Jornal Paraná Notícias

8.615 visualizações

Publicada em

Jornal Paraná Notícias

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.615
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7.623
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Paraná Notícias

  1. 1. Todos os Caminhos Levam a Deus? Pág. 05 "Buscai o Senhor, enquanto se pode encontrar; invocai-O, enquanto está perto" (Isaías, 55: 6) Campo Mourão, 01 de agosto de 2015 Acicam promove jantar para marcar o Dia do Comerciante Acompanhe o trabalho dos vereadores de Peabiru Pág. 06 Pág. 07 Goioerê: PSC Mulher se reúne Reunindo mais de 200 pessoas na noite da última quinta-feira, 30, em um jantar realizado no Buffet Daimaru, o Partido Social Cristão lançou a ala feminina do partido. A professora Danielle Mellero de Andrade assumiu como presidente e falou do grande desafio que tem pela frente. Escola Municipal Cidade Nova é revitalizada Como parte de um projeto que prevê a melhoria das estruturas físicas da Rede Munici- pal de Educação, a Esco- la Municipal Cidade Nova está sendo com- pletamente revitalizada. Município de Luiziana recebe kits esportivos e duas academias Aconteceu na manhã da última sexta-feira, 30, na Câmara de vereadores de Luiziana, a entrega de materiais esportivos, e também uma Academia ao Ar Livre e uma Academia Estação Saúde. Pág. 07 APROMILK: liberado dinheiro para aquisição de equipamentos Prefeitura de Araruna intensifica obras Rancho Alegre: Aristeu anuncia que é pré-candidato a prefeito em 2016 Preparado para vPreparado para vPreparado para vPreparado para vPreparado para voltaroltaroltaroltaroltar Pág. 02Pág. 02 Pág. 07 Pág. 03 Pág. 02 Em Mateus 7.13,14, nosso Senhor Jesus Cristo nos ensina que há somente um caminho apertado que conduz para a vida eterna, e que há um caminho espaçoso que conduz muitos à perdição. Foto: Guia Goioerê
  2. 2. & Fatos “ FRASE Política Acredite que você pode, assim você já está no meio do caminho." (Theodore Roosevelt) PARANÁ NOTÍCIASPágina 02 Campo Mourão, 01 de agosto de 2015 Goioerê: PSC Mulher se reúne Reunindo mais 200 pessoas na noite da última quinta-feira, 30, em um jantar realizado no Buffet Daimaru, o Partido Social Cristão lançou a ala femi- nina do partido. A profes- sora Danielle Mellero de Andrade assumiu como presidente e falou do gran- de desafio que tem pela frente. “Eu acho que as mulheres têm o dever de assumir o seu papel na so- ciedade e a política faz par- te desse caminho”, disse ela. Danielle também lem- brou que cresceu ouvindo falar de política, “isso deve ter me contagiado, agrade- ço aos meus pais pelos en- sinamentos”, lembrou emocionada. Antes, a espo- sa do ex-vereador Mário Farias, a senhora Maria Farias, fez uma oração, onde pediu a direção de Deus nesse projeto. Valdemir Mellero, pai de Danielle, já foi ve- reador em duas oportuni- dades. Já o presidente da sigla, o ex-vereador Beti- nho Lima, falou da impor- “O PSC presa por esse ideal, valorizando o ser humano e a família, e nada mais importante que ter uma ala feminina para nos ajudar nesse projeto”, ressaltou Betinho, que está à frente do Partido Social Cristão tância do PSC mulher e da construção de uma socie- dade preocupada com o ser humano. “O PSC presa por esse ideal, valorizando o ser humano e a família, e nada mais importante que ter uma ala feminina para nos ajudar nesse projeto”, ressaltou Betinho, que está à frente do Partido Social Cristão e é apontado como pré-candidato a prefeito, Betinho também agrade- ceu a presença de várias li- deranças políticas e comu- nitárias que prestigiaram o evento. “Essa confrater- nização entra para a his- tória de Goioerê, em um momento difícil que vive a atual política do Brasil, conseguimos reunir um número considerável de pessoas que ainda acredi- tam em um futuro me- lhor”, finalizou ele. Acom- panhe a galeria de fotos na página 04. Preparado para voltar O ex-prefeito de Rancho Alegre D’Oeste e atual chefe do Núcleo Re- gional de Goioerê, Adão Aristeu Ceniz, já deu como certa a volta ao cenário po- lítico em 2016. Aristeu já foi prefeito, vereador e vice-prefeito, além de ter mais de 35 anos de experi- ência como professor e di- retor. Ele já se colocou na condição de pré-candidato a prefeito e vem trabalhan- do para somar com outros partidos, e nessa semana, ao ver uma sondagem elei- toral realizada em Rancho Alegre, se mostrou mais animado ainda. Aristeu faz parte de uma família pioneira de Rancho Alegre e acompa- nhou todo o processo de emancipação do então dis- trito que pertencia a Goio- erê e conhece muito bem a história política do muni- cípio. Foi o vereador mais votado em 1992, vice de 97 a 2004 e prefeito de 2005 a 2008, sendo lembrado até hoje pela boa administra- ção e pela conduta séria dentro do quadro político. Sua experiência como pro- fessor o levou ao Núcleo Regional de Goioerê, onde está desde 2011. “Estou preparado para voltar, e sei que posso contribuir para o desenvolvimento da nos- sa cidade”, disse Aristeu. A entrevista comple- ta com o ex-prefeito será publicada em dezembro, na edição especial do Paraná Notícias em revista. APROMILK: liberado dinheiro para aquisição de equipamentos Na última semana, a prefeituradeRanchoAlegre anunciou que o dinheiro para a aquisição de imple- mentos para a APROMILK (Associação dos Produtores de Leite de Rancho Alegre e