Artigo

578 visualizações

Publicada em

Crescimento Populacional, Aldous Huxley, Malthus, Etc.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
578
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Artigo

  1. 1. Resumo: Este trabalho pretende apresentar considerações panorâmicas sobre algumasquestões que se tornam problemas sociais na atualidade como a explosão populacional.Palavras-chave: população, crescimento, problemas sociais. O processo de formação social Segundo o livro Uma Breve História do Mundo de Geoffrey Blainey a formação doque chamamos civilização foi como um resultado, uma consumação. O despertar datade 8.000 a.C., quando uma importante revolução aconteceu, a chamada RevoluçãoVerde. Para Blainey o processo de adaptação de nômades para agricultores foi lento,entretanto em regiões como a América do sul, especificamente o Brasil, o estilo nômadeperdurou até a chegada dos portugueses. Em regiões como na Síria, Palestina e novilarejo de Jericó, já se via casa de tijolos de barro, cultivo de trigo e cevada; na atualTurquia e Iraque havia, também, ovelhas e cabras. A princípio um rebanho e uma plantação não coexistiam no mesmo espaço, mas ocultivo de uma dessas culturas foi necessário para dar suporte ao crescimento das tribose logo após das cidades. Portanto, em quase todos os continentes, os grupos sociais já manifestavam o quecaracterizamos de uma sociedade organizada; com suprimento alimentar eles poderiamcrescer em número e com isso novas oportunidades surgiam, como divisão de trabalho,melhoria na estrutura das casas e na tecnologia usual. Como conseguinte surgiu nessesgrupos sociais os primeiros indícios de um governo, embora muito rudimentar, assimcomo a escravidão de povos distintos e o cultivo aos deuses primitivos. Com esses alicerces as cidades foram crescendo de acordo com suas afinidades econstruindo uma cultura nos meios artísticos, literários, musicais, religiosos e semdúvida social.
  2. 2. Explosão populacional Em A Situação Humana Aldous Huxley (1894-1963) dedica um capítulo inteiro àproblemática populacional. Nessa conferência Huxley discorre sobre vários pontospertinentes ao crescimento populacional. Segundo ele, no período pré-agrícola, provavelmente não havia mais de 20 milhõesde seres humanos em todo planeta. Porém no fim do período Paleolítico (cerca de 1.000a.C.) quando surgiu a caça organizada, a população provavelmente dobrou; um bomexemplo de sobrevivência baseada na caça é a baixa densidade de população de Índiosque havia no continente norte americano com a chegada do homem branco, não mais doque 1 milhão em todo território! A grande revolução chegou a cerca de 8.000 a.C. com a invenção da agricultura, e a criação de cidades no milênio seguinte. Cerca 1.000 a.C., depois de cinco anos de agricultura, havia provavelmente cerca de 100 milhões de pessoas no mundo. No começo da Era Cristã, esse número era pouco mais do que o dobro: algo entre 200 e 250 milhões. A população aumentou lentamente nos anos seguintes; por vezes houve longos períodos de estacionamento e até épocas de redução, como nos anos imediatamente após 1348, quando a Morte Negra matou 30% da população da Europa. (ALDOUS HUXEY, A Situação Humana) Após essa introdução, Huxley surge com uma problemática gerada por Malthus há200 anos: o crescimento populacional. O profº Samuel Murgel Branco (1930-2003) fezuma breve síntese da teoria malthusiana: No fim do século XVIII, um sociólogo inglês, reverendo Thomas Robert Malthus, escreveu um livro muito interessante, que despertou enorme polêmica. Como era costume naquela época, tinha um título colossal: Um ensaio sobre o princípio da população; como ele afeta o êxito futuro da sociedade. Com observações sobre as especulações do Sr. Godwin, Sr. Condorcet e outros escritores. Nesse livro, Malthus alerta os governos para um fenômeno curioso que ele havia observado: as populações humanas tendem a crescer em proporções geométricas, enquanto a produção de alimentos cresce em proporção aritmética. De acordo com o princípio de Malthus existem, entretanto, dois tipos de bloqueio ao crescimento indefinido das populações: os positivos (que
