vunesp
CAIXA COM MATERIAL DE APLICAÇÃO DAS PROVAS
DE; Escola; Rede de
Ensino
Estadual – letra “E”
Municipal – letra “M”
Particular – letra “P”
Paula Souza (ETE) – letra “S”
Códigos de controle
Conteúdo da caixa
Código de barra
Fonte: Vunesp
• Braille: embalada em pacote plástico,
devidamente identificado, armazenado em
caixa específica.
• Ampliada: embalada em pacote plástico
específico, devidamente identificado,
armazenado na caixa da escola.
PROVAS ESPECIAIS
Folha de Rosto colorida
por ano/série
Fonte: Vunesp
IDENTIFICAÇÃO DOS PACOTES COM CADERNOS DE PROVAS
• Planilha de controle de recebimento de
material (1 por dia de aplicação – 1ª caixa
da escola de cada dia).
• Pacote com Instrumentos de Controle
(1ª caixa da escola do 1º dia de aplicação).
• Pacotes de provas por turma.
CONTEÚDO DAS CAIXAS COM MATERIAL DE APLICAÇÃO
Fonte: Vunesp
MATERIAL DE
APLICAÇÃO
Caderno
LP e Mat
5° ano EF
• Cadernos de Prova.
• Cadernos de Prova e Prova/Questionário.
• Questionário de Pais ou Responsáveis.
• Reserva.
• Lista de Presença.
• Formulário de Controle de Aplicação.
• Pacotes plásticos identificados para
devolução.
CONTEÚDO DO PACOTE DE PROVAS (5º, 9º EF E 3ª EM)
• Cadernos de Prova.
• Reserva.
• Exemplar da Prova do Professor.
• Lista de Presença.
• Formulário de Controle de Aplicação.
• Pacote plástico para devolução.
CONTEÚDO DO PACOTE DE PROVAS (2º E 3º EF)
• Formulário de Observação dos Pais.
• Termo de Compromisso e Sigilo do
Aplicador.
• Formulário do Fiscal e pacote plástico para
devolução.
CONTEÚDO DO PACOTE INSTRUMENTOS DE CONTROLE
(ESCOLA)
1. Instrumentos de Avaliação (Turma)
• Caderno de Prova; Exemplar do Professor;
Formulário de Controle da Aplicação; Lista de
Presença (2º e 3º anos EF).
• Caderno de Prova; Caderno de
Prova/Questionário (5º e 9º anos EF e 3ª EM).
• Folhas de Respostas; Formulário de Controle da
Aplicação; Lista de Presença.
PACOTES PARA DEVOLUÇÃO
1. Instrumentos de Avaliação (Turma)
• Questionário dos Pais ou Responsáveis
2. Instrumentos de Avaliação (Escola)
• Formulário de Atividades do Fiscal
• Relatório de Observação dos Pais
Entrega
de
materiais
1ª Entrega
Material de
Treinamento
Até 07 de
Novembro
2ª Entrega
Material de
Aplicação
Até 25 de
Novembro
Recolhimento de
Material
Material de
Aplicação
A partir
de 05 de
Dezembro
PLANO LOGÍSTICO
VUNESP DE/SME-Polo Escola
(1º Momento) Ida: Controle de Caixas
(2º Momento) Retorno: Controle de pacotes plásticos de Folhas
de Respostas, Cadernos de Prova/Redação/Questionários e
Instrumentos de Controle
MOVIMENTAÇÃO DO MATERIAL
SISTEMA DE CONFERÊNCIA COM LEITOR DE CÓDIGO DE
BARRAS
SISTEMA DE CONFERÊNCIA COM ETIQUETAS “RFID”
Os resultados desta aplicação serão de suma
relevância para as ações e planejamento
pedagógico da Rede.
RESULTADOS
SARESP 2022
2º e 3º anos EF
CRONOGRAMA
Data Prova e Questionário Anos/Série
30/11
Língua Portuguesa e
Matemática
Todas as Redes
2º, 3º, 5º e 9º anos
EF
3ª série EM
01/12
Ciências da Natureza e
Questionário
Todas as Redes
5º e 9º anos EF
3ª série EM
Língua Inglesa
Rede Estadual
(amostra)
5º e 9º anos EF
3ª série EM
• O horário de início das provas é o mesmo
do início das aulas. A duração da prova
para os estudantes é de 3 horas e trinta
minutos.
• O tempo de duração da prova sofrerá
acréscimo de até 1 hora para estudantes
elegíveis aos serviços de educação especial.
• A permanência mínima em sala é de 90
minutos, para todos os estudantes.
DURAÇÃO DA APLICAÇÃO
Área de
Conhecimento
Composição do Caderno
Período de
duração
Língua
Portuguesa
2 Questões de Resposta Construída 30min
16 Questões de Múltipla Escolha 70min
Intervalo 15 minutos
Matemática
2 Questões de Resposta Construída 30min
16 Questões de Múltipla Escolha 65 min
Total 3h30min
APLICAÇÃO
• Os estudantes matriculados no
período da manhã realizarão a prova de
Língua Portuguesa e depois do intervalo
realizarão a prova de Matemática.
• Os estudantes matriculados no
período da tarde realizarão a prova de
Matemática e depois do intervalo
realizarão a prova de Língua Portuguesa.
ATENÇÃO
Fonte: Vunesp
MATERIAL DE APLICAÇÃO – CADERNOS DE PROVA
Ano Quantidade
Embalagem, por turma
Material de
aplicação
Material de
Devolução
2º e 3º EF
(30/11)
• Cadernos de Prova de Língua
Portuguesa e Matemática: 1
por aluno + 2 reserva, por
turma.
• Exemplar do professor: 1 por
turma.
• Formulário de Controle da
Aplicação: 1 por turma.
• Lista de Presença: 1 por
turma.
Pacote: Folha de
Rosto, Cadernos de
Prova de Língua
Portuguesa e
Matemática,
Formulário de
Controle de
Aplicação e Lista de
Presença.
01 pacote plástico
para devolução
Instrumentos de
Avaliação
MATERIAL DE APLICAÇÃO
Cadernos de Provas: Língua Portuguesa e Matemática – 42 cadernos
INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO
Fonte: Vunesp
• Formulário de Controle da Aplicação;
• Lista de Presença.
INSTRUMENTOS DE CONTROLE
Os Cadernos de Prova reservas deverão ser
utilizados quando o número de
estudantes exceder o quantitativo previsto
na turma;
Data-base utilizada: Agosto de 2021
ATENÇÃO
• Preencher cadastro no Sistema Integrado
do SARESP – SIS;
