O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Jornal Paraná Notícias

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Jornal Paraná Notícias
Jornal Paraná Notícias
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 8 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Anúncio

Semelhante a Jornal Paraná Notícias (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Jornal Paraná Notícias

  1. 1. "Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito" (João 15: 7) Pág. 03 Campo Mourão, 23 e 24 de março de 2016 Deputado Luiz Nishimori visita Peabiru e Araruna Pág. 06 Pág. 02 Pág. 07 Cidades Copel investe R$ 2,36 bilhões em obras de geração, transmissão e distribuição Foi o segundo ano consecutivo em que o investimento superou a marca dos 2 bilhões de reais. Para 2016, a Companhia estima investir R$ 3,1 bilhões, o maior valor de sua história. Prefeitura de Araruna inicia construção do Centro de Educação Infantil Em um investimento de aproximadamente dois milhões de reais, a Prefeitura de Araruna deu inicio no Jardim Vitória, uma obra que irá atender 188 crianças de zero a seis anos. Prefeitura de Campo Mourão autoriza início de revitalização da Praça do Jardim Santa Nilce Serão investidos R$ 512.930,66 na execução da obra, recursos viabilizados junto ao Governo Federal, através de emenda parla- mentar do deputado Fernando Giacobo. Cuidados com a Saúde: Engenheiro Beltrão faz entrega de repelentes para gestantes Pág. 05 Pág. 08 É justo Deus salvar uma pessoa que sempre fez o mal e se arrependeu pouco antes de morrer? Pág. 03
  2. 2. LocalPágina 02 Campo Mourão, 23 e 24 de março de 2016 PARANÁ NOTÍCIAS Em uma solenidade que reuniu lideranças e au- toridades municipais, a prefeita Regina Dubay as- sinou a ordem de serviços para as obras de revitaliza- ção da Praça Alice Alves de Macena, localizada no Jar- dim Santa Nilce, na manhã desta terça-feira, 22 no Paço Municipal. Serão in- vestidos R$ 512.930,66 na execução da obra, recursos viabilizados junto ao Go- verno Federal, através de emenda parlamentar do de- putado Fernando Giacobo. A obra será executada pela empresa Construtora Mourão Ltda em um pra- zo de seis meses para a con- clusão. Durante a solenida- de, a presidente da Associ- ação de Moradores do Jar- dim Santa Nilce, Apareci- da Almondes Laurindo, fa- lou dos projetos da admi- nistração municipal volta- dos aos bairros, dizendo que a revitalização da pra- Campo Mourão: prefeita autoriza início de revitalização da Praça do Jardim Santa Nilce “São avanços que garantem a qualidade de vida, é a melhoria a região do Jardim Santa Nilce”, frisou Regina, ainda lembrando que o projeto garante um melhor espaço de lazer, entretenimento, bem como o visual da cidade. ça é um sonho da comuni- dade. Já a prefeita Regina relacionou avanços obtidos pelo município e todos os setores. Ela ainda destacou o compromisso da adminis- tração municipal com os bairros e enalteceu os in- vestimentos do Governo Federal no município. “São avanços que garantem a qualidade de vida, é a me- lhoria a região do Jardim Santa Nilce”, frisou Regi- na, ainda lembrando que o projeto garante um melhor espaço de lazer, entreteni- mento, bem como o visual da cidade. Também participa- ram da solenidade, o ex- prefeito Nelson Tureck; se- cretário municipal de Obras e Serviços Públicos, César Stanziola; represen- tante da empresa Constru- tora Mourão Ltda, Moacir Bruno Filho e os vereado- res Jorge Pereira e Nelita Piacentini. Revitalização do Campo de Futebol Jardim Cidade Nova é entregue à comunidade O Município de CampoMourão,pormeioda Fundação de Esportes, en- tregou neste sábado a revi- talização do Campo de Fu- tebol do Jardim Cidade Nova. Dentre as benfeitori- as estão a instalação de um novo alambrado em toda a extensão do gramado e con- feccionadas novas traves, entre outras melhorias. O investimento foi com recur- sos próprios, no valor de R$ 41.654,20. A praça esportiva ga- nhou o nome Lindauro Fer- reira Duarte, por meio de projeto de lei do vereador Jorge Pereira. Ele foi profes- sor e ministro de eucaristia no local, catequista e foi pre- sidente e vice-presidente da Associação de Moradores por vários mandatos, vindo a falecer em 7 de abril de 2010. O secretário interino de esportes Guilherme Ca- pelli ressaltou a importância da obra “ É um sonho anti- godacomunidadeehojeque esta se realizando. Aqui cri- anças,adolescenteseadultos poderão realizar seus jogos, seus treinamentos”. A Prefeita Regina Dubay destacou a importân- cia da revitalização “O es- porte é qualidade de vida, é O investimento foi com recursos próprios, no valor de R$ 41.654,20 uma grande ferramenta de congraçamento, de alegria entre as pessoas, e ao longo desta gestão temos realiza- do um importante trabalho neste segmento e seguire- mos realizando, como forma de incentivar cada vez mais a prática do esporte em nos- sa cidade”, destacou Regina. Também participa- ram do evento os vereado- resJorgePereiraeNelitaPi- acentini, o ex prefeito Nel- son Tureck, o vice presiden- te da associação dos mora- dores do Jardim Cidade Nova Gileno Joaquim de Santana, secretários munici- pais e os familiares do se- nhor Lidauro Ferreira Du- arte Dona Odete Rezende Duarte (viúva) e Maria Apa- recida Duarte ( Filha). Sinalização horizontal na área central Garantindo segu- rança a pedestres, bem como o visual da cidade, a Prefei- tura de Campo Mourão está intensificando trabalhos de sinalização horizontal e ver- tical com a pintura de faixas em vias públicas e instalação de placas em toda a cidade. Os trabalhos fazem parte de um projeto de melhorias no trânsito realizado pela Di- retran – Diretoria Munici- pal de Trânsito. Diretran - Além de sinalização de trânsito, a Diretran também regula- menta ações de impedimen- to de vias; emissão de car- teiras para estacionamentos preferenciais de idosos e de- ficientes e encaminha defe- sas de multas em área ur- bana.
