O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Jornal Paraná Notícias

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Exportações
do Paraná
cresceram
18% no
primeiro
trimestre
“ O que cuida
da figueira
comerá do seu
fruto; e o que
atenta pa...
Página 02 Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 PARANÁ NOTÍCIAS
JURANDA: COM PRATICAMENTE 100 DIAS DE ADMINISTRAÇÃO A PRE...
PARANÁ NOTÍCIAS
& FatosPolítica
Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 Página 03
“
Saber esperar é uma virtude!
Aceitar, s...
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Jornal Paraná Notícias
Jornal Paraná Notícias
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 16 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Jornal Paraná Notícias (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Jornal Paraná Notícias

  1. 1. Exportações do Paraná cresceram 18% no primeiro trimestre “ O que cuida da figueira comerá do seu fruto; e o que atenta para o seu senhor será honrado.” (Provérbios 27: 18) Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 A informação como ela é. Pág. 15 Diretor Ed Cláudio Machado Cruz Acontece nos próximos dias 14,15 e 16 de abril, uma grande convenção organizada pela Igreja Só o Senhor é Deus em Maringá Farol inicia as obras de pavimentação com Pedras Irregulares Variedades Memória Viva Os embarques de soja em grão e farelo, carne de frango e automóveis impulsionaram as exportações do Paraná no primeiro trimestre de 2017. De janeiro a março, foram US$ 3,36 bilhões em vendas externas, 18,33% mais do que no mesmo período do ano passado, mostram dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC). Pág. 16Pág. 04 Saúde 10 cuidados com a saúde que você deve ter depois dos 30 anos Pág. 10 Sociedade Notícias Pág. 07 Pág. 14 Prefeita de Juranda conquista importantes recursos em Curitiba Prefeita de Rancho Alegre D’oeste mantém contatos em BrasíliaPág. 02 Pág. 02 Pág. 13 Pág. 12
  2. 2. Página 02 Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 PARANÁ NOTÍCIAS JURANDA: COM PRATICAMENTE 100 DIAS DE ADMINISTRAÇÃO A PREFEITA VEM SE DESTACANDO PELAS CONQUISTAS NACOHAPAR, CONSTRUÇÃO DE 250 CASAS Moradias - Os últimos dias tem sido intensa a agenda da prefeita de Juranda, Leila Amadei, no dia 23 de março em Curitiba, a prefeita conse- guiualiberaçãoparaconstru- ção de 200 casas, para famíli- as que tem renda de no míni- moumsalárioemeioe,acons- truçãode50casasparafamíli- as que tem renda de até um salário mínimo. O investimen- tonaconstruçãodascasasserá de aproximadamente, R$ 19.300.000,00 (Dezenove mi- lhões e trezentos mil reais). Recapeamento asfáltico -No dia29,aprefeitaLeilarecebeu a liberação R$ 1.500,000,00 (Um milhão e quinhentos mil reais)queserãoinvestidosem recapeamento asfáltico. A reunião que definiu a libera- ção dos recursos aconteceu A prefeita de Rancho Alegre D’oeste, Suely Alves Pereira da Silva cumpriu uma exten- sa agenda em Brasília, onde fez diversos contatos com deputados federais. Suely esteve acompanhada pelo presidente da Câmara, Ama- rildo José da Silva. Segundo eles, a viagem foi extrema- mente importante para as- segurar recursos para o mu- nicípio noPalácioIguaçucomogover- nador Beto Richa. ClinicadeFisioterapiae doCentroOdontológico-Ain- da em Curitiba a prefeita Ju- randaparticipounaúltimater- ça-feira,04,deumaaudiência comoSecretáriodeSaúdeeo deputado estadual Pedro Lu- pion (DEM), onde solicitou a construção da Clinica de Fisi- oterapia e do Centro Odonto- lógico e também equipamen- tos para o hospital municipal. Ambulância e uma VAN para a Saúde - Na quarta-feira, 05, a reunião foi no Palácio Igua- çucomoGovernadorBetoRi- cha, Secretário de Saúde Mi- chele Caputo Neto e o Secre- táriodeJustiça,TrabalhoCida- daniaeDireitosHumanos,De- putado Artagão Júnior. Naoportunidade,apre- feita recebeu a liberação para aaquisiçãodeumaAmbulân- cia 0KM para a Saúde e uma VAN0kmtambémparaaSaú- de. Valor do recurso: R$ 240.000,00 (Duzentos e qua- renta mil reais). Reforma e remodelação do Ginásio de Esportes Prefeita Suely e o pre- sidente da câmara Amarildo estiveram em Brasília com o Deputado Frangão. Na opor- tunidade a prefeita tratou do acompanhamento da libera- ção de recursos para refor- ma e remodelação do giná- sio de esportes. O deputado assumiu com- promisso na liberação de mais recursos para atender outras áreas do município. Frangão destinou emenda de 250 0000.00 para refor- ma e remodelação do giná- sio de esportes. Pedras irregulares na Vila Rural Em Brasília participei com o Deputado Zeca Dirceu reali- zei importantes audiências no FNDE e Ministério das Ci- dades. No FNDE a tratativa foi no processo de habilita- çãojuntoaoPARparaacons- trução de uma Escola. No Ministério das CIDADES foi sobre Programa de Planeja- mento Urbano. Zeca Dirceu destinou emenda de 250.000.00 para pedra poli- édrica para vila rural. Álvaro Dias – A Prefeita Su- ely realizou importante agenda em Brasília em prol do município. O senador Ál- varo Dias reafirmou compro- misso com o Município. Recursos para a Saúde - Su- ely ainda esteve com o De- putado Federal Rubens Bue- no onde na oportunidade agradeceupeloapoioaomu- nicípio na liberação de 120.000.00 para transporte sanitário e 100.000.00 para custeio e manutenção em assistência em Saúde. SUELYCUMPREAGENDAEMBRASÍLIA HUMORNOTÍCIAS
  3. 3. PARANÁ NOTÍCIAS & FatosPolítica Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 Página 03 “ Saber esperar é uma virtude! Aceitar, sem questionar, que cada coisa tem um tempo certo para acontecer... é ter fé!. (autor desconhecido) Eleita a nova diretoria da Associação dos Municípios do Paraná Foi eleita nesta segun- da-feira, 03, em Curitiba por unanimidade, a nova diretoria da Associação dos Municípios do Paraná (AMP). A presidên- cia ficou com o prefeito Assis Chateaubriand, Marcel Henri- que Micheletto, e o vice-presi- dente com Frank Ariel Schiavi- ni, de Coronel Vivida. A prefeita de Farol e Pre- sidente da COMCAM/CON- DESCOM, Ângela Maria Mo- reira Kraus (PSDB) foi eleita para nova diretoria como 2ª se- cretária.DaregiãodaComcam, além de Ângela, mais 10 pre- feitos fazem parte dos diversos conselhos da nova gestão. O novo presidente, em seu discurso de posse, concen- trou a força na união dos mu- nicípios. “O país só vai ser mudado e alterado com a for- ça dos municípios. A riqueza está na união e precisamos lu- tar em prol dos municípios. Não queremos mais ser coad- juvantes, queremos ser prota- gonistas, porque é lá que se pedi voto. Devemos ser trata- dos com respeito e responsabi- lidade, e temos força, só temos que saber utilizar. AMP está aqui para fazer a defesa do mu- nicipalismo”, disse o presiden- te Marcel Micheletto. Confira os prefeitos da região que fazem parte da nova diretoria da AMP Farol - Ângela Maria Moreira Kraus (2ª secretária) Corumbataí do Sul - Carlos Rosa Alves (1º suplente) Terra