SlideShare uma empresa Scribd logo
Urbanismo Romano
Monumentos     Lazer


Monumentos
                  De
              Comemoração


 Edifícios   Utilitários
 O lazer e a distração não foram esquecidos pelos romanos. Os
  Romanos necessitavam de espaços onde passar o tempo e estes
  monumentos serviam para isso mesmo. São exemplos de
  monumentos de lazer os anfiteatros, circo, teatros, termas.
 O gosto pela
  monumentalidade levou os
  Romanos a construir obras
  meramente decorativas ou
  comemorativos os tais ,
  monumentos de
  comemoração como os
  arcos de triunfo, colunas,
  pórticos, altares de paz.
 Tal como o próprio nome indica os edifício utilitários eram para
  ser utilizados quotidianamente e não só pelos mais poderosos
  mas sim por todos os Romanos. Temos como exemplo destes
  edifícios as cúrias, as basílicas, os templos, aquedutos,
  mercados, bibliotecas, domus, insula, estradas e pontes.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Módulo 2 a cultura do senado
Módulo 2   a cultura do senadoMódulo 2   a cultura do senado
Módulo 2 a cultura do senado
TLopes
 
Módulo 2 a arte
Módulo 2   a arteMódulo 2   a arte
Módulo 2 a arte
cattonia
 
Modelo romano parte 2
Modelo romano parte 2Modelo romano parte 2
Modelo romano parte 2
cattonia
 
Cultura do mosteiro contextualização
Cultura do mosteiro   contextualizaçãoCultura do mosteiro   contextualização
Cultura do mosteiro contextualização
cattonia
 
Cultura do Senado - Arquitectura romana
Cultura do Senado - Arquitectura romanaCultura do Senado - Arquitectura romana
Cultura do Senado - Arquitectura romana
Carlos Vieira
 
Urbanismo roma xp[1]
Urbanismo roma xp[1]Urbanismo roma xp[1]
Urbanismo roma xp[1]
Cristina Mariano
 
Arquitetura grega
Arquitetura gregaArquitetura grega
Arquitetura grega
Ana Barreiros
 
Gótico
GóticoGótico
Módulo 3 a arte românica
Módulo 3   a arte românicaMódulo 3   a arte românica
Módulo 3 a arte românica
cattonia
 
Arquitetura românica
Arquitetura românicaArquitetura românica
Arquitetura românica
Ana Barreiros
 
Módulo 3 - Portugal Românico e Moçárabe
Módulo 3 - Portugal Românico e MoçárabeMódulo 3 - Portugal Românico e Moçárabe
Módulo 3 - Portugal Românico e Moçárabe
Carla Freitas
 
O urbanismo e o pragmatismo de Roma Imperial
O urbanismo e o pragmatismo de Roma ImperialO urbanismo e o pragmatismo de Roma Imperial
O urbanismo e o pragmatismo de Roma Imperial
Susana Simões
 
Arte islamica
Arte islamicaArte islamica
Arte islamica
Ana Barreiros
 
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantinaCultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Carlos Vieira
 
Módulo 2 contextualização
Módulo 2   contextualizaçãoMódulo 2   contextualização
Módulo 2 contextualização
cattonia
 
Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3
cattonia
 
A cultura do senado
A cultura do senadoA cultura do senado
A cultura do senado
Ana Barreiros
 
A arte e o urbanismo romano
A arte e o urbanismo romanoA arte e o urbanismo romano
A arte e o urbanismo romano
Maria Gomes
 
Pintura romanica
Pintura romanicaPintura romanica
Pintura romanica
jojotyu
 
2. 3 a romanização da península ibérica
2. 3   a romanização da península ibérica2. 3   a romanização da península ibérica
2. 3 a romanização da península ibérica
Maria Cristina Ribeiro
 

Mais procurados (20)

Módulo 2 a cultura do senado
Módulo 2   a cultura do senadoMódulo 2   a cultura do senado
Módulo 2 a cultura do senado
 
Módulo 2 a arte
Módulo 2   a arteMódulo 2   a arte
Módulo 2 a arte
 
Modelo romano parte 2
Modelo romano parte 2Modelo romano parte 2
Modelo romano parte 2
 
Cultura do mosteiro contextualização
Cultura do mosteiro   contextualizaçãoCultura do mosteiro   contextualização
Cultura do mosteiro contextualização
 
Cultura do Senado - Arquitectura romana
Cultura do Senado - Arquitectura romanaCultura do Senado - Arquitectura romana
Cultura do Senado - Arquitectura romana
 
Urbanismo roma xp[1]
Urbanismo roma xp[1]Urbanismo roma xp[1]
Urbanismo roma xp[1]
 