• Participar de reunião de orientação
promovida pelo Diretor da escola;
• Estudar cuidadosamente os
procedimentos para aplicação das
provas, contidos no Manual do Aplicador.
ATRIBUIÇÕES PRÉVIAS DO APLICADOR
• Comparecer à escola com antecedência
do horário agendado e com o Manual do
Aplicador;
• Assinar o Termo de Compromisso e
Sigilo do Aplicador entregue pelo Diretor
da escola;
• Participar de reunião com o Diretor e com
o Fiscal para retomada dos procedimentos
básicos da aplicação.
ATRIBUIÇÕES NA DATA DE APLICAÇÃO DA PROVA
• Receber, do Diretor da escola, os
materiais de aplicação da prova.
• Conferir se os pacotes contendo os
materiais de aplicação estão lacrados e
devidamente identificados.
• Seguir as orientações do Manual do
Aplicador para garantir a uniformidade da
aplicação.
• Zelar pela segurança e sigilo dos
cadernos de prova.
• Permanecer na unidade escolar durante
todo o período da respectiva turma de
aplicação.
• Manter na sala, a partir do início da
prova, a presença exclusiva dos
estudantes da turma avaliada, salvo nos
casos de estudantes elegíveis aos serviços
da educação especial.
• Preencher Formulário de Controle da
Aplicação;
• Conferir, organizar e entregar o material
de aplicação ao Diretor da escola.
• Iniciar a aplicação com as duas questões
de resposta construída.
• Seguir as instruções do Exemplar da
Prova do Professor.
• Ler o enunciado que descreve a atividade
pausadamente, sem entonação e sem
enfatizar nenhuma palavra dando tempo
para os alunos realizarem as marcações de
suas respostas no Caderno de Prova.
APLICAÇÃO DA PROVA – ETAPA 1
• Respeitar o tempo máximo de 30 minutos
para a realização desta etapa da prova.
Atenção: Os estudantes deverão ler
sozinhos e responder às perguntas.
• Os que disserem que não conseguem ler
sozinhos não devem realizar esta etapa da
prova.
Em seguida, iniciar a aplicação das questões
de múltipla escolha.
Atenção:
Informar aos estudantes que as próximas
questões apresentam quatro alternativas de
resposta, mas apenas uma é correta e que
eles deverão pintar um único quadradinho na
alternativa correta.
• Terminado o tempo da Etapa 1, dar 15
minutos de intervalo para os estudantes,
pedindo que deixem o Caderno de Prova
fechado sobre a mesa enquanto se
encaminham ao banheiro/ bebedouro e
retornem, em seguida.
• Terminado o tempo do intervalo, os
estudantes devem retornar para a sala de
aula. Assim que todos estiverem
acomodados, dar início a aplicação – Etapa
2 - com as duas questões de resposta
construída.
• Seguir como roteiro da Etapa 1.
• Organizar o material na seguinte ordem:
1. Cadernos de Prova não utilizados;
2. Cadernos de Prova utilizados;
3. Exemplar da Prova do Professor;
4. Formulário de Controle de Aplicação;
5. Lista de Presença e
6. Folha de Rosto.
APÓS O TÉRMINO DAS PROVAS
• Acomodar o material no pacote
plástico para devolução, na ordem em
que foi organizado (Folha de Rosto por
cima do lote).
• Lacrar o pacote, na sala de aplicação.
• Entregar o pacote ao Diretor.
SARESP 2022
Uso do Sistema
Integrado SARESP – SIS pelos
Coordenadores de Avaliação
Como já é sabido, separamos as funções
cadastrais e operacionais. Sendo assim,
temos funções cadastrais no Portal do
Colaborador e operacionais no SIS.
O Portal do Colaborador é acessado pelo
endereço:
http://colaborador.vunesp.com.br
O SIS é acessado pelo endereço:
http://sis.vunesp.com.br
• Manter Cadastro Atualizado.
• Indicar Corresponsável, Apoio Regional
e Diretores de Escola.
• Alocar os Aplicadores.
• Acompanhar os Relatórios Gerenciais.
• Responder ao Questionário sobre a
Realização do SARESP.
Indicar Apoios, Diretores e Corresponsáveis
Indicação
Alocação
Alocar Aplicadores
Alocar os Aplicadores
Alocar os Aplicadores - Busca
Acompanhar os Relatórios Gerenciais
Acompanhar os Relatórios Gerenciais
Diretores Cadastrados
Acompanhar os Relatórios Gerenciais
Efetivação de Participação
Responder o Questionário sobre a realização do SARESP
Salvar
SARESP 2022
Uso do Sistema
Integrado SARESP – SIS pelos
Diretores de Escolas
Como já é sabido, separamos as funções
cadastrais e operacionais. Sendo assim,
temos funções cadastrais no Portal do
Colaborador e operacionais no SIS.
O Portal do Colaborador é acessado pelo
endereço:
http://colaborador.vunesp.com.br
O SIS é acessado pelo endereço:
http://sis.vunesp.com.br
CADASTRAMENTO E ACESSO AO SIS
• Manter Cadastro Atualizado.
• Indicar os seus Professores.
• Consultar a Lista de Aplicadores já Cadastrados.
• Consultar a Alocação dos meus Professores.
• Consultar a Alocação de Aplicadores e Fiscais na
minha Escola.
• Responder ao Questionário de Acompanhamento
da Aplicação.
• Atestar a Participação de Aplicadores e Fiscais.
ATRIBUIÇÕES DO DIRETOR NA UTILIZAÇÃO DO SIS
Indicar seus Aplicadores
INDICAÇÃO
Visualizar Professores Alocados
Alocação na Minha Escola
Alunos previstos na Minha Escola
Questionário de Acompanhamento
Manutenção na alocação dos aplicadores
Alocação dos aplicadores - Busca
Atestar e Efetivar a Participação
Disque SARESP – (11) 3874-6300/
infosaresp@vunesp.com.br
CENTRAL DE ATENDIMENTO
Obrigado

