SlideShare uma empresa Scribd logo
Profª Isabel Aguiar
http://profisabelaguiar.blogspot.com.br/




                                           19 29
                         DE
                      NA
                ERICA
             AM
        RISE
    A C
A CRISE AMERICANA DE 1929
▪ Superprodução (na agricultura e na indústria).        Diminuição
                                                      ▪ __________ do consumo provocado pela:
▪ Especulação bolsista (o valor das acções é               Saturação dos mercados internos;
superior ao lucro real das empresas).                      Diminuição das exportações devido à recu-
                                                          peração económica da Europa.


                                       ______ oferta do que procura
                                        Maior

                                    Acumulação
                                   ___________ do stock das empresas
                                     CRISE DE SUPERPRODUÇÃO

    Crise Bolsista                        Diminuição dos preços                           Deflação

 Queda
 ______ do preço das acções                  Diminuição
                                             __________ dos lucros




                                                                                            Depressão Económica
                                                                                            Depressão Económica
 Crash na Bolsa de Wall       Aumento de stocks e baixa
                              _______
 Street                                                            Falência de empresas
                                 .  de ______preços
 Falência de bancos
                              Diminuição do consumo               __________________
                                                                  Aumento do desemprego
    Crise Bancária
                                            Baixa
                                            _____ do poder de compra
 Restrição ao ________
               crédito

 Exigência do pagamento das
 dívidas
                                               Crise Social
Ao longo de Outubro foram postas
à venda cerca de 40 milhões de
acções a preço baixo, acentuando-
se a sua queda que em alguns
casos atingiu 90% do seu valor.




No dia 24 de Outubro de 1929, a
“quinta-feira negra”, 13 milhões de
acções foram postas à venda
abaixo do seu valor real e não
foram compradas, o que provocou
o crash na bolsa de valores.
A “grande depressão”: a mundialização da crise
A “grande depressão”: a mundialização da crise

Principais razões:

  Retirada dos capitais americanos na Europa.

     - Com a crise os EUA retiraram os seus capitais da Europa, o que levou à
     falência de muitos bancos, sobretudo na Áustria, na Alemanha e na
     Inglaterra, e de muitas empresas que dependiam dos empréstimos
     bancários.

  Retracção do comércio mundial.

     - Com a crise a maior parte dos países reduziu ao máximo as suas
     compras ao estrangeiro. O comércio mundial sofreu, como tal, uma enorme
     diminuição, que afectou quer os países industrializados, que não
     conseguiam escoar os seus produtos, quer os países subdesenvolvidos,
     que não conseguiam exportar as suas matérias-primas e produtos
     agrícolas (Ex: café no Brasil, lã na Austrália, cereais na Argentina, etc).
                            Brasil
A CRISE SOCIAL


         Principais vítimas                      Principais problemas sociais

▪ Ruína dos accionistas.                     ▪ Aumento do desemprego.

▪ Falência de bancos (5000 entre 1929-32).   ▪ Fome (“Sopa dos pobres”) e miséria
                                             (“Hoovervilles”).
▪ Falência de pequenas e médias empresas.
                                             ▪ Suicídios.
▪ Ruína dos agricultores e da classe média
(pois perderam as poupanças que tinham       ▪ Aumento da criminalidade.
nos bancos).
                                             ▪ Agitação social.
▪ Despedimento dos trabalhadores.
                                             ▪ Ressurgimento das práticas racistas.
AS RESPOSTAS À CRISE: A INTERVENÇÃO DO ESTADO NA ECONOMIA


                          Estados Unidos da América
O presidente dos E.U.A., Franklin Roosevelt, incrementou, a partir de inícios de 1933, uma
nova política económica, o New Deal (Nova Distribuição), que defendia o intervencionismo
do Estado na economia baseada nas teorias do economicista inglês John Keynes.

Objectivos: diminuir o desemprego para aumentar o poder de compra e, como tal, o
           consumo.

Medidas:
  concessão de indemnizações aos agricultores que reduziram as suas áreas de cultivo a
 fim de diminuírem a produção;
  concessão de créditos agrícolas para pagamento de dívidas;

  fixação dos níveis de produção e dos preços de venda ao público;

  criação de legislação para controlar a actividade da Bolsa e dos Bancos;

  realização de grandes obras públicas (barragens, canais, escolas, estradas, pontes,
 caminhos-de-ferro…) para combater o desemprego;
  diminuição do horário de trabalho para 40 horas semanais;
 estabelecimento do salário mínimo nacional;

  criação do Welfare State (Estado Providência) ou segurança social: subsídios de
 desemprego, de doença, de velhice e de invalidez.

