SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
Meu esconderijo Sempre quis ter um esconderijo, mas nunca encontrei um que fosse o meu estilo. Então, vou contar como ele seria, se existisse. Seria uma passagem secreta dentro do meu armário. Apareceria um elevador, que me levaria a um lugar subterrâneo, como se fosse um campo, com uma vista maravilhosa! Shoppings Centers estariam espalhados pelo lugar. Neles, poderia pegar o que quisesse sem pagar, porque não seria necessário dinheiro, o pagamento seria realizado com abraços! (...)Nesse mundo não haveria mais nada, além de PAZ, AMOR e HARMONIA entre todos.  (...)Um mundo maravilhoso esse! Os habitantes seriam tão felizes quanto eu!... Maria Fernanda – 5º E
Isso me dá medo! Era noite de Halloween, crianças faziam apostas, corriam, brincavam, resolvi entrar na brincadeira. Se eu conseguisse o prêmio, ganharia caixas com chocolates. Hum!... Fui até o local combinado, juntei-me ao grupo e entramos na caverna. Era meio escuro, mas dava para ver que tinha pedras preciosas. Tirei uma e...Poft! Uma pedra caiu. Ficou tudo escuro. Acendi a lanterna e segui caminho. Do nada...ZUM! Escorrego no túnel e vou parar em outra caverna. Havia dois caminhos, depois três. Aí, percebi: era um labirinto. Andei bastante, quando comecei a ouvir uma voz (tenho medo do escuro e de gritos). Vi dois olhos de cobra. Eles se aproximavam. Era a “medusa”. Fechei os olhos ... Vi uma luz que vinha do alto... Era minha mãe, acendendo a luz do meu quarto. Pois é...Sonhei acordado! Fabrízio – 5º ano E
É o Bicho! ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Minha família Em 2003, aconteceu uma coisa muito triste: meu avô paterno morreu. Fiquei muito abalada e com vontade de chorar o dia todo. Era uma terça-feira, quando soube do acontecimento. Depois do enterro, eu e meus pais fomos para casa. Já estávamos no carro para irmos embora, quando decidi beber um copo d´água. Quando voltei, meus pais já tinham ido embora e eu fique no cemitério sem saber o que fazer! A minha sorte foi que meu primo estava lá e ligou para meu pai vir me buscar. Então eu vi, o quanto uma perda nos deixa desnorteados! Gabriella Sorrilha – 5º ano E
Meu esconderijo Meu esconderijo, meu esconderijo...Onde será?...Atrás do sofá?...Atrás da televisão?...No porão?...No sótão?...Ou na casinha do cachorro?...Bom, acho que na casinha do cachorro terei de pagar aluguel. É mais fácil no armário da mamãe, onde há vários materiais para a minha festa! Como maquiagem, trajes, sapatos, bijouterias, etc. Este será o esconderijo especial para festas! Vou chamar minhas amigas! Já estou até imaginando a farra que vai ser. Já preparei tudo! Está combinado para hoje à noite. Chamei as amigas e contratei um “buffet” cinco estrelas, também providenciei meu traje. Mas, esqueci de um pequeno detalhe: mamãe não deixa eu dar festa no armário dela. Melissa Froes Okamoto  – 5º ano E
Isso me dá medo! Eu não tenho medo de monstros, fantasmas ou vampiros. Tenho medo de coisas que são reais. Tenho medo do que pode estar andando nas ruas e que também pode atacar a qualquer hora. Descobriu? Não?!... O ladrão! Toda vez ao deitar fico pensando: “Será, que no meio da noite alguém vai entrar de surpresa e assaltar minha casa?..” Às vezes, pensando nisso, nem consigo dormir e fico acordado até tarde pensando num jeito de acabar com isso. No final, sempre é a mesma coisa: eu acordo e minha casa está em paz. Ufa! Como é bom acordar assim!... Thiago Tomé – 5º E
