SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães
Regulamento da Biblioteca Escolar
Organização para o ano 2020/2021
Este plano contempla as normas de organização, acesso e de gestão pedagógicas para as
bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães e decorre do plano de ação
do agrupamento para o próximo ano letivo, face às orientações da Rede de Bibliotecas
Escolares, com base nas normas da DGE e da DGS.
A frequência/lotação da biblioteca será reduzida para um terço, devendo apenas ser ocupados
os lugares indicados.
Biblioteca da EB1
ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO
♦ Mobiliário
Zona de atendimento - esta zona continua disponível na biblioteca com um lugar disponível
para o atendimento unipessoal.
Zona de trabalho de grupo – esta zona ficará disponível apenas para trabalhos individuais ou
em grupo, por videoconferência.
Zona de leitura – nesta zona foi criado mais espaço entre as mesas. Cada mesa tem lugares
sentados, de maneira a ser cumprido um distanciamento de, pelo menos, um metro.
Zona multimédia – cada mesa de PC tem apenas um lugar sentado.
♦ Equipamento
Estão disponíveis para os alunos apenas 6 computadores . Os PC formam a Zona Multimédia e
devem manter-se mais afastados de forma a manter, sempre que possível, um metro de
distância entre as mesas.
♦ Fundo documental
Não há alteração na organização do fundo documental no espaço. O acesso ao fundo
documental é apoiado pelo/a docente e reservado a um máximo de 8 alunos de cada vez.
♦ Protocolos de higienização dos espaços e equipamentos e normas para a sua utilização
Os utilizadores devem desinfetar as mãos à entrada. Cada docente que encaminha alunos para
a biblioteca deverá proceder à inscrição de todos os alunos numa ficha disponibilizada para o
efeito, no balcão de atendimento.
Após a utilização do espaço da biblioteca por uma turma/grupo, os equipamentos informáticos
(teclado, rato, monitores, tabletes), mesas e cadeiras utilizadas deverão ser desinfetadas.
2
Os fundos documentais, após cada manuseamento/utilização serão colocados num espaço
próprio – carrinho com rodas com a indicação (LIVROS/QUARENTENA) para ficarem 72h em
quarentena. Ficarão agrupados e sinalizados sempre com a data da entrega, a indicação do
ano/turma e o docente responsável. Os documentos só poderão ser devolvidos uma vez por
semana, às sextas-feiras.
♦ Protocolos de arejamento
A porta de entrada estará sempre aberta. A janela será aberta todas as manhã e tardes para
arejamento do espaço.
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
♦ Horário de abertura e encerramento
A biblioteca funcionará das 9 horas às 12:30h e das 14:00h às 17:30h.
♦ Previsão de tempos para higienização e arejamento do espaço
Após cada período de utilização por uma turma/grupo haverá desinfeção dos equipamentos e
arejamento do espaço.
ACESSO À BIBLIOTECA E ÀS DIFERENTES ÁREAS FUNCIONAIS
♦ Normas e procedimentos de entrada e saída
Será usada apenas uma porta de acesso à biblioteca, por existir apenas uma única. Haverá, no
entanto, sinalética no chão para demarcar o circuito de entrada e o de saída.
♦ Limites de ocupação
O limite máximo de utilização serão 6 utilizadores e mais o docente responsável.
♦ Prioridades de acesso
O uso da biblioteca será feito em contexto de turma/grupo/tutoria/mentoria para
desenvolvimento de atividades planificadas. Haverá uma agenda com a disponibilização de
uma hora por semana para cada turma.
♦ Distanciamento entre utilizadores
O distanciamento entre utilizadores, quando sentados, será, sempre que possível, de um
metro.
♦ Normas de manuseamento
Sempre que o aluno manuseia um livro para a leitura na biblioteca, deverá deixá-lo num local
do balcão de atendimento com a palavra LIVROS/QUARENTENA. O docente presente deverá
sinalizar a data da entrega do documento para mantê-lo 72h de quarentena.
O livro/DVD escolhido para empréstimo domiciliário é sugerido e retirado da estante pelo
docente; será transportado pelo aluno que aguardará num dos locais previamente indicados. O
3
docente responsável pelo atendimento deverá proceder à requisição do documento no
respetivo dossiê que se encontra no balcão de atendimento.
♦ Acesso de grupos/ turmas
As turmas/ grupos realizam um percurso direto da sala à biblioteca, seguindo as indicações do
docente responsável.
Os alunos para tutoria ou mentoria, individualmente, serão sempre acompanhados por um
docente ou assistente operacional à biblioteca.
SERVIÇOS DOCUMENTAIS
♦ Normas de utilização da coleção para leitura presencial, sala de aula ou domiciliária
Relativamente aos fundos documentais a utilizar para leitura na biblioteca, após a sua
utilização, cada utilizador deverá colocar o documento num local do balcão de atendimento,
assinalado com LIVROS/QUARENTENA. Após 72 horas, estes documentos serão arrumados nas
estantes pela PB ou membros da equipa.
Os fundos documentais a utilizar em sala de aula, deverão ser requisitados com a antecedência
de, pelo menos, um dia. No final da cada utilização, o docente deverá devolvê-los para serem
colocados em quarentena. Estes não deverão nunca ser transportados para outras salas.
Os fundos documentais do empréstimo domiciliário, serão deixados pelos utilizadores na
biblioteca para serem sujeitos a quarentena.
SERVIÇOS PEDAGÓGICOS
♦ Apoio ao estudo/ trabalho em pequenos grupos/ trabalho individual
Os alunos, por indicação do docente e/ou da professora bibliotecária, podem usar o espaço da
BE, em horário da sua mancha letiva para estudo, trabalhos ou pesquisas desde que
devidamente acompanhados por um professor de apoio.
Os programas de tutorias e mentorias também poderão ser realizados no espaço da biblioteca,
de maneira a que os alunos possam usar os equipamentos tecnológicos. Estes alunos serão
sempre acompanhados do tutor/mentor.
♦ Trabalho com grupos/ turmas
Por solicitação dos docentes, o espaço da BE poderá ser utilizado, consoante o horário
estabelecido antecipadamente com cada um. Todos devem, no entanto, cumprir as regras
estabelecidas e preencher a ficha de presença com os dados solicitados. Esta ficha encontra-se
no dossiê colocado no balcão de atendimento.
4
A biblioteca também oferecerá um conjunto de atividades a serem desenvolvidas em contexto
de turma; estas atividades realizar-se-ão de forma concertada e articulada com os docentes.
♦ Uso autónomo da biblioteca
O uso autónomo da biblioteca pelos alunos não será permitido pelo que estes não poderão
usar a biblioteca ou ser encaminhados para aquele espaço sem a presença de um professor.
A professora bibliotecária
Vera Pessoa

