SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Baixar para ler offline
www.bioloja.com
SISTEMA RESPIRATÓRIO
Profª Ana Luisa Miranda Vilela
www.bioloja.com
www.bioloja.com
SISTEMA RESPIRATÓRIO
É constituído por um par de
pulmões e por vários órgãos
que conduzem o ar para
dentro e para fora das
cavidades pulmonares !
vias aéreas.
Vias aéreas: fossas nasais,
boca, faringe, laringe,
traquéia, brônquios,
bronquíolos e alvéolos ! os
três últimos localizados nos
pulmões.
www.bioloja.com
FOSSAS NASAIS
Duas cavidades paralelas que começam nas narinas
e terminam na faringe ! separadas uma da outra por
uma parede cartilaginosa ! septo nasal.
www.bioloja.com
FOSSAS NASAIS
Em seu interior há dobras ! conchas ou cornetos
nasais ! forçam o ar a turbilhonar.
Teto das fossas nasais ! células sensoriais ! sentido
do olfato.
www.bioloja.com
FOSSAS NASAIS
Epitélio de
revestimento: células
produtoras de muco e
células ciliadas !
também presentes nas
porções inferiores das
vias aéreas (traquéia,
brônquios e porção
inicial dos bronquíolos).
Funções: filtrar,
umedecer e aquecer o
ar.
www.bioloja.com
BOCA
Abertura comum aos
sistemas digestório e
repiratório ! entrada
de ar para as vias
respiratórias e de
alimento para o tubo
digestório.
Não filtra o ar.
www.bioloja.com
FARINGE
Canal comum aos sistemas
digestório e respiratório !
comunica-se com a boca e
com as fossas nasais.
O ar inspirado pelas narinas
ou pela boca passa
necessariamente pela
faringe, antes de atingir a
laringe.
www.bioloja.com
LARINGE
Tubo sustentado por peças
cartilaginosas ! situado na
parte superior do pescoço,
em continuação à faringe.
Epiglote ! funciona como
válvula ! quando nos
alimentamos, a laringe sobe
e sua entrada é fechada
pela epiglote ! impede que
o alimento ingerido penetre
nas vias respiratórias.
www.bioloja.com
LARINGE
O epitélio que reveste a laringe apresenta pregas, as
cordas vocais ! capazes de produzir sons durante a
passagem de ar.
www.bioloja.com
TRAQUÉIA E BRÔNQUIOS
Traquéia: tubo de
aproximadamente 1,5 cm de
diâmetro por 10-12 centímetros
de comprimento ! paredes
reforçadas por anéis
cartilaginosos.
Bifurca-se na sua região inferior,
originando os brônquios, que
penetram nos pulmões.
www.bioloja.com
PULMÕES
São órgãos esponjosos, com aproximadamente 25
cm de comprimento, sendo envolvidos por uma
membrana serosa denominada pleura.
www.bioloja.com
PULMÕES
Nos pulmões os brônquios ramificam-se
profusamente, dando origem a tubos cada vez mais
finos, os bronquíolos.
www.bioloja.com
PULMÕES
Árvore brônquica ou respiratória ! conjunto
altamente ramificado de bronquíolos.
www.bioloja.com
PULMÕES
Cada bronquíolo
termina em pequenas
bolsas formadas por
células epiteliais
achatadas e recobertas
por capilares
sangüíneos ! alvéolos
pulmonares !
hematose.
www.bioloja.com
SISTEMA RESPIRATÓRIO
www.bioloja.com
DIAFRAGMA
A base de cada pulmão apóia-se no diafragma !
músculo que separa o tórax do abdomen ! promove,
juntamente com os músculos intercostais, os
movimentos respiratórios.
Localizado logo acima do estômago, o nervo frênico
controla os movimentos do diafragma.
www.bioloja.com
FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO

- VENTILAÇÃO PULMONAR -
Inspiração: contração do
diafragma e dos músculos
intercostais ! diafragma
abaixa e costelas elevam-se
! aumento da caixa torácica
! redução da pressão interna
! entrada do ar.
Expiração: relaxamento do
diafragma e dos músculos
intercostais ! diafragma
eleva-se e costelas abaixam
! diminui o volume da caixa
torácica ! aumento da
pressão interna ! saída do ar.
www.bioloja.com
FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO

- VENTILAÇÃO PULMONAR -
www.bioloja.com
FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO

- TRANSPORTE DE GASES -
Oxigênio: O2 + hemoglobina (Hb) !
oxiemoglobina (HbO2).
www.bioloja.com
FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO

- TRANSPORTE DE GASES -
Dióxido de carbono:
maior parte (cerca de
70%): CO2 + H2O " H+ +
HCO3
− ! plasma
sangüíneo;
cerca de 23%: CO2 +
hemoglobina !
carboemoglobina;
restante: dissolve-se no
plasma.
www.bioloja.com
FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO

- INTOXICAÇÃO POR CO -
O monóxido de carbono (CO),
liberado pela “queima” incompleta
de combustíveis fósseis e pela
fumaça dos cigarros entre outros,
combina-se com a hemoglobina de
uma maneira mais estável do que o
oxigênio, formando o
carboxiemoglobina.
Dessa forma, a hemoglobina fica
impossibilitada de transportar o
oxigênio, podendo levar à morte por
asfixia.
www.bioloja.com
FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO

- CONTROLE DA RESPIRAÇÃO -
A respiração é controlada automaticamente por um centro nervoso
localizado no bulbo ! Centro Respiratório (CR).
Nervo frênico: ! deixa a medula espinhal na metade superior do
pescoço e dirige-se para baixo, através do tórax até o diafragma.
www.bioloja.com
FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO

- CONTROLE DA RESPIRAÇÃO -
Em condições normais, CR produz, a cada 5 segundos, um
impulso nervoso que estimula a contração da musculatura
torácica e do diafragma, fazendo-nos respirar.
Controle da freqüência respiratória:
# CO2 no plasma: # íons H+
! redução do pH sangüíneo
(acidose) ! excitação do CR ! aumento da freqüência e
amplitude dos movimentos respiratórios.
$ CO2 no plasma: $ íons H+
! pH acima do normal (alcalose)
! depressão do CR ! redução da freqüência e amplitude dos
movimentos respiratórios.
CO2 + H2O " H2CO3 " H+ + HCO3
−
www.bioloja.com
FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO

- CONTROLE DA RESPIRAÇÃO -
Controle da freqüência respiratória em situações
especiais:
[$ $] O2 nos alvéolos: estimulação de quimiorreceptores
nas artérias carótida e aorta ! nervos vago e glossofaríngeo
! estimulação do CR ! aumento da freqüência e amplitude
dos movimentos respiratórios:
% locais de altitude elevada ! ar rarefeito;
% infecções respiratórias.
Ansiedade e estados ansiosos: liberação de adrenalina !
aumento da freqüência e amplitude dos movimentos
respiratórios ! hiperventilação ! alcalose ! contrações dos
músculos de todo o corpo (tetania).
www.bioloja.com
CAPACIDADE E VOLUMES
RESPIRATÓRIOS
Capacidade pulmonar total ! 5 litros de ar.
Capacidade vital: quantidade de ar renovada após
inspiração e expiração forçadas ! 4 litros de ar.
Volume corrente (VC): volume de ar renovado a cada
respiração tranqüila (em repouso) ! ½ litro de ar.
Volume residual: quantidade de ar que resta nos
pulmões após uma expiração forçada ! 1 litro de ar.
Freqüência respiratória (FR): número de ciclos
respiratórios (inspiração/expiração) por minuto (em
repouso).
Volume-minuto respiratório (VMR): volume de ar
renovado por minuto:
VMR = FR x VC
www.bioloja.com
CAPACIDADE E VOLUMES
RESPIRATÓRIOS
www.bioloja.com
FREQÜÊNCIAS RESPIRATÓRIAS
EM ANIMAIS
FREQÜÊNCIA RESPIRATÓRIA
Humano 10 a 15
Cão 15 a 30
Gato 20 a 30
Cavalo 8 a 16
Gado bovino 20 a 30

