Jornal Paraná Notícias

6.610 visualizações

Publicada em

A informação como ela é.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.610
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.661
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Paraná Notícias

  1. 1. Obama diz que bombas choverão em Israel se EUA rejeitar acordo nuclear “Erga a voz e julgue com justiça; defenda os direitos dos pobres e dos necessitados" (Provérbios31:9) Campo Mourão, 07 de agosto de 2015 Pág. 06 Pág. 07 Pág. 06 Pág. 02 Pág. 02 O governador Beto Richa afirmou, nesta quarta-feira, 05, que o governo está trabalhando em um programa de concessões rodoviárias, que prevê a duplicação de vários trechos de estradas estaduais. Richa disse que os estudos estão em fase final e o programa deverá ser lançado em setembro. Crescimento Paraná projeta superávit de R$ 1 bilhão em 2016 Transferências aos municípios paranaenses aumentam 20% e somam R$ 4,7 bilhões Urgência e emergência: Secretaria de Saúde de Luiziana adquire equipamentos Sociedade Notícias Requerimentos e indicações dos vereadores de Peabiru Em Luiziana, seis candidatas vão disputar o título deRainha Boi na Brasa Pág. 07Pág. 04Pág. 05 Pág. 08 Pág. 05 A prefeita de Campo Mourão, Regina Dubay, participou do evento em comemoração aos dois anos do Programa do Governo Federal Mais Médicos, que aconteceu nesta terça-feira, 04, em Brasília, quando esteve com o ministro da Saúde, Artur Chioro. Governo do Estado prepara programa de concessões rodoviárias Mais Médicos: Regina Dubay mantém contatos em Brasília Prefeitura de Campo Mourão realiza obras de recapeamento asfáltico com recursos próprios Pág. 03 Pág. 03
  2. 2. & Fatos “ FRASE Política Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários.” (C.S Lewis) PARANÁ NOTÍCIASPágina 02 Campo Mourão, 07 de agosto de 2015 Empresa que já prestou serviço em Peabiru está sob suspeita Segundo os vereadores de Peabiru, a empresa G.A. Assessoria e Consultoria Ltda, começou os seus trabalhos em Peabiru, logo em 2013, na atual gestão do prefeito Claudinei Minchio do PT. Liminar do TCE determina suspensão de contrato da Prefeitura de Mariluz com a mesma empresa O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE- PR) expediu liminar deter- minando que a Prefeitura de Mariluz (Noroeste) suspen- da imediatamente os paga- mentos irregulares que vem fazendo à empresa G.A. As- sessoria e Consultoria Ltda. Desde dezembro de 2014, a empresa recebe R$ 14,5 mil mensais, para serviços jurí- dicos e tributários que deve- riam ser executados por ser- vidores municipais. A liminar foi concedi- da em 21 de julho, pelo con- selheiro Ivens Linhares, re- lator do processo de presta- ção das contas do município em 2014 (207897/15), e ho- mologada pelo Pleno do TCE-PR na sessão de 23 de julho. O prefeito de Mariluz, Paulo Armando da Silva Al- ves (gestão 2013-2016), re- cebeu prazo de 15 dias - con- tados a partir da intimação - para apresentar defesa ao Tribunal. Na análise dos docu- mentosanexadosàprestação de contas de 2014, cujo pro- cesso está em trâmite no TCE, a Diretoria de Contas Municipais (DCM) apontou seis irregularidades na con- tratação da empresa, vence- dora do Pregão 22/2014. A principal delas é terceiriza- ção indevida de serviços que, conforme estabelece o Prejulgado nº 6 do TCE- PR, deveriam ser executa- dos por servidores públicos. "A empresa está sen- do remunerada mensalmen- te por um serviço que os próprios servidores teriam condições de prestá-lo", es- creveu o conselheiro Linha- res no despacho que conce- deu a liminar. Ao insistir na contratação, o prefeito des- respeitou parecer técnico de sua própria assessoria jurí- dica, contrário à terceiriza- ção. Alves também deter- minou a abertura do certa- me sem a aprovação da mi- nuta de contrato pela asses- soria jurídica e indicou para a função de pregoeiro um profissional que não era ser- vidor municipal, mas funci- onário de autarquia. Essas medidas contrariam, res- pectivamente, a Lei de Li- citações (8.666/93) e a Lei 10.520/02. Outra irregularidade foi a constatação de conluio, comprovado por troca de e- mails, entre duas empresas consultadas para a formação do preço máximo da contra- tação - alterado de R$ 203,3 milparaR$229,3mil. Tam- bém ocorreu a junção de ob- jetos de natureza distinta na mesma licitação, o que res- tringiu a competitividade do certame. A contratação pre- via assessoria para atos le- gais e pareceres na área tri- butária e o fornecimento e instalação de programa de computador para a emissão denotafiscaldeserviçosele- trônica. Além da suspensão do contrato,oTCEdeterminou a abertura de processo de Tomada de Contas Extraor- dinária. O objetivo é apurar a responsabilidade do prefei- to nos pagamentos já reali- zados à empresa, diante das evidências de dano ao patri- mônio público. A Tomada de Contas também vai apurar o indício de que, além da remunera- ção mensal de R$ 14,5 mil, a administração de Mariluz pagou à empresa R$ 6 mil pela implantação do softwa- re de emissão da nota fiscal de serviços eletrônica. Em consulta ao site da prefeitu- ra, os técnicos do TCE veri- ficaram, porém, que o servi- ço ainda não é oferecido pelo município. (TCEPR) MANIFESTO CONTRAA CORRUPÇÃO A Promotoria de Jus- tiça de Defesa do Patrimô- nio Público e Observatório Social de Campo Mourão, iniciaram nesta segunda- feira, 03, na área central da cidade, a coleta de assinatu- ras para a criação do proje- to de lei contra a corrupção no Brasil. Segundo os orga- nizadores do manifesto, o objetivo é conscientizar a população de seus direitos. “Precisamos mostrar para os políticos que estão em AS 10 MEDIDAS CONTRAA CORRUPÇÃO Propostas do Ministério Público Federal para o combate à corrupção e à impunidade Brasília que o povo brasilei- ro tem força e estamos ci- entes do que está aconte- cendo com o nosso país”, disse um dos organizadores. O objetivo é coletar um milhão de assinaturas propondo as 10 medidas contra a corrupção e envi- ar aos deputados para que eles se mobilizem e vote o quanto antes essas medidas. “Não podemos ficar de bra- ços cruzados, enquanto essa corja de ladrão rouba o nos- so dinheiro, temos que to- 1) Prevenção à corrupção, transparência e pro- teção à fonte de informação. 2) Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos. 3) Aumento das penas e crime hediondo para corrupção de altos valores. 4) Aumento da eficiência e da justiça dos re- cursos no processo penal. 5) Celeridade nas ações de improbidade administrativa. 6) Reforma no sistema de prescrição penal. 7) Ajustes nas nulidades penais. 8) Responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2. 9) Prisão preventiva para evitar a dissipação do dinheiro desviado. 10) Recuperação do lucro derivado do crime mar uma atitude, por isso eu estou assinando esse mani- festo”, disse o senhor Beni- to, aposentado e indignado com tanta corrupção. Deputado Paranhos apresenta Projeto de Lei que obriga planos de saúde a comunicarem seus clientes por escrito em caso de descredenciamento de clínicas, médicos e hospitais O Deputado Estadual, Leo- naldo Paranhos (PSC), apre- sentou um Projeto de Lei que obriga planos de saúde a co- municarem seus clientes por escrito em caso de descreden- ciamento de clínicas, médicos e hospitais. Segundo o deputado, isso tem trazido um transtorno mui- to grande, pois as pessoas ao chegarem para serem atendi- das, recebem a informação no balcão que o hospital não está atendendo mais aquele plano. "Nosso projeto determina a obrigatoriedade de 30 dias de ante- cedência para que as pessoas recebam essas informações em casa, esse será um projeto muito importante para quem usam o plano de Saúde e quando chegam lá, em um momento de tanta de dificuldade, que precisam do hospital, recebem a informação que não será atendi- do”, disse ele. “Tenho certeza que esse projeto será aprovado”, enfa- tizou o deputado do PSC. CPI do SUS - O deputado Leonaldo Paranhos chegou a presidir a CPI do SUS e tem uma atuação destacada na luta pela melhoria da saúde pública, desde 2011, quando assumiu com deputado, Paranhos tem travado uma batalha incansável, para pelo menos, humanizar o atendimento as pessoas que necessitam do serviço. A população aderiu ao movimento Entrega de material esportivo Em Rancho Alegre D’Oeste, o Secretário de Esportes Douglas Fabricio, foi recepci- onado pelo ex-prefeito Aristeu Ceniz e pelos vereadores Toninho Amaro, Valéria, Cássio e Chiquinho. O Secretário fez a entrega de material esportivo. “Douglas sempre foi nosso parceiro e agora como secretário não seria diferente”, disse o ex- prefeito Aristeu. Os vereadores também agradeceram ao secretário pelo o apoio e ao incentivo ao esporte.
  3. 3. Página 03PARANÁ NOTÍCIAS Local Campo Mourão, 07 de agosto de 2015 Prefeita esteve reunida com Ministro da Saúde em evento do Programa Mais Médicos em Brasília A prefeita de Campo Mourão, Regina Dubay, participou do evento em co- memoração aos dois anos do Programa do Governo Federal Mais Médicos, que aconteceu nesta terça-feira, 04, em Brasília, quando es- teve com o ministro da Saú- de, Artur Chioro. Regina falou sobre os resultados do programa que mantém seis médicos cubanos atendendo na rede pública municipal de Campo Mourão, e ainda tratou sobre a instalação de novas unidades básicas de O ministro falou ainda da necessidade dos cursos serem oferecidos em locais com menos profissionais da área médica saúde e da própria UPA – Unidade de Pronto Atendi- mento, no processo de im- plantação do Curso de Me- dicina em Campo Mourão. A presidente Dilma Rous- sef também participou do evento. Na ocasião, o minis- tro Chioro, anunciou que o governo federal vai criar mais 3 mil bolsas de resi- dência médica no país, sen- do duas mil a serem finan- ciadas pelo Ministério da Saúde e mil, pelo Ministé- rio da Educação. Segundo o Ministério da Saúde, 75% dessas vagas são para am- pliar a formação de médicos especialistas em medicina geral de família e comuni- dade. O ministro falou ain- da da necessidade dos cur- sos serem oferecidos em lo- cais com menos profissio- nais da área médica. "Um dos principais fatores de fi- xação do médico na região é onde ele faz residência médica", destacou o minis- tro Chioro. Uma nova médica chegou a Campo Mourão nesta semana para prestar atendimentos da rede pública de saú- de municipal. A médica cubana Yoennys Reynaldo Sala- zar, do Programa Mais Médicos (Governo Federal/Mi- nistério da Saúde), substitui outra profissional da equipe composta por seis médicos cubanos. Yoennys atenderá na Unidade Básica de Saúde do Jardim Modelo. Ela esteve no gabinete da prefeita Regina Dubay, nesta sexta-feira, 31, acompanhada pelo secretário municipal de Saúde, Márcio Alencar. Recursos próprios: Prefeitura realiza obras de recapeamento asfáltico na região da asa leste “Estamos enfrentando o problema de buracos nas vias. Temos um cronograma de obras e a administração municipal