Alternativas
Sustentáveis
http://www.guilhermemachado.com/a
coes-sustentaveis-podem-valorizar-o-setor-da-construcao-civil/...
Introdução
Inovação na Construção
Nas ultimas décadas anos, o Brasil vem passando por varias
transformações, tendo um gran...
Sumário
Piso Reciclado................................................................04
Ecotelhas...........................
A Locaville, uma empresa de pisos industriais, preocupada com a
sustentabilidade, criou um tipo de piso feito a partir de ...
Sendo assim, ouvi-se falar muito das telhas ecológicas ou ecotelhas.
As ecotelhas são feitas de fibras vetais e de papeis ...
O projeto Reciclaudio é um projeto que tem o intuito de dar nova
utilidade à resíduos de construção civil, seja utilizando...
Como sabemos, na construção de casas, prédios, etc., é preciso
tubulações que levem a água usada até o esgoto da rua.
Os c...
O concreto sustentável, idealizado pelo Instituto de Arquitetura Urbana
(USP), é feito de materiais alternativos reaprovei...
Fachada de hospital que purifica o ar
O Hospital Manuel Gea Gonzalez fica na Cidade do México, e possui
uma fachada intere...
São chamados de edifício verde prédios que seguem determinados
parâmetros e que tem preocupações especiais para não agredi...
O concreto biológico tem como objetivo criar fachadas verdes ecologicamente
sustentáveis, com fachadas chamativas e bonita...
A Ekó House é um projeto elaborado pela Universidade Federal de
Santa Catarina (UFSC) em parceria com a Universidade de Sã...
Nunca pensamos em fazer uma casa de bambu. Quando pensamos,
sempre vem aquela ideia das antigas casas de pau à pique. Mas ...
O projeto da calçada tem como objetivo reduzir a queda das
pessoas nas ruas, pois como as raízes das árvores não recebem a...
O projeto consiste em reutilizar os tubos de pasta de dente para a
construção de telhas onduladas, utilizadas na construçã...
Asfalto de borracha
A vida útil de pneus cedo ou tarde acaba,com isso os pneus não podem
ser depositados em aterros e tamb...
Casa zero carbono:
Com uma adaptação de uma técnica medieval que utiliza tijolos finos para criar construções
leves e durá...
http://www.atitudessustentaveis.com.br/conscientizacao/empreiteira-sustentavel-saida-
contrucao-civil/
http://www.ambiente...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Alternativas

453 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
453
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
85
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alternativas

  1. 1. Alternativas Sustentáveis http://www.guilhermemachado.com/a coes-sustentaveis-podem-valorizar-o-setor-da-construcao-civil/ Inovação na Construção Gabriela Lima - Doors 14 Gustavo Ribeiro - Doors 17 Jorge Luiz de Alcântara - Floyd 20 Pablo Abreu – Floyd 32 Carlos Portela-Stones 04 Caroline Sanae – Stones 05 Melque Natã – Stones 27 Pâmella Santana – Stones 29 Victótia Tuane – Stones 37 Gabriel Kenji – Zeppelin 14 Leonardo de Lima – Zeppelin 23 Matheus Teixeira – Zeppelin 30 Rebeca Cristina – Zeppelin 33 Tiago Souza – Zeppelin 36 1
  2. 2. Introdução Inovação na Construção Nas ultimas décadas anos, o Brasil vem passando por varias transformações, tendo um grande aumento na população urbana e cada vez mais suas cidades se industrializam. A construção civil foi uma das áreas que teve grande beneficio com essas transformações, porem vem degradando nossos recursos naturais e gerando grande quantidade de resíduos e entulhos que sendo descartados inadequadamente trazem grandes prejuízos, mesmo não sendo a que mais gera lixo acaba possuindo grande impacto ambiental. De acordo com destinação ecologicamente correta dos resíduos, eles deveriam ser destinados a reutilização, a reciclagem, a compostagem, a recuperação ou outras destinações aceitas pelo Sisnama, SNV e Suasa. Visando evitar danos a saúde, a segurança e com menor impacto ao meio ambiente. Felizmente isso vem mudando de acordo com o passar dos últimos anos, a ideia de uma empreiteira sustentável vem sendo cada vez mais aceita na área da construção civil, onde hoje em nosso pais ainda recebe certo preconceito, pois o senso comum visa que uma empreiteira necessita de grande impacto ambiental