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Fisiologia - Sistema Respiratorio
Fisiologia - Sistema RespiratorioFisiologia - Sistema Respiratorio
Fisiologia - Sistema Respiratorio
 
14 o sistema nervoso
14   o sistema nervoso14   o sistema nervoso
14 o sistema nervoso
 
Aula sistema respiratorio and
Aula sistema respiratorio andAula sistema respiratorio and
Aula sistema respiratorio and
 
Citoplasma unidade 6
Citoplasma unidade 6Citoplasma unidade 6
Citoplasma unidade 6
 
Sistema locomotor slides
Sistema locomotor slidesSistema locomotor slides
Sistema locomotor slides
 
Sistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatórioSistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatório
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 
Sistema respiratorio powerpoint
Sistema respiratorio powerpointSistema respiratorio powerpoint
Sistema respiratorio powerpoint
 
Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humana
 
Sistema excretor
Sistema excretorSistema excretor
Sistema excretor
 
Aula sistema respiratório
Aula sistema respiratórioAula sistema respiratório
Aula sistema respiratório
 
Aula biologia celular
Aula   biologia celularAula   biologia celular
Aula biologia celular
 
Sistema esqueletico.ppt
Sistema esqueletico.pptSistema esqueletico.ppt
Sistema esqueletico.ppt
 

Destaque

Sistema respiratorio
Sistema respiratorioSistema respiratorio
Sistema respiratorio
jrobayo
 
Biologia - Sistema Respiratório
Biologia - Sistema RespiratórioBiologia - Sistema Respiratório
Biologia - Sistema Respiratório
Carson Souza
 
Poligrafo histologia i
Poligrafo histologia iPoligrafo histologia i
Poligrafo histologia i
kaiorochars
 
Introdução à Anatomia e Fisiologia Humana
Introdução à Anatomia e Fisiologia HumanaIntrodução à Anatomia e Fisiologia Humana
Introdução à Anatomia e Fisiologia Humana
Eiderson Silva Cabral
 
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia HumanaFisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Herbert Santana
 

Destaque (20)

O Sistema Respiratório
O Sistema RespiratórioO Sistema Respiratório
O Sistema Respiratório
 
Sistema respiratorio
Sistema respiratorioSistema respiratorio
Sistema respiratorio
 
flyer 25 september 75
flyer 25 september 75flyer 25 september 75
flyer 25 september 75
 
Biologia - Sistema Respiratório
Biologia - Sistema RespiratórioBiologia - Sistema Respiratório
Biologia - Sistema Respiratório
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Poligrafo histologia i
Poligrafo histologia iPoligrafo histologia i
Poligrafo histologia i
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Aula 11 sistema respiratório - anatomia e fisiologia
Aula 11   sistema respiratório - anatomia e fisiologiaAula 11   sistema respiratório - anatomia e fisiologia
Aula 11 sistema respiratório - anatomia e fisiologia
 
Fundao Cuidados Com A Voz
Fundao Cuidados Com A VozFundao Cuidados Com A Voz
Fundao Cuidados Com A Voz
 
Anatomia, fisiologia e propedeutica de faringe e laringe
Anatomia, fisiologia e propedeutica de faringe e laringeAnatomia, fisiologia e propedeutica de faringe e laringe
Anatomia, fisiologia e propedeutica de faringe e laringe
 
Aula sistema respiratório
Aula sistema respiratórioAula sistema respiratório
Aula sistema respiratório
 
