O slideshow foi denunciado.

Paraná Notícias

12.128 visualizações

Publicada em

Publicada em: Carreiras
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Paraná Notícias

  1. 1. NoNoNoNoNovvvvva Super crechea Super crechea Super crechea Super crechea Super creche começou a funcionarcomeçou a funcionarcomeçou a funcionarcomeçou a funcionarcomeçou a funcionar Comcam, 26 e 27 de maio de 2015 Circulação semanal Respondeu Jesus: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim. (João 14: 6) Sociedade Notícias www.jornalprn.com.br Pág. 03 JURANDA Alteração no Plano Diretor será discutido em Audiência Pública6 7 Vereadores falam do abandono da administração municipal PEABIRU A prefeitura de Araruna faz readequação de estradas ARARUNA 6 O que é intercessão? No último sábado em Araruna o Boteco Piseiro teve ILLUSION BLACK PARTY Pág. 08 Pág. 03 A Secretaria de Educação de Campo Mourão, iniciou nesta segunda-feira pela manhã, 25, as aulas na nova super creche- Centro de Educação Infantil “Vera Karam, na Rua Nelson Bitencourt do Prado- Jardim Indianópolis, na região do Grande Lar Paraná. A obra construída e mobiliada com recursos do Ministério da Educação e do Município será inaugurada dia 29 de maio. Foram investidos cerca de R$ 1,5 milhão Posto de Atendimento do Detran é inaugurado do Lar Paraná Mais obras Projeto de remodelação do trevo da rodoviária é entregue ao DNIT Pág. 04 REPERCUTIU BEMREPERCUTIU BEM Várias lideranças prestigiaram a nova formação do PSC em Goioerê, o evento que aconteceu no Buffet Daimaru, ainda rende comentários, e nos meios políticos, já é dada como certa a participação de Betinho Lima na disputa municipal do ano que vem. PPPPParanhosaranhosaranhosaranhosaranhos rererereretttttomaomaomaomaoma atividades naatividades naatividades naatividades naatividades na AssembleiaAssembleiaAssembleiaAssembleiaAssembleia LegislativLegislativLegislativLegislativLegislativa ea ea ea ea e liderança doliderança doliderança doliderança doliderança do PSCPSCPSCPSCPSC Após cumprir um afastamento de 27 dias para tratamento de saúde, o deputado Paranhos (PSC) reassumiu nessa segunda- feira, 25. Pág. 03 PPPPParaná é o segundo estadoaraná é o segundo estadoaraná é o segundo estadoaraná é o segundo estadoaraná é o segundo estado qqqqque mais gerue mais gerue mais gerue mais gerue mais gerou emou emou emou emou empregospregospregospregospregos de janeirde janeirde janeirde janeirde janeiro a abrilo a abrilo a abrilo a abrilo a abril Pág. 02 Pág. 03 Pág. 03 Pág. 05 A intercessão é a oração que chega aos céus quando oramos por alguém ou por uma situação, por meio dessa oração, Deus pode realmente mudar algo. Pág. 04
  2. 2. & Fatos “ FRASE Política O mais importante ingrediente na fórmula do sucesso é saber como lidar com as pessoas.” ( Theodore Roosevelt) PARANÁ NOTÍCIASPágina 02 Comcam, 26 e 27 de maio de 2015 Após cumprir um afastamento de 27 dias para tratamento de saúde, o deputado Paranhos (PSC) reassumiu nessa se- gunda-feira , 25, suas fun- ções na Assembleia Legis- lativa e na liderança do seu partido, que tem a maior bancada no parlamento es- tadual com 12 deputados. “Continuo em tratamento, mas minha saúde está boa e estou confiante de que poderemos continuar cum- prindo nossa missão com a Várias lideranças prestigiaram a nova forma- ção do PSC em Goioerê, o evento que aconteceu no Buffet Daimaru, ainda ren- de comentários, e nos mei- os políticos, já é dada como certa a participação de Be- tinho Lima na disputa mu- nicipal do ano que vem. Se- gundo o próprio Betinho, o Partido Social Cristão par- ticipará ativamente das elei- ções municipais em pratica- mente todos os municípios paranaenses, em Goioerê, reuniões e visitas às lide- ranças políticas e comuni- tárias já começam a serem agendadas pelos integran- tes da nova provisória. “Precisamos ouvir to- dos os seguimentos da so- ciedade, do empresário ao trabalhador mais simples, dos mais experientes aos mais jovens, enfim, todos tem algo a dizer que pode nos ajudar construir um projeto de desenvolvimen- to para nossa cidade”, ex- plicou Betinho, que é chefe de gabinete na SEDU – Se- cretária de Estado e Desen- volvimento Urbano. “Todos nós temos uma papel a desempenhar na sociedade, quando fui vere- ador e presidente da Câma- ra, sempre trabalhei para ajudar nosso município, hoje em Curitiba, acompanho di- ariamente o desenvolvimen- to de todos os municípios paranaenses”, acrescentou o ex-vereador, que até o final do ano, deve deixar a chefia de gabinete para se dedicar exclusivamente as eleições de 2016. Wanda que já foi presidente do Bair- ro Jardim Universi- tário e que também faz parte da Provi- sória do PSC, disse que aceitou o pedi- do de Betinho por- que o conhece há muito tempo e sabe do seu comprometi- mento como o soci- al. “Betinho é dinâmico e sempre aju- dou as pesso- as, tenho cer- teza que ele dará o melhor dele”, disse ela. O empre- sário no ramo de combustí- vel e transpor- tes, Mário Ci- onek, aceitou também fazer parte da provisó- ria do partido, estamos juntos no projeto para fortalecer o par- tido e também para o desenvol- vimento da nos- sa cidade. Beti- nho fez o convite e eu aceitei. “Es- tamos juntos”, falou Mário. O agricultor Gené- sio Gonçalo mais Paranhos retoma atividades na Assembleia Legislativa e liderança do PSC mesma energia e determi- nação”, enfatizou. Diagnosticado com síndrome do pânico decor- rente de um quadro de es- tresse e esgotamento físi- co e psicológico, Paranhos retorna ao trabalho dispos- to a contribuir com uma solução para o impasse en- tre Governo e servidores. “O PSC já manifestou sua posição em apoiar a reivin- dicação dos 8,17% reivin- dicados pelos servidores e se coloca à disposição para atuar como inter- locutor entre as partes”. Ainda se- gundo Paranhos, todos já perde- ram muito com esse conflito e a sociedade para- naense merece empenho e dispo- sição das partes em negociar a busca de uma so- lução definitiva. REPERCUTIU BEMREPERCUTIU BEM conhecido como ‘’Du’’, radi- cado a mais de quarenta anos no bairro dos Gonçal- ves, que