1
CURSOS DE FORMAÇÃO GENERALISTA INTERNA EM
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO - 2015
CURSO “UTILIZAÇÃO DO MS WORD” – MODALIDADE E-...
2
É um tipo de aprendizagem na qual a informação e o material de estudo se
encontram disponíveis na internet. Para aceder ...
3
Um dos fatores mais relevantes, ao nível da eficácia, é a formação
personalizada, que possibilita uma melhor aprendizage...
4
Por outro lado, ao serem criados grupos de formandos mais pequenos, essa
interação vai desenvolver condições para um rac...
5
METODOLOGIA
A DGAV sabe que a formação deve ser contínua, no sentido de adquirir ou
atualizar conhecimentos, desenvolver...
6
•Uma metodologia diferente, capaz de integrar distintas teorias da
aprendizagem, para que o aluno melhore o seu rendimen...
7
Para poder aceder ao curso são necessários alguns requisitos mínimos do
equipamento informático:
-Computador;
-Ligação à...
8
O formando terá que clicar no curso em que se inscreveu (por exemplo no
CURSO “UTILIZAÇÃO DO MS WORD”) e assim poderá ac...
9
Funcionamento diário da Plataforma
Todas as dúvidas relativas ao curso podem ser colocadas através da área de
Debate de ...
10
GUIÃO DE ATIVIDADES
APRESENTAÇÃO E AMBIENTAÇÃO DAS AULAS DO CURSO
A ambientação ao espaço virtual de aprendizagem, a pl...
11
- Guardar um documento
- Guardar como
- Fechar o documento
- Definição
4 – Edição de texto
- Processamento de texto
- I...
12
2 - A formatação de texto
- Formatação de caracteres
- Fontes
- Tamanho
- Estilos
- Realce
- Cor
- Formatação de parágr...
13
Aula 3 – Introdução de Elementos e Manipulação de Tabelas
1 – Introdução de elementos
- Objetivos
- Inserir folhas de r...
14
- Definição
- Imagem
- Inserir Imagens
- Formatar Imagens
- Clipart do Office (versão MS Word 2007)
- Clipart do Office...
15
Atividades/tarefas
As atividades, tarefas a desenvolver, são as que constam na plataforma de
formação em TI, na Intrane...
1
CURSOS DE FORMAÇÃO GENERALISTA INTERNA EM
TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO - 2015
CURSO “EXCEL PARA A GESTÃO” – MODALIDADE E-LE...
2
É um tipo de aprendizagem na qual a informação e o material de estudo se
encontram disponíveis na internet. Para aceder ...
3
Um dos fatores mais relevantes, ao nível da eficácia, é a formação
personalizada, que possibilita uma melhor aprendizage...
4
Por outro lado, ao serem criados grupos de formandos mais pequenos, essa
interação vai desenvolver condições para um rac...
5
METODOLOGIA
A DGAV sabe que a formação deve ser contínua, no sentido de adquirir ou
atualizar conhecimentos, desenvolver...
6
•Uma metodologia diferente, capaz de integrar distintas teorias da
aprendizagem, para que o aluno melhore o seu rendimen...
7
Para poder aceder ao curso são necessários alguns requisitos mínimos do
equipamento informático:
-Computador;
-Ligação à...
8
O formando terá que clicar no curso em que se inscreveu (por exemplo no
CURSO “EXCEL PARA A GESTÃO”) e assim poderá aced...
9
Funcionamento diário da Plataforma
Todas as dúvidas relativas ao curso podem ser colocadas através do envio de
e-mails p...
10
GUIÃO DE ATIVIDADES
APRESENTAÇÃO E AMBIENTAÇÃO DAS AULAS DO CURSO
A ambientação ao espaço virtual de aprendizagem, a pl...
11
As primeiras funções a abordar serão as funções de informações, as
funções de texto e as funções de data e hora.
 Aula...
1
CURSO PREZI – APRESENTAÇÕES DINÂMICAS
Ação de formação
Data de início (a realizar em 2014): __________
Localidade: On-li...
2
16h.
o O e-formando pode aceder aos conteúdos do curso a qualquer hora do dia ou da
noite, , em função da sua disponibil...
3
público. Torne a sua comunicação mais inspiradora.
o Habilitar os formandos para a obtenção de uma ferramenta da web 2.0...
1
MANUAL DE APOIO AO E-FORMANDO
Índice
Introdução............................................................................
2
•Vantagens do E-learning
Segundo Cação & Dias, as vantagens que o E-learning oferece aos seus utilizadores são as
seguin...
3
- Finalmente, o ensino é direcionado para o formando, que deixa de ser um participante
meramente passivo. É ao formando ...
4
A interatividade dos conteúdos é outro fator que contribui favoravelmente para uma maior
eficácia do E-learning. Para is...
5
Metodologia
A DGAV sabe que a formação deve ser contínua, no sentido de adquirir ou atualizar
conhecimentos, desenvolver...
6
•U a o pa ha e to personalizado da evolução dos formandos;
•U siste a de avaliação, ue permite controlar o processo de a...
7
Atividades Assíncronas
- Fórum: A Formação a Distância do Segundo Milénio
Materiais para Auto Estudo
Apresentação Multim...
8
Funcionamento da Plataforma
Acesso à Plataforma
Para poder aceder ao curso são necessários alguns requisitos mínimos do ...
9
Te á ue li a o e u Cu sos ELea i g e a hipe ligação Pági a da á ea de Cu sos de
Formação Interna em TI – Modalidade ELea...
10
Funcionamento diário da Plataforma
Todas as dúvidas relativas ao curso podem ser colocadas através da área de Debate de...
11
O Software de Chat a utilizar será o do Facebook ou do Google+.
Caso seja solicitado, aos formandos poderão enviar as r...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentacoes dos cursos e learning

463 visualizações

Publicada em

tic; e-learning

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
463
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacoes dos cursos e learning

  1. 1. 1 CURSOS DE FORMAÇÃO GENERALISTA INTERNA EM TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO - 2015 CURSO “UTILIZAÇÃO DO MS WORD” – MODALIDADE E-LEARNING MANUAL DE APOIO AO E-FORMANDO ÍNDICE - INTRODUÇÃO; - METODOLOGIA; - OBJETIVOS; - ESTRATÉGIAS; - METODOLOGIA DIDÁTICA; - FUNCIONAMENTO DA PLATAFORMA. INTRODUÇÃO Esta modalidade de cursos de formação E-Learning, surge com o objetivo de dar resposta formativa àqueles que, com experiência ou não, queiram adquirir conhecimentos teórico-práticos numa determinada área (especialidade), com o objetivo de responderem mais eficazmente aos desafios atuais do mercado de trabalho ou de, simplesmente, complementarem a sua formação atual para melhorar e se promoverem profissionalmente. Esta formação é baseada nos avanços da aprendizagem, adequada aos novos tempos e com as vantagens de adaptabilidade de horários, disponibilidade de conteúdos e sem custos. Pretende-se que os formandos conheçam a formação feita à sua medida, ou seja, o E-Learning. •Porquê a formação E-Learning? O E-Learning pode ser caracterizado como um sistema de formação profissional à distância, que utiliza a internet enquanto meio facilitador de participação num evento de aprendizagem, o que permite flexibilidade absoluta no tempo, lugar e ritmo de aprendizagem.
