1Lista Leis de Newton, trabalho, energia, potência, impulso1º) Uma mola de suspensão de carro sofre deformação de 5 cm sob...
2pode fazer é F = 30 N. Qual é a carga máxima que ela conseguirá erguer?a) 30 Nb) 90 Nc) 120 Nd) 180 Ne) 240 N13º) Os corp...
314º) Unifor-CE Os corpos A e B, de massas mA = 2,0 kg e mB = 3,0 kg, são presos por um fiode massa desprezível. O sistema...
4Considerando essas informações, identifique a opção correta.a) O aumento da indicação da balança pode ocorrer se o elevad...
516. Se m1 = m2, a velocidade do sistema é constante.Dê, como resposta, a soma das alternativas corretas. ___________18º) ...
619º) (UFAM-2003) – Três blocos, A, B e C, de massas mA = 5kg, mB = 3kg e mc = 2kg, sãodispostos como mostra a figura. Ado...
7Os blocos A e B são ligados por um fio e podem deslizar sem atrito sobre uma superfíciehorizontal sob a ação da força F p...
8a) determine, em função desses dados, o módulo da força centrípeta Fc que atua sobre o bloco.b) calcule, em função desses...
925º) (UFPE-2003) – Uma caixa de 10kg desce uma rampa de 3,0m de comprimento e 60° deinclinação. O coeficiente de atrito c...
1026º) Um bloco de ferro de massa M = 500kg cai de uma altura de 5,00m e atinge em cheio umaestaca e a faz penetrar no sol...
11Considerando-se a aceleração da gravidade com módulo g = 10m/s2, densidade da água de1,0 . 103kg/m3 e desprezando-se as ...
12 Ao longo do tempo, o pêndulo vai tendo o seu movimento amortecido por atrito com o ar,terminando por parar completament...
1330º) (FMTM-MG-2003) – Uma bola é lançada horizontalmente com uma velocidade de móduloV em direção a um obstáculo suave d...
1431º) (PUCC-SP-2003) – Uma bola elástica cai, verticalmente, em queda livre de uma altura de2,00m, onde estava em repouso...
1532º) (AFA-2003) – Duas partículas, A e B, de massas distintas M e m têm a mesma energiacinética e quantidades de movimen...
1633º) (FATEC-SP-2003) – Um bloco de massa 3,0kg repousa sobre uma superfície horizontal,sem atrito. Uma força constante e...
17a rua e imediatamente aciona os freios que travam as rodas. O veículo derrapa uma distânciaD e pára, devido ao atrito en...
1835º) (UNIFESP-2003) – Com o auxílio de um estilingue, um garoto lança uma pedra de 150gverticalmente para cima, a partir...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Miscelânia leis de newton

8.317 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.317
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Miscelânia leis de newton

  1. 1. 1Lista Leis de Newton, trabalho, energia, potência, impulso1º) Uma mola de suspensão de carro sofre deformação de 5 cm sob ação de uma força de2000 N. Qual a constante elástica dessa mola?2º) Um corpo de massa m = 5 kg é puxado horizontalmente sobre uma mesa por uma força F =15 N. O coeficiente de atrito entre o corpo e a mesa é µ = 0,2. Determine a aceleração docorpo. Considere g = 10 m/s2.3º) Um bloco de massa M repousa sobre um plano horizontal. Uma força horizontal F = 25 Nimprime ao corpo uma velocidade de 4 m/s em 2s. Sendo a força de atrito entre o bloco e oplano de intensidade igual a f at = 5 N, calcule M.4º) Uma força constante de 20 N produz, em um corpo, um deslocamento de 0,5 m no mesmosentido da força. Calcule o trabalho realizado por essa força.5º) Um trenó é puxado sobre uma superfície plana e horizontal por uma força F = 600 N. Oângulo entre essa força e o sentido do movimento é 30º . Sendo o deslocamento do trenó iguala 50 m, calcule o trabalho realizado pela força F.6º) Uma pedra de massa 0,5 kg é libertada da altura de 20 m em relação ao solo. Determine otrabalho da força peso para trazê-la até o solo.7º) A energia cinética de um corpo é 1800 J e sua massa é 2 kg. Determine sua velocidade.8º) Qual o trabalho realizado por uma força que varia a velocidade de um corpo de massa 3 