também faz parte da comissão provisória, dis- se que Betinho é muito di- nâmico e representa muito bem a renovação da políti- ca goioerense, “como já foi vereador e presidente da câ- mara, conhece muito bem o município e suas necessida- des e com certeza dará uma atenção especial aos agri- cultores e a zona rural”, re- latou Du. Perguntado sobre a possível indicação do parti- do para que ele dispute a prefeitura de Goioerê, Be- tinho afirmou que está à disposição do grupo e que também irá conversar com outros partidos para esta- rem juntos no mesmo pro- jeto. “Ninguém chega a lu- gar algum sozinho, conhe- ço todas as lideranças polí- ticas de Goioerê e sei quem tem condições de nos aju- dar, tem muita gente boa com ideias boas e é isso que a nossa cidade precisa”, pontuou. Floriano, Bibi e Benedito Marcel da 104FM e Cido da Viação Mourãoense “Precisamos ouvir todos os seguimentos da sociedade”, disse o ex-vereador Betinho Lima Willian, Pastor Wilki, Betinho, Dona Leopoldina e Laudisséia. Pastor Wilki, mora a 30 anos em Goioerê, onde está afrente da Igreja Comunidade Evangélica da Paz. No evento, o pastor orou, abençoando a todos Sentados: Guilerme Zimerman, Carlos Apoloni, João maciel, Silvio Pereira Em pé: Vacir, Cilso Costa Betinho juntamente con o vice- presidente Junior Mori Chico, Mário Fárias, Deputado Palozi, Paulo Sales e Betinho Fuad, Julha da Sinditextil e Seu Joaquim do Sindicato, Deputado Palozi, Paulo Sales e Betinho Entre os presentes, Fred pintor, verea- dor Sirinho e Joacir Vereador Patrik Pelói, Dr. Marcelo e o senhor Genésio “Dú”
  3. 3. Página 03PARANÁ NOTÍCIAS Campo Mourão Comcam, 26 e 27 de maio de 2015 NoNoNoNoNovvvvva Super crechea Super crechea Super crechea Super crechea Super crecheA Secretaria de Edu- cação de Campo Mourão, iniciou nesta segunda-feira pela manhã, 25, as aulas na nova super creche- Centro de Educação Infantil “Vera Karam, na Rua Nelson Bi- tencourt do Prado- Jardim Indianópolis, na região do Grande Lar Paraná. A obra construída e mobiliada com recursos do Ministério da Educação e do Município será inaugurada dia 29 de maio. As atividades come- çam com 150 crianças que já estão matriculadas desde o ano passado e estarão divi- didos em oito turmas, sendo que seis delas vão estar na Escola em tempo integral. A Escola terá como primeira diretora a profes- sora Priscila de Jesus Pezini da Silva e oferecerá o ensino nas etapas de berçário, ma- ternal I, II e III. As crian- ças entram na Escola a par- tir das 7h30 e serão entre- gues para as famílias às 17h30. OCentrodeEducação começou a funcionar na segunda-fcomeçou a funcionar na segunda-fcomeçou a funcionar na segunda-fcomeçou a funcionar na segunda-fcomeçou a funcionar na segunda-feiraeiraeiraeiraeira Infantil “Vera Karam” con- ta com 1.211 metros qua- drados e foi construída com recursos de investimentos de cerca de R$ 1,5 milhão do Fundo Nacional de De- senvolvimento da Educa- ção do Governo Federal. Conta com bloco pedagógi- co, administrativo e de ser- viço, além de área para cre- che, pré-escola, solarium, pátio, anfiteatro, refeitório, playground e estaciona- mento. PPPPPostostostostosto de Ao de Ao de Ao de Ao de Atttttendimentendimentendimentendimentendimento do Deo do Deo do Deo do Deo do Detran étran étran étran étran é inaugurado do Lar Pinaugurado do Lar Pinaugurado do Lar Pinaugurado do Lar Pinaugurado do Lar Paranáaranáaranáaranáaraná Preparado para atender pessoas de toda a região do Lar Paraná, o Posto de Atendimento do Detran – Departamento Estadual de Trânsito foi inaugurado na tarde da última sexta-feira, na Praça Alvorada. O pos- to descentralizado do De- tran Paraná já comecou a funcionar nessa segunda- feira, 25, das 8 às 14 horas. Para a instalação do posto, a Prefeitura de Cam- po Mourão cedeu as insta- lações, equipamentos e fun- cionário devidamente capa- citado para exercer as ati- vidades relativas aos servi- ços de trânsito, especifica- mente na área de veículos automotores. Também fo- ram realizadas melhorias no local adaptando às ne- cessidades do órgão, medi- ante convênio. Durante a inaugura- ção, o diretor de Operações do Detran-Pr, Tércio Alves de Albuquerque, falou sobre os atendimentos do órgão estadualemCampoMourão, “A unidade Detran Lar Paraná é uma conquista da comunidade, que passa a ter um atendimento uma importante região da cidade”. A prefeita também lembrou que a administração municipal não mediu esforços para a instalação do novo posto” Seama realiza CamSeama realiza CamSeama realiza CamSeama realiza CamSeama realiza Campanha depanha depanha depanha depanha de ColeColeColeColeColeta de lixta de lixta de lixta de lixta de lixo eleo eleo eleo eleo eletrônicotrônicotrônicotrônicotrônico Itens de informática, telefonia, eletrodomésticos, aparelhos de TV e som em geral, bem como equipa- mentos de escritórios que não tem mais uso, podem ser descartados correta- mente na Campanha de Co- leta de Lixo Eletrônico que a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente realiza nesta sexta-feira, 29, e sá- bado, 30. O local da coleta será o ginásio da Vila Uru- pês e todo material deposi- dizendo que o novo posto distribuirá os serviços me- lhorando os atendimentos. Já a prefeita Regina Dubay, falou que a unidade Detran Lar Paraná é uma conquista da comunidade, que passa a ter um atendi- mento uma importante re- gião da cidade. Ela lembrou que a administração muni- cipal não mediu esforços para a instalação do novo posto. A instalação do posto no bairro pelo Detran aten- deu indicação dos vereado- res Edilson Martins, Nelita Piacentini e Toninho Ma- chado, apresentada pela ex- deputada Estadual Marla Tureck, na Assembléia Le- gislativa. O servidor efetivo Tiago Martins, que fez o curso de capacitação no De- tran de Curitiba deverá atu- ar como Chefe do Posto de Trânsito juntamente com a servidora Néia Faria, cedi- da pela 8ª Ciretran. Também participa- ram da solenidade de inau- guração, o ex-prefeito Nel- son Tureck, secretários mu- nicipais e os vereadores Edilson Martins, Toninho Machado, Jorge Pereira e