não vem medindo esforços para revitalização de vias em toda a cidade” Regina Dubay Depois de executar obras de recapeamento de pavimentação em diversas vias da cidade, a Prefeitura de Campo Mourão iniciou um amplo trabalho de revi- talização de pavimentação asfáltica na região da asa leste. Os trabalhos de reca- peamento asfáltico foram realizados na Avenida Pe- dro Viriato de Souza Filho, em toda a sua extensão e se estenderão para a Rua Sa- nhaço, Rua Ponta Grossa e Rua Jacutinga resolvendo antigos problemas da loca- lidade, garantindo a melho- ria no trânsito e aspecto vi- sual da cidade. Os trabalhos estão sendo executados com recursos do próprio município. Rua Engenheiro Mercer será pavimentada no Jardim Cidade Nova Complementando os trabalhos de pavimentação e revitalização de vias na região do Jardim Cidade Nova, a Prefeitura de Campo Mourão iniciou os trabalhos de ins- talação de galerias pluviais na Rua Engenheiro Mercer, preparando a via para a pavimentação asfáltica até o final na Rua João Batista Salvadori, trecho ao lado do Cemité- rio Parque. A obra está sendo executada com recursos do próprio município. A Rua Engenheiro Mercer já teve sua parte pavimentada, acesso ao Jardim Cidade Nova, revi- talizada recentemente. Paralelamente a prefeitura também está executan- do obras de pavimentação da Avenida das Torres e já pa- vimentou as ruas Vani Borges Macedo e Pioneiro Aufeu Teodoro de Oliveira, no Jardim Cidade Nova, em um pro- jeto que conta com recursos do Governo Federal. Campo Mourão ganha nova médica do Programa Mais Médicos A prefeita Regina Dubay esteve acompa- nhando os trabalhos na tarde desta segunda-feira, 03, quando conversou com moradores e operários das obras. Regina falou do pro- jeto de revitalização da pa- vimentação, que vem en- volvendo diversas vias da cidade e destacou que as obras vêm sendo realiza- das como resultado de uma ampla economia em prati- camente todos os setores. Também estão sendo rea- lizados trabalhos de recu- peração de vias nas ruas Pitanga e Peabiru, região do Estádio Municipal, além de obras de execução de pavimentação asfáltica no Jardim Cidade Nova. Operação tapa-buracos recupera ruas Pitanga e Peabiru Depois de recuperar parte da Avenida Guilher- me de Paula Xavier, que re- cebeu recapeamento asfálti- co na região do Complexo Esportivo Roberto Brze- zinski, nos últimos dias, a Prefeitura de Campo Mou- rão está realizando uma operação tapa-buracos re- cuperando as ruas Pitanga e Peabiru, nos trechos den- tre as avenidas Manoel Mendes de Camargo e Jor- ge Walter. Os trabalhos dão se- quência ao projeto de revi- talização da pavimentação asfáltica, que prevê ainda o recapeamento de outras vias centrais. Paralelamen- te estão sendo realizadas obras de recapeamento de pavimentação asfáltica na região da asa leste, precisa- mente na Avenida Pedro Viriato de Souza Filho, Rua Sanhaço, Ponta Grossa e Jacutinga. Os trabalhos são realizados com investimen- tos de recursos do próprio município. “Estamos enfrentan- do o problema de buracos nas vias. Temos um crono- grama de obras e a admi- nistração municipal não vem medindo esforços para revitalização de vias em toda a cidade”, disse a pre- feita, destacando que a Avenida Pedro Viriato é uma das principais vias da cidade.
  4. 4. Página 04 Campo Mourão, 07 de agosto de 2015 PARANÁ NOTÍCIAS De segunda a sábado R$ 14,00 - Domingos e feriados R$ 16,00 - Marmitex pequena R$ 7,00 - Média R$ 9,00 - Grande R$ 11,00 Rua Santa Catarina, 2120 - Centro - Campo Mourão PR Fone: (44) 3017-1141 O restaurante do Moacir, localizado na área central de Campo Mourão, vem se tornando ponto de encontro de pessoas de toda região. A passeio ou a trabalho, muitas pessoas tem preferido o restaurante para fazer uma saborosa refeição. Com preços acessíveis e uma ótima qualidade,o restaurante já virou referencia na região da Comcam. Sociedades Notícias Em Luiziana, seis candidatas vão disputar o título de Rainha Boi na Brasa O concurso Rainha Boi na Brasa de Luiziana vai escolher no próximo sába- do, 08, apenas uma candi- data das seis inscritas para representar o município de Luiziana durante o prato tí- pico. A 9ª Expoluz e 8ª Fes- ta do Prato Típico Boi na Brasa, acontece de 24 a 27 de setembro. As inscrições do con- curso se encerraram no úl- timo dia 17, desde então as candidatas estão empenha- das dedicando um pouco do seu tempo participando dos ensaios tanto do desfile como a coreografia de uma dança que será apresentada durante o concurso. As concorrentes des- filarão em trajes country, em desfiles coletivos e indi- viduais. Além do título de Rainha do Boi na Brasa a vencedora receberá uma linda faixa e coroa junto com uma jóia. A comissão julgadora será formada por cinco membros. A promoção é da APMI, de acordo com a presidente de APMI e se- cretaria de Ação Social de Luiziana, Nayara Costa, os ensaios seguem em rit- mo acelerado, as can- didatas são especiais e dedicadas, “Os jurados terão um grande desa- fio em eleger a repre- sentante de Luiziana, as candidatas são mui- to bonitas e simpáticas e seja quem for a ven- cedora vai ter um pa- pel importante na co- memoração do aniver- sário do município como fazer parte tam- bém da história da ci- dade”, finalizou Naya- ra costa. Após o concurso ha- verá show baile com a Ban- da Savana. As mesas para o even- to já estão sendo comerci- alizadas no valor de R$ 120,00 e poderão ser adqui- ridas na Secretaria de Ação Social de Luiziana.