Boa - Valter Pe- rez (Educação-Presidente) Mamborê - Ricardo Ra- domski (Meio Ambiente – Pre- sidente) Goioerê - Pedro Anto- nio de Oliveira Coelho (Mem- bro agricultura) Barboza Ferraz-Edenil- son Aparecido Miliossi (Mem- bro Contabilidade Pública) Boa Esperança - Wen- derson Aparecido Pereira dos Santos (Membro Assistência Social) Araruna - Leandro Ce- zar de Oliveira (Membro De- senvolvimento Econômico) Moreira Sales - Tiago Albano Melo (Membro Desen- volvimento Econômico) Nova Cantu - José Car- los Gomes (Membro Desenvol- vimento Tecnológico) Rancho Alegre do Oes- te - Suely Alves Pereira Silva (Membro Conselho da Mulher) Ao todo 11 prefeitos fazem parte dos diversos conselhos da nova gestão ÂngelaKraus,prefeitadeFarol,assumecomosecretária geral daAssociação Brasileira dos Municípios (ABM) No último dia 22 de março aconteceu na Associação Brasileira dos Municípios (ABM), as- sembleia para tratar de importantes assuntos, en- tre eles assuntos relacio- nados aos municípios bra- sileiros e substituição da diretora da associação. Entre os escolhidos para a nova diretoria, está à prefeita de Farol Ângela Kraus, que foi escolhida para ser a secretária geral da ABM. “Esta é uma institui- ção importante, que repre- senta as frentes municipais. E, para mim, é um grande privilégio ter o nome esco- lhido para fazer parte da di- retoria”, comentou a prefeita. Durante a assembleia também foram discutidos o pacto federativo, condições não só de recursos, mas melhores meios que facili- tem administrar, principal- mente, os pequenos muni- cípios. Outro assunto de- batido foi o aumento de 1% Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e a di- visão da repatriação. O presidente que assu- miu a associação é Moema Gramacho do município de Lauro de Freitas/BA. Durante a assembleia também foram discutidos o pacto federativo, condições não só de recursos, mas melhores meios que facilitem administrar, principalmente, os pequenos municípios
  4. 4. Página 04 Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 PARANÁ NOTÍCIAS Farol inicia as obras de pavimentação com Pedras Irregulares A prefeita de Farol, Ân- gela Maria Moreira Kraus (PSDB), participou de uma audiência na segunda-feira, 03, na Secretaria Estadual de Agricultura, com Secretário O serviço de coloca- ção de pedras irregulares se- gue a todo vapor no municí- pio de Farol. A primeira eta- pa da estrada da Água da Fartura já foi finalizada. Agora os trabalhos estão concentrados na Estrada da Serraria Vitória, que irá re- ceber as pedras irregulares até o cruzamento com a Es- trada da Água da Fartura. “Graças a Deus, este serviço esta ficando muito bom. Já estive pessoalmente vistoriando a estrada da Água da Fartura e gostei do que vi. Agora vamos realizar este maravilhoso trabalho na estrada da Serraria Vitória, e depois iremos realizar a colocação de pedras irregu- lares da Estrada da Água da Fartura até o perímetro ur- bano de nossa cidade”, falou a prefeita Ângela Kraus. Ao todo serão reali- zados 7 quilômetros de cal- çamento com pedras irregu- lares. Após o trabalho na estrada da Serraria Vitória, será realizada a colocação de pedras irregulares da Estrada da Água da Fartura até o perímetro urbano do município Prefeita Ângela Kraus solicita liberação da segunda etapa de Pedras Irregulares Ângela aproveitou a oportunidade e mostrou ao secretário o trabalho já realizado no município Norberto Ortigara. Entre os assuntos, destaque para a solicitação, junto ao governo, da liberação de recursos, para que o município possa dar se- quência da execução da se- gunda etapa de colo- cação das pedras ir- regulares. O valor é de R$ 800 mil. Ângela aprovei- tou a oportunidade e mostrou ao secretário o trabalho já realizado no mu- nicípio. “A primeira etapa já está sendo realizada. A estra- da da Água da Fartura está ficando muito boa com a co- locação das pedras irregula- res. Mostramos isso ao se- cretário, e temos a certeza, da liberação da segunda eta- pa, para que possamos am- pliar ainda mais esta obra, que beneficia principalmen- te os nossos agricultores”, comentou a prefeita Ângela. Segundo a prefeita, o secretário irá analisar o pe- dido. “Devido o tempo de o convênio estar se esgotando e ficando praticamente im- possível concluir a obra em tão poucos mês, precisamos da liberação desta segunda etapa”, disse Ângela. Ortigara pediu para quefossejustificado,oporquê de não ter terminado em 2014, o serviço de colocação depedrasirregulares,seguin- do o cronograma e projeto inicial. Ângela explicou que vários fatores acabaram difi- cultando a conclusão da obra. Logo no início da obra, tivemos muita chuva em 2014 isso fez com que todo o serviço iniciado se perdes- se, após, tivemos problema com a empresa que não cum- pria os prazos para execução do serviço e tivemos que fa- zer vários processos licitató- rios e nesse ano tivemos a sorte que uma empresa com- prometida e experiente fos- se a vencedora do certame e essa empresa está desenvol- vendo um bom trabalho, e por fim agora precisamos de um aditivo ou um novo con- vênio, pois a diferença de va- lores das tabelas de preço atual estão defasadas”, expli- cou a prefeita Ângela. A fim de ele- var a qualidade de produção leiteira do município, a prefei- tura de Farol em parceria com o Se- nar/PR (Serviço Nacional de Apren- dizagem Rural do Paraná), está reali- zando curso de capacitação em ‘Manejo e Ordenha de leite’. O curso teve início na última segunda-feira (27/ 03), e será encerrado no dia 04 de abril. O instrutor do curso Urias José Corrêa Neto, ex- plica que o curso é comple- mentar. “No curso de Mane- jo e Ordenha de bovinos de leite nós tratamos da qua- lidade da ordenha efetuada na propriedade rural para melhorar a qualidade do leite”, detalha. A ordenha é uma das atividades de maior impor- tância durante o manejo da vaca em lactação. O instru- tor explica que o objetivo é uma ordenha com higiene e qualidade. Se a ordenha é fei- ta de forma incorreta, pode prejudicar a qualidade do lei- te e a saúde do animal. A mastite bovina, por exemplo, é uma doença em que ocorre inflamação da teta da vaca. “A higiene é fundamental para a conservação do leite dentro dos padrões exigidos. A ordenha é uma das atividades de maior importância durante o manejo da vaca em lactação Curso de manejo e ordenha esta sendo realizado em Farol O bem-estar animal também é uma preocupação da orde- nha”, evidencia. “Temos uma associa- ção leiteira muito forte den- tro do nosso município, e este curso, é essencial para que tenhamos uma melhor qualidade do leite”, comen- tou o vice-prefeito Natalício Saraiva, que representou a prefeita Angela Kraus que estava de viagem. Também participaram do evento o Secretário de Fi- nanças e Planejamento, Dou- glas Laquias, Secretário de Obras e Agricultura, Vagner Azevedo e o Chefe de Desen- volvimento Agropecuário, Marcos Pessim.
