Pós Conteúdo Midias Digitais Aula02

643 visualizações

Publicada em

Pós Graduação Mídias Digitais

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
643
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pós Conteúdo Midias Digitais Aula02

  1. 1. Midias Digitais Conteúdo: Blogging - Blogging é uma mídia e também um estilo de conteúdo. - Confiança, honestidade e transparência sempre! - Antes as marcas transmitiam. Agora se envolvem. - Não encha o saco do leitor. - Foco na audiência. Não é um diário. - Use a mídia digital para: 1)Informação – dizer a seus leitores o que você está fazendo e descobrir o que eles pensam. 2)Relacionamentos – construir uma base sólida de experiências positivas 3)Gestão de conhecimento – disponibilizar todo o conhecimento de sua empresa às pessoas certas no momento certo.
  2. 2. Midias Digitais Conteúdo: Blogging - Blog não é o mesmo que uma revista ou jornal. - Mas seguem alguns princípios semelhantes: 1) Um blog deve ter objetivos definidos desde o início. 2) Um blog só terá sucesso se tiver uma audiência alvo definida. 3) Você deverá saber qual o seu foco e quais as razões pelas quais é diferente da sua concorrência. 4) É necessário ter mercado disponível.
  3. 3. Midias Digitais Conteúdo: Blogging - Dicas para pensar o conteúdo: 1) Explore sua experiência 2) Escolha assuntos com o público em mente A dica é tentar pegar novos leitores enquanto fideliza os atuais 3) Um tópico ou vários? Depende do objetivo do blog. 4) Escreva sobre o que você adora 5) A sua concorrência é a sua plataforma (Leia/Comente/Link) 6) Siga os exemplos mas não copie 7) Encontre novas necessidades 8) Escreve para os buscadores 9) Mantenhas os artigos populares sempre vivos 10) Planeje sua categorias
  4. 4. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Tipo de Conteúdo: Conteúdo agregador Normalmente adiciona algo a conteúdo previamente escrito apontando para ele (com link) e comentando, ou extraindo ideias chave. Conteúdo autoritário Tem como objetivo reforçar o blog internamente ao invés de enviar seus usuários para lerem conteúdos fora do blog. Está relacionados com dicas, truques e tutoriais. Conteúdo pessoal Aborda muitas vezes o quotidiano e personalidade do blogueiro, partilha experiências, entre outras coisas. Conteúdo noticioso É muito similar ao conteúdo agregador, uma vez que o conteúdo noticioso muitas vezes significa falar de algo que está acontecendo ou vai acontecer no seu nicho de mercado. Listas de Recursos/Magazine Este tipo de conteúdos são coletâneas de links, normalmente integrados conjuntamente com conteúdo escrito de qualidade. Tops Este tipo de conteúdo é quase sempre intitulado Top 10 ou Os melhores (categoria) Conteúdo de opinião O que você pensa de determinado assunto.
  5. 5. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Título Como na mídia impressa, o titulo tem o poder de chamar atenção do leitor 17 exemplos de título que funcionam em blogs (Fonte Desconhecido a Problogger) 1) Mais de metade dos brasileiros dizem ter orgulho no País. Não é necessário dizer nada mais, uma vez que o título fala por si e chama a atenção aos usuários. 2) A Microsoft não presta‟ diz Blogueiro Profissional. Um título curto, descontextualizado e sensacionalista normalmente faz com que os usuários procurem contextualizar essa informação para perceberem quando e como ela foi dita. 3) Aviso: Usuários ignoram publicidade mas ainda leem blogs. Este tipo de título tem a particularidade de usar a palavra ‗Aviso‘, o que faz com que o usuário sinta necessidade de ficar atento. 4) 3 formas dolorosas de você perder dinheiro todos os meses. Este tipo de título faz uso do valor numérico e desperta a curiosidade apelando para o “Você”.
  6. 6. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Título 5) Qual o peixe mais assustador do Amazonas? Dica: Não é a Piranha. É muito, muito pior!. A ideia deste tipo de título é despertar curiosidade junto do leitor. Tem como objetivo intrigar e gerar clicks. 6) Agarre seus leitores com estas 7 frases incríveis. Foca na necessidade do leitor e começa com uma declaração forte e impactante. 7) Cinco dicas para usar o Facebook sem ninguém dar conta. Ele quantifica o conteúdo dentro da postagem ao mesmo tempo que faz uso de um fórmula que começa a ser cada vez mais popular em blogs. 8) Cinco estratégias secretas para ganhar $1 Milhão em receitas. Um exemplo poderosos pois combina não só os segredos, como a quantidade (cinco estratégias) e ainda uma promessa (ganhar $1 milhão em receitas).
  7. 7. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Título 9) Top 10 aplicações e truques para Wi-Fi. Um título típico para uma postagem de Tops, usando a palavra Top, significando seletividade e organização. 10) 240 Albums, Faixas e Links de Música. Um título típico para uma postagem de recursos, sendo que estratégia aqui é quantificar o número de recursos. 11) 40+ Fontes gratuitas para Design Profissional. Este é uma variação do título de recursos anterior, agregando o sinal +. 12) Demitindo-se do seu emprego: Encontrando a forma de perseguir seus sonhos. Este tipo de título normalmente é um misto de várias coisas, nomeadamente uma ação, um objetivo e uma descrição, e está quase sempre associado a algo que muitas pessoas desejam fazer.