com seus resíduos e entulhos. Uma visão que até pouco tempo era considerada normal pelos empresários. Todavia, essa visão vem sendo modernizada vagarosamente, onde empresários veem a possibilidade de obter uma empreiteira de forma sustentável e ainda garantir certo lucro. Alguns dados clarearam a mente dessas pessoas, sendo eles: 40% das emissões de CO2 no mundo vem de edifícios, 44% da energia gasta no Brasil são devido as construções, ou seja, a construção civil deve não só inovar nos seus descartamentos , mas também na sua estrutura. Com estas informações, o projeto Inovação na Construção visa mudar todo o aspecto negativo na construção civil querendo geram o menor impacto possível ao meio ambiente, priorizando para que a saúde melhore. Contudo, não vê somente na área de prédios mas também em residências e até na propria rua. Para que uma vida melhor e seja ecologicamente correta para todos igualmente. 2
  3. 3. Sumário Piso Reciclado................................................................04 Ecotelhas........................................................................05 Reciclaudio.....................................................................06 Tubulação verde.............................................................07 Concreto Sustentável......................................................08 Fachada de hospital que purifica o ar.............................09 Edifícios Verdes..............................................................10 Concreto Ecologicamente Correto..................................11 Casa Ecológica...............................................................12 Casa de Bambu..............................................................13 Calçada de Borracha......................................................14 Telhas feitas com tubos de pasta de dente....................15 Asfalto de Borracha........................................................16 Casa Zero carbono.........................................................17 Bibliografia......................................................................18 Piso reciclado 3
  4. 4. A Locaville, uma empresa de pisos industriais, preocupada com a sustentabilidade, criou um tipo de piso feito a partir de fibras recicladas de aço. Chamada de EcoFibra, é misturada ao concreto. A indústria de aço emite cerca de 1,46 toneladas de CO para cada tonelada de aço que é produzido. Assim, com esse novo projeto, não terá que ser produzido tanto desse material. Por: Gabriela Lima Rocha Ecotelhas A área da engenharia civil tem investido muito na construção sustentável. 4
  5. 5. Sendo assim, ouvi-se falar muito das telhas ecológicas ou ecotelhas. As ecotelhas são feitas de fibras vetais e de papeis reciclados, e não tem amianto em sua composição, uma substância que é prejudicial á saúde humana. Segundo os seus desenvolvedores, a telha ecológica contém muito betume, assim, após receber sua cor, fica protegida e se torna muito mais resistente aos raios UV. As vantagens desta telha sobre as telhas convencionais é que, apesar de seu custo um pouco mais auto, ela tem durabilidade muito maior, deixa passar muito menos calor e barulho. Por: Gustavo Ribeiro Reciclaudio 5
  6. 6. O projeto Reciclaudio é um projeto que tem o intuito de dar nova utilidade à resíduos de construção civil, seja utilizando-os em outras obras, seja como produtos novos. O projeto funciona da seguinte forma: primeiramente os resíduos são recolhidos e reciclados, e após isso ser feito estes vendidos como matéria- prima em novas obras ou vendidos como produtos variados. Esse projeto traz economia, pelo fato de se fazer a reutilização de objetos antes só descartados. Sem contar que o Reciclaudio também traz a preservação do meio ambiente, pois ao invés dos resíduos serem aterrados, o que causa problemas ambientais, são utilizados novamente, fazendo, assim, também, com que seja extraído menos recursos da natureza. Por: Jorge Luiz Tubulação verde 6