  2. 2. 2 É um tipo de aprendizagem na qual a informação e o material de estudo se encontram disponíveis na internet. Para aceder a esse material é apenas necessário um computador (ou outro equipamento com funções similares, por exemplo, um PDA), ligação à internet e software de navegação na Web. •Vantagens do E-Learning Segundo Cação & Dias, as vantagens que o E-Learning oferece aos seus utilizadores são as seguintes: - Facilidade de Acesso O E-Learning permite que o formando possa aceder ao conteúdo dos cursos, onde quer que ele se encontre, seja onde for. - No E-Learning, os conteúdos estão permanentemente disponíveis, podendo o formando aceder aos cursos à hora que lhe for mais conveniente. - Simplicidade de Utilização Frequentar um curso ou qualquer outra ação de formação através da Internet é algo extraordinariamente simples. - Para entrar no mundo do E-Learning basta possuir alguns conhecimentos essenciais de informática (saber usar um computador) e de internet (saber navegar). - Economia Uma das maiores vantagens do recurso ao E-Learning é a economia substancial de custos. De acordo com os dados mais recentes, a substituição do formador pela distribuição de conteúdos eletrónicos traduz-se numa economia de custos na ordem dos 50% a 70%. As empresas são as principais beneficiadas, porque reduzem drasticamente os encargos na deslocação – viagens e alojamento – de profissionais e formadores para ações que levam, por vezes, vários dias. Com o E-Learning os trabalhadores poderão aceder aos conteúdos dos cursos a partir do seu escritório ou num espaço determinado para o efeito, nas instalações da empresa. Desse modo diminui-se substancialmente o número de horas que não estão no local de trabalho, interrompendo as suas funções e os custos que isso implicaria para a produtividade da empresa. - Eficácia
  3. 3. 3 Um dos fatores mais relevantes, ao nível da eficácia, é a formação personalizada, que possibilita uma melhor aprendizagem dos conteúdos, por parte do formando. - Outro fator que contribui decisivamente para o aumento da eficácia é a autonomia. Com efeito, no E-Learning delega-se a responsabilidade no formando, uma vez que é ele quem define o seu próprio ritmo e método de estudo, em função das suas necessidades e disponibilidade. - Finalmente, o ensino é direcionado para o formando, que deixa de ser um participante meramente passivo. É ao formando que passam a caber tarefas tais como pesquisar informação ou organizar os materiais. - Atualização de Conteúdos O E-Learning utiliza sistemas de gestão de conteúdos que permitem a atualização da informação em qualquer momento, de forma rápida e simples. Desse modo, os materiais de ensino estão permanentemente atualizados, com a informação mais recente e com os conteúdos mais atuais. - Uniformidade Na formação presencial, a formação é conduzida por professores ou formadores que, por vezes, abordam o mesmo tema de uma forma que varia de acordo com cada um desses profissionais. Com o E-Learning esse problema não se coloca, uma vez que a distribuição do material de aprendizagem é feita de forma a assegurar a consistência da informação e a integridade dos conteúdos. A informação é distribuída com uniformidade, por todos os utilizadores, reduzindo-se assim as hipóteses de interpretações erradas. Outra garantia de uniformidade é o estabelecimento de regras para o desenvolvimento de conteúdos. - Interação e Interatividade Ao contrário daquilo que se possa pensar, o E-Learning não se resume a um conjunto de pessoas em frente ao computador, a frequentarem cursos, de forma isolada e sem qualquer contacto com outros formandos. Na verdade, a formação à distância via Internet proporciona um conjunto de interações entre os formandos, que, por vezes, ultrapassa largamente a interatividade da própria formação presencial.
  4. 4. 4 Por outro lado, ao serem criados grupos de formandos mais pequenos, essa interação vai desenvolver condições para um raciocínio mais crítico do que no chamado ensino presencial. As plataformas de E-Learning usadas incluem ferramentas destinadas a criar um ambiente interativo online, tais como os chats, onde os formandos podem dialogar uns com os outros em tempo real, através de mensagens escritas; os fóruns ou debates de opinião, onde são publicadas mensagens de formandos e formadores (por exemplo, com questões sobre determinadas matérias dos cursos); os emails e as salas de aula virtuais, que incluem vários dispositivos eletrónicos que simulam o ambiente de sala de aula no monitor do PC. A interatividade dos conteúdos é outro fator que contribui favoravelmente para uma maior eficácia do E-Learning. Para isso é fundamental o uso de conteúdos dinâmicos, com recursos multimédia, nomeadamente, animações Flash, registos áudio e vídeo e formulários interativos, entre outros. - Espírito de Comunidade A interação entre formandos contribui decisivamente para a criação de um espírito de comunidade, que distingue o E-Learning das outras modalidades de ensino. Ao longo da aprendizagem, os formandos criam laços entre eles que resultam do intercâmbio de experiências e troca de conhecimentos. Este espírito de comunidade valoriza o potencial pedagógico do E-Learning, uma vez que a retenção de experiências dos formandos e formadores permite o enriquecimento progressivo dos cursos e de toda a aprendizagem. - Desdramatização do erro Os formandos, que participam num curso online, encontram um “ambiente” isento de exposição e de risco, onde podem experimentar coisas novas e cometer erros sem o estigma da vergonha e do ridículo que sentiriam entre os pares. Esta característica é particularmente importante quando se tenta aprender capacidades.