Nelita Piacentini. Atendimentos - Os servi- ços disponibilizados no Pos- to serão os mesmos feitos pelo Detran-PR relaciona- dos à área veicular, tais como: vistorias de veículos, decalques, registros, altera- ção de dados dos veículos, consulta de débitos, emissão de extratos, multas, transfe- rências, regularização de do- cumentação e outros servi- ços veiculares diversos, ex- ceto relacionados às Cartei- ras de Habilitação (CNH). Além de Campo Mourão, poderão ser atendidas cida- des da região que não tem Posto de Trânsito, como Farol e Luiziana. Os servi- ços de atendimento atual- mente eram feitos unica- mente na Ciretran, na Asa Leste da cidade. Localização - O Posto de Atendimento do Detran do Lar Paraná é localizada na Rua Duque de Caxias, esqui- nacomShuheiUetsukaPra- ça Alvorada. O telefone para contato é (44) 3523-7093. Projeto de remodelação do trevo da rodoviária é entregue ao DNIT Foi protocolado na sexta- feira, 22, no Departamento de Infra Estrutura e Transportes (DNIT) o projeto do municí- pio de Campo Mourão que pre- vê remodelação do trevo da BR 487 (Estrada Boiadeira), com a Perimetral Tancredo Neves, em frente ao terminal rodoviá- rio. tado será encaminhado para empresa especi- alizada no descarte e reciclagem destes ma- teriais. A campanha será em parceria com a empresa Seleta. Os in- teressados devem levar os produtos na sexta- feira, 29, das 08 até às 17 horas e no sábado das 8 ho- ras às 12 horas. A Seama faz a campa- nha duas vezes por ano e entre os produtos de infor- mática são aceitos compu- tadores, servidores, no bre- aks, notebooks, impresso- ras, acessórios e demais itens. Na área de telefonia podem ser levados celula- res, aparelhos e centrais te- lefônicas, carregadores e acessórios. Entre os eletro- domésticos podem ser en- tregues produtos da Linha Branca (fogão micro ondas, geladeiras), e aparelhos de TV e som em geral. Quem tem equipamentos de escri- tórios pode entregar máqui- na de escrever, calculadoras, furadores, estantes e outros materiais metálicos. Não serão coletados itens como TV’S de Tubos e monitores, CRT’S que fo- ram abertos e retirados os materiais internos. (Somen- te conjunto completo), Car- caças de TV’S, monitores e CRT’S e impressoras, Tu- bos de TV’S sem o conjun- to completo, Pilhas e lâm- padas fluorescentes. Maio- res informações podem ser obtidas pelo telefone : 3525 4449, com Sâmela. Além de melhorias na si- nalização na rotatória, o proje- to prevê um recorte no barran- co às margens da BR 487 para facilitar a entrada na Rua Du- que de Caxias, no Lar Paraná e consequentemente melhorar o fluxo dos veículos que trafegam pela rodovia. “Agora é esperar a apro- vação do DNIT para executar o mais breve possível essa obra”, destaca o coordenador geral, Carlos Garcia, ao lem- brar que o município também aguarda a liberação do DNIT para implantação do semáforo no trevo do Lar Paraná, princi- pal acesso à Avenida Presiden- te Kennedy. Agora é esperar a aprovação do DNIT para executar o mais breve possível essa obra”, destacou o coordenador geral, Carlos Garcia Com 1.211 metros quadrados a obra foi construída com recursos de investimentos de cerca de R$ 1,5 milhão do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação do Governo Federal
  4. 4. Página 04 Comcam, 26 e 27 de maio de 2015 PARANÁ NOTÍCIAS De segunda a sábado R$ 14,00 - Domingos e feriados R$ 16,00 - Marmitex pequena R$ 7,00 - Média R$ 9,00 - Grande R$ 11,00 Rua Santa Catarina, 2120 - Centro - Campo Mourão PR Fone: (44) 3017-1141 O restaurante do Moacir, localizado na área central de Campo Mourão, vem se tornando ponto de encontro de pessoas de toda região. A passeio ou a trabalho, muitas pessoas tem preferido o restaurante para fazer uma saborosa refeição. Com preços aces- síveis e uma ótima qualidade,o restaurante já virou referencia na região da Comcam. PPPPParaná é oaraná é oaraná é oaraná é oaraná é o segundosegundosegundosegundosegundo estado qestado qestado qestado qestado queueueueue mais germais germais germais germais gerououououou ememememempregos depregos depregos depregos depregos de janeirjaneirjaneirjaneirjaneiro a abrilo a abrilo a abrilo a abrilo a abril O Paraná é o segun- do estado com maior gera- ção de empregos com car- teira assinada nos primeiros quatro meses de 2015. O estado contabilizou um sal- do positivo de 23.459 pos- tos com carteira assinada nos pri- meiros quatro me- ses de 2015, o que representa um crescimento de 0,86% no estoque de empregos for- mais, de acordo com Cadas- tro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta sexta-feira, 22, pelo Ministério do Tra- balho. A primeira posição no período é ocupada por Santa Catarina. Em abril especifica- CamCamCamCamCampanha de vpanha de vpanha de vpanha de vpanha de vacinação contra a gripe éacinação contra a gripe éacinação contra a gripe éacinação contra a gripe éacinação contra a gripe é prprprprprorrorrorrorrorrogada até 5 de junhoogada até 5 de junhoogada até 5 de junhoogada até 5 de junhoogada até 5 de junho A Secretaria de Es- tado da Saúde anunciou nes- ta sexta-feira, 22, a prorro- gação da campanha de vaci- nação contra a gripe até o dia 5 de junho. Até esta sex- ta, mais de 1,7 milhão de pessoas foram imunizadas, o que representa 65% do to- tal da meta estabelecida, que é a de vacinar 80% do grupo prioritário. Este grupo tem direito a vacina gratuita, pelo governo. Rio Grande do Sul, Paraná e Amapá são os es- tados que mais vacinaram até o momento com índices acima de 60%. A média na- cional é de 46%. Dentre os grupos que têm direito à vacina gratui- ta, o das gestantes é o que tem menor núme- ro de doses aplica- das.São59mildo- ses até agora, o que representa 51% das grávidas vacinadas. Em se- guida estão os tra- balhadores da saúde, com 116 mil doses aplica- das (49,07%); as crianças de seis meses a menores de cin- co anos, com 376 mil vaci- nas aplicadas (54,71%); 869 mil idosos (73,41%); o gru- po de puérperas atingiu 15 mil doses aplicadas (79,53%) e 11 mil indígenas foram va- cinados (78,74%). “A vacina contra a gripe continuará