Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Aplica¸oes Criativas em Economia
c˜
Aula 5 - Mensurando o ...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Organiza¸˜o
ca

Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclu...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Objetivos

Ilustrar poss´
ıveis maneiras de mensurar conce...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Como captar a felicidade de um pa´
ıs?

Fonte...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Podemos mensurar momentos de incerteza na eco...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca

H´ situa¸˜es onde precisamos mensurar concei...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Felicidade
Medida comumente utilizada pelos e...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Felicidade
Nos ultimos anos, economistas e go...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Atividade Econˆmica
o
Em outras situa¸˜es, qu...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Terra ` Noite
a

Fonte: National Aeronautics ...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Estados Unidos ` Noite
a

Fonte: Science Phot...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Incerteza
Incerteza desempenha papel fundamen...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
´
Indice de Incerteza Agregada - Estados Unid...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Efeitos Dinˆmicos de Choques de Incerteza
a

...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Incerteza
Resultados obtidos:
1. Incerteza ag...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Conclus˜es
o

De fato, parece dif´ mensurar certos conceit...
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Referˆncias
e

BLOOM, N. The impact of uncertainty shocks....
Objetivos
Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncias
e

Obrigado!
Matheus Albergaria de Magalh˜es
a
matheus.alberg...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curso Aplicações Criativas em Economia (Aula 5 - "Mensurando o Imensurável")

149 visualizações

Publicada em

Matheus Albergaria de Magalhães - Curso Aplicações Criativas em Economia. Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FACESP/FECAP), Campus Liberdade, São Paulo, 28 de Janeiro a 1º de Fevereiro de 2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
149
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso Aplicações Criativas em Economia (Aula 5 - "Mensurando o Imensurável")

  1. 1. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Aplica¸oes Criativas em Economia c˜ Aula 5 - Mensurando o Imensur´vel a Matheus Albergaria de Magalh˜es a 30 de Janeiro de 2013 Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  2. 2. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Organiza¸˜o ca Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  3. 3. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Objetivos Ilustrar poss´ ıveis maneiras de mensurar conceitos abstratos que pare¸am imensur´veis ` primeira vista. c a a ˆ Enfase em trˆs conceitos espec´ e ıficos: felicidade, atividade econˆmica e incerteza. o Atentar para formas alternativas de mensura¸˜o de fenˆmenos ca o socioeconˆmicos. o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  4. 4. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Como captar a felicidade de um pa´ ıs? Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  5. 5. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Podemos mensurar momentos de incerteza na economia? Fonte: Google Imagens . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  6. 6. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca H´ situa¸˜es onde precisamos mensurar conceitos abstratos a co como felicidade, confian¸a ou incerteza, por exemplo. c Como proceder nestes casos? Economistas vˆm descobrindo, nos ultimos anos, maneiras e ´ criativas de captar no¸˜es abstratas. co Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  7. 7. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Felicidade Medida comumente utilizada pelos economistas para captar riqueza e bem-estar: Produto Interno Bruto (PIB). Vantagem: medida sucinta, com metodologia de c´lculo a estabelecida e reconhecida em n´ internacional ıvel Desvantagem: no c´lculo do PIB ficam de fora fatores a importantes para o bem-estar de uma localidade, como meio ambiente, criminalidade e felicidade dos habitantes, por exemplo. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  8. 8. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Felicidade Nos ultimos anos, economistas e governos vˆm discutindo ´ e medidas alternativas ao PIB. Possibilidade: Felicidade Nacional Bruta (FNB). Desafio: estabelecer consenso e metodologia de c´lculo em a n´ internacional para facilitar compara¸˜es entre pa´ ıvel co ıses. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  9. 9. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Atividade Econˆmica o Em outras situa¸˜es, qualidade dos dados que comp˜em o co o PIB de certos pa´ pode ser question´vel (caso de alguns ıses a ´ pa´ da Africa). ıses Proposta de trˆs economistas: utiliza¸˜o de imagens via e ca sat´lite da Terra ` noite (Henderson et al. 2010). e a Dados de luminosidade poderiam, a princ´ ıpio, refletir dinˆmica a econˆmica em distintos pontos do globo. o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  10. 10. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Terra ` Noite a Fonte: National Aeronautics and Space Administration (NASA) (http://visibleearth.nasa.gov/). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  11. 11. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Estados Unidos ` Noite a Fonte: Science Photo Library (http://www.sciencephoto.com/). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  12. 12. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Incerteza Incerteza desempenha papel fundamental em Economia. Distin¸˜o Importante: incerteza ´ diferente de risco (Keynes ca e + Knight). Mas, ocorreram tentativas recentes de constru¸˜o de medidas ca agregadas de incerteza (Bloom 2009; Bloom et al. 2010). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  13. 13. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e ´ Indice de Incerteza Agregada - Estados Unidos, 1990/2010 Fonte: Bloom (2009, Fig.1, p.624). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  14. 14. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Efeitos Dinˆmicos de Choques de Incerteza a Fonte: Bloom (2009, Figs.2-3, p.631). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  15. 15. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Incerteza Resultados obtidos: 1. Incerteza agregada tende a aumentar durante per´ ıodos de recess˜o (padr˜o contrac´ a a ıclico). 2. Choques de incerteza exercem, em termos agregados, efeito contracionista sobre produto e emprego agregados . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  16. 16. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Conclus˜es o De fato, parece dif´ mensurar certos conceitos abstratos. ıcil Mas, alguns economistas e cientistas sociais vˆm apresentando e maneiras criativas de corrigir este tipo de limita¸˜o. ca Desafio: pensarmos em novas maneiras de mensura¸˜o do ca imensur´vel (felicidade, incerteza, corrup¸˜o, etc.). a ca Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  17. 17. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e BLOOM, N. The impact of uncertainty shocks. Econometrica, v.77, n.3, p.623-685, May 2009. BLOOM, N.; FLOETOTTO, M.; JAIMOVICH, N. Really uncertain business cycles. Stanford University, manuscrito, 2010, 40p. HENDERSON, J.V.; STOREYGARD, A.; WEIL, D.N. Measuring economic growth from outer space. NBER working paper n.15199, Jul.2009, 44p. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co
  18. 18. Objetivos Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Obrigado! Matheus Albergaria de Magalh˜es a matheus.albergaria.magalhaes@gmail.com http://www.sites.google.com/site/malbergariademagalhaes Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Aplica¸˜es Criativas em Economia co

×