Região) já foi depositado na conta por intermédio de um convenio firmado com o Governo do Estado. O va- lor é de R$ 110.000,00 e se- rão usados na aquisição de ensiladeiras, carretas, roça- deiras e resfriadores. O deputado estadual, Leonaldo Paranhos (PSC), trabalhou com afinco para que esses recursos fossem direcionados para o municí- pio de Rancho Alegre D’Oeste. Nos próximos dias, será feita a licitação para compra dos equipamentos, lembrando que a prefeitura também entrou com uma contrapartida de R$ 10.000,00. Manoel Barbosa, presidentedaAssociação,re- cebeu a notícia e em segui- da, ligou para o deputado Paranhos para agradecê-lo por mais esta conquista para os produtores de leite. “Pa- ranhos tem sido um grande companheiro e tem ajudado muito nosso município”, dis- se Manoel Barbosa. Os vereadores Cássio ZanutoeReinaldoDiastam- bém enalteceram o trabalho do deputado que foi o mais votado em Rancho Alegre D’Oeste. Nova filiação Quem engrossou as fileiras do PSC de Goioerê foi o lí- der comunitário Zito Tobias. A filiação aconteceu na se- mana passada, em um evento realizado no Bairro Aero- porto com a presença de dezenas de pessoas. Tobias já acenou a possibilidade em disputar uma vaga na Câma- ra de vereadores. Humornotícias Rancho Alegre: Aristeu Ceniz anuncia que é pré-candidato a prefeito em 2016 e inicia conversa com alguns partidos Manoel Barbosa - APROMILK, agradeceu ao deputado estadual, Leonaldo Paranhos (PSC)
  3. 3. Página 03PARANÁ NOTÍCIAS Local Campo Mourão, 01 de agosto de 2015 Escola Municipal Cidade Nova é revitalizada Como parte de um pro- jeto que prevê a melhoria das estruturas físicas da Rede Municipal de Educa- ção, a Escola Municipal Ci- dade Nova está sendo com- pletamente revitalizada. Ao todo estão sendo investidos R$ 589 mil nas obras cor- respondendo a substituição do piso, portas, adequação dos banheiros para a edu- cação infantil, cobertura, revisão elétrica e hidráuli- ca, pintura interna e exter- na, além de adequação para acessibilidade. A revitalização vem sendo realizada pela Prefei- tura de Campo Mourão, através da Secretaria de Educação. Outras quatro escolas, sendo elas, Urupês, Ao todo, cinco escolas estão sendo completamente revitalizadas, com um investimento de R$ 589 mil Mário Quintana, Florestan Fernandes “Caic” e Domin- gos José de Souza (Jardim Tropical) também estão sendo revitalizadas A prefeita Regina Du- bay esteve vistoriando os trabalhos juntamente com a secretáriamunicipaldeEdu- cação, Karla Tureck e ex- prefeito Nelson Tureck, na tarde desta segunda-feira, 27, quando falou das melho- rias no setor de educação com a revitalização e cons- truçãodeescolas,bemcomo, a aquisição de carteiras no- vas para todas as unidades escolares. Ela ainda lembrou de conquistas e realizações na região do Jardim Cidade Nova, destacando a nova Unidade de Saúde, o conjun- to habitacional Fortunato Perdoncini,pavimentaçãode vias e recapeamento da via de acesso, enaltecendo a im- portância da obra de revita- lização da escola, lembran- do que o Centro de Educa- ção Infantil Santo Antônio, foi completamente revitali- zado recentemente. O diretor da escola, Lindomar Teles de Oliveira e a vice-diretora da escola, Liria Aparecida Teles de Oliveira também acompa- nharam a vistoria. Prefeita acompanha atendimentos na Unidade de Saúde do Jardim Cidade Nova Participando de ações nos bairros, a prefeita Regina Dubay esteve na novaUnidadeBásicadeSaú- de do Jardim Cidade Nova, onde conversou com pacien- tes, servidores, acompanhou procedimentos, atendimen- tos e conferiu estoque de re- médios na manhã desta ter- ça-feira, 27. A UBS foi inau- gurada no último mês de abril. Ao vistoriar a unida- de, a prefeita Regina lem- brou das metas de melhori- as de atendimentos no se- tor de saúde, bem como so- bre o projeto de melhorias com a construção de sete Unidades de Saúde, além da UPA – Unidade de Pronto Atendimento, contribuindo com o processo de implan- tação do Curso de Medici- na em Campo Mourão. “Es- tamos conquistando avan- ços que garantem a quali- dade de vida, com um me- lhor atendimento à saúde nos próprios bairros”, frisou a prefeita Regina. Ainda relacionando obras realizadas na região do Jardim Cidade Nova, como o novo Conjunto Ha- bitacional Fortunato Per- toncini, composto por 824 moradias em sua primeira fase; recapeamento asfáltico na via de acesso ao bairro (Rua Engenheiro Mercer) e pavimentação de vias com instalação de galerias pluvi- ais em meio ao bairro; revi- talização do Centro Munici- pal de Educação Infantil Santo Antônio, já conclui- da e reforma geral da Es- cola Municipal Cidade Nova, que está sendo reali- zada. UBS Cidade Nova - A estrutura de saúde con- ta com 200,72 metros qua- drados de construção, com dependências de recepção, consultório médico, sala de vacinas, sala de curativos e coletas, farmácia, sala de esterilização, cozinha, ga- binete odontológico e ba- nheiros. A unidade presta ser- viços do Programa Estra- tégia da Saúde da Família, como consultas médicas, odontológicas, curativos, inalação, acompanhamen- to de gestantes, crianças e população residente na área residente na área de abrangência da unidade, incluindo Cidade Nova, Conjunto Antilhas, Vila Rural Flor do Campo, Conjunto Mundo novo, Conjunto Verdes Campos e Conjunto Primavera. Prefeitura retomará obra de Unidade de Saúde no