Tema: Educação
Lúdica
Universidade Anhanguera-Leme
Curso: Pedagogia
Disciplina: Educação Lúdica
• Amanda Ap. A. dos Santos RA: 6785363612
• Gise...
ATIVIDADES PRÁTICAS
SUPERVISIONADAS
Professora de Ensino à Distância (EAD)
Tutora à distância/presencial: Priscila Malachi...
- A obra de Pieter Brueghel
O que podemos observar que são brincadeiras que
até hoje existe, certo que é muito ausente que...
- Brincadeira de antigamente;
Bolinha de Gude:
Bolinhas de gude é um jogo antigo, foram os romanos que
popularizaram a bri...
Jogo de Queimada
Jogo de queimada é um jogo esportivo muito usado como
brincadeira infantil. O material utilizado é a bola...
Análise sobre as imagens de brincadeiras
Podemos analisar nas imagens que as brincadeiras de
antigamente eram saudáveis e ...
1- Brincadeira de Bambolê
2- Maria Cadeira Parte inferior do formulário
3- Galinha Cega
4- Jogo de Guerra
5- O Chefe Mandou
Brincadeiras atuais São os chamados jogos-on-line, jogo
eletrônico jogado pela internet, onde em jogador com o
computador ...
Pula sela
• O que é: também conhecida como pula-mula, nessa
brincadeira as crianças devem saltar sobre um colega
fazendo p...
• Como brincar: escolham quem será a mãe da mula. Ela,
por sua vez, deve escolher quem será a mula. O
escolhido deve abaix...
a- Brincar, além de proporcionar prazer para as crianças
acalma e ensina como partilhar, tolerar, compreender e se
comport...
b- O ato de brincar é uma chance que a criança tem de
experimentar uma noção da realidade num ambiente mais
ou menos contr...
C- É brincando que a criança pequena elabora
progressivamente o luto pela perda relativa dos cuidados
maternos, assim como...
O movimento e as mudanças da percepção resultantes
essencialmente da mobilidade física das crianças relação
com os objetos...
Estas categorias de experiências podem ser agrupadas em
quatro modalidades básicas de brincar:
• O brincar tradicional, é ...
O brincar de construção, é quando a criança usa a
criatividade seja com blocos, tampinhas, latinhas etc.
O brincar educati...
- Brincadeiras de bebê
Foram selecionadas algumas brincadeiras que pode ser
feita com bebê;
Por e tirar objetos : Sentar o...
Telefone : para estimular a fala, os brinquedos que imitam
telefone são os melhores. Pegue um telefone de verdade e
peça p...
Serra-serra: o bebê ganha abdominal para sentar mais
rapidamente. A visão melhora a cada dia, e com dois ou
três meses, o ...
Banho: agite suavemente os pezinhos do bebê na água do
banho, segurando com firmeza seu corpo. É uma fórmula
de estimular ...
O faz de conta
Essa atividade enriquece a identidade da criança porque
ela experimenta outra forma de ser e de pensar, amp...
Atividades práticas supervisionadas 1
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atividades práticas supervisionadas 1

234 visualizações

Publicada em

Atps

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
234
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividades práticas supervisionadas 1