Arquitetura grega
Arquitetura gregaArquitetura grega
Arquitetura grega
 
Gótico
GóticoGótico
Gótico
 
Módulo 3 a arte românica
Módulo 3   a arte românicaMódulo 3   a arte românica
Módulo 3 a arte românica
 
Arquitetura românica
Arquitetura românicaArquitetura românica
Arquitetura românica
 
Módulo 3 - Portugal Românico e Moçárabe
Módulo 3 - Portugal Românico e MoçárabeMódulo 3 - Portugal Românico e Moçárabe
Módulo 3 - Portugal Românico e Moçárabe
 
O urbanismo e o pragmatismo de Roma Imperial
O urbanismo e o pragmatismo de Roma ImperialO urbanismo e o pragmatismo de Roma Imperial
O urbanismo e o pragmatismo de Roma Imperial
 
Arte islamica
Arte islamicaArte islamica
Arte islamica
 
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantinaCultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
Cultura do Mosteiro - Arte paleocristã e bizantina
 
Módulo 2 contextualização
Módulo 2   contextualizaçãoMódulo 2   contextualização
Módulo 2 contextualização
 
Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3Modelo romano parte 3
Modelo romano parte 3
 
A cultura do senado
A cultura do senadoA cultura do senado
A cultura do senado
 
A arte e o urbanismo romano
A arte e o urbanismo romanoA arte e o urbanismo romano
A arte e o urbanismo romano
 
Pintura romanica
Pintura romanicaPintura romanica
Pintura romanica
 
2. 3 a romanização da península ibérica
2. 3   a romanização da península ibérica2. 3   a romanização da península ibérica
2. 3 a romanização da península ibérica
 

Destaque

O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismoO Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
Roma a.C.
Roma a.C.Roma a.C.
Roma a.C.
Sofia Marques
 
Urbanização da Roma Antiga
Urbanização da Roma AntigaUrbanização da Roma Antiga
Urbanização da Roma Antiga
Fernando Cesar Gouveia
 
Urbanismo clásico
Urbanismo clásicoUrbanismo clásico
Urbanismo clásico
cherepaja
 
El Arte de la Antigua Roma. 1ºESO
El Arte de la Antigua Roma. 1ºESOEl Arte de la Antigua Roma. 1ºESO
El Arte de la Antigua Roma. 1ºESO
DavidProfeSoc
 
Roma urbanismo
Roma urbanismoRoma urbanismo
Roma urbanismo
tallervirtual08
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
Andrea Dressler
 
A Arte romana
A Arte romanaA Arte romana
A Arte romana
João Almeida
 
Arquitectura y Urbanismo Romano
Arquitectura y Urbanismo RomanoArquitectura y Urbanismo Romano
Arquitectura y Urbanismo Romano
antiquitasgl
 
Arquitectura Romana
Arquitectura RomanaArquitectura Romana
Arquitectura Romana
E. La Banda
 
A civilização romana
A civilização romana  A civilização romana
A civilização romana
eb23ja
 
O Império Romano
O Império RomanoO Império Romano
O Império Romano
HCA_10I
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
Carlos Vieira
 
Modelo romano parte 1
Modelo romano   parte 1Modelo romano   parte 1
Modelo romano parte 1
cattonia
 

Destaque (14)

O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismoO Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
 
Roma a.C.
Roma a.C.Roma a.C.
Roma a.C.
 
Urbanização da Roma Antiga
Urbanização da Roma AntigaUrbanização da Roma Antiga
Urbanização da Roma Antiga
 
Urbanismo clásico
Urbanismo clásicoUrbanismo clásico
Urbanismo clásico
 
El Arte de la Antigua Roma. 1ºESO
El Arte de la Antigua Roma. 1ºESOEl Arte de la Antigua Roma. 1ºESO
El Arte de la Antigua Roma. 1ºESO
 
Roma urbanismo
Roma urbanismoRoma urbanismo
Roma urbanismo
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
A Arte romana
A Arte romanaA Arte romana
A Arte romana
 
Arquitectura y Urbanismo Romano
Arquitectura y Urbanismo RomanoArquitectura y Urbanismo Romano
Arquitectura y Urbanismo Romano
 
Arquitectura Romana
Arquitectura RomanaArquitectura Romana
Arquitectura Romana
 
A civilização romana
A civilização romana  A civilização romana
A civilização romana
 
O Império Romano
O Império RomanoO Império Romano
O Império Romano
 
Império Romano
Império RomanoImpério Romano
Império Romano
 
Modelo romano parte 1
Modelo romano   parte 1Modelo romano   parte 1
Modelo romano parte 1
 

Semelhante a Urbanismo Romano

Arte romana 2019
Arte romana 2019Arte romana 2019
Arte romana 2019
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Arte romana , 1º ano Novo Colégio.
Arte romana , 1º ano Novo Colégio.Arte romana , 1º ano Novo Colégio.
Arte romana , 1º ano Novo Colégio.
CLEBER LUIS DAMACENO
 
