Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

O que podemos aprender a partir de
experimentos dentro e fora de sala...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Objetivos

Apresentar breve introdu¸˜o da ´rea de Econ...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca

Minha meta hoje: demonstrar que experime...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e

Dois tipos b´sicos de experimentos:
a
1....
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Evidˆncias
e

Experimentos de Laborat´rio
o

Palestrante: Matheus Alb...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Experimentos de laborat´rio e campo podem...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
´
Areas de Economia Experimental e Econom...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Evidˆncias
e
Keith Chen (Yale): Macacos

Palestrante: Matheus Alberga...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Evidˆncias
e
Ben Olken (M.I.T.): Corrup¸˜o
ca

Palestrante: Matheus A...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Evidˆncias
e
John List (Chicago): Figurinhas de Beisebol

Palestrante...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e

Trˆs raz˜es b´sicas para economistas uti...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Existem evidˆncias apontando para vantage...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Quest˜o: ` medida em que abordagem experi...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Bens P´blicos Puros: n˜o rivais e n˜o-exc...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Evidˆncias
e

Problema: provis˜o de bens p´blicos exige que sociedade...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Insight: podemos testar a ocorrˆncia dest...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Evidˆncias
e
´
Indice Free Rider (IFR) (Leuthold 1993):
IFR = (Invest...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e

Resultados do Experimento:
1. IFR M´dio:...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Evidˆncias
e
Resultados: Idade

Notas: Idade (Eixo Horizontal); IFR (Eixo Vertical)...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e
Resultados: Sexo

Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es
a
Experimentos em Sal...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e
Resultados: Educa¸˜o
ca

Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es
a
Experimentos...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Evidˆncias
e
Resultados: Orienta¸˜o Pol´
ca
ıtica

Palestrante: Matheus Albergaria ...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Conclus˜es
o

Nosso experimento de hoje disse muito so...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Conclus˜es
o

Possibilidades:
1. Realizar experimentos relacionados a...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Conclus˜es
o

Experimentos possuem clara fun¸˜o did´ti...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e
ANDREONI, J. Why free ride? Strategies and learning in ...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Referˆncias
e
KAGEL, J.H. Laboratory experiments. The ...
Objetivos

Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Obrigado!
Matheus Albergaria de Magalh˜es
a
matheus.al...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O que podemos aprender a partir de experimentos dentro e fora de sala de aula?

394 visualizações

Publicada em

Seminário de Pesquisa. Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FACESP/FECAP), Campus Liberdade, São Paulo, 12 de Abril de 2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
394
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que podemos aprender a partir de experimentos dentro e fora de sala de aula?