  5. 5. 5 METODOLOGIA A DGAV sabe que a formação deve ser contínua, no sentido de adquirir ou atualizar conhecimentos, desenvolver a especialização ou para favorecer o desenvolvimento pessoal. A finalidade será sempre a de responder mais eficazmente aos desafios atuais e às exigências do mercado de trabalho. OBJETIVOS A DGAV propõe-se a: •Realizar e aplicar designs pedagógicos específicos para cada curso; •Facilitar, de uma forma simples e intuitiva, as ferramentas e tecnologias adaptadas à ação formativa; •Usar diferentes elementos multimédia, combinados ou não, para alcançar uma formação mais efetiva; •Facilitar o acesso a fontes de informação (motores de busca, documentos, links) que permitam ampliar conhecimentos; •Efetuar um acompanhamento personalizado pois a atenção personalizada através de especialistas é um elemento fundamental para o formando encontrar a motivação necessária para aprender; •Estimular o formando inexperiente na sua abordagem às novas tecnologias de um modo novo, eficaz e intuitivo; •Fomentar a sociabilidade da aprendizagem criando interação entre formandos e formadores; •Possibilitar uma formação individualizada e personalizada; •Tornar possível a formação superando barreiras, tais como, meio rural, deficiências, coletivos desfavorecidos, etc; •Reduzir os custos, permitindo aos formandos investir na sua formação. ESTRATÉGIAS A DGAV conta com: •Profissional responsável pela conceção e desenvolvimento dos cursos; •Um acompanhamento personalizado da evolução dos formandos; •Um sistema de avaliação, que permite controlar o processo de aprendizagem do formando e avaliação do formador;
  6. 6. 6 •Uma metodologia diferente, capaz de integrar distintas teorias da aprendizagem, para que o aluno melhore o seu rendimento, atendendo às suas necessidades particulares e conhecimentos prévios. METODOLOGIA DIDÁTICA •O curso encontra-se dividido por módulos que, por sua vez, poderão ou não estar divididos em sessões, num formato cumpridor dos standards internacionais de E-Learning. •Os módulos do curso são disponibilizados, na sua totalidade, na plataforma de Formação em TI da Intranet2, podendo o formando frequentar o curso desde o dia em que tem início até ao último dia de formação. •O formando pode aceder aos conteúdos do curso a qualquer hora do dia ou da noite, bem como aos fins de semana e feriados, em função da sua disponibilidade e disposição, tendo apenas como restrição o ter de terminar o curso até ao último dia de formação. •Este curso tem tutoria assíncrona e síncrona. Na tutoria online assíncrona o formando tem o apoio do formador responsável, que, de forma individualizada, responderá às suas questões ou esclarecerá as suas dúvidas através do envio de emails ou através de questões colocadas nas áreas de debate de opinião. Em alternativa, na tutoria online síncrona, e assim fôr implementado (por exemplo através do chat de Facebook ou Google+ (Google Plus), serão calendarizadas para cada módulo sessões, com duração de uma hora cada, nas quais serão esclarecidas todas as dúvidas que possam surgir após o estudo dos conteúdos de cada módulo. •Ao longo do período de funcionamento do curso, o formando tem a possibilidade de efetuar o download de todos os materiais de formação, elaborados pelo formador responsável, para os guardar no seu computador ou imprimir. FUNCIONAMENTO DA PLATAFORMA Acesso à Plataforma
  7. 7. 7 Para poder aceder ao curso são necessários alguns requisitos mínimos do equipamento informático: -Computador; -Ligação à Internet; -Conta de correio eletrónico. Num navegador, por exemplo Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox ou Google Chrome, deve-se introduzir o seguinte endereço para aceder á plataforma: https://intranet2.dgv.min-agricultura.pt e entrar com as credenciais de rede workgroupnome de utilizador de rede password de rede ou dgvnome de utilizador password de rede Deverá clicar no site da plataforma de Formação interna em TI, da Intranet2. A partir desse momento, ao clicar na seguinte hiperligação: http://intranet2/formacao/ELearning/Documentos%20Partilhados/Forms/AllIte ms.aspx terá acesso à página de acesso ao curso. Terá que clicar no menu “Cursos E-Learning” e na hiperligação “Página da área de Cursos de Formação Interna em TI – Modalidade E-Learning”. Imagem do site:
  8. 8. 8 O formando terá que clicar no curso em que se inscreveu (por exemplo no CURSO “UTILIZAÇÃO DO MS WORD”) e assim poderá aceder aos conteúdos.
  9. 9. 9 Funcionamento diário da Plataforma Todas as dúvidas relativas ao curso podem ser colocadas através da área de Debate de equipa na Plataforma localizada na seguinte página: http://intranet2/formacao/ELearning/Lists/Debate%20de%20Equipa/AllItems.as px ou através do envio de e-mails para a coordenadora e formadora Dra. Maria Celina Rodrigues. Fórum de Notícias/Debates de opinião É utilizado fundamentalmente colocando perguntas e respostas sobre temas relativos ao desenvolvimento do curso. Nesta área de Debate de equipa, apenas a formadora poderá publicar temas de debate. Em cada módulo/aula estará presente a formadora responsável na área de Debate de equipa durante cerca de uma hora, com vista a esclarecer possíveis dúvidas do formando.
  10. 10. 10 GUIÃO DE ATIVIDADES APRESENTAÇÃO E AMBIENTAÇÃO DAS AULAS DO CURSO A ambientação ao espaço virtual de aprendizagem, a plataforma de gestão de aprendizagem, é fundamental para a promoção do sucesso da ação de qualquer formação a distância. Nesta fase inicial é importante que o formando esteja familiarizado com o ambiente da plataforma, com as ferramentas e recursos que poderá utilizar e com a comunicação estabelecida com a formadora. Objetivos - Familiarizar o formando com a plataforma de formação Interna em TI da Intranet 2 e as suas ferramentas; - Interagir e comunicar com o formador, promovendo um ambiente pedagógico favorável à ação formativa; - Introduzir o formando à temática. Conteúdos Programáticos • Os conteúdos programáticos que irão ser publicados na plataforma serão os seguintes: Aula 1 – Introdução ao Microsoft Word 1 - O que é o Microsoft Word? 2 – Objetivos 3 – Manipulação - Botão do Office - Novo, abrir e guardar - Criar um novo documento - Livro em branco - Abrir um documento existente
  11. 11. 11 - Guardar um documento - Guardar como - Fechar o documento - Definição 4 – Edição de texto - Processamento de texto - Introdução de texto - Movimentação no documento - Seleção de texto - Selecionar todo o documento - Selecionar Múltiplos Blocos de texto - Eliminar texto - Edição de texto – copiar e mover texto - Anular-Refazer ações - Correção ortográfica e gramatical - Sugestões de erros de ortografia - Dicionário de sinónimos 5 – Ambiente de trabalho - Principais componentes da janela do Word - Descrição dos componentes - Frisos - Componentes básicos do friso - Funcionalidades do friso - Barra de ferramentas de acesso rápido - Impressão rápida - Comando Zoom - Modos de visualização - Barra de estado Aula 2 – Formatação de texto 1 - Objetivos
  12. 12. 12 2 - A formatação de texto - Formatação de caracteres - Fontes - Tamanho - Estilos - Realce - Cor - Formatação de parágrafos - Usar a Régua - Alinhamento - Justificar com a hifenização - Espaçamento entre linhas - Sombreado - Limites - Limites e sombreado - Limites de página - Aumentar – diminuir avanço - Ordenar - Mostrar-ocultar - Listas automáticas - Caixa de diálogo – parágrafo - Formatação direta com Menus Flutuantes 3 – Localizar e/ou substituir - Localizar 4 – Inserir símbolos especiais - Inserir símbolos 5 – Inserir equações - Inserir equações
  13. 13. 13 Aula 3 – Introdução de Elementos e Manipulação de Tabelas 1 – Introdução de elementos - Objetivos - Inserir folhas de rosto - Inserir página em branco - Inserir quebras de página - Inserir cabeçalhos e rodapés - Inserir números de página - Formatar números de página - Inserir notas de rodapé - Formatar notas de rodapé - Inserir Índice - Índice - Atualizar Índice 2 - Tabelas - Estrutura da tabela - Inserir tabela – hipótese A - Inserir tabela – hipótese B - Inserir tabela – hipótese C - Inserir tabela – hipótese D - Introdução de dados na tabela - Ferramentas da tabela - Selecionar elementos de uma tabela - Formatar tabelas Aula 4 – Introdução de objetos no Word 1 – Introdução de objetos no Word - Objetivos - Introdução de objetos
  14. 14. 14 - Definição - Imagem - Inserir Imagens - Formatar Imagens - Clipart do Office (versão MS Word 2007) - Clipart do Office (versão MS Word 2010 ou 2013) - Inserir formas geométricas - Inserir WordArt - Inserir SmartArt 2 - Legendas - Definição de legenda - Adicionar legendas a imagens - Adicionar legendas a tabelas - Inserir, editar e formatar legendas - Incluir número de capítulo - Atualizar legendas 3 - Paginação - Paginação do texto em colunas - Texto em mais do que duas colunas - Orientação - Margens - Configurar páginas 4 - Impressão - Imprimir documentos - Impressão rápida - Imprimir nas versões 2007, 2010 ou 2013 - Pré-visualizar - Impressão
  15. 15. 15 Atividades/tarefas As atividades, tarefas a desenvolver, são as que constam na plataforma de formação em TI, na Intranet2, relativa a cada aula do curso, na pasta “Exercícios-aulax”. Na pasta de Exercícios contam vários exercícios e desafios que cada formando deve executar e enviar o exercício-resposta em formato documento do Word 97-2003, por email, para o endereço de correio eletrónico da formadora, Dra. Maria Celina L. Rodrigues.
