SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
1) ache as coordenadas do centro de gravidade dos corpos homogêneos e de espessuras desprezíveis
indicados nas figuras.
a) b)
2) Calcule as coordenadas do cento de gravidade da chapa triangular eqüilátera, homogênea e de espessura
desprezível indicada na figura. O lado do triângulo mede 40 3 cm.
3) O esquema representa dois corpos X e Y de pesos respectivamente iguais a 30 N e 20 N, suspensos por
fios, 1 e 2, ideais.
Calcule a intensidade da tração nos fios 1 e 2.
4) Um corpo de peso 400N encontra-se em equilíbrio, como mostra a figura. Determine a intensidade das
forças tensoras nas cordas, supostas de pesos desprezíveis.
5) Um bloco de peso P=80 N é sustentado por fios, como indica a figura.
a) Qual a intensidade da tração no fio AB?
b) Qual a intensidade da tração no fio horizontal BC?
6) Em um ginásio esportivo há dois pontos fixos, A e B, aos quais se suspende uma luminária de peso 600 N,
mediante fios leves, AC e BC, conforme a figura
Determine a intensidade da força de tração em cada fio.
7) Calcule a força em cada um dos fios flexíveis AB e AC, sabendo que o peso do corpo pendurado é de
26N. Adote sen 45º= cos 45º= 0,7 e cos 30º = 0,8.
8) A posição de uma luminária pode ser acertada com o auxilio de um contrapeso, conforme o esquema.
Para a situação representada, o contrapeso é de 10N. Qual o peso da luminária
9) Um homem indicado na figura tem massa 70 kg e está em equilíbrio. Sabendo que o homem se encontra
numa posição horizontal, que seu peso age no ponto A e que cos 30º= 0,8, calcule:
a) a força tensora no fio;
b) a reação oposta ao pés do homem , pela parede.
10) Um corpo de peso 200 N encontra-se em equilíbrio sobre um plano inclinado sob a ação de uma força F
paralela ao plano. Desprezando-se os atritos, calcule:
a) a intensidade de F;
b) a intensidade da força normal que o corpo exerce sobre o plano inclinado.
11) O bloco A da figura pesa 100N. O peso de B é 20N e o sistema da força de atrito exercida sobre o bloco
A?
12) Um bloco A de 10 kg encontra-se em repouso sobre um plano horizontal liso, conforme a figura ao lado,
considere as polias e os fios ideais e g=10 m/s². Sabendo que a massa do bloco C que equilibra o sistema é de
2kg, calcule a massa do bloco B.
13) Na figura, F1= 1N, F2=2N, F3= 3N e F4= 4N.
Calcule o momento de cada uma dessas forças em relação à origem do sistema cartesiano.
14) O menino indicado na figura aplica uma força F vertical, para baixo, de intensidade 20 N em uma chave
disposta horizontalmente para girar um parafuso. Calcule o momento dessa força em relação ao ponto O.
15) Determine o momento das forças F1, F2 e F3 de intensidade respectivamente iguais a 5 N, 6 N e 8 N, em
relação ao pólo O.
16) A figura indica a posição de um braço humano que tem na palma da mão uma esfera de 4 N. Calcule o
momento dessa força em relação ao ponto O.
17) Calcule o momento das forças F1= 10N e F2= 20N em relação ao eixo que passa pelas dobradiças.
18) Uma barra de peso desprezível está sob a ação de forças, como indica a figura. Dados F1= 10N, F2= 8N,
F3= 6N e F4= 4N, determine:
a) o momento de cada força em relação ao ponto O;
b) o momento resultante em relação a O.
c) o sentido em que a barra gira.
19) Sobre os vértices de um corpo quadrado, de lado 20 cm, agem as forças indicadas na figura.
Sendo F1=F2=F3=F4= 10N, calcule:
a) o momento resultante em relação ao ponto A;
b) o momento resultante em relação ao ponto E.
20) A viga homogênea de peso 80 N indicada na figura está em equilíbrio e apoiadas nos pontos X e Y.
Calcule as reações nos apoios.
21) Um garoto de 30 kg de massa está assentado em um banco, na posição indicada na figura.
Desprezando o peso do assento do banco e considerando g = 10 m/s², determine a intensidade das forças
provocadas ns apoios A e B.
22) A barra AB é uniforme e tem massa igual a 100kg. Ela esta apoiada nas suas extremidades e suporta as
massas ilustradas nas figuras. Adotando g = 9,8 m/s2
, determine as reações nos apoios A e B.
23) A barra da figura tem peso desprezível, é sustentada em A e está em equilíbrio.
Calcule a intensidade de F1 sabendo que F2 = 12 N e F3 = 6 N.
24) Um modelo(maquete) de uma ponte é recortado em material homogêneo(madeira prensada, por
exemplo) e repousa sobre duas balanças. Um automóvel de brinquedo anda sobre a ponte com velocidade
constante. No instante em que o automóvel passa por P, tal que MP =
4
1
MN, as indicações das balanças
são: balança I : 16N e balança II : 12N. Determine os pesos do modelo da ponte e do automóvel.
25) (PUC-PR) A figura abaixo representa um poste homogêneo de massa total 50,0 kg apoiado sobre o
suporte A.
a) Determine a massa do bloco B, de dimensões desprezíveis, que deve ser colocado na extremidade direita
para que o sistema fique em equilíbrio, permanecendo o poste na posição horizontal.
b) Calcule a força que o suporte exerce sobre o poste nas condições do item anterior. Considere g = 10,0
m/s2
.
26) A barra da figura é sustentada por duas molas, uma de constante elástica k1, posta no extremo A, e outra
de constante elástica k2, colocada à distância
4