Jardim Pio 12 Cumprindo trâmi- tes legais e garantindo me- lhoria nos atendimentos de saúde, bem como a estrutu- ra necessária para a implan- tação do Curso de Medici- na no município, a Prefei- tura de Campo Mourão re- tomará as obras de constru- ção da Unidade Básica de Saúde no Jardim Pio 12, que havia sido paralisada por abandono da construtora responsável. O novo proces- so licitatório (Tomada de Preço 17), que definirá uma nova construtora para o término da construção, será no próximo dia 13 de agos- to às 9 horas no Departa- mento de Suprimentos, no andar superior a Praça de Atendimento, localizado na Rua Brasil ao lado da pre- feitura. Nesta nova etapa serão investidos até R$ 291.695,12, recursos oriun- dos do Governo Federal (Ministério da Saúde). Segundo o coordena- dor geral do município, Carlos Garcia, a obra con- tratada em 2012, já deveria estar em fase de conclusão, a exemplo das unidades do conjunto Avelino Piacenti- ni e do jardim Copacabana. Ele explica que em função da paralisação da obra, o município tomou todas as providências ga- rantindo a conclusão da nova unidade de saúde sem prejuízos. A obra com 200 me- tros quadrados contará com dependências de recepção, consultório médico, sala de vacinas, sala de curativos e coletas, farmácia, sala de es- terilização, cozinha e ba- nheiros. A nova UBS está sendo construída na Rua Nelson Bittencourt Prado, ao lado da Escola do Tra- balho contando com inves- timentos na ordem de R$ 345.297,78, resultado de um convênio do Governo Federal (Ministério da Saú- de) com o Município de Campo Mourão, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, viabilizado através de emenda parlamentar do deputado Fernando Gia- cobo. Sete novos Postos de Saúde e UPA – Além da UBS do Jardim Pio 12, ou- tras unidades de saúde es- tão sendo construídas no Jardim Copacabana, Con- junto Avelino Piacentini, bem como a UPA – Unida- de de Pronto Atendimento na Asa Leste. Também se- rão construídas unidades de saúde no Conjunto Habita- cional Fortunato Perdonci- ni e será iniciada a obra da nova UBS do Distrito de Piquirivaí, cujos recursos já foram viabilizados junto ao Governo Federal. As novas Unidades Básica de Saúde do Damferi e Cidade Nova já vêm atendendo. 3ªConferênciaMunicipaldaJuventudeacontecenopróximodia13deagosto O Município de Campo Mourão, através da Assessoria Municipal da Juventude e Conselho Mu- nicipal da Juventude, rea- liza no dia 13 de Agosto, a 3ª Conferência Municipal da Juventude, com o tema: “As diferentes formas de mudar o Brasil”. Na manhã desta terça-feira, 28, mem- bros da comissão organiza- dora e representantes de secretarias e entidades re- presentativas da juventude, estiveram reunidos com a prefeita Regina Dubay, em seu gabinete, quando tra- taram sobre a realização que será realizada no Cen- tro da Juventude. A comissão presidida pela Assessoria Municipal da Juventude é responsável pela condução do processo de organização da confe- rência que deve reunir cer- ca de 400 jovens com o pro- pósito de discutir propos- tas de políticas públicas fundamentadas principal- mente no Estatuto da Ju- ventude, apontando ações necessárias neste segmen- to, dentro das três esferas de governo; municipal, es- tadual e nacional. Segundo o assessor municipal da Juventude, Ro- gério Alves Ferreira, a 3ª Conferência Municipal da Juventude também elegerá delegadosqueirãorepresen- taromunicípionaConferên- cia Estadual e dará o refe- rendo a nova composição do COMJUVE – Conselho Municipal da Juventude. Ele explica que a articulação da conferênciamunicipalrepre- senta uma primeira etapa do processo que se encerrará com a realização da 3ª Con- ferência Nacional em Brasí- lia, programada para o pró- ximo mês de dezembro. Na Inscrições O prazo para as inscrições na 3ª Con- ferência Municipal, encerra-se no dia 1º de Agosto. Os inte- ressados podem se inscrever nas entida- des ligadas a juventu- de e no Centro da Juventude, localizado na Rua Robson Paita- ch, Jardim Aeroporto. Maiores informações pelo telefone (44) 3525-3507. oportunidade, será aprova- do um documento final, com as propostas eleitas de cada eixo de discussão, advindas de todos os estados brasilei- ros. Também participa- ram da reunião os secretári- os municipais das pastas li- gadas diretamente à realiza- ção da conferência, Anelise Dubay (Ação Social), Sônia Singer (Cultura) e Ricardo Echelmeier (Esportes).
  4. 4. Página 04 Campo Mourão, 01 de agosto de 2015 PARANÁ NOTÍCIAS De segunda a sábado R$ 14,00 - Domingos e feriados R$ 16,00 - Marmitex pequena R$ 7,00 - Média R$ 9,00 - Grande R$ 11,00 Rua Santa Catarina, 2120 - Centro - Campo Mourão PR Fone: (44) 3017-1141 O restaurante do Moacir, localizado na área central de Campo Mourão, vem se tornando ponto de encontro de pessoas de toda região. A passeio ou a trabalho, muitas pessoas tem preferido o restaurante para fazer uma saborosa refeição. Com preços acessíveis e uma ótima qualidade,o restaurante já virou referencia na região da Comcam. PSC Mulher Veja como ficou a composição do PSC Mulher: presidente, Danielle Mellero de Andrade; vice-presidente, Cristiane Famelli; secretária, Patrícia Munuera; tesoureira, Jucélia Marques Augusto; diretora de eventos, Adriana dos Santos Berechavisnki. Vogais: Maria Aparecida Firmino, Maria Rosimar Vieira da Costa e Vera Sebastiana de Santana.