  5. 5. Página 06 Campo Mourão, 07 de agosto de 2015 PARANÁ NOTÍCIASCidades Urgência e emergência: Secretaria de Saúde de Luiziana adquire equipamentos “cuidar da saúde do nosso povo tem sido uma luta constante, buscamos sempre atendimento especializado, aquisição de equipamentos, exames e cirurgias” - Mauro Slongo, prefeito municipal Desde a implantação do atendimento de urgência e emergência em Luiziana que a prefeitura através da administração municipal tem se empenhado em ad- quirir novos equipamentos para assegurar atendimen- to rápido a população. O Centro de Saúde Celso Nogueira da Silva é onde se concentra todo o atendimento na área da saúde e conta com suporte para atendimentos de ur- gência/emergência. Todos os casos são atendidos por profissionais qualificados da Unidade, os quais avali- am os casos conforme a política de acolhimento e classificação de risco e atendem de acordo com seu perfil específico. Em caso de urgência/ emergência há duas ambu- lâncias equipadas, que fa- zem o transporte dos paci- entes até o Centro de Saú- de, onde recebem os primei- ros atendimentos, os casos graves são encaminhados para internação com acom- panhamento da equipe, (medico e enfermeiro ou técnico de enfermagem). O secretario de Saú- de de Luiziana, Edson Liss, anunciou a compra de no- vos equipamentos para re- alizar os atendimentos de urgência/emergência. O Centro de Saúde disponibi- liza de um aparelho de ele- trocardiograma, onde são realizados exames da área de cardiologia, que detec- tam as alterações no cora- ção, muito útil também no diagnóstico de Infarto Agu- do do Miocárdio. O Apare- lho adquirido custa em mé- dia R$ 4.500,00 e são reali- zados aproximadamente 50 exames/mês na Unidade. A Secretaria de Saú- de através da Prefeitura de Luiziana adquiriu também um cardioversor no valor de R$ 7.500,00, que é um dos principais componentes para dar suporte avançado de vida. Projetado para ser utilizado na monitorização cardíaca e produção de cho- que elétrico para reversão de parada cardio-respirató- ria e arritmias. Para o prefeito Mau- ro Slongo, a saúde da popu- lação é uma das prioridades, “cuidar da saúde do nosso povo tem sido uma luta constante, buscamos sem- pre atendimento especi- alizado, aquisição de equi- pamentos, exames e cirur- gias. E quando falamos de atendimento de urgência e emergência o nome já diz tudo, atendimento imedia- to e com a aquisição destes equipamentos a secretaria de saúde busca melhorar a qualidade do atendimento prestado a população, sem que ele fique esperando por muito tempo, ou tenha que ser encaminhado para ou- tro município que tenha esses equipamentos”, fina- lizou Mauro Slongo. Conferência daAção Social debateu SUAS e elegeu novo conselho A Secretaria de Ação SocialdeLuizianarealizouna últimaquinta-feira,30,aVIII Conferência Municipal de Assistência Social. O evento aconteceunoSalãoParoquial daIgrejaNossaSenhoraApa- recida, com início às 12h30min. Aaberturadoencontro alémdecontarcomapresen- ça de autoridades locais e se- cretários,foiabrilhantadacom apresentaçõesculturaiscomo Projeto Luz e grupo da Me- lhor Idade. Além de exposi- çãodeartesanatosproduzidos pelo CRAS e livros. O tema Geral da VIII ConferênciaMunicipaldeAs- sistência Social nesse ano foi: “Consolidando o SUAS de vez, Rumo a 2026”. Durante a Conferência houve a parti- cipação especial da Professo- ra e Assistente Social Vera Lucia Neves, que mostrou qual o papel da Assistência Social e a importância desse departamentoparaasocieda- de. Em seguida foi feita a divisão de grupos que deba- teramsobre5eixostemáticos com propostas de mudanças. Eixo1:DignidadeHu- mana e Justiça social: princí- piosfundamentaisparaacon- solidação do SUAS no pacto federativo Eixo 2: Participação social como fundamento do pacto federativo no SUAS Eixo 3: Primazia da responsabilidade do Estado: por um SUAS Público, Uni- versal,RepublicanoeFedera- tivo Eixo4:Qualificaçãodo TrabalhonoSUASnaconso- lidação do Pacto federativo Eixo5:AssistênciaSo- cial é direito no âmbito do pacto federativo Após apresentação das propostasdecadagrupo,para encerrar o evento aconteceu também a Eleição dos mem- bros não Governamentais da nova gestão do Conselho Municipal de Assistência So- cial (2015-2017). A Trilha Salto do Rio Campina, será pela segun- da vez o roteiro escolhido para a Caminhada Interna- cional da Natureza de Lui- ziana, que acontece no dia 13 de setembro. No trecho a ser percorrido pelos par- ticipantes estão, cachoeira, trilhas, morros, e rios num percurso de aproximada- mente 11 quilômetros. A realização é da Se- cretaria de Cultura Espor- te e Turismo, em parceria com SESC e Emater, as ins- crições são gratuitas e es- tarão abertas a partir de 15 de agosto, no site da Ema- ter. A reunião que definiu o percurso da II Caminha- da da Natureza foi