sonhando O meu maior sonho é criar uma máquina, que faz lição de casa, porque assim todas as crianças do mundo teriam mais tempo para brincar. Essa máquina seria como um computador pequeno e funcionaria assim: a pessoa colocaria a folha dentro de um espaço no computador e esperaria trinta segundos. Quando desse o tempo, a pessoa retiraria a folha e a tarefa escolar  estaria feita. Essa invenção seria a melhor de todas! Pelo menos para nós, os estudantes. Lucas Arena – 5º E
Sonhando Meu maior sonho sempre foi ter um controle remoto onde ao apertar um botão, meu quarto viraria o meu centro de espionagem. Lá teria um computador, que me convocaria para as missões. Como estaria ocupada com as espionagens, teria uma máquina que faria todas  minhas lições de casa. Teria vários equipamentos legais como: um relógio faz tudo, o meu submarino, meu centro de espionagem móvel e muitos outros. Julia Cotrim – 5º ano E
Que viagem! Um dia eu cheguei da aula e meu pai disse: - Vamos fazer uma viagem! Todos em casa ficamos felizes, pois íamos para Natal. No dia da viagem....Fomos para o aeroporto. Minha irmã era a mais feliz, porque era a sua primeira viagem aérea. A felicidade era geral! Partimos um dia antes. O vôo foi ótimo! Chegamos... No primeiro dia, passeamos e dormimos. Dia seguinte, fomos para um hotel, onde tinha uma porta, que dava direto na praia. Havia três piscinas de 100 metros. Passamos o dia ali. No terceiro dia, a mesma coisa. No quarto, andamos de Bug nas dunas. Depois foi só passeio e piscina. No último dia, fomos embora. Que pena! Luca Marson  – 5º E
Meu esconderijo Eu tenho vários esconderijos e vou neles, quando estou triste ou quando estou brincando de esconde-esconde. Vou revelar a vocês onde eles estão. Um deles está debaixo da cama do meu irmão, outro fica dentro do armário. Um bom esconderijo é na mala do meu pai, porque ela é muito grande! O último, fica na sala , atrás da mesa. Este é um bom esconderijo, talvez porque seja muito óbvio e ninguém faz idéia! Enrico Foianesi  – 5º E
Meu esconderijo Se eu tivesse um esconderijo seria assim: teria uma bateria para eu tocar, torneiras, que em vez de sair água, sairiam refrigerantes, sucos. Teria um robô mordomo, todos os videogames, uma tevê de plasma de 103 polegadas, luz negra, um globo balada, tapete de dança, academia, professor particular, computador, DVD, máquina de reciclagem, três cachorros, uma bicicleta, biblioteca, sala anti-ruído, máquina fazedora de desejos mirabolantes, sala de cinema em três dimensões!...Uau! O melhor de tudo: seria muito bem escondido. Por fora, pequeno. Mas, por dentro...Uma mansão! Faltou algo?...Ah, sim! EU desfrutando de tudo isso! Lucas Farina – 5º ano E
ELE É ADULTO, MAS É LEGAL! Hoje bem cedinho acordei e vi a pessoa mais legal do mundo ao meu lado ainda dormindo. Assim, que ela acordou tomamos café da manhã, e ela foi trabalhar. Que saudade, que bateu de brincar com aquela moça, de escorregar com o travesseiro no corrimão da escada, de jogar vôlei no quarto do meu irmão, de dançar na sala e muito mais. Às vezes, me perguntam por que eu gosto tanto dela, e sabe o que eu respondo? Ela cresceu em tamanho, mas por dentro é criança como eu. À noite, ela chega: minha maravilhosa Tia Fernanda! Giovanna Martins – 5º E