  8. 8. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Título 13) A Web 2.0 morreu. Na verdade nunca chegou a existir! Títulos generalizados e sensacionalistas normalmente conseguem bastante atenção, especialmente quando feitos por autores com alguma credibilidade. 14) As melhores fotografias a preto e branco de 2013. Similar um TOP, uma lista assim consegue muita atenção. Ainda mais se enquadrar num período do tempo. 15) O que o filme Fight Club me ensinou sobre blogagem. Outro tipo de estratégia que funciona muito bem é agarrar em algo popular, seja uma pessoa, um filme ou um outro qualquer ícone mundial, e enquadrá-lo com o seu nicho de mercado. 16) Como desbloquear um iPhone. Muitos blogueiros criam seus títulos baseados em pesquisas dos motores de busca. É muito inteligente conseguir colocar neles algumas palavras-chave muito procuradas. 17) Seu blog está preparado para uma emergência?. Este título cria no leitor a sensação de que se não ler o artigo, perderá informação vital, ou que o conteúdo simplesmente irá ajudá-lo a combater um problema de futuro.
  9. 9. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: A introdução do post Depois do título, seu post precisa prender o leitor para garantir leitura. 1) Diga sobre o que será o post Providencie um pouco mais de informação sobre o que trata a sua postagem e faça com que ela seja imperdível. 2) Convença-os de que interessa. Se a sua postagem promete resolver um problema, você deverá começar por explicar qual o problema que irá resolver. 3) Traga o leitor para dentro do artigo. Uma das melhores formas de fazer isto é realizando perguntas diretas ao leitor. Se o leitor reagir à sua pergunta, é inevitável que ele entre dentro do artigo para o consumir e procurar respostas às questões que lhe surgiram. 4) Vá direto ao assunto. Embora a introdução seja normalmente uma grande vantagem, é importante que você não se alongue demasiado e não perca o foco original da sua introdução.
  10. 10. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Imagens - É muito importante que você tenha em consideração a utilização de pelo menos uma imagem em cada artigo que escreve. - Tal como um título, uma imagem é uma forma de atrair novos leitores e levá-los a consumir a matéria. - O recomendável é colocar uma imagem no início do post, preferencialmente depois da introdução, e dependendo da dimensão do seu artigo, acrescentar mais imagens ao longo do texto - Se possível, as suas imagens deverão representar o assunto que você está debatendo. - É muito provável que de tempos a tempos você escreva uma matéria bastante complicada de exprimir visualmente. Nestes casos, imagens abstratas e coloridas são a melhor opção.
  11. 11. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Formatando o post Dependendo do tipo de plataforma de blogagem que você está usando, você poderá usar código HTML para formatar corretamente seus artigos. - Texto negrito Esta é uma forma muito atrativa de destacar as frases e sentenças chave do seu conteúdo para os leitores que apenas escaneiam, e para os leitores que pretendem perceber quais os seus pontos chave no conteúdo. - Texto italizado. O itálico é ideal para demarcar determinadas palavras ou frases que têm uma importância acrescida ou simplesmente para destacar citações ou palavras não comuns. - Lista com pontos Uma excelente forma de organizar conteúdos é usando listagens com pontos (como essa) - Listas com números As listas com números são normalmente usadas da mesma forma que as listas com pontos, mas neste caso com uma ordem sequencial bem definida. - Sub-títulos. Os sub-títulos são uma excelente forma de setorizar os conteúdos do seu artigo — especialmente se forem vários.
  12. 12. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Dimensionando o post - O valor que o leitor dará ao post está, em parte, diretamente ligado a sua dimensão. - É complicado conseguir um grande volume de tráfego ou muitos links quando uma postagem tem pouco texto. - A verdade é que quanto maior for o post, maior é a liberdade do autor colocar relevância e importância na matéria. - Impondo um limite mínimo de palavras por post — por exemplo, 750 palavras — poderá levar ao melhoramento da qualidade de suas postagens, uma vez que você sente-se pressionado a pesquisar mais e a fundamentar mais corretamente seus artigos.
  13. 13. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: A voz do post Um estilo único e facilmente diferenciável é muito importante para criar uma imagem de marca. A voz de um autor é um misto de várias coisas. Ela inclui o tom usado, a forma como o texto é formatado, a forma como o autor aborda um diálogo, a forma como ele descreve as coisas, entre outros. - A sua escrita é formal ou informal? A sua escrita não deverá ser exageradamente formal sob pena de parecer académica. Nem muito informal a ponto de perder o “respeito”. - Que tipo de tom você usa? Você é sério, apaixonado, sarcástico, ou irónico? Pode ser o que quiser, desde que não confunda seu leitor. - Quão pessoal você é? Você pode ser pessoal. Ou não. Bom senso, sempre. Ainda mais se for a marca falando e não você. - Quanto humor você usa? Não há consenso sobre humor. Mas um pouco de humor é sempre bem-vindo e ajuda a quebrar o gelo.
  14. 14. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Links Usando links regularmente em suas postagens, você pode criar facilmente um segundo nível de conhecimento/informação em seu conteúdo. - Links internos aumentam seus pageviews Incluindo links internos relevantes nos seus artigos, você poderá levar o leitor a ler uma série de outras matérias já publicadas em seu blog. - Links internos constroem lealdade. Interligando todos os seus conteúdos, você mostra ao leitor vários ângulos já debatidos para um mesmo assunto. - A linkagem interna torna seus artigos mais relevantes. A linkagem interna é uma excelente forma de estar constantemente enviando tráfego para suas postagens mais antigas. - Links internos aumentam o interesse visual. Os links normalmente induzem mais textura nos seus artigos.