SIYSP: Iyengar Yoga - Sistema respiratório
SIYSP: Iyengar Yoga - Sistema respiratórioSIYSP: Iyengar Yoga - Sistema respiratório
SIYSP: Iyengar Yoga - Sistema respiratório
 
Sistema Nervoso Periférico Motor e Potencial de Ação Cardiaco
Sistema Nervoso Periférico Motor e Potencial de Ação Cardiaco Sistema Nervoso Periférico Motor e Potencial de Ação Cardiaco
Sistema Nervoso Periférico Motor e Potencial de Ação Cardiaco
 
Sistema Respiratório
Sistema RespiratórioSistema Respiratório
Sistema Respiratório
 
Fisiologa respiratoria
Fisiologa respiratoriaFisiologa respiratoria
Fisiologa respiratoria
 
Introdução à Fisiologia - Fisiologia
Introdução à Fisiologia - FisiologiaIntrodução à Fisiologia - Fisiologia
Introdução à Fisiologia - Fisiologia
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Introdução à Anatomia e Fisiologia Humana
Introdução à Anatomia e Fisiologia HumanaIntrodução à Anatomia e Fisiologia Humana
Introdução à Anatomia e Fisiologia Humana
 
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia HumanaFisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
 
Sistema RespiratóRio
Sistema RespiratóRioSistema RespiratóRio
Sistema RespiratóRio
 

Semelhante a Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema Respiratório

Sistemarespiratorio
SistemarespiratorioSistemarespiratorio
Sistemarespiratorio
danny sousa
 
Capítulo 03 sistema respiratório
Capítulo 03   sistema respiratórioCapítulo 03   sistema respiratório
Capítulo 03 sistema respiratório
Igor Brant
 
Sistema Respiratório Carmo - Turma 181
Sistema Respiratório Carmo - Turma 181Sistema Respiratório Carmo - Turma 181
Sistema Respiratório Carmo - Turma 181
aferna
 
Bio1 2007 08 - sistema respiratório
Bio1 2007   08 - sistema respiratórioBio1 2007   08 - sistema respiratório
Bio1 2007 08 - sistema respiratório
Tati Ribeiro
 
Ventilação pulmonar
Ventilação pulmonarVentilação pulmonar
Ventilação pulmonar
igrejasp
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
FloripeAbreu
 
Viajando Com O Ar
Viajando Com O ArViajando Com O Ar
Viajando Com O Ar
guestdb5b7a
 
Fisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratórioFisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratório
Raul Tomé
 
0 Sistema Respiratorio Tc 0809
0 Sistema Respiratorio Tc 08090 Sistema Respiratorio Tc 0809
0 Sistema Respiratorio Tc 0809
Teresa Monteiro
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Mariana Sofia
 

Semelhante a Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema Respiratório (20)

Sistema respiratorio
Sistema respiratorioSistema respiratorio
Sistema respiratorio
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistemarespiratorio
SistemarespiratorioSistemarespiratorio
Sistemarespiratorio
 
RespiratóRio II
RespiratóRio IIRespiratóRio II
RespiratóRio II
 
Capítulo 03 sistema respiratório
Capítulo 03   sistema respiratórioCapítulo 03   sistema respiratório
Capítulo 03 sistema respiratório
 
Aula de-sist-cardiorrespiratorio-morfologia
Aula de-sist-cardiorrespiratorio-morfologiaAula de-sist-cardiorrespiratorio-morfologia
Aula de-sist-cardiorrespiratorio-morfologia
 
Sistema Respiratório Carmo - Turma 181
Sistema Respiratório Carmo - Turma 181Sistema Respiratório Carmo - Turma 181
Sistema Respiratório Carmo - Turma 181
 
Fisiologia humana
Fisiologia humana Fisiologia humana
Fisiologia humana
 
Bio1 2007 08 - sistema respiratório
Bio1 2007   08 - sistema respiratórioBio1 2007   08 - sistema respiratório
Bio1 2007 08 - sistema respiratório
 