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (10)

Fotos e Palavras
Fotos e PalavrasFotos e Palavras
Fotos e Palavras
 
Chapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho VermelhoChapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho Vermelho
 
Dentro de uma linda gaiola vivia um passarinho
Dentro de uma linda gaiola vivia um passarinhoDentro de uma linda gaiola vivia um passarinho
Dentro de uma linda gaiola vivia um passarinho
 
A loucura
A loucuraA loucura
A loucura
 
Aloucura beijos1
Aloucura beijos1Aloucura beijos1
Aloucura beijos1
 
Aloucura
AloucuraAloucura
Aloucura
 
Aloucura Beijos1
Aloucura Beijos1Aloucura Beijos1
Aloucura Beijos1
 
A loucura de Beijos
A loucura de BeijosA loucura de Beijos
A loucura de Beijos
 
Aloucura Beijos11eb
Aloucura Beijos11ebAloucura Beijos11eb
Aloucura Beijos11eb
 
Aloucura Beijos11eb
Aloucura Beijos11ebAloucura Beijos11eb
Aloucura Beijos11eb
 

Destaque

Apresentação de mídias em slides
Apresentação de mídias em slidesApresentação de mídias em slides
Apresentação de mídias em slidessuclaudete
 
(17) unidade 4 4.5slide share Aula14 Masculinidades, Paternidade e Saúde do H...
(17) unidade 4 4.5slide share Aula14 Masculinidades, Paternidade e Saúde do H...(17) unidade 4 4.5slide share Aula14 Masculinidades, Paternidade e Saúde do H...
(17) unidade 4 4.5slide share Aula14 Masculinidades, Paternidade e Saúde do H...Felipe Pontes Coelho
 
WAP – A essência de uma marca é tudo!
WAP – A essência de uma marca é tudo!WAP – A essência de uma marca é tudo!
WAP – A essência de uma marca é tudo!Raphael T. Inoue
 
Workshop - Guia De Aprendizagem
Workshop - Guia De AprendizagemWorkshop - Guia De Aprendizagem
Workshop - Guia De AprendizagemNeide Jorge
 
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Terceira aplicação do enem 2014: Compreensão textual
Terceira aplicação do enem 2014: Compreensão textualTerceira aplicação do enem 2014: Compreensão textual
Terceira aplicação do enem 2014: Compreensão textualma.no.el.ne.ves
 
Influência da internet na vida dos jovens
Influência da internet na vida dos jovensInfluência da internet na vida dos jovens
Influência da internet na vida dos jovensariirodriguees
 
A juventude do século XXI
A juventude do século XXIA juventude do século XXI
A juventude do século XXIJonathan Reis
 
Tipos De Moradia T E Geografia
Tipos De Moradia T E GeografiaTipos De Moradia T E Geografia
Tipos De Moradia T E Geografiacamilacristina4001
 
Tipos De Moradias
Tipos De MoradiasTipos De Moradias
Tipos De Moradiasguestd26371
 
Poemas Completos de Alberto Caeiro - Fernando Pessoa
Poemas Completos de Alberto Caeiro - Fernando PessoaPoemas Completos de Alberto Caeiro - Fernando Pessoa
Poemas Completos de Alberto Caeiro - Fernando Pessoavestibular
 
Contos produzidos pelos alunos do 7º ano A e B 2014 - Escola Batistina Braga
Contos produzidos pelos alunos do 7º ano A e B 2014 - Escola Batistina BragaContos produzidos pelos alunos do 7º ano A e B 2014 - Escola Batistina Braga
Contos produzidos pelos alunos do 7º ano A e B 2014 - Escola Batistina Bragaprofesfrancleite
 

Destaque (20)

O papel da midia
O papel da midiaO papel da midia
O papel da midia
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
 
Apresentação de mídias em slides
Apresentação de mídias em slidesApresentação de mídias em slides
Apresentação de mídias em slides
 
(17) unidade 4 4.5slide share Aula14 Masculinidades, Paternidade e Saúde do H...
(17) unidade 4 4.5slide share Aula14 Masculinidades, Paternidade e Saúde do H...(17) unidade 4 4.5slide share Aula14 Masculinidades, Paternidade e Saúde do H...
(17) unidade 4 4.5slide share Aula14 Masculinidades, Paternidade e Saúde do H...
 
Trabalho água
Trabalho águaTrabalho água
Trabalho água
 
WAP – A essência de uma marca é tudo!
WAP – A essência de uma marca é tudo!WAP – A essência de uma marca é tudo!
WAP – A essência de uma marca é tudo!
 
A monoparentalidade masculina
A monoparentalidade masculinaA monoparentalidade masculina
A monoparentalidade masculina
 
Workshop - Guia De Aprendizagem
Workshop - Guia De AprendizagemWorkshop - Guia De Aprendizagem
Workshop - Guia De Aprendizagem
 
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
PATERNIDADE e PRIMEIRA INFÂNCIA - Relatório Técnico do Seminário Nacional da ...
 