  15. 15. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Links - Links externos ajudam-no a tornar-se conhecido. A grande maioria das plataformas de blogagem enviam um ‗Trackback‘ para um artigo quando ele é linkado por outro blog. Com um aviso desse tipo, você pode facilmente dar a conhecer seu blog a outros autores e quiçá ser linkado de volta num futuro próximo. - A linkagem externa torna seus artigos mais relevantes. Embora aquilo que você escreva seja realmente importante e relevante, se você linkar no seu artigo para blogs igualmente relevantes e de outros autores, você está aumentando a relevância de seu próprio conteúdo. - A linkagem externa contextualiza seu artigo. Por vezes, quando você pretende responder a um blogueiro que escreveu algo, ou simplesmente falar de uma nova tendência de seu nicho de mercado, você terá obrigatoriamente de usar a linkagem externa para indicar a fonte original de conteúdo, mas acima de tudo, para contextualizar seus leitores com aquilo que você está escrevendo.
  16. 16. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: 25 dicas para viralizar seu post (Fonte Desconhecido a Problogger) - Faça perguntas aos líderes de seu nicho de mercado. Normalmente uma simples pergunta, para a qual toda a gente procura resposta, feita a líderes de mercado, é uma excelente oportunidade de viralidade.. - Faça uma maratona de conteúdos durante X horas. Quer você escolha escrever sobre um determinado evento específico ou sobre um assunto que você acha importante ou relevante, o importante é que você informe seus usuários dessa maratona, bem antes de ela começar. - Escreva um artigo sobre um redesign de um blog popular no seu nicho. Normalmente os redesigns tornam-se rapidamente virais. Se você escrever seu artigo com qualidade e informação exclusiva, é muito provável que outros blogueiros linkem para ele. - Entreviste os melhores do seu nicho de mercado. Normalmente as boas entrevistas, com algum hype à mistura, tornam-se rapidamente virais. - Construa uma página com os melhores artigos sobre um determinado assunto específico. Normalmente a compilação e organização da informação de forma prática mas acima de tudo selecionada, torna-se rapidamente viral.
  17. 17. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: 25 dicas para viralizar seu post - Crie um ranking de blogueiros, produtos, serviços ou outros. Normalmente os rankings em formato de Top 10 tornam-se quase sempre virais — o desafio está em criar um ranking que ainda não tenha sido criado. - Ofereça um serviço a todos os seus usuários que o pedirem. Esta estratégia é mais adequada a blogs que estão ainda numa fase primária, e é uma excelente maneira de interagir e criar rapidamente ligações com seus usuários. - Escreva uma história sobre a sua presença online. Quais os seus primeiros sites ou blogs? O que deu certo? O que deu errado? Como chegou aqui? - Inicie um grupo de blogagem coletiva. Se você já tem uma audiência bem definida em seu blog, esta opção poderá ser uma excelente forma de receber links em seu blog. Você pede a seus leitores para escrever artigos sobre um determinado assunto, e eles acabam sempre linkando para a sua página de blogagem coletiva, e você linka para eles num resumo das ações. - Citações famosas ou motivadoras são virais. Imagine que você escrevia um artigo com 100 citações de jogadores de futebol famosos sobre como jogar melhor ou ter sucesso. Você provavelmente nem escreve sobre futebol, mas certamente que você consegue adaptar esta ideia ao seu próprio nicho de mercado..
  18. 18. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: 25 dicas para viralizar seu post - Crie um quizz para seus usuários relacionado com o seu nicho de mercado. Quizzes são extremamente populares pela interatividade que criam. Crie um quizz no seu nicho de mercado, que seja interessante e ao mesmo tempo divertido. Evite criar um quizz demasiado simples e curto. - Frases curtas e diretas são mais fáceis de assimilar. Se você escrever um artigo com 100 dicas rápidas e diretas é bem provável que seu artigo se torne viral, especialmente porque as dicas rápidas normalmente pressupõem uma assimilação rápida também. - Escreva um artigo concordando com a opinião de seus usuários sobre um determinado assunto. Se escrever um artigo sobre um determinado assunto em que você concorde com a grande maioria deles, linkando diretamente para suas opiniões, é provável que tenha sucesso. - Peça a seus leitores uma dica sobre um assunto e depois compile tudo num artigo. Com a probabilidade de as opiniões de seus leitores serem tão diferentes, o resultado final será uma mescla bem interesse de ler. - Crie a maior lista de recursos alguma vez feita. Listas de recursos, especialmente recursos úteis e pouco conhecidos, são normalmente artigos que se tornam rapidamente virais.
  19. 19. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: 25 dicas para viralizar seu post - Organize uma iniciativa e envolva outros blogueiros. Marketing social também pode ser usado para viralizar. - Crie uma lista de RSS Feeds que seu nicho deveria subscrever. Se conseguir compilar uma listagem de recursos interessantes, neste caso RSS Feeds, para o seu nicho de mercado, é bem provável que receba uma série de links em troca e o seu artigo se torne rapidamente viral. - Resolva uma necessidade comum a todos os seus leitores. Pense num assunto de interesse e dê dicas de como resolver esse problema. - Infográficos interessantes normalmente tornam-se virais. Algumas vezes o que é visual é mais atrativo do que aquilo que é escrito. - Escreva um artigo com lições aprendidas através de uma pessoa famosa. O que aprendi sobre marketing pessoal com Steve Jobs? Deu vontade de ler, né?