do extremo B.
Sabendo que o peso da barra é de 30 N, calcule k1 e k2 de modo que ambas as molas tenham um alongamento
de 4 cm.
27) Um homem e um menino se propõem a transportar um pedaço de madeiro de 9 m de comprimento e
500 N de peso, cujo centro de gravidade esta situado a 2m de uma das extremidades. Se o homem colocar no
extremo mais próximo do centro de gravidade, determine a posição que o menino devera ocupar, a contar do
outro extremo, para que faça um terço da força do homem.
28) Para arrancar uma estaca do solo, deve-se puxá-la com uma força de 1500N, verticalmente. Determine a
força mínima que o homem deve fazer para arrancar a estaca, usando arranjo indicado na figura.
29) A barra homogênea AB da figura tem 6m de comprimento e pesa 1000N. Há um ponto fixo C no qual a
barra é articulada sem atrito. A barra repousa sobre a extremidade A. Determine a máxima distância x que
um homem que pesa 800N pode percorrer sobre a barra, partindo de A, sem que ela gire em torno de C.
30) A placa quadrada de lado 40cm da figura pode girar em torno do ponto A.
Sabendo que F1 = 20N e F3 = 10 N, calcule a intensidade de F2 de modo que a placa esteja em equilíbrio de
rotação. Use 2 = 1,4.
31) O corpo de peso 16000N indicado na figura está em equilíbrio estático.
Determine a intensidade de F e a vantagem mecânica da talha.
32) O sistema indicado na figura está em equilíbrio. Os fios e as polias são ideais.
A constante elástica da mola é igual a 40 N/cm e F = 100N.
a) Qual o valor do peso do corpo A?
b) Qual a deformação sofrida pela mola?
33) Um peso de 5 120N deve ser equilibrado por meio de um talha exponencial. Determine o número de
polias móveis dessa talha, sabendo que a força motriz tem intensidade 10N.
34) O esquema representa uma gangorra homogênea, com secção transversal constante, que tem 7 m de
comprimento e está apoiada em C, distante 3 m de A. Na extremidade A esta uma garota de peso 400 N. Qual
é o peso do garoto sentado em B para que a gangorra fique em equilíbrio na horizontal?
35) A barra indicada na figura tem peso desprezível e esta em equilíbrio na posição horizontal. Determine x.
36) Dois garotos, A e B, carregam um balde de 300N, conforme indica a figura.
Sabendo que o garoto A suporta uma carga de duas vezes maior que a do garoto B, calcule a posição x do
balde.
37) Com auxilio de uma alavanca interfixa de 3 metros de comprimento e de peso desprezível, pretende-se
equilibrar horizontalmente um corpo de peso 400 N, colocado numa das extremidades. Sabendo que a força
potente tem intensidade 80N, determine a localização do ponto de apoio.
38) (PUC-MG) Uma barra rígida, de peso próprio desprezível, é utilizada como alavanca, conforme a figura
abaixo. Com a carga suspensa no ponto A, a força F que equilibra o sistema vale 200N. Colocando-se uma
outra carga de mesmo valor no ponto B, calcule o valor da nova força necessária para equilibrar o sistema.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lista de exercícios de porcentagem
Lista de exercícios de porcentagemLista de exercícios de porcentagem
Lista de exercícios de porcentagem
Priscila Lourenço
 