Terceira aplicação do enem 2014: Compreensão textual
Terceira aplicação do enem 2014: Compreensão textualTerceira aplicação do enem 2014: Compreensão textual
Terceira aplicação do enem 2014: Compreensão textual
 
(17) unidade 4 slide share-benefícios para os pais
(17) unidade 4   slide share-benefícios para os pais(17) unidade 4   slide share-benefícios para os pais
(17) unidade 4 slide share-benefícios para os pais
 
(17) unidade 4 slide share-mulheres
(17) unidade 4   slide share-mulheres(17) unidade 4   slide share-mulheres
(17) unidade 4 slide share-mulheres
 
Influência da internet na vida dos jovens
Influência da internet na vida dos jovensInfluência da internet na vida dos jovens
Influência da internet na vida dos jovens
 
A juventude do século XXI
A juventude do século XXIA juventude do século XXI
A juventude do século XXI
 
Tipos De Moradia T E Geografia
Tipos De Moradia T E GeografiaTipos De Moradia T E Geografia
Tipos De Moradia T E Geografia
 
Tipos De Moradias
Tipos De MoradiasTipos De Moradias
Tipos De Moradias
 
Tipos de moradia
Tipos de moradiaTipos de moradia
Tipos de moradia
 
Aumento da licença paternidade
Aumento da licença paternidadeAumento da licença paternidade
Aumento da licença paternidade
 
Poemas Completos de Alberto Caeiro - Fernando Pessoa
Poemas Completos de Alberto Caeiro - Fernando PessoaPoemas Completos de Alberto Caeiro - Fernando Pessoa
Poemas Completos de Alberto Caeiro - Fernando Pessoa
 
Contos produzidos pelos alunos do 7º ano A e B 2014 - Escola Batistina Braga
Contos produzidos pelos alunos do 7º ano A e B 2014 - Escola Batistina BragaContos produzidos pelos alunos do 7º ano A e B 2014 - Escola Batistina Braga
Contos produzidos pelos alunos do 7º ano A e B 2014 - Escola Batistina Braga
 

Semelhante a Textos Alunos

Textos Alunos 2
Textos Alunos 2Textos Alunos 2
Textos Alunos 2veroleal
 
Ficheiro lp casos de ortografia
Ficheiro lp casos de ortografiaFicheiro lp casos de ortografia
Ficheiro lp casos de ortografiaIsa Crowe
 
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º CUm dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º Cildamaria
 
Roteiros de escrita_-_Historias Avulso-viagens
Roteiros de escrita_-_Historias Avulso-viagensRoteiros de escrita_-_Historias Avulso-viagens
Roteiros de escrita_-_Historias Avulso-viagensebsb biblioteca
 
Roteiros de escrita_-_viagens
Roteiros de escrita_-_viagensRoteiros de escrita_-_viagens
Roteiros de escrita_-_viagensebsb biblioteca
 
Crônicas selecionadas nu, de botas - av2
Crônicas selecionadas   nu, de botas - av2Crônicas selecionadas   nu, de botas - av2
Crônicas selecionadas nu, de botas - av2Josi Motta
 
Livrinho 4ª J
Livrinho 4ª JLivrinho 4ª J
Livrinho 4ª JEMEBJuca2
 
Retalhos de historias e memorias
Retalhos de historias e memoriasRetalhos de historias e memorias
Retalhos de historias e memorias10-09-61
 
Dias de outono
Dias de outonoDias de outono
Dias de outonorgrecia
 
Crônicas selecionadas nu, de botas - av1
Crônicas selecionadas   nu, de botas - av1Crônicas selecionadas   nu, de botas - av1
Crônicas selecionadas nu, de botas - av1Josi Motta
 
Livrinho 4ªF
Livrinho 4ªFLivrinho 4ªF
Livrinho 4ªFEMEBJuca2
 
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começaCapítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começapribeletato
 
Quemsoltouopum 130917060143-phpapp02
Quemsoltouopum 130917060143-phpapp02Quemsoltouopum 130917060143-phpapp02
Quemsoltouopum 130917060143-phpapp02Maria Souza
 