  20. 20. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: 25 dicas para viralizar seu post - Crie um ranking dos melhores livros em seu nicho de mercado. Uma óbvia lista de recursos que fica visualmente legal, pois é construída a partir das capas dos vários livros. - Crie um guia para iniciantes no seu nicho de mercado. Um guia para iniciantes é normalmente também ele sinónimo de viralidade, pois a probabilidade de esses mesmos iniciantes linkarem de volta para si é muito grande. - Escreva o seu melhor artigo de sempre. Entre em campo sempre pra ganhar. Não escreve no piloto automático. - Faça um artigo com imagens relacionadas ao seu nicho de mercado Todo mundo sabe o poder da imagem. Use-o. - Ofereça um livro ou um Ebook em troca de nada. Oferecer por oferecer normalmente traduz-se em muito melhores resultados do que quando se oferece algo pedindo qualquer coisa em troca.
  21. 21. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Criando conteúdo de impacto: Frequência da postagem Não há regras. Descubra o que funciona para você (e a marca). - Muito nem sempre é a solução. Não baixe a qualidade por causa da quantidade. - Escreva um artigo viral uma vez por semana. Publicar um artigo viral por semana é uma excelente forma de conseguir fazer o seu blog crescer a um ritmo mais acelerado. - Aumente sua frequência de postagens ao longo do tempo. No começo pode ser complicado postar muito. Mas com o passar do tempo pense que aumentar essa frequência pode melhorar a sua exposição junto do seu público. - Não publique nada até 3 dias depois de um artigo viral. Se você escreveu um artigo viral que está recebendo visitantes não publique nada durante 2 ou 3 dias depois desse artigo. Deixe-o ganhar a exposição mediática que ele precisa, e só depois continue a postar.
  22. 22. Midias Digitais Conteúdo: Blogging - O seu conteúdo tem que deixar claro que a marca tem vontade de escutar e de agir. - Clientes não são números na planilha de custo (case Coca-cola vidro) -Gerando conteúdo, você vai enfrentar 5 tipos de leitores: 1)Evangelistas – tiveram tantas experiências positivas que sempre falam da marca para todos 2)Regulares – Apreciam a marca. Não é a melhor do mundo, mas consideram que tem valor. 3)Relutantes – Tiveram experiências negativas e esperam por isso. 4)Ocasionais – Não gostam, mas compram quando precisam. Só porque precisam. 5)Sabotadores – Tiveram tantas experiências ruins que chegarão a extremos para prejudicar sua empresa. 6) Trolls – Boa sorte! -
  23. 23. Midias Digitais Conteúdo: Blogging - A “conversa” acontecerá com ou sem sua presença. -Cinco Passos da Comunicação Eficaz: 1)Ouvir – Absorva muito mais do que libere 2)Entender – Valorize a “conversa” e o feedback mais do que a sua opinião. 3)Valorizar – Tudo é importante. Um futuro evangelista pode estar nascendo 4)Interpretar – Antes de sair falando, interprete e avalie o que já foi dito. Ai ofereça um ponto de vista valioso e único. 5)Contribuir – O que você pode oferecer? Se a “conversa” gira em torno da sua especialidade, pode oferecer reputação, paixão e uma perspectiva única. -
  24. 24. Midias Digitais Conteúdo: Blogging - Tipos de blogging 1)Barbeiro – Conhecem as pessoas certas, têm grande conhecimento por anos de “ouvido” e não têm problema em compartilhar esse conhecimento. 2)Metalúrgico – Conhece o ramo, mas está dentro da empresa e molda o setor e as opiniões nas dependências da empresa. 3)Ponte – Faz contatos, influencia e ajuda a aproximar as pessoas. Pode agir como pacificador. 4)Janela – Parecido com o metalúrgico, mas fala de coisas internas e externas à empresa 5)Placa de Sinalização – Não partilha suas opiniões mas indica coisas legais. 6)Pub – Geram discussões, convidando pessoas de opiniões diversas a participar, rindo de si mesmo e dos outros. 7)Jornal – Reporta mais do que opina, fica nos fatos. -
  25. 25. Midias Digitais Conteúdo: Blogging - Mídia Interna Motivos para “conversas internas”: 1)Comunicação de gestão de projetos 2)Comunicação e mkt interno 3)Geração e análise de ideias 4)Envolvimento e relacionamento dos funcionários 5)Comunicação de equipes e projetos com toda a empresa 6)Comunicação interna de equipe e projetos 7)Comunicação administrativa 8)Criação de equipes dinâmicas -
  26. 26. Midias Digitais Conteúdo: Blogging - Respondendo ao Feedback 3 dicas pra responder comentários 1)Seja rápido 2)Seja humano 3)Acompanhe para garantir a solução -
  27. 27. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Negatividade -“Escondido” todo mundo pode tudo -Fazer negócios significa que às vezes teremos clientes insatisfeitos. Esse é o valor da negatividade: um alerta do que corrigir. -A escolha de como responder é sua: vai inverter ou gerar + negatividade? -4 Tipos de experiências negativas: 1)Lapso na qualidade do produto 2)Atendimento ou suporte ruins 3)Lapso no processo 4)Atividades abusiva ou criminosa
  28. 28. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Negatividade -Lembre dos 5 tipos de clientes: Sabotadores, Sofredores Ocasionais, Relutantes, Regulares e Evangelistas. -Adote a mentalidade correta: RESPEITO. -Responda rapidamente -Dê respostas eficientes: 1)Reconhecer o problema 2)Providenciar a reparação 3)Acompanhe o caso - Texto não tem tom Aprenda com sua avó -
  29. 29. Midias Digitais Conteúdo: Negatividade Cases: Globo considera rede social como marca adicional -
  30. 30. Midias Digitais Conteúdo: Negatividade Cases: Escritora independente “surta” -
  31. 31. Midias Digitais Conteúdo: Negatividade Cases: Floripa Tem Comunidade no Orkut “Eu amo Floripa” com mais de 75 mil membros foi comprada por 2 mil reais. Mudaram o nome para “Eu amo Floripa, Floripa Tem!” Usuários revoltaram-se e deixaram tópicos contrários à compra, criticando a RBS. Posts em blogs e outras comunidades ajudaram no buzz negativo. Despreparo: deletaram todos os tópicos, baniram alguns usuários e retiraram o nome “Floripa Tem” da comunidade. -
  32. 32. Midias Digitais Conteúdo: Blogging 9 dicas para dar certo: 1)Seja real 2)Seja apaixonado 3)“Fale” com frequência 4)Link aos montes 5)Deixe comentários em outros locais 6)Divirta-se 7)Expanda os limites 8)Use feeds 9)Crie “chamadas” significativas -
  33. 33. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Dicas para aumentar o tráfego 1)Ofereça notificação de comentários 2)Faça entrevistas 3)Faça perguntas 4)Expresse sua opinião 5)Aceite e responda às perguntas -
  34. 34. Midias Digitais Conteúdo: Blogging Moldando relacionamento na web 2.0 1)Leia o conteúdo 2)Comente 3)Faça link 4)Envie e-mail 5)Fale com a pessoa 6)Encontre as pessoas - PS: Cuidado com o “patrocínio”. Blogs “pagos” não deram certo.