Avaliac3a7c3a3o diagnc3b3stica-de-histc3b3ria-8c2ba-ano-com-descritores
Avaliac3a7c3a3o diagnc3b3stica-de-histc3b3ria-8c2ba-ano-com-descritoresAvaliac3a7c3a3o diagnc3b3stica-de-histc3b3ria-8c2ba-ano-com-descritores
Avaliac3a7c3a3o diagnc3b3stica-de-histc3b3ria-8c2ba-ano-com-descritores
Atividades Diversas Cláudia
 
Lista (6) de exercícios de multiplicação e divisão (gabaritado)
Lista (6) de exercícios de multiplicação e divisão (gabaritado)Lista (6) de exercícios de multiplicação e divisão (gabaritado)
Lista (6) de exercícios de multiplicação e divisão (gabaritado)
Olicio Silva
 
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-talesExercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
cleicia
 
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Waldir Montenegro
 

Mais procurados (20)

Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)
 
Contrato de bom comportamento 5.ºb (1) (1)
Contrato de bom comportamento 5.ºb (1) (1)Contrato de bom comportamento 5.ºb (1) (1)
Contrato de bom comportamento 5.ºb (1) (1)
 
Lista de exercícios de porcentagem
Lista de exercícios de porcentagemLista de exercícios de porcentagem
Lista de exercícios de porcentagem
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
 
Atividade Escritores da liberdade
Atividade Escritores da liberdadeAtividade Escritores da liberdade
Atividade Escritores da liberdade
 
Lista de Exercícios 3 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 3 – Números InteirosLista de Exercícios 3 – Números Inteiros
Lista de Exercícios 3 – Números Inteiros
 
Avaliac3a7c3a3o diagnc3b3stica-de-histc3b3ria-8c2ba-ano-com-descritores
Avaliac3a7c3a3o diagnc3b3stica-de-histc3b3ria-8c2ba-ano-com-descritoresAvaliac3a7c3a3o diagnc3b3stica-de-histc3b3ria-8c2ba-ano-com-descritores
Avaliac3a7c3a3o diagnc3b3stica-de-histc3b3ria-8c2ba-ano-com-descritores
 
Atividade 1º ano do ensino médio átomo
Atividade 1º ano do ensino médio átomoAtividade 1º ano do ensino médio átomo
Atividade 1º ano do ensino médio átomo
 
Apostila de matrizes (9 páginas, 40 questões, com gabarito)
Apostila de matrizes (9 páginas, 40 questões, com gabarito)Apostila de matrizes (9 páginas, 40 questões, com gabarito)
Apostila de matrizes (9 páginas, 40 questões, com gabarito)
 
Função afim
Função afimFunção afim
Função afim
 
Plano anual de física para o ensino médio
Plano anual de física para o ensino médioPlano anual de física para o ensino médio
Plano anual de física para o ensino médio
 
Lista (6) de exercícios de multiplicação e divisão (gabaritado)
Lista (6) de exercícios de multiplicação e divisão (gabaritado)Lista (6) de exercícios de multiplicação e divisão (gabaritado)
Lista (6) de exercícios de multiplicação e divisão (gabaritado)
 
Equação exponencial
Equação exponencialEquação exponencial
Equação exponencial
 
I lista de exercícios resolucao para o blog
I lista de exercícios   resolucao para o blogI lista de exercícios   resolucao para o blog
I lista de exercícios resolucao para o blog
 