  5. 5. Página 05Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017PARANÁ NOTÍCIAS Prefeitura de Farol entrega material do Sistema Positivo para os alunos da rede municipal A prefeitura de Farol, através da secretaria de Edu- cação, Esporte, Cultura e Tu- rismo, realizou na última se- mana a entrega dos livros di- dáticosdoGrupoPositivoaos alunos da rede municipal de ensino. O valor investido nes- te novo sistema de educação é de R$ 160 mil, tudo com re- cursos próprios do município. Os materiais foram en- tregues aos alunos da Esco- la Casemiro de Abreu e do Centro Municipal de Educa- ção Infantil (Cmei). A secre- taria de educação informa que os materiais dos alunos do Cmei, ficarão na escola durante o ano letivo, já os materiais dos alunos da Ca- semiro de Abreu, ficarão com os alunos, que deverão levar os materiais diariamente para a escola. “A implantação do O Aprende Brasil é um sistema de ensino completo, desenvolvido para ampliar a qualidade do ensino das escolas dos municípios Na Secretaria de Saúde, prefeita pede agilidade em equipamentos para UBS Durante sua viagem a Curitiba, a prefeita de Fa- rol, Ângela Maria Moreira Kraus (PSDB), visitou na úl- tima segunda-feira, 03, a Se- cretária de Saúde. A prefeita esteve no setor do Sistema de Assistência à Saúde (SAS), aonde foi recebida pela Che- fe de Atenção Primária da Saúde, Monique Costa. Ângela reivindica exposição itinerante da Secretaria Estadual da Cultura Durante a visita, a prefeita Ângela fez uma solicitação, paraquefosseagilizadososequipamentosdaUnidade BásicadeSaúde(UBS),porqueembreveseráinstalado o serviço de plantão noturno no setor de saúde Aprende Brasil no ensino municipal de Farol vem com o intuito de dar suporte e reforçar a qualidade do ensi- no do nosso município”, sa- lienta a prefeita Ângela Ma- ria Moreira Kraus. O Apren- de Brasil é um sistema de ensino completo, desenvolvi- do para ampliar a qualidade do ensino das escolas dos municípios. Com esse siste- ma os estudantes da rede municipal conquistam novas e importantes oportunidades de aprendizado. “A partir deste sistema os professores irão potenci- alizar seus conhecimentos recebendo capacitações peri- ódicas e os alunos certamen- te irão dimensionar seu aprendizado”, finalizou a prefeita Ângela. Durante a visita, a pre- feita Ângela fez uma solici- tação, para que fosse agiliza- dos os equipamentos da Uni- dade Básica de Saúde (UBS), porque em breve será insta- lado o serviço de plantão no- turno no setor de saúde. “Gostaríamos muito de que esses equipamentos fossem destinados ao nosso município o quanto antes, porque se Deus quiser, em breve estaremos implantan- do o plantão noturno, para dar mais opções de atendi- mento a nossa população. E estes equipamentos, são muito importantes, para que o atendimento seja de qualidade”, disse a prefeita Ângela. Em mais um com- promisso em Curitiba, a prefeita de Farol, Ângela Kraus (PSDB), esteve nes- ta segunda-feira, 03, visi- tando a Secretaria de Cul- tura do Estado do Paraná. Ângela reivindicou junto ao Secretario de Cultura, João Luiz Fiani, para que possa oferecer aos municípios a oportunidade de poder compartilhar dos espetácu- A prefeita Ângela também conversou com a equipe técnica da secretaria e recebeu todas as informações com relação aos cadastros dos municípios, que deverão estar abertos nos próximos dias los advindos de um saber dá história do nosso país. A prefeita Ângela tam- bém conversou com a equi- pe técnica da secretaria e recebeu todas as informa- ções com relação aos cadas- tros dos municípios, que de- verão estar abertos nos próximos dias. Ângela solicitou a par- ticipação da Orquestra Sin- fônica do Estado na Festa do Pernil à Pururuca, que será realizada no dia 03 de setem- bro, porém foi informada que a apresentação da orquestra se dá somente em ambien- te fechado. “Iremos conver- sar com prefeitos dá região que tenham o espaço para que possamos levar até nos- sa região tão grandiosa apresentação”, disse a pre- feita Ângela. Outra solicitação foi a Exposição Itinerante, a ex- posição permanece no mu- nicípio por volta de 40 dias. “A exposição é uma oportunidade da nossa po- pulação, conhecer a histó- ria do nosso Estado por meio de objetos, documen- tos, fotografias e obras de arte que representam a his- tória e a produção artística paranaense”, completou a prefeita.
