Estrutura madeira laminada colada

1.391 visualizações

Publicada em

MADEIRA LAMINADA COLADA

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.391
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estrutura madeira laminada colada

  1. 1. D i s c e n t e s : K e l l y S i g n o r, M a n u e l a S c h u c h o w s ky, M a r c e l o Tr i n d a d e e S t e p h a n y L a w D o c e n t e : P r o f . ª K a t h l e e n D a l l B e l l o D i s c i p l i n a : E n g e n h a r i a Ar q u i t e t u r a e U r b a n i s m o – 7 º p e r í o d o N o t u r n o A ESTRUTURAS EM MADEIRA LAMINADA COLADA CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS Missão: Formar profissionais capacitados, socialmente responsáveis e aptos a promoverem as transformações futuras.
  2. 2. Estruturas em Madeira Laminada Colada
  3. 3. Madeira Laminada Colada  A fabricação da madeira laminada colada reúne duas técnicas bastante antigas: colagem + laminação  Tratam-se de peças de madeira reconstituídas a partir de lâminas (tábuas), unidas por colagem.  1906: aparecimento da cola de caseína (derivada do leite) Otto Hetzer.  1940: aparecimento das colas sintéticas.
  4. 4.  Utilizada madeira de reflorestamento (Pinus), de fácil trabalhabilidade.  Encontrado em abundância em países do hemisfério norte. Madeira Laminada Colada
  5. 5. Fabricação
  6. 6. Fabricação
  7. 7. Fabricação
  8. 8. Fabricação
  9. 9. Fabricação
  10. 10. Fabricação
  11. 11. Fabricação
  12. 12. Fabricação
  13. 13. Centre Pompidou Metz – Arquiteto Shigeru Ban Localização: França Área: 11330.0 m2 Ano Do Projeto: 2010
  14. 14. Centre Pompidou Metz – Arquiteto Shigeru Ban
  15. 15. Centre Pompidou Metz – Arquiteto Shigeru Ban
  16. 16. Centre Pompidou Metz – Arquiteto Shigeru Ban
  17. 17. Detalhes Construtivos
  18. 18. Detalhes Construtivos
  19. 19. Detalhes Construtivos
  20. 20. Detalhes Construtivos
  21. 21. Detalhes Construtivos
  22. 22. Centre Pompidou Metz – Arquiteto Shigeru Ban
  23. 23. Centre Pompidou Metz – Arquiteto Shigeru Ban
  24. 24. Centre Pompidou Metz – Arquiteto Shigeru Ban
  25. 25. Vantagens x Desvantagens  Alta capacidade de carga e baixo peso próprio.   Grande flexibilidade em curvaturas, arqueadas e dobradas em sua forma, versatilidade de formas livres.   Uma estrutura de MLC é mais segura que de aço desprotegido em caso de incêndio. Altamente resistente ao fogo, tendo seu comportamento perfeitamente previsível durante o incêndio.  Boa resistência a materiais químicos e agressivos.
  26. 26.  Comparando com outras estruturas, exige um número bem menor de ligações.   Maior facilidade de montagem, desmontagem e possibilidade de ampliação. Além disso, menor peso significa economia nas fundações.   A matéria prima vem de florestas manejadas e funciona sob o princípio da sustentabilidade para as gerações.   Uma viga de madeira e uma de aço, com a mesma massa, observa-se a mesma capacidade de resistência. Da mesma maneira, se for feita a comparação entre uma viga de madeira e uma de concreto, com o mesmo volume, observa-se que as duas possuem o mesmo poder de resistência, sendo que neste caso a de madeira fica aproximadamente cinco vezes mais leve que a de concreto. Vantagens x Desvantagens
  27. 27.  • A madeira laminada colada é produzida em umidade de 12%, o que corresponde a uma umidade de equilíbrio de 20ºC e 65% de umidade relativa. O comportamento de contração e inchamento se reduz ao mínimo, apresentando grande estabilidade dimensional e uma variação insignificante diante o teor de umidade.   • Facilita o manuseio e ligações químicas ou mecânicas com outros materiais de construção.   • Apresenta uma baixa condutibilidade e dilatação térmica, garantindo qualidade e segurança.   • Atenua a variação das propriedades mecânicas da madeira. Vantagens x Desvantagens
  28. 28.  A madeira utiliza menos energia na sua fabricação agredindo menos o meio ambiente.   Permite vencer grandes vãos livres e apresenta uma qualidade estética indiscutível.   Pré-fabricada, permite uma melhor racionalização da construção, diminuindo o tempo de montagem e de entrega da obra.   • Possibilita realizar seções de peças, não limitadas pelas dimensões de geometria do tronco das árvores e a obtenção de peças com raio de curvatura reduzido, variável e até mesmo em planos diferentes. Vantagens x Desvantagens
  29. 29. Curiosidades
  30. 30. Referencias http://estruturasdemadeira.blogspot.com.br/ http://www.archdaily.com.br/br/617797/centre-pompidou-metz-shigeru-ban-architects http://assenotec.blogspot.com.br/2012/10/estruturas-em-madeira-centre-pompidou.html
  31. 31. OBRIGADO!

×