  5. 5. PARANÁ NOTÍCIAS Campo Mourão, 01 de agosto de 2015 Página 05 Piada PIADA Respostas: (1c – 2b – 3a - 4a - 5b) Por onde andas? Todos os Caminhos Levam a Deus? A título de reflexão, e não de aplicação dogmá- tica, gostaríamos de abor- dar este tema, à luz de al- gumas afirmações bíblicas. Em Mateus 7.13,14, nosso Senhor Jesus Cristo nos ensina que há somente um caminho apertado que conduz para a vida eterna, e que há um caminho espa- çoso que conduz muitos à perdição. Ele ensina também que estes caminhos possu- em uma porta de entrada. A do caminho apertado é estreita, e a do caminho es- paçoso é larga. Mat 7: 13 – Entrai pela porta estreita (larga é a porta, e espaçoso, o cami- nho que conduz para a per- dição, e são muitos os que entram por ela). Mat 7: 14 – porque estreita é a porta, e aperta- do, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela. Por que Ele teria nos alertado? Ou seja: para qual propósito? Porventura não foi para que não crêssemos em qualquer enunciado re- ligioso proposto para a sal- vação da nossa alma? Ele nos ensinou que crer nele e conhecê-lo, é o que conduz à vida eterna. E que o não crer, conduz à condenação eterna. João 3: 18 – Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, por- quanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. João 6: 40 – De fato, a vontade de meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eter- na; e eu o ressuscitarei no úl- timo dia. João 17: 3 – E a vida eterna é esta: que te conhe- çam a ti, o único Deus ver- dadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. Se é verdadeiro que podemos ter muitas opções nesta vida, e que devemos respeitar as opções de cada pessoa, inclusive à do tipo de religião que deseja professar, toda- via, não podemos afir- mar que todos os tipos de crenças conduzem ao mes- mo caminho que nos leva à presença de Deus. Um gosta do verme- lho, outro do amarelo… um de comer carnes e outro le- gumes. Mas nada disso in- flui no fato de conhecermos ou agradarmos a Deus ou não. Porque no assunto da religião (religar-se a Deus) importa que nasçamos de novo do Espírito Santo, con- forme Jesus ensinou a Nico- demos,eistoseconsegueso- mente por meio da fé nEle. Por meio da fé justifi- cadora decorrente da cober- tura do sacrifício que fez em nosso lugar para pagar o preço exigido para a absol- vição de todos os nossos pe- cados. Um Deus santo, jus- to e verdadeiro, não pode estar em comunhão com aqueles que não desejarem ser santos, justos e verdadei- ros, tal como Ele é em Sua própria natureza. Eestasantificaçãonão é ditada pelo que os homens imaginam, mas segundo aquilo que Ele nos revelou em Sua Palavra, a saber, na Bíblia. (Por Silvio Dutra via estudos.gospelmais) 1- Até quantos anos pode viver uma tartaruga? a) 150 anos b) 110 anos c) 135 anos 2- Por que a casca do ovo de avestruz é tão resistente? a) Porque demora um ano para ser chocado b) Devido à alta concentração de carbonato de cálcio c) Pelo fato do Avestruz ser um parente distante dos Dinossauros 3- Qual o livro mais lido no mundo? a) A Bíblia Sagrada b) Harry Potter c) Pequeno Príncipe 4- Quantas vezes a terra gira em torno do sol por ano? a) 365 vezes b) 24 vezes c) Uma vez 5- Onde fica a cidade de praga? a) Hungria b) República Checa c) Rússia Guerra entre Argentina e China Apósumaconsultapopular “hechaenlaPlazadeMayo”,aAr- gentina enviou uma mensagem à República Popular da China: “Chinos de mierda, mari- cons: les declaramos la guerra; tenemos 105 tanques, 47 avio- nes sanos, 4 barcos que nave- gan y 5.221 soldados.” O Estado chinês respondeu- lhes: “Aceitamos a declaração, temos 38.000 tanques, 16.000 aviões, 790 navios e 300 mi- lhões de soldados.” Ao que respondem os ar- gentinos: “Retiramos la declaración de guerra…No tenemos como alojar tantos prisioneros.” Amigos para sempre Eram dois amigos: “Cala Boca” e “Confusão”. Um dia, Confusão se meteu em uma briga e foi le- vado pela polícia. Cala Boca foi então atrás do amigo. O dele- gado então perguntou: – Quem é você? – Cala Boca. – Você me respeite! Sou uma autoridade. O que veio fazer aqui? – Vim atrás de Confusão. Jean & Marcos - Se você gostava de serta- nejo na década de 90, já deve ter ouvido falar de Jean & Marcos. A dupla embalava as tardes de sábado de milhões de pessoas. O primeiro disco da dupla vendeu cerca de 1 milhão de discos. Tudo começou na cidade de Itapevi, SP, quando o apresentador Gugu Liberato fez uma visita ao orfanato Lar Irmão José, que abrigava mais de 40 crianças. Na época, auge da música sertaneja, o apresentador do SBT foi surpreendido por dois irmãosquedecidiramretribuiravisitadeGugu na instituição com uma apresentação musical. Surpreso com o preparo dos meninos, Gugu Liberato convidou Jean e Marcos para gravar um CD e integrar o casting de artistas da empresa Promoart. Hoje,tudoébemdiferente.EnquantoJean trabalha em uma loja de produtos para cons- trução, Marcos está desempregado. A dupla durou oito anos e acabou em 1999 e a música mais famosa é regravada até hoje por duplas famosas, como César Menotti & Fabiano. Jean conta que do nada passaram a não ser chamados para nada e já surgiram várias notícias de que eles tinham morrido. Relembre... Eu tô morrendo de saudades / Eu tô pedindo pra voltar / Preciso tanto lhe dizer / Que longe de você não dei conta de aguentar. Contatos (44) 9899-5391 ou 9111-5588