  7. 7. Como sabemos, na construção de casas, prédios, etc., é preciso tubulações que levem a água usada até o esgoto da rua. Os canos de PVC, que são os principais componentes para esse tipo de tubulações, não são totalmente sustentáveis, já que subprodutos são criados e liberados no ambiente: 1. Na incineração de produtos de PVC (vinil) no fluxo dos lixos; 2. Na reciclagem de produtos metálicos que contenham vinil, na combustão; 3. Na queima acidental de PVC em incêndios de prédios residenciais, depósitos e em lixões. Subprodutos da produção de PVC são altamente persistentes, bioacumulativos e tóxicos. Com base nisso, A Braskem, uma empresa brasileira de fios e cabos, desenvolveu um plástico feito através de etanol extraído da cana-de-açúcar. O material é 100% renovável, diferente dos atuais. O projeto lançado em 2007 inaugurou sua planta pela primeira vez em 2010 no Rio Grande do Sul e hoje já é líder na produção desse material. Em 2012, a Braskem começou a instalar ainda uma segunda planta do plástico verde, no Nordeste brasileiro, em Alagoas. por: Pablo Abreu Concreto sustentável 7
  8. 8. O concreto sustentável, idealizado pelo Instituto de Arquitetura Urbana (USP), é feito de materiais alternativos reaproveitados, que economiza quase 100% de recursos naturais utilizados em concretos comuns. A ideia principal deste projeto é preservar os recursos naturais e evitar a enorme contaminação dos aterros industriais. Este substitui 70% da areia natural por areia de fundição, resíduo que sobra da produção de aço, além de reduzir, em grande quantidade, o uso da água. O concreto sustentável, como visto, evita o grande descarte de resíduos, como colabora com que a areia não seja retirada do ambiente, que na maior parte das vezes são retiradas dos leitos dos rios, acarretando assoreação e mais uma série de danos. Este material também tem um custo menor comparado ao concreto convencional, devido a facilidade de se encontrar matéria prima. Embora seja tão resistente quanto o convencional, está sendo utilizado apenas para pavimentação, calçadas, contrapisos, e áreas que não sofrem tanto esforço, isso até que seja terminado o estudo sobre ele. Por: Caroline Sanae 8
  9. 9. Fachada de hospital que purifica o ar O Hospital Manuel Gea Gonzalez fica na Cidade do México, e possui uma fachada interessante, sustentável e econômica, projetada por arquitetos do escritório Elegant Estabellishments. O projeto é baseado no formato das colméias das abelhas, possuí placas revestidas de dióxido de titânio que ao reagirem com a luz solar amenizam a poluição contida no ar. Além de melhorar a qualidade do ar, melhorando assim a saúde da população, a fachada ainda regula a temperatura interna do hospital, pois controla os raios solares que chegam ao interior do edifício, portanto reduz os gastos energéticos do hospital com ar condicionado. Assim sendo, acredita-se que se outros projetos como esse forem implantados ao redor do mundo será possível reduzir a quantidade de gases- estufa(*) presentes no ar. (*) – Gás carbônico, monóxido de carbono e metano são alguns exemplos de gases-estufa, usa-se este termo, pois estes gases que provocam o aumento do efeito estufa. por: Melque Natã Edifícios verdes 9
  10. 10. São chamados de edifício verde prédios que seguem determinados parâmetros e que tem preocupações especiais para não agredir tanto o meio ambiente em que estão e com o pensamento de utilizar corretamente os recursos naturais necessários. Tendo como objetivo alta qualidade e eficácia com agressão mínima ao meio ambiente. Uma ideia que foi dada por ecologistas acabou interessando empresários que podiam colocar em pratica os edifícios verdes e obter lucro. A economia que era gerada pela redução de gastos como energia elétrica podia tornar novos investimentos ate mesmo novos edifícios com o mesmo propósito. Novas tecnologias foram criadas para que houvesse um bom resultado dos edifícios. Como, por exemplo, a asa de vento. O prédio possui uma “asa” externa vertical, com turbinas eólicas de eixo também vertical, que deverão produzir cerca de 7% de energia que devera ser utilizada para a utilização de elevadores e ar-condicionado. Essa e outras técnicas podem ser até aderidas por outros prédios e empresas. Porém, é importante lembrar que para ser considerado um prédio verde deve seguir alguns preceitos e determinações rígidas quanto a construção do prédio, boa qualidade no ar interno, coleta seletiva de lixoe gerenciamento de resíduos, uso adequado de energia e água, usar materiais ecologicamente corretos, tratamento correto de seus resíduos, entre outras adaptações que não agridam o meio ambiente. Os edificios verdes deixaram de ser apenas um sonha e estão se tornam cada vez mais uma realidade, que visa lucro para os dois lados tanto ambiental quanto na economia. por: Pâmella Santana Concreto Ecologicamente Correto 10
