puberdade e métodos contraceptivos

14.668 visualizações

Publicada em

2 comentários
14 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.668
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.213
Comentários
2
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

puberdade e métodos contraceptivos

  1. 2. APARELHO REPRODUTOR
  2. 3. Clitóris Meato uretral Grandes lábios Hímen Pequenos lábios APARELHO REPRODUTOR Feminino
  3. 4. APARELHO REPRODUTOR Feminino Útero Colo Muco
  4. 5. Trompa Ovário Folículo APARELHO REPRODUTOR Feminino
  5. 6. Trompa de Falópio Útero Endométrio Ovário Vagina APARELHO REPRODUTOR Feminino Mamas
  6. 7. APARELHO REPRODUTOR Masculino Endométrio Corpo esponjoso Pénis Canal deferente Epidídimo Glande Testículos
  7. 8. APARELHO REPRODUTOR Masculino
  8. 9. PUBERDADE
  9. 10. PUBERDADE O que acontece? <ul><li>Transição para adulto </li></ul><ul><li>Distinção sexual </li></ul><ul><li>- Capacidade reprodutiva </li></ul>
  10. 11. PUBERDADE Idade Duração 3 - 4 4 - 6 Início 11 - 12 10 - 11 Rapazes Raparigas
  11. 12. PUBERDADE O que são hormonas Hormonas Femininas Ovários Estrogénios e Progesterona Hormona Masculina Testículos Testosterona
  12. 13. PUBERDADE Influência hormonal Hipófise
  13. 14. PUBERDADE Alterações visíveis <ul><li>Arredondar das formas físicas </li></ul><ul><li>Alargar da bacia </li></ul><ul><li>Pelos axilares e púbicos </li></ul><ul><li>Desenvolvimento mamário </li></ul><ul><li>- Início das menstruações </li></ul>
  14. 15. PUBERDADE O que não se vê Alterações hormonais Capacidade reprodutiva
  15. 16. PUBERDADE Sexo masculino <ul><li>Alterações Visíveis </li></ul><ul><li>Aumento dos testículos </li></ul><ul><li>Voz </li></ul><ul><li>Barba </li></ul><ul><li>Pelos axilares e púbicos </li></ul><ul><li>Crescimento do pénis </li></ul><ul><li>Primeiras ejaculações </li></ul>
  16. 17. CICLO MENSTRUAL
  17. 18. CICLO MENSTRUAL Sexo feminino <ul><li>Intervalo entre o 1º dia </li></ul><ul><li>de uma menstruação e o 1º dia </li></ul><ul><li>da menstruação seguinte </li></ul><ul><li>23 - 35 dias (média de 28 dias) </li></ul><ul><li>Duração da menstruação </li></ul><ul><li>3 - 7 dias </li></ul><ul><li>Ovulação </li></ul><ul><li>+- 14º dia (ciclo de 28 dias) </li></ul><ul><li>Período fértil </li></ul><ul><li>Entre o 10º - 17º (num ciclo de 28 dias) </li></ul>
  18. 19. CICLO MENSTRUAL Sexo feminino Hipófise Estímulo
  19. 20. CICLO MENSTRUAL O ciclo endometrial Menstruação Proliferação Secreção
  20. 21. CICLO MENSTRUAL
  21. 22. GRAVIDEZ
  22. 23. GRAVIDEZ
  23. 24. GRAVIDEZ
  24. 25. GRAVIDEZ
  25. 26. GRAVIDEZ
  26. 27. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
  27. 28. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS <ul><li>Hormonal </li></ul><ul><li>Ora: pílula, mini-pílula, </li></ul><ul><li>pílula do dia seguinte </li></ul><ul><li>Injectável e implante </li></ul><ul><li>- Local / Barreira </li></ul><ul><li>Preservativo </li></ul><ul><li>Diafragma </li></ul><ul><li>Natural </li></ul><ul><li>Abstinência periódica </li></ul><ul><li>Coito interrompido </li></ul><ul><li>Esterilização </li></ul>
  28. 29. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Pílula Contracepção hormonal oral - pílula Componentes Estrogénio Progestagénio
  29. 30. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Pílula - Mecanismo de acção <ul><li>Pílula - Mecanismo de acção </li></ul><ul><li>Inibição da ovulação </li></ul><ul><li>Atrofia endometrial </li></ul><ul><li>- Espessamento do muco cervical </li></ul>
  30. 31. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Pílula - Efeitos benéficos <ul><li>Contracepção </li></ul><ul><li>Gravidezes não desejadas </li></ul><ul><li>Gravidezes extra-uterinas </li></ul><ul><li>Problemas do ciclo menstrual </li></ul><ul><li>Cancro do ovário </li></ul><ul><li>Quistos do ovário </li></ul><ul><li>Cancro do endométrio </li></ul><ul><li>Quistos da mama </li></ul><ul><li>Acne </li></ul><ul><li>Dismenorreia (dor menstrual) </li></ul>
  31. 32. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Tipos de pílula Combinada Estrogénio e Progestagénio Monofásica ou Trifásica Estrogénio Progestagénio
  32. 33. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Pílula combinada <ul><li>Administração </li></ul><ul><li>1º dia da menstruação </li></ul><ul><li>Diária </li></ul><ul><li>21 comprimidos </li></ul><ul><li>7 dias de pausa </li></ul><ul><li>Recomeço de nova embalagem </li></ul><ul><li>Hemorragia de privação na pausa </li></ul><ul><li>Eficácia contínua </li></ul>
  33. 34. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Mini - Pílula Progestagénio Mini - Pílula Só com Progestagénio