  16. 16. 1 CURSOS DE FORMAÇÃO GENERALISTA INTERNA EM TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO - 2015 CURSO “EXCEL PARA A GESTÃO” – MODALIDADE E-LEARNING MANUAL DE APOIO AO E-FORMANDO ÍNDICE - INTRODUÇÃO; - METODOLOGIA; - OBJETIVOS; - ESTRATÉGIAS; - METODOLOGIA DIDÁTICA; - FUNCIONAMENTO DA PLATAFORMA. INTRODUÇÃO Esta modalidade de cursos de formação E-Learning, surge com o objetivo de dar resposta formativa àqueles que, com experiência ou não, queiram adquirir conhecimentos teórico-práticos numa determinada área (especialidade), com o objetivo de responderem mais eficazmente aos desafios atuais do mercado de trabalho ou de, simplesmente, complementarem a sua formação atual para melhorar e se promoverem profissionalmente. Esta formação é baseada nos avanços da aprendizagem, adequada aos novos tempos e com as vantagens de adaptabilidade de horários, disponibilidade de conteúdos e sem custos. Pretende-se que os formandos conheçam a formação feita à sua medida, ou seja, o E-Learning. •Porquê a formação E-Learning? O E-Learning pode ser caracterizado como um sistema de formação profissional à distância, que utiliza a internet enquanto meio facilitador de participação num evento de aprendizagem, o que permite flexibilidade absoluta no tempo, lugar e ritmo de aprendizagem.
  17. 17. 2 É um tipo de aprendizagem na qual a informação e o material de estudo se encontram disponíveis na internet. Para aceder a esse material é apenas necessário um computador (ou outro equipamento com funções similares, por exemplo, um PDA), ligação à internet e software de navegação na Web. •Vantagens do E-Learning Segundo Cação & Dias, as vantagens que o E-Learning oferece aos seus utilizadores são as seguintes: - Facilidade de Acesso O E-Learning permite que o formando possa aceder ao conteúdo dos cursos, onde quer que ele se encontre, seja onde for. - No E-Learning, os conteúdos estão permanentemente disponíveis, podendo o formando aceder aos cursos à hora que lhe for mais conveniente. - Simplicidade de Utilização Frequentar um curso ou qualquer outra ação de formação através da Internet é algo extraordinariamente simples. - Para entrar no mundo do E-Learning basta possuir alguns conhecimentos essenciais de informática (saber usar um computador) e de internet (saber navegar). - Economia Uma das maiores vantagens do recurso ao E-Learning é a economia substancial de custos. De acordo com os dados mais recentes, a substituição do formador pela distribuição de conteúdos eletrónicos traduz-se numa economia de custos na ordem dos 50% a 70%. As empresas são as principais beneficiadas, porque reduzem drasticamente os encargos na deslocação – viagens e alojamento – de profissionais e formadores para ações que levam, por vezes, vários dias. Com o E-Learning os trabalhadores poderão aceder aos conteúdos dos cursos a partir do seu escritório ou num espaço determinado para o efeito, nas instalações da empresa. Desse modo diminui-se substancialmente o número de horas que não estão no local de trabalho, interrompendo as suas funções e os custos que isso implicaria para a produtividade da empresa. - Eficácia
  18. 18. 3 Um dos fatores mais relevantes, ao nível da eficácia, é a formação personalizada, que possibilita uma melhor aprendizagem dos conteúdos, por parte do formando. - Outro fator que contribui decisivamente para o aumento da eficácia é a autonomia. Com efeito, no E-Learning delega-se a responsabilidade no formando, uma vez que é ele quem define o seu próprio ritmo e método de estudo, em função das suas necessidades e disponibilidade. - Finalmente, o ensino é direcionado para o formando, que deixa de ser um participante meramente passivo. É ao formando que passam a caber tarefas tais como pesquisar informação ou organizar os materiais. - Atualização de Conteúdos O E-Learning utiliza sistemas de gestão de conteúdos que permitem a atualização da informação em qualquer momento, de forma rápida e simples. Desse modo, os materiais de ensino estão permanentemente atualizados, com a informação mais recente e com os conteúdos mais atuais. - Uniformidade Na formação presencial, a formação é conduzida por professores ou formadores que, por vezes, abordam o mesmo tema de uma forma que varia de acordo com cada um desses profissionais. Com o E-Learning esse problema não se coloca, uma vez que a distribuição do material de aprendizagem é feita de forma a assegurar a consistência da informação e a integridade dos conteúdos. A informação é distribuída com uniformidade, por todos os utilizadores, reduzindo-se assim as hipóteses de interpretações erradas. Outra garantia de uniformidade é o estabelecimento de regras para o desenvolvimento de conteúdos. - Interação e Interatividade Ao contrário daquilo que se possa pensar, o E-Learning não se resume a um conjunto de pessoas em frente ao computador, a frequentarem cursos, de forma isolada e sem qualquer contacto com outros formandos. Na verdade, a formação à distância via Internet proporciona um conjunto de interações entre os formandos, que, por vezes, ultrapassa largamente a interatividade da própria formação presencial.