  35. 35. Midias Digitais Conteúdo: Cases Objetivo: viralizar o conceito da campanha mainline (comercial língua + olho). Coca-Cola Zero: Sabor de Coca-Cola, Zero Açúcar. Seu olho te engana. A sua língua é que tem razão. . -
  36. 36. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  37. 37. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  38. 38. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  39. 39. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  40. 40. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  41. 41. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  42. 42. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  43. 43. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  44. 44. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  45. 45. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  46. 46. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  47. 47. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  48. 48. Midias Digitais Conteúdo: Cases . -
  49. 49. Midias Digitais Conteúdo: Ponto de Contato A análise do Ponto de Contato tem sido usada no mkt tradicional para captar a divergência entre o que você deseja transmitir e o que é realmente transmitido. É o “que pensei que ia ter” X “o que vou contar para os meus amigos”. Entendendo essa diferença, você pode agir de forma decisiva, protegendo e se desenvolvendo com base naquilo que funciona, além de cuidar do que deixa a desejar. Case : Alunos Estácio . -
  50. 50. Midias Digitais Conteúdo: Publicidade Interruptiva X Colaborativa -Mensagens geradas pelo consumidor são positivas ou negativas e dão autenticidade ao conteúdo. -Ao criar conteúdo para mídia digital você está lidando com declarações de indivíduos que formam uma conversa. -Você tem que criar conteúdo para influenciar essa conversa. Mas saiba que você NUNCA vai poder controla-la, como acontece com a mídia tradicional. -A confiança é a peça fundamental nesse conteúdo. Seja sempre honesto. -Defina o que vai gerar conversas e, se preciso, use outras canais para complementar. -Para a publicidade/jornalismo tradicional isso é uma mudança de paradigma. Cases RBS Estupro / Morte Michael Jackson / Hershey´s de morango/ Nestlé e Nescau 2.0 . -
  51. 51. Midias Digitais Conteúdo: Participação é tudo -Seja ativo. -Se não atualizar, não criar conexões, não criar/responder comentários, você não existe. -Fóruns de Suporte -Quadro de mensagens -Comunidades Case Graffiti Wall BMW no Facebook Mais de 8400 membros em uma semana, com média de 4h de criação do seu BMW Series 1. Cuidado com o produto grátis! . -
  52. 52. Midias Digitais Conteúdo: Redes Dell + U$ 500 mil no Twitter Harry Pottter - Twitter Substitutos - Twitter Último Exorcismo - Chatroulette Inimigos Públicos – Mafia Wars Home Depot – Flickr Traillers – Youtube Site Inside Facebook Burger King – Facebook . -
  53. 53. Midias Digitais Conteúdo: Podcast e Videocast - A importância é o conteúdo. - Ele tem que “fazer algo” pelo leitor: rir, mais inteligente, mais informado... - Como um blog, ele tem leitores que assinam os episódios. - Tem tudo a ver a forma de oferecer, proporcionando ao público a escolha de onde, como e quando consumir o conteúdo. - Há um envolvimento completo com o conteúdo. - 60% são assistido em mp3/4. - 40% no computador . -
  54. 54. Midias Digitais Conteúdo: Podcast e Videocast - 3x mais eficácia publicitária que vídeo online e 7X mais que a TV. - Há 68% de atenção contra 21% de vídeos online e 10% da TV. - Anúncios embutidos é mais eficaz que os exibidos antes ou depois do vídeo online. - Há mais liberdade nos formatos de anúncios. (15”, 20”, 35”...) - Há um aumento médio de 73% na probabilidade de uso/compra. - 69% dos leitores ficam com uma visão mais favorável da marca após ouvir/ ver o programa. Fonte: Podtrac – TNS Advertising Effectiveness Studies, 2012 -
  55. 55. -
  56. 56. Midias Digitais Conteúdo: Case Nissa Sentra (TBWA/Riot) -Criado o hit Será que é pra mim, marcando a “volta” da banda. -Divulgação offline: a) 1 inserção página dupla na Caras (14/03) com dois milhões de leitores; b) Quatro inserções nas Vejinhas SP e Rio (11 e 18/03) com dois milhões de leitores; c) Divulgação da música de um minuto e dois minutos em sete emissoras de rádio com cobertura nacional: Jovem Pan, Mix FM, Paradiso FM, Antena 1, Eldorado FM, Nova Brasil e Rádio Agência com 700 mil ouvintes; d) Entrevista com os integrantes da banda no Programa Pânico da Jovem Pan no dia 20/03 com 1,7 milhão de ouvintes; e) Hotsite da banda: www.theuncles.com.br . -