  3. 3. “ & FatosPolíticaFaltam 197 dias para as próximas eleições... Campo Mourão, 23 e 24 de março de 2016 Página 03PARANÁ NOTÍCIAS Deputado Luiz Nishimori em Peabiru No inicio do mês, o deputadofederalLuizNishi- mori (PR), esteve visitando algumas cidades da região. Na oportunidade, o deputa- do falou u pouco do seu tra- balho em Brasília e de como anda a situação do governo federal. Nishimori ainda rei- terou apoio aos municípios onde possui base eleitoral. “Estarei sempre ajudando os municípiosquelevaremsuas reivindicaçõesaténós”,falou o deputado. Sobre a atual si- tuação do país, o deputado disse o seguinte: “o Brasil está passando por uma cri- se, não só financeira, mas também de valores morais e éticos”, explicou o presiden- teestadualdoPartidodaRe- pública. Em Peabiru, o depu- tado reforçou apoio à pré- candidatura de Júlio Frare (PR) a prefeitura e também parabenizou o vereador J. Pezini por ingressar no PR. Pezini recentemente deixou o PT para se juntar ao novo partido. “Agora estamos fa- zendo parte de um novo grupo”, reiterou o vereador Pezini. O vereador Claudino do PT do B também presti- giou a visita do deputado e anunciou uma pré-coliga- ção com o PR. “Estamos juntos com o grupo do Jú- lio e desde já quero comu- nicar que também recebe- mos no PT do B, o radialis- ta Daniel Tomé da Silva, que, provavelmente, será indicado como candidato à vice na chapa encabeçada por Júlio”, disse Claudino. Júlio Frare agradeceu ao deputado e disse estar confiante no grupo que está se formando. “A mi- nha decisão já foi tomada, conto com o apoio da minha fa- mília e dos meus amigos, nasci aqui, nessa cidade, e sei que posso ajudar no desenvolvimento de Peabiru”, ressaltou o pré-candidato. Depois de encontrar com as lideranças na Câmara Mu- Nishimori emAraruna Cumprindo um ro- teiro na região, o Deputado Federal Luiz Nishimori (PR), esteve na Câmara Municipal de Araruna onde encontrou com várias lide- ranças. O Deputado apre- Consultoria: palestra gratuita, dia 29, naAcicam “Inovando nos Servi- ços com a Consultoria Em- presarial” é o tema da pa- lestra gratuita marcada para o próximo dia 29 nas dependências da Associação Comercial e Industrial de Campo Mourão (Acicam). A promoção é do IESCAP – Instituto Sescap-PR e do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessora- mento, Perícias, Informa- ções e Pesquisas (Sescap- PR), com o apoio do Sindi- cato dos Contabilistas de Campo Mourão e Região (SinConCam). O tema será aborda- do pelo professor Luiz Car- los Tiossi, que tem MBA em Gestão de Negó- cios e é especia- lista em Comér- cio Exterior e Mercosul. Ele é consultor de ges- tão empresarial há 18 anos e atua em diversas empresas naci- onais, além de credenciado do Sebrae há 17 anos e do Sistema Sesi/Senai/CNI. Seu currículo destaca ainda que é autor de várias publi- cações ligadas às áreas de consultoria, gestão de ne- gócios, liderança. marke- ting e planejamento. A programação na Acicam começa às 16 horas, com a recepção dos partici- pantes com café da tarde. A palestra terá início às 16h30min. Os interessados em participar devem confir- mar presença pelo telefone (44) 3026 6087 (com Mari- lene) ou pelo e-mail maringa@sescap-pr.org.br. Conteúdo - A empre- sa digital e suas novas de- mandas, oportunidades do mercado de consultoria e entendendo os conceitos da consultoria empresarial ple- na são algumas das aborda- gens programadas para a palestra. Outros pontos que serão tratados no evento: como posso ser um consul- tor empresarial de sucesso?, os três pilares: metodologia, ferramentas e procedimen- tos para a consultoria em- presarial avançada e forma- ção em consultoria empre- sarial – Forcec. O mercado de con- sultoria tem se destacado como uma crescente opção de atividade. Os professio- nais da área contábil, como também da administração, economia, entre outros, são convidados a atuar nessa área. A palestra tem por objetivo sensibilizar os participantes para o real entendimento dos concei- tos da consultoria empre- sarial e seus efeitos nas or- ganizações. sentou um recurso na ordem 250 mil para a aquisição de uma Pá Carregadeira. Mais 100 mil para a aquisição de um veículo 4x4 para o de- partamento de Saúde. Nishimori apresentou também mais um recurso na ordem de 250 mil para a compra de um Rolo Com- pactador. Luiz Nishimori foi um deputados mais votados na cidade, obtendo mais de 1200 votos. nicipal de Peabiru, o depu- tado que estava acompa- nhado de alguns assessores, seguiu para Araruna, Goi- oerê e Rancho Alegre D’Oeste. DESTAQUE DA SEMANA Luiz Nishimoricom o pré-candidato a prefeito Julio Frare Várias lideranças receberam o deputado na Câmara Municipal Av. Manoel Mendes de Camargo, 1225-B (Em frente à prefeitura) Campo Mourão – PR Fone (44) 3016-2879
