Processos fonológicos

31.790 visualizações

Publicada em

Processos fonológicos

Publicada em: Educação
0 comentários
20 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
31.790
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
485
Comentários
0
Gostaram
20
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Processos fonológicos

  1. 1. Processos fonológicos Professora Sílvia Faim
  2. 2. Processos fonológicos  Inserção (adição);  Supressão (queda).
  3. 3. Inserção  Prótese;  Epêntese;  Paragoge.
  4. 4. Prótese  Acrescentamento de um fonema no início da palavra:  i > aí stare > estar spiritu > espírito  
  5. 5. Epêntese  Acrescentamento de um fonema no meio da palavra:  humile > humilde credo > creo > creio 
  6. 6. Paragoge  Acrescentamento de um fonema no fim da palavra:  ante > antes flor > flore * (pop.) 
  7. 7. Supressão  Aférese;  Síncope;  Apócope.
  8. 8. Aférese  Supressão de um fonema no início da palavra:  acume > gume inamorare > namorar atonitu > tonto  
  9. 9. Síncope  Supressão de um fonema no meio da palavra:  calidu > caldo crudu > crú 
  10. 10. Apócope  Supressão de um fonema no fim da palavra:  dat > dá et > e amore > amor  
  11. 11. Exercícios:  Indica os processos fonológicos ocorridos na evolução dos seguintes vocábulos:  abaxa > abaixa faze > faz i > aí avantagem > vantagem vinrá > virá    
  12. 12. Alteração de segmentos  Metátese  Assimilação  Vocalização  Dissimilação  Sonorização  Palatalização  Nasalação  Crase  Desnasalação  Ditongação  Redução vocálica
  13. 13. Metátese  Mudança de um fonema dentro de uma sílaba ou palavra:  quattuor > quatro pro > por contrairo > contrário feria > feira   
  14. 14. Vocalização  Transformação de uma consoante em vogal:  nocte > noite octo > oito regnu > reino lacte > leite   
  15. 15. Sonorização  Uma consoante surda torna-se sonora:  lupu > lobo totu > todo amicu > amigo aqua > água        p t c q   b d g
  16. 16. Nasalação     Um som oral torna-se nasal por influência de outro fonema nasal próximo: lana > lãa > lã canes > cães Mihi > mii > mim
  17. 17. Desnasalação  Um som nasal torna-se oral: bona > bõa > boa  luna > lũa > lua 
  18. 18. Assimilação   Um fonema torna outro fonema semelhante ou igual a si próprio: vostra > vossa  assimilação progressiva do t  persona >pessoa  assimilação regressiva do r
  19. 19. Dissimilação     Dois fonemas iguais tornam-se diferentes: rotundu > rodondo > redondo alacre > alagre > alegre locale > lugar
  20. 20. Palatalização  Passagem de um grupo consonântico a palatal:  plumbu > chumbo  flama > chama     clamare > chamar pl fl cl ch
  21. 21. Palatalização  li lh  filiu > filho muliere > mulher  oculu > oclu > olho  cl lh  senior > senhor  ni nh 
  22. 22. Crase  Aglutinação de duas vogais numa só:  legere > leer > ler  dolores > doores > dores  pede > pee > pé
  23. 23. Ditongação  Contração de duas vogais num ditongo:  lege > lee > lei  animales > animaes > animais
  24. 24. Redução vocálica  Quando há um enfraquecimento de uma vogal em posição átona (não acentuada) na segunda palavra:  bolo > bolinho mar > maresia 
  25. 25. Exercícios:        Identifica os processos fonológicos que ocorreram em cada uma das palavras seguintes: pluvia > pluva > chuva persicu > pessicu > pêssego semper > sempre rotundo > rodondo > redondo manu >mão actu > auto

×