Armas para a vitóriaLição 7                                                                                               ...
- O Cinturão ou "cinto" consistia de uma tira de tecido ou de couro usado para ajustar o corpo de uma pessoa e darsustenta...
Terça: Preparação e escudo da fé3. Em que sentido o evangelho da paz provê uma “boa aderência” na guerra espiritual? Is 52...
O escudo da fé pode conservar a todos protegidos contra as tentações do inimigo, mesmo que se achemcircundados das mais co...
A oração da fé é a grande força do cristão, e com toda a certeza prevalecerá contra Satanás. Por isso é queele insinua que...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Armas para a vitória_Resumo_Liç_742012_Esc_Sab.

411 visualizações

Publicada em

https://www.facebook.com/gerson.g.ramos

https://twitter.com/@ramosgerson7

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
411
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Armas para a vitória_Resumo_Liç_742012_Esc_Sab.

  1. 1. Armas para a vitóriaLição 7 10 a 17 de novembro“Portanto, tomai (pegue gratuitamente) toda a armadura de Deus (proteção completa e individual fornecida por Deus Ef 6:10), para que possais resistir no dia mau (para ser fiel diariamente Mat. 6:34) e, depois de terdes vencido tudo (terseguido o exemplo de abnegação, dependência e obediência de cristo ao pai em todas as coisas Fil. 2:4-8), permanecer inabaláveis (continuar firmes, sem alteração, aguardando a Sua segunda vinda. Apoc. 22:11-12)” (Ef 6:13).Deus proveu meios abundantes para o êxito na luta contra o mal que há no mundo. A Bíblia é a armaduracom que nos podemos equipar para a luta. Nossos lombos devem estar cingidos com a verdade. Nossa couraçadeve ser de justiça. Na mão devemos ter o escudo da fé, e na cabeça o capacete da salvação; e com a espada doEspírito, que é a Palavra de Deus, devemos abrir caminho por entre as obstruções e embaraços do pecado. Atos dosApóstolos, 502.A única maneira de provarem que podem permanecer firmes em Deus, havendo tomado a armaduracompleta, é fazer fielmente a obra que Deus lhes deu para fazer. Manuscrito 75, 1900.Objetivo: Vestir toda a armadura de Deus que é nossa única proteção, entender a função de cada peça e utilizar comeficiência, sem isso é impossível vencer, mas desta forma é impossível ser derrotado. Domingo: A necessidade de usar a armaduraNão é seguro, quando vamos à batalha, lançar de lado nossas armas. É então que precisamos ser equipados comtoda a armadura de Deus. Todas as peças são necessárias. Testimonies, vol. 7, pág. 190.1. Que parte da armadura mostra que essa luta não apenas envolve cada cristão, mas exige o engajamento pessoal detodos? O que significa o fato de que você deve se empenhar nessa luta? Ef 6:14-17Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça. Calçai os pés com apreparação do evangelho da paz; embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardosinflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;(Efés. 6:14-17)- A necessidade da armadura é por estarmos em acirrada batalha.Os soldados empenhados em combate têm de enfrentar dificuldades e privações. É-lhes dado alimento grosseiro, e isso,muitas vezes, em quantidades limitadas. Eles têm longas marchas, dia a dia, por estradas acidentadas e sob o solabrasador, acampando-se ao relento, dormindo sobre o chão descoberto, tendo apenas a abóbada celeste comocobertura, expostos a aguaceiros encharcantes e geadas enregelantes, famintos, abatidos, exaustos, ora servindo dealvo para o inimigo, ora participando de batalhas renhidas. Assim eles aprendem o que são dificuldades e privações. Osque se alistam no exército de Cristo também podem esperar ter de realizar trabalho penoso e suportar pacientementeseveras provações por amor a Cristo. Mas os que sofrem