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013
Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013
Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013Terc Cre
 
Planejamento anual-1-ano-do-ensino-fundamental-em-pdf
Planejamento anual-1-ano-do-ensino-fundamental-em-pdfPlanejamento anual-1-ano-do-ensino-fundamental-em-pdf
Planejamento anual-1-ano-do-ensino-fundamental-em-pdfANA PAULA LOPES
 
ATPC - EE Jardim Riviera - Tema: Antônio Carlos Gomes da Costa
ATPC - EE Jardim Riviera - Tema: Antônio Carlos Gomes da CostaATPC - EE Jardim Riviera - Tema: Antônio Carlos Gomes da Costa
ATPC - EE Jardim Riviera - Tema: Antônio Carlos Gomes da CostaRu Correa Scardua
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 muni2014
 
Projeto Meio Ambiente - Um plano para salvar o planeta - desenvolvimento
Projeto Meio Ambiente - Um plano para salvar o planeta  - desenvolvimentoProjeto Meio Ambiente - Um plano para salvar o planeta  - desenvolvimento
Projeto Meio Ambiente - Um plano para salvar o planeta - desenvolvimentoCirlei Santos
 
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.Lucimara Lopes França
 
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Edeil Reis do Espírito Santo
 
DINAMICAS PARA REUNIÕES PEDAGÓGICAS.pdf
DINAMICAS PARA REUNIÕES PEDAGÓGICAS.pdfDINAMICAS PARA REUNIÕES PEDAGÓGICAS.pdf
DINAMICAS PARA REUNIÕES PEDAGÓGICAS.pdfKarinaReimberg2
 
Conselho de classe - slides
Conselho de classe - slidesConselho de classe - slides
Conselho de classe - slidesLuziete Leite
 
Projeto roda de leitura
Projeto roda de leituraProjeto roda de leitura
Projeto roda de leituraGrupo "FG"
 
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10QUEDMA SILVA
 
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar LOCIMAR MASSALAI
 
Simulado com 12 questões sobre o livro pedagogia da autonomia
Simulado com 12 questões sobre o livro pedagogia da autonomiaSimulado com 12 questões sobre o livro pedagogia da autonomia
Simulado com 12 questões sobre o livro pedagogia da autonomiaLeandro Alves
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de paisRoseli Tejo
 

Mais procurados (20)

Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013
Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013
Formação para professores alfabetizadores 19 03-2013
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Projeto Conta que eu Conto
Projeto Conta que eu ContoProjeto Conta que eu Conto
Projeto Conta que eu Conto
 