  19. 19. 4 Por outro lado, ao serem criados grupos de formandos mais pequenos, essa interação vai desenvolver condições para um raciocínio mais crítico do que no chamado ensino presencial. As plataformas de E-Learning usadas incluem ferramentas destinadas a criar um ambiente interativo online, tais como os chats, onde os formandos podem dialogar uns com os outros em tempo real, através de mensagens escritas; os fóruns ou debates de opinião, onde são publicadas mensagens de formandos e formadores (por exemplo, com questões sobre determinadas matérias dos cursos); os emails e as salas de aula virtuais, que incluem vários dispositivos eletrónicos que simulam o ambiente de sala de aula no monitor do PC. A interatividade dos conteúdos é outro fator que contribui favoravelmente para uma maior eficácia do E-Learning. Para isso é fundamental o uso de conteúdos dinâmicos, com recursos multimédia, nomeadamente, animações Flash, registos áudio e vídeo e formulários interativos, entre outros. - Espírito de Comunidade A interação entre formandos contribui decisivamente para a criação de um espírito de comunidade, que distingue o E-Learning das outras modalidades de ensino. Ao longo da aprendizagem, os formandos criam laços entre eles que resultam do intercâmbio de experiências e troca de conhecimentos. Este espírito de comunidade valoriza o potencial pedagógico do E-Learning, uma vez que a retenção de experiências dos formandos e formadores permite o enriquecimento progressivo dos cursos e de toda a aprendizagem. - Desdramatização do erro Os formandos, que participam num curso online, encontram um “ambiente” isento de exposição e de risco, onde podem experimentar coisas novas e cometer erros sem o estigma da vergonha e do ridículo que sentiriam entre os pares. Esta característica é particularmente importante quando se tenta aprender capacidades.
  20. 20. 5 METODOLOGIA A DGAV sabe que a formação deve ser contínua, no sentido de adquirir ou atualizar conhecimentos, desenvolver a especialização ou para favorecer o desenvolvimento pessoal. A finalidade será sempre a de responder mais eficazmente aos desafios atuais e às exigências do mercado de trabalho. OBJETIVOS A DGAV propõe-se a: •Realizar e aplicar designs pedagógicos específicos para cada curso; •Facilitar, de uma forma simples e intuitiva, as ferramentas e tecnologias adaptadas à ação formativa; •Usar diferentes elementos multimédia, combinados ou não, para alcançar uma formação mais efetiva; •Facilitar o acesso a fontes de informação (motores de busca, documentos, links) que permitam ampliar conhecimentos; •Efetuar um acompanhamento personalizado pois a atenção personalizada através de especialistas é um elemento fundamental para o formando encontrar a motivação necessária para aprender; •Estimular o formando inexperiente na sua abordagem às novas tecnologias de um modo novo, eficaz e intuitivo; •Fomentar a sociabilidade da aprendizagem criando interação entre formandos e formador; •Possibilitar uma formação individualizada e personalizada; •Tornar possível a formação superando barreiras, tais como, meio rural, deficiências, coletivos desfavorecidos, etc; •Reduzir os custos, permitindo aos formandos investir na sua formação. ESTRATÉGIAS A DGAV conta com: •Profissional responsável pela conceção e desenvolvimento dos cursos; •Um acompanhamento personalizado da evolução dos formandos; •Um sistema de avaliação, que permite controlar o processo de aprendizagem do formando e avaliação do formador;
  21. 21. 6 •Uma metodologia diferente, capaz de integrar distintas teorias da aprendizagem, para que o aluno melhore o seu rendimento, atendendo às suas necessidades particulares e conhecimentos prévios. METODOLOGIA DIDÁTICA •O curso encontra-se dividido por aulas ou módulos que, por sua vez, poderão ou não estar divididos em sessões, num formato cumpridor dos standards internacionais de E-Learning. •As aulas ou módulos do curso são disponibilizados, na sua totalidade, na plataforma de Formação em TI da Intranet2, podendo o formando frequentar o curso desde o dia em que tem início até ao último dia de formação. •O formando pode aceder aos conteúdos do curso a qualquer hora do dia ou da noite, bem como aos fins de semana e feriados, em função da sua disponibilidade e disposição, tendo apenas como restrição o ter de terminar o curso até ao último dia de formação. •Este curso tem tutoria assíncrona e síncrona. Na tutoria online assíncrona o formando tem o apoio do formador responsável, que, de forma individualizada, responderá às suas questões ou esclarecerá as suas dúvidas através do envio de emails ou através de questões colocadas nas áreas de debate de opinião. Em alternativa, na tutoria online síncrona, e caso se justifique, se assim fôr implementado (por exemplo através do chat de Facebook ou Google+ (Google Plus), serão calendarizadas para cada aula, com duração de uma hora cada, nas quais serão esclarecidas todas as dúvidas que possam surgir após o estudo dos conteúdos de cada módulo. •Ao longo do período de funcionamento do curso, o formando tem a possibilidade de efetuar o download de todos os materiais de formação, elaborados pelo formador responsável, para os guardar no seu computador ou imprimir. FUNCIONAMENTO DA PLATAFORMA Acesso à Plataforma
  22. 22. 7 Para poder aceder ao curso são necessários alguns requisitos mínimos do equipamento informático: -Computador; -Ligação à Internet; -Conta de correio eletrónico. Num navegador, por exemplo Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox ou Google Chrome, deve-se introduzir o seguinte endereço para aceder á plataforma: https://intranet2.dgv.min-agricultura.pt e entrar com as credenciais de rede workgroupnome de utilizador de rede password de rede ou dgvnome de utilizador password de rede Deverá clicar no site da plataforma de Formação interna em TI, da Intranet2. A partir desse momento, ao clicar na seguinte hiperligação: http://intranet2/formacao/ELearning/Documentos%20Partilhados/Forms/AllIte ms.aspx terá acesso à página de acesso ao curso. Terá que clicar no menu “Cursos E-Learning” e na hiperligação “Página da área de Cursos de Formação Interna em TI – Modalidade E-Learning”. Imagem do site:
  23. 23. 8 O formando terá que clicar no curso em que se inscreveu (por exemplo no CURSO “EXCEL PARA A GESTÃO”) e assim poderá aceder aos conteúdos.
  24. 24. 9 Funcionamento diário da Plataforma Todas as dúvidas relativas ao curso podem ser colocadas através do envio de e-mails para a coordenadora e formadora Dra. Maria Celina Rodrigues. Fórum de Notícias/Debates de opinião É utilizado fundamentalmente colocando perguntas e respostas sobre temas relativos ao desenvolvimento do curso. Nesta área de Debate de equipa, apenas a formadora poderá publicar temas de debate. Em cada módulo/aula estará presente a formadora responsável na área de Debate de equipa durante cerca de uma hora, com vista a esclarecer possíveis dúvidas do formando. Caso seja utilizado este Fórum de Notícias/Debate de opinião que se encontra no site http://intranet2/formacao/ELearning/_layouts/viewlsts.aspx?BaseType=0&ListTe mplate=108 Neste fórum poderão ser colocadas questões relativas a este ou a outros cursos.
