Tema Gerador: Tecnologia na Educação PROJETO:  TIC: NECESSIDADE OU DEPENDÊNCIA? ORIENTADOR (A) DO PROJETO:  LEANDRO BELISÁ...
<ul><li>Geral: </li></ul><ul><li>Aprender sobre os avanços tecnológicos e como usar de forma adequada as tecnologias. </li...
<ul><li>APRESENTAÇÃO </li></ul><ul><li>Com os avanços tecnológicos podemos observar os benefícios obtidos pela sociedade: ...
<ul><li>A mente humana é infinitamente superior a qualquer tecnologia - pensa, relaciona, intui, sente e pode surpreender;...
METODOLOGIA   <ul><li>O projeto foi desenvolvido na Escola Estadual José Damasceno Vasconcelos, com alunos do 5º ao 9º Ano...
AVALIAÇÃO <ul><li>Foi avaliada a participação dos alunos em cada atividade proposta. </li></ul>
  RECURSOS <ul><li>Laboratório de Informática, vídeos, internet, textos, TV. </li></ul>
CONSIDERAÇÕES FINAIS <ul><li>Projeto constitui-se num instrumento de acompanhamento da Proposta Pedagógica do curso Introd...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>VALENTE , J. A. Computadores e conhecimento: repensando a educação. [s.ed.] Campinas: G...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto tic's necessidades ou dependência

572 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
572
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto tic's necessidades ou dependência