com Ele também reinarão com Ele.Então, quem de nós ingressou no serviço para esperar as comodidades da vida, para estar de folga quando lhe aprouver,depondo a armadura de soldado e ficando à paisana, dormindo no posto do dever, e expondo assim a causa de Deus aovitupério? Os que amam o comodismo não praticam a abnegação e paciente perseverança; e quando há necessidade dehomens para realizarem grandes proezas para Deus, esses não se acham dispostos a responder: "Eis-me aqui; envia-mea mim." Isa. 6:8. Há trabalho árduo e penoso a ser feito, e felizes os que estiverem dispostos a efetuá-lo quando seusnomes forem chamados. Deus não recompensará homens e mulheres no mundo futuro por procurarem vivercomodamente neste mundo.Estamos agora no campo de batalha. Não há tempo para inatividade, tempo para ócio, tempo paracondescendência egoísta. Depois de obter uma vantagem, deveis batalhar de novo; deveis sair vencendo e paravencer, reunindo novas forças para outras lutas. Toda vitória ganha produz um aumento de coragem, fé edeterminação. Pela força divina, demonstrareis estar à altura de enfrentar vossos adversários. Signs of theTimes, 7 de setembro de 1891. Segunda: Cinto da verdade, couraça da justiça“Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade (O cinturão é o que dá sustentação e ajusta a armadura à pessoa, é aunião entre o princípio divino e a obediência incondicional e voluntária) e vestindo-vos (Vestir é aceitar) da couraça(proteção das partes vitais) da justiça (é a proteção dada pelos méritos de cristo)” (Ef 6:14).Não há absolutamente outra salvaguarda contra o mal senão a verdade. Nenhum homem em cujo coraçãonão habite a verdade, pode ficar firme pelo direito. Só há um poder capaz de nos tornar e manter firmes: é o poderde Deus, comunicado a nós pela graça de Cristo. Carta 20, 1903.Deus é a verdade: Sua Personalidade Jer. 10:10; Sal 31:5; João 14:6; I Jo. 5:6; Sua palavra Jo. 17:17; e Seu caráter Sal.119:142 e 151. Todas as Suas obras Daniel 4:37; Seus conselhos ls. 25:1; e julgamentos Rm 2:2. Ele faz de Sua Igreja acoluna e o fundamento da verdade 1 Tm. 3:15. ramos@advir.com
  2. 2. - O Cinturão ou "cinto" consistia de uma tira de tecido ou de couro usado para ajustar o corpo de uma pessoa e darsustentação a armadura sem apertar, deixando com liberdade de movimento, e sem brecha entre as peças. Do Heb. mezîaj(Jó 12:21) e mêzaj (Sl 109:19).Unida a Cristo, a natureza humana torna-se verdadeira e pura. Cristo supre a eficácia, e o homem torna-seum poder para o bem. ... A veracidade e a integridade são atributos de Deus, e quem possui essasqualidades possui um poder invencível. Manuscrito 139, 1898. Vestiu-se (aceitou) de justiça (a proteção dada pelos méritos de cristo), como de uma couraça (Isa. 59:17)"E vestida a couraça da justiça" (Efés. 6:14), não vossa própria mas a justiça de Cristo. Esta é a fortaleza daalma. Nós podemos, tendo à frente a justiça de Cristo, resistir às trevas morais, e penetrar os ardis dosinstrumentos satânicos. Carta 60, 1893.Amplas providências foram tomadas para todos os que sincera, fervorosa e ponderadamente, se dedicam à obra deaperfeiçoar a santidade no temor de Deus. Força, graça e glória foram providas por meio de Cristo, para serem levadaspor anjos ministradores aos herdeiros da salvação. Ninguém é tão baixo, tão corrupto e vil, que não possa encontrar emJesus, que morreu por ele, força, pureza e justiça, se abandonar seus pecados, deixar sua conduta de iniquidade, evolver-se de todo o coração para o Deus vivo. Ele está a espera de todos para tirar-lhe a vestimenta manchada epoluída pelo pecado e cobri-los com o branco e resplandecente manto da justiça. Testimonies, vol. 2, pág. 453.Todos os que se vestiram da justiça de Cristo estarão perante Ele como escolhidos, e fiéis e leais . Satanásnão tem poder para arrancá-los da mão do Salvador. Nenhuma alma que em penitência e fé reclame a Sua proteção,permitirá Cristo que passe para o poder do inimigo. Profetas e Reis, pág. 587.2. Qual é a ligação entre verdade e justiça? Por que elas são tão importantes para nossa proteção espiritual no grandeconflito? 