Planejamento anual-1-ano-do-ensino-fundamental-em-pdf
Planejamento anual-1-ano-do-ensino-fundamental-em-pdfPlanejamento anual-1-ano-do-ensino-fundamental-em-pdf
Planejamento anual-1-ano-do-ensino-fundamental-em-pdf
 
ATPC - EE Jardim Riviera - Tema: Antônio Carlos Gomes da Costa
ATPC - EE Jardim Riviera - Tema: Antônio Carlos Gomes da CostaATPC - EE Jardim Riviera - Tema: Antônio Carlos Gomes da Costa
ATPC - EE Jardim Riviera - Tema: Antônio Carlos Gomes da Costa
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
 
Projeto Meio Ambiente - Um plano para salvar o planeta - desenvolvimento
Projeto Meio Ambiente - Um plano para salvar o planeta  - desenvolvimentoProjeto Meio Ambiente - Um plano para salvar o planeta  - desenvolvimento
Projeto Meio Ambiente - Um plano para salvar o planeta - desenvolvimento
 
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
1ª oficina - Escola e família fortalecendo vínculos.
 
Pauta
PautaPauta
Pauta
 
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
 
DINAMICAS PARA REUNIÕES PEDAGÓGICAS.pdf
DINAMICAS PARA REUNIÕES PEDAGÓGICAS.pdfDINAMICAS PARA REUNIÕES PEDAGÓGICAS.pdf
DINAMICAS PARA REUNIÕES PEDAGÓGICAS.pdf
 
Conselho de classe - slides
Conselho de classe - slidesConselho de classe - slides
Conselho de classe - slides
 
EDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTILEDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Projeto roda de leitura
Projeto roda de leituraProjeto roda de leitura
Projeto roda de leitura
 
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
Plano de ação coordenação pedagógica 2013 ec10
 
Alfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramentoAlfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramento
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
 
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
 
Simulado com 12 questões sobre o livro pedagogia da autonomia
Simulado com 12 questões sobre o livro pedagogia da autonomiaSimulado com 12 questões sobre o livro pedagogia da autonomia
Simulado com 12 questões sobre o livro pedagogia da autonomia
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 

Semelhante a SARESP 2022: orientações para aplicação nos 2o e 3o anos do EF

Reunião de orientação saresp 2014
Reunião de orientação saresp 2014Reunião de orientação saresp 2014
Reunião de orientação saresp 2014Rosemary Batista
 
Saers 2011 treinamento
Saers 2011 treinamentoSaers 2011 treinamento
Saers 2011 treinamentoedpedag
 
Caracteristicas do saresp_2011
Caracteristicas do saresp_2011Caracteristicas do saresp_2011
Caracteristicas do saresp_2011telasnorte1
 
Reunião saresp 2012 prefeitura e sesi
Reunião saresp 2012 prefeitura e sesiReunião saresp 2012 prefeitura e sesi
Reunião saresp 2012 prefeitura e sesidiretoriabraganca
 
Reunião saresp 2012 estadual
Reunião saresp 2012  estadualReunião saresp 2012  estadual
Reunião saresp 2012 estadualdiretoriabraganca
 
Enade 2018 apresentação estudantes
Enade 2018 apresentação estudantesEnade 2018 apresentação estudantes
Enade 2018 apresentação estudantesMarcus Barbosa
 
SARESP/SAEB, Fluxo, Base Nacional Comum
SARESP/SAEB, Fluxo, Base Nacional ComumSARESP/SAEB, Fluxo, Base Nacional Comum
SARESP/SAEB, Fluxo, Base Nacional ComumNITSAYURI
 
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptxReunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptxJosliaPereiradosSant
 
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptxReunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptxJosliaPereiradosSant
 
SARESP 2009 - Relatório Pedagógico LP
SARESP 2009 - Relatório Pedagógico LPSARESP 2009 - Relatório Pedagógico LP
SARESP 2009 - Relatório Pedagógico LPAlex Santos
 
Apresentação da proposta de formação
Apresentação da proposta de formaçãoApresentação da proposta de formação
Apresentação da proposta de formaçãoheliane
 
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013diretoriabragpta
 
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013Mari_Saracchini
 
Avaliacao provas aferição2015-2016
Avaliacao provas aferição2015-2016Avaliacao provas aferição2015-2016
Avaliacao provas aferição2015-2016pr_afsalbergaria
 

Semelhante a SARESP 2022: orientações para aplicação nos 2o e 3o anos do EF (20)

SAERJINHO manual do diretor
SAERJINHO manual do diretorSAERJINHO manual do diretor
SAERJINHO manual do diretor
 
Reunião de orientação saresp 2014
Reunião de orientação saresp 2014Reunião de orientação saresp 2014
Reunião de orientação saresp 2014
 
Saers 2011 treinamento
Saers 2011 treinamentoSaers 2011 treinamento
Saers 2011 treinamento
 
Caracteristicas do saresp_2011
Caracteristicas do saresp_2011Caracteristicas do saresp_2011
Caracteristicas do saresp_2011
 
Caderno do professor versão final
Caderno do professor versão finalCaderno do professor versão final
Caderno do professor versão final
 
Reunião saresp 2012 prefeitura e sesi
Reunião saresp 2012 prefeitura e sesiReunião saresp 2012 prefeitura e sesi
Reunião saresp 2012 prefeitura e sesi
 
Apresenta..
Apresenta..Apresenta..
Apresenta..
 
