SlideShare uma empresa Scribd logo
Vik Muniz
Releitura de obras de arte
Esse cara
é fera!!!
Tá um silêncio....
Vamos começar a montar os
argumentos necessários para a
produção do artigo de opinião sobre o
documentário...
Vocês já escolheram as
obras agora vão fazer a
releitura numa folha de
sulfite, em lápis grafite
depois no canson e colorir
para ser a base do quadro...
Ok????
Observe que tipo de
material vocês vão
representar cada textura
da imagem... O que
podemos ser a cerca? E
as árvores? E a água?
Eu tô achando fácil
fazer a moldura
com os palitos de
sorvete...
Temos tantos
materiais, vai dar
prá variar bastante...
A sala discutiu os vários tipos de materiais recicláveis
que podem ser utilizados para este fim, os cuidados,
etc. E assim os grupos começaram a desenvolver os
trabalhos.
Vocês são bons!!!!! Olha só
que efeito o giz de cera
deu... Eu nunca trabalhei
com este giz... Gostei....
Cada grupo escolheu o tipo
de material que iria utilizar
para pintar, para depois colar
o material reciclado.
Assim os alunos produziram ....
Não falem comigo....
Estou concentrada... Não
posso errar....
Veja o que nós vamos usar
como cabelo.... Venha dar a
sua opinião....
Olha só como ficaram duas obras originais iguais e
as releituras diferentes. Por que será???
Os alunos debateram e chegaram a conclusão que
são os sentimentos e o olhar de quem admira a obra
é que faz a diferença.
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
Os artistas
E.E. Dr. Messias da
Fonseca
Junho 2013

Mais conteúdo relacionado

Destaque

PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DO ARTISTA ROMERO BRITO
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DO ARTISTA ROMERO BRITOPROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DO ARTISTA ROMERO BRITO
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DO ARTISTA ROMERO BRITO
nandafso74
 
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DE ROMERO BRITO
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DE ROMERO BRITOPROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DE ROMERO BRITO
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DE ROMERO BRITO
pedro_bala_1
 
Os Desafios do Design Mobile - Jun/2012
Os Desafios do Design Mobile - Jun/2012Os Desafios do Design Mobile - Jun/2012
Os Desafios do Design Mobile - Jun/2012
Horácio Soares
 
Obras de Arte nas Imagens Publicitárias
Obras de Arte nas Imagens PublicitáriasObras de Arte nas Imagens Publicitárias
Obras de Arte nas Imagens Publicitárias
crisbirne
 
frontend {retirante: nordestino;}
frontend {retirante: nordestino;}frontend {retirante: nordestino;}
frontend {retirante: nordestino;}
Davidson Fellipe
 
A Geração De 45 - Prof. Kelly Mendes - Literatura
A Geração De 45 - Prof. Kelly Mendes - LiteraturaA Geração De 45 - Prof. Kelly Mendes - Literatura
A Geração De 45 - Prof. Kelly Mendes - Literatura
Hadassa Castro
 
Um percurso pela ARTE MODERNA - 150 anos de histórias
Um percurso pela ARTE MODERNA - 150 anos de histórias Um percurso pela ARTE MODERNA - 150 anos de histórias
Um percurso pela ARTE MODERNA - 150 anos de histórias
Vania Myrrha
 
Vik Muniz Pgc Final
Vik Muniz Pgc FinalVik Muniz Pgc Final
Vik Muniz Pgc Final
Tatiana Slater
 
Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Iavm   Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãOIavm   Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Edione Zelenka
 
Releitura Tarsila
Releitura TarsilaReleitura Tarsila
Releitura Tarsila
brunoma
 
Romero Britto
Romero BrittoRomero Britto
Romero Britto
labjosecataldi
 
Tarsila do Amaral - Leitura de Imagem
Tarsila do Amaral - Leitura de ImagemTarsila do Amaral - Leitura de Imagem
Tarsila do Amaral - Leitura de Imagem
pibidletrasifpa
 
Tarcila do amaral
Tarcila   do    amaralTarcila   do    amaral
Tarcila do amaral
elaine
 
Tarsila do Amaral power
Tarsila do Amaral powerTarsila do Amaral power
Tarsila do Amaral power
Tania Mazeto Siqueira
 
Vik muniz.apresentação
Vik muniz.apresentaçãoVik muniz.apresentação
Vik muniz.apresentação
Meire Falco
 