Resultados:
  diminuição do desemprego (baixou cerca de 50% entre 1933 e 1937);
  aumento da produção industrial;
  recuperação da economia e reforço do poder do Estado (proteccionista).


                                   O desemprego nos E.U.A.
                 Milhões
                  14
                                              12,6
                  12
                                       11,9
                                                     10,9
                  10                                        10,2
                                                                               9,9
                                                                                     8,8
                   8                                               8,5
                                 7,9
                   6                                                     7,2

                   4       4,2
                   2
                     1,4
                   0
                   1929 1930 1931 1932 1933 1934 1935 1936 1937 1938 1939
Uma fila de desempregados espera a distribuição de comida por uma instituição de
caridade.
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
Oferta de trabalho por 1 dólar por semana (1930).
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
“Sopa dos pobres”.
“Sopa dos pobres”.
“Hoovervilles”.
Eram bairros-de-lata
   e foram assim
chamados por ironia
   ao presidente
  Herbert Hoover
“Hoovervilles”.
Marcha contra o desemprego (Inglaterra).
Ku Klux Klan (KKK) é um movimento racista,
fundado em 1865 nos E.U.A., que apoia a
supremacia branca e o protestantismo. A
KKK, no seu período mais forte, actuou
principalmente na região sul dos E.U.A., em
estados como o Texas e o Mississipi.
Utilização do café como combustível (Brasil).
Franclin Delano Roosevelt, candidato do Partido Democrata, foi eleito Presidente em 1933.
Construção da barragem de Wilson, no Alabama.
Construção de uma barragem no rio Tennessee.
Construção de saneamento ao abrigo do programa Works Progress Administration (WPA).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2° ano EM - Revolução Industrial.
2° ano EM - Revolução Industrial.2° ano EM - Revolução Industrial.
2° ano EM - Revolução Industrial.
Daniel Alves Bronstrup
 
Independência do Brasil
 Independência do Brasil Independência do Brasil
Independência do Brasil
Lyzaa Martha
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
Claudenilson da Silva
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Fabiana Tonsis
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
Fatima Freitas
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917
josafaslima
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Douglas Barraqui
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistasBrasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Portal do Vestibulando
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
Paulo Alexandre
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Marilia Pimentel
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
Creusa Lima
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
Alan
 
Segunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrialSegunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrial
monica10
 
República Velha (Oligárquica)
República Velha (Oligárquica)República Velha (Oligárquica)
República Velha (Oligárquica)
eiprofessor
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 
Guerra de Secessão Americana
Guerra de Secessão AmericanaGuerra de Secessão Americana
Guerra de Secessão Americana
Marcos Mamute
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Isaquel Silva
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Isabela Espíndola
 
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução IndustrialDas Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Douglas Barraqui
 

Mais procurados (20)

2° ano EM - Revolução Industrial.
2° ano EM - Revolução Industrial.2° ano EM - Revolução Industrial.
2° ano EM - Revolução Industrial.
 
Independência do Brasil
 Independência do Brasil Independência do Brasil
Independência do Brasil
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917PPT - Revolução Russa de 1917
PPT - Revolução Russa de 1917
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistasBrasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
Brasil Colônia: revoltas nativistas e separatistas
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Segunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrialSegunda revolucao industrial
Segunda revolucao industrial
 
República Velha (Oligárquica)
República Velha (Oligárquica)República Velha (Oligárquica)
República Velha (Oligárquica)
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
Guerra de Secessão Americana
Guerra de Secessão AmericanaGuerra de Secessão Americana
Guerra de Secessão Americana
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
 
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução IndustrialDas Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
 

Semelhante a Slide crise de 1929

Crise 2
Crise 2Crise 2
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
Vania Leão
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
Carlos Glufke
 
Crise de 1929 oficial
Crise de 1929  oficialCrise de 1929  oficial
Crise de 1929 oficial
Marcelo Ferreira Boia
 
Aula Crise de 1929 oficial
Aula Crise de 1929  oficialAula Crise de 1929  oficial
Aula Crise de 1929 oficial
Marcelo Ferreira Boia
 
A crise de 1929. 02ppt
A crise de 1929. 02pptA crise de 1929. 02ppt
A crise de 1929. 02ppt
Odairdesouza
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Marcio Cicchelli
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
Rui Neto
 
Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3
Manuela
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
viviancostta
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
viviancostta
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
viviancostta
 
Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3
Edvaldo Rodrigues dos Santos
 
Crise 1929 aula
Crise 1929 aulaCrise 1929 aula
Crise 1929 aula
Nuno Faustino
 
Crise de 29
Crise de 29Crise de 29
Crise de 29
CSD
 
CRISES, DITADURAS E DEMOCRACIA NA DÉCADA DE 30
CRISES, DITADURAS E DEMOCRACIA NA DÉCADA DE 30CRISES, DITADURAS E DEMOCRACIA NA DÉCADA DE 30
CRISES, DITADURAS E DEMOCRACIA NA DÉCADA DE 30
Leila Alvarenga
 
A grande depressão
A grande depressãoA grande depressão
A grande depressão
cattonia
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
cristferfer
 
A crise dos anos 30
A crise dos anos 30A crise dos anos 30
A crise dos anos 30
Arlindo Rodrigues Vieira
 
Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial
Marcelo Ferreira Boia
 

Semelhante a Slide crise de 1929 (20)

Crise 2
Crise 2Crise 2
Crise 2
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Crise de 1929 oficial
Crise de 1929  oficialCrise de 1929  oficial
Crise de 1929 oficial
 
Aula Crise de 1929 oficial
Aula Crise de 1929  oficialAula Crise de 1929  oficial
Aula Crise de 1929 oficial
 
A crise de 1929. 02ppt
A crise de 1929. 02pptA crise de 1929. 02ppt
A crise de 1929. 02ppt
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
 
Slide crise de 1929
Slide crise de 1929Slide crise de 1929
Slide crise de 1929
 
Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3Crise 1929-1229128886287390-3
Crise 1929-1229128886287390-3
 
Crise 1929 aula
Crise 1929 aulaCrise 1929 aula
Crise 1929 aula
 
Crise de 29
Crise de 29Crise de 29
Crise de 29
 
CRISES, DITADURAS E DEMOCRACIA NA DÉCADA DE 30
CRISES, DITADURAS E DEMOCRACIA NA DÉCADA DE 30CRISES, DITADURAS E DEMOCRACIA NA DÉCADA DE 30
CRISES, DITADURAS E DEMOCRACIA NA DÉCADA DE 30
 
A grande depressão
A grande depressãoA grande depressão
A grande depressão
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
A crise dos anos 30
A crise dos anos 30A crise dos anos 30
A crise dos anos 30
 
Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial Crise de 1929 oficial
Crise de 1929 oficial
 

Mais de Isabel Aguiar

Astecas, Maias, Incas e Tupis
Astecas, Maias, Incas e TupisAstecas, Maias, Incas e Tupis
Astecas, Maias, Incas e Tupis
Isabel Aguiar
 
A GUERRA FRIA
A GUERRA FRIAA GUERRA FRIA
A GUERRA FRIA
Isabel Aguiar
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Isabel Aguiar
 
A marcha da colonização da América Portuguesa
A marcha da colonização da América PortuguesaA marcha da colonização da América Portuguesa
A marcha da colonização da América Portuguesa
Isabel Aguiar
 
EUA E EUROPA NO SÉCULO XIX
EUA E EUROPA NO SÉCULO  XIXEUA E EUROPA NO SÉCULO  XIX
EUA E EUROPA NO SÉCULO XIX
Isabel Aguiar
 
Eua séc XIX
Eua séc XIXEua séc XIX
Eua séc XIX
Isabel Aguiar
 
SEGUNDO REINADO E GUERRA DO PARAGUAI
SEGUNDO REINADO E GUERRA DO PARAGUAISEGUNDO REINADO E GUERRA DO PARAGUAI
SEGUNDO REINADO E GUERRA DO PARAGUAI
Isabel Aguiar
 
REGÊNCIA NO BRASIL
REGÊNCIA NO BRASILREGÊNCIA NO BRASIL
REGÊNCIA NO BRASIL
Isabel Aguiar
 
Quiz Historia
Quiz Historia Quiz Historia
Quiz Historia
Isabel Aguiar
 
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASILEMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
Isabel Aguiar
 
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIALSEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
Isabel Aguiar
 
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
Isabel Aguiar
 
Revolução Francesa e Era Napoleonica
Revolução Francesa e Era NapoleonicaRevolução Francesa e Era Napoleonica
Revolução Francesa e Era Napoleonica
Isabel Aguiar
 