kgde 8 m/s a 10 m/s?9º) Um corpo de massa 10 kg, inicialmente em repouso, é posto em movimento sob a ação deuma força e adquire, após percorrer 40 m, uma velocidade de 20 m/s. Determine o valor daforça aplicada no corpo.10º) Um corpo de massa 5 kg está sob a ação de uma força de 30 N que atua no sentido domovimento. Sabendo que em determinado instante a velocidade do corpo é de 10 m/s,determine sua velocidade após percorrer 15 m.11º) Fatec-SP Dois objetos A e B de massas 1,0 kg e 5,0 kg, respectivamente, estão unidospor meio de um fio. Esse fio passa por cima de uma roldana, como mostra a figura, e o corpo Bestá apoiado no chão.É correto afirmar que a força que o corpo B exerce sobre o solo e a tração nesse fio, emnewtons, medem, respectivamente: Dado: g = 10 m/s2a) 0 e 40b) 40 e 10c) 40 e 60d) 50 e 10e) 50 e 5012º) FEI-SP No esquema de polias ao lado, sabe-se que a máxima força F que uma pessoa
  2. 2. 2pode fazer é F = 30 N. Qual é a carga máxima que ela conseguirá erguer?a) 30 Nb) 90 Nc) 120 Nd) 180 Ne) 240 N13º) Os corpos A, B e C, mostrados na figura a seguir, possuem massas iguais a 3M, 2M e M,respectivamente. Desprezando-se qualquer atrito neste sistema, considerando-se que o fio e apolia são ideais e que a aceleração da gravidade tem módulo igual a g, as intensidades datração no fio e da força de contato entre os corpos B e C são, respectivamente, iguais a:
  3. 3. 314º) Unifor-CE Os corpos A e B, de massas mA = 2,0 kg e mB = 3,0 kg, são presos por um fiode massa desprezível. O sistema é acelerado verticalmente para cima com aceleração de 2,0m/s2. A aceleração local da gravidade adotada é 10m/s2. Nessas condições, a tração T no fioque une os dois corpos vale, em newtons:a) 18b) 24c) 30d) 36e) 5015º) F.M. Itajubá-MG A aceleração adquirida pelo corpo com massa de 2 kg da figura abaixovale A. Para que, sob a ação das mesmas forças, esta aceleração seja quadruplicada, qualdeverá ser a nova massa do corpo em kg.a) 8b) 2 6c) 2 3d) 0,5e) 416º) (UFPE-2003) – Uma pessoa comprou uma balança de chão e, ao chegar em casa,ansiosa para controlar o peso, resolve testá-la ainda no elevador. Ela concluiu que a balançaestava com defeito ao notar um aumento de seu peso.
  4. 4. 4Considerando essas informações, identifique a opção correta.a) O aumento da indicação da balança pode ocorrer se o elevador estiver subindo comvelocidade constante.b) O aumento da indicação da balança pode ocorrer se o elevador estiver descendo comvelocidade constante.c) O aumento da indicação da balança pode ocorrer se o elevador estiver subindo commovimento retardado.d) O aumento da indicação da balança pode ocorrer se o elevador estiver descendo commovimento retardado.e) Abalança está necessariamente com defeito e deve ser trocada em respeito aos direitos doconsumidor.17º) U.E. Maringá-PR Considere que no sistema representado na figura abaixo não atuaqualquer força dissipativa, que o fio que une as massas é inextensível e que a polia tem massadesprezível, e assinale o que for correto.01. A resultante das forças que atua sobre o sistema é m2g.02. A resultante das forças que atua sobre o sistema é (m1 + m2) a, onde a é a aceleração dosistema.04. Se duplicarmos o valor de m2, a aceleração do sistema duplica.08. Se duplicarmos o valor de m1 a aceleração do sistema reduz-se à metade.
  5. 5. 516. Se m1 = m2, a velocidade do sistema é constante.Dê, como resposta, a soma das alternativas corretas. ___________18º) (AFA-2003) – Os corpos A e B da figura abaixo têm massas M e m, respectivamente. Osfios são ideais. A massa da polia e todos os atritos podem ser considerados desprezíveis. Omódulo da aceleração de B é igual a
  6. 6. 619º) (UFAM-2003) – Três blocos, A, B e C, de massas mA = 5kg, mB = 3kg e mc = 2kg, sãodispostos como mostra a figura. Adote g = 10m/s2 e despreze o efeito do ar.
