Projeto comunicação integrada Facom 2010

421 visualizações

Publicada em

Projeto de comunicação integrada da Faculdade de Comunicação da UFPA, trabalho elaborado por estudantes do curso de Comunicação Social - Jornalismo (UFPA) em 2010 durante as atividades do laboratório de Comunicação Institucional. Projeto premiado no prêmio Expocom em 2011.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
421
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto comunicação integrada Facom 2010

  1. 1. Belém, Pará Abril, 2010 Laboratório de Comunicação Institucional Orientação Profa. Msc. Rosane M. A. Steinbrenner Projeto Gráfico e Diagramação Raphael Pacheco Equipe de Elaboração
  2. 2. Laboratório de Comunicação Institucional Banca Avaliadora
  3. 3. “Este projeto, em sua versão final, é a melhor prova de que diversidade e democracia juntas só fazem o que é bom ficar melhor. Ele é o resultado da integração de três ante-projetos elaborados e apresentados pelos alunos da turma de Jornalismo 2007 ao final da primeira etapa do Laboratório de Comunicação Institucional, atividade curricular obrigatória do sétimo período do curso. Não foi possível escolher “o” vencedor, pois todos eram trabalhos de excelência em diferentes aspectos. Por isso, a banca, formada por representantes de alunos, funcionários e professores, ou seja, os próprios clientes deste caso de planejamento, decidiu por bem devolver a bola à turma para que juntos pudessem discutir e aprender com os acertos e vacilos uns dos outros, mas também entender que soluções criativas em disputa ética podem ser complementares”. Rosane M. A. Steinbrenner Profª do Módulo de Teoria e Projeto Coord. do Lab. Com. Institucional 1
  4. 4. ORGANIZANDO AS IDÉIAS 2
  5. 5. COMO TUDO COMEÇOU... Este projeto foi pensado com o objetivo de entender o cenário comunicacional da Faculdade de Comunicação (FACOM) da Universidade Federal do Pará (UFPA) e, a partir das informações levantadas, propor ações que promovam principalmente a fluidez na comunicação interna e a visibilidade da instituição para o público interno e externo. A elaboração deste foi feita durante o primeiro módulo da disciplina Laboratório de Comunicação Institucional, ministrada pela professora Rosane Steinbrenner e conduzida pelos alunos do curso de Comunicação Social – habilitação Jornalismo da UFPA, que ingressaram no ano de 2007. As informações utilizadas para a construção desse documento baseiam-se em documentos institucionais e em consultas feitas aos alunos, professores e técnico-administrativos, realizadas por meio de questionários e entrevistas diretas. A pesquisa também incluiu a coleta de informações sobre os organismos que fazem parte de FACOM, como a Academia Amazônia, a Rádio Web, a Oficina de Criação e o recém aprovado Programa de Pós – Graduação. Este projeto apresenta, dessa forma, a composição e as características centrais da história e trajetória da FACOM, o diagnóstico do cenário comunicacional interno e externo à faculdade, os objetivos estratégicos e as propostas de ação comunicativa. No entanto, o projeto se propõe ir além da finalidade técnica: pretende ser reflexivo sobre o posicionamento estratégico da Faculdade e atrair a atenção de seus públicos, interno e externo, sendo este primeiro o principal alvo deste Projeto. Ele pretende, ainda, fazer um “raio-x” atual da comunicação na FACOM, apontando os pontos positivos e negativos da comunicação interna e externa e, por fim, apresentar sugestões de melhoria. 3
  6. 6. PORQUE A FACOM PRECISA DE UM PROJETO DE COMUNICAÇÃO? Justificativa Uma série de acontecimentos marcam um novo tempo na Faculdade de Comunicação: -Aaprovação da Pós-Graduação “Comunicação, Cultura eAmazônia”; -Areformulação do Plano Político Pedagógico (que inclui a nova grade curricular); e -Acomemoração do 35 anos no Curso de Comunicação, que foi pioneiro na região. Esses fatos potencializam a necessidade de criar estratégias que estabeleçam um vínculo maior da FACOM com a comunidade acadêmica e a sociedade em geral. Por isso, o projeto vem como forma de otimizar os canais de comunicação já existentes na Faculdade, além da sugestão de outras medidas, para que a FACOM esteja a altura dos seus novos desafios decorrentes dos últimos acontecimentos. Esse projeto pretende, fundamentalmente, fortalecer o diálogo na Faculdade, visando maior integração entre os seus públicos internos e transparência. 4
  7. 7. A FACOM é uma instituição de ensino, pesquisa e extensão de Comunicação pertencente à Universidade Federal do Pará. O curso de Comunicação Social da UFPA foi durante 15 anos o único pólo formador de profissionais no estado do Pará, sendo inclusive o primeiro a oferecer a graduação em Publicidade e Propaganda. Antes de se tornar Faculdade de Comunicação (FACOM), o Departamento de Comunicação (DECOM), esteve, durante seus primeiros vinte anos de atividades, subordinado ao Departamento de Artes e Comunicação, atualmente faz parte do Instituto de Letras e Comunicação. Voltada para a formação de profissionais em nível de excelência, com perfil crítico e reflexivo, a FACOM iniciou sua história em 1976, ano em que foi criado o curso, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) apenas em fevereiro de 1981. Inicialmente, as habilitações formavam uma única graduação, porém, com o estabelecimento de um novo currículo para a área, em 2002, as habilitações foram separadas, constituindo dois cursos de graduação, na tentativa de afinar e potencializar a produção teórico-prática em Comunicação. Hoje, a FACOM oferece curso de Graduação, com duração de quatro anos, em duas habilitações: Jornalismo e Publicidade e Propaganda. Além disso, a Faculdade busca desenvolver projetos de pesquisa e de extensão voltados à reflexão e a produção de conhecimento sobre os fenômenos da comunicação na região amazônica e, nos últimos anos, nota-se uma crescente demanda pelo curso, que figura entre os mais concorridos do vestibular. Dessa forma, em termos de público externo da FACOM, pode-se incluir os interessados em entrar no curso, pesquisadores da área de Comunicação, jornalistas, publicitários e outras pessoas da área. Já internamente, seus públicos são os próprios atores internos, que serão listados a seguir. A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO O que é? 5