  1. 1. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o O que podemos aprender a partir de experimentos dentro e fora de sala de aula? Matheus Albergaria de Magalh˜es a 12 de Abril de 2013 Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Referˆncias e
  2. 2. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Objetivos Apresentar breve introdu¸˜o da ´rea de Economia ca a Experimental. Enfatizar importˆncia did´tica de experimentos em sala de a a aula. Destacar potencial car´ter diferenciado da universidade para a a realiza¸˜o de experimentos. ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  3. 3. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Minha meta hoje: demonstrar que experimentos podem representar importante recurso did´tico na atualidade, tanto a dentro quanto fora de sala de aula. Possibilidades: 1. Mudar a forma como ensinamos alunos de gradua¸˜o em ca cursos de Ciˆncias Sociais Aplicadas. e 2. Transformar processo de aprendizagem em atividade dinˆmica, a participativa e divertida. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  4. 4. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Dois tipos b´sicos de experimentos: a 1. Experimentos de Laborat´rio (Lab Experiments): simula¸˜o de o ca situa¸˜es em ambiente controlado envolvendo estudantes co universit´rios. a 2. Experimentos de Campo (Field Experiments): testes de teorias selecionadas a partir da observa¸˜o de comportamentos ca espec´ ıficos em ambientes reais. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  5. 5. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Evidˆncias e Experimentos de Laborat´rio o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Experimentos de Campo Referˆncias e
  6. 6. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Experimentos de laborat´rio e campo podem ser vistos como o abordagens complementares (Levitt e List 2008; Kagel 2009). De fato, metodologia experimental pode ser vista como complementar a an´lises estat´ a ısticas, econom´tricas, e hist´ricas, etc. (List 2012). o Em algumas ´reas da economia (e.g., Teoria dos Jogos; a Economia do Setor P´blico), m´todo experimental vem sendo u e amplamente utilizado. Em outras (e.g., Macroeconomia, Finan¸as), aceita¸˜o ainda c ca n˜o ´ completa. a e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  7. 7. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e ´ Areas de Economia Experimental e Economia Comportamental vˆm ganhando crescente destaque nas ultimas d´cadas. e ´ e Atualmente, experimentos s˜o utilizados com fins did´ticos, a a acadˆmicos e de pol´ e ıtica econˆmica. o Exemplos recentes focam em distintos temas, indo de experimentos com animais at´ pr´ticas de corrup¸˜o, e a ca passando por esportes. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  8. 8. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Evidˆncias e Keith Chen (Yale): Macacos Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Referˆncias e
  9. 9. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Evidˆncias e Ben Olken (M.I.T.): Corrup¸˜o ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Referˆncias e
  10. 10. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Evidˆncias e John List (Chicago): Figurinhas de Beisebol Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Referˆncias e
  11. 11. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Trˆs raz˜es b´sicas para economistas utilizarem experimentos e o a hoje (Duffy 2011): 1. Melhorar teoria econˆmica. o 2. Buscar novos fatos (dados ` frente da teoria). a 3. Influenciar formuladores de pol´ ıtica econˆmica. o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  12. 12. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Existem evidˆncias apontando para vantagens na utiliza¸˜o de e ca experimentos como recursos did´ticos (Duffy 2008). a Aprendizado de novos conceitos econˆmicos tende a ser o significativamente melhor em cursos introdut´rios. o Estudantes tˆm melhor desempenho em provas envolvendo e quest˜es relacionadas a experimentos realizados em sala de o aula. Ainda assim, ocorrem diferen¸as entre alunos em termos de c desempenho em provas e exames. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  13. 13. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Quest˜o: ` medida em que abordagem experimental fica cada a a vez mais comum em Economia, por que n˜o utiliz´-la em sala a a de aula? De fato, o experimento que realizamos hoje testa um comportamento espec´ ıfico. Experimento voltado para comportamentos oportunistas. H´ situa¸˜es onde indiv´ a co ıduos querem usufruir dos benef´ ıcios conjuntos de um bem sem ter de arcar com custos individuais associados. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  14. 14. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Bens P´blicos Puros: n˜o rivais e n˜o-excludentes. u a a Exemplos Cl´ssicos: farol mar´ a ıtimo, seguran¸a nacional c (Stiglitz 2000, cap.6). Outros Exemplos: metrˆ, vias urbanas, Parque do Ibirapuera, o etc. Como, em muitos casos, iniciativa privada n˜o tem incentivos a para prover bens p´blicos, esta acaba sendo uma justificativa u para interven¸˜o governamental na economia. ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  15. 15. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Evidˆncias e Problema: provis˜o de bens p´blicos exige que sociedade a u contribua para seu financiamento. Questionamento em n´ individual: ”por que eu deveria ıvel contribuir se o bem ser´ ofertado de qualquer maneira?”. a Em situa¸˜es assim, pessoas tˆm incentivos a agir como co e free-riders (”caronas”). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Referˆncias e
  16. 16. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Insight: podemos testar a ocorrˆncia deste tipo de e comportamento em um ambiente controlado. No caso, vamos simular uma situa¸˜o onde indiv´ ca ıduos tenham a oportunidade de contribuir voluntariamente para a provis˜o a de um bem p´blico. u Como fazer isto? Acabamos de fazˆ-lo a partir de nosso experimento inicial. e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  17. 17. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Evidˆncias e ´ Indice Free Rider (IFR) (Leuthold 1993): IFR = (Investimento no Ativo A)/R$100 Detalhe: IFR varia entre 0 e 1. Quanto mais pr´ximo de 1, maior a ocorrˆncia de o e comportamentos do tipo free rider (”carona”). Vamos analisar resultados do mesmo experimento, embora aplicado a outra turma de gradua¸˜o (curso de Economia). ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Referˆncias e
  18. 18. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Resultados do Experimento: 1. IFR M´dio: 0,57. e 2. IFR Mediano: 0,60. 3. Moda (IFR): 1,00. Conclus˜o: maior parte da turma exibiu comportamento free a rider. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  19. 19. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Evidˆncias e Resultados: Idade Notas: Idade (Eixo Horizontal); IFR (Eixo Vertical). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Conclus˜es o Referˆncias e
  20. 20. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Resultados: Sexo Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e
  21. 21. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Resultados: Educa¸˜o ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e
  22. 22. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Evidˆncias e Resultados: Orienta¸˜o Pol´ ca ıtica Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Conclus˜es o Referˆncias e
  23. 23. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Conclus˜es o Nosso experimento de hoje disse muito sobre comportamento humano. Adicionalmente, nos permitiu aprender conceitos econˆmicos o espec´ ıficos em um dado intervalo de tempo. Mas, ainda h´ diversas possibilidades relacionadas ` utiliza¸˜o a a ca de experimentos na universidade. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  24. 24. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Conclus˜es o Possibilidades: 1. Realizar experimentos relacionados a outros conceitos econˆmicos (e.g., mercados, leil˜es, vota¸˜o, etc.). o o ca 2. Fazer experimentos de campo (field experiments), aproveitando vantagens estrat´gicas da universidade (e.g., e biblioteca, cantina, etc.). 3. Convocar profissionais de distintas ´reas (e.g., ex-alunos, a CEOs, etc.) para participar de experimentos. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Referˆncias e
  25. 25. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Conclus˜es o Experimentos possuem clara fun¸˜o did´tica. ca a De fato, podemos aprender muito com experimentos (dentro e fora de sala de aula). Nos pr´ximos anos, aprendizado poder´ ser mais ativo e o a divertido, tanto para alunos quanto professores. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  26. 26. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e ANDREONI, J. Why free ride? Strategies and learning in public goods experiments. Journal of Public Economics, v.37, n.3, p.291-304, Dec.1988. DUFFY, J. Experimental economics in the classroom. 2008 Teaching Economics Conference. Robert Morris University, 2008. DUFFY, J. Introduction to experimental economics. Why experiment? Economics 2200 Lecture Notes, University of Pittsburgh, 2011. ´ FRECHETTE, G.R. Laboratory experiments: professionals versus students. New YorkUniversity, manuscrito, 2010. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula Referˆncias e
  27. 27. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e KAGEL, J.H. Laboratory experiments. The Ohio State University, manuscrito, 2009. LEUTHOLD, J.H. A free rider experiment for the large class. Journal of Economic Education, v.24, n.3, p.353-363, 1993. LEVITT, S.D.; LIST, J.A. Homo Economicus evolves. Science, v.319, Feb 2008, p.909-910. LIST, J.A. Why economists should conduct field experiments and 14 tips for pulling one off. Journal of Economic Perspectives, v.25, n.3, p.3-16, Summer 2011. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula
  28. 28. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Obrigado! Matheus Albergaria de Magalh˜es a matheus.albergaria.magalhaes@gmail.com http://www.sites.google.com/site/malbergariademagalhaes Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Experimentos em Sala de Aula

×