Seminario de TGA: A Relevância do Ensino de Teorias de Administração

4.473 visualizações

Publicada em

Seminario de TGA: A Relevância do Ensino de Teorias de Administração.

Palestrante: Adm. Rui Otávio Bernardes de Andrade (UFRRJ e UNIGRANRIO)

Evento: VI EPOCRAD - Encontro de Professores e Coordenadores dos Cursos de Administração.

Realização: CRA/BA - Conselho Regional de Administração da Bahia.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.473
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminario de TGA: A Relevância do Ensino de Teorias de Administração

  1. 1. SEMINÁRIO SOBRE AS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO Oportunidade de debate sobre os fundamentos, a prática e a evolução do ensino superior de Administração
  2. 2. <ul><li>A Relevância </li></ul><ul><li>do Ensino de Teorias de Administração </li></ul>Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  3. 3. Teorias da Administração <ul><li>Base para o Ensino de Administração </li></ul><ul><li>Base para o exercício profissional em Administração </li></ul><ul><li>Base para o Desenvolvimento Organizacional </li></ul>Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  4. 4. Teorias da Administração <ul><li>Fundamental para o formação acadêmica e profissional do Administrador </li></ul>TGA Formação Acadêmica Exercício Profissional Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  5. 5. O Ensino de Administração Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade Fonte: Censo / INEP 2007 90.000 Concluintes 280.000 Ingressantes 750.000 Alunos 2.281 Cursos
  6. 6. <ul><li>Administradores: 1.500.000 </li></ul><ul><li>Empresas: 14.000.000 </li></ul><ul><li>Alta demanda </li></ul><ul><li>Baixa competitividade </li></ul>Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade A Profissão de Administrador
  7. 7. <ul><li>A TGA não trata somente da história da Administração, mas se constitui em referência e fundamento para o estudo da ciência, arte, profissão e sua contemporaneidade. </li></ul>A Formação do Administrador Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  8. 8. Curiosidades da TGA <ul><li>A disciplina TGA surgiu no Brasil na década de 1950. </li></ul><ul><li>TGA é uma disciplina tipicamente brasileira. </li></ul><ul><li>A primeira pessoa a desenvolver o que se tornou conhecido posteriormente por TGA foi Beatriz Wahrlich, diretora da EBAP. </li></ul>Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  9. 9. Beatriz Wahrlich <ul><li>Obra: Uma Análise da Teoria das Organizações </li></ul>Fernando Prestes Motta Obra: Teoria Geral da Administração Idalberto Chiavenato Obra: Introdução à TGA Alguns autores brasileiros: Antônio César Amaru Maximiano Obra: Teoria Geral da Administração Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade Nério Amboni e Rui Otavio Andrade Obra: Teoria Geral da Administração
  10. 10. O Ensino de TGA Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  11. 11. Ensino de TGA nos dias atuais <ul><li>O ensino de TGA tem-se limitado, basicamente, a fatos históricos que nortearam os primeiros estudos sobre administração. </li></ul><ul><li>A disciplina vem sendo ministrada por muitos docentes, praticamente da mesma maneira como foi idealizada há mais de 50 anos. </li></ul><ul><li>Pesquisas aleatórias em ementas bibliográficas demonstram que as obras mais utilizadas tiveram sua primeira edição na década de 70. </li></ul>Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  12. 12. Ensino de TGA nos dias atuais <ul><li>Quanto à estruturação da disciplina a maioria limita-se apenas a copiar o sumário das obras. </li></ul><ul><li>A maioria dos alunos reclamam da falta de aplicabilidade do ensino de TGA, pois as abordagens teóricas da disciplina não são CONTEXTUALIZADAS pelos professores. </li></ul>Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  13. 13. D C N <ul><li>Diretrizes Curriculares Nacionais </li></ul>Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade *Resolução 04/2005 CES/CNE
  14. 14. MOMENTO DE TRANSIÇÃO APÓS A LDB >> O PNE (Lei nº 10.172/01) <ul><li>Estabelece, em nível nacional, Diretrizes Curriculares que assegurem a necessária flexibilidade, criatividade e responsabilidade das instituições, diversidades dos programas oferecidos pelas diferentes IES, de forma a melhor atender as necessidades diferenciadas de suas clientelas e as peculiaridades das regiões em que se inserem. </li></ul>
  15. 15. RESOLUÇÃO 01/2004 RESOLUÇÃO 02/1993 <ul><li>NORMATIVO </li></ul><ul><li>RÍGIDO </li></ul><ul><li>ENGESSADO </li></ul><ul><li>MATÉRIAS CURRICULARES </li></ul><ul><li>REFERENCIAL </li></ul><ul><li>FLEXÍVEL </li></ul><ul><li>DIVERSIFICADO </li></ul><ul><li>CONTEÚDOS CURRICULARES </li></ul>