4 arte romana 2020
4 arte romana 20204 arte romana 2020
4 arte romana 2020
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Roma
RomaRoma
Roma
RomaRoma
A arte em roma
A arte em romaA arte em roma
A arte em roma
Priscila Bolzan
 
Cultura Romana
Cultura RomanaCultura Romana
Cultura Romana
João França
 
Roma imperial.ppt
Roma imperial.pptRoma imperial.ppt
Roma imperial.ppt
Patrícia Alves
 
Arte na Roma Antiga
Arte na Roma AntigaArte na Roma Antiga
Arte na Roma Antiga
Ana Paula Silva
 
Arte e urbanismo de Roma
Arte e urbanismo de RomaArte e urbanismo de Roma
Arte e urbanismo de Roma
Maria Gomes
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
guestcf1461dc
 
O coliseu
O coliseuO coliseu
Roma
RomaRoma
54405582 aula-06-arquitetura-romana
54405582 aula-06-arquitetura-romana54405582 aula-06-arquitetura-romana
54405582 aula-06-arquitetura-romana
Felix Silva
 
Arquitectura E Urbanismo Romano
Arquitectura E Urbanismo RomanoArquitectura E Urbanismo Romano
Arquitectura E Urbanismo Romano
Sílvia Mendonça
 
A r t e r o m a
A r t e   r o m aA r t e   r o m a
A r t e r o m a
Lucas Matheus
 
Arte romana para blog
Arte romana para blogArte romana para blog
Arte romana para blog
Over Lane
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
lazaro12r
 
Outras Edificações Romanas
Outras Edificações RomanasOutras Edificações Romanas
Outras Edificações Romanas
Marília Amorim
 
Arte em roma
Arte em romaArte em roma
Arte em roma
Angeli Arte Educadora
 

Semelhante a Urbanismo Romano (20)

Arte romana 2019
Arte romana 2019Arte romana 2019
Arte romana 2019
 
Arte romana , 1º ano Novo Colégio.
Arte romana , 1º ano Novo Colégio.Arte romana , 1º ano Novo Colégio.
Arte romana , 1º ano Novo Colégio.
 
4 arte romana 2020
4 arte romana 20204 arte romana 2020
4 arte romana 2020
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
A arte em roma
A arte em romaA arte em roma
A arte em roma
 
Cultura Romana
Cultura RomanaCultura Romana
Cultura Romana
 
Roma imperial.ppt
Roma imperial.pptRoma imperial.ppt
Roma imperial.ppt
 
Arte na Roma Antiga
Arte na Roma AntigaArte na Roma Antiga
Arte na Roma Antiga
 
Arte e urbanismo de Roma
Arte e urbanismo de RomaArte e urbanismo de Roma
Arte e urbanismo de Roma
 
Arte Romana
Arte RomanaArte Romana
Arte Romana
 
O coliseu
O coliseuO coliseu
O coliseu
 
Roma
RomaRoma
Roma
 
54405582 aula-06-arquitetura-romana
54405582 aula-06-arquitetura-romana54405582 aula-06-arquitetura-romana
54405582 aula-06-arquitetura-romana
 
Arquitectura E Urbanismo Romano
Arquitectura E Urbanismo RomanoArquitectura E Urbanismo Romano
Arquitectura E Urbanismo Romano
 
A r t e r o m a
A r t e   r o m aA r t e   r o m a
A r t e r o m a
 
Arte romana para blog
Arte romana para blogArte romana para blog
Arte romana para blog
 
Arte romana
Arte romanaArte romana
Arte romana
 
Outras Edificações Romanas
Outras Edificações RomanasOutras Edificações Romanas
Outras Edificações Romanas
 
Arte em roma
Arte em romaArte em roma
Arte em roma
 

Último

Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
IsaiasJohaneSimango
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
Daniel273024
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
menesabi
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 

Último (20)

Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 

Urbanismo Romano

  • 2. Monumentos Lazer Monumentos De Comemoração Edifícios Utilitários
  • 3.  O lazer e a distração não foram esquecidos pelos romanos. Os Romanos necessitavam de espaços onde passar o tempo e estes monumentos serviam para isso mesmo. São exemplos de monumentos de lazer os anfiteatros, circo, teatros, termas.
  • 4.  O gosto pela monumentalidade levou os Romanos a construir obras meramente decorativas ou comemorativos os tais , monumentos de comemoração como os arcos de triunfo, colunas, pórticos, altares de paz.
  • 5.  Tal como o próprio nome indica os edifício utilitários eram para ser utilizados quotidianamente e não só pelos mais poderosos mas sim por todos os Romanos. Temos como exemplo destes edifícios as cúrias, as basílicas, os templos, aquedutos, mercados, bibliotecas, domus, insula, estradas e pontes.