  57. 57. Midias Digitais Conteúdo: Case Nissa Sentra (TBWA/Riot) - Criação de toda a “história” da banda na web. . -
  58. 58. Midias Digitais Conteúdo: Case Nissa Sentra (TBWA/Riot) - Um personagem principal, Celso Sardeli, foi criado para ser o grande difusor da notícia. - Ele estava presente com perfis em comunidades virtuais (Orkut, You Tube, Videolog e Video Pop) e comunicadores instantâneos (MSN e Google Talk) - Ele assinava a página do fã-clube oficial. - Criaram site oficial (theuncles.com.br) e verbete no Wikipedia. . -
  59. 59. Midias Digitais Conteúdo: Case Nissa Sentra (TBWA/Riot) Para dar credibilidade, links de sites antigos e cuidado no texto. “uma coisa antiga que fiz http://br.geocities.com/thesobrinhos -> The Uncles!! Minha banda favorita voltou!!!” No site oficial dava informações sobre a banda, era possível assistir os vídeos, ouvir outros hits além do “Será que é pra mim” adquirir brindes e ter acesso a sites relacionados. Em todas as seções era possível indicar a página do grupo por email. - . Coloque sua foto
  60. 60. Midias Digitais Conteúdo: Case Nissa Sentra (TBWA/Riot) Além dos sites de vídeos, usaram blogs famosos como Jacaré Banguela, Judão, Kibeloco, Querido Leitor e Brainstorm#9. . -
  61. 61. Midias Digitais Conteúdo: Case Nissa Sentra (TBWA/Riot) Com os internautas desconfiando, houve discussão em sites como o Blue Bus. Ai a agência revelou a campanha. O site Autoshow falou do carro que a banda cantava. . -
  62. 62. Midias Digitais Conteúdo: Case LOST - A fórmula da televisão se baseava na grade de programação e o público precisava, sempre, estar à disposição das emissoras. - A web 2.0 mudou esse cenário. - Apenas 1h após a exibição nos EUA já estava legendado para download. - Lost inaugurou a era em que só os menos antenados assistem TV na TV. - Na Era do Controle remoto, conversas sobre o programa no café no dia seguinte. Na Era do Mouse, na mesma hora. Desde que era um mero tubo de neon, o televisor sempre serviu para reunir as pessoas. Todos nós gostamos de comentar o que vemos na TV. Só que essa conversa ficava restrita à sala ou à mesa de bar. E o que a internet fez foi juntar as mesas de bar do mundo inteiro. Aí entra o primeiro trunfo dos produtores de Lost: eles escutaram a conversa e participaram dela. Tanto que muitas respostas dos mistérios da ilha não apareceram na TV, e sim em fóruns e podcasts. [...] Claro que já havia fóruns de discussão na internet antes de 2004. Mas o que os seguidores de Lost têm a mais é uma banda larga que realmente funciona para se atualizar sobre a série. Assim, Lost pôde manter a trama complexa. Não é que a platéia hoje esteja mais inteligente, simplesmente está conectada. (SZKLARZ, 2010) . -
  63. 63. Midias Digitais Conteúdo: Case LOST -Antes, os produtores temiam a pirataria. -Com Lost, o conteúdo não acaba no episódio. -Sem a web 2.0 é quase impossível acompanhar a série. “A internet mudou o jeito como vemos TV. Instantaneamente, milhares de pessoas reagem ao episódio que acabou de ir ao ar. Seria idiota não prestar atenção a isso”. (ABRAMS) O público da televisão, que chegava a 32 milhões de espectadores no ano 2000 caiu para 23 milhões em 2008 (Szklarz) . -
  64. 64. Midias Digitais Conteúdo: Case LOST . -
  65. 65. Midias Digitais Conteúdo: Case LOST -Comic Com (mais de 40 mil ocorrências no Google no dia seguinte) -Sites das “empresas” -Videos “reais” na web -A criação da marca Lost . -
  66. 66. Midias Digitais Conteúdo: Case LOST - Fâs criam sites, blogs, fóruns, produtos... - Lost Experience: Site da Fundação Hanso, comerciais da empresa, call center, entrevista com “executivo” na TV americana, a Iniciativa Dharma, publicação do livro Bad Twin - Depois veio Find 815, Dharma Initiative Recruiting Project e Lost University. .
  67. 67. Midias Digitais Conteúdo: Case ARG Dark Knight .
  68. 68. Midias Digitais Conteúdo: Recapitulando E-book Midias Sociais – Conhecendo, aplicando e monitorando. A IMPORTÂNCIA DAS MÍDIAS SOCIAIS - O Brasil é o 4º país do mundo com mais acesso às redes sociais; - 93% dos usuários adultos de internet dos EUA estão no Facebook. No Brasil este número chega a 70% atualmente; - 1 a cada 8 minutos gastos na internet são gastos no Facebook; - 49% das pessoas usam Facebook para compartilhar conteúdo; - Mais de metade dos usuários ativos do Twitter seguem empresas, marcas ou produtos em redes sociais; - 79% dos usuários do Twitter estão mais propensos a recomendar marcas que eles seguem; - Brasil é o segundo maior país dentro do Facebook, Twitter e diversas outras redes sociais; - 79% das compras na América Latina são influenciadas por recomendações em redes sociais; .