INDEPENDÊNCIA DOS EUA
INDEPENDÊNCIA DOS EUAINDEPENDÊNCIA DOS EUA
INDEPENDÊNCIA DOS EUA
Isabel Aguiar
 
ILUMINISMO SÉCULO XVIII
ILUMINISMO SÉCULO XVIIIILUMINISMO SÉCULO XVIII
ILUMINISMO SÉCULO XVIII
Isabel Aguiar
 
Slide pre historia ester torres 6 ano
Slide pre historia ester torres 6 anoSlide pre historia ester torres 6 ano
Slide pre historia ester torres 6 ano
Isabel Aguiar
 
Slide pedro 6 ano pre historia
Slide pedro 6 ano pre historiaSlide pedro 6 ano pre historia
Slide pedro 6 ano pre historia
Isabel Aguiar
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
Isabel Aguiar
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
Isabel Aguiar
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
Isabel Aguiar
 

Mais de Isabel Aguiar (20)

Astecas, Maias, Incas e Tupis
Astecas, Maias, Incas e TupisAstecas, Maias, Incas e Tupis
Astecas, Maias, Incas e Tupis
 
A GUERRA FRIA
A GUERRA FRIAA GUERRA FRIA
A GUERRA FRIA
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
A marcha da colonização da América Portuguesa
A marcha da colonização da América PortuguesaA marcha da colonização da América Portuguesa
A marcha da colonização da América Portuguesa
 
EUA E EUROPA NO SÉCULO XIX
EUA E EUROPA NO SÉCULO  XIXEUA E EUROPA NO SÉCULO  XIX
EUA E EUROPA NO SÉCULO XIX
 
Eua séc XIX
Eua séc XIXEua séc XIX
Eua séc XIX
 
SEGUNDO REINADO E GUERRA DO PARAGUAI
SEGUNDO REINADO E GUERRA DO PARAGUAISEGUNDO REINADO E GUERRA DO PARAGUAI
SEGUNDO REINADO E GUERRA DO PARAGUAI
 
REGÊNCIA NO BRASIL
REGÊNCIA NO BRASILREGÊNCIA NO BRASIL
REGÊNCIA NO BRASIL
 
Quiz Historia
Quiz Historia Quiz Historia
Quiz Historia
 
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASILEMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO BRASIL
 
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIALSEGUNDA GUERRA MUNDIAL
SEGUNDA GUERRA MUNDIAL
 
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
 
Revolução Francesa e Era Napoleonica
Revolução Francesa e Era NapoleonicaRevolução Francesa e Era Napoleonica
Revolução Francesa e Era Napoleonica
 
INDEPENDÊNCIA DOS EUA
INDEPENDÊNCIA DOS EUAINDEPENDÊNCIA DOS EUA
INDEPENDÊNCIA DOS EUA
 
ILUMINISMO SÉCULO XVIII
ILUMINISMO SÉCULO XVIIIILUMINISMO SÉCULO XVIII
ILUMINISMO SÉCULO XVIII
 
Slide pre historia ester torres 6 ano
Slide pre historia ester torres 6 anoSlide pre historia ester torres 6 ano
Slide pre historia ester torres 6 ano
 
Slide pedro 6 ano pre historia
Slide pedro 6 ano pre historiaSlide pedro 6 ano pre historia
Slide pedro 6 ano pre historia
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
 
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIALA SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
A SOCIEDADE MINERADORA NO BRASIL COLONIAL
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
 