  6. 6. Página 06 Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 PARANÁ NOTÍCIAS Paraná Cidadão faz 5 mil atendimentos em Juranda A Secretaria da Jus- tiça, Trabalho e Direitos Humanos promoveu nesta quinta e sexta-feira O6, 07, em Juranda, no Centro- Oeste do Estado, o quinto Paraná Cidadão do ano. Quase 2,5 mil pessoas pas- saram pelo evento, que re- gistrou 5 mil atendimentos. Na feira de serviços do Go- verno do Estado, a popula- ção tem à disposição diver- sos serviços gratuitos e consegue resolver várias questões em um único local. A emissão da cartei- ra de identidade é sempre um dos serviços mais pro- curados. Quem passou pelo evento pôde também medir a pressão arterial, fazer tes- tes rápidos de hepatite e sí- filis e aproveitar outros ser- viços de saúde, além de ter o nome incluído no progra- ma de cidadania fiscal Nota Paraná, se cadastrar para inclusão nos programas de tarifa social de água e luz, entre outros. “A agi- lidade do pessoal aqui é im- pressionante. Nossa parce- ria com o Instituto de Iden- tificação faz a diferença na de Juranda Ivo Rafael Du- rante aproveitou para fazer o CPF e o RG da filha. “É muito útil. Eu já fiz os do- cumentos da minha menina. Atendimento excelente e tudo muito rápido”. Quem precisa de em- prego também pode encon- trar uma colocação no mer- cado de trabalho ou, no mí- nimo, se cadastrar para uma oportunidade futura. No Pa- raná Cidadão, há uma Agên- cia do Trabalhador monta- da dentro de um ônibus. “Essa feira é uma ma- ravilha. É uma oportunida- de para toda a comunidade de encontrar vários servi- ços num único lugar e, de imediato, a pessoa já sai com a situação resolvida. É um projeto essencial”, des- tacou a prefeita de Juranda, Leila Amadei. De acordo com o se- cretário Artagão Júnior, Ju- randa é a quinta cidade que recebe o Paraná Cidadão neste ano. “Já atendemos mais de 30 mil pessoas só em 2017. Desde 2015, são qua- se 200 mil atendimentos. Esses números mostram a importância desse projeto para a população do Paraná”, avaliou. “Essa feira é uma maravilha. É uma oportunidade para toda a comunidade de encontrar vários serviços num único lugar e, de imediato, a pessoa já sai com a situação resolvida. É um projeto essencial”, destacou a prefeita de Juranda, Leila Amadei vida de muitas pessoas que passam anos sem um docu- mento, um registro”, comen- tou o secretário da Justiça, ArtagãoJúnior. “Quase 2,5 mil pessoas passaram pelo local do evento. Um número expressivo, se levarmos em consideração que a cidade tempoucomais de 7,5 mil habi- tantes”, disse a coordenadora do Paraná Ci- dadão, Maria Gorete Brotti. O morador INDICATIVO COMERCIAL
  7. 7. Página 07Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017PARANÁ NOTÍCIAS ACONTECEU Um encontro de casais realizado no dia 1° de Abril em Barbosa Ferraz organizado pelo pastor Eduardo e pas- tora Vera da Igreja Só o Senhor é Deus movimentou a cida- de. A palavra para os casais foi ministrada pelo Evangelista André de Maringá, onde abordou temas sobre relaciona- mento entre casais, uma brilhante explicação sob a luz da Bíblia. O pastor Sidney Farago de Campo Mourão falou so- bre a dependência química e também da implantação de casas de apoio para acolhimento de pessoas com proble- mas de alcoolismo e drogas. Claudinho Cruz falou sobre a Revista Olhar Cristão e também sobre o NEEPP – Núcleo Evangélico de Estudos Po- líticos do Paraná, onde foram abordados temas relaciona- dos à atual situação política do país, como Reforma Políti- ca, Reforma da Previdência e Terceirização. Aviva Casais em Barbosa Ferraz Sociedade Notícias Restaurante do Moacir ganha nova fachada Rua Santa Catarina, 2120 Centro - Campo Mourão- PR Fone: (44) 3017-1141 As amigas Letícia e Patrícia no Senhor Espetinhos em Campo Mourão O evento foi organizado pelo pastor Eduardo e pastora Vera da Igreja Só o Senhor é Deus de Barbosa Ferraz A comercialização dos convites para a Festa do Frango Invertebrado, prato típico de Quarto Centenário, que será realizada no dia 30 de abril, está sendo um sucesso e até a tarde de quinta-feira, 6, mais da metade dos convites já tinham sido vendidos Festa do Frango Invertebrado
  8. 8. LEGISLATIVO EM DESTAQUE Campeonato municipal de veteranos de Futsal Por meio de Indicação Ver- bal o vereador José Antô- nio Zanuto solicitou ao Executivo Municipal por meio do departamento competente objetivando a possibilidade de realizar o campeonato municipal de veteranos de Futsal. Zé An- tônio explica que o campe- onato é importante para reunir famílias e amigos além, claro, de que o esporte é essencial para a saúde. Reforma da Capela Mortuária e operação tapa buracos O vereador Valdir Po- licarpo de Araújo - Lói - apresentou uma indicação ao Executivo Municipal objetivando a realização de serviços de reforma e ampliação com cobertura no prédio da capela mor- tuária do município. Lói solicitou ainda a viabiliza- ção de lama asfáltica para realização de serviços de manutenção “operação tapa-bu- racos” nas ruas e avenidas do perímetro urbano do muni- cípio, nos locais onde apresentam danificações no asfalto. Banheiros públicos na Praça dos Pioneiros Reinaldo Dias apresentou uma Indicação onde soli- citou a construção de ba- nheiros públicos na Praça dos Pioneiros. O vereador percebeu que muitas pes- soas frequentam a praça central, se alimentam e fa- zem ingestão de bebidas e os sanitários se faz neces- sário para uma melhor co- modidade. Redutor de velocidades Valéria Minervino apre- sentou uma Indicação solicitando a construção de um redutor de veloci- dade (quebra-molas), na Avenida Porto Alegre nas proximidades da Vila Rural Santa Felicidade. A verea- dora argumenta que algumas pessoas que moram nas proximidades do local têm reclamado do fluxo de veículos que pas- sam em alta velocidade. Governo do Paraná entrega 54 casas a agricultores deAraruna, Barbosa Ferraz e Roncador Esta quinta-feira, 06, foi de alegria para 54 fa- mílias dos municípios da região Central do Estado do Paraná. Araruna, Barbosa Ferraz e Roncador foram contempladas por uma par- ceria do governo estadual, federal e prefeituras, que resultou na entrega das cha- ves de novas moradias, construídas nas proprieda- des dos pequenos produto- res selecionados. Para tornar possível a construção das casas, técni- cos da Companhia de Habi- tação do Paraná (Cohapar), Emater e Copel trabalha- ram de forma integrada. O projeto foi executado den- tro do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) e contou com in- vestimentos de R$ 1,5 mi- lhão administrados pelo Banco do Brasil. De acordo com o chefe de gabinete e superintendente de Relações Institucionais da Cohapar, João Naime Neto, que acompanhou as entregas, a iniciativa tem sido tratada com priorida- de pelo governo estadual desde 2011. “O governador Beto Richa tem dado uma aten- ção especial às demandas por moradia da população residente no campo”, afir- ma. “Durante a sua gestão, mais de 13 mil famílias fo- ram beneficiadas com no- vas casas no meio rural, o que deve ser ampliado após a liberação de novos recursos para o programa recentemente”, conclui Naime Neto. PNHR – Recente- mente, o governo federal, por meio do Ministério das Cidades, liberou recursos para a retomada do progra- ma, que favorece os peque- nos produtores rurais de todo o país. Nesta nova eta- pa, o orçamento por unida- de foi recalculado para R$ 34,2 mil devido ao aumen- to do valor dos materiais da construção. Todas as ou- tras características, no en- tanto, permanecem as mes- mas, sendo que as prefeitu- ras devem apresentar a do- cumentação preliminar até 30 de abril. “A determinação do gover- nador Beto Richa e do pre- sidente da Cohapar, Abelar- do Lupion, é para que de- mos todo o suporte neces- sário aos municípios para que o maior volume possí- vel de moradias sejam des- tinadas ao Paraná”, argu- menta o superintendente da companhia. Em seu discurso, a prefeita de Roncador, Dra. Marília Gonçalves, agra- deceu o apoio dos órgãos envolvidos e anunciou que a administração municipal trabalhará para contratar mais projetos de moradias rurais dentro dos novos critérios do PNHR. “Já es- tamos reunindo os docu- mentos necessários para tentar entregar em tempo recorde, pois este projeto representa a realização de um sonho das famílias e o resgate da cidadania da nossa população rural”, de- clara a prefeita. RANCHO ALEGRE D’OESTE Página 08 Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 PARANÁ NOTÍCIAS
