Reflexão Final

417 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
417
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reflexão Final

  1. 1. PRÁTICAS E MODELOS DE AVALIAÇÃO EM BIBLIOTECAS ESCOLARES Oficina de Formação Reflexão Final Na reflexão final e pessoal desta formação, gostava de manifestar a grande utilidade que teve para mim, na medida em que me fez perceber melhor o modelo de auto-avaliação das bibliotecas escolares e a importância do mesmo para o desenvolvimento das Bibliotecas. É importante, numa época de mudanças, existir um documento orientador que permita avaliar nas escolas o trabalho desenvolvido pela Biblioteca Escolar. Embora tenha ainda grandes dúvidas relativas a este assunto (sinto que tenho de investir mais nesta área) não deixou de ser uma mais-valia para o meu percurso profissional e pessoal. ASPECTOS POSITIVOS DA FORMAÇÃO Como aspectos positivos destaco: A boa estruturação (alinhamento) das sessões - A metodologia utilizada, partindo de aspectos mais gerais, atingindo, progressivamente aspectos mais concretos contribui para que a realização das tarefas propostas estivessem, devidamente enquadradas; A qualidade dos recursos disponibilizados - Os textos elaborados pelas formadoras foram bons pontos de referência para o desenvolvimento das actividades; A pertinência das tarefas propostas - Na sua generalidade, constituíram aliciantes desafios para a reflexão sobre a temática da auto-avaliação das Bibliotecas Escolares e para a produção de trabalhos que serão bons recursos a ver e a rever ao longo da implementação do processo.
  2. 2. A Partilha – A disponibilização dos trabalhos de todos os formandos na Plataforma, contributos interessantes e de qualidade, possibilitou-nos o contacto com diferentes formas de fazer, que nos enriqueceram; A Interacção entre os formandos – Apesar de todos nos queixarmos do pouco tempo disponível, considero que a atitude de todos foi sempre construtiva com intervenções valorativas e de partilha, por parte de alguns que nos incentivaram a continuar; Desenvolvimento das competências no âmbito da formação online – Apesar da formação online ter os seus inconvenientes, considero que foi muito importante, porque me permitiu aprofundar os meus conhecimentos e competências e proceder a uma gestão do tempo disponível mais eficaz. CONSTRANGIMENTOS Como constrangimentos saliento: O ritmo intenso da formação – As leituras foram sempre úteis e interessantes, bem como as tarefas propostas. No entanto, o meu tempo disponível não era suficiente para reflectir e explorar os documentos propostos e para a execução das tarefas. A escassez de tempo também impediu uma maior interacção com os colegas. Tentei ultrapassar esta dificuldade gerindo melhor o tempo e trabalhar a um ritmo muito intenso. Mas, agora, sinto-me satisfeita por ter conseguido vencer os obstáculos e ter chegado ao final. Turma numerosa - O elevado número de formandos impossibilitou uma interacção generalizada, e por vezes dificultava a leitura dos trabalhos de todos os colegas para a realização da segunda parte das tarefas como muitas vezes foi solicitado.
  3. 3. Em jeito de uma breve auto-avaliação, posso dizer que, realizei com empenho e seguindo as orientações dadas, todas as tarefas propostas; Cumpri todos os prazos definidos para as actividades a realizar. Tentei fazer uma exploração adequada dos recursos disponibilizados na plataforma, procedendo à leitura da bibliografia obrigatória e facultativa, efectuando pesquisas sobre os assuntos em análise; acedi à plataforma de forma continuada. Gostei de participar nesta acção e penso ter atingido os objectivos a que me propus. Maria Emília Novais

×