Maureen 
Bisilliat
Estuda pintura em Paris e Nova 
York, antes de se fixar 
definitivamente no Brasil em 1957, 
na cidade de São Paulo. Troca...
“Eu levava uma 
vida sem raízes. 
Só no Brasil fui 
encontrar isso”
A partir da década de 1960, 
fotografa o Brasil tal o relatado 
(e imaginado) na obra de 
escritores consagrados, entre 
e...
Série: A 
Guimarães 
Rosa(1969)
Série: 
Caranguejeiras 
(1968)
Série:Carnaval 
(1969)
Série: Xingu 
(1975/1979)
A partir da década de 1980, 
dedica-se ao trabalho em vídeo, 
com destaque para Xingu/Terra, 
documentário de longa-metrag...
Série: Pele 
Preta (1963)
Em 1985 expõe em sala 
especial na 18ª Bienal 
Internacional de São Paulo um 
ensaio fotográfico inspirado no 
livro O Tur...
Em 1988, é convidada pelo antropólogo 
Darcy Ribeiro (1922 - 1997), com Jacques 
Bisilliat (seu segundo marido) e Antônio ...
Em dezembro de 2003, sua obra fotográfica 
completa, com mais de 16.000 imagens, 
incluindo fotografias, negativos preto e...
Referências 
Bibliográficas: 
veja.abril.com.br/blog/sobre-imagens/mulheres/maureen-bisilliat/ 
pt.wikipedia.org/wiki/Maur...
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
MaureenBisilliatDefinitivo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MaureenBisilliatDefinitivo

138 visualizações

Publicada em

http://www.youtube.com/playlist?list=PLZgl0hDZby_abQ16yh0tcCYbBSlU-lQq1

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
138
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MaureenBisilliatDefinitivo

  1. 1. Maureen Bisilliat
  2. 2. Estuda pintura em Paris e Nova York, antes de se fixar definitivamente no Brasil em 1957, na cidade de São Paulo. Troca a pintura pela fotografia no início dos anos 1960, trabalhando na Editora Abril entre 1964 e 1972, na revista Realidade.
  3. 3. “Eu levava uma vida sem raízes. Só no Brasil fui encontrar isso”
  4. 4. A partir da década de 1960, fotografa o Brasil tal o relatado (e imaginado) na obra de escritores consagrados, entre eles Guimarães Rosa (1908 - 1967), Euclides da Cunha (1866 - 1909) e João Cabral de Melo A partir da década de 1960, fotografa o Brasil tal o relatado (e imaginado) na obra de escritores consagrados, entre eles Guimarães Rosa (1908 - 1967), Euclides da Cunha (1866 - 1909) e João Cabral de Melo Neto (1920 - 1999). Neto (1920 - 1999).
  5. 5. Série: A Guimarães Rosa(1969)
  6. 6. Série: Caranguejeiras (1968)
  7. 7. Série:Carnaval (1969)
  8. 8. Série: Xingu (1975/1979)
  9. 9. A partir da década de 1980, dedica-se ao trabalho em vídeo, com destaque para Xingu/Terra, documentário de longa-metragem rodado com Lúcio Kodato na aldeia mehinaku, Alto Xingu.
  10. 10. Série: Pele Preta (1963)
  11. 11. Em 1985 expõe em sala especial na 18ª Bienal Internacional de São Paulo um ensaio fotográfico inspirado no livro O Turista Aprendiz, de Mário de Andrade (1893 - 1945).
  12. 12. Em 1988, é convidada pelo antropólogo Darcy Ribeiro (1922 - 1997), com Jacques Bisilliat (seu segundo marido) e Antônio Marcos Silva (seu sócio), a levantar um acervo de arte popular latino-americano para a Fundação Memorial da América Latina. Viaja com Jacques para o México, Guatemala, Equador, Peru e Paraguai para recolher peças para a coleção permanente do Pavilhão da Criatividade, do qual é curadora.
  13. 13. Em dezembro de 2003, sua obra fotográfica completa, com mais de 16.000 imagens, incluindo fotografias, negativos preto e branco e cromos coloridos, nos formatos 35mm e 6cmx6 cm, foi incorporada ao acervo fotográfico do Instituto Moreira Salles
  14. 14. Referências Bibliográficas: veja.abril.com.br/blog/sobre-imagens/mulheres/maureen-bisilliat/ pt.wikipedia.org/wiki/Maureen_Bisilliat enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa2141/Maureen-Bisilliat povosindigenas.com/maureen-bisiliat/ www.blogdoims.com.br/ims/a-joao-guimaraes-rosa-por-maureen-bisilliat www.iea.usp.br/pessoas/pesquisadores/maureen-bisiliat

×