  9. 9. PARANÁ NOTÍCIAS Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 Página 09 CAMPO MOURÃO Farmácias da Rede Municipal estão supridas de medicamentos Dentre os medicamentos mais dispensados na rede pública municipal estão os de uso contínuo (controle da Pressão Arterial, Diabetes e Colesterol) e analgésicos As 23 farmácias das Unidades de Saúde mantidas pelo Município de Campo Mourão estão supridas com medicamentos pelos próxi- mos três meses. A Central de Abastecimento Farmacêuti- co (CAF) do município tem recebido nas últimas sema- nas os medicamentos adqui- ridos através do último Pre- gão, que constou de mais de 260 tipos de medicamentos. Os medicamentos já estão sendo encaminhados as Uni- dades Básicas de Saúdes ur- banas, Unidade de Urgência e Emergência 24 Horas e Unidades Rurais. Os medicamentos comprados constam de itens da Farmácia Básica, Farmá- cia Especial e Judicialização. De acordo com a Secretaria As unidades de saúde dosbairrosCidadeNova,Tro- pical, Copacabana e Cohapar vãorecebernovosprofissionais deClinicaGeralnospróximos dias. A prefeitura contratou mais quatro médicos para va- Prefeitura contrata seis médicos. Duas são cubanas do “Mais Médicos” Municipal de Saúde, os me- dicamentos suprem a rede pública por cerca de 90 dias e novos processos de compra estão sendo agilizados para manter os estoques. Dentre os medicamentos mais dis- pensados na rede pública municipal estão os de uso contínuo (controle da Pres- são Arterial, Diabetes e Co- lesterol) e analgésicos. gasemergenciaiseduasoutras médicas vêm preencher as va- gasdoProgramaFederalMais Médicos, vindas de Cuba. Segundo a secretária Rosemeire do Carmo Marte- llo, o processo de contratação jáfoiiniciado,easmédicascu- banas também já chegaram à cidade e passam por treina- mentos na Secretaria de Saú- de de Campo Mourão duran- te esta semana. Assim dois médicos es- tarão no Jardim Cidade Nova, sendo uma do Programa “Mais Médicos” e outra para quatro horas pelo contrato Emergencial. A outra médica cubana estará na unidade do Jardim Tropical, e os demais estarão atendendo no Jardim Copacabana (dois) e na unida- de Cohapar (um). As médicas cubanas integrantes do Programa Mais Médicos, são Yaima Ro- drigues Perez e Zhenia Reyes Feria, que substituem outros doisprofissionaisquedepoisde dois anos voltaram para seus países. Dez toneladas foram recolhidas no final de sema- na como resultado da cam- panha de coleta de lixo ele- trônico realizada pela Secre- taria de Agricultura e Meio Ambiente de Campo Mou- rão. Entre os produtos des- cartados pela população es- tão aparelhos de TV, geladei- ras, CPUs, entre outros itens de informática e eletrônicos. A Campanha também teve colaboração da empre- sa Seleta Meio Ambiente, e os produtos foram recolhi- dos pela empresa ATM So- lution que vai fazer a triagem e dar a destinação correta ao material coletado. Duas no- vas campanhas devem ser re- alizadas este ano e estão pro- gramadas para julho e no- vembro. “Os resultados desta Campanha são muito satis- fatórios porque além dimi- nuir a poluição do meio am- biente, também educa a co- munidade para sua respon- sabilidade, fazendo o descar- te correto dos produtos ele- trônicos sem uso. As pesso- as já estão atentas à campa- nha e tem participado bas- tante à cada etapa que reali- zamos”, explica Sâmela Dorst, da Secretaria de Meio Ambiente. Campanharecolhe10toneladasdelixoeletrônico Duas novas campanhas devem ser realizadas este ano e estão programadas para julho e novembro
  10. 10. Página 10 Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 PARANÁ NOTÍCIAS Saúde Pastor Marcelo Ferraz - o pastor fisiculturista O pastor mou- rãoense Marcelo Fe- raz, 45, tomou uma de- cisão importante, pré- diabético, hipertenso e com vários problemas que ocasionavam a obesidade, o pastor se tronou adepto ao fisi- culturismo. “Decidi en- tão, fazer fisiculturis- mo, e ser um atleta, mudei a minha vida e a minha alimentação toda, mas não deixei de ser um homem de Deus, não deixei de ser um pastor”, afirmou o pastor que diz sofrer discriminação por ter tomado essa decisão. Ele conta que uma pes- soa mandou para sua mulher uma mensa- gem falando que Jesus manda a gente comer e não ir para uma academia. Ele rebate: onde está escrito que fazer exercícios físicos é pecado? Pergunta. “Me dá medo de saber que as igrejas estão cheias de pessoas com mentes perversas e com os corações podres que olham somente a maldade em ações que não tem nada de mal”, defende. Jesus comia peixe, caminhava vários quilômetros por dia, bebia agua pura, provavelmente nadava no mar, teve forças para car- regar uma cruz enorme, esteve em vários lugares - ex- plica o pastor, defendendo a tese que ser obeso não traz beneficio algum e coloca Jesus como exemplo de uma vida saudável e sem exageros. Como atingir essa meta - Ema- grecer é a única maneira eficiente de fazer sumir a barriguinha. Para se ter ideia, dimi- nuindo 10% do peso corporal, quase 30% da gor- dura abdominal vai embora de ca- rona. Alerta vermelho - Quem está aci- ma da medida ide- al deve passar pelo médico, para verificar a neces- sidade de realizar exames complementares ou mesmo de iniciar um tratamento. Afinal, quanto mais gordura acu- mulada no abdômen, maior o risco de doenças cardio- vasculares e complicações fatais. Desde o inicio de janeiro empenhado em perder peso e ganhar massa muscular, o pastor fisiculturista pretende disputar campeonatos. “Estou me preparando para isso, sei que um dia irá chegar a hora”, finalizou. 10 cuidados com a saúde que vocêdeveterdepoisdos30anos Manter hábitos sau- dáveis é importante em todas as idades. Mas a partir dos 30 anos, nosso corpo sofre mu- danças significativas e, para que a saúde fique sempre em dia, é preciso investir em uma rotina que melhore o seu bem-estar e ajude a prevenir doenças. Confira alguns cui- dados que você deve ter de- pois dos 30 para levar uma vida ainda melhor: a partir dos 30 anos, nosso corpo so- fre mudanças significativas e, para que a saúde fique sem- pre em dia, é preciso investir em uma rotina que melhore o seu bem-estar e ajude a pre- venir doenças. Confira alguns cuidados que você deve ter depois dos 30 para levar uma vida ainda melhor: Faça um check-up re- gularmente - É importante ir ao médico com certa frequ- ência e, sempre que necessá- rio, fazer um exame de san- gue para checar os níveis de colesterol, a quantidade de açúcar no corpo, hormônios e descobrir qualquer altera- ção trazida pela idade. Faça exercícios - Exercitar-se ajuda a manter o peso e pode retardar o apa- recimento da flacidez da pele, reduzir o risco de doenças cardíacas, evitar a artrite, manter os ossos fortes e me- lhorar o humor. Tome sol - Aprovei- tar o ar livre, com cerca de 15 ou 20 minutos de exposi- ção à luz solar