disponível em todas as uni- dadesdesaúdedoParanáaté o dia 5 de junho, mas é im- portante que todos aqueles que têm direito à imuniza- ção procurem se vacinar o quanto antes, porque a pro- teção só é garantida depois de 15 dias da aplicação”, ex- plica o coordenador estadu- al de Imunização da Secre- taria da Saúde, João Luiz Crivellaro. NÚMEROS - Em 2014, o Paraná registrou 227 casos graves de gripe e 16 pesso- as morreram em decorrên- cia da doença. A transmis- são ocorre por meio do con- tato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contami- nados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). A recomendação para evitar a contaminação é que as pessoas tomem cuidados simples como lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e es- pirrar; evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal. SINTOMAS - Os sintomas da gripe são febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articula- ções. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gas- trointestinais, dor muscular intensa e prostração. Caso a pessoa apresente esses sin- tomas, deve procurar um serviço de saúde o mais rá- pido possível. mente, o Paraná registrou o menor número de fecha- mento de postos de traba- lho formais entre os estados da região Sul do país. De acordo com o Caged, no período, foram fechadas 2.002 vagas, no Paraná, das 13.489 extintas nos três es- tados da região. No Brasil, foram eliminados 97.828 postos de trabalho. SETORES - Os Serviços, a Indústria de Transforma- ção e a Agropecuária são os principais responsáveis pelo bom desempenho do em- prego no Paraná, de janei- ro a abril. Em seguida, es- tão a Construção Civil e a Administração Pública. Mais uma vez o interior do Estado foi responsável pela maior parte das vagas de emprego formais geradas. Os municípios que mais se destacaram nos primeiros quatro meses do ano foram Londrina, Maringá, Orti- gueira, Cascavel, Toledo e Pato Branco. ABRIL – Le- vantamento do Observatório do Trabalho, que faz parte da Secretaria do Trabalho e De- senvolvimento Social, mostra que o setor que gerou o maior número de pos- tos de trabalho no Paraná, em abril, foi o da agropecu- ária (1.065). O comércio foi o segundo colocado, com um saldo de 224 postos, se- guido da administração pú- blica, que teve um saldo po- sitivo de 188 vagas. O pior resultado do mês foi do se- tor da Indústria de Trans- formação, que teve saldo ne- gativo de 2.832 postos. Os dez municípios que mais se destacaram na geração de empregos for- mais, em abril, foram Orti- gueira (493), Cambará (347), Telêmaco Borba (306), Colorado (304), Pato Branco (279), Paraíso do Norte (232), Umuarama (223), Florestópolis (220), Santo Inácio (200) e Medi- aneira (156). Ortigueira teve seu desempenho alavancado pelo setor da Construção Civil (280). Em Cambará o setor de destaque foi a da Agropecuária (249) e, em Telêmaco Borba, o da In- dústria de Transformação (143). De acordo com Julio Suzuki, diretor-presidente do Ipardes, Ortigueira é, atualmente, um dos ícones do desenvolvimento econô- mico do Estado em função da instalação da nova uni- dade da Klabin no municí- pio, projeto que tem o apoio do programa Paraná Com- petitivo.
  5. 5. PARANÁ NOTÍCIAS Comcam, 26 e 27 de maio de 2015 Página 05 Piada Respostas (1c – 2a – 3b – 4c) Por onde andas? O qO qO qO qO que é intue é intue é intue é intue é intererererercessão?cessão?cessão?cessão?cessão? A intercessão é a oração que chega aos céus quando oramos por alguém ou por uma situação, por meio des- sa oração, Deus pode real- mente mudar algo que esta- va se organizando ou cons- pirando contra seu povo. “Ó SENHOR ouve; ó SENHOR perdoa; ó SE- NHOR atende-nos e opera sem tardar; por amor de ti mesmo, ó Deus meu; porque a tua ci- dade e o teu povo se chamam pelo teu nome.” (Daniel 9: 19) Devemos orar para que as astutas ciladas do ini- migo venham a ser frustra- das. Devemos orar pelas au- toridades da nossa cidade, pelos nossos irmãos em Cristo, devemos orar por aqueles que ainda não co- nhecem a palavra e até pe- los pecadores para que eles venham a ter conhecimento do amor de Deus e se arre- penda dos seus maus cami- nhos. “Perdoa, pois, a iniqui- dade deste povo segundo a grandeza da tua benignidade e como também perdoou a este povo desde a terra do Egito até aqui. E disse o SENHOR: Conforme a tua palavra, lhe perdoei.” (Números14:19-20) No Antigo Testamen- to, foram muitas as manifes- tações de Deus, fica até difí- cil numerá-las, Abraão, Eli- as, Daniel. Mas vamos colo- car uma situação que acon- teceu no livro de Êxodo no cap: 17 do vers: 8 até o 16. Podemos ver ali, uma gran- de manifestação de Deus, ondedevemostirardelauma boa lição de vida. Em uma peleja entre Israel com os amalequitas (nação inimiga do povo de Deus), Moisés ordenou a Josué (que futuramente se- ria seu sucessor) que esco- lhesse alguns homens e fos- se para a batalha, que ele, (Moisés) iria para o cume da montanha, onde iria orar a Deus. E acontecia que, quan- doMoiséslevantavaasuamão, Israel prevalecia; mas, quando ele abaixava a sua mão, Ama- leque prevalecia.” (Êxodo 17: 11) Mas as mãos de Moi- sés cansaram e Arão e Hur que estavam juntos com ele, colocaram uma pedra em- baixo de seus braços e sen- taram e seguraram os seus braços para que continuas- se a orar e suas mãos ficas- sem firmes até o pôr do sol. E assim, os israelitas vence- ram os amalequitas a fio de espada. Das belíssimas inter- cessões de Moisés, essa me chamamuitaatençãoporque reflete muito bem o que acontece nos dias de hoje. Preste à atenção que en- quanto estamos na presen- ça de Deus, orando, buscan- do ao Senhor, tudo caminha perfeitamente bem, princi- palmente, quando estamos orando por alguém, mas, se pararmos um pouco, a coisa começa a complicar. Vamos a um exemplo: “E, chegando Eliseu àquela casa, eis que o menino jazia morto sobre sua cama. Então, entrou, e fechou a porta sobre eles am- bos, e orou ao SENHOR. E subiu, e deitou-se sobre o me- nino, e, pondo sua boca sobre a boca dele, e os seus olhos sobre olhos dele, e as suas mãos