Prova de arte
Prova de arteProva de arte
Prova de arte
ninguemsabenada
 
Arte neoclássica 2C12
Arte neoclássica 2C12Arte neoclássica 2C12
Arte neoclássica 2C12
www.historiadasartes.com
 
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJAARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
DafianaCarlos
 
Tarsila do amaral
Tarsila do amaral Tarsila do amaral
Tarsila do amaral
Roselynn B. Araújo
 
Releitura cenica
Releitura cenicaReleitura cenica
Releitura cenica
Fabiola Oliveira
 

Destaque (20)

PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DO ARTISTA ROMERO BRITO
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DO ARTISTA ROMERO BRITOPROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DO ARTISTA ROMERO BRITO
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DO ARTISTA ROMERO BRITO
 
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DE ROMERO BRITO
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DE ROMERO BRITOPROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DE ROMERO BRITO
PROJETO ARTE DENTRO DA ESCOLA - RELEITURA DAS OBRAS DE ROMERO BRITO
 
Os Desafios do Design Mobile - Jun/2012
Os Desafios do Design Mobile - Jun/2012Os Desafios do Design Mobile - Jun/2012
Os Desafios do Design Mobile - Jun/2012
 
Obras de Arte nas Imagens Publicitárias
Obras de Arte nas Imagens PublicitáriasObras de Arte nas Imagens Publicitárias
Obras de Arte nas Imagens Publicitárias
 
frontend {retirante: nordestino;}
frontend {retirante: nordestino;}frontend {retirante: nordestino;}
frontend {retirante: nordestino;}
 
A Geração De 45 - Prof. Kelly Mendes - Literatura
A Geração De 45 - Prof. Kelly Mendes - LiteraturaA Geração De 45 - Prof. Kelly Mendes - Literatura
A Geração De 45 - Prof. Kelly Mendes - Literatura
 
Um percurso pela ARTE MODERNA - 150 anos de histórias
Um percurso pela ARTE MODERNA - 150 anos de histórias Um percurso pela ARTE MODERNA - 150 anos de histórias
Um percurso pela ARTE MODERNA - 150 anos de histórias
 
Vik Muniz Pgc Final
Vik Muniz Pgc FinalVik Muniz Pgc Final
Vik Muniz Pgc Final
 
Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Iavm   Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãOIavm   Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
Iavm Projeto Interdisciplinar Arte E EducaçãO
 
Releitura Tarsila
Releitura TarsilaReleitura Tarsila
Releitura Tarsila
 
Romero Britto
Romero BrittoRomero Britto
Romero Britto
 
Tarsila do Amaral - Leitura de Imagem
Tarsila do Amaral - Leitura de ImagemTarsila do Amaral - Leitura de Imagem
Tarsila do Amaral - Leitura de Imagem
 
Tarcila do amaral
Tarcila   do    amaralTarcila   do    amaral
Tarcila do amaral
 
Tarsila do Amaral power
Tarsila do Amaral powerTarsila do Amaral power
Tarsila do Amaral power
 
Vik muniz.apresentação
Vik muniz.apresentaçãoVik muniz.apresentação
Vik muniz.apresentação
 
Prova de arte
Prova de arteProva de arte
Prova de arte
 
Arte neoclássica 2C12
Arte neoclássica 2C12Arte neoclássica 2C12
Arte neoclássica 2C12
 
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJAARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
ARTES_ O USO DA IMAGEM NA EJA
 
Tarsila do amaral
Tarsila do amaral Tarsila do amaral
Tarsila do amaral
 
Releitura cenica
Releitura cenicaReleitura cenica
Releitura cenica
 

Semelhante a Releitura de obras de arte

Apostila do curso de desenho sesc 2011
Apostila do curso de desenho sesc 2011Apostila do curso de desenho sesc 2011
Apostila do curso de desenho sesc 2011
Drieli Fassioli
 
Curso de Desenho
Curso de DesenhoCurso de Desenho
Curso de Desenho
Weverton leal
 
Apostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoApostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenho
roberval teles
 
Desenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos BásicosDesenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos Básicos
Carlos Damasceno
 
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho desenhos realistas
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho  desenhos realistas Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho  desenhos realistas
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho desenhos realistas
roberval teles
 
Apostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoApostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenho
roberval teles
 
Hachuras ao Invés de Retículas
Hachuras ao Invés de RetículasHachuras ao Invés de Retículas
Hachuras ao Invés de Retículas
Nankinn
 