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-talesExercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
 
Atividade de história - O começo da história humana
Atividade de história - O começo da história humanaAtividade de história - O começo da história humana
Atividade de história - O começo da história humana
 
Física 2º ano ensino médio ondulatória comprimento, frequência, amplitude e...
Física 2º ano ensino médio   ondulatória comprimento, frequência, amplitude e...Física 2º ano ensino médio   ondulatória comprimento, frequência, amplitude e...
Física 2º ano ensino médio ondulatória comprimento, frequência, amplitude e...
 
Exercicios de função composta e inversa
Exercicios de função composta e inversaExercicios de função composta e inversa
Exercicios de função composta e inversa
 
Estatica dos solidos
Estatica dos solidosEstatica dos solidos
Estatica dos solidos
 
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
 

Destaque

Henriqueflorianoerafaelsabino
HenriqueflorianoerafaelsabinoHenriqueflorianoerafaelsabino
Henriqueflorianoerafaelsabino
Henrique Floriano
 
Adolescencia[1]
Adolescencia[1]Adolescencia[1]
Adolescencia[1]
dp2jkv
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
eiprofessor
 
A RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa EsquemaA RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa Esquema
guest782599
 

Destaque (13)

Lista estátistica física
Lista estátistica físicaLista estátistica física
Lista estátistica física
 
Henriqueflorianoerafaelsabino
HenriqueflorianoerafaelsabinoHenriqueflorianoerafaelsabino
Henriqueflorianoerafaelsabino
 
Adolescencia
AdolescenciaAdolescencia
Adolescencia
 
Adolescencia[1]
Adolescencia[1]Adolescencia[1]
Adolescencia[1]
 
Trabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EM
Trabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EMTrabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EM
Trabalho fisica 4º bimestre - 1º ano do EM
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Física - Equilíbrio de Um Corpo Rígido - Resolução de Exercícios - www.Centro...
Física - Equilíbrio de Um Corpo Rígido - Resolução de Exercícios - www.Centro...Física - Equilíbrio de Um Corpo Rígido - Resolução de Exercícios - www.Centro...
Física - Equilíbrio de Um Corpo Rígido - Resolução de Exercícios - www.Centro...
 
A revolução russa
A revolução russaA revolução russa
A revolução russa
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
História - Revolução Russa - www.CentroApoio.com
História - Revolução Russa - www.CentroApoio.comHistória - Revolução Russa - www.CentroApoio.com
História - Revolução Russa - www.CentroApoio.com
 
Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917Revolução Russa de 1917
Revolução Russa de 1917
 
A RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa EsquemaA RevoluçãO Russa Esquema
A RevoluçãO Russa Esquema
 
Questões Corrigidas, em Word: Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog   ...Questões Corrigidas, em Word:  Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog   ...
Questões Corrigidas, em Word: Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog ...
 

Semelhante a Lista exercicios fisica estática

539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
Leonardo Paganotto
 
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
Leonardo Paganotto
 
Fisica estatica dos_corpos_extensos_exercicios
Fisica estatica dos_corpos_extensos_exerciciosFisica estatica dos_corpos_extensos_exercicios
Fisica estatica dos_corpos_extensos_exercicios
Emanuel Melo
 
Lista 10 est+ítica hidrost+ítica
Lista 10 est+ítica hidrost+íticaLista 10 est+ítica hidrost+ítica
Lista 10 est+ítica hidrost+ítica
rodrigoateneu
 
www.CentroApoio.com - Física - Energia e Trabalho - Exercícios Resolvidos Por...
www.CentroApoio.com - Física - Energia e Trabalho - Exercícios Resolvidos Por...www.CentroApoio.com - Física - Energia e Trabalho - Exercícios Resolvidos Por...
www.CentroApoio.com - Física - Energia e Trabalho - Exercícios Resolvidos Por...
Vídeo Aulas Apoio
 
Exercícios de momento
Exercícios de momentoExercícios de momento
Exercícios de momento
detowell1976
 