  69. 69. Midias Digitais Conteúdo: Recapitulando E-book Midias Sociais – Conhecendo, aplicando e monitorando. CONFIGURANDO SUA PÁGINA NO FACEBOOK - Pessoas possuem perfis; marcas possuem páginas. Não se esqueça! - Crie e gerencie a sua página de boas vindas como uma landing page; - Compartilhe informações sobre a empresa de forma persuasiva; - Se você possui uma empresa com apenas uma localização física, configure a página de “lugares” com o seu endereço correto; - Adicione aplicações úteis como espaço para discussão e página com os seus vídeos do Youtube; - Seja mais interativo e mais atrativo.
  70. 70. Midias Digitais Conteúdo: Recapitulando E-book Midias Sociais – Conhecendo, aplicando e monitorando. AUMENTANDO O NÚMERO DE FÃS NO FACEBOOK - Para aumentar sua exposição no Facebook, você precisa criar ofertas e conteúdo que motive as pessoas a “curtirem” ou compartilharem a sua página; - 90% dos consumidores acreditam nas recomendações dos seus contatos; - Postagens contendo a palavra “vídeo” são compartilhadas 30% mais no Facebook do que as que não contêm. - Postagens que usam palavras que estão na moda e jargões de negócios como “otimizar” diminuem significantemente o número de fãs de uma página no Facebook. - Estas páginas possuem 100 fãs, enquanto uma página comum possui 624 fãs. - Postagens com dígitos tendem a ser compartilhadas com mais frequência. - Listas usando a palavra “melhor” fazem grande sucesso em postagens no Facebook.
  71. 71. Midias Digitais Conteúdo: Recapitulando E-book Midias Sociais – Conhecendo, aplicando e monitorando. MONITORANDO SUA PÁGINA NO FACEBOOK -. A atividade usada com mais frequência por usuários jovens do Facebook são postagens no mural; - A parcela demográfica com mais idade do Facebook está mais interessada em usar o Facebook para si mesmos; - Atividades mais frequentes dentro da rede social: Curtir páginas, Usar aplicativos, etc; - Priorize compartilhar conteúdo original. 60% dos links compartilhados no Facebook são conteúdo publicado enquanto 36% são conteúdo embutido (apresentações, vídeos, etc); - Coloque botões de curtir e de recomendação no topo de artigos de blog; - A comunidade irá construir uma reputação para o artigo ao “curtir” o conteúdo; - Faça postagens de artigos nos finais de semana também. 53% das empresas bloqueiam completamente o acesso as redes sociais.
  72. 72. Midias Digitais Conteúdo: Recapitulando E-book Midias Sociais – Conhecendo, aplicando e monitorando. CONFIGURANDO SUA PÁGINA NO TWITTER -. Use a sua influência no Twitter para promover a sua marca; - Usuários do Twitter que preenchem bem a sua “biografia” possuem 6X mais seguidores do que aqueles que não o fazem; - Use bom adjetivos como “expert” ou “guru” que mostram sua autoridade e experiência na descrição do seu trabalho. Pessoas que usam este tipo de palavras para a descrição do seu trabalho possuem uma média de 100 seguidores a mais do que pessoas que usam jargões de negócios; - Configure uma lista no Twitter com todos os @ de empregados da sua empresa; - Aqueles usuários que colocam links para seu blog, website da empresa e outras redes sociais possuem 6x mais seguidores do que aqueles que não colocam nada.
  73. 73. Midias Digitais Conteúdo: Recapitulando E-book Midias Sociais – Conhecendo, aplicando e monitorando. AUMENTANDO O Nº DE INTERAÇÕES E SEGUIDORES NO TWITTER -. Conecte-se com jornalistas e blogueiros que lidam com a sua área; - Não seja insistente; seja sutil e útil; - Seja breve e conciso na sua apresentação personalizada; - Deixe comentários em artigos e textos que foram escritos por influenciadores que você identificou; - Use seu conteúdo original como ferramenta de aproximação com os seus possíveis clientes; - Não siga muitas pessoas de uma vez só. A razão entre as pessoas que você segue e seus seguidores parecerá desproporcional; - Twitter possui uma forte presença pioneira em tecnologia naquelas pessoas que tendem a ser os primeiros a comprar novos produtos. Eles dependem dos experts da área para fazer tais decisões de compra.