Ventilação pulmonar
Ventilação pulmonarVentilação pulmonar
Ventilação pulmonar
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Viajando Com O Ar
Viajando Com O ArViajando Com O Ar
Viajando Com O Ar
 
Organismo humano em equilíbrio (continuação)
Organismo humano em equilíbrio (continuação)Organismo humano em equilíbrio (continuação)
Organismo humano em equilíbrio (continuação)
 
Fisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratórioFisiologia sistema respiratório
Fisiologia sistema respiratório
 
0 Sistema Respiratorio Tc 0809
0 Sistema Respiratorio Tc 08090 Sistema Respiratorio Tc 0809
0 Sistema Respiratorio Tc 0809
 
Sistema respiratorio
Sistema respiratorioSistema respiratorio
Sistema respiratorio
 
Como os seus pulmões trabalham
Como os seus pulmões trabalhamComo os seus pulmões trabalham
Como os seus pulmões trabalham
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratorio
Sistema respiratorioSistema respiratorio
Sistema respiratorio
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 

Mais de Turma Olímpica

Mais de Turma Olímpica (20)

Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Células-Tronco
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Células-TroncoSlides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Células-Tronco
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Células-Tronco
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos InvertebradosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino ProtistaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Reino Protista
 
Slides da aula de Química (Manoel) sobre Reações Orgânicas
Slides da aula de Química (Manoel) sobre Reações OrgânicasSlides da aula de Química (Manoel) sobre Reações Orgânicas
Slides da aula de Química (Manoel) sobre Reações Orgânicas
 
Slides da aula de Química (Manoel) sobre Cinética Química
Slides da aula de Química (Manoel) sobre Cinética QuímicaSlides da aula de Química (Manoel) sobre Cinética Química
Slides da aula de Química (Manoel) sobre Cinética Química
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre O que é Linguagem?
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre O que é Linguagem?Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre O que é Linguagem?
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre O que é Linguagem?
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Filosofia, Linguagem, Conhecime...
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Filosofia, Linguagem, Conhecime...Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Filosofia, Linguagem, Conhecime...
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Filosofia, Linguagem, Conhecime...
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Introdução à Ecologia
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Introdução à EcologiaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Introdução à Ecologia
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Introdução à Ecologia
 
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre ViolênciaSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
 
Slides da aula de História (Daniel) sobre Revolução Francesa
Slides da aula de História (Daniel) sobre Revolução FrancesaSlides da aula de História (Daniel) sobre Revolução Francesa
Slides da aula de História (Daniel) sobre Revolução Francesa
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre História e Filosofia
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre História e FilosofiaSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre História e Filosofia
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre História e Filosofia
 
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema Digestório
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema DigestórioSlides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema Digestório
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema Digestório
 
Slides da aula de Química (Manoel) sobre Química Orgânica
Slides da aula de Química (Manoel) sobre Química OrgânicaSlides da aula de Química (Manoel) sobre Química Orgânica
Slides da aula de Química (Manoel) sobre Química Orgânica
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Fitormônios
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FitormôniosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Fitormônios
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Fitormônios
 
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade Social
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade SocialSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade Social
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade Social
 
Slides da aula de Sociologia (João Luís) sobre Cultura e Sociedade
Slides da aula de Sociologia (João Luís) sobre Cultura e SociedadeSlides da aula de Sociologia (João Luís) sobre Cultura e Sociedade
Slides da aula de Sociologia (João Luís) sobre Cultura e Sociedade
 
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema Imunológico
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema ImunológicoSlides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema Imunológico
Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema Imunológico
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Fisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Fisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Fisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Fisiologia Vegetal
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Sementes e Frutos
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Sementes e FrutosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Sementes e Frutos
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Sementes e Frutos
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Bacterioses
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre BacteriosesSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Bacterioses
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Bacterioses
 

Último

Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 

Último (20)

Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfO que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 