realiza- da na ultima semana na Câ- mara de Vereadores de Lu- iziana, estiveram partici- pando o Secretario de Cul- tura Esporte e Turismo, José de Souza Santos, o Chefe Regional da Emater Clovis Rosa, o secretario do Meio Ambiente Dimas Pe- chim, secretario da Agricul- tura Santo Monegat entre outros convidados. O café da manhã esta programado para as 07h30min, o valor será de R$ 10,00, já o almoço cus- tará R$ 20,00 e será servi- do a partir das 11h30min, a abertura oficial da II Cami- nhada Internacional da Na- tureza será as 08h30min, no clube Assemil. A expectativa dos or- ganizadores é de receber na II Caminhada Internacio- nal da Natureza aproxima- damente 300 pessoas. (Ma- ritania Forlin – assessoria Luiziana promove II Caminhada Internacional da Natureza A ação que proporcio- nou mudanças e melhorias no visual da Escola Munici- pal Rita de Cássia aconteceu no ultimo sábado, 01, onde funcionários da Coamo esti- veram realizando a primeira etapa de diversos trabalhos que serão executados na es- cola, através do programa “5S”. O programa foi adota- do pela Coamo há muitos anos e desde então tem mu- dado a vida de milhares de pessoas na melhoria de qua- lidadedevida.Aparceriaen- volveu também a prefeitura de Luiziana que adquiriu to- dos os materiais para a pin- turadaescola,aequipedeco- laboradorestambémrealizou a limpeza do pátio, e o inicio dahortapara o cultivo de temperos e plantas me- dicinais. O pre- feito de Lui- ziana,Mauro Slongo,enal- teceu o tra- balho desen- volvido pela Coamo e todos osseuscolaboradoresatravés do programa “5S”, “progra- mas como esse implantado pela Coamo tem beneficiado nosso município e tantos ou- tros,agradeçoaoGerentedo entreposto da Coamo de Lu- iziana, Donizete Alves dos Santos,quetemincluídonos- sacidadenessesprojetosque fazem toda a diferença na construção de um futuro melhor”, destacou Mauro Slongo. O Diretor da escola Professor Adilson Dinis Medeiros, falou da impor- tância do projeto na escola, “quando conhecemos o Pro- grama prontamente aceita- mos, pois sabemos da im- portância de parcerias na construção de uma melhor educação. Ostrabalhosestão sendo muito significativos, todos empenhados em suas atividades, sabedores de que estão deixando o ambiente maisagradávelparatodaco- munidade escolar e, princi- palmente,aosnossosalunos”. O programa “5S” - O Programa “5S” é um instru- mento social de qualidade de vida para cooperação e apoio na melhoria de vida. O Pro- grama é de origem japonesa e o “5S” vem das palavras S E I R I ( u t i l i z a ç ã o ) , SEITON(ordenação), S E I S O U ( l i m p e z a ) , SEIKETSU(saúde) e SHITSUKE(auto-discipli- na). Escola Rita de Cássia recebe programa “5S” da Coamo
  6. 6. Campo Mourão, 07 de agosto de 2015 Página 07PARANÁ NOTÍCIAS Cidades / Geral O governador Beto Richa destacou que o ajuste fiscal e corte de despesas já garantem equilíbrio das contas e um superávit primário de R$ 1 bilhão projeta- do para 2016. “O incremento de receitas e a redução de despesas permitem o equilíbrio financeiro. Inclusive, poderemos ter um superávit necessário para o paga- mento das dívidas, em especial com a União. Esse supe- rávit deve ser em torno de R$ 1 bilhão e se repetirá nos anos seguintes”, disse Richa em entrevista à imprensa. Richa disse que os números do primeiro quadri- mestre desse ano mostram que o nosso ajuste fiscal está dando resultados positivos. “A receita corrente do Esta- do teve crescimento nominal de 10,58% no período. No mesmo período, as despesas correntes tiveram uma redução de 6%, considerando a inflação do período”, afirmou ele. Apesar das medidas implantadas pelo governo em relação à crise, e que contam com apoio da sociedade, Richa disse que o Paraná não está imune ao impacto provocado pela desaceleração da economia. “Todos os indicadores apontam para uma grave crise econômica no país. Além dessa situação à qual o Paraná não está imune, há também uma sobrecarga de responsabilida- des pressionando estados e municípios, que respondem diretamente às demandas das pessoas em todos os se- tores”. CARGA TRIBUTÁRIA - Como exemplo, o governa- dor citou a carga tributária nacional, que hoje supera 37% do PIB. O governo federal fica com 68,9% do bolo tributário nacional (IR, IPI, Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, IOF, PIS/COFINS). “Os estados ficam com 25,3% e os municípios, 5,8%. É preciso redesenhar a partilha do bolo, ampliando a participação dos estados e municípios”, disse ele. Apesar do descompasso entre os entes da federa- ção, Richa disse que o Paraná saiu na frente no enfren- tamento da crise. “O Paraná foi o primeiro a fazer o ajus- te fiscal e está se recuperando, pagando fornecedores e retomando obras em todos os cantos do Estado”. Há estados que passam agora por este processo e, por causa da situação financeira, adiam