[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap 1 Artacho Jurado
[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap 1 Artacho Jurado[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap 1 Artacho Jurado
[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap 1 Artacho JuradoMariana Nobre
 

Semelhante a Textos Alunos (20)

Textos Alunos 2
Textos Alunos 2Textos Alunos 2
Textos Alunos 2
 
Ficheiro lp casos de ortografia
Ficheiro lp casos de ortografiaFicheiro lp casos de ortografia
Ficheiro lp casos de ortografia
 
Vila criança
Vila criançaVila criança
Vila criança
 
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º CUm dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
 
Roteiros de escrita_-_Historias Avulso-viagens
Roteiros de escrita_-_Historias Avulso-viagensRoteiros de escrita_-_Historias Avulso-viagens
Roteiros de escrita_-_Historias Avulso-viagens
 
Roteiros de escrita_-_viagens
Roteiros de escrita_-_viagensRoteiros de escrita_-_viagens
Roteiros de escrita_-_viagens
 
Crônicas selecionadas nu, de botas - av2
Crônicas selecionadas   nu, de botas - av2Crônicas selecionadas   nu, de botas - av2
Crônicas selecionadas nu, de botas - av2
 
Livrinho 4ª J
Livrinho 4ª JLivrinho 4ª J
Livrinho 4ª J
 
Retalhos de historias e memorias
Retalhos de historias e memoriasRetalhos de historias e memorias
Retalhos de historias e memorias
 
Dias de outono
Dias de outonoDias de outono
Dias de outono
 
Texto livre
Texto livreTexto livre
Texto livre
 
Boneco livro
Boneco livroBoneco livro
Boneco livro
 
Boneco livro
Boneco livroBoneco livro
Boneco livro
 
Crônicas selecionadas nu, de botas - av1
Crônicas selecionadas   nu, de botas - av1Crônicas selecionadas   nu, de botas - av1
Crônicas selecionadas nu, de botas - av1
 
O segredo de_mamãe
O segredo de_mamãeO segredo de_mamãe
O segredo de_mamãe
 
Livrinho 4ªF
Livrinho 4ªFLivrinho 4ªF
Livrinho 4ªF
 
O mito do amor
O mito do amorO mito do amor
O mito do amor
 
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começaCapítulo 1: Lulital - a magia começa
Capítulo 1: Lulital - a magia começa
 
Quemsoltouopum 130917060143-phpapp02
Quemsoltouopum 130917060143-phpapp02Quemsoltouopum 130917060143-phpapp02
Quemsoltouopum 130917060143-phpapp02
 
[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap 1 Artacho Jurado
[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap 1 Artacho Jurado[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap 1 Artacho Jurado
[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap 1 Artacho Jurado
 

Mais de veroleal

O fio azul e o fio encarnado na trama da vida
O fio azul e o fio encarnado na trama da vidaO fio azul e o fio encarnado na trama da vida
O fio azul e o fio encarnado na trama da vidaveroleal
 
O fio azul e o fio encarnado
O fio azul e o fio encarnadoO fio azul e o fio encarnado
O fio azul e o fio encarnadoveroleal
 
Tempo de república
Tempo de repúblicaTempo de república
Tempo de repúblicaveroleal
 
Aos mestres com carinho...
Aos mestres com carinho...Aos mestres com carinho...
Aos mestres com carinho...veroleal
 
Aos mestres com carinho...
Aos mestres com carinho...Aos mestres com carinho...
Aos mestres com carinho...veroleal
 
Dia dos professores
Dia dos professoresDia dos professores
Dia dos professoresveroleal
 
IRMÃO ANDRÉ BESSETTE
IRMÃO ANDRÉ BESSETTEIRMÃO ANDRÉ BESSETTE
IRMÃO ANDRÉ BESSETTEveroleal
 
Biocombustíveis
BiocombustíveisBiocombustíveis
Biocombustíveisveroleal
 
Partido PDB
Partido PDBPartido PDB
Partido PDBveroleal
 
Momento de Estudo de Ciências - Caio
Momento de Estudo de Ciências - CaioMomento de Estudo de Ciências - Caio
Momento de Estudo de Ciências - Caioveroleal
 