Abertura pnaic 2016 sao roque
Abertura pnaic 2016 sao roqueAbertura pnaic 2016 sao roque
Abertura pnaic 2016 sao roque
 
Reunião saresp 2012 estadual
Reunião saresp 2012  estadualReunião saresp 2012  estadual
Reunião saresp 2012 estadual
 
Enade 2018 apresentação estudantes
Enade 2018 apresentação estudantesEnade 2018 apresentação estudantes
Enade 2018 apresentação estudantes
 
SARESP/SAEB, Fluxo, Base Nacional Comum
SARESP/SAEB, Fluxo, Base Nacional ComumSARESP/SAEB, Fluxo, Base Nacional Comum
SARESP/SAEB, Fluxo, Base Nacional Comum
 
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptxReunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
 
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptxReunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
Reunião_PBE_12_04_2022_último_revisado.pptx
 
Com conj cgeb_cima_11_04_2016
Com conj cgeb_cima_11_04_2016Com conj cgeb_cima_11_04_2016
Com conj cgeb_cima_11_04_2016
 
SARESP 2009 - Relatório Pedagógico LP
SARESP 2009 - Relatório Pedagógico LPSARESP 2009 - Relatório Pedagógico LP
SARESP 2009 - Relatório Pedagógico LP
 
Apresentação da proposta de formação
Apresentação da proposta de formaçãoApresentação da proposta de formação
Apresentação da proposta de formação
 
Reunião dia 13 de Jan de 2010-2011
Reunião dia 13 de Jan de 2010-2011Reunião dia 13 de Jan de 2010-2011
Reunião dia 13 de Jan de 2010-2011
 
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013
 
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013
 
Avaliacao provas aferição2015-2016
Avaliacao provas aferição2015-2016Avaliacao provas aferição2015-2016
Avaliacao provas aferição2015-2016
 

Último

Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceRonisHolanda
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 

Último (20)

Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 

SARESP 2022: orientações para aplicação nos 2o e 3o anos do EF

  • 1. SARESP 2022 Orientações para a Aplicação COPED/VUNESP 08/11/22
  • 2. INTÉRPRETE DE LIBRAS Pauta: - Características e Aspectos Técnico Operacionais do SARESP 2022 - Orientações para Aplicação nos 2º e 3º anos do EF - Apresentação e Orientações do SIS - Sistema Integrado SARESP SARESP 2022: Orientações para a aplicação
  • 3. INTÉRPRETE DE LIBRAS Contextualização SARESP - Sistema de Avaliação de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo - aplicado desde 1996 - em 2022: 24ª edição Resolução SEDUC 81, de 19-10-2022 - Dispõe sobre o Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo e a aplicação dos instrumentos de avaliação externa em 2022, e dá providências correlatas. Resolução SEDUC Nº77, de 05/10/2022 - Define os critérios que devem ser observados para que estudantes das redes municipais possam ter subsidiada sua participação no Sistema de Avaliação do Rendimento – SARESP 2022 SARESP 2022
  • 5. SARESP 2022 Avaliação: Articulando as Dimensões Técnico-Operacionais Atribuições e Procedimentos de Aplicação
  • 6. Data Prova e Questionário Anos/Série 30/11 Língua Portuguesa e Matemática Todas as Redes 2º, 3º, 5º e 9º anos EF 3ª série EM 01/12 Ciências da Natureza e Questionário Todas as Redes 5º e 9º anos EF 3ª série EM Língua Inglesa Rede Estadual (amostra) 5º e 9º anos EF 3ª série EM CRONOGRAMA
  • 7. • Socioeconômico: pais e estudantes do 5º e 9º anos EF e 3ª série EM (todas as redes) no formato impresso. - Pais respondem em casa. - Estudantes respondem no segundo dia de aplicação da avaliação. QUESTIONÁRIO
  • 8. AMOSTRA DIGITAL - ESTUDO • Haverá aplicação de Provas (LPT, MAT, CN e LI) e Questionário no formato digital para uma amostra de escolas da rede estadual. • **As Escolas da Amostra serão informadas antecipadamente para testagem dos computadores.
  • 9. COORDENAÇÃO DA AVALIAÇÃO • Coordenadores de Avaliação e Corresponsáveis – DE. • Coordenador de Avaliação do Município – SME - Polo (Ferraz de Vasconcelos, Guarujá, Itapevi, Itaquaquecetuba, Jundiaí, Limeira, Ribeirão Preto, Santos, São Bernardo do Campo, São José do Rio Preto e São José dos Campos).
  • 10. • Coordenadores do Centro Paula Souza. • Coordenadores do SESI.
  • 11. ATRIBUIÇÕES DO COORDENADOR DE AVALIAÇÕES • Promover reuniões de orientação (nível regional). • Garantir o sigilo absoluto das informações nos Cadernos de Prova (acondicionamento, distribuição e recolhimento). • Elaborar o Plano de Aplicação das Provas.
  • 12. • Organizar e coordenar o recebimento e a distribuição do material de avaliação. • Entregar e receber os materiais de aplicação em embalagens lacradas, seguindo o cronograma estabelecido. • Organizar o acompanhamento da aplicação, assegurando a presença de profissionais da DE/SME nas escolas.
  • 13. • Coordenar o plantão para esclarecimentos de dúvidas. • Preencher no SIS o Relatório sobre a Realização do SARESP. • Organizar a divulgação dos resultados nas escolas.
  • 14. Complementando... • Indicar no SIS: Corresponsável e Diretores. • Informar a VUNESP quando membro da equipe da DE atuar na escola (Aplicador ou Técnico de Informática). • Informar aos diretores: relação de seus professores alocados.
  • 15. Responsabilidades do Diretor de Escola • Participar das orientações. • Informar professores e pais sobre o SARESP. • Indicar representantes de pais e aplicadores. • Orientar seus professores. • Organizar a escola para a aplicação das provas. ATENÇÃO
  • 16. • Retirar e entregar os materiais de aplicação, devidamente lacrados, na DE/SME-Polo, seguindo rigorosamente o cronograma de atividades estabelecido. • Receber o Fiscal, nos dias de aplicação. • Oferecer, no caso de faltar prova para algum estudante, atividade pedagógica já estruturada anteriormente pela DE/Escola.
  • 17. • Garantir o suporte pedagógico aos estudantes elegíveis aos serviços de Educação Especial, que participarão da avaliação. • Garantir na sala de aplicação a presença exclusiva do aplicador.
  • 18. • Atestar no Sistema Integrado do SARESP – SIS, a atuação dos Fiscais e dos Aplicadores, nos dois dias das provas, e responder ao Questionário de Acompanhamento e Controle da Aplicação.
  • 19. Agente VUNESP: logística dos materiais; funcionamento do SIS; recrutamento e treinamento de Fiscais. • Auxiliar o Agente. • Apoio Regional. • Chapa. Equipe Regional EQUIPE REGIONAL
  • 20. Apoio Regional – Auxiliar do Agente – Chapa Critérios para definição de quantidades • Número de escolas na DE/SME-Polo. • Número de turmas na DE/SME-Polo. • Total de estudantes.
  • 21. Logística das Aplicações do SARESP SARESP 2022 Avaliação: Articulando as Dimensões Técnico-Operacionais Logística das Aplicações do SARESP
  • 22. Caixas por DE/SME-Polo: • Manuais: Orientação; Aplicador; Carta de Apresentação do Fiscal. (No SIS: Vídeo de Treinamento; Manuais – Fiscal, SIS, Apoio Regional e Agente VUNESP e Agenda de Trabalho) MATERIAL DE TREINAMENTO
  • 23. Caixas por Escola • Manuais: Orientação; Aplicador