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Regulamento be eb1 20_21 final

Formação de utilizadores
Formação de utilizadoresFormação de utilizadores
Formação de utilizadoresLucilia Fonseca
 
Protocolo de reabertura da Biblioteca Escolar
Protocolo de reabertura da Biblioteca EscolarProtocolo de reabertura da Biblioteca Escolar
Protocolo de reabertura da Biblioteca EscolarCarla Crespo
 
Regimento da sala de estudo 2013 2014
Regimento da sala de estudo 2013 2014Regimento da sala de estudo 2013 2014
Regimento da sala de estudo 2013 2014Élio Geadas
 
Regulamento Interno
Regulamento  InternoRegulamento  Interno
Regulamento Internoamigosdabe
 
Regulamento be alvito
Regulamento  be alvitoRegulamento  be alvito
Regulamento be alvitoLuisa Fadista
 
Guia do utilizador be 2014 15
Guia do utilizador be 2014 15 Guia do utilizador be 2014 15
Guia do utilizador be 2014 15 SimoneHelenDrumond
 
Regimento be lousa
Regimento be lousaRegimento be lousa
Regimento be lousaAnaigreja
 
Guia utilizador 2014_17
Guia utilizador 2014_17Guia utilizador 2014_17
Guia utilizador 2014_17Sandra Pratas
 
Regimento das BE'S
Regimento das BE'SRegimento das BE'S
Regimento das BE'Sbe23ceb
 
Regimento da biblioteca
Regimento da bibliotecaRegimento da biblioteca
Regimento da bibliotecaSilvares
 
Regimento interno
Regimento internoRegimento interno
Regimento internocresac
 
Regras de funcionamento da biblioteca escolar
Regras de funcionamento da biblioteca escolar Regras de funcionamento da biblioteca escolar
Regras de funcionamento da biblioteca escolar BE Mourão
 
Folheto utilizador becre_2010_2011
Folheto utilizador becre_2010_2011Folheto utilizador becre_2010_2011
Folheto utilizador becre_2010_2011helenavf1
 
Regimento BE covid-19 - 2020-2021
Regimento BE   covid-19 - 2020-2021Regimento BE   covid-19 - 2020-2021
Regimento BE covid-19 - 2020-2021Maria Paredes
 
Orientações pedagógicas inclusão digital
Orientações pedagógicas inclusão digitalOrientações pedagógicas inclusão digital
Orientações pedagógicas inclusão digitaldriminas
 