o pagamento de fornecedores e parcelam os salários dos servidores, como o Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Sergipe e Ma- ranhão. O Paraná já pagou as dívidas de até R$ 100 mil para 17 mil credores e trabalha para ampliar o paga- mento das dívidas de até R$ 300 mil. Nos próximos dois meses, deverão ser pagos 95% de todos os credores. “Fica apenas 5% das maiores dívidas e o Estado deve efetuar o pagamento até o mês de dezembro”, disse. PRIORIDADE - Richa espera, ainda, que o governo fede- ral, que está encontrando dificuldades políticas para fa- zer o ajuste, adiante as medidas para a proteção dos empregos, sem penalizar estados e municípios. “A polí- tica monetária do governo federal erra na dosagem. Subiram demais os juros, o que pressiona a dívida pú- blica federal. É difícil equilibrar as contas com tudo o que o governo precisa pagar de juros dos títulos da dívi- da pública”. Transferências aos municípios paranaenses au mentam 20% e somam R$ 4,7 bilhões As transferências de recursos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Im- posto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), feitas pelo Governo do Estado aos municípios, somaram R$ 4,74 bilhões de janeiro a julho deste ano. O montante é 20% maior que os R$ 3,95 bilhões regis- trados nos primeiros sete meses de 2014. “O fato é que o ajuste fiscal beneficiou não ape- nas o Estado, mas também os municípios”, afirmou o governador Beto Richa. “Neste momento de desaque- cimento da economia, as transferências do ICMS e do IPVA contribuem de forma decisiva para que as prefei- turas mantenham a qualidade dos serviços prestados à população”, disse ele. SALTO - A distribuição bruta de ICMS aos municípios do EstadosomouR$3,48bilhões,oquerepresentaumcres- cimento de 13,85% na comparação com igual período do ano passado. No caso do IPVA, o salto foi de 41,13% e o volume de recursos passou de R$ 895 milhões para R$ 1,26 bilhão. O secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, explica que o incremento dos repasses é resultado do ajuste fiscal que está em andamento no Estado. Uma das medidas foi a readequação das alíquotas dos dois impostos. O repasse dos recursos do ICMS é semanal e refe- re-se a 25% do que é arrecadado com o imposto. Além dos valores transferidos nos sete meses do ano, na pri- meira semana de agosto entraram nas contas dos muni- cípios mais R$ 23,36 milhões, creditados na data de hoje. A transferência do IPVA é automática. Cada vez que um dono de automóvel efetua o pagamento, metade do valor vai direto para o município onde foi feito o emplacamento. Governo do Estado projeta superávit de R$ 1 bilhão em 2016 Legislativo em destaque: Requerimentos e indicações dos vereadores de Peabiru Vereadores convocam Diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Peabiru - SAAE Na Sessão ordinária do dia 04 de agosto, aten- dendo convocação compa- receu ao Plenário da Câma- ra Municipal o Diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Peabiru - SAAE, Sr. Luiz Carlos Bertipa- lha. Na ocasião o Vereador Osmar Pereira, autor do re- querimento de convocação, solicitou ao diretor esclare- cimentos quanto à falta de água em um setor do muni- cípio de Peabiru, já que os vereadores foram muito questionados e que pessoal- mente sofreu com a falta de água. Também solicitou in- formações sobre o fato de a bomba da água que já exis- tia no poço ser emprestada e o SAAE não ter pago a empresa uma outra bomba. Questionou sobre as finan- ças do SAAE. O Diretor informou que a bomba queimou na quinta-feira e só consegui falar na empresa na sexta e a mesma informou que só poderia vim realizar o ser- viço no sábado, sendo o que aconteceu. Afirmou que a bomba existente é do SAAE e que as finanças es- tão em dia. O vereador Osmar informou que obteve a in- formações na própria em- presa e que iria verificar melhor. Todos os vereado- res agradeceram a presen- ça do diretor e fizeram per- guntas que foram pronta- mente atendidas. - Transporte gratuito - Melhorias em Siviolândia - Sinalização de trânsito - Construção de ‘quebra-molas’ O vereador Felício Palma Junior enviou uma indicação ao Executivo Mu- nicipal que seja viabilizado o transporte para estudan- tes de nível superior utili- zando os veículos adquiri- dos com recursos da União, destinados ao transporte escolar. Felício também soli- citou que a prefeitura cons- trua um embarcador de má- quinas no espaço próximo ao Estádio Municipal, entre a estrada para Siviolândia e a rua de acesso ao estádio. “Trata-se de pedido de al- guns munícipes que acredi- tam que o espaço existente próximo ao Estádio Muni- cipal pode ser melhor apro- veitado”, ressaltou. Também por indica- ção, o vereador solicitou que seja interditado com tubos o trânsito de veículos pesa- dos na Rua Cassemiro Ra- dominski