  4. 4. De segunda a sábado R$ 15,00 - Domingos e feriados R$ 17,00 - Marmitex pequena R$ 7,50 - Média R$ 10,00 - Grande R$ 12,00 Rua Santa Catarina, 2120 - Centro - Campo Mourão PR Fone: (44) 3017-1141 Campo Mourão, 23 e 24 de março de 2016 O restaurante do Moacir, localizado na área central de Campo Mourão, vem se tornando ponto de encontro de pessoas de toda região. A passeio ou a trabalho, muitas pessoas tem preferido o restaurante para fazer uma saborosa refeição. Com preços acessíveis e uma ótima qualidade, o restaurante já virou referência na região da Comcam. PARANÁ NOTÍCIASCidadesPágina 04 LEGISLATIVO EM DESTAQUE INDICAÇÕES E REQUERIMENTOS DOS VEREADORES DE PEABIRU Informações sobre loteamento Os vereadores Ân- gelo Prudêncio de Britto, Cícero Souza da Silva e Osmar Pereira, solicita- ram o envio ao Poder Le- gislativo, o que abaixo se- gue: Considerando o teor do Decreto Municipal nº 25/2014, do Executivo Mu- nicipal de Peabiru, que aprovou o Loteamento Par- que Bela Vista no Municí- pio de Peabiru; Considerando que o art. 10 da Lei Municipal nº 507/2005, que trata de par- celamento do solo urbano, dispõe que “As áreas desti- nadas ao sistema de circu- lação, à implantação de equipamentos comunitári- os, bem como aos espaços li- vres de uso público, corres- ponderão ao percentual mí- nimo de 35% (trinta e cinco por cento) da área total da gleba a ser loteada, obede- cidas neste percentual, as seguintes reservas míni- mas: I – 5% da área da gle- ba para equipamentos co- munitários; II – 10% da área da gleba para áreas verdes. Solicitamos o envio a este Poder Legislativo de Peabiru, as seguintes infor- mações: 1. Segundo o art. 1º do Decreto nº 025/2014, de iniciativa do Executivo, a área reservada, denomina- da institucional, (inciso I) perfaz o montante de o montante de 3.620,63 m2, e Área de Ruas (inciso II), perfaz o total de 32.069,42 m2, perfazendo um total de 35.689,65 m2. 2. Segundo o art. 10 de Lei Municipal, acima ci- tada, o Decreto 025/2014, salvo melhor juízo, deveria constar as seguintes classi- ficações e medidas: Área destinada à cir- culação: 20.392,00m2 Áreas verdes: (10%) 10.446,00 m2 Área para equipa- mentos comunitários (5%) 5.223.00 m2 Total 36.561,00 m2 Ante ao acima expos- to, os signatários requerem ao Prefeito Municipal, o envio ao Poder Legislativo de justificativa, acerca das razões sobre a divergência entre o Decreto Municipal nº 025/2014, e a Lei Muni- cipal nº 507/2005. Existe, ainda, outro aspecto a ser considerado, o inciso VIII, do artigo 29 da Lei Municipal 507/2005, prevê que a área destinada a equipamentos comunitá- ria seria de 10%, e a área destinada à circulação seria 15%, porém, em face deste conflito de normas, estamos considerando o princípio da razoabilidade, concentran- do nossa análise nas dispo- sições do art. 10 da menci- onada Lei. Entretanto não fica descartável a possibili- dade de aplicar o contido no inciso VIII, do art. 29 da Lei 507/2005, ante ao interes- se da administração públi- ca, devendo para tanto que o Executivo Municipal aca- te uma, e proponha a revo- gação da norma não utili- zada. ANTEPROJETO Os vereadores por meio de indicação solici- taram informações junto ao Executivo Municipal, acompanhada de ANTE- PROJETO DE LEI, soli- citando para que dentro de suas prerrogativas admi- nistrativas e discricionária envie ao Poder Legislati- vo PROJETO DE LEI, que disponha sobre altera- ções de dispositivos da Lei Municipal nº 507/ 2005, que trata do parce- lamento do solo para fins urbanos no Município de Peabiru. ANTEPROJETO DE LEI N.º 01/2016 EMENTA: Altera dispositivos da Lei Munici- pal nº 507/2005, que trata do parcelamento do solo para fins urbanos no Muni- cípio de Peabiru. Art. 1º. A Lei Complemen- tar do Município de Peabi- ru, Paraná, nº 507/2005, de 20 de dezembro de 2015, passa a vigorar com as se- guintes alterações: Art. 4º VII – Equipa- mentos urbanos são: os equipamentos públicos de abastecimento de água, energia elétrica, coleta de agua pluvial, rede telefôni- ca, rede de fibra ótica, rede de esgoto e gás canalizado; Art. 9º - I – Só pode- rão ser loteados áreas com acesso pavimentado, direto a via pública, com total con- dições de trafegabilidade; VII – Todas as vias públicas constantes do lote- amentodeverãoserconstru- ídaspeloproprietárioouem- presaloteador,recebendono mínimo, meio-fio, rede de abastecimento de água, ga- lerias de águas pluviais, rede deenergiaelétrica,pavimen- tação asfáltica com concre- to betuminoso usinado a quente (CBOQ), iluminação pública, rede de esgoto, cal- çadaecológica,plantiodeár- vores nas calçadas, e marca- ção das quadras com identi- ficação dos lotes; Art. 35...