sobre as mãos dele, se estendeu sobre ele; e a carne do menino aque- ceu... e o menino abriu os olhos.” (2 Reis 4: 32-35) Mais um exemplo de intercessão de um homem de Deus, Eliseu era um ho- mem de profunda comu- nhão com Deus, como pou- cos na sua época e sentiu- se comovido com o clamor da mãe do menino e mais uma vez o nome do SE- NHOR foi glorifi- cado. No Novo Tes- tamento existe uma passagem que reflete muito bem a intercessão, não só de uma pessoa, mas sim de um povo. Pedro estava preso e a igreja fazia orações interces- soras a seu favor, e eis que uma determinada hora o anjo lhe apareceu e soltou suas amarras. (Leia Atos 12) “Pedro, pois, era guar- dado na prisão; a igreja fa- zia contínua oração por ele a Deus.” (v: 5) Conclusão: A oração de uma igreja, de um pastor, ou de algum membro de sua fa- mília em favor de outro al- guém, pode ser a grande solução para vários proble- mas. O apóstolo Paulo sem- pre pedia orações dos ir- mãos para que o projeto de Deus fosse cumprido. “E rogo-vos irmãos, por nosso SENHOR Jesus Cristo e pelo amor de Espíri- to, que combatais comigo nas vossas orações por mim a Deus.” (Romanos 15: 30) Não devemos desistir jamais de orar e mantermos sempre a esperança que dias vindouros virão, não impor- ta a situação, sempre al- guém estará precisando de suas orações. “Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém con- tente? Cante louvores.” (Tia- go 5: 13. Texto extraído do livro “Os Primeiros Passos no Evange- lho” – Ed Cláudio Machado Cruz No último domingo, 24, o pastor Gilberto Eler de Goioerê, esteve levando a palavra de Deus na igreja Presbiteriana Renovada de Rancho Alegre D’Oeste. Com mais de 40 anos de ministérios e inúmeras experiências com Deus, o pastor trouxe uma palavra de edificação e de motivação aos irmãos. “Tudo isto nos sobreveio; contudo não nos esquecemos de ti, nem nos houvemos falsamente contra a tua aliança. O nosso coração não voltou atrás, nem os nossos passos se desviaram das tuas veredas;” (Salmo 44: 17-18) 1- Qual o país de origem do grupo ABBA, sucesso nos anos 70? a)Estados Unidos b)Canadá c)Suécia 2- Qual a capital da Nova Zelândia? a)Wellington b)Sydney c)Auckland 3- A atriz Suzana Vieira na verdade chama-se; a)Suzana Gonçalves b)Sônia Maria Vieira Gon- çalves c)Hozana Vieira 4- A água cobre cerca de quantos % da superfície da Terra a)50% b)60% c)70% HumornotíciasMemória Viva Goioerê - Balsa no rio Piquiri dos anos 60 (Arquivo: Dinossauros Goioerê) Grupo ABBA - Quem viveu nos anos 70 e também 80, com certeza já dançou ao som de hits como S.O.S, Money, Money, Money, Super Trouper, Waterloo e a clássica Dancing Queen. Muita gente pode até torcer o nariz e dar uma olhada em volta quando algum desses clássicos grudentos e divertidos tocam nas pistas, mas pode ter certeza que depois que a vergonha inicial vai embora, é sucesso garantido. Tudo começou como um conto de fadas o vocalista e tecladista Benny Andersson se juntou com o guitarrista e vocalista Bjorn Ulvaeus, e a dupla começou a trabalhar em parceria. Mais tarde, Anderson começou um relacionamento com Agnetha Faltskog, que já fazia sucesso nas paradas da época com o hit I Was So In Love, enquanto que Ulvaeus se envolveu com a também cantora Anni-Frid Lyngstad, também conhecida como Frida. E estava formado o Abba, que baseou seu sucesso exatamente na união das vozes dos quatro integrantes. A banda da Suécia encerrou suas atividades em 1982. Benny Andersson - Anni-Frid Lyngstad - Agnetha Fältskog - Björn Ulvaeus
  6. 6. Página 06 Comcam, 26 e 27 de maio de 2015 PARANÁ NOTÍCIASLegislativo em Destaque / Geral contato: 44-3523-7969 9804-5912 Vendo 1000 peças de roupas seminovas. Lote fechado. Valor R$ 1.50 peça. Valor R$ 480.000,00 (Escriturado) Fone: (44) 9808-2786 AltAltAltAltAlteração no Plano Direeração no Plano Direeração no Plano Direeração no Plano Direeração no Plano Diretttttor será discutido em Aor será discutido em Aor será discutido em Aor será discutido em Aor será discutido em Audiência Públicaudiência Públicaudiência Públicaudiência Públicaudiência Pública EDITAL DE CHAMAMENTO À POPULAÇÃO DE JURANDA A Câmara Municipal de Juranda convida os munícipes jurandenses a participar da Audiência Pública que será realizada no próximo dia 08 de junho, segunda-feira, a partir das 19:00 horas, no Plenário da Câmara Municipal de Juranda, localizado à Praça Henrique Szafermann,139, Centro, Juranda/PR, destinada a debater as alterações do Plano Diretor, metas e providências a serem tomadas no Município de Juranda O plano diretor é um instrumento de plane- jamento urbanístico, que temporfunçãosistematizar o desenvolvimento físico, econômico e social do ter- ritório municipal, visando o bem-estar da comunidade local. Assim, o Plano Dire- tor é elaborado através de processotécnicoedeacor- do com objetivos previa- mente estabelecidos, ou seja, de acordo com um ri- goroso planejamento. Sen- do assim, é de grande res- ponsabilidade cada altera- çãoqueimpliquemudanças no Plano Diretor. Conforme exigência em Lei, e sugestão do vere- ador José Molina Netto, aprovada pelos demais ve- readoresaCâmaraestaráor- ganizando uma Audiência Publicaparaquesejamana- lisadasaspropostas,doExe- cutivo.dealteraçõesnoPla- no Diretor e assim, refazer o planejamento territorial e definir o melhor modo de ocuparoterritóriodomuni- cípio, prevendo os pontos onde se localizarão ativida- des, e todas as formas de uso do espaço, presentes e futuros. No conceito do vereador Pedro Gonçalves (Tiroga) “A participação popular é importante nesse momento decisivo apesar do Plano Diretor já ter sido alterado outras vezes. Acredito que o Executivo não mandaria um Projeto de tamanha importância sem a devida orientação de profissionais entendidos e de orientação jurídica. É preciso que seja analisado cada detalhe para que não se tenha complicações futuras. È preciso que se faça um bom trabalho para que os representantes de vários segmentos participem e opinem nas alterações previstas.” O vereador Claudemir Hernandes (Nenê) alertou para a responsabilidade das