proibindo o aces- so dos veículos pesados que vêm de Araruna e passa por nossa cidade e também si- nalizando para o não aces- so de veículos pesados quando vêm da Rodovia PR 317. “Fiz a indicação porque vem de encontro ao pedido de muitos moradores da Rua Cassemiro Radominski e ainda fará com que os re- feridos veículos transitem pela Avenida São João e Avenida Raposo Tavares (que são extensão de rodo- via e conservada pelo DER) e Avenida Vila Rica”, explicou Felício. “Licão” ainda solici- tou que seja construído ‘passarela quebra – molas’ na Avenida Dr. Didio Bos- cardim Belo em frente à Prefeitura Municipal e também em frente às Esco- las de nosso Município. “A presente solicitação vem de encontro ao pedido de mui- tos munícipes que presen- ciam diariamente á vários ‘quase’ atropelamentos e acidentes automobilísticos nessas regiões”, explicou o vereador do PPS. Agentes de Segurança Os vereadores solici- taram ao Executivo Muni- cipal, para que dentro de suas prerrogativas adminis- trativas disponibilize o es- paço que era utilizado para o Regime Semiaberto e que hoje encontra-se desocupa- do, para os Agentes de Se- gurança que se deslocam de outros municípios para tra- balhar na Delegacia de Po- lícia de Peabiru. “Nossa solicitação trata-se de um pedido dos próprios agentes que se comprometem em cuidar e zelar pelo local que hoje se encontra fechado. Espera- mos contar com a compre- ensão do Excelentíssimo Senhor Prefeito no que tange ao atendimento des- ta solicitação, que irá bene- ficiar tanto os agentes quanto ao município”, ex- plicaram. A indicação teve a assinatura de todos os ve- readores. Informações sobre valores recebidos pelo município Por meio de requeri- mento, todos os vereadores solicitaram ao Executivo Municipal, para que o mes- mo encaminhe ao Poder Le- gislativo, no prazo regula- mentar, o que abaixo segue: 1) Informações acer- ca da quantidade atualizada de veículos automotor em- placados no Município de Peabiru, até a presente data; 2) Informação anual dos valores recebidos pelo Município de Peabiru refe- rente a receita do Imposto sobre a Propriedade de Veí- culos Automotores – IPVA, referentes aos exercícios fi- nanceiros de 2013; 2014 e até julho de 2015; 3) Quais os investi- mentos realizados com re- cursos recebidos pelo Muni- cípio, através dos recursos provenientes da receita do IPVA, no período de 2013 a julho de 2015 ; “Nossa solicitação tem a finalidade de prover a Câmara Municipal de infor- mações acerca dos valores recebido pela arrecadação do IPVA, fazendo parte da função fiscalizadora própria doPoderLegislativo,emes- pecial quando se trata de aplicação de recursos finan- ceiros ao Município”, disse- ram os vereadores. Melhorias no Conjunto Residencial Hawthorne O vereador Claudi- no por meio de indicação solicitou ao Executivo Mu- nicipal, para que o mesmo providencie com urgência as seguintes melhorias no Conjunto Residencial Ha- wthorne: - Instalação de boca de lobo no buraco existen- te no início da Rua das Pe- rolas; - Implantação de jar- dim na frente do conjun- to, pois trata-se da entra- da de nossa cidade; - Consertar o ponto de ônibus que está caindo e pode causar algum aci- dente. “Trata-se de melhori- as necessárias para deixar a entradadenossacidademais bonita e oferecer mais segu- rança aos moradores do re- ferido conjunto. Esperamos contar com a compreensão do Excelentíssimo Senhor Prefeito no que tange ao atendimento de nossa soli- citação”, explicou Claudino. A pedido de morado- res do bairro o Jornal Para- ná Notícias foi confirmar a reclamação dos moradores, segundo eles, em tempo de chuva,aruaficapraticamen- te alagada, pois não tem uma tubulação capaz de escoar a água. O pastor Sérgio mo- rador do bairro disse que a muito tempo um veículo desgovernado bateu no pon- to de ônibus e o deixou pra- ticamente destruído, e pior, está preste a cair, o que pode acontecer a qualquer mo- mento, pois crianças brin- cam muito perto. O vereador Claudino disse que o correto seria a instalação de tubos para ca- nalizar a água da chuva e a retirada do ponto de ônibus que está praticamente des- truído,eaconstruçãodeum novo. “Ali tem um espaço considerável que se bem cuidado serve até para os caminhoneiros descansa- rem”,falouClaudino.Opas- tor também lembrou que o asfalto está praticamente destruído e espera provi- dencia por parte do execu- tivo. “Moramos aqui e so- fremos com o abandono”, disse o pastor. Melhoria nos salários dos servidores O vereador Paulo Sérgio Avanço, por meio de indicação, solicitou ao Executivo Municipal que melhore os salários dos servidores que trabalham na coleta de lixo. Na opor- tunidade o vereador Ânge- lo Prudêncio de Britto, solicitou mais uma vez que o Executivo envie para o Pode Legislativo a atuali- zação do Plano de Carrei- ra dos Servidores.