Slide crise de 1929

  • 2. A CRISE AMERICANA DE 1929 ▪ Superprodução (na agricultura e na indústria). Diminuição ▪ __________ do consumo provocado pela: ▪ Especulação bolsista (o valor das acções é  Saturação dos mercados internos; superior ao lucro real das empresas).  Diminuição das exportações devido à recu- peração económica da Europa. ______ oferta do que procura Maior Acumulação ___________ do stock das empresas CRISE DE SUPERPRODUÇÃO Crise Bolsista Diminuição dos preços Deflação Queda ______ do preço das acções Diminuição __________ dos lucros Depressão Económica Depressão Económica Crash na Bolsa de Wall Aumento de stocks e baixa _______ Street Falência de empresas . de ______preços Falência de bancos Diminuição do consumo __________________ Aumento do desemprego Crise Bancária Baixa _____ do poder de compra Restrição ao ________ crédito Exigência do pagamento das dívidas Crise Social
  • 3. Ao longo de Outubro foram postas à venda cerca de 40 milhões de acções a preço baixo, acentuando- se a sua queda que em alguns casos atingiu 90% do seu valor. No dia 24 de Outubro de 1929, a “quinta-feira negra”, 13 milhões de acções foram postas à venda abaixo do seu valor real e não foram compradas, o que provocou o crash na bolsa de valores.
  • 4. A “grande depressão”: a mundialização da crise
  • 5. A “grande depressão”: a mundialização da crise Principais razões:  Retirada dos capitais americanos na Europa. - Com a crise os EUA retiraram os seus capitais da Europa, o que levou à falência de muitos bancos, sobretudo na Áustria, na Alemanha e na Inglaterra, e de muitas empresas que dependiam dos empréstimos bancários.  Retracção do comércio mundial. - Com a crise a maior parte dos países reduziu ao máximo as suas compras ao estrangeiro. O comércio mundial sofreu, como tal, uma enorme diminuição, que afectou quer os países industrializados, que não conseguiam escoar os seus produtos, quer os países subdesenvolvidos, que não conseguiam exportar as suas matérias-primas e produtos agrícolas (Ex: café no Brasil, lã na Austrália, cereais na Argentina, etc). Brasil
  • 6. A CRISE SOCIAL Principais vítimas Principais problemas sociais ▪ Ruína dos accionistas. ▪ Aumento do desemprego. ▪ Falência de bancos (5000 entre 1929-32). ▪ Fome (“Sopa dos pobres”) e miséria (“Hoovervilles”). ▪ Falência de pequenas e médias empresas. ▪ Suicídios. ▪ Ruína dos agricultores e da classe média (pois perderam as poupanças que tinham ▪ Aumento da criminalidade. nos bancos). ▪ Agitação social. ▪ Despedimento dos trabalhadores. ▪ Ressurgimento das práticas racistas.
  • 7. AS RESPOSTAS À CRISE: A INTERVENÇÃO DO ESTADO NA ECONOMIA Estados Unidos da América O presidente dos E.U.A., Franklin Roosevelt, incrementou, a partir de inícios de 1933, uma nova política económica, o New Deal (Nova Distribuição), que defendia o intervencionismo do Estado na economia baseada nas teorias do economicista inglês John Keynes. Objectivos: diminuir o desemprego para aumentar o poder de compra e, como tal, o consumo. Medidas:  concessão de indemnizações aos agricultores que reduziram as suas áreas de cultivo a fim de diminuírem a produção;  concessão de créditos agrícolas para pagamento de dívidas;  fixação dos níveis de produção e dos preços de venda ao público;  criação de legislação para controlar a actividade da Bolsa e dos Bancos;  realização de grandes obras públicas (barragens, canais, escolas, estradas, pontes, caminhos-de-ferro…) para combater o desemprego;  diminuição do horário de trabalho para 40 horas semanais;
  • 8.  estabelecimento do salário mínimo nacional;  criação do Welfare State (Estado Providência) ou segurança social: subsídios de desemprego, de doença, de velhice e de invalidez. Resultados:  diminuição do desemprego (baixou cerca de 50% entre 1933 e 1937);  aumento da produção industrial;  recuperação da economia e reforço do poder do Estado (proteccionista). O desemprego nos E.U.A. Milhões 14 12,6 12 11,9 10,9 10 10,2 9,9 8,8 8 8,5 7,9 6 7,2 4 4,2 2 1,4 0 1929 1930 1931 1932 1933 1934 1935 1936 1937 1938 1939
  • 9. Uma fila de desempregados espera a distribuição de comida por uma instituição de caridade.
  • 12. Oferta de trabalho por 1 dólar por semana (1930).
  • 18. “Hoovervilles”. Eram bairros-de-lata e foram assim chamados por ironia ao presidente Herbert Hoover
  • 20. Marcha contra o desemprego (Inglaterra).
  • 21. Ku Klux Klan (KKK) é um movimento racista, fundado em 1865 nos E.U.A., que apoia a supremacia branca e o protestantismo. A KKK, no seu período mais forte, actuou principalmente na região sul dos E.U.A., em estados como o Texas e o Mississipi.
  • 22. Utilização do café como combustível (Brasil).
  • 23. Franclin Delano Roosevelt, candidato do Partido Democrata, foi eleito Presidente em 1933.
  • 24. Construção da barragem de Wilson, no Alabama.
  • 25. Construção de uma barragem no rio Tennessee.
  • 26. Construção de saneamento ao abrigo do programa Works Progress Administration (WPA).