O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

05 reforma protestante

  • Seja o primeiro a comentar

05 reforma protestante

  1. 1. REFORMA PROTESTANTENo início do século XVI, a mudança na mentalidade das sociedades europeias repercutiu também nocampo religioso. A Igreja, tão onipotente na Europa medieval, foi duramente criticada.
  2. 2. O QUE FOI A REFORMA?A Reforma Protestante foi um movimento que começou no século XVI com uma série de tentativas de reformar a Igreja Católica Romana, e que culminou com a divisão e o estabelecimento de várias igrejas cristãs, das quais se destacam o Luteranismo (de Martinho Lutero), as igrejas reformadas e os Anabatistas.
  3. 3. Causas da ReformaNovas interpretações da Bíblia – com a difusão da imprensaum maior número de pessoas passaram a ler a Bíblia.Corrupção do clero – a prática da simonia (venda de objetossantos: espinhos, objetos pessoais de santos...) e a venda deindulgências (carta emitida pela igreja que dava perdão aosmortos e vivos: claro que mediante um pagamento)Crítica à moral dos padres – muitos eram envolvidos emescândalos amorosos, bebiam, vendiam os sacramentos, etc...Sentimento nacionalista – com o fortalecimento dasmonarquias nacionais, os reis passaram a ver a Igreja, comoentidade estrangeira que interferia em seus países.O descontentamento do povo – tolhido por uma série deimpostos devido à Igreja, favoreceu a insatisfação espiritual e oapoio à atuação dos reis.A desmoralização do poder papal – O Cisma do Ocidente(Cativeiro de Avignon) - Transferência do papado para Avignon(França), em 1307 - conflito entre o rei Felipe IV e o papa BonifácioVIII - em 1417 Roma voltou a ser a única sede do papado.
  4. 4. Os precursores da Reforma Antes de Lutero, John Wycliff (professor da universidade de Oxford, na Inglaterra) e Jan Huss (prof. Da Universidade de Praga) propuseram mudanças radicais na organização da Igreja, diminuindo a importância do clero. Wycliff foi excomungado pela igreja e punido mesmo depois de morto: seu corpo foi desenterrado e queimado. Huss foi condenado e morto na fogueira como herege, em 1415.
  5. 5. A REFORMA NA ALEMANHA O monge alemão Martinho Lutero foi um dos primeiros a contestar fortemente os dogmas da Igreja Católica. Afixou na porta da Igreja de Wittenberg as 95 teses que criticavam vários pontos da doutrina católica. As 95 teses de Martinho Lutero condenava a venda de indulgências e propunha a fundação do luteranismo (religião luterana). De acordo com Lutero, a salvação do homem ocorria pelos pela fé, e não pelas obras.
  6. 6. Consequências... Lutero foi excomungado pelo papa Leão X em 1521. Como também não quis se retratar ao imperador Carlos V, foi expulso do Sacro Império Romano-Germânico. Refugiou-se num palácio e traduziu a Bíblia para o alemão.
  7. 7. REVOLTA DOS ANABATISTAS As ideias luteranas influenciaram a revolta camponesa (anabatistas) - procuravam confiscar as terras senhoriais e as da Igreja. Lutero opôs-se aos anabatistas, contando com o apoio dos príncipes e nobres. Muitos príncipes deram proteção a Lutero, pois tinham interesses econômicos no rompimento com a Igreja. Esse apoio foi decisivo para poupá-lo da punição, consolidar a Reforma Protestante e formar a Igreja Luterana.
  8. 8. O termo protestante... Em 1529, Carlos V convocou nova Dieta (assembleia), em Spira e decidiu que a doutrina luterana passaria a ser tolerada nas regiões convertidas, mas proibida no restante da Alemanha. Os luteranos protestaram e daí nasceu o termo protestante.
  9. 9. A Liga de Smalkade Para enfrentar o imperador, os luteranos organizaram a Liga de Smalkade, que só conseguiria vitória em 1555, com a Paz de Augsburg. Com isso cada príncipe tinha o direito de escolher a sua religião e as de seus súditos. É importante saber: se Lutero tivesse se revoltado com a Igreja Católica um século antes, seria queimado. No momento em que Lutero se revoltou os tempos eram outros: nova mentalidade, o descontentamento com a Igreja era grande e havia pessoas poderosas dispostas a mudar de religião e proteger quem o fizesse.
  10. 10. Fundamentos da Doutrina Luterana LivroSagrado: A Bíblia é a única fonte de fé. Salvação Humana: pela fé em Deus Sacramentos: Eucaristia e Batismo Rito religioso: culto simples (língua nacional) Áreas de influência: Norte da Alemanha, Dinamarca, Noruega, Suécia,
  11. 11. A Reforma Calvinista Foi Ulrich Zwinglio (1484-1531), um padre suíço radical que forneceu as bases para a Reforma Calvinista. Com suas ideias e conversões provocou uma guerra civil e acabou perdendo a vida. Na França, João Calvino começou a Reforma Luterana no ano de 1534. De acordo com Calvino cada pessoa nasce com o destino traçado (predestinação) e há alguns sinais (o trabalho justo e honesto) . Essa ideia calvinista, atraiu muitos burgueses e banqueiros para o calvinismo. Muitos trabalhadores também viram nesta nova religião uma forma de ficar em paz com sua religiosidade.
  12. 12. Fundamentos da Doutrina Calvinista Livro Sagrado: A Bíblia é a única fonte de fé. Salvação Humana: pela fé em Deus. Predestinação Sacramentos: Eucaristia e Batismo Rito religioso: culto simples (língua nacional) Áreas de influência: Suíça, Países Baixos, parte da França (huguenotes), Inglaterra (puritanos), Escócia (presbiterianos).
  13. 13. A Reforma Anglicana Na Inglaterra, o rei Henrique VIII rompeu com o papado, após este se recusar a cancelar o casamento do rei. Henrique VIII funda o anglicanismo e aumenta seu poder e suas posses, já que retirou da Igreja Católica uma grande quantidade de terras. Livro Sagrado : A Bíblia é a única fonte de fé. Salvação Humana : pela fé em Deus. Sacramentos : Eucaristia e Batismo Rito religioso : Culto conservando a forma católica (liturgia, ( hierarquia da Igreja). Uso da língua nacional (inglês). Áreas de influência : Inglaterra
  14. 14. A Contrarreforma Com o avanço das ideias protestantes, ganhou força um amplo movimento de moralização do clero e reorganização das estruturas administrativas da Igreja Católica, que ficou conhecido como Contrarreforma. Um conjunto de medidas foram adotadas: Criação da Companhia de Jesus (jesuítas)- expansão do catolicismo; criação de escolas religiosas - Concílio de Trento (1545-1563).
  15. 15. No Concílio de Trento ficou definido : A salvação humana – depende da fé e das boas obras. A fonte da fé – a Bíblia (melhor interpretada pela Igreja) e a tradição religiosa. A missa e a presença de Cristo – a Igreja reafirmou que no ato da eucaristia ocorria a presença real de Jesus no pão e no vinho. Determinou ainda: - Retomada do Tribunal do Santo Ofício - Inquisição : punir e condenar os acusados de heresias - Criação do Index Librorium Proibitorium (Índice de Livros Proibidos) : evitar a propagação de ideias contrárias à Igreja Católica.

×