1Rs 3:6; Sl 15:2; 96:13; Pv 12:17; Is 48:1; 2Co 6:7; Ef 5:9Respondeu Salomão: De grande benevolência usaste para com teu servo Davi, meu pai, porque ele andou contigo emfidelidade, e em justiça, e em retidão de coração, perante a tua face; mantiveste-lhe esta grande benevolência e lhe desteum filho que se assentasse no seu trono, como hoje se vê. (1 Reis 3:6)O que vive com integridade, e pratica a justiça, e, de coração, fala a verdade; (Sal. 15:2)na presença do SENHOR, porque vem, vem julgar a terra; julgará o mundo com justiça e os povos, consoante a suafidelidade. (Sal. 96:13)O que diz a verdade manifesta a justiça, mas a testemunha falsa, a fraude. (Prov. 12:17)Ouvi isto, casa de Jacó, que vos chamais pelo nome de Israel e saístes da linhagem de Judá, que jurais pelo nome do SENHOR econfessais o Deus de Israel, mas não em verdade nem em justiça. (Isa. 48:1)na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça, quer ofensivas, quer defensivas; (2 Cor. 6:7)(porque o fruto da luz consiste em toda bondade, e justiça, e verdade), (Efés. 5:9)Deus é Justiça: “e este será o nome com que o nomearão: O SENHOR, Justiça Nossa” Jer. 23:6.Justiça: (Hb tsedeq e tsedaqah, ou seja, "[o] direito", "honestidade", "justiça", "equidade", "misericórdia". Deus éa verdade e a justiça, personificada.- A Justiça é a verdade materializada, tanto a verdade quanto a justiça representam o caráter de Deus. “A ira de Deus serevela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça” Rom. 1:18.Nesse tempo o ouro será separado da escória. ... Muitas estrelas que temos admirado por seu brilho tornar-se-ão trevas.Os que têm cingido os ornamentos do santuário, mas não estão vestidos com a justiça de Cristo, aparecerão então navergonha de sua própria nudez. Testimonies, vol. 1, p. 80-81.Os que ressuscitaram com Cristo para andar em novidade de vida, são os eleitos de Deus. São santos ao Senhor, e são porEle reconhecidos como Seus amados. Como tais, acham-se sob o solene concerto de se distinguirem pela humildade deespírito. Devem revestir-se de vestidos de justiça. São separados do mundo, de seu espírito e costumes, e cumpre-lhes revelar que estão aprendendo dEle. ... Caso compreendam que morreram em Cristo, se guardam seus votosbatismais, o mundo não terá poder de atraí-los de modo a negarem a Cristo. Uma vez que vivam neste mundo a vida deCristo, são participantes da natureza divina. Então, quando Cristo, que é a nossa vida, Se manifestar, eles também semanifestarão com Ele em glória. Carta 32, 1907.Ao confessardes vossos pecados, ao vos arrependerdes de vossa iniquidade, Cristo toma sobre Si a vossa culpa e vosimputa Sua justiça e poder. Aos que estão contritos de espírito, dá Ele o áureo óleo do amor, e os ricos tesouros de Suagraça. É então que podeis ver que o sacrifício do eu a Deus mediante os méritos de Cristo, torna-vos de infinito valor;pois vestidos com as vestes da justiça de Cristo podeis tornar-vos filhos e filhas de Deus. Youths Instructor, 16 dejaneiro de 1896. ramos@advir.com