  6. 6. Página 06 Campo Mourão, 01 de agosto de 2015 PARANÁ NOTÍCIASGeral FUTURO População do Brasil vai encolher até 2100, diz relatório mundial da ONU Hoje com 207 milhões de habitantes, país terá 200 milhões ao fim do século; média de idade passará de 31 para 50 anos RIO - Enquanto a população mundial deve crescer 53% até 2100, sal- tando de 7,3 bilhões de pessoas para 11,2 bilhões, o Brasil viverá um movi- mento oposto nos próxi- mos 85 anos. De acordo com o relatório “Perspec- tivas da População Mun- dial”, divulgado nesta quarta-feira pela ONU, o país, que hoje tem 207 mi- lhões de habitantes, deve chegar a 2100 com “ape- nas” 200 milhões. A idade média do brasileiro, atualmente de 31 anos, será de 50,2 anos em 2100. Se hoje um habi- tante do país vive em mé- dia 75 anos, em 2100 vi- verá 88 anos. A redução populaci- onal, porém, ainda deve demorar para começar a ser vista nos índices demo- gráficos. Segundo o docu- mento, o Brasil chegará a 2030 com 228 milhões de pessoas, saltando para 238 milhões em 2050. Então, na segunda metade deste século, a quantidade de ha- bitantes começará a cair até o país chegar a 200 mi- lhões de brasileiros em 2100. Em 1950, com 53,9 milhões de brasileiros, o país era o oitavo mais po- puloso do planeta. Hoje, so- mos o quinto mais populo- so. Em 2050, passamos a sé- timo nesse ranking e, em 2100, estaremos na 13ª po- sição. Outros países passa- rão por processos parecidos, alguns de forma muito mais acentuada. A Croácia, por exemplo, que hoje tem 4,2 milhõesdepessoas,registra- rá queda populacional em 2030 e 2050, chegando a 2100 com 2,6 milhões de ha- bitantes. Uma redução de quase 40%. A Colômbia, que hoje tem 48 milhões de pes- soas, deve ter 45 milhões em 2100. A Grécia, atualmente com 10,9 milhões, terá 7,3 milhões ao final do século XXI. Todas essas nações estão na contramão do mo- vimento do planeta. Segun- do o relatório, o mundo terá 53% mais pessoas em 2100. A África, quem 40% da po- pulação com menos de 15 anos, deverá puxar esse crescimento. Até 2050, segundo o estudo, a população dos 28 paísesafricanosdevecrescer em mais de 100%. Até 2100, pelo menos dez dessas na- ções observarão um avanço demográfico de mais de cin- co vezes. São eles: Angola, Burúndi, República do Con- go, Malauí, Malu, Niger, Somália, Uganda, Repúbli- ca Unida da Tanzânia e Zâmbia. (o povo) ECONOMIA Aumento da taxa básica de juros é um mal necessário, diz economista Atualmente, a Selic está em 13,75% ao ano, após passar por seis altas seguidas Crédito mais caro e menos acessível, economia em queda, maior risco de desemprego e endivida- mento das famílias. Esse é o cenário traçado em mo- mento de aumento da taxa básica de juros, a Selic. Mas, o aumento dos juros é con- siderado um “mal necessá- rio” por economistas e pelo BC (Banco Central) para conter a alta dos preços, que corrói a renda dos trabalha- dores. O diretor da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabili- dade), Miguel José Ribeiro de Oliveira, em uma econo- mia que já está em retração, subir juros agrava mais esse quadro. - É aquela história do mal necessário. Melhor su- bir juros para poder redu- zir a inflação do que não fa- zer nada e ver o risco subir. Em 21 anos, R$ 100 poupados viram R$ 967. Já dívida de R$ 100 vira R$ 500 bilhões! A diretoria do BC tem reiterado que a melhor contribuição da instituição para um novo ciclo de cres- cimento econômico é trazer a inflação para a meta de 4,5% no final de 2016 e an- corar as expectativas. Para Oliveira, o Co- pom pode reduzir o ritmo de aumento dos juros para 0,25 ponto percentual na reunião desta semana, mas “não será surpresa” se o co- mitê optar por manter o au- mento de 0,5 ponto percen- tual. Na avaliação des ins- tituições financeiras consul- tadas todas as semanas pelo BC, o comitê deve elevar a Selic em 0,5 ponto percen- tual, esta semana. Oliveira lembra que o Copom deve avaliar o cená- rio econômico com dólar mais alto, o que impacta ne- gativamente a inflação. Isso porque os insumos impor- tados ficam mais caros e pressionam ainda mais a inflação. A alta recente do dó- lar, que no dia 27, fechou vendido a R$ 3,364, é influ- enciada pelo anúncio do governo de redução da meta de superávit primário, eco- nomia para o pagamento de juros da dívida pública. Com a redução da meta para 0,15% do Produ- to Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzi- das no País), há risco de o Brasil perder o grau de in- vestimento das agências de classificação de risco. Há ainda fatores externos que influenciam a cotação do dólar, como a desaceleração da economia chinesa. Nesse cenário, Oliveira ori- enta os cidadãos a evitar fa- zer dívidas, principalmente as de longo prazo de paga- mento. - Se tiver que fazer um empréstimo, que seja de prazo mais curto, pesquisar e procurar linhas mais ba- ratas como o crédito con- signado. Oliveira acrescentou que a cautela é essencial no atual momento de crise econômica. - O momento agora é ser conservador, ter um controle maior do seu or- çamento. Até porque tem um ambiente que pode per- der o emprego. A renda já está sendo afetada por um conjunto de fatores, como inflação mais alta, impos- tos e juros altos. (r7) OPORTUNIDADE Correiosvãoabrirconcursopúblicoparacercade2milvagas Os Correios estão finalizando os ajustes para a publicação do edital de abertura de concurso públi- co para cerca de 2 mil va- gas e formação de cadastro de reserva para o cargo de agente de Correios, nas ati- vidades de carteiro e opera- dor de triagem e transbor- do (OTT). As informações são da assessoria de im- prensa do órgão. Os Correios ainda não informaram quando o edital do concurso será pu- blicado, portanto ainda não há informações sobre pra- zo de inscrições e data das provas. Segundo órgão, a previsão é que os demais detalhes do concurso sejam divulgados até o final do próximo mês. As oportunidades se- rão para os estados de Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambu- co, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal. Do total de vagas, 10% serão reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e 20% para pessoas pretas e pardas (PPP). (Os termos preto e pardo são os utilizados oficialmente pelo IBGE). Oscandidatosaprova- dos nas provas de conheci- mento serão submetidos a teste de esforço e, posterior- mente, o exame médico ad- missional. O salário inicial para os operadores de tria- gem e transbordo, somado à gratificação (GIP), chega a R$ 1.284. No caso dos car- teiros, soma-se ainda o adi- cional de distribuição, ele- vando a remuneração para R$ 1.620,50. Os admitidos terão benefícios como vale-ali- mentação/refeição (de R$ 971,96 a R$ 1.092,48), vale- transporte, auxílio-creche ou auxílio babá, além de adi- cionais - de acordo com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) - e a pos- sibilidade