  7. 7. PARANÁ NOTÍCIASPágina 08 Campo Mourão, 07 de agosto de 2015 Especial Governo prepara programa de concessões rodoviárias, diz Richa O governador Beto Richa afirmou, nesta quar- ta-feira (05/08), que o go- verno está trabalhando em um programa de concessões rodoviárias, que prevê a du- plicação de vários trechos de estradas estaduais. Richa disse que os estudos estão em fase final e o programa deverá ser lançado em se- tembro. Entre os trechos que poderão ser concedidos está a PR-280, que corta a região Sudoeste do Paraná, e a PR- 092, que liga o Norte Pio- neiro à região da capital. “Ainda estamos avaliando outras possibilidades que permitam ao estado contar com uma malha rodoviária moderna”, disse Richa, res- saltando que esta é uma de- manda forte da sociedade. A declaração do go- vernador ocorreu durante a reunião mensal do secreta- riado, realizada no Palácio Iguaçu, com a presença de todo o primeiro escalão do governo, da vice-governa- dora Cida Borghetti, do pre- sidente da Assembleia Le- gislativa, deputado Ademar Traiano, e do líder do gover- no no legislativo, deputado Luiz Claudio Romanelli. Richa disse que estes encontros mensais são fun- damentaisparaalinharasin- formações de todas as áreas de governo e ampliar a si- nergia entre todos os seto- resdaadministraçãoestadu- al. “Importante está união, este entrosamento, esta si- nergia entre os secretários”, disse. AJUSTE FISCAL - No en- contro, Richa também refor- çou a importância do ajuste fiscal realizado pelo gover- no. “O pior já passou. Com o ajuste, pudemos respirar. Começamos a recuperar as contasecolherosfrutosdes- ta decisão”, disse Richa. “O esforço fiscal não terminou, mas já dá resultado”, com- pletou o secretário da Fa- zenda, Mauro Ricardo Cos- ta. “Este é um ano para pa- gar as contas”, destacou ele. GESTÃO PÚBLICA - Na reunião, também foram de- batidas formas de melhoria da gestão pública e a possi- bilidade de revisão de metas e programas em função do novo quadro econômico que vive o Brasil. O chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra, ressaltou que a busca por melhores resultados deve ser permanente e permear toda a máquina pública. OsecretáriodoPlane- jamento e Coordenação Ge- ral, Silvio Barros, também ressaltou a necessidade de o Estado promover uma reen- genharia administrativa para fazer frente aos novos desafios impostos ao setor público. Para ele, é necessário rever receitas, despesas, pro- gramas e metas em razão das dificuldades impostas pela queda da atividade eco- nômica. Barros também anunciou a realização de au- diênciaspúblicasparacolher sugestões da sociedade para a elaboração do Plano Plu- rianual 2016-2019. COMUNICAÇÃO – Na reunião, o secretário da Co- municação Social, Paulino Viapiana, apresentou um plano de trabalho da pasta. Para ele, o atual governo tem uma série de realizações que podem ser melhor co- municadas à sociedade. “Va- mos reforçar a gestão mu- nicipalista do governador Beto Richa”, afirmou. COESA - Para o líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Claudio Ro- manelli, a reunião do secre- tariado demonstrou a coe- são dos integrantes da equipe. “Discutimos temas muito importantes, como a elaboração do Plano Pluri- anual (PPA), que será am- plamente discutido em au- diências públicas em três macrorregiões (Curitiba, Cascavel e Maringá), antes de ser enviado para a As- sembleia Legislativa para um debate mais amplo com a sociedade. Esse foi uma tema importante discutido hoje na reunião. “A equipe do governo está coesa, está todo mun- do motivado, estamos tra- balhando no planejamento das ações, executando os compromissos, inclusive de pagamentos que estavam atrasados. O governo está cumprindo o que assumiu na mesa de negociação. Ao contrário do que se especu- la, não há nenhuma mu- dança prevista no secreta- riado, a equipe está unida sob o comando do gover- nador Beto Richa, todos imbuídos do espírito co- mum de trabalhar pelo in- teresse público e pelo de- senvolvimento do Estado”, analisou Romanelli. “Com o ajuste que fizemos, acreditamos que teremos uma folga, para o ano que vem, de um substancial recurso para investir com mais vigor em infraestrutura, mais estradas, mais hospitais, mais policiais, mais viaturas, tudo aquilo que é preciso para garantir aos paranaenses bem estar soci- al.” Governador Beto Richa Em entrevista à im- prensa, ao final da reunião do secretariado, o governa- dor Beto Richa afirmou que o governo está mantendo tudo o que foi previsto no início do ano, com as medi- das do ajuste fiscal. “O pa- cote de medidas nos custou um desgaste politico, o que era sabido, por serem me- didas impopulares, amar- gas, mas fundamentais e inadiáveis para o futuro do Paraná”, afirmou Richa. “Com o ajuste que fi- zemos, acreditamos que te- remos uma folga, para o ano que vem, de um substancial recurso para investir com mais vigor em infraestrutu- ra, mais estradas, mais hos- pitais, mais policiais, mais viaturas, tudo aquilo que é preciso para garantir aos AJUSTE PERMITIRÁ INVESTIMENTOS MAIS VIGOROSOS paranaenses bem estar so- cial.” Richa ressaltou que o governo, ao pedir o es- forço da sociedade, tam- bém fez a sua parte com eliminação de cargos em comissão, redução de es- truturas de secretarias e a determinação de diminui- ção de custeio em todas as áreas de administração. “Isso é uma diretriz, uma determinação nossa para todos os secretários, de maneira constante”, afir- mou. O governador disse que o Estado está honran- do os compromissos com os servidores. O governador lembrou que, em quatro anos, o governo garantiu os maiores aumentos salariais da história do Paraná – como para os professores, que receberam 60% de au- mento em quatro anos e 75% de ampliação da hora atividade. “Melhoramos a qua- lidade dos alimentos que compõem a merenda esco- lar. Triplicamos o repasse para o transporte escolar às prefeituras”, disse. “Enfim, demonstrações claras, prá- ticas, nós já demos. E que- remos continuar com esses compromissos de valoriza- ção dessas categorias, de atendimento às demandas do estado.”

×