  34. 35. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Pílula <ul><li>Não tomar se... </li></ul><ul><li>Tabagismo </li></ul><ul><li>História de coágulos nas pernas (tromboses venosas) </li></ul><ul><li>Hipertensão grave </li></ul><ul><li>Doença do fígado </li></ul><ul><li>Diabetes grave </li></ul><ul><li>Cancro (algum) </li></ul><ul><li>Gravidez </li></ul>
  35. 36. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Pílula do dia seguinte <ul><li>Contracepção de Emergência </li></ul><ul><li>Os acidentes acontecem </li></ul><ul><li>O preservativo rompeu-se?! </li></ul><ul><li>Algumas pílulas esquecidas </li></ul><ul><li>Sexo sem protecção </li></ul>
  36. 37. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Pílula do dia seguinte Pílula do dia seguinte <ul><li>Contracepção de Emergência </li></ul><ul><li>Tomar até 72h após a relação </li></ul><ul><li>Quanto mais cedo, melhor! </li></ul>
  37. 38. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Pílula do dia seguinte Pílula do dia seguinte <ul><li>Contracepção de Emergência </li></ul><ul><li>Como actua? </li></ul><ul><li>Bloqueia a ovulação </li></ul><ul><li>Altera o muco cervical </li></ul><ul><li>Altera o endométrio </li></ul><ul><li>Não é abortiva </li></ul><ul><li>Se já existe gravidez... </li></ul><ul><li>Não interrompe (não funciona!) </li></ul><ul><li>Nem provoca malformações </li></ul>
  38. 39. Contracepção de Emergência - Duas Opções <ul><li>4 pílulas combinadas </li></ul><ul><li>Posologia </li></ul><ul><li>2 comprimidos (o mais cedo possível) </li></ul><ul><li>2 comprimidos 12h (depois dos primeiros) </li></ul><ul><li>- Sujeito a receita médica </li></ul><ul><li>2 pílulas só com progestativo </li></ul><ul><li>Posologia </li></ul><ul><li>Tome os 2 comprimidos </li></ul><ul><li>(o mais cedo possível) </li></ul><ul><li>Venda livre </li></ul>MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Pílula do dia seguinte Pílula do dia seguinte
  39. 40. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Métodos barreira Preservativo Diafragma (não comercializado em Portugal) Preservativo feminino (abandonado)
  40. 41. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Preservativo Evita a gravidez Protege das DST
  41. 42. <ul><li>Usar sempre durante a relação </li></ul><ul><li>Colocar antecipadamente </li></ul><ul><li>- Não é reutilizável </li></ul>MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Preservativo
  42. 43. <ul><li>Deve ser colocado no colo do útero antes da relação sexual </li></ul><ul><li>Deve permanecer colocado até 6-8h depois </li></ul><ul><li>Associar com espermicidas </li></ul><ul><li>- Pouco recomendável a adolescentes </li></ul>MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Diafragma
  43. 44. <ul><li>São produtos químicos que destroem os espermatozóides </li></ul><ul><li>- Para aumentar a eficácia do preservativo e do diafragma </li></ul>MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Espermicidas
  44. 45. Não recomendados a adolescentes <ul><li>Implantes </li></ul><ul><li>Injectáveis </li></ul><ul><li>D.I.U. </li></ul><ul><li>Métodos naturais </li></ul><ul><li>Esterilização </li></ul>MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
  45. 46. Implantes Não recomendados a adolescentes MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Implantes
  46. 47. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Injectáveis Não recomendados a adolescentes Injectáveis
  47. 48. <ul><li>Esterilização Feminina </li></ul><ul><li>Laqueação de trompas </li></ul>MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Esterilização Não recomendados a adolescentes
  48. 49. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Esterilização Não recomendados a adolescentes <ul><li>Esterilização Masculina </li></ul><ul><li>Vasectomia </li></ul>
  49. 50. D.I.U MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Não recomendados a adolescentes
  50. 51. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Não recomendados a adolescentes <ul><li>Métodos naturais: </li></ul><ul><li>Abstinência periódica </li></ul><ul><li>Calendário </li></ul><ul><li>Muco cervical </li></ul><ul><li>Temperatura basal </li></ul>Métodos naturais
  51. 52. MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Não recomendados a adolescentes Métodos naturais <ul><li>Métodos naturais: </li></ul><ul><li>Coito Interrompido </li></ul>
  52. 53. Nenhum 80 - 90 Método temperatura 6 - 25 Coito interrompido 8 - 17 Preservativo 2 - 15 DIU 0.5 - 4.0 Pílula 0.1 - 1 Método % Espermicida 4 - 25 MÉTODOS CONTRACEPTIVOS Eficácia Taxa de Insucesso
  53. 54. DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS D.S.T. <ul><li>- Doenças Sexualmente </li></ul><ul><li>Transmissíveis </li></ul><ul><li>O contágio dá-se </li></ul><ul><li>pelo contacto sexual </li></ul><ul><li>Infecção por clamídea, </li></ul><ul><li>gonorreia, herpes, sífilis e... </li></ul><ul><li>Vírus da imunodeficiência </li></ul><ul><li>humana (SIDA) </li></ul>

×