  3. 3. Terça: Preparação e escudo da fé3. Em que sentido o evangelho da paz provê uma “boa aderência” na guerra espiritual? Is 52:7; Rm 10:15; Ef 6:15Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anunciacoisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina! (Isa. 52:7)E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam coisasboas! (Rom. 10:15)Calçai (é usar a proteção) os pés (são a base de sustentação do corpo) com a preparação (se preparando, adquirindoexperiência por si mesmo de que é bom e funciona) do evangelho da paz (Efés. 6:15). (O evangelho de cristo aceito eobedecido, promove sabedoria Prov. 1:7; Jó 28:28; Sl 111:10; Pv 9:10, a verdadeira paz Jo. 14:27, o amor Marc. 12:30-33,e felicidade Luc. 11:28; Jo. 13:17; Apoc. 22:14, por toda a Terra Isa. 11;9.Os soldados romanos se armavam para garantir que seus passos não fossem impedidos em terrenos acidentados. Porisso, normalmente usavam sapatos cravejados com pregos afiados. Esses sapatos asseguravam boa aderência. Paulo oscomparou com a “prontidão”, ou “preparação” do evangelho da paz. Efés. 6:15. LES.- O Evangelho da paz é a base que mantem firmes e protegidos os nossos pés, experimentamos Seu perdão ereconciliação, e testemunhamos que as boas novas são eficientes para todas as áreas da vida, crescemos ementendimento e experiência seguindo os passos de cristo e assim podemos agora transmitir também aos outros.Fazei com que todos vejam que tendes os pés calçados com a preparação do evangelho da paz e da boavontade para com os homens. Manuscrito 6, 1902.Quem está calçado com a preparação do evangelho da paz, andará como Cristo andou. Poderá proferirpalavras adequadas, e fazê-lo com amor. Não buscará incutir pela força a divina mensagem da verdade. Tratará comternura cada coração, reconhecendo que o Espírito imprimirá a verdade nos que são susceptíveis às impressões divinas.Nunca terá maneiras impetuosas. Toda palavra que proferir exercerá influência suavizante e subjugante. ...Ao proferir palavras de reprovação, ponhamos na voz toda a ternura e amor cristãos possíveis. Quanto mais elevada for aposição de um pastor, tanto mais ponderado deve ele ser em palavras e atos. Manuscrito 127, 1902.Os que mantêm a verdade em justiça despertarão, e calçarão os sapatos do evangelho. Com os pés calçados com apreparação do evangelho da paz, eles não farão falsos caminhos em que se extravie o que é manco.Manuscrito 83, 1902.O evangelho é uma mensagem de paz. O cristianismo é um sistema religioso que, recebido e obedecido, espalhariapaz, harmonia e felicidade por toda a Terra. A religião de Cristo ligará em íntima fraternidade todos os que lhe aceitaremos ensinos. O Grande Conflito, pág. 47.4. A peça seguinte da armadura é o escudo, que Paulo comparou à fé ( Ef 6:16). O apóstolo iniciou seu raciocínio com umaexpressão que pode ser traduzida como “sobretudo” (RC), “além disso” (NVI) ou “além de tudo”. O que ele quis dizer comessa expressão?embraçando sempre (comprometimento constante com Deus) o escudo da fé (confiança incondicional na proteçãodivina), com o qual podereis apagar todos (resistir a todas as tentações e deixá-las sem efeito) os dardosinflamados do Maligno (sutileza, tentações especificas). (Efés. 6:16)O que é fé? Qual o seu propósito?A fé é a confiança em Deus, ou seja, a crença de que Ele nos ama e conhece perfeitamente o que é para o nosso bem.Assim ela nos leva a escolher o Seu caminho em vez de o nosso próprio. Em lugar da nossa ignorância, ela aceita a Suasabedoria; em lugar de nossa fraqueza, aceita a Sua força; em lugar de nossa pecaminosidade, Sua justiça. Nossa vida enós mesmos somos já Seus; a fé reconhece essa posse e aceita as bênçãos dela. A verdade, correção e pureza, têm sidodesignadas como segredos do êxito da vida. É a fé que nos põe na posse destes princípios. Educação, 253.