Semelhante a Regulamento be eb1 20_21 final (20)

Formação de utilizadores
Formação de utilizadoresFormação de utilizadores
Formação de utilizadores
 
Regimentos BE
Regimentos BE  Regimentos BE
Regimentos BE
 
Protocolo de reabertura da Biblioteca Escolar
Protocolo de reabertura da Biblioteca EscolarProtocolo de reabertura da Biblioteca Escolar
Protocolo de reabertura da Biblioteca Escolar
 
Regimento be 2020
Regimento be 2020Regimento be 2020
Regimento be 2020
 
Regimento da sala de estudo 2013 2014
Regimento da sala de estudo 2013 2014Regimento da sala de estudo 2013 2014
Regimento da sala de estudo 2013 2014
 
Regulamento Interno
Regulamento  InternoRegulamento  Interno
Regulamento Interno
 
Regulamento be alvito
Regulamento  be alvitoRegulamento  be alvito
Regulamento be alvito
 
Guia do utilizador be 2014 15
Guia do utilizador be 2014 15 Guia do utilizador be 2014 15
Guia do utilizador be 2014 15
 
Regimento be lousa
Regimento be lousaRegimento be lousa
Regimento be lousa
 
Recepção aos calouros da UEL 2012
Recepção aos calouros da UEL 2012Recepção aos calouros da UEL 2012
Recepção aos calouros da UEL 2012
 
Guia utilizador 2014_17
Guia utilizador 2014_17Guia utilizador 2014_17
Guia utilizador 2014_17
 
Regimento das BE'S
Regimento das BE'SRegimento das BE'S
Regimento das BE'S
 
Regimento da biblioteca
Regimento da bibliotecaRegimento da biblioteca
Regimento da biblioteca
 
Regulamento da biblioteca 2011 2012
Regulamento da biblioteca 2011  2012Regulamento da biblioteca 2011  2012
Regulamento da biblioteca 2011 2012
 
Regimento interno
Regimento internoRegimento interno
Regimento interno
 
Regras de funcionamento da biblioteca escolar
Regras de funcionamento da biblioteca escolar Regras de funcionamento da biblioteca escolar
Regras de funcionamento da biblioteca escolar
 
Folheto utilizador becre_2010_2011
Folheto utilizador becre_2010_2011Folheto utilizador becre_2010_2011
Folheto utilizador becre_2010_2011
 
Regimento be
Regimento beRegimento be
Regimento be
 
Regimento BE covid-19 - 2020-2021
Regimento BE   covid-19 - 2020-2021Regimento BE   covid-19 - 2020-2021
Regimento BE covid-19 - 2020-2021
 
Orientações pedagógicas inclusão digital
Orientações pedagógicas inclusão digitalOrientações pedagógicas inclusão digital
Orientações pedagógicas inclusão digital
 

Mais de Be Carrazeda

Normas do CNL 2021
Normas do CNL 2021Normas do CNL 2021
Normas do CNL 2021Be Carrazeda
 
Guia do utilizador 20_21
Guia do utilizador 20_21Guia do utilizador 20_21
Guia do utilizador 20_21Be Carrazeda
 
Caça ao tesouro 3º ano - Estudo do Meio
Caça ao tesouro 3º ano - Estudo do MeioCaça ao tesouro 3º ano - Estudo do Meio
Caça ao tesouro 3º ano - Estudo do MeioBe Carrazeda
 
Comemoração dos direitos das crianças
Comemoração dos direitos das criançasComemoração dos direitos das crianças
Comemoração dos direitos das criançasBe Carrazeda
 
Uma Flor chamada Maria
Uma Flor chamada MariaUma Flor chamada Maria
Uma Flor chamada MariaBe Carrazeda
 
Obras em formato digital
Obras em formato digitalObras em formato digital
Obras em formato digitalBe Carrazeda
 
Receitas saborosas!
Receitas saborosas!Receitas saborosas!
Receitas saborosas!Be Carrazeda
 
Cartaz secundario2013
Cartaz secundario2013Cartaz secundario2013
Cartaz secundario2013Be Carrazeda
 
Concurso nacional de leitura 12 13
Concurso nacional de leitura 12 13Concurso nacional de leitura 12 13
Concurso nacional de leitura 12 13Be Carrazeda
 
Abecedário sem juízo
Abecedário sem juízoAbecedário sem juízo
Abecedário sem juízoBe Carrazeda
 
Inscrições dos amigos da biblioteca
Inscrições dos amigos da bibliotecaInscrições dos amigos da biblioteca
Inscrições dos amigos da bibliotecaBe Carrazeda
 