Momento de estudo de Ciências - Gusthavo
Momento de estudo de Ciências - GusthavoMomento de estudo de Ciências - Gusthavo
Momento de estudo de Ciências - Gusthavoveroleal
 
Momento de Estudos de Ciências - Caio
Momento de Estudos de Ciências - CaioMomento de Estudos de Ciências - Caio
Momento de Estudos de Ciências - Caioveroleal
 
Momento de estudo geometria- Gabriella E
Momento de estudo geometria- Gabriella EMomento de estudo geometria- Gabriella E
Momento de estudo geometria- Gabriella Everoleal
 
Momento de Estudo de Geometria - Clara
Momento de Estudo de Geometria - ClaraMomento de Estudo de Geometria - Clara
Momento de Estudo de Geometria - Claraveroleal
 
Momento de estudo ciências-rochas e minerais valeska
Momento de estudo ciências-rochas e minerais valeskaMomento de estudo ciências-rochas e minerais valeska
Momento de estudo ciências-rochas e minerais valeskaveroleal
 
Momento de estudo ciências isa r
Momento de estudo ciências isa rMomento de estudo ciências isa r
Momento de estudo ciências isa rveroleal
 
Reunião com Pais
Reunião com PaisReunião com Pais
Reunião com Paisveroleal
 
O Menino Que Aprendeu A Ler
O Menino Que Aprendeu A LerO Menino Que Aprendeu A Ler
O Menino Que Aprendeu A Lerveroleal
 
Aprendizado Da Leitura (Seminário)
Aprendizado Da  Leitura (Seminário)Aprendizado Da  Leitura (Seminário)
Aprendizado Da Leitura (Seminário)veroleal
 

Mais de veroleal (20)

O fio azul e o fio encarnado na trama da vida
O fio azul e o fio encarnado na trama da vidaO fio azul e o fio encarnado na trama da vida
O fio azul e o fio encarnado na trama da vida
 
O fio azul e o fio encarnado
O fio azul e o fio encarnadoO fio azul e o fio encarnado
O fio azul e o fio encarnado
 
Tempo de república
Tempo de repúblicaTempo de república
Tempo de república
 
Aos mestres com carinho...
Aos mestres com carinho...Aos mestres com carinho...
Aos mestres com carinho...
 
Aos mestres com carinho...
Aos mestres com carinho...Aos mestres com carinho...
Aos mestres com carinho...
 
Dia dos professores
Dia dos professoresDia dos professores
Dia dos professores
 
IRMÃO ANDRÉ BESSETTE
IRMÃO ANDRÉ BESSETTEIRMÃO ANDRÉ BESSETTE
IRMÃO ANDRÉ BESSETTE
 
Biocombustíveis
BiocombustíveisBiocombustíveis
Biocombustíveis
 
Partido PDB
Partido PDBPartido PDB
Partido PDB
 
PCL
PCLPCL
PCL
 
Momento de Estudo de Ciências - Caio
Momento de Estudo de Ciências - CaioMomento de Estudo de Ciências - Caio
Momento de Estudo de Ciências - Caio
 
Momento de estudo de Ciências - Gusthavo
Momento de estudo de Ciências - GusthavoMomento de estudo de Ciências - Gusthavo
Momento de estudo de Ciências - Gusthavo
 
Momento de Estudos de Ciências - Caio
Momento de Estudos de Ciências - CaioMomento de Estudos de Ciências - Caio
Momento de Estudos de Ciências - Caio
 
Momento de estudo geometria- Gabriella E
Momento de estudo geometria- Gabriella EMomento de estudo geometria- Gabriella E
Momento de estudo geometria- Gabriella E
 
Momento de Estudo de Geometria - Clara
Momento de Estudo de Geometria - ClaraMomento de Estudo de Geometria - Clara
Momento de Estudo de Geometria - Clara
 
Momento de estudo ciências-rochas e minerais valeska
Momento de estudo ciências-rochas e minerais valeskaMomento de estudo ciências-rochas e minerais valeska
Momento de estudo ciências-rochas e minerais valeska
 