por dia (sem- pre usando filtro com FPS 30) traz a quantidade neces- sária de vitamina D para o corpo. Essa substância com- bate diabetes, insuficiência cardíaca, pressão alta e até mesmo os resfriados. Procure fontes de cál- cio - Consumir 3 ou 4 por- ções de alimentos ricos em cálcio por dia previne a oste- oporose, fortalecendo os os- sos e a musculatura. Cuidado com o es- tresse - Além de ser desagra- dável para a mente, o estres- se pode prejudicar a saúde e resultar em inflamações pelo corpo, enxaquecas, suor em excesso e aumentar o risco de doenças cardíacas. Tenha sempre uma boa noite de sono - A falta de sono pode perturbar o con- trole do açúcar no sangue e aumentar o risco de diabetes tipo 2. Então, priorize seu sono e descanse por, no míni- mo, oito horas toda noite. Faça escolhas saudá- veis na alimentação - De- pois dos 30 anos, invista em alimentos que oferecem mais antioxidantes, gorduras sau- dáveis e radicais livres. Bana- na,soja,milho,linhaça,peixes, alho, feijão, frutas e hortaliças são algumas opções. O choco- late não precisa ser eliminado da sua dieta: consumir um pe- daço de chocolate amargo por dia ajuda a reduzir o risco de umataquecardíacoouumaci- dente vascular cerebral. Para sabermaissobreosbenefícios do chocolate. Deixe maus hábitos de lado - Fumar, beber sem moderação e consumir ape- nas alimentos ricos em gor- duras é prejudicial à saúde. Invista em métodos alterna- tivos para aliviar as tensões e se afastar de hábitos ruins - uma opção é começar a cor- rer ou praticar alguma ativi- dadeemgrupo,comoaulasde dança, pilates e Crossfit! Beba água - Ingerir pouca água pode deixar o corpo cansado e com apa- rência flácida. Beba pelo menos dois litros por dia para cuidar da pele e elimi- nar toxinas prejudiciais. Seja positivo! - A saúde mental também é fun- damental para um envelhe- cimento saudável: manter uma atitude positiva ajuda o corpo a produzir mais anti- corpos contra a gripe e po- tencializar o efeito de vaci- nas, graças a comunicação entre o cérebro e o sistema i m u n o l ó g i c o . (blog.kitanda.com.br)
  11. 11. Página 11Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017PARANÁ NOTÍCIAS Partiu um guerreiro Seu Moacir deixará saudades, sua história permanecerá para sempre em Rancho Alegre D’oeste Faleceu no último dia 04, o empresário e pioneiro de Rancho Alegre D’oeste, Moacir Bonacin, de 76 anos. Ele estava com problemas no pulmão e se encontrava hospitalizado em Umuara- ma. Chegou a Primavera em 1972 e depois transferiu re- sidência para Rancho Alegre do Oeste, em 1980, onde se estabeleceu com o ramo de mercado, homem de garra e determinação, Moacir era um homem de muita visão, inteligente e muito centra- do em suas palavras sem- pre foi um excelente chefe de família. Sem dúvidas, deixará muitas saudades.
  12. 12. Página 12 Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 PARANÁ NOTÍCIAS MEMÓRIAVIVA INDICATIVO COMERCIAL Pouco mais de duas horas da tarde. A única emis- sora de rádio conclama os colonos a invadirem a cida- de e expulsar as companhias comerciais de terra e seus jagunços. Uma hora depois, chegam os primeiros cami- nhões de agricultores. Vêm de São Miguel, Jacutinga, Linha Gaúcha, Rio do Mato. De lugares onde não havia condução, vêm a pé, a cava- lo, de carroça. Às seis horas da tarde, eram mais de três mil, arma- dos com espingardas de caça, pedaços de pau, enxadas. Ao comando das lideranças, as entradas da cidade foram guarnecidas, o campo de avi- ação interditado com toras de pinheiros e colocado sob vigilância. No dia seguinte, já eram seis mil. E foi a vez de tomar e guarnecer a delega- cia, depois de enviar os doze detentos para casa “até se- gunda ordem”. Na sequência, a tomada da prefeitura e da coletoria. No final da tarde, o pessoal das companhias de terras e respectivos jagunços são encurralados no campo de pouso e expulsos da cida- de sob escolta militar. “A cidade virou uma festa. Os escritórios das com- panhias foram invadidos. Quebraram tudo. Não que quisessem destruir, o que queriam eram as malditas promissórias e os contratos ilegais que haviam sido obri- gados a assinar. A avenida ficou branquinha, coberta de papéis...” Walter Pecoits, um dos líderes do movimento, assim descreveu a alegria da popu- lação rural e urbana da pe- quena Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, logo depois daquele memorável 11 de outubro de 1957. Unida e organizada, aquela gente havia consegui- do escorraçar de suas vidas a Clevelândia Industrial e Territorial Ltda (Citla), a Companhia Comercial Agrí- cola e a Companhia Apuca- rana — empresas imobiliá- rias que haviam implantado um regime de violência e ter- ror na região com a conivên- cia das chamadas “autorida- des constituídas”. Na época, o levante foi amplamente divulgado pela imprensa nacional e ficou co- nhecido como a Revolta de 57. Atingiu, além de Francis- co Beltrão, outras localida- des do sudoeste paranaense, caso raro de vitória de pos- seiros contra o avanço da concentração fundiária. Ca- pítulo da nossa memória que jaz semiadormecido nas pá- ginas de livros de história do Paraná. Política - O segundo governo de Lupion inten- sificou a violência Quando Lupion retor- nou ao governo do Paraná em 1957, a disputa pela posse das terras se acirrou. “De 1952 até o início de 1956, a situação havia acalmado”, conta Iria Zanoni. Com seu retorno ao poder, as companhias de terra voltaram a cobrar a “dívida” do governador. Forçaram os posseiros a comprar uma terra que já estava habitada. Caso os moradores não aceitassem, os jagunços contratados pelas com- panhias atuavam de forma vi- olenta. “Houve muita violência contra os colonos, como invasão de residências, destruição de plantação, incêndios em casas e benfeitorias dos colonos, assas- sinatos de trabalhadores ru- rais”, assinala o professor de História da Universidade Es- tadual de Maringá (UEM), Ângelo Priori. Ele ressalta que a revol- ta iniciou no momento que os posseiros tiveram suas posses contestadas. “Como as compa- nhias colonizadoras não queri- am cumprir com os contratos assinados com os colonos e dar a escritura definitiva da propri- edade da terra, começaram a organização desses colonos, com a ajuda de profissionais liberais da cidade, como médicos, advo- gados e religiosos”, completa Priori.. A Revolta de 57: a vitória dos posseiros contra o avanço dos latifundiários.A conhecida Revolta dos Colonos Na época, o levante foi amplamente divulgado pela imprensa nacional e ficou conhecido como a Revolta dos Colonos. Atingiu, além de Francisco Beltrão, outras localidades do sudoeste paranaense, caso raro de vitória de posseiros contra o avanço da concentração fundiária
  13. 13. Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 Página 13PARANÁ NOTÍCIAS POR ONDE ANDAS? Variedades PIADA - Mãe, o que temos pra comer? - Nada, meu filho! -Eporquenãocompramos? - Acabou o dinheiro. - Então mãe, por que não comemos o papagaio com arroz? - Porque não tem arroz, meu filho! - E papagaio ao forno? - Não tem gás! - E papagaio no grelhador elétrico? - Cortaram a luz, filho! O papagaio não aguenta e grita: - Ôôô governo bom! Momento de Crise Quem foi criança entreofinaldadécadade 80 e início do anos 90 com certeza lembra de Duda Little. A esperta menina participou do “Xou da Xuxa”, dos espe- ciais de fim de ano da ra- inha dos baixinhos, do humorístico “Os Trapa- lhões” e filmes de suces- so, como “Lua de Cristal” e “O Mistério de Robin Hood”. O tempo passou e, no último final de se- mana, Maria Eduarda Es- teves se casou e já é mamãe! E aí você ficou com a sensa- ção que está ficando velho ou não?
