Treinamento Modelagem e Simulação
Modelagem e Simulação <ul><li>Modelagem é uma forma especializada de se representar processos e fenômenos que queremos ent...
Histórico <ul><li>Nas décadas de 60 e 70 a simulação era excessivamente cara e utilizava ferramentas que geralmente só era...
Historico <ul><li>Nos anos 90 a simulação foi utilizada em estágios iniciais de projetos, em animações, pesquisa, entre ou...
Modelagem e Simulação <ul><li>A simulação nos permite: </li></ul><ul><li>projetar e analisar sistemas industriais, </li></...
  Modelagem e Simulação <ul><li>Para as engenharias a simulação tem trazido benefícios como:  </li></ul><ul><li>(a) a prev...
Modelagem de Sistemas      <ul><li>Sistema pode ser definido como uma coletânea de estruturas e recursos que são interagid...
Tipos de Modelos de Simulação <ul><li>     Os modelos matemáticos de simulação, ou simplesmente modelos de simulação, pode...
Tipos de Modelos de Simulação <ul><li>    </li></ul><ul><li>(b) determinístico ou estocástico   </li></ul><ul><li>são mode...
Tipos de Modelos de Simulação <ul><li>(c) discretos ou contínuos   </li></ul><ul><li>modelos discretos  : aqueles em que o...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Treinamento Modelagem e Simulação UEPG

2.306 visualizações

Publicada em

Treinamento Modelagem e Simulação

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.306
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
96
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Treinamento Modelagem e Simulação UEPG

  1. 1. Treinamento Modelagem e Simulação
  2. 2. Modelagem e Simulação <ul><li>Modelagem é uma forma especializada de se representar processos e fenômenos que queremos entender. </li></ul><ul><li>A simulação trata-se de um ferramental disponibilizado pela área de pesquisa operacional que permite a geração de cenários, a partir dos quais pode-se: orientar o processo de tomada de decisão, proceder análises e avaliações de sistemas e propor soluções para a melhoria de performance. </li></ul>
  3. 3. Histórico <ul><li>Nas décadas de 60 e 70 a simulação era excessivamente cara e utilizava ferramentas que geralmente só eram disponíveis em grandes corporações. </li></ul><ul><li>No final da década de 70 e na década de 80 as linhas de montagens de carros passaram a utilizar a simulação para resolver problemas tais como de segurança e otimização da linha. </li></ul><ul><li>No final da década de 80 muitas organizações fizeram da simulação um requisito para que investimentos grandes pudessem ser aprovados. </li></ul>
  4. 4. Historico <ul><li>Nos anos 90 a simulação foi utilizada em estágios iniciais de projetos, em animações, pesquisa, entre outros. </li></ul><ul><li>Ultima Década: A simulação torna-se presente no cotidiano, principalmente no mercado de entreterimento. São criadas ferramentas para fisioterapia com base em jogos computacionais. Com o avanço da Internet a simulação se espalhou atingindo Aeronáutica e várias outras atividades. </li></ul>
  5. 5. Modelagem e Simulação <ul><li>A simulação nos permite: </li></ul><ul><li>projetar e analisar sistemas industriais, </li></ul><ul><li>avaliar performance de hardware e software em sistemas de computação, </li></ul><ul><li>analisar desempenho de armas e estratégias militares, </li></ul><ul><li>determinar freqüência de pedidos de compra para recomposição de estoques, </li></ul><ul><li>projetar e administrar sistemas de transportes como: portos e aeroportos, </li></ul><ul><li>configurar sistemas de atendimento em hospitais, supermercados e bancos. </li></ul>
  6. 6.   Modelagem e Simulação <ul><li>Para as engenharias a simulação tem trazido benefícios como: </li></ul><ul><li>(a) a previsão de resultados na execução de uma determinada ação, </li></ul><ul><li>(b) a redução de riscos na tomada decisão, </li></ul><ul><li>(c) a identificação de problemas antes mesmo de suas ocorrências, </li></ul><ul><li>(d) a eliminação de procedimentos em arranjos industriais que não agregam valor a produção, </li></ul><ul><li>(e) a realização de análises de sensibilidade, </li></ul><ul><li>(f) a redução de custos com o emprego de recursos (mão-de-obra, energia, água e estrutura física) e </li></ul><ul><li>(g) a revelação da integridade e viabilidade de um determinado projeto em termos técnicos e econômicos. </li></ul>
  7. 7. Modelagem de Sistemas     <ul><li>Sistema pode ser definido como uma coletânea de estruturas e recursos que são interagidos segundo uma lógica de tal forma a alcançar um ou mais objetivos. </li></ul><ul><li>Os estudos destes sistemas podem ser através da utilização de modelos que representem os sistemas reais. </li></ul><ul><li>Os modelos podem apresentar-se como protótipos ou como modelos matemáticos, os quais podem prestar-se a soluções analíticas, como por exemplo um modelo de regressão, ou a simulação, permitindo assim, reconstituir a rotina funcional de um dado sistema real. </li></ul>
  8. 8. Tipos de Modelos de Simulação <ul><li>    Os modelos matemáticos de simulação, ou simplesmente modelos de simulação, podem ser classificados em: </li></ul><ul><li>(a) estáticos ou dinâmicos : </li></ul><ul><li>modelos estáticos : os que visam representar o estado de um sistema em um instante ou que em suas formulações não se leva em conta a variável tempo, </li></ul><ul><li>modelos dinâmicos : são formulados para representarem as alterações de estado do sistema ao longo da contagem do tempo de simulação, </li></ul>
  9. 9. Tipos de Modelos de Simulação <ul><li>    </li></ul><ul><li>(b) determinístico ou estocástico </li></ul><ul><li>são modelos determinísticos os que em suas formulações não fazem uso de variáveis aleatórias, </li></ul><ul><li>São modelos estocásticos os que em suas formulações podem empregar uma ou mais variáveis aleatórias em distintas funcionalidades </li></ul>
  10. 10. Tipos de Modelos de Simulação <ul><li>(c) discretos ou contínuos </li></ul><ul><li>modelos discretos : aqueles em que o avanço da contagem de tempo na simulação se dá na forma de incrementos cujos valores podem ser definidos em função da ocorrência dos eventos ou pela determinação de um valor fixo, </li></ul><ul><li>modelos contínuos : o avanço da contagem de tempo na simulação dá-se de forma contínua, o que possibilita determinar os valores das variáveis de estado a qualquer instante. </li></ul>

×