  25. 25. 10 GUIÃO DE ATIVIDADES APRESENTAÇÃO E AMBIENTAÇÃO DAS AULAS DO CURSO A ambientação ao espaço virtual de aprendizagem, a plataforma de gestão de aprendizagem, é fundamental para a promoção do sucesso da ação de qualquer formação a distância. Nesta fase inicial é importante que o formando esteja familiarizado com o ambiente da plataforma, com as ferramentas e recursos que poderá utilizar e com a comunicação estabelecida com a formadora. Objetivos - Familiarizar o formando com a plataforma de formação Interna em TI da Intranet 2 e as suas ferramentas; - Interagir e comunicar com o formador, promovendo um ambiente pedagógico favorável à ação formativa; - Introduzir o formando à temática. Conteúdos Programáticos • Os conteúdos programáticos que irão ser publicados na plataforma serão os seguintes: Aulas Disponíveis  Aula 1 - Operações Básicas – Revisão de Conceitos A primeira aula pretende relembrar conceitos básicos do Excel, sem os quais não poderão tirar o melhor partido desta ferramenta. No caso de este ser o primeiro contacto com o Excel, esta aula ajuda a compreender quais são as operações básicas.  Aula 2 - Introdução a Formulas e Funções. Funções Informativas e de Texto Até agora abordámos as funcionalidades básicas do Excel. Mas a verdadeira potencialidade desta ferramenta surge com a automatização de tarefas. Para isso, vamos ver como se utilizam funções e fórmulas. Antes de usarmos estas formas de automatização devemos perceber como funcionam as fórmulas e seus componentes.
  26. 26. 11 As primeiras funções a abordar serão as funções de informações, as funções de texto e as funções de data e hora.  Aula 3 - Funções de Matemática e Estatística. Funções de Lógica. Funções de Consulta e Referência Esta aula aborda as funções mais importantes do Excel. Iremos estudar as funções de matemática, estatística, lógica e consulta e referência. Para cada uma das funções vamos verificar que argumentos têm e como funcionam através de exemplos práticos.  Aula 4 - Funções Financeiras. Criação e Formatação de Gráficos. Operações com Tabelas. Filtros de Dados Esta aula compreende várias matérias. Primeiro iremos abordar as funções financeiras onde veremos como executar operações relacionadas com investimentos e empréstimos. Depois vamos abordar a matéria relativa à elaboração e formatação de gráficos. Na última parte desta aula iremos abordar tabelas e as suas operações e filtros a aplicar.  Aula 5 - Tabelas Dinâmicas. Análise de Hipóteses Nesta última aula iremos perceber como são criadas as tabelas dinâmicas e como podemos usufruir da sua facilidade de cruzamentos de dados. Por fim iremos abordar as ferramentas de análise de hipóteses (conceitos). Atividades/tarefas As atividades, tarefas a desenvolver, são as que constam na plataforma de formação em TI, na Intranet2, sob a forma de propostas de trabalho e exercícios, relativos a cada aula do curso. Na pasta de “Exercícios” contam vários exercícios e desafios que cada formando deve executar e enviar o exercício-resposta, por email, para o endereço de correio eletrónico da formadora, Dra. Maria Celina L. Rodrigues.
  27. 27. 1 CURSO PREZI – APRESENTAÇÕES DINÂMICAS Ação de formação Data de início (a realizar em 2014): __________ Localidade: On-line (Elearning) Total de horas: 16 horas Forma de organização predominante o Formação a distância - Elearning (turma) utilizando a plataforma Microsoft Sharepoint – Intranet2 Resumo do Conteúdo Programático o Módulo I. Princípios Básicos (3 Horas) o Módulo II. Design Prezi (3 Horas) o Módulo III. Criação de Apresentação (10 Horas) Condições de acesso o Ser funcionário da DGAV Habilitação mínima de acesso o Ensino Secundário completo Habilitações específicas o Todos os Profissionais que pretendam criar recursos didáticos dinâmicos e que tenham que realizar apresentações, palestras ou comunicações. o Habilitações mínimas ao nível do 12º ano. PRÉ-REQUISITOS Para frequentar este curso é necessário ter acesso a um computador com ligação à internet (preferencialmente de banda larga) É necessário ter um computador com um browser (programa para navegar na Web, de preferência o Internet Explorer, o Mozilla Firefox ou o Google Chrome); Este curso não exige qualquer conhecimento prévio do tema. Metodologia formativa o Formação em formato Elearning (totalmente a distância) com duração total de
  28. 28. 2 16h. o O e-formando pode aceder aos conteúdos do curso a qualquer hora do dia ou da noite, , em função da sua disponibilidade e disposição, tendo como restrição o cumprimento das atividades previstas ao longo do curso. o A formação decorrerá na plataforma de Formação em TI da Intranet2, cujas ferramentas possibilitarão o ambiente pedagógico favorável à formação a distância, através do Microsoft Sharepoint. o Ao longo do período de funcionamento do curso, o formando tem a possibilidade de efetuar o download de todos os materiais de formação, elaborados pela formadora responsável, para os guardar no seu computador ou imprimir. o O e-formador que desempenha um papel fundamental como facilitador e mediador da aprendizagem, pelo que prestará um acompanhamento ativo e permanente nas atividades propostas. O e-formador fornecerá feedback acerca das atividades e esclarecerá todas as questões até ao final do curso. o DOCUMENTAÇÃO DE APOIO À APRENDIZAGEM o Durante o curso serão disponibilizados, na plataforma, recursos documentais e de informação para consolidação da aprendizagem, no sentido de se conciliar a vertente teórica com exemplos práticos para os participantes poderem testar os conhecimentos adquiridos. Além disso, estão igualmente disponíveis na plataforma outros ficheiros com diversas das matérias abordadas no curso. Metodologia de avaliação o Avaliação Diagnóstica Permite avaliar o grau de conhecimentos e as competências dos formandos antes de iniciar o 1º módulo. o Avaliação Contínua A avaliação dos formandos prende-se com o desempenho dos mesmos ao longo da ação de formação. Trata-se de uma avaliação contínua, por módulos, em que o formando é avaliado de acordo com a realização das atividades propostas e de acordo com os seguintes princípios: Responsabilidade; Pontualidade; Assiduidade; Participação; Integração no Grupo; Domínio do assunto; Resultados Obtidos. o MÓDULOS DO CURSO: MÓDULO I – PRINCÍPIOS BÁSICOS (3 HORAS) MÓDULO II – DESIGN PREZI (3 HORAS) MÓDULO III – CRIAÇÃO DA APRESENTAÇÃO (10 HORAS) Objetivos Gerais: o Tem um projeto? Uma ideia? Vai realizar uma palestra, uma conferência ou um workshop e está farto(a) de utilizar o PowerPoint? Chegou a hora de inovar... com o PREZI! Saiba como criar apresentações dinâmicas que atraem a atenção do