  8. 8. Quais os seus públicos? PúblicoInterno: Docentes, discentes e técnico-administrativos; PúblicoExternoI: Outras Faculdades e unidades (incluindo os seus integrantes) da UFPA; Público Externo II: Instituições de ensino e pesquisa; meios de comunicação a nível regional e nacional; profissionais e estudantes de Comunicação e áreas afins; estudantes pré-universitários. 6 A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO
  9. 9. Quem faz a FACOM? Atualmente,a FACOM é formada por: Docentes 24 professores, sendo 20 efetivos e 04 substitutos. Em nível de qualificação o quadro é formado por: 05 especialistas, 03 mestres, 05 doutorandos, 10 doutores e 01 pós-doutorando. É importante lembrar que parte dos docentes está afastada do quadro por motivos diversos, mesmos assim, o quadro docente de qualidade possibilita uma ampla formação teórica, única dentro dos cursos de comunicação do Pará. Discentes Cerca de 200 alunos, divididos em 04 turmas, identificadas a partir do ano de entrada. Dentre os 50 de cada ano, 30 são de Jornalismo e 20 de Publicidade e Propaganda. Os alunos possuem disciplinas comuns às duas habilitações ao longo do curso. Atualmente, este público se destaca pelo aumento quantitativo e qualitativo na participação em Congressos e Encontros da área, além da participação e êxito em premiações. Servidores 05 técnicos administrativos que atuam de acordo com as demandas da Faculdade, sendo uma secretária, um responsável pela Sala de Leitura, um editor de vídeo, um editor de áudio e um responsável pelos Laboratórios e recursos didáticos. 7 A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO
  10. 10. 8 Quais as suas unidades? A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO AcademiaAmazônia Projeto voltado à divulgação científica e cultural da Amazônia, através principalmente da linguagem audiovisual, integrando pesquisa, ensino e extensão. Ainda hoje, possui um dos maiores acervos imagéticos da região, incluindo documentários sobre ciência, tecnologia, cultura, meio ambiente e vídeos didáticos. Tem, ainda, o objetivo de fomentar a produção de conhecimento científico dentro da universidade permitindo que o trabalho desenvolvido por diversos pesquisadores tenha visibilidade interna e externa, valorizando assim, a ciência naAmazônia. Assim, aAcademiaAmazônia busca traduzir o conhecimento científico e tecnológico produzido nos meios acadêmicos e instituições de pesquisa daAmazônia para o grande público, caracterizando-se ainda pela difusão e discussão de temas ligados à cultura e ao meio ambiente da região. Atualmente, o Academia Amazônia desenvolve cerca de 30 projetos e conta com 01 docente na coordenação, 16 colaboradores, sendo 05 servidores da FADESP, 01 servidor da FACOM, 01 aluno de mestrado, 02 bolsistas de iniciação científica, 04 bolsistas PROAD, 02 voluntários e 01 estagiária na área de secretariado. Público Externo
  11. 11. 9 A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO OficinadeCriação Projeto voltado para a formação dos alunos de Publicidade e Propaganda da FACOM. A Oficina desenvolve trabalhos na área de design gráfico, diagramação e editoração, além de criar e produzir material publicitário na área de comunicação institucional e estimular a pesquisa e a criação. A Oficina atua como um complemento na formação dos alunos, especialmente, relacionada à prática da atividade publicitária, desenvolvendo e aprimorando habilidades, como a criação publicitária e o atendimento ao cliente. A equipe de trabalho é formada, hoje, por 8 bolsistas, 2 profissionais e 2 professores; e é coordenada pelas professoras Ana Petruccelli e Lívia Barbosa. No futuro, pretende-se transformar o projeto em uma Agência de Comunicação, na qual as duas habilitações do curso trabalhariam de forma integrada. PúblicoInterno:Basicamente demandas da Universidade e de suas unidades, com destaque para a Faculdade de Comunicação. PúblicoExterno: Diversos de busca espontânea e atendidos de acordo com a disponibilidade na agenda. Quais as suas unidades?
  12. 12. 10 A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO RádioWebUFPA Iniciado em janeiro de 2009, o projeto é resultado do Grupo de Estudo coordenado pela professora Luciana Miranda, “Universidade no ar: ensino, pesquisa e extensão com as ondas do rádio”. O objetivo é ser uma rádio universitária que dialoga com outros espaços da Universidade e tenta socializar o conhecimento científico na instituição, oferta aos alunos a vivência da prática radiofônica, com liberdade de experimentação. Por alguns meses, as atividades desenvolvidas na rádio eram baseadas no trabalho voluntário de alunos e profissionais. Hoje, o projeto é coordenado pela professora Luciana Miranda, e conta com 10 colaboradores permanentes, sendo 06 estagiários de Comunicação e 01 de Informática, 02 jornalistas e 01 editor de áudio. Entre os planos da rádio está a construção de “banco de dados”, com suporte na web. PúblicoInterno: Prioritariamente os alunos, professores e servidores da UFPA. PúblicoExterno: Todos os públicos com interesse em ciência e educação, vinculados ou não à instituição. Quais as suas unidades?
