Luteranismo

2.288 visualizações

Publicada em

Luteranismo

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.288
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Luteranismo

  1. 1. Luteranismo Trabalho realizado por: Joana Simão nº 15, 10ºC
  2. 2. Martinho Lutero  Martinho Lutero, ou seja Martin Luther, nasceu em Eisleben a 10 de Novembro de 1483 e faleceu em Eisleben a 18 de Fevereiro de 1546.  Ele foi um monge católico agostiniano e professor de teologia e foi ele a figura central da Reforma Protestante.
  3. 3.  Em 1517 ele escreveu as 95 teses na porta da igreja de Wittenberg. As teses criticavam a venda de indulgências, ou seja a compra do perdão, principalmente as indulgências de John Tetzel, um padre dominicano, questionava o poder papal e algumas práticas católicas.  Em 1520, o papa Leão X exigiu a retratação de Lutero. Lutero não só se retratou como queimou em praça pública o documento papal.
  4. 4.  Ele foi excomungado e considerado herege pela igreja católica e principalmente pelo Papa.  Protegido pelo príncipe da Saxónia, ele refugiou-se no castelo de Wartburg onde traduziu a Bíblia para a língua alemã nos vários dialetos.
  5. 5. Luteranismo  Luteranismo é o nome que se dá a religião protestante criada por Martinho Lutero entre 1483 a 1546 no império saco germânico.  O luteranismo tem por base que a salvação se dá através da fé e não pela fé e boas obras, como diz o catolicismo.  Lutero defendeu a sua interpretação da bíblia fosse livre ou seja que todas as pessoas pudessem ler a bíblia não só os sacerdotes como se faz na igreja católica.
  6. 6.  Lutero criou outra igreja, chamada luterana gerando assim grande confusão entre a população alemã e também gerou uma série de revoltas populares contra a ordem estabelecida, mas apesar dessa confusão e revolta muita gente que se converteu ao protestantismo, ao ver que Lutero tinha razão quando discordava da igreja católica.  Em 1555, com a assinatura da Paz de Augsburgo, os conflitos sociais e religiosos acabaram de vez, no tratado, os príncipes alemães teriam o direito de adotar livremente qualquer tipo de orientação religiosa para si e seus súbditos.
  7. 7.  As diferenças entre a igreja católica e luterana são que:  Os luteranos não oram a santos, os católicos sim;  Os católicos acreditam no purgatório, os luteranos negam que exista;  Os padres e outras autoridades católicas aderem ao celibato, os pastores luteranos estão livres de constituir família e casar;  Os católicos acreditam que pela fé e obras são salvos, os luteranos creem que só basta a fé para terem salvação, pois as obras são consequências decorrentes da fé;  Na santa ceia os católicos acreditam na doutrina da transubstanciação, os luteranos acreditam que o pão e o vinho representam o corpo e o sangue de jesus;
  8. 8.  Princípios religiosos da Doutrina Luterana  Em 1530, Lutero divulgou os principais princípios da doutrina Luterana que são:  A salvação pela fé;  A presença da verdade somente na Bíblia;  A extinção do clero regular (ordens religiosas);  A livre interpretação da Bíblia, sem a necessidade de pregadores, padres ou outros intermediários;  A eliminação de tradições e rituais nos cultos religiosos;  O fim do celibato  A proibição do casamento de padres;  A proibição do uso de imagens nas igrejas;  O uso do alemão nos cultos religiosos (não mais o latim como única língua);  A eucaristia e batismo como únicos sacramentos válidos.
  9. 9. Reforma Protestante  A reforma protestante ocorreu inicialmente em 3 países, na Alemanha, na Suíça e na Inglaterra.  Os principais reformadores foram Martinho Lutero entre 1483 a 1546 na Alemanha, João Calvino entre 1509 a 1564 na Suíça e Henrique VIII entre 1509 a 1547 na Inglaterra.  Fatores que contribuíram para a reforma foram a venda de indulgências pela igreja católica, a venda de Relíquias sagradas, a imoralidade da vida dos papas, bispos e padres e a adoração de imagens.
  10. 10.  A reação da igreja católica face ao protestantismo foi de reunir o concílio de Trento para em conjunto encontrarem soluções para impedir a expansão do protestantismo.  As medidas que a igreja católica tomou foram:  Confirmar o celibato;  Acabar com os abusos (indulgencias, venda de relíquias sagradas);  A criação da Companhia de Jesus;  Manter os dogmas da igreja;  Os 7 sacramentos;  A hierarquia do clero;  A criação de uma bíblia católica, diferente da bíblia protestante.
  11. 11.  O impacto que a reforma protestante colocou na sociedade foi do facto de ter quebrado a unidade da igreja católica, ter posto em dúvida a autoridade papal, ter negado dogmas religiosos.  Os fatores que levaram ao sucesso da reforma protestante foram:  A criação da política nacionalista dos reis;  Colocação de problemas internos na igreja católica;  O facto de a burguesia ter espirito critico.
  12. 12. Curiosidades  O Dia da Reforma Protestante é comemorado a 31 de Outubro. A data é uma referência ao 31 de Outubro de 1517, dia em que Martinho Lutero escreveu as 95 teses na porta da Igreja de Wittemberg, na Alemanha.  Hoje em dia há muitas pessoas protestantes em quase todos os continentes,:  Na Europa são 49 milhões,  Na África são 21 milhões,  Na América são 10 milhões  Os países com o maior número de Luteranos hoje são:  A Alemanha com 23,0 milhões,  Os Estados Unidos com 8,4 milhões,  A Suécia com 7 milhões,  A Finlândia com 4,6 milhões,  A Dinamarca com 4,5 milhões,  A Etiópia com 5,6 milhões,  A Indonésia com 5,7 milhões,  A Noruega com 4 milhões,  A Tanzânia com 3,5 milhões,  Madagáscar com 3,5 milhões  O Brasil com 1 milhão.

×