Lista exerc.ciclo3 cad.5
Lista exerc.ciclo3 cad.5Lista exerc.ciclo3 cad.5
Lista exerc.ciclo3 cad.5
fisicadu
 
21655210 exercicios-de-dinamica
21655210 exercicios-de-dinamica21655210 exercicios-de-dinamica
21655210 exercicios-de-dinamica
afpinto
 
Lista de exercícios_-_estática211020100949 (1)
Lista de exercícios_-_estática211020100949 (1)Lista de exercícios_-_estática211020100949 (1)
Lista de exercícios_-_estática211020100949 (1)
Emerson Assis
 

Semelhante a Lista exercicios fisica estática (20)

539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
 
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
539 fisica estatica_dos_corpos_extensos_exercicios
 
Blocos
BlocosBlocos
Blocos
 
Fisica estatica dos_corpos_extensos_exercicios
Fisica estatica dos_corpos_extensos_exerciciosFisica estatica dos_corpos_extensos_exercicios
Fisica estatica dos_corpos_extensos_exercicios
 
Lista 10 est+ítica hidrost+ítica
Lista 10 est+ítica hidrost+íticaLista 10 est+ítica hidrost+ítica
Lista 10 est+ítica hidrost+ítica
 
Exercícios 2
Exercícios 2Exercícios 2
Exercícios 2
 
www.CentroApoio.com - Física - Energia e Trabalho - Exercícios Resolvidos Por...
www.CentroApoio.com - Física - Energia e Trabalho - Exercícios Resolvidos Por...www.CentroApoio.com - Física - Energia e Trabalho - Exercícios Resolvidos Por...
www.CentroApoio.com - Física - Energia e Trabalho - Exercícios Resolvidos Por...
 
Exercícios de momento
Exercícios de momentoExercícios de momento
Exercícios de momento
 
Lista exerc.ciclo3 cad.5
Lista exerc.ciclo3 cad.5Lista exerc.ciclo3 cad.5
Lista exerc.ciclo3 cad.5
 
aula de equilíbrio
aula de equilíbrio aula de equilíbrio
aula de equilíbrio
 
21655210 exercicios-de-dinamica
21655210 exercicios-de-dinamica21655210 exercicios-de-dinamica
21655210 exercicios-de-dinamica
 
Miscelânia leis de newton
Miscelânia leis de newtonMiscelânia leis de newton
Miscelânia leis de newton
 
Lista de exercícios_-_estática211020100949 (1)
Lista de exercícios_-_estática211020100949 (1)Lista de exercícios_-_estática211020100949 (1)
Lista de exercícios_-_estática211020100949 (1)
 
Física - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto Material
Física - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto MaterialFísica - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto Material
Física - Exercícios Resolvidos de Equilíbrio de um Ponto Material
 
Módulo da força
Módulo da forçaMódulo da força
Módulo da força
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Resolvidos de Equilíbrio do...
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Resolvidos de Equilíbrio do...www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Resolvidos de Equilíbrio do...
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Resolvidos de Equilíbrio do...
 
Fisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exercicios
Fisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exerciciosFisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exercicios
Fisica mecanica dinamica_plano_inclinado_exercicios
 
Dinâmica parte 3
Dinâmica parte 3Dinâmica parte 3
Dinâmica parte 3
 
Lista (M1) - Trabalho e Energia
Lista (M1) - Trabalho e EnergiaLista (M1) - Trabalho e Energia
Lista (M1) - Trabalho e Energia
 
Dinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercíciosDinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercícios
 

Último

Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfO que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 