  13. 13. 11 MestradoemComunicação,CulturaeAmazônia O projeto de pós-graduação stricto sensu da FACOM, recém aprovado em março de 2010, apresenta duas linhas de pesquisa: “Comunicação, Cultura e Amazônia” e “Estratégias de Comunicação na Amazônia”. Como curso de Pós-Graduação, pretende formar pesquisadores habilitados em atuar, preferencialmente, na região amazônica, mas também em qualquer outro lugar, com uma melhor compreensão dos processos sociais, ambientais e culturais característicos da região, e em sua relação com a comunicação. A partir do mestrado, a Faculdade pretende se articular interna e externamente, aumentar os investimentos e ampliar representatividade da área no campo da pesquisa científica. É importante que, desde já, a coordenação da pós verifique as estratégias de comunicação para atender às demandas do curso e ainda a articulação entre seus públicos, interno e externo. Quais as suas unidades? A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO
  14. 14. 12 CACO SaladeLeitura O Centro Acadêmico de Comunicação Social é a instância representativa dos alunos da FACOM. Criado em 1979, pela Prof. MSc Rosaly Brito, atual professora do curso, tem por objetivo promover o debate e a resolução de questões políticas, culturais e acadêmicas, visando melhorias e qualidade no ensino público, lazer e maior aprendizado dos estudantes. Atualmente, o CACO está sob a gestão Mover Moinhos que se fez presente em vários encontros estudantis (Encontro Regional e Nacional de Estudantes de Comunicação - Erecom e Enecom, e Congresso Brasileiro de Estudantes de Comunicação Social - Cobrecos). Público: Alunos da FACOM. Público Externo: Alunos da UFPA e outras instituições, de outros Centros Acadêmicos, bem como professores e servidores da Faculdade de Comunicação. Espaço de arquivamento e consulta de bibliografia na área de comunicação e da produção científica dos alunos e professores da Faculdade, com destaque para os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs). Público: Apesar de não haver um uso efetivo desse espaço, define- -se como público os alunos (graduação e pós-graduação) e professores da FACOM, já que o espaço deve ser utilizado para estudo e promoção do conhecimento, através de leituras e produção científica, sobretudo, pelos discentes. Quais as suas unidades? A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO
  15. 15. 13 Para entender a FACOM Antes de abordar como se dá a comunicação dentro da Faculdade, é fundamental refletir sobre o cenário em que a mesma está inserida, no caso a UFPA. Além de ser a maior universidade do Brasil em número de alunos, a UFPA desponta como uma das principais instituições de ensino, pesquisa e extensão do Norte do país. Inserida no contexto amazônico, qualquer movimento de compreensão da Faculdade exige a ampliação do olhar na tentativa de visualizar em maior grau a realidade da região, considerada estratégica para a sociedade mundial. Assim, mais que entender o processo comunicativo na FACOM, é preciso apreender de que forma as trocas, sobretudo simbólicas, que se dão internamente, se relacionam com os diversos cenários que se constroem e se reconstroem no âmbito externo ao curso. A partir dessa compreensão, buscamos informações mais detalhadas e completas sobre a Faculdade e os seus integrantes, a fim de analisar o cenário comunicacional da FACOM interrelacionando a sua importância, imagem, objetivos e perspectivas. A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO
  16. 16. 14 Busca pela Informação Para atingir esse objetivo, foi criado um Plano de Ações para a construção de um diagnóstico sobre o processo comunicativo interno e externo à Faculdade. Em duas semanas, foram desenvolvidas, de forma simultânea, as seguintes atividades: - Levantamento documental e reunião de informações atualizadas dos docentes, para tentar identificar as características da produção científica do curso, e dados sobre o trabalho dos organismos que compõem a FACOM. - Entrevistas semi-estruturadas com a coordenação do curso, professores coordenadores de projetos da Faculdade e servidores. - Pesquisa qualitativa a partir de questionário, para verificar a visão e as expectativas dos alunos. Nesta sondagem, reuniu-se uma pequena amostra de perfis pré-selecionados, sendo dezoito alunos de cada turma do curso - dez de jornalismo e oito de publicidade. No total, foram respondidos 74 questionários, incluindo os alunos que não seguem o período regular do curso. - Também foram feitas entrevistas abertas com quatros egressos do curso – dois jornalistas e dois publicitários -, e uma com um profissional que atua em cargo de chefia em um veículo de comunicação de grande alcance da cidade de Belém (PA). Essas entrevistas tinham o intuito de levantar a percepção do mercado em relação à qualidade dos profissionais formados pela FACOM. A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO
  17. 17. 15 O ponto de partida Após esse levantamento, foram feitas leituras sistemáticas do material reunido, compilação informal das entrevistas e questionários e a construção do diagnóstico. O objetivo dessas medidas foi verificar os discursos dos atores que compõem a FACOM, o público (interno e externo) e a forma como se dá o processo comunicativo na unidade. Nesse processo, sentiu-se a necessidade de formular, a partir do levantamento documental, a missão, a visão e os valores da FACOM, na tentativa de visualizar e facilitar o entendimento do que a faculdade é e faz, além de servir como nosso ponto de partida para o plano de ações. Definiu-se, então, a partir da leitura de documentos da faculdade e das entrevistas com o corpo docente, técnico, alunos e coordenação os seguintes itens: Missão: Gerar, difundir e aplicar o conhecimento em ensino, pesquisa e extensão em Comunicação, contribuindo para a formação de profissionais que compreendam de forma ampla e crítica as dinâmicas comunicacionais da sociedade contemporânea e suas relações com os processos sociais, econômicos e políticos que as originam. Visão: A comunicação busca contribuir para o desenvolvimento regional através do fortalecimento do campo da comunicação como campo científico, a fim de potencializar as ações integradas (teórico-práticas) para permitir uma atuação profissional norteada por parâmetros éticos, resguardando sempre o caráter social da informação, o combate a constrangimentos e práticas de censura e autocensura que impeçam a sua livre circulação. Valores: Universalidade; Compromisso; Competência; Integração; Pluralidade; Diversidade; Dinamismo; Criatividade. A FACULDADE DE COMUNICAÇÃO
  18. 18. 16 DIAGNÓSTICO: CENÁRIO COMUNICACIONAL A partir, então, de documentos, entrevistas, questionários e estabelecimento do nosso ponto de partida – acima citados – delimitamos o cenário comunicacional, práticas e dificuldades da Faculdade de Comunicação. CenárioInterno A informação é divulgada, principalmente, por intermédio dos “quadros de aviso” e do “boca a boca”. Há, ainda, a realização de reuniões presenciais, de forma isolada pelos diferentes públicos. O encontro dos professores acontece durante as reuniões de um Grupo de Trabalho (GT), que é realizado todas as quartas-feiras. Este representa um espaço de convivência para os professores. Acomunicação entre professores e alunos se dá de forma tranqüila e essa interação é vista pelos alunos como um dos pontos positivos da FACOM, assim como o potencial acadêmico e a vontade de melhorar e as disciplinas. Acomunicação entre os alunos tem como principal meio o grupo de e-mails do curso, que reúne discentes de todos os anos. Este é eficaz na divulgação de oportunidades de estágio, concursos e bolsas, e do CACO. Há também uma reunião semanal, promovida pelo Centro Acadêmico, às segundas-feiras, 18 horas, no espaço físico do CACO.Além disso, o Centro utiliza seu blog. Entre os servidores, a comunicação também se dá por e-mails, além de telefonemas durante o horário de trabalho. De acordo com um dos servidores entrevistados, há ainda, uma vez por mês uma reunião que envolve representantes de todos os atores do instituto, entretanto, o mesmo não sabe informar quem é o representante deste grupo nesse encontro – o que torna evidente uma incoerência nos discursos.