  11. 11. O concreto biológico tem como objetivo criar fachadas verdes ecologicamente sustentáveis, com fachadas chamativas e bonitas, além de um ambiente aconchegante termicamente, evitando gasto que prejudicam o meio ambiente com ar condicionado e aquecedor, colaborando inevitavelmente com a natureza. O concreto tem três camadas essenciais: impermeabilização, camada biológica e impermeabilização inversa. impermeabilização: ela não deixa que a umidade(feita pela chuva principalmente) passe exageradamente de fora para dentro dos edifícios. camada biológica: capita a água que os líquens e musgos precisam para sobreviver, criando um ciclo biológico de vida para eles, pois os últimos são essenciais para o crescimento das fachadas verdes. impermeabilização inversa: ela regula a água que os líquens e musgos precisam para sobreviver, agindo de acordo com a camada biológica, não deixando que a agua capitada pela chuva seja muita ou seja pouca, que seja suficiente para o crescimento deles. Por: Victória Tuane Casa Ecológica 11
  12. 12. A Ekó House é um projeto elaborado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em parceria com a Universidade de São Paulo (USP). A casa sustentável tem como inspiração a tradição dos índios Tupi-Guarani, que consiste numa casa de 50m², tendo 6 cômodos, uma cozinha, um banheiro, espaço para refeições, sala de jantar, dormitório e área de serviço externa. Ela é feita a partir de madeira maciça e chapas de partículas orientadas (OSB), também há a opção de expandir a estrutura. A Ekó House possui sua própria geração de energia e descarte de resíduos, além de uma varanda dimensionada para controlar trocas de calor e separação de aguas para serem tratadas e reutilizadas. O ponto forte da Ekó House é que ela é totalmente renovável e seu custo de montagem, por cálculos e pesquisas, não ultrapassara o valor de uma casa simples. Por: Gabriel Kenji Casa de Bambu 12
  13. 13. Nunca pensamos em fazer uma casa de bambu. Quando pensamos, sempre vem aquela ideia das antigas casas de pau à pique. Mas agora é diferente. O bambu vem sendo utilizado para construções cada vez mais sofisticadas. Se tratado adequadamente o bambu pode durar tanto quanto qualquer outra madeira e também é muito resistente, podendo substituir o aço em algumas ocasiões. Sendo assim, pode ser utilizado como pilares, vigas, ripas, telhas, drenos, pisos, decks e tudo o que consiga imaginar. O bambu ainda tem outra vantagem, além de ser bonito e muito útil, ele é uma planta que acumula carbono e não agride o meio ambiente, ou seja, seu manejo é sustentável. Por: Leonardo de Lima e Souza Calçada de Borracha 13
  14. 14. O projeto da calçada tem como objetivo reduzir a queda das pessoas nas ruas, pois como as raízes das árvores não recebem ar nem água elas crescem para cima rachando as calçadas e consequentemente deixando diferenças de nível. Além disso, as placas de borracha são feitas de pneus usados, reduzindo em 86% o número desses nos lixões (uma parte desses pneus são utilizados também para a construção de asfaltos). O projeto está sendo utilizado primeiramente em Washington (EUA), testando se realmente haverá uma maior resistência das calçadas, já que Washington é considerada a “cidade das árvores”. Por: Matheus Teixeira Telhas feitas com tubos de pasta de dente 14
  15. 15. O projeto consiste em reutilizar os tubos de pasta de dente para a construção de telhas onduladas, utilizadas na construção civil e na arquitetura. Os tubos passam por uma trituradora depois prensados e cortados no formato. As telhas são ecológicas, leves, praticamente indestrutíveis, fáceis de manusear, resistente a umidade, além de ajudar a diminuir a quantidade de lixo. Por:Rebeca Cristina Asfalto de Borracha 15