  29. 29. 3 público. Torne a sua comunicação mais inspiradora. o Habilitar os formandos para a obtenção de uma ferramenta da web 2.0 de criação de apresentações dinâmicas. Objetivos Específicos: o No final da formação os e-formandos deverão ser capazes de: - Reconhecer o Prezi como uma ferramenta de apresentações dinâmicas; - Saber quais as principais características da ferramenta Prezi; - Criar uma conta em Prezi e utilizar as funcionalidades básicas; - Conceber e produzir apresentações dinâmicas em Prezi; - Apresentar o recurso criado em ambiente online. Certificação o É atribuído um Certificado de Formação Profissional conforme legislação em vigor. Duração o 16 horas Horário o Online FORMADORA: Dra. Maria Celina Lopes Rodrigues
  30. 30. 1 MANUAL DE APOIO AO E-FORMANDO Índice Introdução..................................................................................................................................... 1 Metodologia.................................................................................................................................. 5 Objectivos...................................................................................................................................... 5 Estratégias..................................................................................................................................... 5 Metodologia Didática.................................................................................................................... 6 Funcionamento da Plataforma...................................................................................................... 8 Introdução Esta modalidade de cursos de formação E-learning, surge com o objetivo de dar resposta formativa àqueles que, com experiência ou não, queiram adquirir conhecimentos teórico- práticos numa determinada área (especialidade), com o objetivo de responderem mais eficazmente aos desafios atuais do mercado de trabalho ou de, simplesmente, complementarem a sua formação atual para melhorar e se promoverem profissionalmente. Esta formação é baseada nos avanços da aprendizagem, adequada aos novos tempos e com as vantagens de adaptabilidade de horários, disponibilidade de conteúdos e sem custos. Conheça a formação feita à sua medida, ou seja, o E-learning. •Porquê a formação E-learning? O E-learning pode ser caracterizado como um sistema de formação profissional à distância, que utiliza a internet enquanto meio facilitador de participação num evento de aprendizagem, o que permite flexibilidade absoluta no tempo, lugar e ritmo de aprendizagem. É um tipo de aprendizagem na qual a informação e o material de estudo se encontram disponíveis na internet. Para aceder a esse material é apenas necessário um computador (ou outro equipamento com funções similares, por exemplo, um PDA), ligação à internet e software de navegação na Web.
  31. 31. 2 •Vantagens do E-learning Segundo Cação & Dias, as vantagens que o E-learning oferece aos seus utilizadores são as seguintes: - Facilidade de Acesso O E-learning permite que o formando possa aceder ao conteúdo dos cursos, onde quer que ele se encontre, seja onde for. - No E-learning, os conteúdos estão permanentemente disponíveis, podendo o formando aceder aos cursos à hora que lhe for mais conveniente. - Simplicidade de Utilização Frequentar um curso ou qualquer outra ação de formação através da Internet é algo extraordinariamente simples. - Para entrar no mundo do E-learning basta possuir alguns conhecimentos essenciais de informática (saber usar um computador) e de internet (saber navegar). - Economia Uma das maiores vantagens do recurso ao E-learning é a economia substancial de custos. De acordo com os dados mais recentes, a substituição do formador pela distribuição de conteúdos eletrónicos traduz-se numa economia de custos na ordem dos 50% a 70%. As empresas são as principais beneficiadas, porque reduzem drasticamente os encargos na deslocação – viagens e alojamento – de profissionais e formadores para ações que levam, por vezes, vários dias. Com o E-learning os trabalhadores poderão aceder aos conteúdos dos cursos a partir do seu escritório ou num espaço determinado para o efeito, nas instalações da empresa. Desse modo diminui-se substancialmente o número de horas que não estão no local de trabalho, interrompendo as suas funções e os custos que isso implicaria para a produtividade da empresa. - Eficácia Um dos fatores mais relevantes, ao nível da eficácia, é a formação personalizada, que possibilita uma melhor aprendizagem dos conteúdos, por parte do formando. - Outro fator que contribui decisivamente para o aumento da eficácia é a autonomia. Com efeito, no E-learning delega-se a responsabilidade no formando, uma vez que é ele quem define o seu próprio ritmo e método de estudo, em função das suas necessidades e disponibilidade.
  32. 32. 3 - Finalmente, o ensino é direcionado para o formando, que deixa de ser um participante meramente passivo. É ao formando que passam a caber tarefas tais como pesquisar informação ou organizar os materiais. - Atualização de Conteúdos O E-learning utiliza sistemas de gestão de conteúdos que permitem a atualização da informação em qualquer momento, de forma rápida e simples. Desse modo, os materiais de ensino estão permanentemente atualizados, com a informação mais recente e com os conteúdos mais atuais. - Uniformidade Na formação presencial, a formação é conduzida por professores ou formadores que, por vezes, abordam o mesmo tema de uma forma que varia de acordo com cada um desses profissionais. Com o E-learning esse problema não se coloca, uma vez que a distribuição do material de aprendizagem é feita de forma a assegurar a consistência da informação e a integridade dos conteúdos. A informação é distribuída com uniformidade, por todos os utilizadores, reduzindo-se assim as hipóteses de interpretações erradas. Outra garantia de uniformidade é o estabelecimento de regras para o desenvolvimento de conteúdos. - Interação e Interatividade Ao contrário daquilo que se possa pensar, o E-learning não se resume a um conjunto de pessoas em frente ao computador, a frequentarem cursos, de forma isolada e sem qualquer contacto com outros formandos. Na verdade, a formação à distância via Internet proporciona um conjunto de interações entre os formandos, que, por vezes, ultrapassa largamente a interatividade da própria formação presencial. Por outro lado, ao serem criados grupos de formandos mais pequenos, essa interação vai desenvolver condições para um raciocínio mais crítico do que no chamado ensino presencial. As plataformas de E-learning usadas incluem ferramentas destinadas a criar um ambiente interativo online, tais como os chats, onde os formandos podem dialogar uns com os outros em tempo real, através de mensagens escritas; os fóruns ou debates de opinião, onde são publicadas mensagens de formandos e formadores (por exemplo, com questões sobre determinadas matérias dos cursos); os e-mails e as salas de aula virtuais, que incluem vários dispositivos eletrónicos que simulam o ambiente de sala de aula no monitor do PC.