  1. 1. Tema Gerador: Tecnologia na Educação PROJETO: TIC: NECESSIDADE OU DEPENDÊNCIA? ORIENTADOR (A) DO PROJETO: LEANDRO BELISÁRIO ALUNO (A): MEIRE LÚCIA ANDRADE DA SILVA, ANTONIO VANDOILSON BEZERRA, ÉDILA PEREIRA DOS SANTOS, EDINEIS RODRIGUES, LUCIENE FERREIRA, MARIA MARLENE ROCHA, LUCIANA MOREIRA,TATIANE BUCAR. DATA DE INÍCIO (VIGÊNCIA): OUTUBRO A NOVEMBRO-2011
  2. 2. <ul><li>Geral: </li></ul><ul><li>Aprender sobre os avanços tecnológicos e como usar de forma adequada as tecnologias. </li></ul><ul><li>Específicos: </li></ul><ul><li>Compreender qual o papel da escola diante dos avanços tecnológicos; </li></ul><ul><li>Fazer bom uso das tecnologias, sabendo que os avanços são para o crescimento da sociedade; </li></ul><ul><li>Orientar os alunos quanto ao uso adequado da tecnologia, evitando assim o uso excessivo; </li></ul><ul><li>Usar os recursos tecnológicos na escola como metodologia para enriquecimento das aulas buscando um ensino e aprendizagem de qualidade. </li></ul>OBJETIVOS
  3. 3. <ul><li>APRESENTAÇÃO </li></ul><ul><li>Com os avanços tecnológicos podemos observar os benefícios obtidos pela sociedade: no trabalho, nos estudos, nas compras, nos momentos de lazer. Gerando assim um grande impacto sobre cada cidadão, transformando-se em uma necessidade básica. </li></ul><ul><li>Uso demasiado dessas tecnologias pelos nossos alunos. </li></ul><ul><li>Comportamentos “epidêmicos” de dependência e/ou vício. </li></ul><ul><li>A necessidade de se comunicar - as contas de e-mail, os celulares, Chats e os programas de mensagem instantâneas como o MSN. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>A mente humana é infinitamente superior a qualquer tecnologia - pensa, relaciona, intui, sente e pode surpreender; </li></ul><ul><li>A sociedade e sua relação para com a mídia, as </li></ul><ul><li>propagandas que induzem ao consumismo mostrado na TV, para o acesso a sites que não trazem crescimento nenhum. </li></ul><ul><li>A internet e seu papel positivo para a informação, a pesquisa, a comunicação. </li></ul><ul><li>A aplicação das novas tecnologias é ilimitada. Quem consegue se apropriar destas tecnologias como ferramenta de apoio no trabalho ou no lazer, tem o seu mundo imensamente ampliado e facilitado. </li></ul><ul><li>O papel da escola e da família nesse processo. </li></ul>
  5. 5. METODOLOGIA <ul><li>O projeto foi desenvolvido na Escola Estadual José Damasceno Vasconcelos, com alunos do 5º ao 9º Ano do Ensino Fundamental, através de atividades de pesquisas e palestras para sensibilizar e conscientizar os alunos, professores e pais sobre o uso das tecnologias no dia a dia, bem como sua influencia a ponto de viciar uma pessoa, chegando até uma situação de conflitos e desequilíbrio. </li></ul><ul><li>De posse dos resultados das pesquisas foi trabalhado em sala de aula com os alunos discussões dos textos embasados com de vídeos sobre as tecnologias focando bem no uso adequado para o crescimento e preparação para o mercado de trabalho, bem como o uso inadequado levando a pessoa ao vício; </li></ul><ul><li>Palestras sobre o uso das tecnologias e suas conseqüências negativas e positivas; </li></ul><ul><li>Elaboração de: cartazes produções de textos, músicas e peças teatrais sobre os estudos realizados durante a execução do projeto. </li></ul><ul><li>Os resultados do projeto foram apresentados pelos alunos para a comunidade escolar e pais; </li></ul><ul><li>Foram ouvidos depoimentos dos pais e dos alunos sobre o uso das tecnologias pelos seus filhos. </li></ul>
  6. 6. AVALIAÇÃO <ul><li>Foi avaliada a participação dos alunos em cada atividade proposta. </li></ul>
  7. 7.   RECURSOS <ul><li>Laboratório de Informática, vídeos, internet, textos, TV. </li></ul>
  8. 8. CONSIDERAÇÕES FINAIS <ul><li>Projeto constitui-se num instrumento de acompanhamento da Proposta Pedagógica do curso Introdução a Educação Digital. Acreditamos que sua construção coletiva é que vai legitimá-lo, tendo em vista a diversidade de idéias, compreensão das diferenças, da pluralidade e dos objetivos em comum estabelecidos pela equipe da proponente. </li></ul><ul><li>Para atingir os objetivos visados, foi necessário: </li></ul><ul><li>Levar em consideração os diversos aspectos inter-relacionados das atividades-fim (pedagógicas) e das atividades de apoio (técnico-administrativas); </li></ul><ul><li>Buscar a participação dos membros das comunidades interna e externa da escola; participação esta que deve abranger a implementação das medidas voltadas ao aperfeiçoamento da escola; </li></ul><ul><li>Inspirar uma atitude permanente de observação, reflexão, crítica e aperfeiçoamento dos objetivos e prioridades da escola. </li></ul>
  9. 9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS <ul><li>VALENTE , J. A. Computadores e conhecimento: repensando a educação. [s.ed.] Campinas: Gráfica Central da UNICAMP, 1998. </li></ul><ul><li>TAJRA , Sanmya Feitosa. Informática na Educação: novas ferramentas pedagógicas para o professor da atualidade. São Paulo: Èrica, 2001. </li></ul><ul><li>ALMEIDA, Fernando J. – Educação e Informática. Os computadores na escola. São Paulo: Cortez Editora, 1988. CAMPOS , Gilda Helena B. - Acesso em: 19/11/09 – 19h48min, Disponível em: http://www.timaster.com.br/revista/colunistas/ler_colunas_emp.asp? cod =310& pag =2 (2001). </li></ul><ul><li>DOWBOR, L. O espaço do conhecimento. In: A revolução tecnológica e os novos paradigmas da sociedade. Belo Horizonte, IPSO, 1993. </li></ul><ul><li>DRUCKER, P. Sociedade pós-capitalista. São Paulo, Pioneira, 1993. </li></ul><ul><li>FRIGOTTO, G. A formação e profissionalização do educador frente aos novos desafios. VIII ENDIPE, Florianópolis, 1996. Pp. 389-406. </li></ul><ul><li>LÉVY, P. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro, ed.34, 1993. </li></ul><ul><li>NÓVOA, A. Formação contínua de professores: realidades e perspectivas. Aveiro, Univ.Aveiro, 1991. </li></ul><ul><li>SCHÕN, D. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. (org) Os professores e sua formação. Lisboa, Dom Quixote, 1992. </li></ul>

×