alterações, “Esse é um mo- mento que exige muito cuidado não devemos aprovar nada que afete o futuro de nossa cidade. Jamais me abs- tive do voto. E esse é o momento de todos os vereado- res mostrarem se aprova ou não as alterações que o Executivo pretende fazer no Plano Diretor. Vamos ouvir os segmentos da sociedade mas a responsabilidade dos votos esta em nossas mãos. Pen- so em Juranda para daqui a alguns anos . Não estou contra quem já construiu casas em local que fere o nosso Plano Diretor mas não posso aprovar algo ilegal! De- vemos analisar com critérios as mudanças propostas pelo Executivo.” Vereador Zezinho: “È preciso que a questão das alterações no Plano Diretor seja discutido amplamente com a comunidade. È uma situação que envolve direta- mente a vida de nossa cida- de. Suas alterações devem respeitar uma serie de prin- cípios e de condutas para que não causem irregulari- dades e transtornos futuros. Tudo deve ser muito bem analisado. A participação popular é uma forma de se ouvir a voz da população . Outra questão e essa envol- ve a todos os brasileiros é quanto a Reforma Politica que é responsabilidade constitucional do Congres- so e que deve mobilizar a sociedade num plebiscito por meio de uma consulta popular. Acredito que o me- lhor caminho para aprova- ções de projetos relevantes é submetê-los a um referen- do popular, como na proibi- ção da venda de armas de fogo. A sociedade está aten- ta, madura e exigindo ser ouvida com mais assiduida- de e mais respeito. Espero que os jurandenses partici- pem da audiência Pública e opinem sobre as mudanças. Para qualquer mudança no Plano Diretor é preciso ma- turidade! Não podemos aprovar por aprovar. A par- ticipação popular é salutar para a democracia. PresidentPresidentPresidentPresidentPresidente “Fião” fe “Fião” fe “Fião” fe “Fião” fe “Fião” fala sobre Aala sobre Aala sobre Aala sobre Aala sobre Audiência Pública eudiência Pública eudiência Pública eudiência Pública eudiência Pública e altaltaltaltalterações no Plano Direerações no Plano Direerações no Plano Direerações no Plano Direerações no Plano Diretttttororororor Já o vereador Nelson Richard Pinto, afirmou “o vereador tem que ter res- ponsabilidade para com o que aprova ou deixa de aprovar. É preciso sempre analisar e votar no que é certo, no melhor para a po- pulação. A população merece isto daqueles que foram es- colhidos para representá- la. Não podemos aprovar alguma coisa que vai ser prejudicial no futuro. Acredito que a participa- ção popular é de suma im- portância neste processo.” A participação po- pular na elaboração, imple- mentação e fiscalização das políticas públicas ganhou ampla dimensão, contribu- indo para aumentar a eficá- cia e abrangência das ações públicas, além de outros a exemplo de movimentos populares. A Câmara de Juranda, sob a presidência de Celso Rodrigues Modesto (Fião) esta se preparando para a realização de uma Audiên- cia Publica na qual, com a participação de vários seg- mentos da sociedade ira analisar e avaliar, para pos- terior aprovação ou não, das alterações que o Executivo pretende fazer no Plano Di- retor. O Plano Diretor – instrumento básico de po- lítica urbana, mais especifi- camente de planejamento municipal, pode ser defini- do como “Constituição Mu- nicipal”, ou seja, a lei mais importante da cidade. A sua importância é ta- manha, que a propriedade ur- bana só cumpre sua função soci- al quando atende as exigências fundamentais de ordenação da ci- dade expressas no Plano Dire- tor, isto previsto em Lei- art. 182, da Constituição Federal e art. 39, caput, do Estatu- to das Cidades. Falamos com o presidente Celso Modesto sobre a Audiência Publica, a qual foi sugerida pelo vereador José Molina Netto e que recebeu o respaldo dos demais vereadores. -Presidente como o Senhor esta vendo a ques- tão de uma Audiência Pu- blica para que com a par- ticipação popular sejam avaliadas as possíveis al- terações no Plano Diretor de Juranda? R: É importante à participação popular nesse momento quando estare- mos analisando as altera- ções no Plano Diretor. No Plano Diretor é que estão definidos entre outros, onde o cidadão poderá construir alteração do uso do solo e as operações urbanas. Em fim o Plano Diretor é a vida de nossa cidade e o retrato futuro da mesma, portanto vejo salutar que a popula- ção participe desse momen- to. - E a participação popular contribui para com as decisões legislati- vas? R: A participação po- pular nesse processo é in- clusive garantida em Lei e isso garante a gestão demo- crática e participativa. De- vemos permitir ao cidadão, participar diretamente da definição de políticas urba- nas, pois isso interfere dire- tamente no seu contexto social. - Como o Senhor vê essa possibilidade do povo ir ate a Câmara? R: Nossa população deveria de acompanhar as Sessões da Câmara, fre- quentar diretamente o local e entender o trabalho do vereador e a responsabilida- de que lhe pesa nos ombros. Acompanhar o vereador é saber em quem ele votou, pois é durante as sessões que o vereador atua como legislador. A Câmara de Verea- dores é considerada a mais aberta e democrática dos poderes locais, por serem compostas por membros das mais variadas ideologi- as, cabendo-lhe proporcio- nar condições para que a sociedade a ela recorra na busca de seus direitos e isto só é possível, participando e reivindicando. Aproveito a oportuni- dade para convidar a todos os jurandenses para que as- sistam às nossas sessões, as quais acontecem a toda se- gunda feira as 19:00 horas. Equipe da Saúde e a vacinação Os vereadores Pedro Gonçalves (Tiroga) e Celso Carnieli, teceram elogios a equipe da Secretaria de Municipal de Saúde e a administração municipal pela organização quando da vacinação contra a Influenza ou seja, contra a gripe. Além da vacinação a pessoas da Terceira Idade foi oferecido aos mesmos, um saboroso almoço. O vírus da influenza, causador da nossa conhecida gripe, é transmitido por inalação, ou seja, entra no nosso organismo, através de gotículas de saliva suspensa no ar, quando respiramos. Existem