Palestra holding familiar Sincor-SC

998 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
998
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra holding familiar Sincor-SC

  1. 1. 1Holding Familiar:Planejamento Sucessório paraCorretoras de Seguros.Sincor-SC - 2013
  2. 2. Apresentação:João Alberto TeixeiraJoão Alberto TeixeiraSócio-Diretor da Almada & Teixeira Desenvolvimento Profissional.Sócio-Diretor da Hold Gestão Patrimonial. Consultor e Palestrante emSucessão Familiar e Governança Corporativa. Professor de GovernançaCorporativa e Direito Empresarial. Instrutor de Cursos pelaFenacon/Sebrae Nacional sobre o Simples Nacional e o MicroEmpreendedor Individual. Colaborador em Empresas de Consultoria deGrande Porte, como: IOB Thomson e Terco Grant Thornton Auditoria.Cursando MBA na FGV-GVLaw em Direito Empresarial. CursandoCiências Contábeis no Centro Universitário de Maringá - Cesumar (EAD).Formado em Direito pela Faculdade de Direito da Alta Paulista - FADAP.Membro da Academia Brasileira de Direito Tributário – ABDT; Membro doInstituto Brasileiro de Executivos de Finanças – IBEF e Membro do InstitutoBrasileiro de Direito Empresarial - IBRADEMP.2
  3. 3. Objetivo do Nosso Encontro:1. Planejamento Sucessório para as Corretoras deSeguros.2. As Etapas e as Ferramentas do PlanejamentoSucessório e3. Governança Corporativa = Profissionalização.3
  4. 4. Estatísticas:Contexto atual das empresas no cenário brasileiro: 99% são Microempresas (ME) e Empresas Pequeno Porte(EPP).(Fonte: Sebrae Nacional); Entre 80% a 90% são Empresas Familiares.(Fonte: Sebrae Nacional).4
  5. 5. Dados sobre Sucessão:De cada 100 Empresas Familiares:- 30% SEGUNDA GERAÇÃO;- 15% TERCEIRA GERAÇÃO e- 04% QUARTA GERAÇÃO.Dados sobre Mortalidade:- 58% Não atingem 05 anos de sobrevivência e- 65% Empresas familiares: rupturas por brigas.(Fonte: Sebrae Nacional).5
  6. 6. PLANEJAMENTO SUCESSÓRIO:Conceito:A sucessão em Grupos Familiares é apassagem complexa envolvendo a Tríade:FAMÍLIA PROPRIEDADE E EMPRESA, comotambém, as questões pessoais (emocionais) eprofissionais (culturais).6
  7. 7. PLANEJAMENTO SUCESSÓRIO:O momento ideal:Inicia-se desde o começo de uma sociedademercantil e/ou conjugal. Não tem um valorpatrimonial, como regra. A sucessão é umprocesso de transição gradativa.O planejamento sucessório depende da posturado empresário (patriarca), pois o preparo dasucessão não exclui a participação do mesmo.O sucessor ter experiência e conhecimentosobre a família e o negócio é fundamental. 7
  8. 8. PLANEJAMENTO SUCESSÓRIO:Finalidades:O desafio de conciliar os conflitos de interesses pessoais eprofissionais na transição para a passagem do poder de controle,buscando questionar e prevenir as dificuldades e principalmente facilitara sucessão e preservação do patrimônio.Possibilitar o ingresso de outros sócios ou herdeiros:DIFERENÇA: HERDEIRO E SUCESSOR: Para a escolha dosucessor é necessário que ele tenha experiência e conhecimento sobrea família e o negócio.Buscar o controle dos acontecimentos: questionar e prevenir asdificuldades e conflitos de interesses.8
  9. 9. Primeira Etapa: As primeiras reuniõesfamiliares;Segunda Etapa: Diagnóstico e aTerceira Etapa: Processo dereestruturação societária e a implantaçãodas boas práticas de governançacorporativa.9
  10. 10. As ferramentas aplicáveis:1. Holding Familiar;2. Acordo de Quotistas e3. Testamento: opcional.10
  11. 11. IBGC: Instituto Brasileiro GovernançaCorporativa – www.ibgc.org.brConheçam o Código das melhorespráticas de Governança Corporativas nobrasil. (download no site).11
  12. 12. Transparência - Eqüidade - Prestação de Contas -Responsabilidade CorporativaAss.deSóciosConselhodeAdm.DiretoriaExecutivaCons.ConsultivoPráticasPilares daGovernançaCorporativaPrincípiosBásicosPrincípios, pilares e práticas:AuditoriaIndep. 12
  13. 13. Razões para o planejamento sucessório:1 – Ajustes de interesses entre os patriarcas e os herdeiros, com oobjetivo de equalização das quotas nas empresas do grupo familiar ;2 - Preparar em vida a sucessão e a continuidade das empresas,evitando-se a quebra, permitindo-se a continuidade e a gestão do controle,bem como os custos e o tempo necessário ao processo de inventário;3 – Segregação do patrimônio empresarial e familiar face a terceiros e4 – Preparar o grupo econômico para a implantação das boas práticasde governança corporativa - Profissionalização.13
  14. 14. Nosso muito obrigado !- Inicialmente obrigado à Deus pela oportunidade da vida;- A todos presentes pela paciência e voto de confiança;- Diretoria e Colaboradores pela Organização do Sincor-SC.Sucesso e um Grande Abraço.14
  15. 15. Conheça as soluções que poderemosdesenvolver para a sua empresa.Contato:ALMADA & TEIXEIRA DESENVOLVIMENTOPROFISSIONALHOLD GESTÃO PATRIMONIALwww.holdingprotecaopatrimonial.com.brJoão Alberto Teixeirateixeira@almadateixeira.com.br --- Skype: teixeirajob(14) 3496 – 2485 --- (14) 3441 – 7120 --- (14) 9682 - 231215

×