  74. 74. Midias Digitais Conteúdo: Recapitulando E-book Midias Sociais – Conhecendo, aplicando e monitorando. MONITORANDO SEU PERFIL NO TWITTER -. Guarde os melhores depoimentos dos seus consumidores, eles podem ser utilizados posteriormente; - Ao responder perguntas sobre a sua área diretamente, você aumenta a sua credibilidade entre os seus seguidores. Ao responder às questões, eles estão 59% mais propensos a seguir você; - Qualquer pedido ou reclamação para suporte deve ser respondida prontamente e adequadamente. Em alguns casos pode ser mais interessante não começar discussões públicas; - Você pode gerar 4x mais retweets simplesmente ao pedir por eles; - 50% dos retweets contêm links; - Configure páginas separadas de inscrição em eventos que você quer que as pessoas tuitem sobre; - Em média os usuários do Twitter enviam 22 tweets por dia; - Tuite links para Landing pages e postagens do seu blog; - Promova novas ferramentas e aplicativos que sejam interessantes para os seus seguidores;
  75. 75. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE Em 21 de setembro de 2005, o The Wall Street Journal publicou uma reportagem de capa que mudou a cara do marketing. Essa história falava da importância crítica dos sete segundos depois que um comprador encontra pela primeira vez a prateleira de uma loja cheia de detergentes ou creme dental ou qualquer outra coisa. A Procter & Gamble chamou esse momento de Primeiro momento da verdade ou FMOT. “As melhores marcas ganham consistentemente dois momentos da verdade. O primeiro momento ocorre na prateleira da loja quando um consumidor decide comprar uma marca ou outra. O segundo ocorre em casa, quando ele usa a marca — e fica encantado ou não.” A.G. Lafley - CEO da Procter & Gamble
  76. 76. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE - Uma mãe ocupada em uma minivan procurando descongestionantes no celular enquanto espera para pegar seu filho na escola. - Um gerente de escritório em sua mesa comparando preços de impressoras a laser e custos de cartuchos de tinta antes de ir até a loja de materiais de escritório. - Um estudante em um café verificando as classificações e as análises dos usuários e procurando um hotel barato em Barcelona. - Um fã de esportes de inverno em uma loja de esqui, usando um celular para ver análises em vídeo dos snowboards mais recentes. - Uma jovem em seu apartamento, pesquisando na Internet detalhes interessantes sobre um novo rapaz antes de um encontro às cegas.
  77. 77. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE - O ZMOT é esse momento quando você pega seu tablet, laptop, celular ou algum outro dispositivo conectado à Internet e começa a se informar sobre um produto ou serviço (ou encontro) que você está pensando em experimentar ou comprar. 70% dos americanos dizem ler análises de produtos antes de fazer uma compra 79% dos consumidores dizem que usam um smartphone para ajudá-los nas compras 83% das mães dizem que fazem pesquisas online depois de ver comerciais de TV de produtos que interessam a elas É assim que os consumidores vivem, aprendem e tomam decisões hoje. Eles aprendem através dos resultados das pesquisas, análises de outros usuários, classificações de quatro estrelas, textos de anúncios, imagens de anúncios, manchetes, vídeos e até o bom e velho site oficial da marca. Eles se informam e decidem, em resumo, no Momento Zero da Verdade.
  78. 78. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE Para definir o impacto do ZMOT em números, o Google contratou um grande estudo de uma empresa de pesquisa independente, a Shopper Sciences. Eles pesquisaram 5.000 compradores em 12 subcategorias diferentes, com pesquisas planejadas especialmente para mostrar exatamente quais fontes influenciavam as decisões de compra dos compradores.
  79. 79. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE Algumas conclusões: - A jornada da decisão de compra mudou. O ZMOT é um novo acréscimo vital ao processo clássico de três etapas de Estímulo, Prateleira e Experiência. - O que foi uma vez uma mensagem agora é uma conversa. Os compradores hoje encontram e compartilham suas próprias informações sobre produtos de sua própria maneira, em seu próprio tempo. - O boca a boca está mais forte do que nunca. Pela primeira vez na história da humanidade, o boca a boca é um meio arquivado digitalmente. - Nenhum MOT é pequeno demais. Se os consumidores pesquisarão na Internet desde casas até assistência médica, eles também o farão com band-aids e canetas esferográficas. - Os MOTs estão se encontrando. Nossos dispositivos móveis são máquinas de MOT. Conforme o uso de celulares cresce, os momentos zero, primeiro e segundo da verdade estão convergindo.
  80. 80. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE Como era antes - Estímulo O pai está assistindo a um jogo de futebol e vê um anúncio de câmeras digitais. Ele pensa, “parece boa”. - Prateleira Ele vai até sua loja de produtos eletrônicos favorita, onde ele vê um maravilhoso display da mesma câmera digital. A embalagem é excelente. Um vendedor jovem responde todas as suas perguntas. Ele compra a câmera. - Experiência O pai chega em casa e a câmera grava lindas fotos de seus filhos, exatamente como anunciado. Um final feliz. Essas três etapas foram o modelo mental de marketing por um longo tempo.
  81. 81. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE Como é hoje O pai ainda assiste ao futebol e ainda vê seu comercial de TV. Mas agora ele pega seu laptop da mesa de centro e procura “análises de câmeras digitais”. Ele analisa os comentários dos usuários fóruns e sites. Ele entra no Twitter e posta: “Alguém tem uma câmera boa por menos de US$ 100? Ele entra no YouTube e pesquisa “demonstrações de câmeras digitais”. Antes do jogo terminar — e antes de ele chegar até a prateleira da loja — ele está pronto para tomar uma decisão.
  82. 82. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE Números da pesquisa Quando você estava considerando comprar o [PRODUTO] quais fontes de informação você buscou para ajudá-lo em sua decisão?
  83. 83. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE Números da pesquisa Quando você estava considerando comprar o [PRODUTO] quais fontes de informação você buscou para ajudá-lo em sua decisão?
  84. 84. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE Números da pesquisa Quando você estava considerando comprar o [PRODUTO] quais fontes de informação você buscou para ajudá-lo em sua decisão? 84% dos compradores disseram que o ZMOT determina suas decisões. Ele agora é tão importante quanto o estímulo e o FMOT para motivar a decisão de compra dos consumidores.
  85. 85. Midias Digitais Conteúdo: ZMOT - Google MOMENTO ZERO DA VERDADE Números da pesquisa
  86. 86. Midias Digitais Conteúdo: Briefing em sala Desenvolver uma estratégia para o briefing discutido em sala.

×