IAVM - Projeto Interdisciplinar
Arte e Educação
 Sustentabilidade, Arte e EducaçãoSustentabilidade, Arte e Educação
 Bas...
Biografia do Artista
 O artista nasceu no centro de São Paulo, em 1961. Filho único
de um garçom e uma telefonista, passo...
Marca Registrada
 Vik Muniz imprime sua marca ao lidar com a memória, a
ilusão e, sobretudo, o humor, apoiado no uso de m...
Fotógrafo por acaso
 O artista começou a sua carreira como escultor e
tornou-se fotógrafo à medida que fotografava suas
p...
Reconhecimento
 Vik Muniz foi descoberto pelo crítico de arte do jornal
The New York Times, Charles Haggan, nos anos 90.
...
A imagem surge da tensão entre os reinos da mente e da matéria, e ela é
capaz de conectar a experiência de cada um com a d...
Projeto em sala de aula
 Realizado com turmas de 1º ao 5º ano do Ensino
Fundamental.
 Após apresentação em sala de aula ...
Exposição Relicários
Uso a arte nos espaços onde a lógica e o senso comum falham,
criando oportunidade ao público para novas experiências, para...
Oficina da Criatividade
 Após o debate, os alunos serão estimulados
a criar suas próprias obras, utilizando
diversos mate...
IAVM – Graduação em Pedagogia
4º Semestre
 Discentes: Edione Zelenka Lourenço
 Simoni marinho
 Marcia conceição
 Danie...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO

2.879 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.879
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO

  1. 1. IAVM - Projeto Interdisciplinar Arte e Educação  Sustentabilidade, Arte e EducaçãoSustentabilidade, Arte e Educação  Baseado na vida e obra de Vik MunizBaseado na vida e obra de Vik Muniz
  2. 2. Biografia do Artista  O artista nasceu no centro de São Paulo, em 1961. Filho único de um garçom e uma telefonista, passou parte de sua infância morando na periferia da cidade. Trabalhou em vários empregos, entre eles uma agência de anúncios que despertou nele o poder de persuasão e a possibilidade de manipulação. Na década de 80 um acidente foi decisivo para a mudança de sua vida. Vik Muniz acabou sendo baleado na perna quando presenciou um briga entre dois homens. Para evitar uma queixa policial o atirador o ofereceu uma razoável quantia em dinheiro, fato que possibilitou sua ida para os Estados Unidos. Vik passou dois anos em Chicago com os familiares e em 1986 mudou-se para Nova York, lugar onde acabou naturalizando-se norte - americano. Em 1989 realizou a sua primeira mostra, onde expôs esculturas denominadas Relíquias – Objets Trouvés fabricados ou falsas descobertas arqueológicas, como a Máquina de Café Pré- colombiana. Os trabalhos do artista já evidenciavam a sua arte bem humorada que marca sua trajetória.
  3. 3. Marca Registrada  Vik Muniz imprime sua marca ao lidar com a memória, a ilusão e, sobretudo, o humor, apoiado no uso de materiais pouco convencionais. “Sempre levei o humor muito a sério.” Ele não apenas registra a sua versão do mundo, como o recria. Antes de seu olhar como fotógrafo captar o que se tornará o produto final de sua obra, cria um verdadeiro teatro, com cenas, retratos, objetos e imagens, alguns em escala gigantesca, usando elementos tão diversos como papel picado, sucata, molhos e algodão, em processos de construção que podem levar semanas ou até meses.  Dessa forma surgiram algumas das obras como a Mona Lisa de geléia e pasta de amendoim; o soldado composto por inúmeros soldadinhos de brinquedo; a Medusa de macarrão e molho marinara; o Saturno devorando um de seus filhos, de Goya, refeito com sucata; e retratos das atrizes Elizabeth Taylor e Monica Vitti compostos por centenas de pequenos diamantes, todos presentes na mostra.
  4. 4. Fotógrafo por acaso  O artista começou a sua carreira como escultor e tornou-se fotógrafo à medida que fotografava suas peças para documentá-las. Através da fotografia, Vik Muniz conseguia encontrar o ângulo perfeito, a iluminação perfeita e a exposição perfeita para capturar o efeito que havia imaginado quando começou a produzir a escultura. A partir desse momento a fotografia se torna mais interessante do que a escultura propriamente dita.
  5. 5. Reconhecimento  Vik Muniz foi descoberto pelo crítico de arte do jornal The New York Times, Charles Haggan, nos anos 90. em 2001, foi escolhido como representante do Brasil na Bienal de Veneza. Já em 2005, escreveu o livro Reflex: A Vik Muniz Primer.  Recentemente Vik foi convidado para ser o primeiro brasileiro a participar como curador na nona versão Artist´s Choice (2008- 2009), um projeto criado pelo museu de Arte Moderna de Nova York. Atualmente, a originalidade da sua obra o estabeleceu como um dos criadores mais respeitados da arte contemporânea, presente em acervos dos principais museus do mundo.
  6. 6. A imagem surge da tensão entre os reinos da mente e da matéria, e ela é capaz de conectar a experiência de cada um com a de outras pessoas. O que separa a matéria do que se vê é “arte” e o artista é quem tem essa chave. (Vik Muniz)
  7. 7. Projeto em sala de aula  Realizado com turmas de 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.  Após apresentação em sala de aula aos alunos de obras do artista (através de fotos dos trabalhos e videos nas aulas de informática), os alunos farão uma visita a exposição Relicários, que estará aberta ao público até 5 de novembro de 2010.  O projeto incentiva a inserção da arte no cotidiano dessas crianças, além de contribuir para a prática do ensino da arte como elemento essencial à formação do cidadão
  8. 8. Exposição Relicários
  9. 9. Uso a arte nos espaços onde a lógica e o senso comum falham, criando oportunidade ao público para novas experiências, para o estranhamento em doses sutis. (Vik Muniz)  Após visita a exposição, haverá debate nas turmas, estimulando um pensar crítico e analítico sobre o trabalho de Vik Muniz:  O que o aluno pensa sobre o trabalho do artista?  Como usar diferentes materiais para se expressar?  Pensando em sustentabilidade: Como usar a arte em prol do meio ambiente?
  10. 10. Oficina da Criatividade  Após o debate, os alunos serão estimulados a criar suas próprias obras, utilizando diversos materiais, baseando-se nas obras de Vik Muniz.  Após essa etapa, haverá na escola uma exposição com as artes dos alunos, aberta aos pais.
  11. 11. IAVM – Graduação em Pedagogia 4º Semestre  Discentes: Edione Zelenka Lourenço  Simoni marinho  Marcia conceição  Daniela Marques  Professoras: Eveline Carrano  Maria Helena  Fonte: www.rioecultura.com.br  www.rioemcena.com.br  www.unifor.com.br

×