Jogos e Experimentos

313 visualizações

Publicada em

Apresentação para a Disciplina "Microeconomia III" (Professor Gustavo Ribeiro). Curso de Graduação em Economia. Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas da Universidade Federal do Espírito Santo (CCJE-UFES), Vitória, 13 de Novembro de 2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
313
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jogos e Experimentos

  1. 1. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Jogos e Experimentos Matheus Albergaria de Magalh˜es a Centro de Ciˆncias Jur´ e ıdicas e Econˆmicas o Universidade Federal do Esp´ ırito Santo (CCJE-UFES) 13 de Novembro de 2013 Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  2. 2. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Organiza¸˜o ca Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e
  3. 3. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Objetivos Apresentar breve introdu¸˜o ` ´rea de Economia ca a a Experimental. Contextualizar importˆncia de experimentos controlados no a ensino de Teoria dos Jogos. Compartilhar experiˆncias did´ticas bem-sucedidas em outros e a contextos. Destacar potencial diferenciado do ambiente universit´rio para a realiza¸˜o de experimentos. ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  4. 4. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Motiva¸˜o ca Desafio: motivar alunos em sala de aula. Dificuldades: 1. Gera¸˜es Y e Z (dinˆmicos e multi-tarefas). co a 2. Excesso de est´ ımulos sensoriais (e.g., Facebook, Twitter, Instagram, WhatsApp, etc.). 3. Conte´dos program´ticos com assuntos ´ridos e de pouca u a a liga¸˜o com o mundo real. ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  5. 5. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Motiva¸˜o ca Est´ ımulos Sensoriais da Atualidade (Ano de 2013) Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  6. 6. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Novas Possibilidades: 1. Utilizar est´ ımulos sensoriais a favor do ensino. 2. Mudar a forma como ensinamos alunos de gradua¸˜o em ca cursos de Ciˆncias Sociais Aplicadas. e 3. Transformar sala de aula em ambiente dinˆmico, participativo a e desafiador. 4. Preparar futuras gera¸˜es para situa¸˜es reais e complexas da co co vida cotidiana. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  7. 7. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Minha Meta: demonstrar que experimentos podem representar importante recurso did´tico nos dias de hoje. a Vantagens: 1. H´ mais facilidade para aprendermos novos conceitos quando a vivenciamos determinadas experiˆncias. e 2. Utiliza¸˜o de experimentos em sala de aula pode ser um ca diferencial da universidade no futuro. 3. Por incr´ que pare¸a, aprender Economia e Teoria dos Jogos ıvel c pode ser divertido! Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  8. 8. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Prˆmio Nobel de Economia de 1994 e John Harsanyi Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos John Nash Reinhard Selten
  9. 9. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Motiva¸˜o ca Prˆmio Nobel de Economia de 2002 e Daniel Kahneman Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Vernon Smith Referˆncias e
  10. 10. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Evidˆncias e ´ Areas de Teoria dos Jogos e Economia Experimental vˆm e ganhando crescente destaque nas ultimas d´cadas. ´ e Teoria dos Jogos constitui hoje disciplina obrigat´ria na o maioria dos cursos de gradua¸˜o e p´s-gradua¸˜o em ca o ca Economia. Por sua vez, Experimentos vˆm surgindo como importante e recurso did´tico e de pesquisa para diversos economistas da a atualidade (Holt e McDaniel 1998). Quest˜o: por que n˜o unir estas duas abordagens? a a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  11. 11. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Evidˆncias e Economistas vˆm utilizando experimentos h´ pelo menos 60 e a anos (Edward Chamberlin em Harvard, d´cada de 1940). e H´ evidˆncias apontando para vantagens na utiliza¸˜o de a e ca experimentos como recursos did´ticos (Duffy 2008, 2011). a Aprendizado de novos conceitos econˆmicos tende a ser o significativamente superior em cursos introdut´rios. o Estudantes tˆm melhor desempenho em provas envolvendo e quest˜es relacionadas a experimentos realizados em sala de o aula (ˆnfase em habilidades cinest´sicas). e e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  12. 12. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Hoje, metodologia experimental pode ser vista como complementar a an´lises estat´ a ısticas, econom´tricas, e hist´ricas, etc. (List 2012). o Em algumas ´reas da economia (e.g., Teoria dos Jogos; a Economia do Setor P´blico), m´todo experimental vem sendo u e amplamente utilizado. Em outras (e.g., Macroeconomia, Finan¸as), aceita¸˜o ainda c ca n˜o ´ completa. a e Detalhe: mesmo economistas que n˜o se dizem a ”experimentais” vˆem utilidade em experimentos na sala de e aula. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  13. 13. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Quest˜o: ` medida em que abordagem experimental fica cada a a vez mais comum em Economia, por que n˜o utiliz´-la em sala a a de aula? De fato, o experimento a partir do qual iniciamos a aula de hoje testa um comportamento espec´ ıfico. Experimento voltado para comportamentos oportunistas. H´ situa¸˜es onde indiv´ a co ıduos querem usufruir dos benef´ ıcios conjuntos de um bem sem ter de arcar com custos individuais associados (”problema do carona”). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  14. 14. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Insight: podemos testar a ocorrˆncia deste tipo de e comportamento em um ambiente controlado (Andreoni 1988). No caso, vamos simular uma situa¸˜o onde indiv´ ca ıduos tenham a oportunidade de contribuir voluntariamente para a provis˜o a de um bem p´blico. u Como fazer isto? Acabamos de fazˆ-lo a partir de nosso experimento inicial. e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  15. 15. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Evidˆncias e ´ Indice Free Rider (IFR) (Leuthold 1993): IFR = (Investimento no Ativo A)/R$100 Detalhe: IFR varia entre 0 e 1. Quanto mais pr´ximo de 1, maior a ocorrˆncia de o e comportamentos do tipo free rider (”carona”). Vamos analisar resultados do mesmo experimento, embora aplicado a uma turma de gradua¸˜o em Economia. ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  16. 16. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Estat´ ısticas Descritivas (Vari´veis) a Estat´ ıstica M´dia e Mediana Moda M´ximo a M´ ınimo Idade 20,00 20,00 20,00 21,00 19,00 Sexo 0,60 1,00 1,00 1,00 0,00 Educa¸˜o ca 0,70 1,00 1,00 1,00 0,00 Pol´ ıtica 1,38 1,50 2,00 2,00 0,00 Notas: foram utilizadas vari´veis categ´ricas para as seguintes caracter´ a o ısticas: Sexo (F = 0; M = 1); Educa¸˜o (Escola P´blica = 0; Escola Privada = 1); ca u Pol´ ıtica (Esquerda = 0; Centro = 1; Direita = 2). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  17. 17. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Evidˆncias e Estat´ ısticas Descritivas (Resultados) Estat´ ıstica M´dia e Mediana Moda M´ximo a M´ ınimo Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Ativo A 56,50 60,00 100,00 100,00 0,00 Ativo B 43,50 40,00 0,00 100,00 0,00 Referˆncias e
  18. 18. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Resultados do Experimento (25 de Fevereiro de 2013): 1. IFR M´dio: 0,57. e 2. IFR Mediano: 0,60. 3. Moda (IFR): 1,00. Conclus˜o: maior parte da turma exibiu comportamento free a rider. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  19. 19. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Evidˆncias e Resultados: Sexo Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e
  20. 20. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Evidˆncias e Resultados: Educa¸˜o ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e
  21. 21. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Evidˆncias e Resultados: Orienta¸˜o Pol´ ca ıtica Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e
  22. 22. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Evidˆncias e Primeiro Semestre de 2013: realiza¸˜o de diversos ca experimentos em sala de aula, em Vit´ria (ES). o Institui¸˜o: FUCAPE Business School. ca Disciplinas: 1. Economia do Setor P´blico (Gradua¸˜o em Economia). u ca 2. Economia Empresarial (Microeconomia - MBA). 3. Cen´rios Econˆmicos (Macroeconomia - MBA). a o 4. M´todos Quantitativos Aplicados (Estat´ e ıstica - MBA). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  23. 23. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Evidˆncias e Caracter´ ısticas dos Experimentos: Tempo M´dio: 15 a 20 minutos. e Experimentos simples e baratos. Ativa participa¸˜o dos alunos. ca Conceitos cobrados em avalia¸˜es. co Possibilidade de conhecimento das caracter´ ısticas da turma. Constru¸˜o de base de dados para pesquisa acadˆmica em ca e andamento. Ainda no meio do semestre, alunos estavam pedindo a realiza¸˜o de experimentos! ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  24. 24. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Evidˆncias e Um Experimento em Andamento FUCAPE Business School - 07 de Novembro de 2013 Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  25. 25. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Experimentos Experimento 01 Leiam as instru¸˜es do question´rio distribu´ em sala de co a ıdo aula. Em seguida, lerei as instru¸˜es em voz alta. Aproveitem este co momento para tirar d´vidas. u Preencham as informa¸˜es pedidas no question´rio. co a Meta: entendermos como ocorre o processo de coopera¸˜o ca social em uma economia com muitos agentes. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  26. 26. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Experimentos Experimento 02 A turma ser´ dividida em grupos. a Cada grupo receber´ duas cartas (uma com custo de a produ¸˜o; outra com pre¸o de reserva). ca c Representantes de distintos grupos passar˜o por rounds de 2 a (dois) minutos onde poder˜o negociar entre si. a Meta: compreendermos o funcionamento dos mercados, com ˆnfase em oferta e demanda. e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  27. 27. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Experimentos Experimento 03 Novamente, a turma ser´ dividida (dois grupos)... a ...mas agora, ser´ presenteada com uma caixa de bombons... a ...a ser dividida pelos alunos presentes. Meta: conhecermos a chamada ”Trag´dia dos Comuns” e (Hardin 1968). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  28. 28. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Experimentos Detalhe: experimentos did´ticos foram parte complementar a do curso. Outros recursos adicionais utilizados foram os seguintes: Aulas expositivas (com slides de Power Point). Listas de exerc´ ıcios. V´ ıdeos do Youtube. Recomenda¸˜es de leitura (Peri´dicos Acadˆmicos). co o e Aplicativos da Internet (Google, Google Trends, etc.). Ressalva: experimentos n˜o devem ser vistos como a substitutos aos conte´dos ministrados em sala de aula. u Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  29. 29. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Conclus˜es o Experimentos realizados hoje dizem muito sobre comportamento humano. Estas experiˆncias tamb´m nos permitiram aprender conceitos e e econˆmicos espec´ o ıficos em um intervalo de tempo limitado. Adicionalmente, notamos que uma aula nestes moldes tende a ser dinˆmica, inclusiva e com conceitos marcantes. a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  30. 30. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Conclus˜es o Possibilidades Futuras: 1. Realizar experimentos relacionados a outros conceitos econˆmicos (e.g., oligop´lios, leil˜es, vota¸˜o, etc.). o o o ca 2. Fazer experimentos de campo (field experiments), aproveitando vantagens estrat´gicas da universidade (e.g., e biblioteca, cantina, centros de vivˆncia, etc.). e 3. Convocar profissionais de distintas ´reas (e.g., ex-alunos, a representantes de classe, CEOs de empresas, etc.) para participar de experimentos (Fr´chette 2010). e 4. Complementar pesquisas de opini˜o com experimentos de a laborat´rio e campo para mensurar inten¸˜es de voto e o co propostas de candidatos a cargos pol´ ıticos. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  31. 31. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Conclus˜es o Resultado: experimentos possuem clara fun¸˜o did´tica, ca a especialmente no caso de disciplinas de Teoria dos Jogos. Alunos: aulas podem ser mais dinˆmicas e divertidas, com a aprendizado passando a ter car´ter ativo. a Professores: tendˆncia crescente a realizar experimentos e dentro e fora de sala de aula no futuro. Previs˜o: em uma d´cada ou menos, experimentos ser˜o a a e a regra, ao inv´s de exce¸˜o. e ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  32. 32. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e ANDREONI, J. Why free ride? Strategies and learning in public goods experiments. Journal of Public Economics, v.37, n.3, p.291-304, Dec.1988. DUFFY, J. Experimental economics in the classroom. 2008 Teaching Economics Conference. Robert Morris University, 2008. DUFFY, J. Introduction to experimental economics. Why experiment? Economics 2200 Lecture Notes, University of Pittsburgh, 2011. ´ FRECHETTE, G.R. Laboratory experiments: professionals versus students. New York University (NYU), manuscrito, 2010. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos Referˆncias e
  33. 33. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e HARDIN, G. The tragedy of the commons. Science, New Series, v.162, n.3859, p.1243-1248, Dec.1968. HOLT, C.A.; McDANIEL, T. Experimental economics in the classroom. In: WALSTAD, W.B.; SAUNDERS, P. (Eds.). Teaching Undergraduate Economics: a handbook for instructors. McGraw-Hill, 1998, p.257-268. LEUTHOLD, J.H. A free rider experiment for the large class. Journal of Economic Education, v.24, n.3, p.353-363, 1993. LIST, J.A. Why economists should conduct field experiments and 14 tips for pulling one off. Journal of Economic Perspectives, v.25, n.3, p.3-16, Summer 2011. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos
  34. 34. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Experimentos Conclus˜es o Referˆncias e Obrigado! Matheus Albergaria de Magalh˜es a matheus.albergaria.magalhaes@gmail.com http://www.sites.google.com/site/malbergariademagalhaes Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Jogos e Experimentos

×