vários tipos de vírus da influenza e a cada ano novos tipos desses vírus aparecem. A vacina contra a gripe é o único meio que temos para evitar essa doença e ela é destinada de forma especial, a idosos para que dessa forma se evite que uma simples gripe possa progredir para uma doença respiratória mais grave e muito grande, uma vez que isso tem maior chance de acontecer em pessoas de maior idade. Doenças respiratórias, tais como, bronquites e pneumonias são muito graves em idosos. Elas são doenças responsáveis por grande número de mortes em idosos. A vacinação ocorreu num clima de muita alegria e motivação e rendeu comentários positivo dos vereadores Tiroga e Carnieli. Humanização no serviço funerário A humanização no serviço funerário a preocu- pação com a situação emo- cional da família que sofre com a perda de um ente que- rido é uma questão forte que levou o vereador Celso Car- nieli a tecer comentários sobre o Projeto de Lei do Executivo o qual tramita na Câmara e que regulamenta os serviços funerários no município de Juranda. Para Celso, “o Proje- to vem suprir uma necessi- dade na alteração dos servi- ços funerários até então for- necidos aos cidadãos juran- denses. Quem presta esses serviços deve fazê-lo com afeto e respeito a dor do se- melhante e se preocupar com o aprimoramento de seus produtos e serviços, bem como com a qualidade de atendimento oferecido aos clientes. Apoiar o Pro- jeto é garantir um apoio completo às famílias em luto.” Projeto Apiaba O * # ProjetoEco, busca promover a sensibilização da comunidade escolar quanto as mais diversas questões de Meio Ambiente através da propiciação de capacitações temáticas, produção de material didático e apresentação de resultados à sociedade., O projeto será desenvolvido na Escola Rural Muni- cipal João Pessoa, no Distrito de São Geraldo, em duas eta- pas distintas: a primeira nos meses de maio e junho e a segunda no mês de setembro. O #ProjetoEco permitirá às crianças, professores e comunidade o acesso à discussões de temas relevantes para a formação de um pensamento crítico e conscientização sobre problemáticas na sociedade onde estão inseridos. Esse é mais um projeto em parceria com a Secretaria de Educação de Araruna. Readequação de estradas A prefeitura de Araru- na, por meio da Secre- tária de Obras, fez a re- adequação da Estrada Lirial de São Luiz para o Pinhalzinho. O prefeito Fabiano An- toniassi comentou que a colaboração dos pro- prietários foi de suma importância, retirando as cercas, facilitando o trabalho e a melhoria das estradas. ARARUNA
  7. 7. Comcam, 26 e 27 de maio de 2015 Página 07PARANÁ NOTÍCIAS Legislativo em Destaque AROL Juranda – Peabiru e Farol Ânimos acirrados Os vereadores de Juranda, José Aparecido – “Cido” e José Theodoro Alves Neto- “Zezinho Theodoro”, discu- tiram feio sobre a questão da cessão de uso de alguns terrenos. Há uma séria discordância entre eles. Lamentaram O presidente da Câmara, Celso Modesto – “Fião” e tam- bém alguns vereadores, lamentaram o entrevero dos dois colegas, que aconteceu no corredor, um pouco antes de começar a sessão. Sessão quente Em todas as Câmaras da região, Juranda é sem dúvida, a que mais apresenta vereadores com os ânimos exal- tados. E isso, sinceramente, não é um bom sinal. Ordem e decência Ir às sessões legislativas já não um programa familiar, agora se não existir ordem e decência fica cada vez mais difícil convencer a população para participar das ses- sões. A pedido dos vereadores Em Peabiru, vereadores solicitaram ajuda do Ministé- rio Público para que a Prefeitura iniciasse a reforma do Ginásio de Esportes que está interditado desde inicio da gestão atual. “Chegamos ao fundo do poço, temos que recorre ao MP para as coisas acontecerem em nos- so munícipio”, disse o vereador “Botinha”. Dívida com o SAMU Em respostas ao pedido de esclarecimento da divida da prefeitura com o SAMU, protocolada pelo vereador Felício de Palma Junior – Licão, o prefeito Claudinei Minchio enviou respostas, que segundo os vereadores, não foi nada convincente. Muito caro (partes do oficio enviado pela prefeitura l) Os valores cobrados pelo SAMU até o presente momen- to não foram quitados, tendo como motivo principal o alto custo dos serviços, e por não serem condizentes com a realidade do município do porte de Peabiru. Não fui eu quem assinou (partes do oficio enviado pela prefeitura ll) O consórcio com o famigerado SAMU foi pactuado com o Município de Peabiru em outubro de 2012 na Gestão precedente. Não precisamos de SAMU (partes do oficio enviado pela prefeitura lll) Desta feita, seria um ato descabido arcar com os custos de um serviço que não seja inconsútil, uma vez que o mesmo já esta sendo oferecido em âmbito municipal sem a necessidade de logística complementar. Ambulância parada O vereador Pauli- nhoAvançofoicon- ferirdepertoasitu- açãodeumaambu- lância que está na oficina há um mês. Mas o problema nãoéesse,segundo o vereador, essa mesma ambulância ficou aproximada- mente um ano e meio parada no pátio da prefeitura. Está em falta A Prefeitura alega que faltam peças, mas os mecânicos disseram que pelo jeito, falta mesmo é grana. Pacto das Antenas l Entre os dias 27 e 29 deste mês a Associação das Câma- ras, Vereadores e Gestores Públicos do Paraná (Acam- par) promoverá em Cascavel – região oeste do estado – encontro estadual de vereadores para debater a expan- são da rede de telefonia móvel (celular) nos municípios paranaenses. Pacto das Antenas ll Da região, vários verea- dores já confirmaram presen- ça, em Farol, o presidente da Câmara já enviou até oficio ao deputado Paranhos, que presi- diu a CPI das Antenas. Seu João quer urgentemente antenas em distritos do município. Pacto das Antenas lll Já o vereador Pedro Gonçalves de Juranda, o “Tiroga” está na bronca com a operadora TIM, segundo o verea- dor que representa o distrito de Primavera, houve até a implantação de uma antena lá, mas sinal que é bom mesmo nada. ARARARARARARARARARARUNAUNAUNAUNAUNA O vereador requereu que seja enviado ao Execu- tivo Municipal, para que seja