de adesão ao Pla- no de Previdência Comple- mentar. (g1) Vagas são para agente nas atividades de carteiro e operador de triagem. Último concurso foi realizado em 2011 e teve 1,1 milhão de inscritos TECNOLOGIA MicrosoftlançaWindows10comfoconosdispositivosmóveis A Microsoft lançou nesta quarta-feira o Windo- ws 10, a mais recente atua- lização de seu sistema ope- racional e com a qual quer manter sua relevância no mundo dos dispositivos móveis, dominado por Ap- ple e Google. A empresa com sede em Seattle, nos Estados Unidos, ofereceu a atualização de forma gra- tuita com o objetivo de con- seguir 1 bilhão de usuários nos próximos dois anos. A Microsoft calcula que cerca de 1,5 bilhão de pessoas utilizem alguma versão do Windows e, ao in- vés de cobrar pela nova ver- são, como costumava ser, optou pela atualização gra- tuita, seguindo a mesma es- tratégia de Apple e Google. “Este é o nosso melhor Windows e estamos ofere- cendo a atualização de gra- ça com o objetivo de conse- guir 1 bilhão de usuários nos próximos dois anos”, disse à Agência Efe Will Di- xon, diretor de marketing do Windows. “Nós acredi- tamos que estaremos em uma posição muito boa como companhia se alcan- çarmos a meta de conseguir esses 1 bilhão de usuários”, afirmou Dixon. O acesso a um gran- de número de usuários também ajudaria a empre- sa de Seattle a convencer os desenvolvedores de que vale a pena trabalhar em aplicativos úteis e diverti- dos para o sistema opera- cional da Microsoft. O Windows 10 será lançado primeiro para computado- res e tablets, mas o siste- ma também foi desenvolvi- do para funcionar em smartphones e consoles de videogame. Entre suas novas funções está o navegador Edge, assim como a versão para computadores do apli- cativo Cortana, um assis- tente de voz equivalente ao G o o g l e Now! e ao Siri, da Ap- ple. Dixon r e s s a l t o u que Cortana não só pode responder a perguntas do usuário e abrir apli- cativos, mas também “tem senso de humor” e é capaz de fazer brincadeiras. “Tem sua personalidade, e você pode pedir para ela lhe contar uma piada”, afirmou o executivo da Microsoft. Apesar das mudan- ças que serão introduzidas com o Windows 10, Dixon insistiu que a nova versão do sistema operacional continuará bastante “fami- liar” para os usuários. A nova versão traz de volta o “Menu Iniciar”, através do qual os usuári- os poderão ter acesso aos aplicativos, programas e funções que mais utilizam e que tinha desaparecido na última atualização, o impo- pular Windows 8. O Windows 10 também oferece a opção de reorga- nizar e mudar o tamanho dos ícones. Além disso, o novo sistema operacional ofere- ce aos usuários a opção de acessar seus dispositivos através do reconhecimento facial, da íris e da impres- são digital, o que evita o uso de senhas.(terra)
  7. 7. Campo Mourão, 01 de agosto de 2015 Página 07PARANÁ NOTÍCIAS Cidades FAROL Município de Luiziana recebe kits esportivos e duas academias Aconteceu na manhã dessa sexta-feira, 30, na Câmara de Vereadores de Luiziana a entrega de ma- teriais esportivos, e também uma Academia ao Ar Livre e uma Academia Estação Saúde. A solenidade contou com a presença do Secretá- rio do Esporte e Turismo, deputado estadual Douglas Fabrício, com o prefeito Mauro Alberto Slongo, a vice prefeita Tide Faria, os vereadores José Borsato, Luiz Carlos de Oliveira e Gilmar Batista, o diretor de esportes Carlos Cesar Bra- th, além secretários e mo- radores. Para o Secretário do Esporte e Turismo, deputa- do estadual Douglas Fabrí- cio, este investimento não é somente para o esporte. “Quando o Governador do Estado Beto Richa autori- zou este investimento ele não estava pensando e in- centivando somente o es- porte. Ele também estava pensando na saúde, educa- ção e segurança. Temos a certeza absoluta que inves- tindo no esporte, estaremos investindo também nestas três áreas”. Douglas Fabrí- cio também falou durante discurso sobre o carinho especial que tem pela re- gião, “já que nos últimos 23 anos nenhuma liderança da região ocupou um cargo no governo do estado, e como Secretário do Esporte e Turismo do Estado esse é um momento especial de muito trabalho nossa re- gião”, finalizou Douglas Fabrício. Os kits contem mate- rial de futebol, futsal, bas- quete, vôlei e handebol, re- des, bombas para bolas, bol- sas, apitos, cones e unifor- mes. Os materiais foram re- passados ao departamento de esportes do município. Para o Prefeito Mau- ro Slongo, receber esses equipamentos do Governo do estado representa tam- bém uma economia para os cofres públicos, onde a pre- feitura economiza na com- pra desses materiais e inves- te em outras ações na cida- de. “Todo o Brasil passa por um momento de crise, o que vemos hoje é só pessoas re- clamando das dificuldades financeiras, e na prefeitura não é diferente, também so- fremos com a falta de recur- sos, quando recebemos equipamentos do governo do estado e verbas ficamos felizes. Quero agradecer a Câmara de vereadores atra- vés também dos vereadores Gilmar Batista, Luiz Carlos e José Borsato que estão apoiando essa iniciativa e acompanhando essa entre- ga e também ao diretor da secretaria de esportes Car- los Cesar Brath que não tem medido esforços e trabalha- do pelo futuro das nossas crianças e jovens na área es- portiva”, disse Mauro Slon- go Prefeito de Luiziana. Encontro debate alternativas para a Agricultura Familiar em Luiziana “É nossa função como gestores encontrar solu- ções e apresentar à estas famílias de trabalhadores as melhores alternativas para produzirem e perma- necerem no campo” Mauro Slongo Diante das variações climáticas, dificuldades para manter a família no meio rural, recursos para plantio e outros desafios que a agri- cultura familiar está enfren- tando, uma das alternativa foi buscar o compartilha- mento de informações du- rante o IV Encontro da Agricultura Familiar, reali- zado pela EMATER, Sindi- cato dos Trabalhadores Rurais, com apoio do SE- NAR e FITAEP e Prefeitu- ra de Luiziana. O evento aconteceu na sexta-feira, 24, no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora Aparecida de