§ 2º - O Po- der Executivo de Peabiru, no prazo máximo de 90 (no- venta) dias, a contar da pu- blicação da Lei que autori- zou o loteamento, deverá vistoriar a área objeto do lo- teamento, apontando quais- quer irregularidades que eventualmente existam, bem como, notificando o loteador para que faça as respectivas adequações no projeto, nos termos da Lei. Art. 36. Aprovado o proje- to de lei de loteamento pelo Legislativo, e sancionado pelo Poder Executivo do Município de Peabiru, este regulamentará e expedirá o devido Alvará. Art. 2º. Esta Lei en- tra em vigor na data de sua publicação. Rua União da Vitória - O vereador Claudino de Oli- veira Lino solicitou a viabi- lização a instalação de tubu- lação de água até o final da Rua União da Vitória, com a finalidade de reduzir o acú- mulo de águas pluviais no meio da rua, que vem tra- zendo muitos transtornos par os moradores do local. “No local mencionado a instalação de tubulação parou no meio da rua o que gera muitos transtornos aos moradores. As manilhas para terminar a tubulação fi- caram expostas por um bom tempo na Rua União da Vi- tória e depois foram remo- vidas do local, sendo inclu- sive que hoje não temos co- nhecimento o que foram fei- tasdessasmanilhas”,alertou o vereador. Academia ao Ar Livre e re- capeamento asfáltico - Claudino também solicitou a instalação de uma “Acade- mia ao Ar Livre” no espaço localizado no início da Pista de Caminhada e a colocação de cascalho na rua que vem do Loteamento Bela Vista e que dá acesso a Super Cre- che. Pediu ainda o recapea- mento asfáltico nas ruas do Conjunto Nivando Antonio Simionato. Silviolândia-O vereador pe- diu a readequação urgente das estradas rurais que dão acesso as Comunidades de SilviolândiaeSantaRita.Se- gundo os moradores, as es- tradas mencionadas encon- tram-se intransitáveis, ne- cessitando de readequação urgente. Academia ao Ar Livre - Linosolicitouainstalaçãode cobertura na “Academia ao Ar Livre” localizada nas proximidadesdaEscolaMu- nicipal Princesa Isabel. “A instalação de cobertura nas referidas academias visa proporcionar mais comodi- dade para os usuários”, dis- se o vereador. Pavimentação asfáltica - Também solicitou a pavi- mentação asfáltica em duas quadras da Rua Souza Na- ves, próxima a fábrica do Onofre. “Esta solicitação parte dos moradores da re- ferida localidade, que alme- jamessapavimentaçãoháal- guns anos”, defendeu. Pediu conserto e melhorias nas pontes das áreas rurais do município O vereador Cícero solicitou por meio de re- querimento que seja enca- minhado requerimento ao Secretário Municipal de Saúde, Sr. Adilson Basseto, solicitando o encaminhado a este Poder Legislativo, de informações sobre o que segue abaixo: 1 – Número detalhado de atendimentos odonto- lógicos realizado no consultório municipal entre os me- ses de outubro/2015 até a presente data. Informações sobre atendimentos odontológicos Programa “Viva Voz” Por iniciativa do verea- dor Osmar Pereira – Bo- tinha, foi criado no âmbito do município de Peabiru , o Programa Municipal de Saúde Vocal, programa este, denominado “Viva Voz”, objetivando a preven- ção de disfonias em profes- sores da rede municipal de ensino. Programa Munici- pal de Saúde Vocal deverá oferecer assistência preven- tiva, através da rede públi- ca de saúde, com a realiza- ção de cursos teóricos prá- ticos, além da confecção e distribuição de uma cartilha de informações básicas so- bre a voz, cartilha está de- nominada; “Voz Instrumen- to de Trabalho”, com o in- tuito de orientar os profes- sores sobre o uso adequado da voz, profissionalmente. Este programa deverá se estender aos cursos de ma- gistério ou equivalente e ou áreas afins, visando também aqueles alunos/acadêmicos que estejam se preparando para a licenciatura. O programa Munici- pal de Saúde Vocal terá ca- ráter fundamentalmente preventivo, no entanto, uma vez detectada alguma disfo- nia, será garantido ao pro- fessor o pleno acesso ao tra- tamento fonoaudiólogo e, ou, conforme o caso, o en- caminhamento para o tra- tamento adequado. As des- pesas decorrentes de execu- ção deste projeto correrão por conta de dotações orça- mentárias próprias, ou atra- vés de convênios, ou outro instrumento congênere, fir- mado com a União ou Es- tado. Melhorias na Capela Mortuária O vereador Paulo Sérgio Avanço, por meio de Indicação, solicitou viabili- ze, dentre todas as melho- rias necessárias já solicita- das para a Capela Mortuá- ria, que seja instalado um corrimão na escada que dá acesso a capela. “Como já mencionado, são várias as melhorias necessárias no prédio onde funciona a Ca- pela Mortuária, já solicita- da por várias indicações de todos os vereadores, pois se tratam de pedidos feitos pela comunidade. E a instalação de cor- rimões na escada que dá acesso a capela é mais um pedido feito pela comunida- de”, explicou o vereador.