  7. 7. 7Os blocos A e B são ligados por um fio e podem deslizar sem atrito sobre uma superfíciehorizontal sob a ação da força F paralela à superfície. O coeficiente de atrito estático entre osblocos B e C vale 0,2. Nestas condições, podemos afirmar que o maior valor da intensidade daforça F capaz de deslocar o sistema, sem que o bloco C deslize sobre o bloco B, vale:a) 10N b) 20N c) 30N d) 40N e) 50N20º) (CEFET-PR-2003) – Uma pessoa puxa, com velocidade constante, uma caixa ao longo deuma superfície horizontal, como indica a figura a seguir. O coeficiente de atrito cinemático entrea caixa e o apoio vale μ. O módulo da força →F exercida pela pessoa pode ser expresso por:21º) (UNIFESP-2003) – Antes de Newton expor sua teoria sobre a força da gravidade,defensores da teoria de que a Terra se encontrava imóvel no centro do Universo alegavamque, se a Terra possuísse movimento de rotação, sua velocidade deveria ser muito alta e,nesse caso, os objetos sobre ela deveriam ser arremessados para fora de sua superfície, amenos que uma força muito grande os mantivesse ligados à Terra. Considerando-se o raio daTerra de 7 . 106 m,o seu período de rotação de 9 . 104 s e π2 = 10, a força mínima capaz de manter um corpo demassa 90 kg em repouso sobre a superfície da Terra, num pontosobre a linha do Equador, vale, aproximadamente,a) 3 N b) 10 N c) 120 N d) 450 N e) 900 N22º) (UNESP-2003) – Um pequeno bloco de massa m é colocado sobre um disco giratório,plano e horizontal, inicialmente em repouso, a uma distância R doeixo do disco. O disco é então posto a girar com pequena aceleração angular, até que suavelocidade angular atinja um certo valor ω. A partir deste valorde velocidade angular, o bloco começa a deslizar sobre o disco. Representando por g o móduloda aceleração da gravidade, e considerando-se o instanteem que o bloco está prestes a deslizar sobre o disco,
  8. 8. 8a) determine, em função desses dados, o módulo da força centrípeta Fc que atua sobre o bloco.b) calcule, em função desses dados, o coeficiente de atrito estático μe entre o bloco e o disco.23º) (PUC-SP-2003) – Um avião descreve, em seu movimento, uma trajetória circular, no planovertical (loop), de raio R = 40 m, apresentando no ponto maisbaixo de sua trajetória uma velocidade de módulo igual a 144 km/h.Sabendo-se que o piloto do avião tem massa de 70kg, a força de reação normal, aplicada pelobanco sobre o piloto, no ponto mais baixo, tem intensidadea) 3,7 . 104 N b) 3,6 . 104 N c) 3,5 . 103 N d) 2,8 . 103 N e) 7,0 . 102 N24º) (UFPR) – A figura ao lado representa um aparelho chamado “rotor”, constituído por umcilindro oco que gira em torno de seu eixo. Uma pessoa pode girar junto com o cilindro,encostada na sua parede interna sem apoio sob seus pés, desde que a velocidade angular docilindro esteja acima de certo valor ωmín.Nessa situação, julgue os itens a seguir:(1) Se o raio do rotor for aumentado, é possível diminuir ωmín.(2) O peso da pessoa está equilibrado pela força de atrito entre ela e a parede do cilindro.(4) Se o cilindro girar com velocidade angular constante, a pessoa sofrerá aceleraçãoresultante igual a zero.(8) Quanto maior for a massa da pessoa, maior deverá ser ωmín para que ela não escorreguepara baixo.(16) Se a velocidade angular aumentar acima de ωmín, aumentará a intensidade da forçanormal e, portanto, a força de atrito terá intensidade maior que a da força peso.(32) Para um referencial fixo no rotor, existe uma força de inércia centrífuga que é equilibradapela força normal aplicada pela parede do rotor.(64) Para um referencial fixo no solo terrestre (referencial suposto inercial), não existe forçacentrífuga atuando na pessoa.Dê como resposta a soma dos números associados às proposições corretas.
  9. 9. 925º) (UFPE-2003) – Uma caixa de 10kg desce uma rampa de 3,0m de comprimento e 60° deinclinação. O coeficiente de atrito cinético entre o bloco e a rampa é0,4. Qual o módulo do trabalho realizado sobre o bloco pela força de atrito, em joules? Adote g= 10m/s2.
  10. 10. 1026º) Um bloco de ferro de massa M = 500kg cai de uma altura de 5,00m e atinge em cheio umaestaca e a faz penetrar no solo 5,0cm. A força média que o bloco exerceu na estaca temintensidade igual a:a) 5,00 . 105N b) 5,01 . 105N c) 5,03 . 105N d) 5,05 . 105N e) 6,00 . 105N27º) (UFSCar-2003) – De acordo com publicação médica especializada, uma pessoa,caminhando com velocidade constante de módulo 3,2km/h numa pista planahorizontal, consome, em média, 240kcal em uma hora. Adotando-se 1,0kcal = 4 200J, pode-seafirmar que a potência desenvolvida pelas forças musculares e aintensidade da força exercida pelo solo, por meio do atrito, sob os pés dessa pessoa valem, emmédia, aproximadamente,a) 280W e 0N. b) 280W e 315N. c) 1 400W e 175N. d) 1 400W e 300N. e) 2 000W e300N.28º) (UEPB-2003) – Uma empresa de geração de energia construiu uma usina hidroelétrica emque a queda d’água, com vazão de 360 000m3/h, encontra-se 60macima do ponto onde se localiza a turbina, conforme se observa na figura abaixo.