Momento de estudo ciências isa r
Momento de estudo ciências isa rMomento de estudo ciências isa r
Momento de estudo ciências isa r
 
Reunião com Pais
Reunião com PaisReunião com Pais
Reunião com Pais
 
O Menino Que Aprendeu A Ler
O Menino Que Aprendeu A LerO Menino Que Aprendeu A Ler
O Menino Que Aprendeu A Ler
 
Aprendizado Da Leitura (Seminário)
Aprendizado Da  Leitura (Seminário)Aprendizado Da  Leitura (Seminário)
Aprendizado Da Leitura (Seminário)
 

Textos Alunos

  • 1. Meu esconderijo Sempre quis ter um esconderijo, mas nunca encontrei um que fosse o meu estilo. Então, vou contar como ele seria, se existisse. Seria uma passagem secreta dentro do meu armário. Apareceria um elevador, que me levaria a um lugar subterrâneo, como se fosse um campo, com uma vista maravilhosa! Shoppings Centers estariam espalhados pelo lugar. Neles, poderia pegar o que quisesse sem pagar, porque não seria necessário dinheiro, o pagamento seria realizado com abraços! (...)Nesse mundo não haveria mais nada, além de PAZ, AMOR e HARMONIA entre todos. (...)Um mundo maravilhoso esse! Os habitantes seriam tão felizes quanto eu!... Maria Fernanda – 5º E
  • 2. Isso me dá medo! Era noite de Halloween, crianças faziam apostas, corriam, brincavam, resolvi entrar na brincadeira. Se eu conseguisse o prêmio, ganharia caixas com chocolates. Hum!... Fui até o local combinado, juntei-me ao grupo e entramos na caverna. Era meio escuro, mas dava para ver que tinha pedras preciosas. Tirei uma e...Poft! Uma pedra caiu. Ficou tudo escuro. Acendi a lanterna e segui caminho. Do nada...ZUM! Escorrego no túnel e vou parar em outra caverna. Havia dois caminhos, depois três. Aí, percebi: era um labirinto. Andei bastante, quando comecei a ouvir uma voz (tenho medo do escuro e de gritos). Vi dois olhos de cobra. Eles se aproximavam. Era a “medusa”. Fechei os olhos ... Vi uma luz que vinha do alto... Era minha mãe, acendendo a luz do meu quarto. Pois é...Sonhei acordado! Fabrízio – 5º ano E
  • 3.
  • 4. Minha família Em 2003, aconteceu uma coisa muito triste: meu avô paterno morreu. Fiquei muito abalada e com vontade de chorar o dia todo. Era uma terça-feira, quando soube do acontecimento. Depois do enterro, eu e meus pais fomos para casa. Já estávamos no carro para irmos embora, quando decidi beber um copo d´água. Quando voltei, meus pais já tinham ido embora e eu fique no cemitério sem saber o que fazer! A minha sorte foi que meu primo estava lá e ligou para meu pai vir me buscar. Então eu vi, o quanto uma perda nos deixa desnorteados! Gabriella Sorrilha – 5º ano E
  • 5. Meu esconderijo Meu esconderijo, meu esconderijo...Onde será?...Atrás do sofá?...Atrás da televisão?...No porão?...No sótão?...Ou na casinha do cachorro?...Bom, acho que na casinha do cachorro terei de pagar aluguel. É mais fácil no armário da mamãe, onde há vários materiais para a minha festa! Como maquiagem, trajes, sapatos, bijouterias, etc. Este será o esconderijo especial para festas! Vou chamar minhas amigas! Já estou até imaginando a farra que vai ser. Já preparei tudo! Está combinado para hoje à noite. Chamei as amigas e contratei um “buffet” cinco estrelas, também providenciei meu traje. Mas, esqueci de um pequeno detalhe: mamãe não deixa eu dar festa no armário dela. Melissa Froes Okamoto – 5º ano E
  • 6. Isso me dá medo! Eu não tenho medo de monstros, fantasmas ou vampiros. Tenho medo de coisas que são reais. Tenho medo do que pode estar andando nas ruas e que também pode atacar a qualquer hora. Descobriu? Não?!... O ladrão! Toda vez ao deitar fico pensando: “Será, que no meio da noite alguém vai entrar de surpresa e assaltar minha casa?..” Às vezes, pensando nisso, nem consigo dormir e fico acordado até tarde pensando num jeito de acabar com isso. No final, sempre é a mesma coisa: eu acordo e minha casa está em paz. Ufa! Como é bom acordar assim!... Thiago Tomé – 5º E