  5. 5. Cidades Campo Mourão, 23 e 24 de março de 2016 Página 05PARANÁ NOTÍCIAS Preocupado com a Saúde da Mulher Farolense O vereador Genivaldo Ferreira (PSD) formulou o Projeto o qual dispõe sobre “O Mês Municipal do Outubro Rosa”, dedicado a ações preventivas à integridade da mulher, o qual foi sancionado Pelo Poder Executivo Municipal de Farol sob a Lei Nº 774/ 2016. O objetivo do Projeto, esclarecer à sociedade civil sobre a importância e necessidade de prevenção do câncer de mama e do colo do útero mediante a realização de exames periódicos, visando o diagnóstico precoce e a realização imediata do respectivo tratamento, bem como a conscientização da potencialização da cura destes tipos de câncer quando diagnosticado em tempo; Ampliar e facilitar o acesso à realização do exame preventivo; Divulgar os direitos assegurados pela Lei Federal 11.664 de 29 de abril de 2008 a cerca das ações de saúde que assegurem a prevenção, a detecção, o tratamento e o seguimento do câncer de mama e do colo do útero, no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS. Com a sanção da Lei em epigrafe normatizamos em nível municipal e garantimos a realização do mesmo em todos os anos subsequentes, a campanha já vem sendo desenvolvida no município. Agradeço ao Executivo Municipal por ter abrigado o Projeto e ratificado, e a todos os nobres vereadores que aprovaram por unanimidade. Prefeitura de Araruna inicia construção do Centro de Educação Infantil Em um investimen- to de aproximadamente dois milhões de reais, a Prefeitura de Araruna deu inicio no Jardim Vitória, uma obra que irá atender 188 crianças de zero a seis anos. Na última semana, a equipe de Viação e Obras da Prefeitura recebeu a vi- sita do prefeito Fabiano Antoniassi e do vice Clau- demir Brambilla. Os recur- sos para a construção Cen- trodeEducaçãoInfantildo foram viabilizados pelo Deputado Federal Zeca Dirceu. Araruna recebe veículos 0 km para o Departamento de Saúde A Prefeitura de Ara- runa recebeu uma Van 0 km e um Palio também 0 km que deverão ser usados no departamento de Saúde. A Van será destinada para os pacientes que fazem trata- mento de saúde em Curiti- ba, propiciando melhor qualidade e conforto. O Palio 0 km será usado no Posto 24 horas e uma Saveiro 0 km para ao departamento de Endemias - (Dengue). Representantes do departamento de Saúde Municipal, Presidente do Conselho Municipal de Saúde Sr. Haroldo Rezende, representantes do Deputa- do Estadual Evandro Jr, (Sr.º Domingos e Kaká ), ve- readores, secretários e co- munidade participaram do evento. Pavimentação asfáltica - Na oportunidade, também houve a assinatura da or- dem de Serviço no valor de 1 milhão e 987 mil reais, com representantes da em- presa vencedora. As obras de pavimentação serão rea- lizadas nos Jardins Araucá- ria, Zavatin e Kielse na sua totalidade. Engenheiro Beltrão já oferece novos serviços na área de habilitação A unidade do Depar- tamento de Trânsito do Paraná (Detran) em Enge- nheiro Beltrão passou a ofe- recer, pela primeira vez, novos serviços na área de habilitação. Apenas os exa- mes práticos de direção continuarão sendo feitos em Campo Mourão devido a li- mitação da estrutura física da Ciretran. “Essa medida atende as necessidades da popula- ção, dos futuros e atuais mo- toristas e os Centros de Formação de Condutores. Com os novos serviços evi- tamos o deslocamento con- tínuo e possibilitamos uma economia financeira e de tempo”, destaca o diretor- geral do Detran, Marcos Traad. Dos 22 serviços e consultas de habilitação que já estão disponíveis, está a abertura do processo de Primeira Habilitação, a emissão da CNH Definiti- va, a Permissão Internaci- onal para Dirigir, a Reno- vação de CNH e Segunda Via da CNH. Confira a lista de todos os serviços de habilitação dis- poníveis na Ciretran: • Adição (inclusão) e/ ou mudança (alteração) de categoria • Alteração de dados do condutor • Alteração de endere- ço do condutor/candidato • Captura de Imagem de CFC • Emissão da CNH Definitiva • Exerce Atividade Remunerada (EAR) • Histórico do Condu- tor • PID - Permissão In- ternacional para Dirigir •PrimeiraHabilitação • Psicopedagógico • Reabilitação de Condutor • Reabilitação de Per- missionário • Recebimento de CNH notificada • Renovação de CNH • Registro da CNH • Registro de Estran- geiro • Registro de Proces- so de Outra UF • Segunda Via da CNH • Segunda Via Psicopeda- gógico • Solicitação de Transferência de Condutor de Outra UF • Solicitação de Transferência de processo de Outra UF • Solicitação/Regis- tro de Transferência de Processos entre UTRs 44. 9713-0742 9886-8379