  33. 33. 4 A interatividade dos conteúdos é outro fator que contribui favoravelmente para uma maior eficácia do E-learning. Para isso é fundamental o uso de conteúdos dinâmicos, com recursos multimédia, nomeadamente, animações flash, registos áudio e vídeo e formulários interativos, entre outros. - Espírito de Comunidade A interação entre formandos contribui decisivamente para a criação de um espírito de comunidade, que distingue o E-learning das outras modalidades de ensino. Ao longo da aprendizagem, os formandos criam laços entre eles que resultam do intercâmbio de experiências e troca de conhecimentos. Este espírito de comunidade valoriza o potencial pedagógico do E-learning, uma vez que a retenção de experiências dos formandos e formadores permite o enriquecimento progressivo dos cursos e de toda a aprendizagem. - Desdramatização do erro Os formandos, que participam num curso online, en o t a u a ie te isento de exposição e de risco, onde podem experimentar coisas novas e cometer erros sem o estigma da vergonha e do ridículo que sentiriam entre os pares. Esta característica é particularmente importante quando se tenta aprender capacidades, tais como liderança e tomadas de decisão.
  34. 34. 5 Metodologia A DGAV sabe que a formação deve ser contínua, no sentido de adquirir ou atualizar conhecimentos, desenvolver a especialização ou para favorecer o desenvolvimento pessoal. A finalidade será sempre a de responder mais eficazmente aos desafios atuais e às exigências do mercado de trabalho. Objetivos A DGAV propõe-se a: •Realiza e apli a desig s pedagógi os espe ífi os pa a ada u so; •Fa ilita , de u a fo a si ples e i tuitiva, as ferramentas e tecnologias adaptadas à ação formativa; •Usar diferentes elementos multimédia, combinados ou não, para alcançar uma formação mais efetiva; •Fa ilita o a esso a fo tes de i fo ação (glossários, motores de busca, documentos, links) que permitam ampliar conhecimentos; •Efetuar um acompanhamento personalizado pois a atenção personalizada através de especialistas é um elemento fundamental para o formando encontrar a motivação necessária para aprender; •Esti ula o fo a do i expe iente na sua abordagem às novas tecnologias de um modo novo, eficaz e intuitivo; •Fo e ta a so ia ilidade da aprendizagem criando interação entre formandos e formadores; •Possi ilita u a fo ação i dividualizada e pe so alizada; •To a possível a fo ação supe a do arreiras, tais como, meio rural, deficiências, coletivos desfavorecidos, etc; •Reduzi os ustos, pe iti do aos fo a dos i vesti a sua fo ação. Estratégias A DGAV conta com: •Profissional responsável pela conceção e desenvolvimento dos cursos;
  35. 35. 6 •U a o pa ha e to personalizado da evolução dos formandos; •U siste a de avaliação, ue permite controlar o processo de aprendizagem do formando e avaliação do formador; •U a etodologia dife e te, apaz de integrar distintas teorias da aprendizagem, para que o aluno melhore o seu rendimento, atendendo às suas necessidades particulares e conhecimentos prévios. Metodologia Didática •O u so e o t a-se dividido por módulos que, por sua vez, poderão ou não estar divididos em sessões, num formato cumpridor dos standards internacionais de E-learning. •Os ódulos do u so são dispo i ilizados, na sua totalidade, na plataforma de Formação em TI da Intranet2, podendo o formando frequentar o curso desde o dia em que tem início até ao último dia de formação. •O fo a do pode a eder aos conteúdos do curso a qualquer hora do dia ou da noite, bem como aos fins-de-semana e feriados, em função da sua disponibilidade e disposição, tendo apenas como restrição o ter de terminar o curso até ao último dia de formação. •Este u so te tuto ia assíncrona e síncrona. Na tutoria online assíncrona o formando tem o apoio do formador responsável, que, de forma individualizada, responderá às suas questões ou esclarecerá as suas dúvidas através do envio de emails. Na tutoria online síncrona (por exemplo através do chat de Facebook ou Google+ (Google Plus), serão calendarizadas para cada módulo sessões, com duração de uma hora cada, nas quais serão esclarecidas todas as dúvidas que possam surgir após o estudo dos conteúdos de cada módulo. •Ao lo go do período de funcionamento do curso, o formando tem a possibilidade de efetuar o download de todos os materiais de formação, elaborados pelo tutor/formador responsável, para os guardar no seu computador ou imprimir. Sessão Síncrona – Dia X das X horas às X horas Caso seja necessário, o formador poderá solicitar ao grupo de 6 formandos que utilizem o chat ou o debate de opinião, através de sessão síncrona de 1h. (em data e hora a combinar).
  36. 36. 7 Atividades Assíncronas - Fórum: A Formação a Distância do Segundo Milénio Materiais para Auto Estudo Apresentação Multimédia Textos de Apoio Ligações de Apoio Exercícios de Auto Avaliação
  37. 37. 8 Funcionamento da Plataforma Acesso à Plataforma Para poder aceder ao curso são necessários alguns requisitos mínimos do equipamento informático: -Computador -Ligação à Internet -Conta de correio eletrónico Num navegador, por exemplo Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox ou Google Chrome, deve-se introduzir o seguinte endereço para aceder á plataforma: https://intranet2.dgv.min-agricultura.pt e entrar com as suas credenciais de rede: WORKGROUPnome de utilizador de rede password de rede ou DGVnome de utilizador password de rede Deverá clicar no site da plataforma de Formação interna em TI, da Intranet2. A partir desse momento, ao clicar na seguinte hiperligação: http://intranet2/formacao/ELearning/Documentos%20Partilhados/Forms/AllItems.aspx terá acesso à página de acesso ao curso.
  38. 38. 9 Te á ue li a o e u Cu sos ELea i g e a hipe ligação Pági a da á ea de Cu sos de Formação Interna em TI – Modalidade ELea i g . Imagem do site: O formando terá que clicar no curso em que se inscreveu (por exemplo no CURSO DE FERRAMENTAS WEB 2.0 NA CLOUD) e assim poderá aceder aos conteúdos e recursos pedagógicos.
  39. 39. 10 Funcionamento diário da Plataforma Todas as dúvidas relativas ao curso podem ser colocadas através da área de Debate de equipa na Plataforma localizada na seguinte página: http://intranet2/formacao/ELearning/Lists/Debate%20de%20Equipa/AllItems.aspx ou através do envio de e-mails para a formadora Dra. Maria Celina Rodrigues. Fórum de Notícias/Debates de opinião É utilizado fundamentalmente colocando perguntas e respostas sobre temas relativos ao desenvolvimento do curso. Nesta área de Debate de equipa, apenas os formadores podem publicar temas de debate. Acesso ao Chat Em cada módulo, poderá ser calendarizada com o formador, uma sessão em chat ou uma sessão na área de debate de opinião, com a duração de cerca de uma hora, com vista a esclarecer possíveis dúvidas do(s) formando(s). Para aceder a uma sessão de Chat será dada indicação via email de como aceder ao Chat do Facebook ou do Google+ (Google Plus).
  40. 40. 11 O Software de Chat a utilizar será o do Facebook ou do Google+. Caso seja solicitado, aos formandos poderão enviar as respostas aos exercícios propostos, via email, para a conta de correio eletrónico da formadora.

×