  14. 14. Página 14 Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 PARANÁ NOTÍCIAS INDICATIVO COMERCIAL Exportações do Paraná cresceram 18% no primeiro trimestre Suzuki Junior, diretor presi- dente do Instituto Paranaen- se de Desenvolvimento Eco- nômico Social (Ipardes). SOJA - Asafraagrícola recorde manteve a soja em grão no topo da pauta de ex- portaçõesdoEstado,comUS$ 977,7milhões,20,63%maisna mesma base de comparação. Sozinha, a soja respondeu por 24,56%dasexportaçõesdoEs- tado.Asvendasdefarelodesoja, por sua vez, totalizaram US$ 252,9 milhões, 18,58% maiores do que o valor apurado no pri- meiro trimestre de 2016. ARGENTINA - Ou- tros destaques foram os auto- móveis,cujasexportaçõesvêm crescendo, principalmente, para a Argentina. Os embar- ques somaram US$ 225,4 mi- lhões, 127,65% mais dos que os US$ 99,01 milhões apura- dos no primeiro trimestre do ano passado. As vendas de ve- ículos de carga, especialmen- te caminhões, cresceram 133,4%-deUS$33,8milhões para US$ 78,8 milhões. CELULOSE - A operação da novafábricadaKlabinemOr- tigueira, fruto de um investi- mento de R$ 7 bilhões, tam- bém impulsionou as exporta- çõesdecelulosenoEstado.Os embarquescresceram609ve- zes, passando de US$ 194,7 mil para US$ 118,7 milhões. “A celulose já é o sexto produto mais exportado pelo Estado e deve avançar posi- çõesnospróximosmesespor- queháumatendênciadeseex- portar mais celulose do que papel. Os importadores estão preferindo comprar a celulo- se e transformá-la em papel e embalagens no exterior”, diz Suzuki Júnior. MERCADOS - Os principaismercadosdeexpor- tação do Paraná no primeiro trimestre foram China, desti- no de 29,28% dos embarques, Argentina(10,68%)eEstados Unidos (5,06%). IMPORTAÇÕES - Os dados da Secex mostram, ain- da,queasimportaçõestambém cresceram no trimestre, com avanço de 15,23% - passando de US$ 2,44 bilhões para US$ 2,81 bilhões. De acordo com Suzuki Júnior, elas vêm sendo puxadas, principalmente, pelo movimento de retomada da economia. As importações de óleos e combustíveis subiram 280,08%-deUS$91,6milhões US$348,3milhões,impactadas tambémpelademandadecon- sumodaindústria.Oóleocom- bustíveléusadoemcaldeirase fornos e em motores para ge- ração de calor. DESTAQUES-Asim- portações de derivados de pe- tróleo subiram 280,74%, de US$ 22,9 milhões para US$ 87,4 milhões. Outrosdestaquesforam as compras de adubos e ferti- lizantes, tradicionais nessa época, que somaram US$ 358,2 milhões - 27,25% mais do que no primeiro trimestre de 2016. Também houve au- mento das importações de ce- reais, principalmente milho, com alta de 80,42%, de US$ 42,6 milhões para US$ 76,95 milhões. “Aproduçãodemilhono Paranáestácadavezmaiscon- centrada na safra de inverno e as importações de agora aten- dem a demanda por ração da pecuária”, diz Suzuki Júnior. O Paraná comprou, no primeiro trimestre, principal- mente dos Estados Unidos, que responderam por 22,28% das importações. Em segun- do lugar veio a China, com 15,8% e a Argentina, com 7,74%. As importações dos Estados Unidos cresceram 158%noperíodoetotalizaram US$ 625,3 milhões. De janeiro a março, foram US$ 3,36 bilhões em vendas externas, 18,33% mais do que no mesmo período do ano passado Areceitadeexportação de carne de frango cresceu 28,04% no primeiro trimes- tre - US$ 575,8 milhões, con- tra US$ 449,7 milhões no mesmo período do ano ante- rior. As vendas de suínos in natura somaram US$ 48,09 milhões - 45% mais do que no primeiro trimestre de 2016 (US$ 33,2 milhões). “O que se observa é que não houve até agora impacto dasrestriçõesàcarnebrasilei- ranasexportaçõesnoprimei- ro trimestre no Paraná. Acre- dito que nos próximos meses esseefeitodevasermenorque o esperado inicialmente, prin- cipalmenteporqueoscasosfo- ram pontuais e restritos a al- guns frigoríficos”, diz Julio Os embarques de soja em grão e farelo, carne de frango e automóveis impulsi- onaram as exportações do Paraná no primeiro trimestre de 2017. De janeiro a março, foram US$ 3,36 bilhões em vendasexternas,18,33%mais do que no mesmo período do ano passado, mostram dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministé- rio do Desenvolvimento, In- dústria e Comércio (MDIC). Mesmo com as restri- ções de mercados importado- res depois da Operação Car- ne Fraca, deflagrada pela Po- lícia Federal em 17 de março, as exportações de carne de frango e suína seguiram em alta no Estado.