Slides da aula de Biologia (Marcelo) sobre Sistema Respiratório

  • 1. www.bioloja.com SISTEMA RESPIRATÓRIO Profª Ana Luisa Miranda Vilela www.bioloja.com
  • 2. www.bioloja.com SISTEMA RESPIRATÓRIO É constituído por um par de pulmões e por vários órgãos que conduzem o ar para dentro e para fora das cavidades pulmonares ! vias aéreas. Vias aéreas: fossas nasais, boca, faringe, laringe, traquéia, brônquios, bronquíolos e alvéolos ! os três últimos localizados nos pulmões.
  • 3. www.bioloja.com FOSSAS NASAIS Duas cavidades paralelas que começam nas narinas e terminam na faringe ! separadas uma da outra por uma parede cartilaginosa ! septo nasal.
  • 4. www.bioloja.com FOSSAS NASAIS Em seu interior há dobras ! conchas ou cornetos nasais ! forçam o ar a turbilhonar. Teto das fossas nasais ! células sensoriais ! sentido do olfato.
  • 5. www.bioloja.com FOSSAS NASAIS Epitélio de revestimento: células produtoras de muco e células ciliadas ! também presentes nas porções inferiores das vias aéreas (traquéia, brônquios e porção inicial dos bronquíolos). Funções: filtrar, umedecer e aquecer o ar.
  • 6. www.bioloja.com BOCA Abertura comum aos sistemas digestório e repiratório ! entrada de ar para as vias respiratórias e de alimento para o tubo digestório. Não filtra o ar.
  • 7. www.bioloja.com FARINGE Canal comum aos sistemas digestório e respiratório ! comunica-se com a boca e com as fossas nasais. O ar inspirado pelas narinas ou pela boca passa necessariamente pela faringe, antes de atingir a laringe.
  • 8. www.bioloja.com LARINGE Tubo sustentado por peças cartilaginosas ! situado na parte superior do pescoço, em continuação à faringe. Epiglote ! funciona como válvula ! quando nos alimentamos, a laringe sobe e sua entrada é fechada pela epiglote ! impede que o alimento ingerido penetre nas vias respiratórias.
  • 9. www.bioloja.com LARINGE O epitélio que reveste a laringe apresenta pregas, as cordas vocais ! capazes de produzir sons durante a passagem de ar.
  • 10. www.bioloja.com TRAQUÉIA E BRÔNQUIOS Traquéia: tubo de aproximadamente 1,5 cm de diâmetro por 10-12 centímetros de comprimento ! paredes reforçadas por anéis cartilaginosos. Bifurca-se na sua região inferior, originando os brônquios, que penetram nos pulmões.
  • 11. www.bioloja.com PULMÕES São órgãos esponjosos, com aproximadamente 25 cm de comprimento, sendo envolvidos por uma membrana serosa denominada pleura.
  • 12. www.bioloja.com PULMÕES Nos pulmões os brônquios ramificam-se profusamente, dando origem a tubos cada vez mais finos, os bronquíolos.
  • 13. www.bioloja.com PULMÕES Árvore brônquica ou respiratória ! conjunto altamente ramificado de bronquíolos.
  • 14. www.bioloja.com PULMÕES Cada bronquíolo termina em pequenas bolsas formadas por células epiteliais achatadas e recobertas por capilares sangüíneos ! alvéolos pulmonares ! hematose.
  • 16. www.bioloja.com DIAFRAGMA A base de cada pulmão apóia-se no diafragma ! músculo que separa o tórax do abdomen ! promove, juntamente com os músculos intercostais, os movimentos respiratórios. Localizado logo acima do estômago, o nervo frênico controla os movimentos do diafragma.
  • 17. www.bioloja.com FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO
 - VENTILAÇÃO PULMONAR - Inspiração: contração do diafragma e dos músculos intercostais ! diafragma abaixa e costelas elevam-se ! aumento da caixa torácica ! redução da pressão interna ! entrada do ar. Expiração: relaxamento do diafragma e dos músculos intercostais ! diafragma eleva-se e costelas abaixam ! diminui o volume da caixa torácica ! aumento da pressão interna ! saída do ar.