  19. 19. DIAGNÓSTICO: CENÁRIO COMUNICACIONAL 17 Apesar da larga utilização de grupos de e-mails pelos alunos, servidores e professores da FACOM foi apontado pela atual coordenação do curso que a informação veiculada por meio desse tipo de tecnologia não é considerada confiável e segura, o que gera freqüentes “ruídos na comunicação”. Em relação ao contato do corpo docente com os servidores, a opinião da maioria é de que a comunicação é precária. As reclamações vão desde o horário a ser respeitado por ambos até o entendimento do papel e da importância desses setores para a universidade. É importante que se diga, que apesar da força dessa afirmação, esta não foi opinião comum a todos os entrevistados. Os projetos considerados de extensão desenvolvidos pela FACOM, como os grupos de estudo e pesquisa são inexpressivos, não envolvem os estudantes de maneira abrangente e não compartilham com a sociedade, de maneira satisfatória, o conhecimento produzido na UFPA. A partir das entrevistas, observou-se ainda que não há uma articulação efetiva entre os projetos e grupos de estudos em andamento. O contato é esporádico e se dá a partir de demandas específicas. Dessa forma, há situações de total desconhecimento sobre o trabalho desenvolvido pelos projetos, e pelos próprios organismos que compõem a FACOM. Essa deficiência é apontada pela atual coordenação como resultado da ausência de comunicação interna, no que os alunos do curso concordam. Além disso, há pouca ou nenhuma visibilidade dos projetos e grupos de pesquisa. Dessa forma, de imediato aponta-se a necessidade de ampliar o acesso à área da pesquisa, sobretudo, entre os alunos, já que em alguns projetos, apenas os professores estão envolvidos ou a participação dos graduandos é restrita. Dessa forma, constatou-se que a comunicação interna é o eixo mais comprometido do processo comunicacional da FACOM, pois essa comunicação ainda segue a chamada “lógica do corredor”, expressão que faz alusão ao espaço físico que a Faculdade ocupa. Dificuldades Cenário Interno
  20. 20. 18 RádioWeb Atualmente a Rádio não conta com recursos próprios e depende diretamente da estrutura da FACOM. Sua estrutura, física e de quadro profissional, é mínima, o que a torna menos dinâmica. Para divulgar a rádio, foram produzidos materiais como outdoors, frontlights e busdoors, mas esses mecanismos não tiveram o resultado esperado já que a Rádio Web tem pouca visibilidade, e a maioria das pessoas desconhece ou não consegue acessar aos conteúdos, o que também indica problemas na plataforma na qual ela está instalada. No entanto, quem conhece a Rádio elogia seu conteúdo e programação. Quem ouve a rádio web a classifica como um veículo de comunicação único na região, com produtos diferenciados, que atuam não apenas para informar, mas também para formar os seus ouvintes. O projeto de pesquisa que deu origem a rádio foi premiado como melhor projeto de ciências humanas, no PROINT em 2009. Este ano, a rádio se propõe, além de divulgar as ações da universidade, a produzir programas com um foco mais abrangente para atender a demandas de públicos diversos, especialmente os atores envolvidos na formação da Universidade, como docentes e discentes OficinadeCriação A Oficina é vista por muitos órgãos que solicitam seus serviços, como um órgão subordinado, que por fazer parte da Universidade, teria como obrigação atender todas as demandas que lhes são solicitadas. Seus clientes, especialmente os internos, exigem a prestação de diversos serviços sem compreender a dinâmica e a estrutura da Oficina de Criação, e que ela existe para o aprendizado dos alunos, e não como uma agência que objetiva o lucro. Hoje a divulgação do que é feito na Oficina acontece no chamado “boca-a-boca”, de cliente para cliente, já que esta não possui estrutura suficiente para atender a um número maior de demandas.Os produtos desenvolvidos pela oficina são de grande qualidade, e é esta qualidade que gera uma fidelização de seus clientes. Desta forma quem é atendido pela Oficina acaba figurando entre os maiores divulgadores de seu trabalho. Sobre as unidades da FACOM Cenário Interno DIAGNÓSTICO: CENÁRIO COMUNICACIONAL
  21. 21. 19 Um dos objetivos da Oficina de Criação é funcionar como uma agência de comunicação, por isso há a intenção de abranger também a área do Jornalismo. A idéia é de fato um projeto de comunicação institucional, no qual Publicidade e Jornalismo exerçam a comunicação de forma prática e integrada.Aagência será um amplo espaço de formação profissional permitindo ao aluno, desde o início da vida acadêmica, o desenvolvimento de atividades de comunicação integrada. AcademiaAmazônia A Academia tem problemas com o espaço físico, a estrutura é inadequada, com equipamentos defasados e falta de espaço. Falta pessoal para executar as demandas recebidas pela academia e a maioria dos projetos está sob a responsabilidade de uma única pessoa. Os produtos desenvolvidos pela academia são reconhecidos pelos seus clientes pela qualidade que apresentam, além de serem produzidos gratuitamente quando estão relacionados à divulgação da ciência produzida pela UFPA. Alguns desses produtos são divulgados no Portal da UFPAou no site do projeto CIECz - Ciência e Comunicação naAmazônia, mantido pela unidade. A Academia pretende ser um laboratório multimídia de excelência, permitindo o crescimento da produção audiovisual dentro da Universidade. SITECOM Ainda em construção, o site da faculdade de comunicação terá um papel estratégico, por se tratar de um veículo do ciberespaço, acaba por convergir várias informações de diversas mídias o que ajuda na integração da comunicação. Quando colocado no ar terá como principais públicos: funcionários, professores e alunos da FACOM e o público interno da UFPA. Sobre as unidades da FACOM Cenário Interno DIAGNÓSTICO: CENÁRIO COMUNICACIONAL