- Os hebreus tinham duas classes de escudos: uma pequena e redonda (Hb. Magen; 2 Sam 22:31; 1 Cr 05:18.), E outralonga (Hb. tsinnâh, 1 Cr 12:8, 2 Crônicas 9:15, 14:08, 25:5, Salmos 35:2, Ez. 23:24). Comumente os escudos eram feitosde duas camadas de madeira coladas, medindo cerca de 1,20 m X 75 cm, com uma pele esticada sobre a superfície paraque se aplica-se óleo, a fim de apagar as flechas inflamadas e inutilizar suas pontas. (2 Sam 1:21, Isaías 21:5)- Com o escudo da fé, podemos “apagar todos os dardos inflamados do Maligno” que consiste em inflamar a naturezahumana que como resultado produz: a imoralidade sexual, a impureza, as ações indecentes, por em primeiro as coisasem vez de Deus que é idolatria, as feitiçarias que são as “simpatias” de hoje, as inimizades, as brigas, as ciumeiras, osacessos de raiva, a ambição egoísta, a desunião, as divisões, as invejas, as bebedeiras, as farras entre outras. Gál. 5:19-21. “Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou”. Rom. 8:37.A obra de vencer o mal deve ser feita mediante a fé. Os que entram no campo de batalha acharão que devem cingir todaa armadura de Deus. O escudo da fé será sua defesa, habilitando-os a ser mais que vencedores. Coisa algumaservirá, a não ser isto: fé no Senhor dos exércitos, e obediência às Suas ordens. Vastos exércitos, providos dequaisquer outros recursos, de nada servirão no último grande conflito. Sem fé, um exército de anjos não poderia serauxílio. Somente a fé viva torná-los-á invencíveis, e os habilitará a estar em pé no dia mau, firmes e imóveis,conservando inalterável até ao fim o princípio de sua confiança. Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes,págs. 182 e 183. ramos@advir.com
  4. 4. O escudo da fé pode conservar a todos protegidos contra as tentações do inimigo, mesmo que se achemcircundados das mais corruptoras influências. Spiritual Gifts, vol. 3, pág. 145.A fé na Palavra de Deus, quando estudada com oração e posta em prática, será o nosso escudo contra opoder de Satanás e far-nos-á conquistadores por meio do sangue de Cristo. Testimonies, vol. 1, pág. 302. Quarta: Capacete e espada5. Em 1 Tessalonicenses 5:8, Paulo falou do capacete como a esperança da salvação. Em Efésios 6:17, o capacete é descritosimplesmente como salvação. De que maneira essa mudança na ênfase ajuda a explicar como a salvação pode ser umaarma de defesa?Nós, porém, que somos do dia, sejamos sóbrios, revestindo-nos da couraça da fé e do amor e tomando comocapacete a esperança da salvação; (1 Ts 5:8)Tomai também o capacete da salvação (é compreensão plena, certeza absoluta de nossa salvação em cristo, nos livrada culpa, da dúvida e do medo) e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; (Efés. 6:17)- O Capacete da salvação consiste na proteção da cabeça aonde está a mente que é a sede dos pensamentos, dasemoções e da rasão.Devemos meditar nas Escrituras, pensando sóbria e sinceramente nas coisas que pertencem a nossasalvação eterna. A misericórdia e o amor infinitos de Jesus, o sacrifício feito em nosso favor, pedem a mais séria esolene reflexão. Devemos deter-nos sobre o caráter de nosso Redentor e Intercessor. Cumpre-nos buscar compreender osignificado do plano da salvação. Meditar acerca da missão dAquele que veio salvar Seu povo de seus pecados. Mediantea constante contemplação dos temas celestes, nossa fé e amor mais se robustecerão. Nossas orações serão mais e maisaceitáveis a Deus, porque serão mais e mais impregnadas de fé e amor. Serão mais inteligentes e fervorosas. Haverámais constante confiança em Jesus, e tereis viva experiência diária na boa vontade e poder de Cristo para salvarperfeitamente todos quantos por Ele se chegam a Deus. Review and Herald, 12 de junho de 1888.6. Depois de ter mencionado o capacete da salvação, Paulo falou sobre “a espada do Espírito”, que é a Palavra de Deus.Quais são as características da Palavra de Deus na batalha contra Satanás? Ef 6:17; Hb 4:12Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; (Efés. 6:17). (A palavra daverdade é usada como arma de ataque I Jo. 3:8 e de defesa Mat. 4:4).Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes , e penetraaté ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos epropósitos do coração. (Heb. 4:12)- A Espada do Espírito é a palavra de Deus, é viva e eficaz e corta mais do que qualquer espada afiada com dois fios. Elavai até o mais fundo da alma e do espírito, vai até o íntimo das pessoas e julga os pensamentos e as intenções. A oatendermos a palavra de Deus é cortada a influencia dominadora do inimigo em nossa vida, para isso precisamos:1- Aceita-la como o instrumento divino para cortar o poder do pecado em nossa mente. Fil. 4:7-8.2- Aprender a manejar II Tim. 2:15, através do treinamento pessoal e coletivo. Isa. 34:16; Atos 17:11.3- Praticar diariamente para adquirir firmeza Mat. 7:24-25, experiência e habilidade Prov. 1:1-5.4- Ensinar agora a outros como se defenderem com ela da influencia do inimigo. Col. 1:28-29.Tomem como conselheira a Palavra da verdade, e tornem-se peritos no uso da "espada do Espírito". Efés. 6:17.Satanás é um general sábio; mas o humilde, devotado soldado de Jesus Cristo pode vencê-lo. Review and Herald, 28 defevereiro de 1888.Armados, porém, da Palavra de Deus, tendo-a entesourada no coração e na mente, sairão ilesos de todos osassaltos dos inimigos de Deus ou do homem. … Em nome de Deus erguei o estandarte da verdade e da justiça - osmandamentos de Deus e a fé de Jesus. Necessitais agora da armadura perfeita da verdade, a espada doEspírito, que nunca perderá o fio, e cortará o pecado e a injustiça. The Youths Instructor, 3 de agosto de 1887. Quinta: Orando sempre“a oração não é outra arma, mas o espírito, a maneira pela qual toda a armadura deve ser usada e a batalha travada.Paulo estava recomendando a oração como um permanente estado mental, uma atitude contínua de comunhão comDeus” (The SDA Bible Commentary [Comentário Bíblico Adventista], v. 6, p. 1046).7. Que palavras e expressões, associadas com a admoestação de Paulo sobre oração, sugerem vigilância e disciplina? Ef 6:18com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança esúplica por todos os santos (Efés. 6:18)- A admoestação é para vigiar “com toda perseverança e súplica por todos os santos”. O inimigo está sempre tentandonos desviar da oração sabe que se tivermos comunhão diária com Deus, prevaleceremos sobre suas tentações, por issoprecisamos ser vigilantes é disciplinados para sairmos vencedores em cristo. ramos@advir.com
  5. 5. A oração da fé é a grande força do cristão, e com toda a certeza prevalecerá contra Satanás. Por isso é queele insinua que não temos necessidade de orar. O nome de Jesus, nosso Advogado, ele detesta; e quando sinceramentevamos ter com Ele em busca de auxílio, o exército de Satanás se alarma. O negligenciarmos o exercício da oração servebem ao seu propósito, pois então seus prodígios de mentira são acolhidos mais depressa. Aquilo que ele deixou deconseguir ao tentar a Cristo, ele consegue pondo diante dos homens suas enganosas tentações. Testimonies, vol. 1, p. 296.Oração e vigilância são também necessários para o progresso da vida piedosa. ... Vossa única segurançaestá em viver como um vigia. Vigiai e orai sempre. Oh, que preventivo contra o entregar-se à tentação ecair nos laços do mundo! Testimonies, vol. 2, pág. 283.8. Efésios 6:18 começa com a expressão “orando em todo o tempo” e continua com outra sobre estar “vigilante”. A respeitodo que devemos vigiar, e por quê?com toda oração e súplica, orando (falando com Deus) em todo tempo (continuamente) no Espírito (no modo de viver,com sinceridade) e para isto vigiando (tomando cuidado, com as ciladas do inimigo) com toda perseverança (com todaconstância, persistência) e súplica (pedidos intensos) por todos os santos (todos os que são fieis a Deus). (Efés. 6:18)- Precisamos vigiar, é na nossa desatenção ou negligência que o inimigo consegue êxito em seus ataques.Satanás está alerta, a fim de