  • 24. • Caixas por escola e por dia de aplicação. • Indicação de 1º e 2º dia de aplicação com tarja colorida. MATERIAL DE PROVA
  • 25. 1º dia – azul 2º dia – vermelho Fonte: Vunesp CAIXA COM MATERIAL DE APLICAÇÃO DAS PROVAS
  • 26. DE; Escola; Rede de Ensino Estadual – letra “E” Municipal – letra “M” Particular – letra “P” Paula Souza (ETE) – letra “S” Códigos de controle Conteúdo da caixa Código de barra Fonte: Vunesp
  • 27. • Braille: embalada em pacote plástico, devidamente identificado, armazenado em caixa específica. • Ampliada: embalada em pacote plástico específico, devidamente identificado, armazenado na caixa da escola. PROVAS ESPECIAIS
  • 28. Folha de Rosto colorida por ano/série Fonte: Vunesp IDENTIFICAÇÃO DOS PACOTES COM CADERNOS DE PROVAS
  • 29.
  • 30. • Planilha de controle de recebimento de material (1 por dia de aplicação – 1ª caixa da escola de cada dia). • Pacote com Instrumentos de Controle (1ª caixa da escola do 1º dia de aplicação). • Pacotes de provas por turma. CONTEÚDO DAS CAIXAS COM MATERIAL DE APLICAÇÃO
  • 32. • Cadernos de Prova. • Cadernos de Prova e Prova/Questionário. • Questionário de Pais ou Responsáveis. • Reserva. • Lista de Presença. • Formulário de Controle de Aplicação. • Pacotes plásticos identificados para devolução. CONTEÚDO DO PACOTE DE PROVAS (5º, 9º EF E 3ª EM)
  • 33. • Cadernos de Prova. • Reserva. • Exemplar da Prova do Professor. • Lista de Presença. • Formulário de Controle de Aplicação. • Pacote plástico para devolução. CONTEÚDO DO PACOTE DE PROVAS (2º E 3º EF)
  • 34. • Formulário de Observação dos Pais. • Termo de Compromisso e Sigilo do Aplicador. • Formulário do Fiscal e pacote plástico para devolução. CONTEÚDO DO PACOTE INSTRUMENTOS DE CONTROLE (ESCOLA)
  • 35. 1. Instrumentos de Avaliação (Turma) • Caderno de Prova; Exemplar do Professor; Formulário de Controle da Aplicação; Lista de Presença (2º e 3º anos EF). • Caderno de Prova; Caderno de Prova/Questionário (5º e 9º anos EF e 3ª EM). • Folhas de Respostas; Formulário de Controle da Aplicação; Lista de Presença. PACOTES PARA DEVOLUÇÃO
  • 36. 1. Instrumentos de Avaliação (Turma) • Questionário dos Pais ou Responsáveis 2. Instrumentos de Avaliação (Escola) • Formulário de Atividades do Fiscal • Relatório de Observação dos Pais
  • 37. Entrega de materiais 1ª Entrega Material de Treinamento Até 07 de Novembro 2ª Entrega Material de Aplicação Até 25 de Novembro Recolhimento de Material Material de Aplicação A partir de 05 de Dezembro PLANO LOGÍSTICO
  • 38. VUNESP DE/SME-Polo Escola (1º Momento) Ida: Controle de Caixas (2º Momento) Retorno: Controle de pacotes plásticos de Folhas de Respostas, Cadernos de Prova/Redação/Questionários e Instrumentos de Controle MOVIMENTAÇÃO DO MATERIAL
  • 39. SISTEMA DE CONFERÊNCIA COM LEITOR DE CÓDIGO DE BARRAS
  • 40. SISTEMA DE CONFERÊNCIA COM ETIQUETAS “RFID”
  • 41. Os resultados desta aplicação serão de suma relevância para as ações e planejamento pedagógico da Rede. RESULTADOS
  • 42. SARESP 2022 2º e 3º anos EF
  • 43. CRONOGRAMA Data Prova e Questionário Anos/Série 30/11 Língua Portuguesa e Matemática Todas as Redes 2º, 3º, 5º e 9º anos EF 3ª série EM 01/12 Ciências da Natureza e Questionário Todas as Redes 5º e 9º anos EF 3ª série EM Língua Inglesa Rede Estadual (amostra) 5º e 9º anos EF 3ª série EM
  • 44. • O horário de início das provas é o mesmo do início das aulas. A duração da prova para os estudantes é de 3 horas e trinta minutos. • O tempo de duração da prova sofrerá acréscimo de até 1 hora para estudantes elegíveis aos serviços de educação especial. • A permanência mínima em sala é de 90 minutos, para todos os estudantes. DURAÇÃO DA APLICAÇÃO
  • 45. Área de Conhecimento Composição do Caderno Período de duração Língua Portuguesa 2 Questões de Resposta Construída 30min 16 Questões de Múltipla Escolha 70min Intervalo 15 minutos Matemática 2 Questões de Resposta Construída 30min 16 Questões de Múltipla Escolha 65 min Total 3h30min APLICAÇÃO
  • 46. • Os estudantes matriculados no período da manhã realizarão a prova de Língua Portuguesa e depois do intervalo realizarão a prova de Matemática. • Os estudantes matriculados no período da tarde realizarão a prova de Matemática e depois do intervalo realizarão a prova de Língua Portuguesa. ATENÇÃO
  • 47. Fonte: Vunesp MATERIAL DE APLICAÇÃO – CADERNOS DE PROVA
  • 48. Ano Quantidade Embalagem, por turma Material de aplicação Material de Devolução 2º e 3º EF (30/11) • Cadernos de Prova de Língua Portuguesa e Matemática: 1 por aluno + 2 reserva, por turma. • Exemplar do professor: 1 por turma. • Formulário de Controle da Aplicação: 1 por turma. • Lista de Presença: 1 por turma. Pacote: Folha de Rosto, Cadernos de Prova de Língua Portuguesa e Matemática, Formulário de Controle de Aplicação e Lista de Presença. 01 pacote plástico para devolução Instrumentos de Avaliação MATERIAL DE APLICAÇÃO
  • 49. Cadernos de Provas: Língua Portuguesa e Matemática – 42 cadernos INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Fonte: Vunesp
  • 50. • Formulário de Controle da Aplicação; • Lista de Presença. INSTRUMENTOS DE CONTROLE