  22. 22. 20 Na UFPA, a comunicação é considerada estratégica e por isso, deve ser prioridade em todos os setores da instituição. O discurso, porém, não condiz com as carências enfrentadas pela FACOM, em nível de recursos humanos e infraestrutura. A visão utilitária e técnica que se tem da área reflete na imagem da Faculdade. Isto é resultado ainda da trajetória do campo da comunicação na instituição, pouco reconhecido na área da pesquisa. Essa imagem, no entanto, entra em conflito com as opiniões dos professores e alunos do curso, que concordam na existência de um perfil teórico do curso, que deve ser encarado positivamente. Fora da UFPA, percebe-se que o cenário é ainda mais problemático. A Faculdade possui pouca visibilidade. Isso pôde ser observado nas entrevistas realizadas com os alunos do curso. Mais de 90% dos alunos não conheciam o trabalho da FACOM antes de entrar na UFPA. Os que conheciam, tinham a visão de uma Faculdade fragilizada. Sobre a imagem atual, os entrevistados consideram que a Faculdade tem um grande potencial de melhora, mas devido à desorganização interna não consegue alcançar os seus objetivos – opinião essa também recorrente nos ex-alunos entrevistados. Critica-se ainda à falta de estrutura física, o que converge com as opiniões do corpo docente e técnico. Há, ainda alunos que afirmam não ter uma imagem da FACOM hoje. Para a coordenação, a visão que a FACOM possui fora da Universidade ainda é “protegida” pela força da marca “UFPA”, que a despeito dos problemas apontados, ainda é referência em produção de conhecimento na região. Por outro lado, existe um olhar negativo ligado à visão da grande mídia, que baseada na lógica do mercado, dá visibilidade a questões como a falta de professores, condições precárias de laboratórios, etc. Os alunos apresentam uma visão heterogênea em relação à imagem interna e externa da Faculdade. Alguns acreditam que ela tem uma excelente imagem externa, enquanto outros consideram-na desconhecida. Para eles, dentro do campus da UFPA, a Faculdade só é conhecida pelos próprios alunos, e mesmo assim os produtos feitos pelo curso não são conhecidos nem pelos próprios alunos. Cenário Externo DIAGNÓSTICO: CENÁRIO COMUNICACIONAL
  23. 23. Causa dos “ruídos” e falta de comunicação Cenário Externo 21 A Faculdade apresenta problemas administrativos como a falta de autonomia junto à direção do Instituto, que inviabilizam a comunicação. Segundo a coordenação, a “deficiência não é financeira, mas política”. Além desses, a incompatibilidade de agenda foi apontada como a grande causa para a falta de comunicação e integração entre os professores. Mesmo assim, houveram opiniões divergentes entre os docentes, apontando que a comunicação se dá de forma satisfatória. Entre os servidores, há uma unidade no discurso sobre o papel e o trabalho deles e dos alunos na FACOM. Porém essa visão não converge com a opinião de alguns professores, da coordenação do curso ou dos estudantes. Dessa forma, há uma divergência nos discursos dos “fazedores” da FACOM. DIAGNÓSTICO: CENÁRIO COMUNICACIONAL
  24. 24. O que tiramos de tudo isso? 22 O resultado da pesquisa realizada mostra uma imagem da FACOM defasada e reduzida em torno de sua estrutura, além do desconhecimento de seu potencial estratégico perante a universidade. No entanto, o cenário atual oferece novas oportunidades de mudanças. Uma delas é a implantação da Pós-Graduação “Comunicação, Cultura e Amazônia”, que além de demandar ações de comunicação específicas, poderá valorizar a Faculdade e seu principal produto: o curso de graduação. Outro ponto a ser explorado é a valorização de uma política para as pesquisas já existentes, o que deve ser percebido como fator fundamental para a integração do ensino e da extensão, além de ordenador das relações internas e externas da FACOM. Seu diferencial deve estar no fomento ao pensamento crítico sobre as práticas de mercado, que tenha a tecnologia não como uma condição de qualidade, mas um elemento imprescindível para a materialização da inteligência criativa. A Faculdade vive um processo de reorganização interna, a partir da futura ascensão de novos gestores e a da própria renovação e qualificação do quadro docente. Devemos lembrar ainda que figuram no cenário da Faculdade a renovação das diretrizes curriculares do ensino em jornalismo, o movimento que visa à divisão do curso de Comunicação e a própria queda da obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão de jornalista. É preciso ainda observar cenários institucionais que já apresentam possibilidade de diálogo e parcerias para a Faculdade, como o Projeto UFPA 2.0 e a criação da graduação em “Cinema e Artes Visuais” na Universidade Federal do Pará. Sendo assim, as atividades da FACOM devem ser orientadas por modelos de comunicação plural, horizontal, inclusiva, ética e integrada. DIAGNÓSTICO: CENÁRIO COMUNICACIONAL
  25. 25. O que fazer para melhorar? 23 As ações deste projeto se propõem a superar ou, pelo menos, reduzir os problemas de comunicação interna identificados, sem esquecer da criação de uma imagem externa sólida para a FACOM. Dessa forma, essas ações possuem como objetivos gerais: - Promover a integração, a transparência e o diálogo entre os diferentes públicos e organismos da FACOM e; - Fortalecer a imagem da Facom enquanto instituição de ensino de excelência no campo da Comunicação naAmazônia. E como objetivos específicos: - Integrar seu público interno (alunos, professores e servidores) e subunidades, - Consolidar sua marca dentro e fora da UFPA, - Estabelecer estratégias comunicacionais para o público interno, - Publicizar produtos da Faculdade e de suas subunidades, - Tornar o seus serviços mais conhecidos, - Potencializar as ações desenvolvidas por alunos, professores e servidores, - Publicizar trabalhos premiados, - Disponibilizar planos e objetivos da Faculdade, - Otimizar e estimular parcerias, - Potencializar canais de comunicação e criar outros (interna e externamente). - Promover eventos para criar a integração interna. DIAGNÓSTICO: CENÁRIO COMUNICACIONAL
  26. 26. O que fazer para melhorar? 24 Para cada tipo de mídia serão produzidos materiais com o objetivo de servir a divulgação e ao fortalecimento da imagem da Faculdade de Comunicação, mas o projeto também propõe a execução de eventos, que atenderão a demanda por atividades acadêmicas, buscando com isso a integração entre os públicos internos da faculdade e desta com os diversos atores que compõem a UFPA. Serão estabelecidos prioridades e tempos distintos de execução para cada um deles: curto, médio e longo prazo, sendo a maior parte prevista para gerar resultados a curto prazo. Isso se deve à tentativa de produzir o maior número de trabalhos durante os módulos do Laboratório de Comunicação Institucional, que possibilitarão a orientação e a infra-estrutura necessárias ao seu desenvolvimento. Já nas ações a médio e longo prazo, ganham destaque os produtos pensados para os 35 anos da Faculdade, entre outras campanhas e eventos, que deverão ser desenvolvidos por uma Assessoria de Comunicação da FACOM, com funcionamento previsto a partir do segundo semestre de 2010 como um projeto de extensão permanente da faculdade e integrado ao seu projeto pedagógico curricular. DIAGNÓSTICO: CENÁRIO COMUNICACIONAL