Lápis de grafite e carvão tutorial
Lápis de grafite e carvão tutorialLápis de grafite e carvão tutorial
Lápis de grafite e carvão tutorial
Izac Oliveira
 

Semelhante a Releitura de obras de arte (8)

Apostila do curso de desenho sesc 2011
Apostila do curso de desenho sesc 2011Apostila do curso de desenho sesc 2011
Apostila do curso de desenho sesc 2011
 
Curso de Desenho
Curso de DesenhoCurso de Desenho
Curso de Desenho
 
Apostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoApostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenho
 
Desenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos BásicosDesenho Realista- Conceitos Básicos
Desenho Realista- Conceitos Básicos
 
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho desenhos realistas
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho  desenhos realistas Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho  desenhos realistas
Apostila do curso de desenho Apostila do curso de desenho desenhos realistas
 
Apostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenhoApostila do curso de desenho
Apostila do curso de desenho
 
Hachuras ao Invés de Retículas
Hachuras ao Invés de RetículasHachuras ao Invés de Retículas
Hachuras ao Invés de Retículas
 
Lápis de grafite e carvão tutorial
Lápis de grafite e carvão tutorialLápis de grafite e carvão tutorial
Lápis de grafite e carvão tutorial
 

Mais de Janice Calestini

Operações com frações
Operações com fraçõesOperações com frações
Operações com frações
Janice Calestini
 
Áreas e perímetros de figuras planas
Áreas e perímetros de figuras planasÁreas e perímetros de figuras planas
Áreas e perímetros de figuras planas
Janice Calestini
 
Tecnologia na minha escola
Tecnologia na minha escolaTecnologia na minha escola
Tecnologia na minha escola
Janice Calestini
 
Tutorial fotonovela (1)
Tutorial fotonovela (1)Tutorial fotonovela (1)
Tutorial fotonovela (1)
Janice Calestini
 
Morrer e preciso
Morrer e precisoMorrer e preciso
Morrer e preciso
Janice Calestini
 
Acueducto de segovia
Acueducto de segoviaAcueducto de segovia
Acueducto de segovia
Janice Calestini
 

Mais de Janice Calestini (6)

Operações com frações
Operações com fraçõesOperações com frações
Operações com frações
 
Áreas e perímetros de figuras planas
Áreas e perímetros de figuras planasÁreas e perímetros de figuras planas
Áreas e perímetros de figuras planas
 
Tecnologia na minha escola
Tecnologia na minha escolaTecnologia na minha escola
Tecnologia na minha escola
 
Tutorial fotonovela (1)
Tutorial fotonovela (1)Tutorial fotonovela (1)
Tutorial fotonovela (1)
 
Morrer e preciso
Morrer e precisoMorrer e preciso
Morrer e preciso
 
Acueducto de segovia
Acueducto de segoviaAcueducto de segovia
Acueducto de segovia
 

Último

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 

Releitura de obras de arte

  • 3. Esse cara é fera!!! Tá um silêncio....
  • 4. Vamos começar a montar os argumentos necessários para a produção do artigo de opinião sobre o documentário...
  • 5. Vocês já escolheram as obras agora vão fazer a releitura numa folha de sulfite, em lápis grafite depois no canson e colorir para ser a base do quadro... Ok????
  • 6. Observe que tipo de material vocês vão representar cada textura da imagem... O que podemos ser a cerca? E as árvores? E a água?
  • 7. Eu tô achando fácil fazer a moldura com os palitos de sorvete... Temos tantos materiais, vai dar prá variar bastante... A sala discutiu os vários tipos de materiais recicláveis que podem ser utilizados para este fim, os cuidados, etc. E assim os grupos começaram a desenvolver os trabalhos.
  • 8. Vocês são bons!!!!! Olha só que efeito o giz de cera deu... Eu nunca trabalhei com este giz... Gostei.... Cada grupo escolheu o tipo de material que iria utilizar para pintar, para depois colar o material reciclado.
  • 9. Assim os alunos produziram ....
  • 10. Não falem comigo.... Estou concentrada... Não posso errar.... Veja o que nós vamos usar como cabelo.... Venha dar a sua opinião....
  • 11. Olha só como ficaram duas obras originais iguais e as releituras diferentes. Por que será??? Os alunos debateram e chegaram a conclusão que são os sentimentos e o olhar de quem admira a obra é que faz a diferença.
  • 18. Os artistas E.E. Dr. Messias da Fonseca Junho 2013