  • 19. www.bioloja.com FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO
 - TRANSPORTE DE GASES - Oxigênio: O2 + hemoglobina (Hb) ! oxiemoglobina (HbO2).
  • 20. www.bioloja.com FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO
 - TRANSPORTE DE GASES - Dióxido de carbono: maior parte (cerca de 70%): CO2 + H2O " H+ + HCO3 − ! plasma sangüíneo; cerca de 23%: CO2 + hemoglobina ! carboemoglobina; restante: dissolve-se no plasma.
  • 21. www.bioloja.com FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO
 - INTOXICAÇÃO POR CO - O monóxido de carbono (CO), liberado pela “queima” incompleta de combustíveis fósseis e pela fumaça dos cigarros entre outros, combina-se com a hemoglobina de uma maneira mais estável do que o oxigênio, formando o carboxiemoglobina. Dessa forma, a hemoglobina fica impossibilitada de transportar o oxigênio, podendo levar à morte por asfixia.
  • 22. www.bioloja.com FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO
 - CONTROLE DA RESPIRAÇÃO - A respiração é controlada automaticamente por um centro nervoso localizado no bulbo ! Centro Respiratório (CR). Nervo frênico: ! deixa a medula espinhal na metade superior do pescoço e dirige-se para baixo, através do tórax até o diafragma.
  • 23. www.bioloja.com FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO
 - CONTROLE DA RESPIRAÇÃO - Em condições normais, CR produz, a cada 5 segundos, um impulso nervoso que estimula a contração da musculatura torácica e do diafragma, fazendo-nos respirar. Controle da freqüência respiratória: # CO2 no plasma: # íons H+ ! redução do pH sangüíneo (acidose) ! excitação do CR ! aumento da freqüência e amplitude dos movimentos respiratórios. $ CO2 no plasma: $ íons H+ ! pH acima do normal (alcalose) ! depressão do CR ! redução da freqüência e amplitude dos movimentos respiratórios. CO2 + H2O " H2CO3 " H+ + HCO3 −
  • 24. www.bioloja.com FISIOLOGIA DA RESPIRAÇÃO
 - CONTROLE DA RESPIRAÇÃO - Controle da freqüência respiratória em situações especiais: [$ $] O2 nos alvéolos: estimulação de quimiorreceptores nas artérias carótida e aorta ! nervos vago e glossofaríngeo ! estimulação do CR ! aumento da freqüência e amplitude dos movimentos respiratórios: % locais de altitude elevada ! ar rarefeito; % infecções respiratórias. Ansiedade e estados ansiosos: liberação de adrenalina ! aumento da freqüência e amplitude dos movimentos respiratórios ! hiperventilação ! alcalose ! contrações dos músculos de todo o corpo (tetania).
  • 25. www.bioloja.com CAPACIDADE E VOLUMES RESPIRATÓRIOS Capacidade pulmonar total ! 5 litros de ar. Capacidade vital: quantidade de ar renovada após inspiração e expiração forçadas ! 4 litros de ar. Volume corrente (VC): volume de ar renovado a cada respiração tranqüila (em repouso) ! ½ litro de ar. Volume residual: quantidade de ar que resta nos pulmões após uma expiração forçada ! 1 litro de ar. Freqüência respiratória (FR): número de ciclos respiratórios (inspiração/expiração) por minuto (em repouso). Volume-minuto respiratório (VMR): volume de ar renovado por minuto: VMR = FR x VC
  • 27. www.bioloja.com FREQÜÊNCIAS RESPIRATÓRIAS EM ANIMAIS FREQÜÊNCIA RESPIRATÓRIA Humano 10 a 15 Cão 15 a 30 Gato 20 a 30 Cavalo 8 a 16 Gado bovino 20 a 30