Lui- ziana. Participaram do en- contro o Prefeito Mauro Al- berto Slongo, a vice-prefei- ta Tide Faria, o Gerente Re- gional da Emater de Cam- po Mourão Jairo Martins de Quadros, Secretario da Agricultura Santo Monegat, o representante da Câmara de Vereadores José Carlos Moreira, o Pre- sidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Luiziana, Júlio Kondazeski, o representante da Coamo Unidade de Luiziana Cesar Fiorin além de 130 agricul- tores. O importante traba- lho desenvolvido pelos pe- quenos agricultores de Lu- iziana foi lembrado pelo prefeito Mauro Slongo. Ele falou dos momentos difíceis enfrentados e da escassez de recursos financeiros para estimular a família a perma- necer no meio rural. “É nos- sa função como gestores encontrar soluções e apre- sentar à estas famílias de trabalhadores as melhores alternativas para produzi- rem e permanecerem no campo”. Mauro Slongo também destacou o impor- tante trabalho desenvolvi- do pela Emater em parcei- ra com o Sindicato dos Tra- balhadores Rurais que com boas experiências tem con- seguido sair na frente e bus- car alternativas para os agricultores familiares. O encontro foi co- mandado pela a Engenhei- ra Agrônoma e chefe do es- critório local da Emater Laura Helena Goulart da Silva e se estendeu durante todo o dia. Além de almoço para os cerca de 130 agri- cultores também fez parte da programação palestras com temas como alimenta- ção saudável e doenças, Pla- no Safra, Gestão Agropecu- ária da Propriedade Rural, CAR e Código Florestal. O ponto final do en- contro foi tirar dúvidas, tro- car experiências e sugerir um plano de ação conjunta projetando assim ações para o futuro dos pequenos produtores de Luiziana. Prefeitura de Araruna intensifica obras Prefeitura de Araruna abre concurso com 28 vagas O prefeito de Araru- na, Fabiano Antoniassi, co- municou que as obras de Terraplanagem do antigo buracão em andamento. Se- gundo o prefeito, em breve iniciará a construção da nova Escola Municipal Mário Miguez. “O buracão era um problema antigo que agora, finalmente, será resolvido”, lembrou Anto- niassi. A prefeitura também informou que as toras para a reconstrução da Ponte que liga São Vicente a Água do Ilema que foi to- talmente destruída após as últimas chuvas torrenciais. Araruna foi uma das cida- des da região que também decretou situação de emer- gência. “Estamos traba- lhando para recompor os estragos causados pelas chuvas”, falou o pre- feito Fabiano Antoni- assi. A Prefeitura de Araruna divulgou edital deconcursopúblicopara 28 vagas em cargos de níveis fundamental, mé- dio/técnicoesuperior.Os saláriosvãodeR$844,40 a R$ 4.215,50. Os valores das ins- crições variam de R$ 40,00aR$150,00,edevem ser feitas exclusivamente pormeiodepreenchimen- to de formulário próprio, disponibilizado no site www.organonconsultoria.com, noperíodode28/07/2015a 20/08/2015. O candidato que não tiver acesso pró- prio à internet poderá efetivar sua inscrição na Casa da Cultura, que fica na Praça Nossa Senhora do Rocio, centro, nos ho- rários das 08h00min às 11h00min e das 13h00min às 16h00min, exceto sábado, domin- go e feriados. As inscrições fi- cam abertas de 28 de julho a 20 de agosto, e o boleto referente à taxa de inscrição deve- rá ser pago até o dia 21 de agosto.
  8. 8. PARANÁ NOTÍCIASPágina 08 Campo Mourão, 01 de agosto de 2015 Especial SecretariadaAgriculturamantémprevisãodesafrarecordedegrãos A Secretaria de Es- tado da Agricultura e do Abastecimento mantém a previsão de colheita recor- de para a safra 2014/15, com um volume de 38,3 mi- lhões de toneladas de grãos - considerando a safra de verão, segunda safra e safra de inverno. De acordo com a es- timativa de julho do Depar- tamento de Economia Ru- ral (Deral) da Secretaria da Agricultura, a safra espera- da para o período é 7% mai- or que a do ano passado. Neste levantamento, foi reavaliada com um acréscimo de 300 mil tone- ladas para a segunda safra de milho, que deverá render 11 milhões de toneladas, 6% acima de 2014 e, provavel- mente, a maior da história para esse período do ano. As chuvas intensas da primeira quinzena de julho deverão prejudicar a quali- dade do milho de segunda safra e provocar perdas na produção de trigo. Mas não o suficiente para afetar o re- sultado da produção em todo o Estado, porque o cli- ma pode mudar. “O desenvolvimento das lavouras em campo, que são o milho de segun- da safra e o trigo, ainda poderá surpreender para o bom ou para o ruim”, diz o diretor do Deral, Francis- co Carlos Simioni. “Poderá haver compensações ou agravamento de perdas”, explicou ele. ESTIMATIVAS - A esti- mativa para a safra total de grãos 2014/15 leva em con- sideração a safra de verão, que já rendeu um volume de 22 milhões de toneladas li- derada pela soja. A safra de verão já foi colhida. Pela segunda safra, a estimativa é de 11,7 milhões de toneladas e o principal produto é o milho. O feijão da segunda safra rendeu vo- lume de 389 mil toneladas e escapou da chuva. A pro- dução já está colhida. Resta agora a safra de inverno, estimada em 4,6 milhões de toneladas, ten- do como carro chefe o tri- go. A safra de inverno de- pende do comportamento do clima. Segundo Simioni, o milho da segunda safra pre- cisa ser colhido e o trigo precisa se desenvolver para, então, chegar ao resultado final. “Até lá poderá haver compensações de aumento de produtividade de deter- minadas regiões em detri- mento de outras”, explicou Simioni. MILHO E TRIGO - Se- gundo o Deral, a produti- vidade do milho de segun- da safra é boa e está acima do esperado. Na primeira quinze- na de julho as chuvas caí- ram com mais intensidade nas regiões Norte e Oeste, onde há milho plantado e onde o trigo ainda não está em estágio adiantado - quando fica mais suscetível a perdas. Cerca de 31% da área ocupada com milho da segunda safra, que é de 1,9 milhão de hectares, já foi colhido, e o restante ex- posto ao risco. “Mas não significa que haverá preju- ízos em toda a área”, ob- serva o administrador do Deral, Edmar Gervásio. Segundo ele, no Oes- te, onde o plantio de mi- lho é mais intenso, com cerca de 700 mil hectares