  15. 15. A Secretaria de Es- tado da Saúde aproveita o verão para dar dicas que ga- rantam uma temporada mais saudável. Cuidados com a alimentação são fun- damentais, principalmente nos períodos em que as tem- peraturas ficam mais altas. Richa lança Porto Digital, ferramenta inédita de informações em tempo real O governador Beto Richa lançou nesta quinta- feira, 06, na 23ª edição da Intermodal South América – a maior feira de logística da América Latina –, que acon- tece em São Paulo, o progra- ma Porto Digital. A ferra- menta, desenvolvida pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), é inédita no merca- do portuário e vai permitir o acesso público a uma plata- forma virtual que transmiti- rá, em tempo real, todas as informações operacionais de movimentação de cargas que acontecem no Porto de Pa- ranaguá. A ferramenta esta- rá disponível a partir desta sexta-feira, 07. Entre os principais be- nefícios do Porto Digital es- tão melhorar a visualização e o controle da operação por- tuária como um todo, com agilidade e transparência na disponibilização das infor- mações operacionais. “É uma ferramenta que promoverá a desburocratiza- ção do acesso à informação. O usuário terá, em tempo real, acesso a todas as opera- ções que acontecem no por- to, como, por exemplo, a quantidade de navios, suas origens e o que eles estão car- regando”, disse o governador. Richa ressaltou, du- rante a feira, o reconheci- mento do Porto de Parana- guá no Brasil. “Hoje, o porto paranaense é re- conhecido em todo o país, por sua eficiência e modernidade, por causa dos investimentos que fizemos, que possibilita- ram a ampliação da ca- pacidade do local, além de todas as dragagens, seja nos canais de aces- so, nas bacias de evolu- ção e nos berços de atra- cação”, afirmou. MAIS EFICIENTE - De acordo como secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, o Porto Di- gital atenderá de forma ain- da mais eficiente a indústria, o comércio e o agronegócio. “Os exportadores poderão acompanhar toda a logística da operação portuária com segurança”, explicou. PLATAFORMA – Ao acessar o site da ferramenta (www.portosdoparana.pr.gov.br), o usuário encontrará um mapa interativo que mostra a baía de Paranaguá, com to- dos os navios e embarcações em áreas de fundeio, barcos de apoio – como, por exem- plo, dragas e rebocadores –, a localização das boias e si- nalizações com imagem am- pliada da baía. Ao aproximar a ferra- menta, o usuário tem acesso ao cais do Porto de Parana- guá, aos navios que estão atracados, programados para atracar e aguardando atracação (line up), assim como o volume de carga que está sendo movimentada em cada embarcação em tempo real. A atualização da ferra- menta também prevê que, ao clicar em cada navio atraca- do, o usuário possa ver a por- centagem prevista para con- cluir a movimentação e quan- tos caminhões estão no cais comercial aguardando para carregar naquele momento no Porto de Paranaguá. FÁCIL E ÁGIL - De acordo com o diretor-presi- dente da Administração dos Portos de Paranaguá e An- tonina (Appa), Luiz Henri- que Dividino, o principal ob- jetivo do Porto Digital é es- tabelecer uma forma fácil e ágil de disponibilizar infor- mações operacionais. “Esta ferramenta tem um potencial imenso de cri- ação de novas funcionalida- des, conforme as nossas ne- cessidades. Além disso, o Porto Digital apresenta gra- ficamente a realidade das operações que estão aconte- cendo no Porto, permitindo a interação dos usuários na tela. É um sistema de fácil in- terpretação para todas as pessoas”, explicou Dividino. Segundo ele, além das infor- mações que serão disponibi- lizadas ao público, o Porto Digital estará interligado com o APPA WEB – sistema operacional de controle dos Portos do Paraná – para aten- der todas as necessidades da comunidade portuária. TECNOLOGIA – O Porto Digital foi desenvolvi- do com as mais recentes tec- nologias disponíveis no mer- cado para aplicativos web e mobile (HTML 5, CSS3, Node.js). As informações ge- radas no painel gráfico são atualizadas através de inte- gração com sistema de ges- tão portuária – APPA WEB, porém é possível o painel acessar diretamente qual- quer banco de dados ou sis- temas corporativos, pois, a solução conta com um mó- dulo servidor para tal inte- gração. As imagens são defini- das no painel em formato vetorial, o que permite a per- sonalização das cores, tama- nhos e formatos dos objetos gráficos. VISITA – Antes de chegar à Intermodal, o go- vernador Beto Richa visitou o prefeito de São Paulo, João Dória. No encontro, eles conversaram sobre a gestão pública. Entre os principais benefícios do Porto Digital estão melhorar a visualização e o controle da operação portuária como um todo, com agilidade e transparência na disponibilização das informações operacionais “É uma ferramenta que promoverá a desburocratização do acesso à informação. O usuário terá, em tempo real, acesso a todas as operações que acontecem no porto, como, por exemplo, a quantidade de navios, suas origens e o que eles estão carregando”, disse o governador Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 Página 15PARANÁ NOTÍCIAS
  16. 16. Página 16 Campo Mourão, 07 e 08 de abril de 2017 Rua Santa Catarina, 2120 - Centro - Campo Mourão- PR Fone: (44) 3017-1141 O Restaurante do Moacir, localizado na área central de Campo Mourão, vem se tornando ponto de encontro de pessoas de toda região. A passeio ou a trabalho, muitas pessoas tem preferido o restaurante para fazer uma saborosa refeição. Com preços acessíveis e uma ótima qualidade, o restaurante já virou referência na região da Comcam. IGREJASÓOSENHORÉDEUSPREPARA CONVENÇÃOMUNDIALDEPASTORES Acontece nos próximos dias14,15e16 de abril, uma grande con- venção reali- zada pela IgrejaSóoSe- nhor é Deus em Maringá. Liderada pelo Bispo Amo- rim e Bispo M a r c i a n o, presidente e vice, respecti- vamente, a IgrejaSóoSe- nhor é Deus espera ansiosa para realizar pela primeira vez o seu mai- or evento em seu próprio espaço físico – Centro de Evangelismo ISO- SED - na saída de Maringá, sentido Campo Mourão. Nos últimos meses, um enorme mutirão realizado porcentenasdepastoresevo- luntários ajudaram nos pre- parativos finais para a organiza- ção do evento. O terreno foi ad- quirido pela igreja em 2005 e conta com uma estruturacom62 mil m² que ainda está em fase de construção, más já possui estaci- onamento para 1000 veículos, alojamentos,inú- merosbanheiros, praça de alimen- tação, centro de convenção para 2000 pessoas, alémdeumaárea ampla área de la- ser e tanques para batismos. Com cen- tenasdemilharesdemembros o Ministério Só o Senhor é Deus nasceu em Maringá nos anos 70 e hoje está ramificada em 19 estados e sete países. Projeto Gideões - Seja um colaborador nesse projeto, ajude a concluir esse grande sonho, envie sua ofer- ta missionária: Agência Bra- desco 069-8 c/c: 0185 594- 8. Associação Educacional e Assistencial Só o Senhor é Deus. PARA REFLETIR...

×