  16. 16. Resolução CFE 2/1993 Disciplinas de Formação Básica e Instrumental – (24%) Disciplinas de Formação Profissional – (34%) Eletivas e Complementares – (32%) Estágio Supervisionado – (10%) 300h 1020h 720 h 960h Resolução CNE 1/04 Total: 3000 h Conteúdos de Formação Básica Conteúdos de Formação Profissional Conteúdos de Estudos Quantitativos e suas Tecnologias Conteúdos de Formação Complementar e o estágio (até 20%) Total: 3000 h
  17. 17. MONITORAMENTO DESAFIOS DAS DIRETRIZES CURRICULARES DO PROJETO PEDAGÓGICO PARA CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA ELABORAÇÃO REVISÃO IMPLEMENTAÇÃO AVALIAÇÃO
  18. 18. O conhecimento e o domínio dos conteúdos das Teorias da Administração representam, neste sentido, uma estratégia ímpar para os professores das diferentes áreas estratégicas da Administração estabelecerem conexões e relações no momento em que estiverem explicando, por exemplo, o conteúdo de Administração de Produção, Materiais e Logística para que o mesmo tenha utilidade e aplicabilidade nos diferentes contextos organizacionais e sociais. Contextualização da TGA frente as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs)
  19. 19. Os alunos devem perceber que os conteúdos de TGA apresentam uma sequência lógica cumulativa e articulada com os quatro campos de conhecimentos para consagrar os pressupostos do paradigma da teoria da complexidade. Conteúdos de TGA frente as DCNs Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  20. 20. Conteúdos de TGA frente as DCNs Conteúdos de Formação Básica Conteúdos Profissionalizantes Estudos Quantitativos e suas Tecnologias Conteúdos de Formação Complementar Conteúdos de TGA Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  21. 21. Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade INTERDISCIPLINARIDADE ARTICULAÇÃO DOS CONTEÚDOS: VERTICAL E HORIZONTAL FORMAÇÃO BÁSICA MÉTODOS QUANTITATIVOS E TECNOLOGIAS FORMAÇÃO PROFISSIONAL FORMAÇÃO COMPLEMENTAR
  22. 22. Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade PDI, PPI e PPC CONTEÚDOS TGA TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO PROCESSOS ADMINISTRATIVOS ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS E MÉTODOS ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA
  23. 23. Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade MÉTODOS DE ENSINO APRENDIZAGEM AULAS EXPOSITIVAS Pesquisa CFA: 88% ESTUDO DO MEIO SEMINÁRIOS PAINEL ESTUDOS DE CASO TRABALHOS COM TEXTOS DRAMATIZAÇÃO
  24. 24. O Papel do Professor Frente as Mudanças <ul><li>Prof. Dr. Rui Otavio Bernardes de Andrade </li></ul>
  25. 25. Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade O PROFESSOR E AS MUDANÇAS PARADIGMAS A EXPANSÃO DAS IES, CURSOS TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS MUDANÇAS INSTITUCIONAIS PDI, PPI, PPC O MOVIMENTO DA AVALIAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO
  26. 26. Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade A mudança é inevitável, é uma questão de sobrevivência da IES/CURSO/PROFESSOR.. É inútil resistir às mudanças, pois elas virão, queiramos ou não... Existem oportunidades e riscos para aqueles que se dispuserem ou não a participarem das mudanças...
  27. 27. o trabalho docente deve privilegiar não apenas o processo de ensino mas, sim, o processo de ensino-aprendizagem ; a ênfase deve estar presente na aprendizagem dos alunos e não na transmissão de conhecimentos. Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade .
  28. 28. Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade . os professores devem entender a avaliação institucional como uma estratégia de aprendizagem e de reaprendizagem permanente
  29. 29. Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Aprendizagem e reaprendizagem permanente EXAME NACIONAL DE CURSOS 1995 PDI, PPI, PPC AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OFERTA 1997 ENADE 2006 PAIUB 1994 SINAES 2003
  30. 30. ENADE Uma oportunidade Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  31. 31. E N A D E <ul><li>AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO ESTUDANTE </li></ul><ul><li>OPORTUNIDADE DE AUTO AVALIAÇÃO </li></ul><ul><li>OPORTUNIDADE PARA A IES </li></ul><ul><li>OPORTUNIDADE PARA O COORDENADOR DO CURSO </li></ul><ul><li>OPORTUNIDADE PARA OS PROFESSORES </li></ul>
  32. 32. E N A D E <ul><li>Um terço das questões que compõem a prova do ENADE referem-se a conteúdos de Teorias da Administração. </li></ul>
  33. 33. Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade O QUE FAZER DIANTE DESTAS MUDANÇAS?
  34. 34. sentar num canto e chorar? dormir e sonhar com o paraíso? ficar em cima do muro? tirar proveito das mudanças? Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  35. 35. <ul><li>A Relevância do Ensino de TGA nos Cursos de Graduação em Administração </li></ul>Prof Dr Rui Otavio Bernardes de Andrade
  36. 36. OBRIGADO! [email_address]
  37. 37. Sugestão de Leitura: Teoria Geral da Administração Autores: Rui Otávio Bernardes de Andrade Nério Amboni Editora: www.campus.com.br Contato: [email_address] a/c: Jose Carlos Silva - Gerente

×