  16. 16. Asfalto de borracha A vida útil de pneus cedo ou tarde acaba,com isso os pneus não podem ser depositados em aterros e também não são reaproveitáveis,sendo assim ele vira mais um impencilio para a natureza e um suporte a degradação ambiental,pela dificuldade do ambiente em decompor o pneu que parece que não tem mais utilidade ao homem. Porém no processo de fabricação para pavimentação a borracha do pneu pode ser reutilizada,ela e separada do ferro por um imã(o ferro é encaminhado para uma siderúrgica ) e a borracha é adicionada ao piche e é preparado o asfalto,dando utilidade aquilo descartado pelo homem. Esse asfalto tem um preço 30 por cento maior,entretanto as Vantagens são relevantes,o risco de derrapagem é menor,os ruídos são menores,além de uma duração maior da qualidade do asfalto(no sistema Anchieta- Imigrantes,SP,88Km são cobertos por esse asfalto). Por: Tiago Souza 16
  17. 17. Casa zero carbono: Com uma adaptação de uma técnica medieval que utiliza tijolos finos para criar construções leves e duráveis, arquitetos britânicos desenvolveram um projeto de casa que está sendo considerado o modelo mais eficiente na contenção de emissões de gases que causam o aquecimento global. A palavra "medieval" pode passar uma ideia de casa rústica e pouco confortável, mas há tecnologias envolvidas no projeto que tornam o produto final extremamente eficiente e agradável, com sistema de resfriamento e aquecimento, painéis fotovoltaicos e até mesmo um gerador movido a biomassa para compensar a ausência do sol. A estrutura também fornece uma grande quantidade de massa térmica, permitindo a casa a reter calor, absorver flutuações de temperatura e reduzir a necessidade de sistemas de aquecimento ou resfriamento. Qualquer aquecimento adicional é provido pela combinação de sistemas fotovoltaico e térmico de aquecimento, que capta energia solar. Além disso, um aquecedor de 11kW de biomassa foi instalado na casa para fornecer energia quando o sol tiver aparecido por alguns dias. O isolamento térmico é feito com papel de jornal reciclado. "A construção mostra como o design contemporâneo pode promover materiais locais e integrar novas tecnologias para produzir um prédio altamente auto-sustentável", afirmou o arquiteto responsável pelo projeto, Richard Hawkes, que será o primeiro ocupante da casa. A casa zero carbono, além de ser confortável, quase n agride o mei ambiente é uma ótima solução para o século XXI. Por: Carlos Eduardo Portela Bibliografia: 17
  18. 18. http://www.atitudessustentaveis.com.br/conscientizacao/empreiteira-sustentavel-saida- contrucao-civil/ http://www.ambiente.sp.gov.br/wp/cpla/files/2012/08/residuos_construcao_civil_sp.pdf http://www.mudancasclimaticas.andi.org.br/node/1042?page=0,1 http://blog.newtonpaiva.br/pos/e6-eng19-reciclagem-de-residuos-da-construcao-civil- estacao-slu-estorilbelo-horizontemg/ http://www.acess.net.br/noticias/61-casa-sustentavel-brasileira-vai-para-espanha http://www.ecodesenvolvimento.org/posts/2011/maio/ecod-lista-4-alternativas- sustentaveis-para-a http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=concreto- biologico-fachadas-verdes http://ciclovivo.com.br/noticia/hospital-na-cidade-do-mexico-tem-fachada-que-purifica- ar-poluido http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-paulo-mais-limpa/noticia/2012/05/borracha-de- pneus-velhos-vira-asfalto-mais-duradouro-em-rodovias-de-sp.html http://greenpedia.greenvana.com/projeto/reciclaudio-reciclagem%20de%20res %C3%ADduos%20de%20constru%C3%A7%C3%A3o%20civil http://grep.globo.com/Globoreporter/0,19125,VGC0-2703-14971-2-240587,00.html http://www.atitudessustentaveis.com.br/residencia-sustentavel/edificios-verdes/ http://www.ecodesenvolvimento.org/posts/2011/maio/ecod-lista-4-alternativas- sustentaveis-para-a http://www.lugarcerto.com.br/app/402,61/2013/03/08/interna_ultimas,46563/concreto- sustentavel-economiza-quase-100-de-recursos-da-natureza.shtml http://www.lulandim.com.br/page/bambu-alternativa-sustentavel-para-a-construcao- civil/ http://www.revistalinhaecologica.com.br/site/?p=651 http://www.ruadireita.com/materiais-construcao/info/telhas-ecologicas-e-o-caminho-da- sustentabilidade/#axzz2Stz14InI 18

×