  • 7. sonhando O meu maior sonho é criar uma máquina, que faz lição de casa, porque assim todas as crianças do mundo teriam mais tempo para brincar. Essa máquina seria como um computador pequeno e funcionaria assim: a pessoa colocaria a folha dentro de um espaço no computador e esperaria trinta segundos. Quando desse o tempo, a pessoa retiraria a folha e a tarefa escolar estaria feita. Essa invenção seria a melhor de todas! Pelo menos para nós, os estudantes. Lucas Arena – 5º E
  • 8. Sonhando Meu maior sonho sempre foi ter um controle remoto onde ao apertar um botão, meu quarto viraria o meu centro de espionagem. Lá teria um computador, que me convocaria para as missões. Como estaria ocupada com as espionagens, teria uma máquina que faria todas minhas lições de casa. Teria vários equipamentos legais como: um relógio faz tudo, o meu submarino, meu centro de espionagem móvel e muitos outros. Julia Cotrim – 5º ano E
  • 9. Que viagem! Um dia eu cheguei da aula e meu pai disse: - Vamos fazer uma viagem! Todos em casa ficamos felizes, pois íamos para Natal. No dia da viagem....Fomos para o aeroporto. Minha irmã era a mais feliz, porque era a sua primeira viagem aérea. A felicidade era geral! Partimos um dia antes. O vôo foi ótimo! Chegamos... No primeiro dia, passeamos e dormimos. Dia seguinte, fomos para um hotel, onde tinha uma porta, que dava direto na praia. Havia três piscinas de 100 metros. Passamos o dia ali. No terceiro dia, a mesma coisa. No quarto, andamos de Bug nas dunas. Depois foi só passeio e piscina. No último dia, fomos embora. Que pena! Luca Marson – 5º E
  • 10. Meu esconderijo Eu tenho vários esconderijos e vou neles, quando estou triste ou quando estou brincando de esconde-esconde. Vou revelar a vocês onde eles estão. Um deles está debaixo da cama do meu irmão, outro fica dentro do armário. Um bom esconderijo é na mala do meu pai, porque ela é muito grande! O último, fica na sala , atrás da mesa. Este é um bom esconderijo, talvez porque seja muito óbvio e ninguém faz idéia! Enrico Foianesi – 5º E
  • 11. Meu esconderijo Se eu tivesse um esconderijo seria assim: teria uma bateria para eu tocar, torneiras, que em vez de sair água, sairiam refrigerantes, sucos. Teria um robô mordomo, todos os videogames, uma tevê de plasma de 103 polegadas, luz negra, um globo balada, tapete de dança, academia, professor particular, computador, DVD, máquina de reciclagem, três cachorros, uma bicicleta, biblioteca, sala anti-ruído, máquina fazedora de desejos mirabolantes, sala de cinema em três dimensões!...Uau! O melhor de tudo: seria muito bem escondido. Por fora, pequeno. Mas, por dentro...Uma mansão! Faltou algo?...Ah, sim! EU desfrutando de tudo isso! Lucas Farina – 5º ano E
  • 12. ELE É ADULTO, MAS É LEGAL! Hoje bem cedinho acordei e vi a pessoa mais legal do mundo ao meu lado ainda dormindo. Assim, que ela acordou tomamos café da manhã, e ela foi trabalhar. Que saudade, que bateu de brincar com aquela moça, de escorregar com o travesseiro no corrimão da escada, de jogar vôlei no quarto do meu irmão, de dançar na sala e muito mais. Às vezes, me perguntam por que eu gosto tanto dela, e sabe o que eu respondo? Ela cresceu em tamanho, mas por dentro é criança como eu. À noite, ela chega: minha maravilhosa Tia Fernanda! Giovanna Martins – 5º E