  6. 6. Página 06 Campo Mourão, 23 e 24 de março de 2016 PARANÁ NOTÍCIAS É justo Deus salvar uma pessoa que sempre fez o mal e se arrependeu pouco antes de morrer? (1) A salvação, se- gundo é relatada na Bíblia, não depende de obras. Ela acontece por ação e vontade deDeusemnossavida:“Por- que pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2: 8-9). (2) Outro ponto a ob- servarmos é que na Bíblia somos todos apontados como pecadores, mesmo aqueles que parecem bons demais para serem pecado- res: “pois todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 3: 23). (3) As escolhas de Deus são mostradas na Bí- blia como soberanas e jus- tas, mesmo que achemos o contrário. Se Deus resolveu salvar alguém nos últimos minutos de vida (como foi o caso do ladrão crucifica- do ao lado de Jesus, por exemplo), Ele não está co- metendo nenhuma injustiça, mas exercendo a Sua livre justiça e misericórdia de for- ma soberana: “Como está es- crito: Amei Jacó, porém me aborreci de Esaú. Que dire- mos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo ne- nhum! Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericór- dia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter com- paixão” (Romanos 9: 13). (4) Para exemplificar essa questão, Jesus contou uma parábola sobre traba- lhadores de uma vinha em Mateus 20: 1-16. Nessa pa- rábola conta-se a história do dono de uma vinha que saiu de madrugada de casa para contratar trabalhado- res para a colheita das uvas por determinado valor es- tipulado. Contratou traba- lhadores de madrugada e combinou pagar um dená- rio pelo trabalho de um dia. Depois saiu às nove da ma- nhã e contratou mais al- guns. Depois saiu ao meio dia e também às três da tar- de e também às cinco da tar- de e contratou mais alguns. Ao final do dia de trabalho, o dono pagou a todos os que contratou a mesma quantia de um denário. O que aconteceu?Os que foram contratados mais cedo e trabalharam mais se sentiraminjustiçados.Acha- vam que aquele proprietário deveria pagar mais para eles e menos para os que traba- lharam menos. Ao que o dono da vinha respondeu: “Mas o proprietário, respon- dendo, disse a um deles: Amigo, não te faço injusti- ça; não combinaste comigo um denário? Toma o que é teu e vai-te; pois quero dar a este último tanto quanto a ti. Porventura, não me é lí- cito fazer o que quero do que é meu? Ou são maus os teus olhos porque eu sou bom?” (Mateus 20: 13-15). (5) Essa parábola de Jesus nos ensina que Deus é soberano e derrama da Sua graça sobre todos da manei- racomoquer.Nãocabeanós termos inveja de quem, apa- rentemente,recebeumaisdo que nós. Cabe a nós sermos gratos por Deus ter derra- mado também sobre nós da Sua graça. Olhar para al- guém que foi salvo nos últi- mos instantes de sua vida e dizer que foi injustiça de Deus,étermosumolharmal sobre um bem que Deus fez. Devemosnoscontentarcom aquilo que Deus faz por nós e olharmos para as bênçãos na vida de outras pessoas com alegria e satisfação por ver que Deus age bondosa- mente nessas vidas tanto quanto na nossa. (Fonte: esboçando ideias.com.br) PiadaPiadaPiadaPiadaPiada O português e a manga madura Dois portugueses andavam em uma rua, quando viram um pé de manga e começam a jogar pedras. Já can- sado, José fala para Manoel: - Ora pois, Manoel, já tem um tempão que estamos cá jogando pedras e não derrubamos nenhuma uma man- ga. Vai procurar uma escada. Depois de um tempo Manoel chega com uma escada. - Está aqui a escada, José! - Agora suba para ver se tem alguma madura. Manoel subiu e lá de cima do pé de manga fala para José: - Essa aqui está madura. E o portuga que ficou segurando a escada pronta- mente diz: - É mesmo, então desce pra gente poder jogar pedra. Por onde andas?Por onde andas?Por onde andas?Por onde andas?Por onde andas? Brigas, idas e voltas e trabalho solo OsBeeGeesforamumaban- da formada pelos irmãos Barry, Ro- bineMauriceGibb.NascidosnaIlha de Man, viveram alguns anos em Chorlton, Manchester, Inglaterra. Ainda crianças se mudaram com os pais para Brisbane, em Queensland, na Austrália. Fazem sucesso desde 1966, estando en- tre os maiores vendedores de dis- cos em todos os tempos. Vende- ram aproximadamente 250 mi- lhões de discos e ganharam dez prêmios Grammy. Os Bee Gees são uma das bandas que mais arrecadaram na história da música, considerados por grande parte da crítica musical, a segunda maior banda da história pelo conjunto de sua obra (compo- sições, produções e gravações), atrás apenas dos Beatles. Entretanto, uma tragédia acontece em 12 de Janeiro de 2003: de ataque cardíaco, morre Maurice Gibb. Em 14 de abril de 2012, Ro- bin contraiu pneumonia e foi inter- nado em um hospital em Chelsea, Londres, e entrou em coma. Ele acordou em 20 de abril de 2012, mas acabou piorando consi- deravelmentepoucotempodepois. Robin faleceu em 20 de maio do mesmo ano. Com sua morte, Barry Gibb se tornou o último membro sobrevi- vente do grupo. Em 2015 Barry Gibb anunciou que está gravando seu novo disco de músicas inéditas, o primeiro em 27 anos, previsto para ser lançado em 2016.
