Apresentação metodos contraceptivos actual nov.09

4.921 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.921
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
79
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação metodos contraceptivos actual nov.09

  1. 1. Ovulação  Libertação do óvulo para as trompas de falópio  Local: Ovário
  2. 2. Fecundação  Fusão do gâmeta masculino com o gâmeta feminino  Local: Trompa de Falópio  Resultado: Ovo ou Zigoto
  3. 3. Implantação do embrião no endométrio  Local: útero  Ocorre uma semana após a fecundação Nidação
  4. 4. Métodos contraceptivos
  5. 5. O que são métodos contraceptivos? São processos que permitem evitar uma gravidez não desejada e têm como objectivo impedir que o espermatozóide encontre o óvulo ou que o embrião se implante no útero.
  6. 6. Métodos contraceptivos Reversíveis Irreversíveis Naturais Não naturais Mecânicos Químicos
  7. 7. • naturais – Consistem em calcular o período fértil e, desta forma, evitar que ocorra a fecundação. Assim, durante este período, devem evitar-se as relações sexuais – abstinência periódica. • não naturais - Impedem a gravidez através de dispositivos locais, de medicamentos com hormonas sexuais sintéticas ou de intervenções cirúrgicas. Métodos Contraceptivos
  8. 8. MÉTODO DE OGINO/KNAUSS OU DO CALENDÁRIO MÉTODO DA TEMPERATURA MÉTODO DE BILLINGS OU DO MUCO CERVICAL Método que permite calcular os dias férteis da mulher. O período fértil situa-se próximo da ovulação, aproximadamente entre o 10º e 16º desde o início da menstruação. Método que permite calcular o período fértil, através da avaliação da temperatura do corpo da mulher. Esta temperatura sofre, após uma descida acentuada, uma subida desde a ovulação até ao início da próxima menstruação. Método que permite determinar o período fértil da mulher a partir da análise do muco cervical, que é produzido pelo útero e que escorre pela vagina. Durante 5 dias do período fértil este muco é transparente, elástico e escorregadio, chegando a atingir 15 a 20 cm. MÉTODOS NATURAIS
  9. 9. PRESERVATIVO DIAFRAGMA ESPERMICIDAS DISPOSITIVO INTRA-UTERINO (DIU) Métodos não naturais BARREIRA (impedem o encontro dos gâmetas)
  10. 10. PÍLULA COMBINADA MINIPILULA CONTRACEPTIVOS INJECTÁVEIS ADESIVO IMPLANTE SUBCUTÂNEO ANEL VAGINAL Métodos não naturais HORMONAIS (impedem a ovulação)
  11. 11. VASECTOMIA LAQUEAÇÃO DAS TROMPAS DE FALÓPIO Métodos não naturais CIRÚRGICOS (obstrução da progressão dos gâmetas)
  12. 12. Contracepção de emergência Comprimidos com doses elevadas de estrogénio e progesterona sintéticas. A primeira dose deve ser administrada durante as 72 horas a seguir à relação sexual e a segunda 12 horas depois da primeira dose.
  13. 13. DIU (FEMININO) DIAFRAGMA (FEMININO) PRESERVATIVO (MASCULINO) Descrição Filamento delgado introduzido no útero. Anel de borracha Invólucro de borracha muito fino e flexível. Modo de Acção Suprime a ovulação. Impede que os espermatozóides atinjam o útero. Impede que os espermatozóides se difundam na vagina. Eficácia 92 A 99 % 70 % 89 % Efeitos secundários Contracções do útero para expulsão. Fluxo menstrual abundante. Possíveis alergias. Possíveis alergias MÉTODOS MECÂNICOS DE CONTRACEPÇÃO
  14. 14. PÍLULA ANTICONCEPCIONAL ESPERMICIDAS DESCRIÇÃO Hormonas sintéticas semelhantes à progesterona e ao estrogénio. Cremes vaginais. MODO DE ACÇÃO Suprime a ovulação. Extermina os espermatozóides no colo uterino. EFICÁCIA 99 % 60 a 75 % EFEITOS SECUNDÁRIOS Pode ocorrer muitas vezes tensão arterial elevada, coágulo sanguíneo (trombose), alterações ligeiras do peso corporal, infecções vaginais, cefaleias e/ou náuseas. Possíveis alergias. MÉTODOS QUÍMICOS DE CONTRACEPÇÃO
  15. 15. LAQUEAÇÃO DAS TROMPAS VASECTOMIA DESCRIÇÃO Hormonas sintéticas semelhantes à progesterona e ao estrogénio. Seccionamento ou obstrução dos canais deferentes. MODO DE ACÇÃO Torna impossível o encontro do óvulo com o espermatozóide. Fecundação impossível dada a ausência de espermatozóides no esperma. EFICÁCIA 100 % 100 % EFEITOS SECUNDÁRIOS Podem ocorrer distúrbios psicológicos devidos à infecundidade Podem ocorrer distúrbios psicológicos MÉTODOS DE CONTRACEPÇÃO MÉDICO - CIRÚRGICOS

×