  27. 27. AÇÕES E PRODUTOS DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL 25 CurtoPrazo Spot Institucional FACOM Propõe-se a elaboração de um spot institucional sobre a FACOM, resumindo suas principais ações e resultados. O objetivo seria fortalecer a imagem da Faculdade dentro do próprio curso e fora dele. Com duração de 30 segundos e de 1 minuto para ser veiculado nos intervalos das principais atrações da Rádio Web, abordando a importância da comunicação pública da ciência na Amazônia e como a FACOM atua em projetos e na pesquisa para fortalecer esse ramo da comunicação. Spot para cada subunidade (Rádio Web,Academia, Oficina e Sala de Leitura) Para fins de divulgação, a Academia Amazônia, Oficina de Criação e Rádio Web estarão presentes em spots e jingles direcionados para os públicos internos e externos I da FACOM a serem veiculados durantes os intervalos dos programas da Rádio Web. Esses materiais estarão também disponíveis na área daAcademiaAmazônia no site da FACOM como podcasts. Spot Sitecom Para fazer a divulgação do Lançamento do Sitecom, pro¬põe-se um spot sobre o lançamento, para informar e incentivar o público a participar do evento.Aveiculação seria através da Rádio Web UFPA Spot Campanha 35 anos FACOM Essa ferramenta visa divulgar em pouco tempo, de forma dinâmica e criativa os 35 anos da FACOM. Este produto será transmitido diariamente durante o ano de 2011, sendo incluído na grade de programação da Rádio Web UFPA, mas não se restringirá apenas a ela, mas também as outras rádios do Estado, para atingir aos mais diversos públicos. Para isso se pretende firmar parcerias com rádios com freqüência AM e FM para a divulgação do Spot. A criação do Spot será feita pelos alunos do laboratório de comunicação institucional com apoio de professores e alunos de publicidade da UFPA. Módulo Rádio
  28. 28. AÇÕES E PRODUTOS 26 MédioPrazo Radiodocumentário 35 anos FACOM Contar a história da FACOM e refletir sobre seus desafios e campo de conhecimento será o objetivo deste produto, a ser desenvolvido no módulo Rádio do Laboratório de Comunicação Institucional. Sua veiculação será oportuna na Semana dos 35 anos da Faculdade, e atenderá tanto público interno quanto externos. LongoPrazo Programa ao vivo na Rádio Web Observatório da Comunicação: propor à Rádio Web, como parte das comemorações dos 35 anos, a produção de um programa semanal para debater a comunicação na Amazônia e fora dela. O campo midiático - os grandes meios de comunicação e os meio alternativos, a publicidade, as novas tecnologias - sob o olhar crítico de um grupo de especialistas interdisciplinares (comunicação, ciência política, psicologia...) - um corpo permanente + convidados . A produção do programa poderia contar com o apoio da ASCOM da FACOM a ser implantada como projeto de extensão da faculdade. Módulo Rádio
  29. 29. 27 CurtoPrazo E-mail institucional Atualmente, se recebe e-mails da FACOM via e-mail da secretária ou da direção da Faculdade. A criação de um e-mail institucional da UFPA contribuirá para uma identificação e referência quanto à comunicação para com a FACOM via e-mail. Pode-se citar como exemplo bem sucedido, o e-mail institucional do Centro Acadêmico de Comunicação (CACO), que passou a ser fácil e rapidamente incorporado pelo público interno da própria FACOM. Esse e-mail servirá para se comunicar, enviar releases, informações, etc, para os públicos interno e externos. A criação dessa ferramenta será feita gratuitamente via Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) durante o módulo web do Laboratório de Comunicação Institucional. Canal no YouTube As produções audiovisuais dos estudantes, além de entrevistas com os professores, palestras realizadas pela FACOM, poderão ser disponibilizadas para os mais diversos públicos no canal Youtube da FACOM, de forma simples e gratuita. O Canal também será uma forma de tornar mais fácil a publicação destes vídeos no site da faculdade. FACOM 2.0 Por ser uma faculdade de comunicação, a utilização das mídias sociais é fator indispensável. A FACOM 2.0 pretende congregar este tipo de mídias, como o Twitter, além de comunidades em redes sociais, como aliadas na divulgação de nossas atividades. Essas ferramentas pretendem tornar os processos de divulgação das atividades da faculdade rápidos e dinâmicos. Módulo Web AÇÕES E PRODUTOS
  30. 30. 28 CurtoPrazo Informativo on line (newsletter) Formato HTML: página composta de notas informativas com possíveis fotos ou ilustrações. Formato em áudio: Podcast, linguagem simples e direta, com a locução das notas contidas na formato HTML. Propor vinheta inicial, a locução e um Back Ground (BG) característico. Para acessar esse formato, haveria um link no topo da página do informativo, e em cada nota separadamente. OBS: manutenção a médio prazo. Hotsite 35 anos FACOM O hotsite para os 35 anos da FACOM vai ser criado para a divulgação do aniversário da instituição. A ferramenta terá um layout com forte apelo visual, rápido e acessível que trará um resumo da história da faculdade, os profissionais formados na instituição, os prêmios conquistados por estudantes e professores do curso e a programação científico-cultural dos 35 anos. Módulo Web AÇÕES E PRODUTOS
  31. 31. 29 CurtoPrazo “Conhecendo a FACOM” DVD interativo com pequenos vídeos institucionais, produzidos a partir da proposta de vídeo de bolso (máximo 1 minuto), com objetivo de apresentar os espaços e as atividades desenvolvidas pela FACOM de forma alinear, ou seja, o próprio espectador “visitante” (calouro, público interno ou externo) fará seu percurso. Vídeo Institucional O vídeo institucional da faculdade tem como foco a apresentação da FACOM como organismo acadêmico da UFPAe divulgar as suas ações em ensino, pesquisa e extensão. Dessa forma pretende-se alcançar uma vasta e forte fixação da marca FACOM. A duração do vídeo deve variar de 5 a 8 minutos mostrando as ações da FACOM e como funcionam tanto suas atividades de ensino como suas extensões. Depois de produzido deve ser disponibilizado no Sitecom e no Canal da FACOM no Youtube. Minuto da Universidade De veiculação em TV aberta e disponível no Portal da UFPAatendendo os públicos tanto internos quanto externos da Faculdade, um “Minuto da Universidade” sobre a valorização do curso de jornalismo, que teve a queda da obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão, a ética publicitária, entre outros assuntos da área da Comunicação valoriza a atuação da FACOM e será uma excelente vitrine para o conhecimento e valorização do curso. O vídeo será produzido durante o módulo TV do Laboratório de Comunicação Institucional em parceria com aAcademiaAmazônia. Módulo Vídeo AÇÕES E PRODUTOS