  7. 7. GovernoPARANÁ NOTÍCIAS Campo Mourão, 23 e 24 de março de 2016 Página 07 Copel investe R$ 2,36 bilhões em obras de geração, transmissão e distribuição A Copel divulgou na última semana, o resultado financeiro de 2015, que exi- be um investimento conso- lidado de R$ 2,36 bilhões em todas as suas áreas de atuação. Foi o segundo ano consecutivo em que o inves- timento superou a marca dos 2 bilhões de reais. Para 2016, a Companhia estima investir R$ 3,1 bilhões, o maior valor de sua história. “Foi um ano difícil para o setor elétrico, mas no qual a Copel, graças ao em- penho de seus empregados, conseguiu manter o ritmo de investimentos em novos empreendimentos de gera- ção, transmissão e distribui- ção de energia e, também, na expansão de sua rede de telecomunicações”, afirmou o presidente da Copel, Luiz Fernando Leone Vianna. O segmento de distri- buição, em particular, regis- trou em 2015 o maior volu- me de obras já executado pela Copel em um único ano. Foram 22 mil obras de expansão e modernização da rede elétrica, uma média de 60 por dia, com investi- mento de R$ 656 milhões. Apenas na Região Metropolitana de Curitiba, entraram em operação as subestações Jardim das Américas e Bom Retiro, que tornam o sistema elétrico da Capital ainda mais segu- ro e estável. Os dois empre- endimentos representaram, sozinhos, um investimento total de R$ 60 milhões. Para beneficiar espe- cificamente o consumidor rural, a Companhia iniciou em 2015 o Programa Mais Clic Rural, que vai investir R$ 500 milhões até 2018 para levar o conceito de re- des inteligentes ao campo. O objetivo é utilizar a auto- mação para melhorar a qua- lidade do fornecimento de energia da área rural, prin- cipalmente em polos de pro- dução agropecuária. No segmento de transmissão, a Copel con- quistou em leilão do Gover- no Federal o direito de construir e operar três su- bestações e 230 quilômetros de linhas de transmissão no Paraná e em Santa Catari- na. Quando em operação, os empreendimentos vão sig- nificar R$ 98 milhões de receita anual para o braço de geração e transmissão da empresa. TELECOM - A Copel Te- lecom teve um salto impor- tante no seu faturamento. De 2014 para 2015, o cres- cimento da empresa foi de 33,04%, cerca de R$ 90 mi- lhões, valor expressivo comparado ao crescimento de 13,11%, de cerca de R$ 30 milhões, conquistado de 2013 para 2014. O último ano também foi momento de consolidar investimentos feitos pela Copel Telecom nos últimos dois anos em infraestrutu- ra de rede, com reforço de vendas nos mais de 50 mu- nicípios com rede GPON (Gigabit Passive Optical Network) no Paraná. A Co- pel Telecom ainda levou em 2015 internet residencial para Palotina, Colorado, Paranaguá, União da Vitó- ria e Porto União, marcan- do sua entrada no Estado de Santa Catarina. GERA- ÇÃO DE ENERGIA - Nos últimos quatro anos, a Companhia investiu R$ 8 bilhões em todos os seg- mentos em que atua. Mais de R$ 3 bilhões foram apli- cados somente em obras para modernizar o sistema elétrico do Paraná. Em 2016, o investi- mento total chegará a R$ 3,1 bilhões – metade do va- lor destinado ao segmento de geração de energia, in- cluindo a construção de parque eólicos no Rio Grande do Norte e o inves- timento na renovação da concessão da Usina Gover- nador Parigot de Souza. Com a reconquista do con- trato de concessão, a Copel irá operar e manter a usina até 2046, adicionando uma receita de prestação de ser- viço da ordem de R$ 130 milhões por ano. No final do ano, tam- bém foram retomadas as obras da Usina Baixo Igua- çu, uma parceria da Copel com a Neoenergia no Sudo- este do Paraná, com inau- guração prevista para o iní- cio de 2018. O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) está reforçando sua atuação jun- to ao setor público e prevê financiar R$ 60 milhões aos municípios paranaenses em 2016. Os recursos fazem parte do BRDE Municípi- os, programa criado no ano passado pelos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, contro- ladores do banco. A agên- cia paranaense prevê um total de R$ 150 milhões para empréstimos em três anos, somente no Estado. Os recursos são des- tinados, principalmente, para obras de infraestrutu- ra nos municípios, em um momento em que a maio- ria das prefeituras enfren- ta dificuldades para fazer investimentos, por causa da crise econômica, que der- rubou a arrecadação e os repasses do governo fede- ral. O programa é realiza- do em parceria com a Se- cretaria de Desenvolvi- mento Urbano, por meio do Paraná Cidades. “ O BRDE Municípios surge para contribuir ainda mais com o desenvolvimento da Região Sul. É uma oportu- nidade para cidades de to- dos os tamanhos ganharem mais capacidade para inves- tir em projetos que melho- rem a qualidade de vida da população”, diz Orlando Pessuti, diretor Adminis- trativo do banco. “Na dificuldade que vive o país, os municípios ficam impedidos de realizar obras importantes de pavimenta- ção, saneamento, constru- ção de escolas e unidades de saúde. Por isso o BRDE está dando sua parcela de contribuição”, afirma Wil- son Quinteiro, diretor de Operações do banco. CONTRATADOS - A maioria dos recursos é para 2016, no entanto, deve ser contratado até junho, por conta da lei eleitoral, expli- ca Sérgio Sato, gerente de operações adjunto respon- sável pela carteira do setor público. “O ano de 2016 é um ano atípico também por conta das eleições. Por res- peito à lei eleitoral, as con- tratações têm que ser feitas até o início de junho, então