  • 51. Os Cadernos de Prova reservas deverão ser utilizados quando o número de estudantes exceder o quantitativo previsto na turma; Data-base utilizada: Agosto de 2021 ATENÇÃO
  • 52. • Preencher cadastro no Sistema Integrado do SARESP – SIS; • Participar de reunião de orientação promovida pelo Diretor da escola; • Estudar cuidadosamente os procedimentos para aplicação das provas, contidos no Manual do Aplicador. ATRIBUIÇÕES PRÉVIAS DO APLICADOR
  • 53. • Comparecer à escola com antecedência do horário agendado e com o Manual do Aplicador; • Assinar o Termo de Compromisso e Sigilo do Aplicador entregue pelo Diretor da escola; • Participar de reunião com o Diretor e com o Fiscal para retomada dos procedimentos básicos da aplicação. ATRIBUIÇÕES NA DATA DE APLICAÇÃO DA PROVA
  • 54. • Receber, do Diretor da escola, os materiais de aplicação da prova. • Conferir se os pacotes contendo os materiais de aplicação estão lacrados e devidamente identificados. • Seguir as orientações do Manual do Aplicador para garantir a uniformidade da aplicação.
  • 55. • Zelar pela segurança e sigilo dos cadernos de prova. • Permanecer na unidade escolar durante todo o período da respectiva turma de aplicação. • Manter na sala, a partir do início da prova, a presença exclusiva dos estudantes da turma avaliada, salvo nos casos de estudantes elegíveis aos serviços da educação especial.
  • 56. • Preencher Formulário de Controle da Aplicação; • Conferir, organizar e entregar o material de aplicação ao Diretor da escola.
  • 57. • Iniciar a aplicação com as duas questões de resposta construída. • Seguir as instruções do Exemplar da Prova do Professor. • Ler o enunciado que descreve a atividade pausadamente, sem entonação e sem enfatizar nenhuma palavra dando tempo para os alunos realizarem as marcações de suas respostas no Caderno de Prova. APLICAÇÃO DA PROVA – ETAPA 1
  • 58. • Respeitar o tempo máximo de 30 minutos para a realização desta etapa da prova. Atenção: Os estudantes deverão ler sozinhos e responder às perguntas. • Os que disserem que não conseguem ler sozinhos não devem realizar esta etapa da prova.
  • 59. Em seguida, iniciar a aplicação das questões de múltipla escolha. Atenção: Informar aos estudantes que as próximas questões apresentam quatro alternativas de resposta, mas apenas uma é correta e que eles deverão pintar um único quadradinho na alternativa correta.
  • 60. • Terminado o tempo da Etapa 1, dar 15 minutos de intervalo para os estudantes, pedindo que deixem o Caderno de Prova fechado sobre a mesa enquanto se encaminham ao banheiro/ bebedouro e retornem, em seguida.
  • 61. • Terminado o tempo do intervalo, os estudantes devem retornar para a sala de aula. Assim que todos estiverem acomodados, dar início a aplicação – Etapa 2 - com as duas questões de resposta construída. • Seguir como roteiro da Etapa 1.
  • 62. • Organizar o material na seguinte ordem: 1. Cadernos de Prova não utilizados; 2. Cadernos de Prova utilizados; 3. Exemplar da Prova do Professor; 4. Formulário de Controle de Aplicação; 5. Lista de Presença e 6. Folha de Rosto. APÓS O TÉRMINO DAS PROVAS
  • 63. • Acomodar o material no pacote plástico para devolução, na ordem em que foi organizado (Folha de Rosto por cima do lote). • Lacrar o pacote, na sala de aplicação. • Entregar o pacote ao Diretor.
  • 64. SARESP 2022 Uso do Sistema Integrado SARESP – SIS pelos Coordenadores de Avaliação
  • 65. Como já é sabido, separamos as funções cadastrais e operacionais. Sendo assim, temos funções cadastrais no Portal do Colaborador e operacionais no SIS. O Portal do Colaborador é acessado pelo endereço: http://colaborador.vunesp.com.br O SIS é acessado pelo endereço: http://sis.vunesp.com.br
  • 66. • Manter Cadastro Atualizado. • Indicar Corresponsável, Apoio Regional e Diretores de Escola. • Alocar os Aplicadores. • Acompanhar os Relatórios Gerenciais. • Responder ao Questionário sobre a Realização do SARESP.
  • 67. Indicar Apoios, Diretores e Corresponsáveis Indicação
  • 71. Acompanhar os Relatórios Gerenciais Diretores Cadastrados
  • 72. Acompanhar os Relatórios Gerenciais Efetivação de Participação
  • 73. Responder o Questionário sobre a realização do SARESP Salvar
  • 74. SARESP 2022 Uso do Sistema Integrado SARESP – SIS pelos Diretores de Escolas
  • 75. Como já é sabido, separamos as funções cadastrais e operacionais. Sendo assim, temos funções cadastrais no Portal do Colaborador e operacionais no SIS. O Portal do Colaborador é acessado pelo endereço: http://colaborador.vunesp.com.br O SIS é acessado pelo endereço: http://sis.vunesp.com.br CADASTRAMENTO E ACESSO AO SIS
  • 76. • Manter Cadastro Atualizado. • Indicar os seus Professores. • Consultar a Lista de Aplicadores já Cadastrados. • Consultar a Alocação dos meus Professores. • Consultar a Alocação de Aplicadores e Fiscais na minha Escola. • Responder ao Questionário de Acompanhamento da Aplicação. • Atestar a Participação de Aplicadores e Fiscais. ATRIBUIÇÕES DO DIRETOR NA UTILIZAÇÃO DO SIS
  • 80. Alunos previstos na Minha Escola
  • 82. Manutenção na alocação dos aplicadores
  • 84. Atestar e Efetivar a Participação
  • 85. Disque SARESP – (11) 3874-6300/ infosaresp@vunesp.com.br CENTRAL DE ATENDIMENTO