  1. 1. Tema: Educação Lúdica
  2. 2. Universidade Anhanguera-Leme Curso: Pedagogia Disciplina: Educação Lúdica • Amanda Ap. A. dos Santos RA: 6785363612 • Gisele Converso RA: 6955452296 • Lilian Silva RA: 6377220927 • Raquel B.da Silva C. de Araújo RA: 7565600886 • Valdirene Donizeti de C. Bilato RA: 6942011687
  3. 3. ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Professora de Ensino à Distância (EAD) Tutora à distância/presencial: Priscila Malachias Barros  Leme/2014
  4. 4. - A obra de Pieter Brueghel O que podemos observar que são brincadeiras que até hoje existe, certo que é muito ausente que vemos crianças brincando com esta brincadeira , pois a família não se interage, já que o cotidiano dos pais é exaustivo, e para as crianças o que resta são entretenimentos tecnológicas para ficar no lugar da família, é desta forma que a sociedade vai se construindo, sem prazer do brincar, como acima nas imagens como bambolê, pula criança, três Marias e adivinha o que é. Podemos observar que é um meio de se ter transformação para o melhor conforto mas sem esquecer suas origens, valores e o prazer de estar entre amigos.
  5. 5. - Brincadeira de antigamente; Bolinha de Gude: Bolinhas de gude é um jogo antigo, foram os romanos que popularizaram a brincadeira. Foram citadas nas obras de Shakespeare e foram retratadas pelo pinto Pieter Brueghel. Inicialmente foram feitas de pedra, madeira, argila e no século XV começaram a serem feitas de vidro.
  6. 6. Jogo de Queimada Jogo de queimada é um jogo esportivo muito usado como brincadeira infantil. O material utilizado é a bola de vôlei, de tamanho médio. O local deve ser plano e de forma retangular marcado por linha, o tamanho do terreno pode variar conforme o número de jogadores.
  7. 7. Análise sobre as imagens de brincadeiras Podemos analisar nas imagens que as brincadeiras de antigamente eram saudáveis e não agressivas. A queimada é um jogo onde se trabalha motora, pois tem que se movimentar muito e se trabalhar em equipe. Com a bolinha de gude se trabalha o desenvolvimento social e mental. Os jogos de antigamente são menos apelativos e de fácil vôlei, de tamanho médio. O local deve ser plano e de forma retangular marcado por linha, o tamanho do terreno pode variar conforme o número de jogadores.
  8. 8. 1- Brincadeira de Bambolê 2- Maria Cadeira Parte inferior do formulário 3- Galinha Cega 4- Jogo de Guerra 5- O Chefe Mandou
  9. 9. Brincadeiras atuais São os chamados jogos-on-line, jogo eletrônico jogado pela internet, onde em jogador com o computador ou vídeo game conectado á rede pode jogar com outros sem que ambos precisam estar no mesmo ambiente, sem sair de casa. Atualmente alguns fatores dificultam sua disseminação: o alto preço da conexão de banda larga e das mensalidades que muitos jogos exigem.
  10. 10. Pula sela • O que é: também conhecida como pula-mula, nessa brincadeira as crianças devem saltar sobre um colega fazendo poses diferentes. • Participantes: no mínimo Três pessoas.
  11. 11. • Como brincar: escolham quem será a mãe da mula. Ela, por sua vez, deve escolher quem será a mula. O escolhido deve abaixar as costas, apoiando com força as mãos nos joelhos. Se as crianças forem muito pequenas, a mula pode ficar ajoelhada de quatro no chão. A mãe salta sobre a mula, apoiando as mãos nas costas do amigo. Essa pessoa pode determinar como será o salto e os outros imitam o que ela faz. Se gritar bife, significa que as mãos devem ficar abertas. Batatinha é para todos pularem com a mão fechada. Garra de gavião, a ponta dos dedos finca sobre a sela. Vale também inventar novas posições. Quem errar é a próxima mula. E quem era a mula será a mãe. • Benefícios: desenvolvimento do equilíbrio, coordenação motora, força muscular, agilidade e habilidade para lidar com regras.
  12. 12. a- Brincar, além de proporcionar prazer para as crianças acalma e ensina como partilhar, tolerar, compreender e se comportar diante de outros seres humanos. E assim ela vai aprendendo novas brincadeiras e aumentando suas potencialidades e também o seu processo cognitivo, formando conexões normais que serão de extrema importância em seu desenvolvimento mental futuro.
  13. 13. b- O ato de brincar é uma chance que a criança tem de experimentar uma noção da realidade num ambiente mais ou menos controlado e seguro. Ao brincar de casinha, bonecas e outras coisas ligadas á família e ao lar, por exemplo, as meninas podem experimentar o que é ser mãe. Sem que, nesse processo, ela esteja sujeita as enormes posições sociais.
  14. 14. C- É brincando que a criança pequena elabora progressivamente o luto pela perda relativa dos cuidados maternos, assim como encontra forças e descobre estratégias para enfrentar o desafio de agir e pensar assumindo a responsabilidade por seus atos. Constitui preciosa ferramenta de que dispõe para aprender a viver.
  15. 15. O movimento e as mudanças da percepção resultantes essencialmente da mobilidade física das crianças relação com os objetos e suas propriedades físicas assim como a combinação e associação entre ele. A linguagem oral e gestual que oferecem vários níveis de organização a serem utilizados para brincar; os conteúdos sociais, como papéis, situações, valores e atitudes que se referem à forma como o universo social se constroem. O Brincar Social: reflete o grau no quais as crianças interagem umas com as outras. O Brincar Cognitivo: revela o nível de desenvolvimento mental da criança.
  16. 16. Estas categorias de experiências podem ser agrupadas em quatro modalidades básicas de brincar: • O brincar tradicional, é as brincadeira que ele aprendem desde pequenos. Exemplo: Pular corda, Peteca, jogar bola etc. • O brincar de faz-de-conta, é quando a criança finge que é um médico, uma cozinheira fazendo comida etc.
  17. 17. O brincar de construção, é quando a criança usa a criatividade seja com blocos, tampinhas, latinhas etc. O brincar educativo, é quando a criança tem que pensar como um quebra cabeça e etc.
  18. 18. - Brincadeiras de bebê Foram selecionadas algumas brincadeiras que pode ser feita com bebê; Por e tirar objetos : Sentar o bebê no chão e coloque na frente dela latas, caixas etc.. Ela vai praticar o ato de pôr e tirar.
  19. 19. Telefone : para estimular a fala, os brinquedos que imitam telefone são os melhores. Pegue um telefone de verdade e peça para o pequeno conversar com a gente usando o dele. Circuito com os pneus: este desafio impõe obstáculos, exige força e concentração dos bebês para vencer os circuitos.
  20. 20. Serra-serra: o bebê ganha abdominal para sentar mais rapidamente. A visão melhora a cada dia, e com dois ou três meses, o nenê já é capaz de enxergar cores. Colocar em suas mãozinhas uma bola de tecido de cores vibrantes faz com que ele desenvolva o tato e a visão.
  21. 21. Banho: agite suavemente os pezinhos do bebê na água do banho, segurando com firmeza seu corpo. É uma fórmula de estimular o tato.
  22. 22. O faz de conta Essa atividade enriquece a identidade da criança porque ela experimenta outra forma de ser e de pensar, amplia suas concepções sobre as coisas e as pessoas .Pelo faz de conta a criança pode reviver situações que lhe causam excitação, alegria, fortes emoções muitas vezes difíceis de suportar. É na brincadeira do faz de conta que vai destacar dois polos. O brincar e o simular que segundo Piaget o brincar de faz de conta esta vinculado ao como se, ou seja, a criança tendo como suporte apenas alguns objetos para brincar, imitar as ações de um motorista de ônibus, ou imitar o som da buzina de um carro. Segundo Vygostsky, quando a criança brinca de faz de conta ela desenvolve competências que estão acima de seu comportamento diário. Pois para brincar de faz de conta permite um equilíbrio entre o mundo real e o mundo simbólico.

×