  32. 32. 30 MédioPrazo 35 vídeos de bolso do aniversário da FACOM Para os 35 anos da FACOM será produzida uma série de vídeos de um minuto. A idéia é incentivar aqueles que fazem parte da faculdade a mostrarem a FACOM sob a sua ótica. O desafio é falar de “35 anos em um minuto”. Desta forma os vídeos além da criatividade, serão produtos dinâmicos. O conteúdo será variado, desde a história da FACOM, até as mudanças e avanços, e os prêmios conquistados por alunos e professores. CurtoPrazo Guia do Estudante O Guia conterá informações básicas e fixas sobre a Faculdade e a Universidade, que poderão ser úteis ao longo de toda a graduação. O objetivo é que durante eventos como a Semana do Calouro esse material possa ser distribuído. Como a FACOM já tem um material reunido, propõe-se a revisão e atualização do Guia para sua impressão. Seria um livreto com as informações básicas para o estudante, como grade curricular, ética na comunicação, dados dos professores e servidores, resumo dos projetos existentes, mapa dos espaços da FACOM, dentre outras. Para isso, é preciso levantar o material já produzido pela FACOM, atualizá-lo e reorganizá-lo conforme necessidade. A reedição do material só se daria conforme mudanças de informação. Folder Institucional Para tornar a FACOM mais conhecida na UFPA, a idéia é produzir o conteúdo e layout de um folder impresso onde constaria seu histórico, a nova logo da FACOM, sua atuação, seus projetos, sua localização, seus contatos, suas unidades, entres outras informações. O folder ficaria disponível na Coordenação da Faculdade, na sala dos servidores, nas subunidades, e também poderia ser levado para eventos em que a FACOM estivesse representada, como congressos, Feira do Vestibular, Semana do Calouro, etc. O material teria uma linguagem simples e objetiva. Módulo Vídeo Módulo Impresso AÇÕES E PRODUTOS
  33. 33. 31 CurtoPrazo Jornal Mural (lançamento da Campanha dos 35 anos FACOM) Varal de Ideias (concepção) Propõe-se, a curto prazo, a elaboração da concepção do Varal de Ideias, que será um espaço para a livre circulação de idéias e criações dos alunos, professores e funcionários da FACOM. Pretende dar visibilidade ao que é produzido por quem faz parte da FACOM. Não necessariamente produtos desenvolvidos durante as disciplinas, mas ao que é feito e que alunos, professores e funcionários desejem expor, como fotos, poesias, desenhos, etc. O Varal, que será um espaço livre e construído por todos os integrantes da FACOM, ficará em exposição permanente. Os pregadores ficarão no próprio Varal, e quem desejar expor a sua “obra” basta pendurá-la no Varal. Neste primeiro momento será instalado pelos alunos responsáveis pela área de impresso do laboratório de comunicação institucional, que poderão incentivar a participação de outros alunos, expondo seus próprios trabalhos. Release do Edital da Pós; Revista “Trajetória da Comunicação no Pará – 35 anos FACOM UFPA” (concepção) Esta revista, produzida especialmente para a comemoração dos 35 anos da FACOM, deve discutir e documentar a trajetória da comunicação no Estado do Pará, a partir da criação das habilitações de Jornalismo e Publicidade. Os estudantes da disciplina de Comunicação Institucional e os professores que coordenam projetos de pesquisa sobre a história da imprensa e a importância da comunicação no estado, serão os responsáveis por escrever o conteúdo, a Oficina de criação fica responsável pelo layout e impressão. Módulo Impresso AÇÕES E PRODUTOS
  34. 34. 32 MédioPrazo Fortalecimento do Jornal Paraoara A fim de viabilizar a manutenção do jornal, como produto fixo, propõe-se a institucionalização do Paraoara como projeto de extensão da Faculdade, com direito a redação, bolsistas remunerados e garantia de impressão pela Gráfica da UFPA. Propõe-se, portanto, inscrever o projeto do jornal no edital de criação de projetos de extensão da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da UFPA. Assim, seria possível conseguir o suporte de infra-estrutura e recursos humanos para torná-lo periódico. Haveria um espaço no Sitecom em que seria possível acessar a versão do Paraoara em pdf.Além disso, o periódico seria distribuído dentro e fora da Universidade. Sua periodicidade seria mensal. Varal de Ideias Permanente Propõe-se, a médio prazo, a articulação do caráter permanente do Varal de Ideias. Revista “Trajetória da Comunicação no Pará – 35 anos FACOM UFPA” Esta revista, produzida especialmente para a comemoração dos 35 anos da FACOM, deve discutir e documentar a trajetória da comunicação no Estado do Pará, a partir da criação das habilitações de Jornalismo e Publicidade. Os estudantes da disciplina de Comunicação Institucional e os professores que coordenam projetos de pesquisa sobre a história da imprensa e a importância da comunicação no estado, serão os responsáveis por escrever o conteúdo, a Oficina de criação fica responsável pelo layout e impressão. A revista será produto do Laboratório de Jornalismo Impresso, sobre a trajetória do curso e será distribuída durante o credenciamento do evento de 35 anos. Módulo Impresso AÇÕES E PRODUTOS
  35. 35. 33 CurtoPrazo Lançamento do Plano de Comunicação Mostra de Trabalhos de Comunicação (concepção e divulgação) A proposta é tornar pública para toda a Faculdade a produção teórico-prática de seus atores, no período de um semestre. Essa produção seria referente a disciplinas laboratoriais e teóricas, oficinas, cursos diversos e aos projetos de pesquisa e extensão em andamento ou finalizados. Além disso, a ação visa uma maior integração e convívio entre os atores da FACOM. O evento seria ainda um estímulo à cultura científica tão almejada pela Faculdade. Apesar de voltada para o público interno, as atividades seriam abertas. Seria de periodicidade semestral, realizada a cada início de semestre letivo, com os produtos concretizados no período anterior. O evento poderá ser publicizado na Rádio Web UFPA(programas, spots, etc.); no Sitecom (banner, matéria, programação, etc.), assim como no informativo online; cartazes; buscando maior participação de todos os públicos (professores, servidores e alunos) e, depois, mostrando a cobertura do evento. Café com o Professor O Café com o professor, de periodicidade mensal, é um espaço destinado a promover um dialogo aberto entre estudantes e professores, buscando ampliar suas reflexões sobre temas como ciência, política, contemporaneidade etc. Com o objetivo de gerar um espaço para o debate, a discussão de idéias e a integração entre técnico-administrativos, professores e alunos. A cada mês será lançada uma nova temática e um novo professor debaterá o assunto. Divulgação do Sitecom Propõe-se uma articulação para divulgar o novo site da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal do Pará. Estão previstos, para tanto, a elaboração de cartazes e pautas para os veículos de comunicação da UFPA (Rádio Web, Jornal Beira do Rio, Portal UFPA), além de divulgação externa (envio de material/pautas para imprensa local). Eventos AÇÕES E PRODUTOS