a tendência é que esses re- cursos sejam contratados ainda no primeiro semes- tre”, diz Sato. Dos R$ 60 milhões previstos para o ano, R$ 46,87 milhões já estão sen- do contratados. Deste va- lor, R$ 40,47 milhões fo- ram destinados para obras de infraestrutura urbana e viária em Araucária, Cam- po Largo, Colombo, Fazen- da Rio Grande, Quatro Barras e Pato Branco. A contrapartida dos municí- pios é de R$ 6,52 milhões. Outros R$ 6,4 milhões vão para obras de pavimentação em Cascavel, projeto anunciado na últi- ma quinta-feira , 17. ORÇAMENTO - O orçamento para os municí- pios faz parte dos R$ 1,33 bilhão previstos para finan- ciamentos (públicos e pri- vados) pela agência do BRDE em Curitiba em 2016. As contratações de- vem ser puxadas por pro- jetos do agronegócio, ener- gia e infraestrutura para municípios. TRÊS VERTEN- TES - O programa BRDE Municípios tem três eixos principais de financiamen- to. Um deles é saneamen- to e mobilidade urbana, que envolve drenagem, tratamentos de resíduos sólidos e líquidos, pavi- mentação, iluminação pú- blica, ciclovia. O segundo eixo, que é o de infraestrutura soci- al, urbana e rural, envolve escolas, postos de saúde, centros comunitários, me- lhorias em estradas vici- nais, distritos industriais, infraestrutura turística. A outra vertente do progra- ma é do desenvolvimento institucional, qualificação, modernização de processos e sistema. Para 2016, a Companhia estima investir R$ 3,1 bilhões, o maior valor de sua história BRDEprevêR$150milhõesparafinanciarobrasnosmunicípios O programa é realizado em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, por meio do Paraná Cidades
  8. 8. Página 08 Campo Mourão, 23 e 24 de março de 2016 Especial PARANÁ NOTÍCIAS Engenheiro Beltrão faz entrega de repelentes para gestantesA secretaria da Saú- de de Engenheiro Beltrão promoveu nessa semana, uma reunião com gestantes do município para fazer a entrega de repelentes e re- passar orientações sobre a prevenção do Zika vírus. As gestantes que participaram são acompanhadas pelo município no pré-natal. O evento teve palestra, minis- trada pelo enfermeiro Alis- son Glatz, na Pastoral da Criança. As gestantes recebe- ram orientações sobre a aplicação de repelente, que deve ser feita a cada 4 ho- ras, conforme orientação de médicos do município. A secretaria da Saúde dispo- nibilizou ainda kits para as mulheres, compostos com um repelente e cartilha com informações sobre o Zika Vírus, sintomas, e cuidados. A secretária da Saú- de de Engenheiro Beltrão, Seila Lima informou que a reunião é realizada todo mês com as gestantes. “Este mês vamos aproveitar para fazer a entrega dos repelen- tes”, disse. Segundo ela, a entrega do produto é mais uma medida do município de prevenção das gestantes quanto à picada do mosqui- to. “Tendo em vista o risco da microcefalia com a pica- da do mosquito neste pro- cesso da gravidez, estamos entregando estes repelentes seguindo orientações médi- cas”, explicou. A secretária comen- tou que o município tem adotado várias medidas de combate e prevenção ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, Zika vírus e febre Chikun- gunya. Além do decreto de estado de alerta contra a doença, equipes do Progra- ma Saúde da Família estão trabalhando com as visitas domiciliares junto com agentes de endemias. O pre- feito Elias Lima (PSD), au- torizou também a abertura de teste seletivo para con- tratação de mais cinco agentes para reforço nas fis- calizações, ainda estão sen- do realizados trabalhos de orientações e conscientiza- ção junto às escolas muni- cipais. “Tudo que é possível estamos fazendo”, disse Sei- la, pedindo a colaboração da população. Segundo dados da se- cretaria da Saúde do muni- cípio, Engenheiro Beltrão registrou até o momento 21 casos positivos de dengue, 72 aguardam resultados e 65 tiveram diagnósticos ne- gativos. No total foram fei- tas 158 notificações. As gestantes que participaram são acompanhadas pelo município no pré-natal Terceira idade realiza passeio à praia de Guaratuba A viagem do grupo da Terceira Idade do muni- cípio de Engenheiro Beltrão à praia na última semana foi um sucesso. O evento teve início na quinta feira com retorno à cidade na segun- da. Prestigiaram o passeio 168 pessoas, que seguiram à praia de Guaratuba, re- gião de Curitiba, em quatro ônibus. Foi a quarta edição da viagem, organizada pela co- ordenadora da melhor ida- de de Engenheiro Beltrão e primeira dama, Seila Lima, junto ao governo municipal, Associação da Melhor Ida- de e secretária de Assistên- cia Social. Além da praia, os participantes puderam rea- lizar atividades físicas, pas- seio no morro do Cristo, passeio de barco com direi- to a banho no mar, entre outros. O grupo de apoio jun- to à caravana foi composta por uma professora de edu- cação física, um fotógrafo, e uma auxiliar de enferma- gem do município. “Todos se hospedaram em um mes- mo local, numa pousada em frente ao mar, ficando assim todos bem à vontade para fazerem o que desejassem”, comentou Seila. “É muito gratificante ver a felicidade deles. São pessoas muito animadas dispostas e que estão sempre de bem com a vida. A animação deles é contagiante, além de pre- senciar muitos estarem ven- do o mar pela primeira vez”, emendou a coordenadora, que agradeceu a todos os colaboradores da viagem. Além da praia, os participantes puderam realizar atividades físicas, passeio no morro do Cristo, passeio de barco com direito a banho no mar, entre outros

×