Lista exercicios fisica estática

  • 1.
  • 2. 1) ache as coordenadas do centro de gravidade dos corpos homogêneos e de espessuras desprezíveis indicados nas figuras. a) b) 2) Calcule as coordenadas do cento de gravidade da chapa triangular eqüilátera, homogênea e de espessura desprezível indicada na figura. O lado do triângulo mede 40 3 cm. 3) O esquema representa dois corpos X e Y de pesos respectivamente iguais a 30 N e 20 N, suspensos por fios, 1 e 2, ideais. Calcule a intensidade da tração nos fios 1 e 2. 4) Um corpo de peso 400N encontra-se em equilíbrio, como mostra a figura. Determine a intensidade das forças tensoras nas cordas, supostas de pesos desprezíveis. 5) Um bloco de peso P=80 N é sustentado por fios, como indica a figura. a) Qual a intensidade da tração no fio AB? b) Qual a intensidade da tração no fio horizontal BC?
  • 3. 6) Em um ginásio esportivo há dois pontos fixos, A e B, aos quais se suspende uma luminária de peso 600 N, mediante fios leves, AC e BC, conforme a figura Determine a intensidade da força de tração em cada fio. 7) Calcule a força em cada um dos fios flexíveis AB e AC, sabendo que o peso do corpo pendurado é de 26N. Adote sen 45º= cos 45º= 0,7 e cos 30º = 0,8. 8) A posição de uma luminária pode ser acertada com o auxilio de um contrapeso, conforme o esquema. Para a situação representada, o contrapeso é de 10N. Qual o peso da luminária 9) Um homem indicado na figura tem massa 70 kg e está em equilíbrio. Sabendo que o homem se encontra numa posição horizontal, que seu peso age no ponto A e que cos 30º= 0,8, calcule: a) a força tensora no fio; b) a reação oposta ao pés do homem , pela parede. 10) Um corpo de peso 200 N encontra-se em equilíbrio sobre um plano inclinado sob a ação de uma força F paralela ao plano. Desprezando-se os atritos, calcule: a) a intensidade de F; b) a intensidade da força normal que o corpo exerce sobre o plano inclinado. 11) O bloco A da figura pesa 100N. O peso de B é 20N e o sistema da força de atrito exercida sobre o bloco A?
  • 4. 12) Um bloco A de 10 kg encontra-se em repouso sobre um plano horizontal liso, conforme a figura ao lado, considere as polias e os fios ideais e g=10 m/s². Sabendo que a massa do bloco C que equilibra o sistema é de 2kg, calcule a massa do bloco B. 13) Na figura, F1= 1N, F2=2N, F3= 3N e F4= 4N. Calcule o momento de cada uma dessas forças em relação à origem do sistema cartesiano. 14) O menino indicado na figura aplica uma força F vertical, para baixo, de intensidade 20 N em uma chave disposta horizontalmente para girar um parafuso. Calcule o momento dessa força em relação ao ponto O. 15) Determine o momento das forças F1, F2 e F3 de intensidade respectivamente iguais a 5 N, 6 N e 8 N, em relação ao pólo O. 16) A figura indica a posição de um braço humano que tem na palma da mão uma esfera de 4 N. Calcule o momento dessa força em relação ao ponto O.
  • 5. 17) Calcule o momento das forças F1= 10N e F2= 20N em relação ao eixo que passa pelas dobradiças. 18) Uma barra de peso desprezível está sob a ação de forças, como indica a figura. Dados F1= 10N, F2= 8N, F3= 6N e F4= 4N, determine: a) o momento de cada força em relação ao ponto O; b) o momento resultante em relação a O. c) o sentido em que a barra gira. 19) Sobre os vértices de um corpo quadrado, de lado 20 cm, agem as forças indicadas na figura. Sendo F1=F2=F3=F4= 10N, calcule: a) o momento resultante em relação ao ponto A; b) o momento resultante em relação ao ponto E. 20) A viga homogênea de peso 80 N indicada na figura está em equilíbrio e apoiadas nos pontos X e Y. Calcule as reações nos apoios. 21) Um garoto de 30 kg de massa está assentado em um banco, na posição indicada na figura. Desprezando o peso do assento do banco e considerando g = 10 m/s², determine a intensidade das forças provocadas ns apoios A e B. 22) A barra AB é uniforme e tem massa igual a 100kg. Ela esta apoiada nas suas extremidades e suporta as massas ilustradas nas figuras. Adotando g = 9,8 m/s2 , determine as reações nos apoios A e B.