  11. 11. 11Considerando-se a aceleração da gravidade com módulo g = 10m/s2, densidade da água de1,0 . 103kg/m3 e desprezando-se as perdas de energia, é correto afirmar que a potência média,em kW (quilowatts), a ser gerada por esta usina, vale:a) 6,0 . 102 b) 6,0 . 103 c) 6,0 . 104 d) 6,0 . 105 e) 6,0 . 10629º) (UFRJ-2003) – Um pêndulo constituído de um fio ideal, de comprimento L = 0,90m emassa 0,10kg, é solto a partir do repouso, da posição inicial mostradana figura abaixo, formando um ângulo de 60° com a vertical.
  12. 12. 12 Ao longo do tempo, o pêndulo vai tendo o seu movimento amortecido por atrito com o ar,terminando por parar completamente na posição de equilíbrio. Adote: g = 10m/s2 e cos 60° =1/2. Determine a perda da energia mecânica entre o momento inicial e o final.
  13. 13. 1330º) (FMTM-MG-2003) – Uma bola é lançada horizontalmente com uma velocidade de móduloV em direção a um obstáculo suave de altura 1,8 m, como mostraa figura.Não havendo atrito, se a bola ultrapassar o obstáculo, percorrerá a distância entre A e B numintervalo de tempo de, Dado: g = 10 m/s2a) no máximo, 1,0s. b) no mínimo, 1,5s.c) no máximo, 1,5s. d) no mínimo, 2,0s .e) no máximo, 2,0s .
  14. 14. 1431º) (PUCC-SP-2003) – Uma bola elástica cai, verticalmente, em queda livre de uma altura de2,00m, onde estava em repouso. Ao atingir o piso duro, perde 10%da energia mecânica e retorna, pela primeira vez, até 1,80m de altura. Cai novamente, perde10% da energia mecânica atual e retorna, pela segunda vez, até1,62m de altura. Adotando-se g = 10m/s2, após o primeiro impacto da bola com o piso, omódulo da sua velocidade ao atingir a altura de 1,0m vale, em m/s,a) 1,0 b) 2,0 c) 3,0 d) 4,0 e) 5,0
  15. 15. 1532º) (AFA-2003) – Duas partículas, A e B, de massas distintas M e m têm a mesma energiacinética e quantidades de movimento com módulos Q e q,respectivamente. A razão Q/q vale
  16. 16. 1633º) (FATEC-SP-2003) – Um bloco de massa 3,0kg repousa sobre uma superfície horizontal,sem atrito. Uma força constante e horizontal de intensidade9,0N é aplicada no bloco, durante 5,0 s. O módulo da quantidade de movimento do bloco noinstante 5,0 s após a aplicação da força, em kg . m/s, vale:a) 45,0 b) 30,0 c) 23,0 d) 15,0 e) 9,034º) (PUC-PR-2003) – Um automóvel está-se deslocando com velocidade de módulo 15m/s emum plano horizontal. O motorista avista uma pessoa que atravessa
  17. 17. 17a rua e imediatamente aciona os freios que travam as rodas. O veículo derrapa uma distânciaD e pára, devido ao atrito entre as rodas e o pavimento. Despreze o efeito do ar. Se ofenômeno for repetido nas mesmas codições, mas com velocidade de módulo 30m/s, é corretoafirmar:a) A intensidade da força de atrito será duas vezes maior.b) O tempo de duração da derrapagem será a metade.c) A distância percorrida pelo veículo até parar será quatro vezes maior.d) A energia mecânica dissipada pelo atrito até o veículo parar será duas vezes maior.e) A distância percorrida pelo veículo até parar será duas vezes maior.
  18. 18. 1835º) (UNIFESP-2003) – Com o auxílio de um estilingue, um garoto lança uma pedra de 150gverticalmente para cima, a partir do repouso, tentando acertar umafruta no alto de uma árvore. O experiente garoto estica os elásticos até que estes se deformemde 20cm e, então, solta a pedra, que atinge a fruta com velocidadede módulo 2,0m/s. Considerando-se que os elásticos deformados armazenam energiapotencial elástica de 30,3 J, que as forças de atrito são desprezíveis e que g = 10 m/s2,determine:a) a distância percorrida pela pedra, do ponto onde é solta até o ponto onde atinge a fruta; R =20 mb) o módulo do impulso da força elástica sobre a pedra. Despreze o impulso do peso durante ainteração entre o elástico e a pedra. I = 3 N.s

×