Ficha de trabalho nâº7

112 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
112
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ficha de trabalho nâº7

  1. 1. Ficha nº 7 André Rocha nº4 / 12ºA1 Enumera alguns processos de cognição social.A cognição social é uma forma de conhecimento e de relação com o mundosocial. Assim, há quatro processos de cognição social: as impressões, asexpectativas, as atitudes e as representações sociais.2 Define impressões.Uma impressão consiste no processo de integração de uma pessoa numacategoria a partir dos dados que obtemos num primeiro contacto ou dasinformações que nos são fornecidas por outros.3 Qual é a relação entre impressão e categorização.A categorização que provém da formação de impressões facilita e orienta onosso comportamento, fazendo mesmo com que criemos determinadasexpectativas em relação à pessoa, que encaixam na sua categoria.4 Explica como se formam as impressões.Para criarmos uma impressão acerca de outra pessoa, não necessitamos, emgeral, de muita informação.A informação pode obter-se de forma directa, através da interacção,observando o comportamento verbal e não verbal, e de forma indirecta, como,por exemplo, através do “ouvir dizer”. Contudo, frequentemente, basta-nospercepcionar pequenos indícios do seu comportamento para rapidamente nossentirmos em condições de podermos fazer juízos acerca de uma série deatributos que, supostamente, caracterizam essa pessoa. O facto de não termosobservado realmente qualquer desses atributos em nada abala a nossaconvicção. E, apesar de uma pessoa poder relevar características diferentes,ou mesmo contraditórias, não hesitamos em criar dela uma impressãounificada.5 Porque é que as primeiras impressões são tão importantes.As primeiras impressões são extremamente determinantes para o desenrolarde uma relação pessoal, do mesmo modo que permitem a emissão de juízosde valor muitas vezes precipitados. Por outro lado, as primeiras impressõessão essencialmente influenciadas pela primeira informação que obtemos dapessoa.Embora possa parecer estranho, as primeiras impressões têm um carácterbastante persuasivo e tendem a manter-se inabaláveis durante muito tempo.Assim, uma das características das primeiras impressões é a suapersistência.
  2. 2. 6 O que entendes por expectativas?É o modo de categorizar as pessoas através dos indícios e das informações,prevendo o seu comportamento e as suas atitudes. As expectativas tambémsão mútuas, ou seja a outra pessoa com quem interagimos tambémdesenvolve expectativas em relação a nós.7 Na formação das expectativas estão envolvidas a indução e adedução. Explica.Na formação das expectativas através do qual catalogamos as pessoasconsoante as suas características essenciais estão envolvidos os processos deindução e dedução. Pela indução passamos da percepção das característicaspara a categorização delas e pela dedução conseguimos encontrar novascaracterísticas para a pessoa, tendo em conta a sua categoria social. É peladedução que formamos expectativas acerca de outrem que são marcadaspelos valores, atitudes, crenças, história pessoal e contexto social.8 De que forma se relacionam as expectativas com o estatutoe o papel?Estatuto e papel são dois conceitos complementares e dependentes dasexpectativas sociais criadas para determinada categoria social ou profissional.Em função do estatuto de determinada pessoa, habitualmente decorrente dasua profissão, esta espera que os outros tenham determinadoscomportamentos e atitudes para consigo (os seus direitos). Da mesma forma,os outros esperam que ela tenha determinados comportamentos e atitudes, istoé, desempenhe um papel (os seus deveres).9 Explica o processo de auto-realização das profecias.O processo de auto-realização das profecias caracteriza-se pela realização dasexpectativas que se têm acerca de um determinado assunto ou pessoa. Assim,as consequências advêm do processo de profecia, portanto as expectativasacabam por influenciar em grande escala o comportamento das partesenvolvidas.10 Define atitude.Uma atitude é uma tendência para responder a um objecto social – situação,pessoa, grupo, acontecimento – de modo favorável ou desfavorável. A atitudenão é, portanto, um comportamento, mas uma predisposição, uma tendênciarelativamente estável para uma pessoa se comportar de determinada maneira.É uma tomada de posição intencional de um indivíduo face a um objecto social.
  3. 3. 11 Identifica as três componentes das atitudes.As três componentes das atitudes são: acomponente cognitiva, a componenteafectiva e a componente comportamental.12 De que forma as atitudes se relacionam com o comportamento?As atitudes não são directamente observáveis: inferem-se doscomportamentos. Também é possível, a partir de um comportamento, inferir aatitude que esteve na sua origem. De igual modo, se conhecermos a atitude deuma pessoa face a uma situação ou acontecimento, podemos prever o seucomportamento. Portanto, as atitudes são o suporte intencional de grande partedos nossos comportamentos.13 Explica como se formam e como mudam as atitudes.As atitudes não nascem connosco, formam-se e aprendem-se no processo desocialização, no meio social onde estamos inseridos. São vários os agentessociais responsáveis pela formação das atitudes: os pais e a família, a escola,o grupo de pares e os meios de comunicação. Os parentes mais próximosexercem um papel fundamental na formação das primeiras atitudes nascrianças. São modelos que estas imitam e com as quais se procuramidentificar. A educação escolar desempenha um papel central na formaçãodas atitudes. Na adolescência, tem particular relevo o grupo de pares, isto é,os indivíduos com idade aproximada com que os jovens contactam maisfrequentemente. Actualmente, os meios de comunicação têm grandeimportância na formação de novas atitudes ou no reforço das que já existem:a publicidade, as telenovelas, os filmes, são meios poderosos pela influênciaque exercem sobre o modo como se encara o que acontece no mundo, asrelações interpessoais, os gostos e as preferências, a ocupação dos temposlivres, o trabalho, etc. É através da observação, identificação e imitação dosmodelos (pais, professores, pares, figuras dos meios de comunicação social,etc.) que se aprendem, que se formam as atitudes. Esta aprendizagem ocorreao longo da vida, mas tem particular prevalência na infância e naadolescência. Tal não significa que depois destas idades as atitudes nãopossam mudar. Há contudo, uma tendência para a estabilidade das atitudes.Mas apesar da relativa estabilidade das atitudes, estas podem mudar aolongo da vida. Acontecimentos extraordinários, impressionantes, podemresultar em modificações nas nossas atitudes. As experiências vividas por nóspodem conduzir à alteração das atitudes.
  4. 4. 14 Em que consiste a dissonância cognitiva?A dissonância cognitiva é um sentimento desagradável que pode ocorrerquando uma pessoa sustenta duas atitudes que se opõem, quando estãopresentes duas cognições que não se adequam ou duas componentes deatitude que se contradizem. Por exemplo, a pessoa que defende ocumprimento das obrigações fiscais, mas que se esquiva ao pagamento dosimpostos, tende a passar situações angustiantes e inconsistentes.15 Define representação socialA representação social é o conjunto das crenças, das convicções resultantesda interacção social e que são partilhadas pelos indivíduos de umadeterminada sociedade. Corresponde, no fundo, ao conhecimento do sensocomum16 Descreve os processos que estão na base da formação dasrepresentações sociais.Os dois processos são a objectivação e a ancoragem. A objectivação é umprocesso de simplificação da realidade em que alguns aspectos sãovalorizados e outros rejeitados. A ancoragem corresponde à assimilação dasnovas representações que são integradas nas que o indivíduo já possui.17 Quais são as principais funções das representações sociais?As principais funções das representações sociais são a função de saber, a função deorientação, a função identitária e a função de justificação.

×