Ligações químicas

5.949 visualizações

Publicada em

Este texto em ppt é destinado aos alunos dos 2 anos A e B do Colégio Seletivo de Tupã.

Publicada em: Educação, Tecnologia, Esportes
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.949
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
249
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ligações químicas

  1. 1. Ligações Químicas
  2. 3. Na natureza, as substâncias buscam um estado energético mais estável, ou seja, de menor energia
  3. 4. Definições <ul><li>Estado Natural dos Átomos: encontrados na natureza combinados de modo a adquirir maior estabilidade. </li></ul><ul><li>Estabilidade química: precisam completar o octeto, perdendo ou ganhando elétrons. </li></ul><ul><li>Camada de Valência: a última camada do átomo. </li></ul>
  4. 5. Regra do Octeto <ul><li>Descrição: O átomo adquire estabilidade ao completar oito elétrons camada de valência, imitando os gases nobres. Por Exemplo o Ne (Z=10) </li></ul><ul><li>Configuração eletrônica: K=2 ; L= 8 ; Portanto 8 elétrons na CV </li></ul>Obs. Esta regra só é válida para os elementos representativos(Família A). Exceção para o H, Li, B e Be.
  5. 6. Regra do Dueto <ul><li>Descrição: O átomo adquire estabilidade ao completar a camada de valência com dois elétrons, imitando o gás nobre He (Z=2) . </li></ul><ul><li>Configuração Eletrônica: K=2 </li></ul><ul><li>Portanto 2 elétrons na CV </li></ul>Obs. Esta regra só é válida para os elementos representativos: H, Li, B e Be.
  6. 9. LIGAÇÃO IÔNICA <ul><li>Definição: elétrons são transferidos de um átomo para outro dando origem a íons de cargas contrárias que se atraem. </li></ul><ul><li>Exemplo: formação do cloreto de sódio – NaCl . </li></ul><ul><li>Na (Z = 11)  K=2 ; L=8 ; M=1 -> 1 elétron na CV </li></ul><ul><li>Cl ( Z = 17)  K=2 ; L=8 ; M=7 ->7 elétrons na CV </li></ul>Na + Cl - Na Cl
  7. 10. Ligação Iônica Configuração dos Átomos: Na Cl
  8. 11. Ligação Iônica Transferência do elétron: Na Cl
  9. 12. Ligação Iônica Formação dos íons: Na + Cl -
  10. 13. Ligação Iônica Atração Eletrostática: Na + Cl -
  11. 14. Estrutura cristalina do NaCl sólido                                                   
  12. 15. Quem perde e quem recebe elétrons? PERDE ELÉTRONS METAIS GANHA ELÉTRONS AMETAIS Família Carga dos íon 1A +1 2A +2 3A +3 5A - 3 6A - 2 7A / H - 1
  13. 16. Fórmula dos Compostos Iônicos  Cargas = + xy – xy = zero Exemplos: Ca +2 + Br -1  Ca Br 2 Al +3 + S -2  Al 2 S 3 [ A ] +X Y [ B ] -Y X
  14. 17. <ul><li>São sólidos nas condições ambiente; </li></ul><ul><li>Possuem elevados pontos de fusão e ebulição; </li></ul><ul><li>Conduzem a corrente elétrica quando fundidos ou em solução aquosa, devido à presença de íons livres. </li></ul>
  15. 18.                                                                                                       
  16. 19. Ligação Covalente <ul><li>Definição: A ligação covalente comum baseia-se no compartilhamento de um ou mais pares de elétrons, onde cada átomo envolvido na ligação contribui com 1 elétron para a formação do par eletrônico </li></ul><ul><li>Exemplo: formação do cloro – Cl 2 . </li></ul><ul><li>Cl ( Z = 17)  1s 2 , 2s 2 , 2p 6 , 3s 2 , 3p 5 </li></ul>Possui 7 elétrons na camada de valência Cl Cl
  17. 20. Ligação covalente Configuração dos Átomos:
  18. 21. Ligação Covalente Atração Quântica:
  19. 22. Representação da ligação covalente O 2 O = O Fórmula eletrônica ou de Lewis Fórmula Molecular Fórmula Estrutural O O

×