  36. 36. 34 CurtoPrazo Varal de ideias no final do Laboratório Lançamento da Campanha 35 anos da FACOM Nesta ocasião, seriam apresentadas as ações antes e durante o ano comemorativo. Tal proposta se justifica pela possibilidade de incentivar produções, concursos e eventos de integração do público interno, e pela oportunidade de registrar coletivamente a memória e história que todos ajudam a construir no cotidiano na Faculdade. Durante o lançamento, será proposta a formação de equipes mistas para coordenar e executar as ações previstas no planejamento, bem como a apresentação de um calendário que estará disponível no site. Médio Prazo Mostra de Trabalhos A médio prazo, propõe-se a execução desta mostra. A primeira comissão organizadora poderia ser formada por sete alunos de 2007. Seria necessária ainda uma comissão avaliadora mista para seleção e organização dos trabalhos de acordo com as salas. Há, também, a opção da turma de “formandos”, ou seja, dos alunos que estão finalizando o curso ficarem responsáveis pela organização do evento. Câmera.Ação - Mostra de Vídeo Universitário A produção audiovisual independente entre os alunos da faculdade é cada vez mais crescente, considerando, especialmente, o aumento da acessibilidade a ferramentas que permitam a criação audiovisual, como câmeras e programas de edição. Pensando nisso e na falta de espaços para que estes trabalhos sejam exibidos este projeto propõe uma mostra de vídeo universitária. O evento seria dividido em categoria para abranger diversos gêneros, bem como incluir, novidades do cenário audiovisual como os vídeos de bolso.AMostra pretende ir além da exibição, cada autor do vídeo teria a oportunidade de apresentar o seu projeto e conversar com o público presente sobre ele, permitindo uma rica troca de experiências no campo do audiovisual. Eventos AÇÕES E PRODUTOS
  37. 37. 35 Semana do Calouro A Semana do Calouro, que ocorrerá no primeiro semestre de 2011, durante aprimeira semana do período letivo, deverá ser organizada pelo CentroAcadêmico de Comunicação Social em parceria com a diretoria da Faculdade de Comunicação, através de encontros periódicos antes do início do período letivo. As ações para a construção da semana vão surgir a partir desse diálogo entre a FACOM e seus alunos. A Semana do calouro terá atividades de mesas-redondas, debates, discussões, programação cultural, oficinas e mini-cursos destinados a apresentação do curso de Comunicação Social para os calouros. A temática central proposta para o próximo ano vai ser os 35 anos da FACOM, envolvendo todos os setores da faculdade num amplo diálogo sobre a importância da comunicação no Pará e naAmazônia. Gincana Propõe-se uma atividade lúdica no formato de gincana, cujo principal objetivo seria proporcionar um momento de descontração em que professores, servidores e alunos tivessem um contato mais pessoal e informal. As provas podem variar desde partidas de futebol até provas referentes a conteúdos da Comunicação. Seriam abertas as inscrições para as equipes, que seriam, obrigatoriamente, formadas por representantes de alunos, servidores e professores. O evento aconteceria no início de cada semestre. Aula Inaugural da Pós A aula inaugural será tanto um momento de apresentação da proposta do mestrado e da grade do curso, como um espaço para a celebração dos 35 anos e evento de integração e conhecimento dos pós-graduandos com os alunos, técnicos e professores da FACOM. Esse evento pretende gerar reconhecimento interno e integração entre os variados públicos que compõem a FACOM e será organizado pela direção da Faculdade de Comunicação. O evento ocorrerá no início de 2011 com a primeira turma do mestrado. Para isso se utilizará o espaço do auditório setorial básico, pois permite a participação de um maior número de pessoas. Eventos AÇÕES E PRODUTOS
  38. 38. Datas Comemorativas Realização de pequenos encontros em datas comemorativas, como: Dia do Professor, Dia do Servidor Público, Dia do Estudante, Dia do Jornalista, Dia do Publicitário e Dia Mundial das Comunicações Sociais. Datas como geradoras de pautas e produtos comunicativos. Exposição Fotográfica A exposição fotográfica vai reunir um acervo de fotografias de profissionais formados pela FACOM, para marcar o lançamento das comemorações dos 35 anos. Será um espaço para exibir o que foi realizado ao longo dos 35 anos do curso as produções feitas na FACOM em todas as mídias: vídeos, programas de rádio e TV, jornais-experimentais, campanhas publicitárias, Spots, jingles e fotografias, com depoimentos impressos de profissionais oriundos da FACOM. Eventos 36 Mailing FACOM O mailing inteligente é uma das principais ferramentas de comunicação da Facom. Por meio dela, pode-se atingir todos os públicos da faculdade. A construção do mailing será de e-mails de professores, estudantes e técnicos administrativos da FACOM; ILC, imprensa (local, regional e nacional), instituições de pesquisa em Comunicação e Ciências Sociais Aplicadas. Informações específicas, como períodos de matrícula, releases, contato com professores, entre outros, pode ser enviado para cada público. Atividade Integrada AÇÕES E PRODUTOS
  39. 39. 37
  40. 40. 38
  41. 41. 39 PARA FINALIZAR... O que este projeto quer propor é uma nova atitude para a FACOM, especialmente relacionada ao seu público interno, com ações que se integram a este novo momento da faculdade, para de fato, construir uma cultura universitária e deixar a marca da faculdade de comunicação na UFPAe na sociedade. Com essas ações, pretende-se que a comunicação, interação e integração internas se efetivem dentro da Faculdade de Comunicação; que os seus atores se conheçam, saibam o que acontece na Faculdade e interajam da melhor forma possível, para que, juntos, busquem atingir os objetivos da FACOM: formar profissionais capazes de refletir criticamente sobre a comunicação. No contexto universitário, pretende-se realçar a Faculdade dentro da UFPA, a partir da divulgação da sua produção, para que esta realmente ocupe o seu espaço na comunicação estratégica da Instituição e que o caráter prático do curso seja tão importante quanto o teórico. E por fim, em relação ao público externo, pretende-se que a FACOM ganhe visibilidade e seja conhecida pelo o que é: uma Faculdade de Comunicação que produz conhecimento, e de importância estratégica dentro de um contexto amazônico. Belém, Pará Abril 2010

×