ocupados com a segunda safra, metade da área já havia sido colhida e a ou- tra metade ainda estava exposta ao risco. A previ- são de colheita na região está mantida em 4,7 mi- lhões de toneladas. “Tão prejudicial quanto o volume de águas foi o impedimento de o agricultor entrar nas la- vouras e fazer os tratos cul- turais ou a colheita nas áre- as que já permitiam”, ob- servou o técnico. Na região Norte, as chuvas ocorridas até o mo- mento não prejudicaram a qualidade do grão, pois as lavouras de milho estão com desenvolvimento atra- sado. “Neste caso as chuvas até poderão beneficiar as lavouras”, diz Gervásio. O mercado de milho vem reagindo bem para o produtor. No último mês teve alta de 14%, sendo co- mercializado a R$ 21,00 a saca com 60 quilos. A sa- fra brasileira e a parana- ense se mantém em alta e a valorização do grão é atribuída à redução das estimativas do USDA para os esto- ques internacionais. Para o trigo da safra 2015, o Deral mantém a previsão de plantio em torno de 1,3 milhão de hecta- res e de colheita de quase quatro milhões de toneladas. “Mas ainda não há preocupação”, dis- se o engenheiro agrô- nomo Carlos Hugo Godinho, salientando que o clima ainda poderá mudar e o desenvolvimen- to da lavoura tomará outro rumo. Cerca de 98% da cul- tura já foi implantada, sen- do que na região Centro- Sul o plantio está mais atrasado por causa das chu- vas. Na área plantada, me- tade das lavouras está em fase de enchimento dos grãos, mais exposta a do- enças. Esta situação pode- rá gerar aumento de cus- tos para o produtor fazer o controle químico ou redu- zir a produtividade, com perda de qualidade por cau- sa de grãos mal formados. Segundo Godinho, nesta fase ainda não há como quantificar possíveis perdas porque as lavouras mais tardias da região Cen- tro-Sul do Estado poderão compensar quedas de pro- dutividade que talvez ocor- ram na região Norte. Antes das chuvas, 96% das lavouras estavam em boas condições e 4%, médias. No último levanta- mento feito pelo Deral, 85% das lavouras estão em boas condições, 14% em es- tágio médio e 1%, ruim. (aenpr) Estado destina R$ 2,5 milhões para fortalecer gestão municipal do SUS O Governo do Pa- raná autorizou nesta quar- ta-feira, 29, a renovação do convênio do Estado com o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Paraná (Cosems-PR). A autorização foi dada pelo secretário estadual da Saú- de em exercício, Sezifredo Paz. A parceria prevê o re- passe de R$ 2,5 milhões para que Cosems-PR dê continuidade às ações de educação permanente e fortalecimento da gestão do Sistema Único de Saú- de (SUS) no âmbito muni- cipal. O novo convênio, vi- gente até 2016, amplia o va- lor destinado para subsidi- ar as atividades do Cosems- PR, que atua há 28 anos no apoio e consultoria técnica dos gestores municipais de saúde. “É uma forma de va- lorizar o trabalho de desta- que que já é realizado e, também, auxiliar na quali- ficação técnica dos respon- sáveis por desenvolver as políticas públicas de saúde nos municípios”, ressaltou o secretário. CUSTEIO DE CAPACI- TAÇÃO - Os recursos se- rão aplicados, entre outras despesas, no custeio da par- ticipação dos gestores em cursos, congressos, semi- nários, oficinas e reuniões regionais e estaduais, como as da Comissão Intergesto- res Bipartite (CIB) – um espaço de debate e pactua- ção das políticas públicas de saúde. Parte dos valores também serão utilizados na realização do 2º Caminhos da Gestão, uma série de cur- sos macrorregionais, visan- do a capacitação dos gesto- res nos mais variados temas ligados ao SUS. Na primeira edição, foram oito eventos sobre “Planejamento e Prestação de Contas”. O segundo ci- clo deve acontecer até o fi- nal do ano e discutirá a go- vernança e regulação na rede pública de saúde. QUALIDADE - De acordo com a presidente do Cose- ms-PR, Cristiane Martins Pantaleão, o trabalho de ca- pacitação dos gestores re- flete diretamente na quali- dade dos serviços de saúde prestados à população. “O apoio do Estado no apri- moramento da gestão mu- nicipal contribui significati- vamente para a oferta de um melhor atendimento de saúde” afirma.Segundo ela, o espaço de troca de expe- riências proporcionado pelo Cosems-PR também ajuda na construção coletiva de um SUS mais acessível e de qualidade. SecretáriadaEducaçãodebatedistribuiçãoderecursosdoFundeb A convite do Con- sed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), a secretária de Estado da Educação, Ana Seres, reu- niu-se segunda-feira, 27, com integrantes do conse- lho, em Brasília, para de- bater a distribuição das verbas do Fundeb, o Fun- do de Manutenção e De- senvolvimento da Educa- ção Básica e de Valoriza- ção dos Profissionais da Educação. A secretária também tratou de diversos assuntos de interesse do Paraná. O Fundeb é compos- to por receitas próprias ou transferências (67%) dos estados e 33% dos muni- cípios. Os estados têm re- torno médio de dois terços de suas contribuições ao Fundeb. As prefeituras fi- cam com cerca de 70% a mais do que contribuem, pelos cálculos do Consed. A agenda na capital federal incluiu a presença do ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro; do presidente do Consed, Eduardo Deschamps, além de representantes da Un- dime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação). “As conversas foram bastante proveitosas. Con- seguimos dar encaminha- mento a várias demandas do Estado”, resumiu a se- cretária. Segundo ela, em relação ao Fundeb, parte dos municípios apresenta ganho de receita enquan- to outros têm queda, ou seja, não estão recebendo o que seria devido. Para isso, está sendo feita uma reavaliação da distribuição dos recursos. Também foram abor- dados assuntos relativos ao Plano Nacional de Al- fabetização na Idade Cer- ta (PNAIC), o programa Mais Educação, capacita- ção de gestores (voltado a diretores de escolas), Pro- natec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Téc- nico e Emprego), jornada ampliada e recursos para o mobiliário e capacitação de gestores, professores e técnicos dos Centros Es- taduais de Ensino Profis- sional, os CEEPs.

×