  3. 3. na verdade poderiam ser chamados efetivos, ou efeito imediato) e os preventivos. Os bloqueios positivos são aqueles que todas as causas tendem, de algum modo, a encurtar a duração da vida humana, tais como ocupações insalubres e perigosas, pobreza e subalimentação, vestuário insuficiente, ausência de cuidados com as crianças todos os de excesso, vida em grandes cidades, doenças e epidemias, guerras,pragas e fome. Os bloqueios preventivos são o celibato temporário ou permanente ―isto é, não se casar ou se casar tarde, tendo, portanto menor número de filhos― e os métodos que hoje chamamos anticoncepcionais. (Samuel Murgel Branco, Meio Ambiente em Debate) Para Huxley a sociedade evoluiu de acordo com a demanda de suprimento, umarazão diretamente proporcional entre alimento e população. A cada evolução nosmétodos para obtenção de alimento um novo modelo de grupo pode surgir. “Todas asespécies vivem segundo seu suprimento de comida, e depois são eliminadas na medida em queseu número excede o alimento”. Semelhante ao que acontece no restante da natureza. Sua pesquisa aponta dois principais fatores para explosão populacional: mortalidadee natalidade. O fator saúde pública teve grande avanço nos últimos anos. Emboraprecária, a mortalidade tende a cair cada vez mais, pois a expectativa de vida está emconstante crescimento. Segundo a ONU a expectativa de vida mundial é de 67,2 anos epara o Brasil, o IBGE aponta 72,4 anos. Em contraponto a isso, a taxa de natalidade cresce alarmantemente Um aumento de três por cento, computado anualmente (a população aumenta como aumenta o dinheiro, a juros compostos), dobra a população em 25 anos, e um aumento de 1,5 por cento dobra a população em 50 anos; assim, uma porcentagem de 1,6 de crescimento dobrará a população em pouco menos de 50 anos. (ALDOUS HUXEY, A Situação Humana) Huxley propõe três resultados possíveis: a) morrer de fome; b) sofrer váriasenfermidades epidêmicas e epizootias; c) aumentar a produção industrial e agrícola paraque fique no mesmo nível do crescimento populacional e ao mesmo tempo igualar oíndice de natalidade e mortalidade. O problema do controle da taxa de natalidade é infinitamente complexo. Não é apenas um problema de medicina, de química, de bioquímica; é também um problema de sociologia, psicologia, teologia e educação. (ALDOUS HUXEY, A Situação Humana)
  4. 4. Da parte política Huxley propõe um acordo mundial para uma política geral depopulação que permita controlar satisfatoriamente a situação. Ele afirma também queexiste uma tendência para o governo centralizado. Sua posição ao problema é clara. Medidas devem ser tomadas para um únicoobjetivo futuro: diminuir a ação natural que equilibrará os números hoje exorbitantes eincongruentes. Para ele a natureza fará o que o ser humano não fez, com métodos nãoagradáveis aos viverem esse processo natural.Considerações finais Entende-se que o processo de socialização humano foi como algo semelhante àteoria da evolução de Darwin, isto é, um processo lento e permeado pela seleçãocumulativa que gerou o que temos hoje como sociedade. Quanto ao crescimento desenfreado da população mundial, não está longe aintervenção que Huxley afirmava há 50 anos. A seleção natural da sociedade vai sempreoptar por um grupo que estruturalmente possa ser autossustentável, como consequênciaos métodos não serão racionais como o do homem, serão simplesmente ações naturaispara a obtenção de resultados saudáveis para a continuidade social.REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS  ALDOUS HUXEY, A Situação Humana  SAMUEL MURGEL BRANCO, Meio Ambiente em Debate  http://www.ibge.gov.br/ibgeteen/datas/populacao/quantos_moram_no_planeta.ht ml  http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_pa%C3%ADses_por_esperança_m édia_de_vida_à_nascença

×