poder encontrar a mente num momento de desatenção, e assim tomar possedela. Não precisamos ficar ignorantes de suas estratégias, tampouco ser por elas vencidos. Manuscrito 11, 1893.Satanás bem sabe que todos quantos ele puder levar a negligenciar a oração e o exame das Escrituras,serão vencidos por seus ataques. Portanto, inventa todo artifício possível para ocupar a mente. O Grande Conflito,pág. 519.Os que põem toda a armadura de Deus e devotam algum tempo cada dia à meditação, oração e estudo das Escriturasestarão em ligação com o Céu e terão uma influência salvadora, transformadora sobre os que os cercam. Testimonies,vol. 5, p. 112. Sexta: Estudo adicionalConclusão: Em “Armas para a vitória” aprendi que …É questão de vida ou morte eterna vestir toda a armadura de Deus, que é nossa única proteção, entendendo a função decada peça e utilizar com eficiência, sem isso é impossível vencer, mas desta forma é impossível ser derrotado.Domingo - A necessidade de usar a armadura é por estarmos em acirrada batalha.Não é seguro, quando vamos à batalha, lançar de lado nossas armas. É então que precisamos ser equipados com toda aarmadura de Deus. Todas as peças são necessárias. Testimonies, vol. 7, pág. 190.Segunda - Cinto da verdade, couraça da justiça: Deus é a verdade: Sua Personalidade Jer. 10:10; Sal 31:5; João14:6; I Jo. 5:6; Sua palavra Jo. 17:17; e Seu caráter Sal. 119:142 e 151. Todas as Suas obras Daniel 4:37; Seus conselhosls. 25:1; e julgamentos Rm 2:2. Ele faz de Sua Igreja a coluna e o fundamento da verdade 1 Tm. 3:15.Justiça: (Hb tsedeq e tsedaqah, ou seja, "[o] direito", "honestidade", "justiça", "equidade", "misericórdia".Deus é Justiça: “e este será o nome com que o nomearão: O SENHOR, Justiça Nossa” Jer. 23:6. Deus é a verdade e ajustiça, personificada.A Justiça é a verdade materializada ou praticada, tanto a verdade quanto a justiça representam o caráter de Deus. “A irade Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça” Rom. 1:18.Terça - Preparação e escudo da fé: O Evangelho da paz é a base que mantem firmes e protegidos os nossos pés,experimentamos Seu perdão e reconciliação, e testemunhamos que as boas novas são eficientes para todas as áreas davida, crescemos em entendimento e experiência seguindo os passos de cristo e assim podemos agora transmitir tambémaos outros.Com o escudo da fé, podemos “apagar todos os dardos inflamados do Maligno” que consiste em inflamar a naturezahumana que como resultado produz: a imoralidade sexual, a impureza, as ações indecentes, por em primeiro as coisasem vez de Deus que é idolatria, as feitiçarias que são as “simpatias” de hoje, as inimizades, as brigas, as ciumeiras, osacessos de raiva, a ambição egoísta, a desunião, as divisões, as invejas, as bebedeiras, as farras entre outras. Gál. 5:19-21. “Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou”. Rom. 8:37.Quarta - Capacete e espada: O Capacete da salvação consiste na proteção da cabeça aonde está a mente que é a sededos pensamentos, das emoções e da rasão. É compreensão plena, certeza absoluta de nossa salvação em cristo, noslivra da culpa, da dúvida e do medo.A Espada do Espírito é a palavra de Deus, é viva e eficaz e corta mais do que qualquer espada afiada com dois fios. Ela vaiaté o mais fundo da alma e do espírito, vai até o íntimo das pessoas e julga os pensamentos e as intenções. A o atendermosa palavra de Deus é cortada a influencia dominadora do inimigo em nossa vidaQuinta - A admoestação é para vigiar “com toda perseverança e súplica por todos os santos”. O inimigo está sempretentando nos desviar do objetivo sabe que se tivermos Orando sempre, em comunhão diária com Deus,prevaleceremos sobre suas tentações, por isso precisamos ser vigilantes é disciplinados para sairmos vencedores emcristo. ramos@advir.com

×