  • 6. 23) A barra da figura tem peso desprezível, é sustentada em A e está em equilíbrio. Calcule a intensidade de F1 sabendo que F2 = 12 N e F3 = 6 N. 24) Um modelo(maquete) de uma ponte é recortado em material homogêneo(madeira prensada, por exemplo) e repousa sobre duas balanças. Um automóvel de brinquedo anda sobre a ponte com velocidade constante. No instante em que o automóvel passa por P, tal que MP = 4 1 MN, as indicações das balanças são: balança I : 16N e balança II : 12N. Determine os pesos do modelo da ponte e do automóvel. 25) (PUC-PR) A figura abaixo representa um poste homogêneo de massa total 50,0 kg apoiado sobre o suporte A. a) Determine a massa do bloco B, de dimensões desprezíveis, que deve ser colocado na extremidade direita para que o sistema fique em equilíbrio, permanecendo o poste na posição horizontal. b) Calcule a força que o suporte exerce sobre o poste nas condições do item anterior. Considere g = 10,0 m/s2 . 26) A barra da figura é sustentada por duas molas, uma de constante elástica k1, posta no extremo A, e outra de constante elástica k2, colocada à distância 4  do extremo B. Sabendo que o peso da barra é de 30 N, calcule k1 e k2 de modo que ambas as molas tenham um alongamento de 4 cm. 27) Um homem e um menino se propõem a transportar um pedaço de madeiro de 9 m de comprimento e 500 N de peso, cujo centro de gravidade esta situado a 2m de uma das extremidades. Se o homem colocar no extremo mais próximo do centro de gravidade, determine a posição que o menino devera ocupar, a contar do outro extremo, para que faça um terço da força do homem.
  • 7. 28) Para arrancar uma estaca do solo, deve-se puxá-la com uma força de 1500N, verticalmente. Determine a força mínima que o homem deve fazer para arrancar a estaca, usando arranjo indicado na figura. 29) A barra homogênea AB da figura tem 6m de comprimento e pesa 1000N. Há um ponto fixo C no qual a barra é articulada sem atrito. A barra repousa sobre a extremidade A. Determine a máxima distância x que um homem que pesa 800N pode percorrer sobre a barra, partindo de A, sem que ela gire em torno de C. 30) A placa quadrada de lado 40cm da figura pode girar em torno do ponto A. Sabendo que F1 = 20N e F3 = 10 N, calcule a intensidade de F2 de modo que a placa esteja em equilíbrio de rotação. Use 2 = 1,4. 31) O corpo de peso 16000N indicado na figura está em equilíbrio estático. Determine a intensidade de F e a vantagem mecânica da talha. 32) O sistema indicado na figura está em equilíbrio. Os fios e as polias são ideais. A constante elástica da mola é igual a 40 N/cm e F = 100N. a) Qual o valor do peso do corpo A? b) Qual a deformação sofrida pela mola?
  • 8. 33) Um peso de 5 120N deve ser equilibrado por meio de um talha exponencial. Determine o número de polias móveis dessa talha, sabendo que a força motriz tem intensidade 10N. 34) O esquema representa uma gangorra homogênea, com secção transversal constante, que tem 7 m de comprimento e está apoiada em C, distante 3 m de A. Na extremidade A esta uma garota de peso 400 N. Qual é o peso do garoto sentado em B para que a gangorra fique em equilíbrio na horizontal? 35) A barra indicada na figura tem peso desprezível e esta em equilíbrio na posição horizontal. Determine x. 36) Dois garotos, A e B, carregam um balde de 300N, conforme indica a figura. Sabendo que o garoto A suporta uma carga de duas vezes maior que a do garoto B, calcule a posição x do balde. 37) Com auxilio de uma alavanca interfixa de 3 metros de comprimento e de peso desprezível, pretende-se equilibrar horizontalmente um corpo de peso 400 N, colocado numa das extremidades. Sabendo que a força potente tem intensidade 80N, determine a localização do ponto de apoio. 38) (PUC-MG) Uma barra rígida, de peso próprio desprezível, é utilizada como alavanca, conforme a figura abaixo. Com a carga suspensa no ponto A, a força F que equilibra o sistema vale 200N. Colocando-se uma outra carga de mesmo valor no ponto B, calcule o valor da nova força necessária para equilibrar o sistema.