Mais de Be Carrazeda (20)

Normas do CNL 2021
Normas do CNL 2021Normas do CNL 2021
Normas do CNL 2021
 
MIBE_2020
MIBE_2020MIBE_2020
MIBE_2020
 
Guia do utilizador 20_21
Guia do utilizador 20_21Guia do utilizador 20_21
Guia do utilizador 20_21
 
João Pateta
João PatetaJoão Pateta
João Pateta
 
Caça ao tesouro 3º ano - Estudo do Meio
Caça ao tesouro 3º ano - Estudo do MeioCaça ao tesouro 3º ano - Estudo do Meio
Caça ao tesouro 3º ano - Estudo do Meio
 
Comemoração dos direitos das crianças
Comemoração dos direitos das criançasComemoração dos direitos das crianças
Comemoração dos direitos das crianças
 
Uma Flor chamada Maria
Uma Flor chamada MariaUma Flor chamada Maria
Uma Flor chamada Maria
 
A gotinha medrosa
A gotinha medrosaA gotinha medrosa
A gotinha medrosa
 
Trabalhos do 4ºJ
Trabalhos do 4ºJTrabalhos do 4ºJ
Trabalhos do 4ºJ
 
Obras em formato digital
Obras em formato digitalObras em formato digital
Obras em formato digital
 
Todos diferentes
Todos diferentesTodos diferentes
Todos diferentes
 
O sapo apaixonado
O sapo apaixonadoO sapo apaixonado
O sapo apaixonado
 
Hora do conto
Hora do contoHora do conto
Hora do conto
 
Receitas saborosas!
Receitas saborosas!Receitas saborosas!
Receitas saborosas!
 
Parlamento jovem
Parlamento jovemParlamento jovem
Parlamento jovem
 
Cartaz secundario2013
Cartaz secundario2013Cartaz secundario2013
Cartaz secundario2013
 
Cartaz basico2013
Cartaz basico2013Cartaz basico2013
Cartaz basico2013
 
Concurso nacional de leitura 12 13
Concurso nacional de leitura 12 13Concurso nacional de leitura 12 13
Concurso nacional de leitura 12 13
 
Abecedário sem juízo
Abecedário sem juízoAbecedário sem juízo
Abecedário sem juízo
 
Inscrições dos amigos da biblioteca
Inscrições dos amigos da bibliotecaInscrições dos amigos da biblioteca
Inscrições dos amigos da biblioteca
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasnarayaskara215
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalErikOliveira40
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 

Último (20)