regulamentada a Lei nº 1.273/2006, se ainda não foi, com isso exigir do de- partamento responsável que faça a fiscalização. Segundo o vereador, foi aprovada no município, a Lei que instituí a taxa de roçada de terreno baldio no ano de 2006, e que jásepassaram08(oito)anos, e ainda não é executada de fato pelo órgão competente. “Hoje em nosso município há muitos loteamentos por isso é natural que fique mui- tosterrenossemconstrução, e assim muitos deste estão abandonadospelosseuspro- prietários que não fazem a limpeza do mesmo”, disse o vereador. “O mato alto em ter- renos vazios muitas vezes invade até as calçadas, cau- sando transtorno para os moradores. A situação che- gaaserumproblemadesaú- de, já que nesses locais cos- tumam aparecer animais pe- çonhentos, como aranhas, escorpiões e outros, e que muitos vão parar dentro das casas, sem contar ainda que estes terrenos podem virar deposito de lixos”, alertou Wagner. Outro requerimento enviado por Wagner foi para que sejam tomada as devidas providências atra- vés do Departamento com- petente, para que possa es- tar sinalizando o trecho da extensão da Avenida 29 de Novembro. “A via que dá acesso aos Jardins Furlaneto, Aquaríus, Primavera e Vi- lágge, estão praticamente sem sistema de sinalização de trânsito”, relata. AÇÕES DOS VEREADORES DE PEABIRU Por meio de indica- ção, o vereador Claudino solicitou a viabilização das seguintes melhorias no Conjunto Nivando Antonio Simionato: - Instalação de um redutor de velocidade (que- bra-molas) na Rua Orlando Souto Cárdia, esquina com a Rua Papa João XXIII; - Instalação de tor- neira no campinho de fute- bol e poda da grama. Pediu também a ins- talação de um redutor de velocidade (quebra-molas) na Rua Beija Flor, Conjun- to Requião II. E ainda, para que o Executivo Municipal dis- ponibilize para os skatistas os obstáculos adquiridos pelo Município e que hoje se encontram abandonados no ginásio de esportes. Rei- terando ainda o pedido da Construção de Pista de Skate. “Este é um pedido dos Os vereadores Jo- sinel Pezini dos Santos e Felício Palma Junior indicaram ao Executivo Municipal, sugerindo a instituição do “PRO- GRAMA DA PORTEI- RA PRA DENTRO” no Município de Peabiru. A execução de servi- ços de abertura, conserva- ção e recuperação de es- Por meio de requeri- mento, o vereador Osmar Pereira – “Botinha” solici- tou que seja esclarecido ao O vereador Toninho da Ambulância requereu esclarecimentos acerca do Poder Executivo Municipal de Peabiru, em não autori- zar o pagamento de diárias para os motoristas de am- bulâncias, quando estes se deslocam para outras loca- lidades que necessitam de recursos para alimentação e pernoite, em flagrante des- respeito à Lei Municipal nº 921/2013, de 25 de setem- bro de 2013, tendo em vis- ta que esta Lei esta servin- do para todos os servidores e agentes políticos, menos para os Motoristas de Am- bulâncias. “Nossa solicita- ção fundamenta-se no exer- cício da função fiscalizado- ra, atribuída pela Constitui- ção Federal, e na Lei orgâ- nica Municipal, ao Poder Legislativo, que pode ser exercida sobre qualquer ato ou fato relacionado com a administração pública, nes- te caso concreto, trata-se de as razões fundamentadas da negação em não autorizar o pagamento de diárias aos motoristas de ambulâncias”, argumentou o vereador do PSC. jovens que praticam o es- porte e reclamam por não poderem utilizar os obstá- culos, sendo que os mesmos estão estragando abandona- dos no ginásio de esporte. O Município doando esses obstáculos passa a respon- sabilidade para os jovens cuidarem e praticarem o es- porte no local que acharem melhor, até que consigam construir a Pista de Skate”, solicitou Claudino. Ações do vAções do vAções do vAções do vAções do vereador Wereador Wereador Wereador Wereador Wagner Malacoagner Malacoagner Malacoagner Malacoagner Malaco tradas de acesso e dentro das propriedades rurais, incluindo, terraplanagem, patrolamento e cascalha- mento; Preparação de terre- no para construção e re- forma de silos, trincheiras, aterro de curais, tanques de peixes, açudes para cap- tação de água, mecaniza- ção de terra, e demais ser- viços que visem à im- plantação de unidades ge- radoras de renda na pro- priedade rural; Transporte de terra (cascalho) próprio a recu- peração de vias particula- res – Dentre outras coisas que são se suma impor- tância para os moradores da área rural. Poder Legislativo por quais razões os veículos perten- centes ao município de Pea- biru estarem sendo conser- tados na Auto Peças e Me- cânica Roda Freio Ltda, que segundo informações ga- nhou a licitação para a ven- da de peças, e não na Retifi- ca Retifran Ltda, que ga- nhou a licitação para servi- ços. Já por indicação, Bo- tinha, solicitou que se pro- videncie o conserto do asfal- to danificado pelo SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgoto, quando da implantação de tubula- ção, na Rua Pastor Joel Dias Vilela. “O asfalto da Rua Pastor Joel Dias Vilela foi quebrado pelo SAAE para a implanta- ção de tubulação, há aproximadamente dois anos, o que causa mui- tos transtornos para a população. Conforme segue fotos em anexo”, explicou Botinha. Também pediu o conserto do asfalto danifi- cado pelo SAAE – Serviço Autônomo de Água e Es- goto, quando da im- plantação de tubula- ção, na Rua Pastor Joel Dias Vilela. Solicitou ainda a limpeza da calçada ao lado da Capela Nossa Senhora Aparecida, na Rua Papa João XXIII. Justificou que o mato tomou conta da calça- da, impedindo a passa- gem dos pedestres e ofe- recendo risco aos mora- dores, por servir de es- conderijo para bichos e até mesmo para pessoas más intencionadas. E mais solicitou a limpeza do grande volu- me de galhos e folhas lo- calizado na Avenida Vila Rica, entre a Avenida José Moser e a Rua Papa João XXIII. “Conforme as fo- tos abaixo, a cidade de Peabiru se encontra em um completo abandono”, fina- lizou o vereador
  8. 8. PARANÁ NOTÍCIASPágina 08 Comcam, 26 e 27 de maio de 2015 Especial No último sábado em Araruna o Boteco Piseiro teve ILLUSION BLACK PARTY SociedadeNotícias

×