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 

Regulamento be eb1 20_21 final

  • 1. Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães Regulamento da Biblioteca Escolar Organização para o ano 2020/2021 Este plano contempla as normas de organização, acesso e de gestão pedagógicas para as bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães e decorre do plano de ação do agrupamento para o próximo ano letivo, face às orientações da Rede de Bibliotecas Escolares, com base nas normas da DGE e da DGS. A frequência/lotação da biblioteca será reduzida para um terço, devendo apenas ser ocupados os lugares indicados. Biblioteca da EB1 ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO ♦ Mobiliário Zona de atendimento - esta zona continua disponível na biblioteca com um lugar disponível para o atendimento unipessoal. Zona de trabalho de grupo – esta zona ficará disponível apenas para trabalhos individuais ou em grupo, por videoconferência. Zona de leitura – nesta zona foi criado mais espaço entre as mesas. Cada mesa tem lugares sentados, de maneira a ser cumprido um distanciamento de, pelo menos, um metro. Zona multimédia – cada mesa de PC tem apenas um lugar sentado. ♦ Equipamento Estão disponíveis para os alunos apenas 6 computadores . Os PC formam a Zona Multimédia e devem manter-se mais afastados de forma a manter, sempre que possível, um metro de distância entre as mesas. ♦ Fundo documental Não há alteração na organização do fundo documental no espaço. O acesso ao fundo documental é apoiado pelo/a docente e reservado a um máximo de 8 alunos de cada vez. ♦ Protocolos de higienização dos espaços e equipamentos e normas para a sua utilização Os utilizadores devem desinfetar as mãos à entrada. Cada docente que encaminha alunos para a biblioteca deverá proceder à inscrição de todos os alunos numa ficha disponibilizada para o efeito, no balcão de atendimento. Após a utilização do espaço da biblioteca por uma turma/grupo, os equipamentos informáticos (teclado, rato, monitores, tabletes), mesas e cadeiras utilizadas deverão ser desinfetadas.
  • 2. 2 Os fundos documentais, após cada manuseamento/utilização serão colocados num espaço próprio – carrinho com rodas com a indicação (LIVROS/QUARENTENA) para ficarem 72h em quarentena. Ficarão agrupados e sinalizados sempre com a data da entrega, a indicação do ano/turma e o docente responsável. Os documentos só poderão ser devolvidos uma vez por semana, às sextas-feiras. ♦ Protocolos de arejamento A porta de entrada estará sempre aberta. A janela será aberta todas as manhã e tardes para arejamento do espaço. HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO ♦ Horário de abertura e encerramento A biblioteca funcionará das 9 horas às 12:30h e das 14:00h às 17:30h. ♦ Previsão de tempos para higienização e arejamento do espaço Após cada período de utilização por uma turma/grupo haverá desinfeção dos equipamentos e arejamento do espaço. ACESSO À BIBLIOTECA E ÀS DIFERENTES ÁREAS FUNCIONAIS ♦ Normas e procedimentos de entrada e saída Será usada apenas uma porta de acesso à biblioteca, por existir apenas uma única. Haverá, no entanto, sinalética no chão para demarcar o circuito de entrada e o de saída. ♦ Limites de ocupação O limite máximo de utilização serão 6 utilizadores e mais o docente responsável. ♦ Prioridades de acesso O uso da biblioteca será feito em contexto de turma/grupo/tutoria/mentoria para desenvolvimento de atividades planificadas. Haverá uma agenda com a disponibilização de uma hora por semana para cada turma. ♦ Distanciamento entre utilizadores O distanciamento entre utilizadores, quando sentados, será, sempre que possível, de um metro. ♦ Normas de manuseamento Sempre que o aluno manuseia um livro para a leitura na biblioteca, deverá deixá-lo num local do balcão de atendimento com a palavra LIVROS/QUARENTENA. O docente presente deverá sinalizar a data da entrega do documento para mantê-lo 72h de quarentena. O livro/DVD escolhido para empréstimo domiciliário é sugerido e retirado da estante pelo docente; será transportado pelo aluno que aguardará num dos locais previamente indicados. O
  • 3. 3 docente responsável pelo atendimento deverá proceder à requisição do documento no respetivo dossiê que se encontra no balcão de atendimento. ♦ Acesso de grupos/ turmas As turmas/ grupos realizam um percurso direto da sala à biblioteca, seguindo as indicações do docente responsável. Os alunos para tutoria ou mentoria, individualmente, serão sempre acompanhados por um docente ou assistente operacional à biblioteca. SERVIÇOS DOCUMENTAIS ♦ Normas de utilização da coleção para leitura presencial, sala de aula ou domiciliária Relativamente aos fundos documentais a utilizar para leitura na biblioteca, após a sua utilização, cada utilizador deverá colocar o documento num local do balcão de atendimento, assinalado com LIVROS/QUARENTENA. Após 72 horas, estes documentos serão arrumados nas estantes pela PB ou membros da equipa. Os fundos documentais a utilizar em sala de aula, deverão ser requisitados com a antecedência de, pelo menos, um dia. No final da cada utilização, o docente deverá devolvê-los para serem colocados em quarentena. Estes não deverão nunca ser transportados para outras salas. Os fundos documentais do empréstimo domiciliário, serão deixados pelos utilizadores na biblioteca para serem sujeitos a quarentena. SERVIÇOS PEDAGÓGICOS ♦ Apoio ao estudo/ trabalho em pequenos grupos/ trabalho individual Os alunos, por indicação do docente e/ou da professora bibliotecária, podem usar o espaço da BE, em horário da sua mancha letiva para estudo, trabalhos ou pesquisas desde que devidamente acompanhados por um professor de apoio. Os programas de tutorias e mentorias também poderão ser realizados no espaço da biblioteca, de maneira a que os alunos possam usar os equipamentos tecnológicos. Estes alunos serão sempre acompanhados do tutor/mentor. ♦ Trabalho com grupos/ turmas Por solicitação dos docentes, o espaço da BE poderá ser utilizado, consoante o horário estabelecido antecipadamente com cada um. Todos devem, no entanto, cumprir as regras estabelecidas e preencher a ficha de presença com os dados solicitados. Esta ficha encontra-se no dossiê colocado no balcão de atendimento.
  • 4. 4 A biblioteca também oferecerá um conjunto de atividades a serem desenvolvidas em contexto de turma; estas atividades realizar-se-ão de forma concertada e articulada com os docentes. ♦ Uso autónomo da biblioteca O uso autónomo da biblioteca pelos alunos não será permitido pelo que estes não poderão usar a biblioteca ou ser encaminhados para aquele espaço sem a presença de um professor. A professora bibliotecária Vera Pessoa